Getúlio era conhecido por sua capacidade de não se comprometer. Uma vez recebeu a visita de José Vechio,presidente do PTB de Porto Alegre que foi ao Itu se queixar das bigodeadas que o Jango e o Brizola lhe faziam. Getúlio, depois de ouvi-lo um bom tempo, teria se saido com esta:
- Vechio, faz como eu, não te mete em política!




27 de junho de 2016

'FOGÃO /'NELLES

FUI SECAR O COIRMÃO. O 'FOGÃO' DEU DE RELHO NELES. ELES QUERIAM CULPAR O JUIZ QUE FOI SEGURO. MANDOU PRO CHUVEIRO UM COLORADO CEDO.a torcida saiu conformada. o gremio tb tinha perdido....

 

BANHEIROS DO MERCADO PUBLICO

CADA X QUE VOU NO BANHEIRO DO GAMBRINUS O ZEZINHO VEM ENCHER MEU SACO. QUE NÃO É PRA IR MIJAR LÁ, QUE OS CARAS CAGAM FORA DO BURACO, LIMPAM O CU DEPOIS JOGAM O PAPEL HIGIENICO NO CHÃO. EU SEI QUE AS GENTES SÃO PORCAS. EU SEI DISTO PORQUE NO LIVRO DAS RODOVIÁRIAS QUE FIZ ME CONTARAM CADA COISA SOBRE BANIHEIRO QU EU ACHEI QUE ESTAMOS AINDA NA PRE HISTÓRIA DA HUMANIDADE.

MAS O ZEZINHO QUE PARE DE ENCHER MEU SACO. ELE DIZ QUE OS VIZINHOS SE ENCHEM O RABO DE XOPI E DPOIS VÃO MIJAR NO GAMBRINUS. EU LÁ TENHO CULPA???ELES MANDARAM O KENNY BRAGA EMBORA PORQUE ELE MIJAVA FORA DO VASO, MAS NA VERDADE MANDAREM O KENNY EMBORA PORQUE ELE NUNCA PAGOU NADA DO QUE CONSUMIU. QUANDO ELE ERA DA GAUCHA OS CARAS DO GAMBRINUS GOSTAVAM QUE ELE FOSSE LÁ BEBER E NUNCA COBRAVAM. DEPOIS QUE DERAM UM PÉ NA BUNDA,AI DEIXARAM MAIS UM TEMPO E DEPOIS MANDARAM ELE PASTAR.

ENTÃO O ZEZINHO QUE PARE DE ENCHER MEU SACO. EU SEI QUE O OBJETIVO DELE É QUE EU NÃO VÁ MAIS LÁ MIJAR. SÓ ISTO....

?MAS QQ HORA METO UM PROCESSO NELE. SÓ PRA ENCHER O SACO DELE....NÃO TENHO NADA A VER COM O QUE OS OUTROS FAZEM LÁ.TÁ CERTO QUE O GAMBRINUS NÃO É BANHEIRO PÚBLICO, ENTÃO QUE O FORTUNATTI COLOQUE UM NO MERCADO. LÁ NO DO MERCADO NÃO VOU PQ UM DIA UM CARA QUASE ME ASSALTOU. TIVE QUE FAZER ESCANDALO PRO CARA SE MANCAR(olides)

 

DE CAXIAS

COMO FOI O ROLO do battisti EM CAZIAS....

NA IDA NESTE FINDI A CAXIAS não tinha como não me lembrar do episódio do BATTISTI,acho que em 2013,ou 2014.

Conhecia uma ex - exilada que andava ciceroneando o BATTISTI por aqui. Era a Gilka que fazia tudo.

Começou tudo errado. O Pioneiro disse que a livraria ARCO DA VELHA recebera ameaça de bomba. Não queriam mais o BATTISTI lá...

Saímos do ZAFFARI DA IPIRANGA.

Battisti, eu, a Gilka e uma colega da URGS que marchou com o carro.

Não tinha nenhum 'ouro de moscou' ali. Dividimos gasolina, cada um pagou sua refeição. Fui porque queria ver no que dava.

Em Caxias, BATTISTI já ficou puto na praça DANTE ALIGHIERI. Um nativo fez cara feia pra ela quando dissemos que estávamos com o TERRORISTA BATTISTI A VIVO E A CORES. ELE NÃO ACREDITOU. DEPOIS QUASE CUSPIU NO BATTISTI. AI O CARA FICOU AMUADO. LEMBRO QUE TINHA UNS CARAS DO PSOL FAZENDO BANDEIRAÇO. ENTÃO TINHA ELEIÇÃO. PODE TER SIDO 2014.SEI LÁ....

Mas aí fomos pra casa de uma comuna(com todo o respeito)...Ela tinha um pátio, nos fundos, e ali foi a sessão de autógrafos. Não tinha ainda o feice como hj em dia, mas a gurizada se comunicou e começou a chegar gente de todo o lado.

Tinha uns cachorros naquele pátio mas ai de quem mexesse com os bichos. A Gilka, conhecida da dona da casa. era cachoreira...

Bom, depois do lançamento do livro - ' Battisti queria era vender seus livros, o papo era apenas uma forma de atrair ai os seus leitores ' -fomos ai pro boteco do Dante no centro. Aí a gurizada esbaldou-se em cevas....

Na volta, no Guion Center, não havia leitores...Battisti foi embora dormir(OC)

Em tempo: Políbio Braga sem querer acabou dando uma força pro Battisti. De manhã, ele encontrou o 'terrorista' no super Zaffari e postou no seu blog. Como é muito lido - as esquerdas gostam de ler quem os irrita - todos foram comprar o livro em Caxias como forma de ' compensação' às críticas. Na verdade, Políbio queria era atingir Tarso, governador, que fora quem anistiara Battisti. Battisti por sinal respeita muito o ex-governador. Diz que ele leu todo seu processo,quando Ministro da Justiça.

OS MORTOS

NO CONGRESSO DOS JORNALSITAS EM CAXIAS, FOI FEITO UM MINUTO DE SILENCIO EM MEMÓRIA DOS COLEGAS RENATINHO PINTO DA SILVA E CARLOS FERNANDO KARNAS.CONHECI AMBOS NA ZH EM 1973. RENATO FOI MEU PRIMEIRO EDITOR DE POLICIA.

de camarote

Ouvi aquele blá blá todo do colega MATHEUS CHAPARINI sobre sua prisão no evento da ocupação da Secretaria da Fazenda, dia 15 passado.

Vou dizer uma coisa que já disse pruns colegas da Record.(Depois do papo fomos num jantarzinho no boteco do DANTE - um pé sujo no centro de Caxias ao lado do BAR TREZE já o conhecia. Estivera lá com o ' terrorista' CESAR BATTISTi quando fui com ele a Caxias pra ' vender' seus livros(todos querem vender até os ' terroristas' embora não o digam). Se este guri, o MATHEUS, não se cuidar acaba no xilindró....

*

Não pense ele que vai ter solidariedade do editor que costuma ficar com o bonus destes episódios e repassar o onus pra quem trabalha pra ele.

*

Estes 15 minutos de ' heroísmo' - em nome do jornalismo, que o BICUDO transforma num NEGÓCIO pra ele - podem custar caro ao MATHEUS.

*

Mas como diz o ditado, eles que são brancos que se entendam(OC)

E falo de camarote.

MOISES MENDES É O MAIS NOVO 'STAR' DAS ESQUERDAS EM GERAL. TUDO PORQUE ELE ' PEDIU' DEMISSÃO DA RBS....

*

MAS ALGUNS GOSTAM DE DIZER QUE ELE FOI ' DEMITIDO' AÍ RENDE MAIS, NÉ....

*

a esquerda gosta de fazer 'negócios' - alguns vendem gato por lebre, sem pensar que um dia isto vai ter um preço -, como a direita. Às x se atrapalha, mas um dia aprende.

SUBINDO A SERRA PRO CONGRESSO DOS JORNALISTAS...UM SELFIE DA CEO DA EMPRESA QUE CONDUZIA OS TRABALHOS. EMPRESA DE CONTEUDO. EU NEM SEI O QUE É ISTO. ME DEI CONTA QUE ESTOU MAIS DEFASADO DO QUE AQUELE FILME, ADEUS LENIN....(oc)

 

Coleguinhas

na record há quem lamente que VOLTAIRE PORTO tenha deixado a reportagem pra ser apresentador.

OUTRA ' MARTIR' DOS COLEGUINHAS É A ROSANE MARCHETTI. MAS DEUS MEU, NÃO ERA UM CONTRATO? ACABOU,ACABOU....

A FARROUPILHA REPRISOU NESTE DOM O PROGRAMA DO GUGU DO DIA 19.

As x acontece....

 

DE SB

MARCIO ROSA, PRESIDENTE DO PDT LOCAL, DEVERÁ SER CANDIDATO A VEREADOR . ENTÃO ASSUME NEUZA PENALVO.

Durante a campanha será a presidenta.

Nunca foram as melhores as relações do vereador CELSO LOPES e MARIOWANE WEIS...ex-prefeito.

o primeiro AFIRMA PRA QUEM QUISER OUVIR QUE MARIOWANE 'JOGOU O CUNHADO-KIKO,ATUAL VICE PREFEITO - NA OPOSIÇÃO A FARELO, OU SEJA, JUNTOU KIKO AO PP..
pelo que vi, a eleição em SB está embolada, ou em aberto....

Vou 24 de agosto de novo,aí talvez o quadro esteja mais definido.

Apenas um pequeno rescaldo:

passei a tarde de 5, na casa do poeta ramão aguillar. Me impressionou a sagacidade de sua neta, Lavínia...que inteligência tem a guria...

O ramão como sempre fez um rango que vou te contar. um matambre de lamber os beiços....

não combinamos nada pra próxima..deixa ansim, diria o grosso de cambará do sul....

bah, mas quem quer indumentária campeira vá a loja 7 POVOS. A ORIGEM DA LOJA É SB, MAS TEM EM ITAQUI. AS BOMBACHAS SÃO FEITAS EM URUGUAIANA. tri legal. comprei 3 bombachas. uma melhor que a outra. e fiquei sabendo ali com o vendedor que certos CTGs só permitem a bombacha aquela tradicional, larga. O ramão sabe tudo de bombacha, ele foi patrão de um ctg de são borja.

se levarem o BICO BRANCO PRA 7 POVOS DE SB, ELE ENLOUQUECE.

7 povos em sb

55.34313628

setepovostche@hotmail.com

feice Setepovos Tche gerente Vanessa.

ainda não fui a sto thomé comprar pasta de aceitonas pro belmar andrade....

não consigo cruzar aquela ponte...o capincho até me convidou mas ele volta do CASSINO ALTAS HORAS.

me disseram que o santana ia muito a sb pra ir jogar no cassino de santo thomé. o capincho vive lá e as vezes ganha.

 

PLANALTO X OUTRO E PRATA

Na ida a SB, conversei muito com o motora. Perdi o sono e fui conversar com ele. depois eu conto muitos episódios do motora. eles viajam sempre sozinhos de madrugada, porque os passagerios destes ônibus noturnos, dormem e alguns tem o mau hábito de roncar solenemente....

*

Este motora cujo nome preservo, me contou muitas cousas, inclusive a diferença de trabalhar numa ou noutra empresa, que tão citadas aí acima.

*

claro que o motora tinha visto um DISCO VOADOR que ele chama de COMETA.... e pasmen, eu vi, homens caminhando sozinhos em plena madrugada no meio das pistas da rodovia. uma x ele pegou um cara peladon em plena pista.

 

Histórico

comentário capinchiano....

De: letier12
Enviada: Sexta-feira, 24 de Junho de 2016 10:52

Bahhh
E a Inglaterra vai sair da União Européia...

Letier Vivian
São Borja/RS

 

do Espaço Vital

Felizardos governadores e suas generosas aposentadorias

O Espaço Vital tem uma nova pauta editorial fixa: na última sexta-feira de cada mês, a abordagem específica, neste placar, de um ou mais processos-tartarugas, ou que estejam com pedidos de vista que se transformaram em ´peRdidos de vista´.
O registro jornalístico será enriquecido pelo traço humorístico do chargista Gerson Kauer.O editor conclama os leitores a colaborarem.
Dicas, sugestões e descobertas serão bem-vindas.
E-mails para 123@espacovital.com.br

Dentre as várias demandas ajuizadas, no Supremo Tribunal Federal, pelo Conselho Federal da OAB contra o pagamento de pensões a ex-governadores, Brasil afora, encontra-se uma relativa ao Rio Grande do Sul.

Tal ação já esteve incluída na pauta da Corte em agosto de 2011; mas saiu e... não voltou, mesmo com a existência de precedentes, ali mesmo, pela inconstitucionalidade dessas concessões de jubilamentos com propósitos financeiros.

É inexplicável a demora do Supremo em julgar tal ação, bem como as demais congêneres.

Em 16 de fevereiro de 2011, ao proferir o primeiro despacho na ação que interessa ao Rio Grande, o relator (e hoje presidente da Corte) Ricardo Lewandowski concebeu uma ideia que ele assim resumiu: “Devido à relevância da matéria e o seu especial significado para a ordem social e a segurança jurídica, adoto o procedimento abreviado previsto no artigo nº 12 da Lei nº 9.868/1999”.

A norma invocada pelo ministro Lewandowski é clara. Estabelece que “havendo pedido de medida cautelar, o relator, em face da relevância da matéria e de seu especial significado para a ordem social e a segurança jurídica, poderá, após a prestação das informações, no prazo de dez dias, e a manifestação do advogado-geral da União e do procurador-geral da República, sucessivamente, no prazo de cinco dias, submeter o processo diretamente ao tribunal, que terá a faculdade de julgar definitivamente a ação”.

Os pareceres apresentados pela Advocacia-Geral da União e pela Procuradoria-Geral da República são pela procedência da ação. (ADI nº 4.556).

 

Palestra “PIB do agronegócio brasileiro: metodologia e resultados”, na FEE

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) tem a honra de convidá-lo(a) para a Palestra “PIB do agronegócio brasileiro: metodologia e resultados”, com o Professor Arlei Luiz Fachinello.

Palestrante:Arlei Luiz Fachinello, Professor da UFSC e pesquisador do Centro de Pesquisas Econômicas Aplicadas (CEPEA) da ESALQ/USP
Mediador: Rodrigo Daniel Feix, Economista da FEE
Data: 27 de junho de 2016
Hora: 14h30min
Local: Auditório da FEE (Rua Duque de Caxias, 1691, Centro/POA)

 

na Folha Popular de Teutônia

 

Nota de Pesar

A Câmara Municipal de Porto Alegre, por meio de seus vereadores e funcionários, informa, com pesar, a morte da sua estagiária Sara Votto Tótaro, ocorrida tragicamente na noite desta quinta-feira (23/6) em frente a sua residência na Zona Sul. Admirada pelos colegas pela sua generosidade e competência, a jovem Sara tinha apenas 22 anos e havia sido selecionada para estagiar no Setor de Biblioteca da Câmara, por meio de seleção pública realizada no ano de 2016, tendo se classificado em primeiro lugar no concurso.

Prestamos nossa solidariedade aos familiares e amigos neste momento de dor e indignação.

A Câmara Municipal de Porto Alegre envidará esforços para que haja a rápida apuração dos fatos que envolveram o assassinato da jovem e a devida identificação e prisão dos criminosos.

Cassio Trogildo
Presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre

 

Prefeito de Viamão agradece por sinaleira


Conforme Bonato a população procurou o executivo municipal para agradecer - Foto: Kika Rauber

O prefeito de Viamão, Valdir Bonato, agradeceu ao secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, a sinaleira instalada na ERS 040 entroncamento com ERS 118. O encontro ocorreu na tarde desta terça-feira (21) na Secretaria dos Transportes.

Conforme Bonato, a população procurou o executivo municipal para agradecer, “muitas pessoas nos procuraram, uma senhora disse que não conseguia passar lá há anos com a mãe de cadeira de rodas, e agora ela voltou a cruzar a rodovia. Essa demanda era antiga da população, e viemos agradecer”, concluiu.

Westphalen afirmou que o governo procura sempre promover o bem público e está trabalhando cada dia mais em busca de soluções para a crise do estado. “Nosso objetivo é proporcionar segurança para população, vamos continuar buscando alternativas para nossas estradas, ferrovias, hidrovias e aeroportos. Vamos fazer mais com menos” disse.

 

Secretário de Estado de Obras cumpre roteiro oficial no interior do Estado

O secretário de Estado de Obras, Saneamento e Habitação (SOP), Gerson Burmann, cumpriu agenda na tarde de quinta-feira (23) nos municípios de Canudos do Vale e Boqueirão do Leão. A visita aos municípios faz parte de uma ação de descentralização da secretaria, acompanhando as ações que estão sendo desenvolvidas e conversando com as lideranças municipais.

No município de Canudos do Vale o secretário esteve reunido com o prefeito, Luiz Alberto Reginatto acompanhando os serviços desenvolvidos na recuperação de 59 quilômetros de vias vicinais, nas localidades da que Alta Forquetinha, Rui Barbosa, Baixo Canudos, Araguari, Canjerana, Morro Gaúcho e Pinheirinho.

Em Boqueirão do Leão, Burmann foi acompanhar as obras de recuperação de 16 quilômetros de estradas vicinais, que após o término dos trabalhos vai beneficiar as comunidades do Passo de Pedras Brancas, Colônia Jardim, Lajeadinho e Pedras Brancas, auxiliando o escoamento da produção agrícola. O secretário foi recepcionado pelo prefeito, Luiz Augusto Schmidt e pelo vice-prefeito, Ademir Dalbosco, que fizeram um agradecimento ao secretário pelos esforços do governo do estado no auxilio ao município.

“Estamos levando a secretaria para diversas regiões do Estado, nosso objetivo é mostrar as ações e benefícios que o Governo do Estado está fazendo para auxiliar os municípios na recuperação de estradas vicinais, desassoreamento de rios e perfuração de poços artesianos. Já atendemos mais de cinqüenta municípios gaúchos através do empréstimo de equipamentos e mais de oitenta e quatro com a perfuração de poços artesianos”, explicou Burmann.

Acompanharam o secretário no roteiro o diretor do departamento de desenvolvimento urbano, Edson Solon, o diretor geral da SOP, Valmor Krysczun e o chefe de divisão do DESAN, Fernando Urnau D’Avila.

 

do Carta 15

Ministro Terra no RS

Primeira vez em Santa Rosa desde que assumiu o ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra falou sobre a necessidade de o Governo Michel Temer dar certo e ajudar o Brasil a sair da maior crise econômica dos últimos 50 anos. A declaração ocorreu na 14ª edição da série Rota da Vitória – O PMDB no seu município, realizada na última sexta-feira, 17. Terra acrescentou que no governo federal será um agente do Rio Grande do Sul para auxiliar nas questões de desenvolvimento econômico, social da saúde. A caravana peemedebista marcou presença também em Santo Ângelo no sábado, 18, na 15ª edição da série.

Bagé e Santa Maria

Neste final de semana o programa Rota da Vitória – O PMDB no teu município chegará a mais duas regionais. Os próximos encontros serão hoje, 24, em Bagé, e amanhã, 25, em Santa Maria. Promovida pelo Diretório Estadual, estas serão a 16ª e 17ª edições da série preparatória. O objetivo é promover o debate político e levar aos pré-candidatos e às lideranças partidárias orientações jurídicas e contábeis para as eleições de 2016.

Fôlego

Na última segunda-feira, 20, o Governo Federal anunciou concessão aos estados de 100% de carência no serviço da dívida até o final do ano. Para o governador Sartori, que defendeu a proposta em encontro com gestores estaduais na manhã do mesmo dia, "é uma vitória do Rio Grande do Sul". A medida representa um alívio de R$ 1,650 bilhão ao Estado gaúcho, somente em 2016. "Não resolve todas as nossas dificuldades financeiras, mas cria condições de avanço diferentes", salienta o governador.

LDO

Depois de mais de quatro horas de sessão, a Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa aprovou, por 9 votos a 2, nesta quinta-feira, 23, o parecer do deputado Gabriel Souza, relator do PL 108/2016, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2017. Os parlamentares ainda confirmaram 18 emendas ao texto original. A proposta segue agora para apreciação em Plenário. O projeto precisa, necessariamente, ser enviado à sanção do governador José Ivo Sartori até o dia 15 de julho.

Mulher e saúde

Neste sábado, 25 de junho, a partir das 8h30, o PMDB Mulher RS promove café da manhã e Roda de Conversa sobre saúde. O encontro será na sede estadual do partido (Rua dos Andradas, 1234, 9º andar - Bloco B) em Porto Alegre. Para falar sobre saúde integral da mulher, está convidada a médica psiquiatra e especialita em Medicina da Família e da Comunidade, Roberta Grudtner. A atividade será conduzida pela presidente estadual do núcleo, Regina Perondi.

Rota da Juventude

A JPMDB-RS irá promover a edição especial Rota da Vitória Juventude, dia 9 de julho, a partor das 13h30, no Diretório Estadual, em Porto Alegre. De acordo com Beto Fantinel, presidente estadual do núcleo, o objetivo é dar apoio e solucionar dúvidas de mais de 100 pré-candidatos jovens do estado. Serão debatidos aspectos na nova legislação eleitoral, explicações sobre a prestação de contas e marketing político. O evento também terá a participação do escritor Dilan Camargo, que falará sobre a importância do protagonismo juvenil e o atual cenário político.

PMDB segue percorrendo o Rio Grande

A passagem da série Rota da Vitória – O PMDB no teu município por Santa Maria neste sábado, 25 de junho, que reuniu os 23 municípios das coordenadorias do Centro do Estado e da Quarta Colônia, foi momento de o partido regional marcar posição e se colocar como força política para a disputa eleitoral de 2016. As duas regionais – que somam 406 mil eleitores –, anunciaram que terão candidatos na majoritária em 87% de seu território, sendo 13 pré-candidatos a prefeito e sete a vice-prefeito.

Na sexta-feira, 24, a direção estadual passou também por Bagé, reunindo os oito municípios da Fronteira Sudoeste.

 

de Serafina

mas todo mundo só fala de serafina. até o edson arce, da cultura e da fsb falou neste assunto. O BICO TORNOU A CIDADE MAIS CONHECIDA QUE CHINA EM CHINAREDO....

Prefeito recebe Relatório da EMATER

onde se vai por este rio grande veio -santa maria, são borja - BICO BRANCO É FALADO POR CAUSA DA GEADA, DO FRIO. MAS EU ELEJO ESTE HOMI DEP FEDERAL QUE BARBADA. É SO DIZER QUE É DA TERRA DO FRIO. SERAFINA AGORA NÃO É MAIS DA TERRA DA PIZZA É DA TERRA DO FRIO. O BICO SABE VENDER UM PEIXE, MELHO0R UMA GEADA(oc)

No dia 08 de Junho, o Prefeito Ademir Antonio Presotto recebeu, do Supervisor Microrregional da Emater, Flávio José Breda, e da Extensionista e Técnica Social, Sandra Elisa Manteze, o relatório de atividades da entidade. A EMATER tem o objetivo de promover o desenvolvimento rural sustentável no Estado, sendo referência na prestação de serviços de Assistência Técnica, Extensão Rural e Social, classificação e certificação de produtos agropecuários. Em Serafina Corrêa, a ASCAR/EMATER está sempre em sintonia com o setor, promovendo desenvolvimento e inúmeros benefícios às famílias.

Prefeito Municipal recebe a visita de Ildo Buffon

Na tarde de sexta-feira, 24 de Junho, o Prefeito Ademir Antonio Presotto recebeu, em seu Gabinete, o serafinense Ildo Buffon. Na oportunidade, o empresário esteve fazendo a entrega oficial de exemplares do livro: Getúlio Vargas – o lado oculto do Presidente, de João Gomes Mariante. A obra conta com a Lei de Incentivo à Cultura, tem patrocínio dos Postos Buffon, apoio do Instituto Unimed e realização do Governo Federal – Ministério da Cultura. Durante a reunião, o Chefe do Executivo também recebeu outro livro patrocinado pela empresa, Brasil Grande do Sul, de Jayme Caetano Braun. Foi uma excelente oportunidade para a troca de experiências e planejamento de futuros projetos para o município. Também esteve presente a Secretária Municipal de Educação, Morgana Áurea Rech.

Mais uma ponte para unir Montauri e Serafina Corrêa

A Prefeitura de Serafina Corrêa, com incentivo do Governo Federal, está realizando uma verdadeira revolução no interior do município, com a construção e ampliação de pontes. Tão necessárias para a trafegabilidade e escoamento da produção, foram construídas três: uma na Capela Caravaggio Linha 13, uma na Linha Bento Gonçalves e outra na Capela São Caetano. Mais duas pontes receberam ampliação, reparos, melhorias dos muros e substituição de pranchas e vigas: uma na Capela Caravaggio, próximo à propriedade Maestri, e outra na Capela São João. Outra ponte também recebeu total atenção por parte dos municípios de Serafina Corrêa e de Montauri. A obra, localizada no Distrito de Silva Jardim, liga as duas cidades e era uma reivindicação das comunidades. Por isso, o Prefeito de Serafina Corrêa, Ademir Antonio Presotto, e o Prefeito de Montauri, Marcelo Boff, uniram forças e, em parceria, viabilizaram a obra da ponte. Sonhos que se tornam realidade, unindo, encurtando distâncias e proporcionando qualidade de vida para todos!


24 de junho de 2016

EXCLUSIVO

MEMORIA POLITICA

A CHEGADA DE 'TIO' BRIZA

OS ' SINAIS' DO RACHA DE BRIZOLA X SIMON

Dona Celeste Penalvo é testemunha de toda a mice en scene que se fez na chegada de Brizola do exílio.Foi tudo feito na sua casa, ela morava onde hoje está o museu de Jango.No centro de SB. Depois mudou-se pra Canabarro, onde está até hoje, num casarão bem típico saoborjense.( Pra desocupar o casarão onde está hoje o Museu, a CMSB votou uma doação pra uma casa pra morar para quem a ocupava...)

Brizola chegou e todo mundo achou que o MDB - em 79 era isto - iria fazer uma grande recepção ao ilustre exilado. Percy Penalvo, marido de Celeste, que sabia com que bois lavrava, a chamou de um canto no dia com toda aquela confusão e lhe disse:

- Prepara um almoço lá em casa porque já sei que vai acabar tudo lá....

Bingo!

Não teve grandes cousas na fazendo do jOÃO VICENTE, nem nada. João Vicente, pros não iniciados é o filho do Jango, que aquela altura já tava morto, né.

Chegou aquele povo todo. Alguns queriam invadir a casa na hora do almoço.Queriam tocar Brizola, depois de tantos anos(64-79). E como Percy intuira, ninguém tinha feito grandes churrascadas(depois fizeram....)
Bem neste dia - 7/9/1979 - na hora do almoço já dava pra ver os sinais do racha entre BRIZOLA X SIMON.

Lembram que eles tinham se encontrado em NY- com Tancredo junto -e ficaram discutindo vários dias.Avani Stein, minha vizinha, fez fotos daqueles encontros. Pois morava em NY com seu marido à epoca, o Caco Barcellos.

Voltemos a SB e ao clima na casa de dona Celeste.Simon de um canto, sozinho, e Brizola, o centro das atenções, de outro, com toda aquela cupinchada em volta. Neiva Moreira,entre outros. Na hora da formação da mesa, Brizola, disfarçadamente, mandou um recado: não queria que Simon fizesse parte, digamos, da mesa de honra.

O ' turco' que ainda fumava cachimbo, ficou por ali. Dona Celeste, percebendo a situação, abriu uma cerveja.

- Ele bebia e bebia, contou-me ....

E pitava seu cachimbo, reservadamente.

Depois começou uma campanha pela cidade. Dona Neuza Goulart Brizola ia de casa em casa visitar os ' emedebistas' pedindo pra ' eles virem pra nós'. Esta expressão queria dizer naquele contexto, sair do MDB e ir pro partido que Brizola queria refundar, o PTB. Bom,depois ele perdeu a sigla, mas isto é toda outra história.

Em SB, onde vive seus últimos anos, dona Celeste Penalvo é uma das últimas testemunhas oculares da briga Simon x Brizola em 1979.
Nos eventos do PDT, é sempre lembrada, porque geralmente comparece.

Viu muita coisa, conheceu Jango apenas no exílio. Fala desenvoltamente de Eva a ' namorada' de Jango dos últimos tempos de vida do ex presidente, a quem ela chama de ' doutor'.

Sofreu na carne as dores da discriminação por ser mulher de um subversivo.As fichas do SNI - o temível orgão dos arapongas daqueles tristes anos - dão Percy Penalvo como ' periculosissimo elemento'. Ele tinha fundado a Camil, pros trabalhadores desvalidos de Itaqui.

Tenho as fichas em mãos. As extrai dos dossies que estão no Museu de Jango aqui em SB.

No dia do enterro de Jango, Simon discursou à beira do túmulo, como Tancredo.O agora senador aposentado nunca o visitara no exílio.Como Jango previa no Uruguai, em conversas com Brizola, ele estava determinado a voltar (negociava pra isto) porque dizia, o ' MDB só irá discursr no nosso caixão'. E acertou.(Olides Canton, de SB)

KOLECCA E COLEGAS SE PERDEM NO PAMPA ARGENTINO

Kolecza(Carlos alberto) me ligou na terça, dia dos 12 anos da morte do Brizola, mas ele queria me falar do passamento do RENATINHO PINTO DA SILVA.

Pois me lembrei que ele foi protagonista na volta do Brizola de um grande rolo...ele armou todo um esquema pra esperar BRIZOLA EM ASSUNÇÃO E VIR NO AVIÃO DO POLITICO JUNTO DO FOTOGRAFO TELMINHO CURCIO DA SILVA.Tinha um repórter da Folha da Tarde também, cujo nome não tou lembrado no momento. O avião era de um político, Gil Cunegatto Marques.Ou pode ter sido do Chiapeta. Mas tenho quase certeza que era do cara de Itaqui.

Eu sei que o piloto saiu de Uruguaiana e partiu em direção a Assunção. Que zebra deu não sei, se faltou disel ou o que mas a turma teve que descer naquela pampa desertica da Argentina. E lá quase todos foram em cana porque a polícia não entendeu como ' aqueles sujeitos estranhos' se diziam por jornalistas. Sei que já tavam quase sendo mandados a BAIres. Engaiolados.Dormiram uma ou duas noites no piso liso da cadeia local, até que foram liberados. O piloto conseguiu um diesel e ao invés de ir a Assunção, voltaram pra Uruguaiana porque aquela altura o Brizola já tava em solo pátrio.

Perderam um grande furo...Acompanhar a emoção do exilado que vinha voltando.O Rabisco que a ZH fazia internamente conta esta historia. Mas o drama foi muito pior. Eu tou meio que sintetizando. Porque já eram dados como ' mortos'.Na redação da ZH e na do jornal concorrente, havia grande apreensão pra saber o que havia acontecido porque não davam sinal de vida. Não havia celular naqueles anos.

O Kolecza me contou que o NÉDIO CECHIN - que cuidava do telegrafo da ZH - a cada telex que chegava do estrangeiro, corria pra ver se não era a noticia do desaparecimento do avião dos repórteres,sei lá que diabos havia acontecido com os caras. oU tinham sido 'abludidos'(sugados por um disco voador). Não foi mole. Acho que não chegaram a comunicar às familias, mas nas redações mesmo com a emoção toda da cobertura davolta do Brizola, havia muita tensão em saber o que tinha acontecido com o avião do ' Kolecza', como ficou conhecido o epísódio.

O engraçado é que quando eles taxiaram o pequeno avião em Uruguaiana teve outro problema também. Parecia que aquele avião tinha sido ' maldito'...

Ai a turma pegou um carro não sei de quem e vieram correndo pra SB. Quando eles vinham pela rodovia, já encontravam os carros que voltavam do comício que Brizola tinha feito na Praça XV de Novembro, se não me engano.

E quando chegaram na casa do Percy Penalvo onde estava Brizola, me contou a Neuzinha, filha dele, que o pai dava risadas, gargalhava ao ouvir o relato dramatico do Kolecza.

Kolecza então pode realizar seu desejo. Voou de SB a Porto Alegre acompanhando Brizola.(havia o plano de uma grande carreata ao longo do Rio Grande, mas isto foi sendo abortado pois o exilado não queria cutucar onça com vara curta, ou seja, fazer cosquinhas nos milicos....)Kolecza me contou que Brizola olhava pra baixo do avião até que ele, curioso, lhe perguntou:

- Governador, desculpe lhe perguntar, mas o que o sr. tanto procura lá embaixo?

Ao que o velho comandante lhe disse:

- Tou vendo se sobrou alguma ' brizoleta', se não destruíram tudo.

(Eram as escolinhas que ele mandara fazer quando governador e que acabariam como sua marca registrada.)

 

de sb

redação folha de são borja. Edson Arce com colegas....

LETIER VIVIAN, OU CAPINCHO EM SEU LOCAL DE TRABALHO. UMA ALMA SENSÍVEL....

na tela do computador seu grande LIDER, LEONEL BRIZOLA.

hotel executivo com nova recepção....o vereador celso lopes, tomando mate, na frente do executivo. ele é o dono.

novos bancos na praça xv de novembro

neblina na manhã de inverno em sb

a neblina na frente da igreja matriz de são francisco de borja....

o predio da prefa de são borja é meio feiote...meio enjambrado. não sei como não fizeram um prédio novo ainda. e tem mais uma ratoeira o dia que der alguma coisa lá dentro, não sei não. não entendo como os bombeiros liberam uma ratoeira desta. é chamado de PALACIO JOÃO GOULART. atrás dele funciona um ANEXO pra poder dar conta das secretarias. sobe-se no anexo a pezito 4 andares.

o falecido prefeito JUCÃO os chamava de DOIS CABEÇON...na verdade é o busto de jango e getúlio....
uma x ele quis pagar um credor da prefeitura mas queria dar como parte do pagamento os dois 'cabeçon' como os chamava.

Os ' prefeitos' de sb na parede da prefeitura....

a esfinge - alguns o chamam de ' víbora' de SB na praça xv de novembro....

MONUMENTO FEITO POR NIEMEYER PRA GETULIO NA PRAÇA XV DE NOVEMBRO EM SB.

casarões no centro de são borja e um gauchão pousando na manhã fria de ontem na terra dos presidentes.

O GAUCHÃO EM SÃO BORJA SE DEFENDE DO INVERNO COM PALA E TUDO...É UMA IMAGEM BEM DO RIO GRANDE NO INVERNO.

velhões casarões e a boia da neuzinha penalvo ela viaja nesta 6 ao uruguai, onde nasceu e eu vou pra porto, bah, TRI LEGAL....(OC)

 

Cavalo

começou achoradeira do capincho pra me pagar o livro do filho do brizola. eu trago os livros, cobro o preço com desconto e tudo e tenho que ouvir esta xurumela. acho que mereço um dia o titulo de' livreiro de são borja, ou de serafina. tanto faz...'(OC)

De: letier12
Enviada: Quinta-feira, 23 de Junho de 2016 10:08

Tive que ir à Argentina ganhar uns pesos pra pagar o livro que trouxeste.

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 25/06/2016) as 10h15min mo Cinebancários assistiremos ao filme "Trago comigo" (2013). Telmo (Carlos Alberto Riccelli), um diretor de teatro aposentado, foi membro da luta armada durante a ditadura militar e chegou a ser preso por seis meses por conta disso. Porém, ele não consegue se lembrar de nada desse período, além de alguns lapsos momentâneos. Para tentar reativar sua memória e descobrir o que aconteceu, ele decide criar uma peça de teatro. Contando com um jovem elenco de atores, Telmo vai reconstruir a sua própria história. Baseado em uma minissérie homônima, de 4 episódios, exibida em 2009.

No próximo domingo (dia 26/06/2016) não haverá sessão.

Na próxima Segunda-feira (dia 27/06/2016) as 20h na Sociedade Germânia assistiremos ao filme "Almas em chamas" (Twelve O'Clock High - 1949). A apresentação do filme e a condução dos debates será feita pelo Sr. Werner Adelmann. 2ª Guerra Mundial. Convencido de que um comandante da Força Aérea está à beira de um colapso, o General de Brigada Frank Savage (Gregory Peck) assume o comando de um tumultuado grupo de bombardeios. Inicialmente ressentidos e rebeldes, os pilotos aos poucos mudam de atitude ao notar a liderança de Savage, que os faz realizar feitos de grande importância. Entretanto o stress do comando logo é sentido por Savage, que chega ao seu limite físico e emocional. Este é o 1º de 6 filmes em que o diretor Henry King e o ator Gregory Peck trabalharam juntos. Os demais foram O Matador (1950), David e Betsabá (1951), As Neves do Kilimanjaro (1952), Estigma da Crueldade (1958) e O Ídolo de Cristal (1959). Foi um dos primeiros filmes produzidos por Hollywood a incluir nos soldados o efeito psicológico que sofriam por causa da guerra.

 

do Comunique-se

Tite e a imprensa - relato de quem já entrevistou o treinador

por Anderson Cheni (*)

Estive com o treinador Tite em dezembro de 2015. Era, literalmente, a última entrevista da temporada antes de suas merecidas férias. Mesmo cansado, o técnico vitorioso chegou na hora marcada e, assim, gravamos material para programa ‘RIT Esportes’ em 30 minutos, conforme o combinado. Tite ainda atendeu alguns pedidos da produção e, visivelmente feliz, colocava um ponto final em mais um ano de conquistas.

Na entrevista, ele abordou planejamento, erros e acertos. Evitou falar de seleção brasileira, afinal, era um assunto que eu sabia que o chateava, uma vez que foi contactado após a Copa do Mundo de 2014, mas, depois, a direção da CBF refutou e, na ocasião, acertou o retorno de Dunga. Sempre olhando nos olhos do entrevistador, Tite respondia a tudo, inclusive sobre a corrupção no país, chegando a citar a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Tive a oportunidade de acompanhar o dia a dia de Adenor Bacchi em outras três oportunidades: primeiro no São Caetano, em 2003 e 2004, primeira experiência dele no futebol paulista. O trabalho despertou o interesse da direção corintiana, que o contratou pela primeira vez. Na ocasião, eu acompanhava o dia a dia do clube e vi de perto que os bastidores da política atrapalharam a passagem, que durou 51 jogos.

Em 2006, um ano depois da demissão de Tite no Corinthians, eu era setorista do Palmeiras na Rádio Globo de São Paulo. E quem o clube alviverde contratou na ocasião? Tite! Ele vinha do Atlético Mineiro com a missão de melhorar a campanha palestrina no Brasileirão. Após derrota por 4 a 1 para o Santa Cruz, o técnico balançou e, ainda no aeroporto do Recife, se reuniu com dirigentes e, oficialmente seguia no cargo.

Com a situação, eu tentava de qualquer maneira a confirmação da demissão dele no Palmeiras para divulgá-la em primeira mão, mas nada. Tite estava abatido, mas, sempre educado, evitou falar com os poucos jornalistas que lá estavam. Naquele dia, descobri o quanto futebol é sujo e nojento e, por outro lado, o quanto aquele treinador era acima de tudo um homem firme, verdadeira exceção nesse meio tão podre.

Além de descobrir em pleno voo de volta para São Paulo que ele tinha sido demitido, vi um diretor (que era mais torcedor de arquibancada) combinar de forma sorrateira com uma organizada manifestação do desembarque da delegação. A intenção? Mostrar que a torcida do Palmeiras era contra o treinador. Ainda no avião, corri para o banheiro e, de forma errada, liguei o celular (que já tinha dado sinal) e passe a informação para o ‘CBN Esporte Clube’, ao vivo, já que o programa estava no ar.

Na saída da aeronave, “colei” no Tite e comecei a acompanhá-lo no percurso até a saída da delegação. Vi que a situação era tensa do lado de fora. O covarde dirigente pediu para os seguranças do Palmeiras não acompanharem o treinador. Gravei apenas o som da confusão e me afastei quando o treinador foi empurrado por um vândalo travestido de torcedor de futebol. Por sorte, muita sorte, Tite conseguiu sair e foi embora sem maiores problemas.

Anos depois, tentei falar com Tite a respeito do tal episódio, mas ele pediu para não tocar no assunto, pois preferia não entrar em conflito com o tal diretor que, acreditem, circula pelos bastidores da política palmeirense até hoje. E por que relembro isso agora? Porque fatos que nem aquele mostram que é homem de verdade. Porque a trajetória e a educação do gaúcho Tite conquistaram a mim, a outros jornalistas e a muitos torcedores brasileiros. E, além de tudo, reconto tal episódio porque o treinador conviverá na seleção brasileira com gente do tipo do tal dirigente-torcedor palmeirense. Mesmo assim, creio que a rara capacidade dele contribuirá para que a verdadeira reformulação na seleção brasileira ocorra.

(*) Jornalista. Editor do blog Cheni no Campo, apresentador e comentarista da RIT TV, comentarista esportivo do Portal Terra e colunista de esportes da Nossa Rádio FM. Com mais de 20 anos de atuação na cobertura esportiva, soma passagens por emissoras de rádio de Mato Grosso e Capivari (SP). Em São Paulo, trabalhou nas rádios Record, Capital, Globo e CBN e nas TVs Sky e Rede Brasil. Foi editor-chefe do extinto jornal O Fiel.

Celso Russomanno lidera disputa pela prefeitura de São Paulo, informa Ibope

Na segunda-feira, 20, o apresentador de TV João Dória se reuniu com a imprensa para avisar que começa a se dedicar integralmente ao PSDB e à campanha de olho na prefeitura de São Paulo. O resultado da pesquisa divulgada pelo Ibope nesta terça, 21, porém, mostra que é outro profissional da comunicação que aparece como favorito ao posto máximo do poder Executivo paulistano. O nome do topo é Celso Russomanno.

Deputado federal pelo PRB e apresentador da TV Record, onde comanda o quadro ‘Patrulha do Consumidor’ no ‘Cidade Alerta’, Russomanno tentará pela segunda vez consecutiva se tornar prefeito da maior cidade do país. Em 2014, ele chegou a figurar em primeiro nas pesquisas de intenção de voto, mas acabou ficando de fora do segundo turno, sendo superado no pleito municipal de quatro anos atrás pelo tucano José Serra e pelo petista Fernando Haddad, que venceu o segundo turno.

Segundo os dados do Ibope, Russomanno não enfrentaria o representante do PT e nem o candidato do PSDB caso a eleição fosse hoje. Para o instituto, o parlamentar-jornalista tem 26% da intenção de voto, mais do que o dobro da segunda colocada, a ex-prefeita Marta Suplicy (10%). Luiza Erundina, do Psol, aparece em terceira, com 8%. Haddad está em quarto, com 7%, sendo seguido de perto por João Dória, 6%, e do recém-filiado ao PSD, Andrea Matarazzo (vereador paulistano e apresentador da Rádio Capital).

A pesquisa
Ao noticiar a pesquisa realizada pelo Ibope e encomendada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região, o G1 destaca que foram ouvidos 602 pessoas no último fim de semana, dias 18 e de 19. O levantamento possui, segundo o próprio instituto, margem de erro de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. Com o cenário, os próprios responsáveis não cravam quem enfrentaria Russomanno no eventual segundo turno.

 

Como o jornalismo empreendedor está decolando no Brasil

Por Kiratiana Freelon (11/06/15)

Quando o jornalista brasileiro Fernando Mello quis divulgar o lançamento do Brio, sua nova startup, ele fez o que a maioria dos jornalistas empreendedores faz. Escreveu um post no Medium. "No momento em que o jornalismo passa por transformações e incertezas, nosso grupo de repórteres, editores, designers, desenvolvedores e engenheiros... lança um projeto que pretende ser uma janela de oportunidades", Fernando escreveu em um post no Medium (em inglês e português). O lançamento do Brio é um sinal dos tempos no jornalismo brasileiro: jornalistas brasileiros estabelecidos estão cada vez mais optando por lançar suas próprias startups de mídia. "Esse é o momento da minha vida para tentar fazer isso", disse Fernando, que já trabalhou na Folha de S. Paulo, Playboy do Brasil e revista Veja. O Brio publica jornalismo narrativa detalhado e divide os lucros (US$3,99 por artigo) com o autor. Enquanto a equipe é de todo lugar mundo, seus fundadores (Felipe Seligman, Breno Costa, Marc Sagarné e Tomas Silva) são brasileiros ou moram no Brasil. Seus primeiros três artigos deram mergulhos profundos no roubo de arte internacional, comunidades tibetanas na China e na Índia, e a ditadura militar no Brasil. No Brasil, o jornalismo nacional é dominado por alguns jornais conservadores, como a Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo, sem contar os impérios editoriais como a editora Abril. Mas nos últimos anos eles enxugaram o pessoal, demitindo centenas de jornalistas por ano. Embora essas publicações ainda desfrutem de um número grande de leitores, jornalistas brasileiros ambiciosos não estão mais se esforçando para passar toda a sua carreira lá. Além disso, a tecnologia digital reduziu as barreiras à entrada do jornalismo empreendedor. Nos últimos dois anos, jornalistas brasileiros estabelecidos lançaram dezenas de sites independentes, tanto com fins lucrativos e sem fins lucrativos. Estes sites são especializados em temas específicos, como o sistema judicial, educação e injustiça social no Brasil. Talvez um outro indicador do aumento do interesse de jornalistas brasileiros em startups é a participação em programas de educação americanos. Este ano, três jornalistas brasileiros foram bolsistas do Centro Tow-Knight para o Jornalismo Empreendedor na Universidade da Cidade de Nova York. "A ambiente de startups para jornalismo e comunicação está realmente nos estágios iniciais", disse Leandro Beguoci, um jornalista online brasileiro que foi bolsista do Tow-Knight Fellowship em 2015 e está lançando a startup Outra Cidade. "Até cinco ou 10 anos [atrás] você nunca teria ouvido falar de startup de jornalismo." Depois de anos trabalhando para revistas femininas, Juliana de Faria se cansou dos clichês e estereótipos apresentados sobre mulheres. Então, ela começou seu próprio site, Think Olga. "Eu decidi criar Olga para que pudesse escrever os artigos que me parecem mais honestos e mais verdadeiro para o leitor", Juliana disse. "Foi a minha maneira pessoal de lutar contra os estereótipos que vemos na mídia." Ela admite que os últimos anos não têm sido fáceis. Think Olga tem tido um sucesso de leitores (com mais de 36.000 fãs no Facebook), mas agora, o dinheiro é a chave para continuar operando. "É o que nos preocupa mais", disse Juliana. Dois anos após o lançamento, o modelo de negócios do Think Olga evoluiu para incluir também uma consultoria de negócios -- Think Eva -- em que a publicação cria conteúdo de marketing para os clientes. Mas ela está feliz que conseguiu se manter firme durante os tempos difíceis. "Você tem que ser paciente, porque leva tempo", disse Juliana. "Isso não vai acontecer do dia para a noite. Se não está funcionando, não se preocupe." Abaixo estão algumas startups de jornalismo que foram lançadas nos últimos dois anos no Brasil. Think Olga Quando Juliana de Faria começou o site há dois anos, seu objetivo era criar uma revista digital para mulheres que fala sobre a feminilidade de uma forma diferente. Ponte Ponte é o Marshall Project do Brasil, mas com um foco mais amplo sobre segurança pública, direitos humanos, justiça e democracia. Segurança pública é um dos temas mais reportados no Brasil e este site vai fundo nas raízes dos problemas. Jota Jota, que leva o nome por ser a primeira letra da palavra justiça, concentra-se no complexo sistema judicial do Brasil. Seu slogan é "Notícias jurídicas que fazem diferença”. O site foi lançado com muitos jornalistas que se especializaram neste tópico durante anos: Laura Diniz, Bárbara Pombo, Felipe Recondo, Felipe Seligman e Iuri Dantas. Torcedores O site de notícias esportivas é o Bleacher Report do Brasil. O site convida conteúdo gerado pelo usuário e incentiva matérias curtas virais. F451 Esta empresa de mídia licencia os direitos de publicar uma versão brasileira do Gizmodo -- o site de tecnologia americana. Trivela e Extratime se concentram no futebol e esportes americanos, respectivamente. A empresa também está incubando a Outra Cidade de Leandro Beguoci. Porvir Porvir, um site sem fins lucrativos, apoiado pelo Instituto Inspirare, foca em ideias inovadoras de ensino. Papo de homem Papo de homem é uma expressão tradicional brasileira para homens terem uma conversa séria. O objetivo do site é tornar os homens mais civilizados. Com 6 milhões de page views por mês, é o maior website independente do Brasil voltado para homens. Hypeness Hypeness quer inspirar todos a serem inovadores e criativos. Os artigos do site apresentam ideias originais de todo o mundo. Catraca Livre O site começou em São Paulo como um guia para eventos gratuitos em toda a cidade. Já evoluiu para incluir 12 cidades. Brio O site ambicioso aborda jornalismo narrativo de formato longo e apresenta um modelo de negócio em que vende cada artigo diretamente ao leitor. Ada.vc O site leva o nome de Ada Lovelace, uma mulher inglesa que é considerada a primeira pessoa a programar um computador. É um site de tecnologia para as mulheres. Original em https://ijnet.org/pt-br/blog/como-o-jornalismo-empreendedor-est%C3%A1-decolando-no-brasil.

 

Município de Maratá será beneficiado com programa estadual

O secretário Estadual de Obras, Saneamento e Habitação, Gerson Burmann assinou na tarde de quarta-feira (22), o termo de cessão de uso que prevê ao município de Maratá o empréstimo de uma escavadeira hidráulica para a recuperação, manutenção e drenagem de estradas vicinais.

A prefeitura prevê a recuperação de 70 quilômetros de estradas, beneficiando mais de 400 famílias das comunidades de Vitória, Macega, Uricana, São Pedro do Maratá, Esperança, Boa Esperança e Vila Nova.

Participaram da assinatura do convênio o prefeito de Maratá, Fernando Schrammel, o diretor geral da SOP, Valmor Krysczun, o diretor de desenvolvimento urbano, Edson Solon e o chefe de divisão, Clóvis Gonçalves.

 

Santa Catarina terá sistema para compensação ambiental inédito no país

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) está implantando um sistema inédito para agilizar a compensação ambiental de novos empreendimentos no Estado. O Sistema de Créditos de Conservação (SICC) vai atender as exigências da Lei da Mata Atlântica, desburocratizar os processos de licenciamento e facilitar o monitoramento das áreas preservadas.

De acordo com a Lei Federal nº 11.428/2006, conhecida como a Lei da Mata Atlântica, toda área devastada deve ser compensada por uma área do mesmo tamanho e com as mesmas características ecológicas. “Para cumprir o que determina a legislação, os próprios empreendedores procuravam um local, muitas vezes em outras regiões do Estado para comprar e fazer a compensação. Eles ficavam responsáveis por toda a parte documental e nem sempre as áreas estavam localizadas em locais de interesse ecológico”, explica a coordenadora de Gestão dos Ecossistemas do SC Rural na Fatma, a bióloga Shigueko Ishiy.

Com o SICC, a Fatma irá identificar terras com vegetação nativa expressiva que poderão ser usadas para compensação. “As áreas não serão compradas nem pelo órgão público e nem pelos empreendedores. O que será feito é um pagamento ao proprietário rural que deverá conservar a área pelo prazo mínimo de 45 anos”, informa a coordenadora. Esses locais deverão estar dentro dos Corredores Ecológicos de Timbó e Chapecó e não poderão ser Áreas de Proteção Permanente (APP) e nem de Reserva Legal.

O projeto deve entrar em operação em 90 dias. Durante este período, a Fatma definirá valores, o banco para pagamento e a empresa responsável pela auditoria das áreas. No início do programa, por um período ainda não determinado, a adesão das empresas será voluntária. O sistema está em desenvolvimento há três anos e contou com a parceria da Procuradoria Jurídica da Fatma e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável.

O que são Corredores Ecológicos

O programa visa unir a conservação da natureza ao desenvolvimento local e regional integrando a realidade do agricultor à preservação ambiental. Os Corredores Ecológicos abrangem as bacias hidrográficas dos rios Chapecó e Timbó, no Oeste e Planalto Norte. A área, que soma 10 mil km², abrange 34 municípios e corresponde 10,7% da área do território catarinense. Mais de 260 propriedades já foram abrangidos pelo Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), que compensa financeiramente os proprietários que conservam hectares de mata nativa.

 

Em encontro com deputados, Colombo apresenta impactos positivos em curto e em longo prazo da renegociação da dívida com a União

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira receberam na manhã desta quinta-feira, 23, na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, deputados estaduais para apresentação dos resultados do acordo de renegociação da dívida do Estado com a União. O governador Colombo também aproveitou o encontro para agradecer a parceira do Legislativo em todo o processo de enfrentamento à crise no Estado.

Os impactos financeiros da renegociação da dívida vão permitir ao Governo de SC um importante fôlego para o equilíbrio financeiro ao longo dos próximos meses. Com as mudanças (veja abaixo), Santa Catarina deixará de pagar R$ 2,140 bilhões entre julho de 2016 e junho de 2018. Neste primeiro momento, a prioridade serão os aportes para a Secretaria da Saúde, que hoje apresenta déficit nas contas. Equipes técnicas do Governo trabalham a revisão das planilhas da pasta.

“A queda na arrecadação do Estado afeta todos os setores, mas na Saúde, que é uma prioridade absoluta, temos outros agravantes. Os custos aumentaram muito, o valor dos medicamentos tem sido muito impactado pelo dólar, o que têm agravado o desequilíbrio financeiro na área. Outro fator é a interferência de decisões judiciais, que estão tomando uma proporção insuportável. Agora, vamos fazer aportes para tentar conter essa situação, mas sem deixar de continuar a trabalhar medidas já em vigor em todas as outras áreas, como a revisão de contratos na busca da redução do custeio”, explicou o governador Raimundo Colombo.

O governador ressaltou que o ganho imediato também é importante para que o Governo do Estado mantenha políticas como a de não aumentar impostos e de manter o bom ritmo das obras, fator que impulsiona a competitividade catarinense e, consequentemente, a geração de empregos no Estado. “Proteger os empregos é uma das principais medidas para evitar que a crise afete a vida dos catarinenses. E estamos trabalhando fortemente neste sentido”, acrescentou Colombo.

O acordo com o Governo Federal para a renegociação da dívida também trará ganhos fundamentais em longo prazo. Presente no encontro, o secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, lembrou que com o acordo fechado, em vez de pagar R$ 22 bilhões até o final do contrato (que vence em 2028), Santa Catarina vai pagar R$ 8 bilhões. Além disso, em julho de 2018, quando os descontos terminarem e o Estado voltar a pagar a parcela sem desconto, ela será de R$ 50 milhões em vez de R$ 110 milhões do patamar atual.

O secretário explicou que isso ocorre por conta da união de três fatores: alongamento da dívida, troca do indexador de IGPD-I por IPCA e diminuição do juro de 6% para 4%. “Vamos pagar a dívida com prazo maior e juros menores. A combinação de todos esses fatores faz com que, além de um alívio imediato em tempos de crise, os estados tenham um peso muito menor com a dívida nos governos futuros. O que vimos foi um movimento iniciado por Santa Catarina, mas que beneficiou as finanças de todos os estados do país”, destacou.

O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Gelson Merisio, também ressaltou a importância do novo acordo. “Essa conquista traz um fôlego às finanças públicas, permitindo que as obras e as ações continuem mesmo em um momento de crise, podendo com isso ajudar na manutenção do emprego e do crescimento com sustentabilidade e segurança do nosso estado”, afirmou.

Principais definições do acordo:
- Desconto de 100% até o final deste ano.
- Redução do desconto a partir de janeiro de 2017, de forma escalonada ao longo de 18 meses, reduzindo 5,5% ao mês até zerar.
- Alteração do indexador da dívida (de IGP-DI + 6% para IPCA + 4%).
- Prolongamento do prazo de pagamento em 20 anos.
- Pagamento das parcelas pendentes deste início do ano em 24 meses. O pagamento havia sido suspenso diante de liminar favorável aos estados concedida pelo STF.
- Estabelecimento de contrapartidas por parte do estado em busca de um maior controle do crescimento dos gastos públicos.

 

de Serafina

Audiência Pública sobre a Via Gênova

 

Posse do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR

No dia 22 de Junho de 2016, na Secretaria de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer, a Coordenação dos Conselhos Municipais promoveu a reunião que deu posse aos novos integrantes do COMTUR- Conselho Municipal de Turismo de Serafina Corrêa, para a Gestão 2016/2018. Após a Coordenadora Fernanda Castelli Fedrigo ler a Portaria de nomeação nº 774 de 21 de Junho, foi escolhida a mesa diretora, sendo Neiva Maria Sonaglio Turcatti eleita como Presidente e como Secretária Leocádia Zanini. Iniciaram-se os trabalhos de elaboração do PLANO MUNICIPAL DE TURISMO, que contou com a presença da Secretária Executiva da ATUASERRA, Beatriz Paulus. O Plano Municipal de Turismo é um Instrumento Público fundamental na determinação e seleção das prioridades para a evolução harmoniosa da atividade turística, determinando suas dimensões e forma ideais, bem como as estratégias e ações para alcançá-las, de maneira ordenada, sistematizada, integrada, com eficácia.

 

Dois Lajeados Divulgando o Festipizza

O maior Festival de Pizza da Região, o Festipizza, acontecerá em Serafina Corrêa nos dias 15, 16, 22 e 23 de Julho, no Ginásio Municipal Irceu Antonio Gasparin. Os ingressos antecipados custam R$ 46,00 e podem ser adquiridos no site: www.festipizza.com.br. No dia 21 de Junho, a Secretaria Municipal de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer e as Soberanas do município estiveram divulgando o evento em Guaporé, Dois Lajeados, Vespasiano Corrêa, Muçum, Encantado, Nova Bréscia, Relvado e Lajeado.


23 de junho de 2016

de SB

Não compareceram ao evento dos 12 anos da morte de Brizola, o dep de Ijuí,que hj ocupa a sec de Obras.

* Tb não foi visto o ex prefeito MARIOVANE WEIS. Mora em Sta Maria.

* No almoço no CTG Tropilha, FARELO, o prefa, lembrou tanto PT, como PMDB, que são os aliados.ou melhor os coadjuvantes.

ausência sentida

DININHA,ex- primeira dama do municipio não foi ao evento dos 12 anos da morte de Brizola porque operou a joanete.

Existe o ' mestiço' de SB, mas tb existe o ' loko' de SB. Aqui na foto, em pé, ao lado do capincho. Um dia o vi cumprimentando o sol na praça XV de novembro. aliás, sem o ' loko', o ' prato fino' - repórter da Cultura - e eu não existe evento que tenha sucesso em SB. Por isto que sempre venho e sempre encontro meus ' companheiros de caminhada'...(olides)

a ' cumpanheira NEUZINHA PENALVO toma seu ximas matinal....muitos seguidores no feice por causa das fotos históricas que tem do exílio no uruguai e de brizola em sb....boa fonte pra pesquisadores que chegam a terra dos presidentes.tem gente que a segue no feice até na suecia.

O MELHOR REPORTER QUE CONHEÇO NA FRONTEIRA. SABE TUDO. TEM GRANDES FONTES NA POLICIA. NÃO SEI PQ NÃQO SAIU DAQUI. TINHA TALENTO PRA TER IDO ATÉ PRA GLOBO.FICOU POR AQUI, MAS ELE CURTE ISTO.

SEU NOME É EDUARDO BELMONTE, EM SB É CONHECIDO POR PRATO FINO, PQ ANUNCIA PROMOÇÕES DOS SUPER COM PATROCINIO DO ARROZ DO CELSO RIGO.

A dep Juliana Brizola esteve em Sto Thomé na passagem por SB pelos 12 anos da morte do avó.

EM SB ME CONHECEM POR ' FOFOQUEIRO'. POR QUE SERÁ???

Um fato não político movimentou a Terra dos Presidentes e entupiu as redes sociais, na noite de terça-feira, 21 de junho.

Um cãozinho de rua, sem pedigree, que costumava ser visto nas imediações de um mercado na zona central da cidade, entrou em uma residência onde havia uma cadelinha no cio.

O proprietário da cadela, revoltado com a invasão do seu lar pelo viralata, extirpou os órgãos genitais do cãozinho, cortando o pênis e os testículos! O cãozinho, esvaido em sangue, voltou para seu lugar de costume em frente ao mercado, onde foi socorrido por vizinhos. E o que causou maior revolta ainda, é que o suspeito é um conhecido médico da cidade, que reside nas proximidades! A Associação Protetora dos Animais foi acionada, assim como a Brigada Militar, Polícia Civil e RBS/TV de Uruguaiana. O veterinário que atendeu o animalzinho não teve outra alternativa a não ser recorrer à prática da eutanásia (sacrificar o animal).

O cachorrinho que foi mutilado e depois sacrificado será motivo de uma passeata neste domingo a partir das 16,até a Câmara de Vereadores.

O médico que teria mutilado o cachorro seria o Wilson Guimarães.

Volto esta noite pra Portinho.

E na 6 sigo a Cazias pro congresso dos jornalistas.

 

BASTOS

ESPERAVAM CARLOS BASTOS AQUI NOS EVENTOS DO BRIZOLA.

COM MAIS DE 80 ANOS, TU SABES PODE SER A ULTIMA CHANCE DE HOMENAGEAR O EX LIDER.

NEM O EX GOV COLLARES PINTOU POR AQUI PELOS EVENTOS.

 

histórias saoborjenses

É o que contam por aí, sabe como é...me mijei de rir agora a pouco vendo o poeta Ramão Aguillar imitando o cara que espiou o dito cujo da mulher.

Acontece o seguinte: num local determinado de São Borja,dois colegas de trabalho foram às finalmente. Mais corriqueiro que mijar pra trás....

Só que o cara, um baixinho, era meio ceguinho....

E ela ficou naquela posição em que Napoleão perdeu a guerra....

Como ele não enxergava ' direitinho' foi pegar os óculos que tavam encima da mesa de trabalho dele porque o conúbio carnal foi no proprio gabinete dele.

Como o maridão ficou sabendo? ele botou uma câmara pra filmar tudo.E depois espalhou as imagens pela citi.

É o que contam por aí....

 

Rescaldo de SB

1. Há dúvidas se o ' camundongo' vai se reeleger. Ele tá em campanha. Trata-se do vereador CELSO LOPES...

2. Capincho foi aumentado pelo deputado ao qual presta consultoria local....Então pode pagar mais no FOFOCAS o clube dos veios que ele frequenta às 5.

3. Morreu num acidente uma funcionária da prefeitura local. Foi feito um minuto de silêncio no almoço da terça no CTG Tropilha.

4. Turma local se prepara pra ir pros 75 anos do ex gov. GALO MISSIONEIRO

5. ADRIANA RUSCHEL, profi aqui na UNIPAMPA, não vai mais ser candidata a vereadora. Ela e o maridon, MIRO BACIN, chegaram à conclusão de que política partidária não é a praia deles.ela iria concorrer pelo pdt, adriana tem raízes políticas porque parentes o foram...

6. amanheceu com 9 graus em sb, hoje 4. calor então. porque vinha amanhecendo com 3,4 graus.

 

FALTA CHUVA EM SB

DECO ALMEIDA DEU UMA BOA PAUTA AGORA AÍ PROS CADERNOS DE CAMPO AI DA CAPITAL. 3 SEMANAS SEM CHUVA ESTÁ ATRAPALHANDO A PLANTAÇÃO DE TRIGO. O PESSOAL PAROU DE PLANTAR. JÁ FOI 80% PLANTADO O TRIGO. MAS PARARAM PQ NÃO CHOVE HÁ 3 SEMANAS.

DECO ALMEIDA TEM UMA COLUNA SOCIAL NA FSB, MAS TAMBÉM ATACA NO SETOR AGROPECUÁRIO DO MUNICIPIO. é irmão do prefeito farelo.

 

ABIMAQ-RS PROMOVE PROJETO COMPRADOR PARA INCENTIVAR CONTEÚDO LOCAL

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ-RS) realizou hoje (22) em Porto Alegre o Projeto Comprador – um balcão de negócios visando incentivar o aumento do conteúdo local nos fornecimentos para os novos empreendimentos que forem instalados no Estado. O evento reuniu quatro investidores e 70 fabricantes de bens de capital mecânicos, num fornecimento potencial de R$ 80 milhões. Antecedendo as negociações, a entidade promoveu reunião-almoço para debater a consolidação do programa Desenvolve RS, criado para os fornecimentos ao projeto de expansão da Celulose Riograndense, em Guaíba. O vice-presidente da ABIMAQ-RS, Hernane Cauduro, lembrou que a meta inicial da empresa era atingir compras locais de máquinas, equipamentos e serviços num total de R$ 650 milhões mas ao final foi alcançado um volume de R$ 2,6 bilhões,beneficiando os fornecedores gaúchos, e proporcionando a geração de empregos, renda e tributos para a economia regional. Foram palestrantes na reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco; o presidente da Celulose Riograndense, Walter Lídio Nunes e o presidente da Fundação de Economia e Estatística – FEE, Igor Morais.

 

Putaria no governo temer

pelo rekern

Agora a gente descobre que a putaria impera no Desgoverno Golpista de Temer. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, pagou, com dinheiro da Câmara para o seu gabinete funcional em Recife, um canal de TV a cabo de putaria, o Sex Zone, e pagou com dinheiro publico, que é o meu e o seu. O ator AlexandreFrota, também de putaria, é recebido no gabinete de Mendonça Filho, ministro da Educação do Desgoverno Golpista de Temer. Sei posso dizer queos golpistas são FODA. Me desculpem leitores a linguagem chula, mas com um bom e correto português não dá para descrever este Desgoverno Golpista. E tem mais, o novo secretário nacional de Juventude, Bruno Moreira Santos, do Desgoverno Golpista de Temer, foi acusado de agressão, ameaça e assédio sexual por duas mulheres. Já Bolsonaro, parceiro do Golpe, ao saber das ações abertas contra ele pelo Supremo se queixou ao seu advogado: “Me fudi”.

Temer confessa que é GOLPISTA no twitter

 

TV ULBRA ANTENADA

Enqto as outras locais ficam no arroz-com- feijão costumeiro, a TV ulbra começa a entrevistar os pré-candidatos a Prefeito. Nesta quarta foi a x do Vieirinha (outro diminutivo para tua coleção: Romildinho, Nelsinho etc...). É como tu diz: interessa + o cavalo q morreu na faixa do q um homem-bomba q se explide no Tatiquistão. Mas essa lição é tão difícil de "eles" aprenderem. (Laurinho da Venâncio)

 

do mironneto.com.br

Inédito: Nova Petrópolis terá mulher candidata a prefeita

A empresária Naira Seibt será a primeira mulher candidata à prefeita na história política de Nova Petrópolis. O lançamento oficial do nome da peemedebista aconteceu na noite de segunda-feira (21) no Restaurante Temperos e Sabores. “Todos os que já passaram pela administração fizeram o seu melhor, mas precisamos de mudança, de novos rumos para nossa cidade. Precisamos de gestão eficiente e transparente”, discursou a ex-presidente da Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis (Acinp).
O ex-prefeito Roberto Kehl destacou que "é um privilégio quando uma mulher da capacidade de gestão e de lidar com as pessoas, com a experiência na iniciativa privada e no voluntariado se coloca à disposição da comunidade". "Principalmente quando esta pessoa não vem da velha política. Aquela que está sempre em busca de cargos seja no Executivo ou em estatais como temos por aí", disparou Kehl.
Além de Naira, devem concorrer a prefeito o atual Régis Hahn (PP) e o ex-prefeito Lui Schenkel (PSDB).

 

O Centenário do Dr. Carlos Moritz

Historiador Paulo Vendelino Kons

“A medicina cura, mas milagres só Deus pode praticar”*

Há exatos 100 anos o céu presenteou Brusque com uma pessoa singular, um líder que mesmo galgando os mais elevados cargos públicas, como Prefeito pelo período de um lustro e três vezes chefe do Poder Legislativo, com humanidade e ternura serviu a comunidade.

Fruto do matrimônio que contraíra com Aloys Moritz, dona Justina Petruscky Moritz deu à luz seu filho Carlos em 23 de junho do ano da graça do Senhor de 2016, na Vila Brusque: a sede do Município seria elevada à categoria de cidade somente em 23 de novembro seguinte.

Dias de expectativa e inquietude, pois o exército do kaiser Wilhelm II (Guilherme II, Imperador Alemão e Rei da Prússia) fora colocado frente-a-frente com as tropas francesas, de 21 de fevereiro a 18 de dezembro daquele ano, na batalha de Verdun, a mais longa da Primeira Guerra Mundial. Estimativas recentes indicam 976 000 mil vítimas fatais. E a exemplo de centenas de outras famílias, também os Moritz acompanhavam a tragédia que envolvera a “pátria mãe”, através das notícias veiculadas pelos hebdomadários “Brusquer Zeitung” e sua versão em língua vernácula, o “Gazeta Brusquense”.

Após séries iniciais cursadas na escola católica precursora do Colégio São Luiz de Brusque, Carlos Moritz continuou seus estudos, em 1930, no internato do Colégio Santo Antônio, da Ordem dos Frades Franciscanos, em Blumenau.

Em 1930 o conflito se aproximara do lar. Brusque fora tomada por tropas da Aliança Revolucionária Liberal, em 13 de outubro. No mesmo dia depuseram o primeiro Prefeito de Brusque, Augusto Bauer (denominação adotada com a reforma da Constituição Estadual promulgada em 27 de julho de 1929, de iniciativa do governador Adolpho Konder) e deram posse a Rodolfo Victor Tietzmann.

Publicação do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina informa que Carlos Moritz “em 1935 prestou concurso vestibular para a Faculdade de Medicina em Curitiba. Aprovado no concurso, mudou-se para aquela cidade onde permaneceu até o quarto ano do Curso, quando se transferiu para o Rio de Janeiro. Concluído o curso de Medicina em 1940, obteve, como era a forma da época, habilitação para desenvolver as especialidades de Cirurgião, Clinico Geral, Obstetrícia e Ginecologia. Depois de formado trabalhou em várias cidades, dentre as quais, Porto Alegre. Contudo, não conseguiu resistir ao pedido de seu pai, regressando a sua cidade natal, onde fixou residência. Casou-se com Ruth de Sá, natural do Rio de Janeiro, no dia 20 de maio de 1942. Do casamento tiveram sete filhos: Carlos Moritz Filho, Pierre Moritz, Aloys Moritz Neto, César Moritz, Maria Cristina Moritz, Rogério Moritz e Maria Teresa Moritz. Nos anos em que se dedicou a medicina, participou de muitos cursos e Congressos, pelo estado, país, e pelo mundo, sempre querendo aprender mais e trazer novas técnicas. A medicina foi sua grande e verdadeira paixão”.

Com o final da Segunda Guerra Mundial e o “Estado Novo” de Getúlio Vargas, a redemocratização se põe em marcha. Eurico Gaspar Dutra é eleito presidente da República e Assembleia Nacional Constituinte promulga nova Constituição Brasileiraem 18 de setembro de 1946, assegurando: igualdade perante a lei, ausência de censura, garantia de sigilo em correspondências, liberdade religiosa, liberdade de associação, extinção da pena de morte e separação dos três poderes.

Juntamente com Guilherme Renaux, João Kormann, Euclides da Silva, Ewaldo Schaefer, José da Costa Miranda, Carlos Boos, Germano Quirino Barni e Otto Niebuhr, Dr. Carlos Moritz é eleito vereador pela União Democrática Nacional (UDN) e empossado em 20 de dezembro de 1947, para mandato até seis de fevereiro de 1951, sendo que no último ano presidiu o Poder Legislativo municipal.

Para a legislatura de 1951 a 1954, foi reeleito Dr. Carlos Moritz, sendo a Câmara Municipal também integrada por Ingo Arlindo Renaux, Alexandre Merico, Pedro Boeing, Paulo Lourenço Bianchini, Alfredo Augusto Otto Koehler, Pedro Morelli, Oswaldo Niebuhr, Edmundo Schlindwein, Aníbal Diegoli (que foi eleito Prefeito de Brusque pela Câmara, para o mandato de 13 de novembro de 1954 até 31 de janeiro de 1956), Júlio Will e Bento Thiago Cadore (suplente, que assumiu a titularidade). Pela segunda vez, Dr. Carlos Moritz foi eleito e exerceu a presidência da Câmara Municipal (de 1º. de fevereiro de 1953 a 31 de janeiro de 1954).

“Prefeito do Centenário”

Brusque, no limiar da comemoração do primeiro centenário de instalação da colônia Itajahy, que deu origem ao nosso município, de forma pulsante e vigorosa organizou os diversos segmentos existentes para uma condizente celebração, tendo como líder maior Ayres Gevaerd.

Para a construção da nova Igreja Matriz São Luís Gonzaga, o Pároco, padre Luiz Gonzaga Steiner-SCJ, nomeou, em 1952, uma comissão aprovada pelo arcebispo Dom Joaquim Domingues de Oliveira, constituída pelo Dr. Guilherme Renaux (presidente), Otto Schaefer (vice-presidente), Professor e Contador Érico Antônio Contesini (tesoureiro), Dr. Ivan Walendowski (Engenheiro), Dr. Carlos Moritz, Aderbal Schaefer e Oscar Gustavo Krieger (Secretário).

A visão de Ayres Gevaerd de que a história, os valores e princípios que constituem uma comunidade em muito transcendem aos interesses de um grupo político, de um governo, foi decisiva para a organização dos festejos do “Centenário de Brusque”, com a constituição da Sociedade Amigos de Brusque-SAB, em 4 de agosto de 1953, congregando as principais lideranças de Brusque: no campo religioso o monsenhor Afonso Niehues (posteriormente Arcebispo Metropolitano), o padre Raulino Reitz (como cientista, recebeu o Prêmio GLOBAL 500 da ONU, conferido aos ambientalistas mais destacados do mundo), empresariais como o Dr. Guilherme Renaux (um dos principais líderes da Confederação Nacional da Indústria) e seu filho Ingo Arlindo Renaux, Horst Schloesser (talvez o mais próximo colaborador de Ayres), Cyro Gevaerd, Dr. Carlos Moritz, Antônio Heil (Neco), Prefeito Mário Olinger e Anibal Diegoli, e culturais, como o maestro Aldo Krieger. Assim, para a fundação da SAB, compareceram no Salão do Tribunal do Júri do Fórum da Justiça estadual da Comarca de Brusque, no pavimento superior do prédio da Prefeitura, Padre Luiz Gonzaga Steiner, Arnoldo Bauer Schaefer, Egon Geraldo Tietzmann, Oscar Gustavo Krieger, Tasso Rodriguez da Cruz, Otto Niebuhr, lngo Arlindo Renaux, Luiz Strecker, Érico Krieger, Alfredo Koehler, Dr. Carlos Moritz, Aldo Krieger, José Vieira Corte, Euvaldo Schaefer, Adolfo Walendowsky, Lauro Mueller, Padre Eloy Dorvalino Koch-SCJ, Roberto Hartke, Horst Schloesser, Rodolfo Victor Tietzmann, Remaclo Fischer, Bernardo Starck, Walmir Diegoli, Armando Euclides Polli, Arno Ristow, Monsenhor Afonso Niehues, Padre Raulino Reitz, Dr. Belizário N. Ramos, Antonio Teixeira Dias, Antonio Heil, Anibal Diegoli, Arthur Appel, Erico Appel, Guilherme Renaux, José Boiteux Piazza, Cyro Gevaerd, Mário Olinger, Jorge L. Malty, Guilherme G. Niebuhr, Ayres Gevaerd, Axel Krieger, André Brunneiser, João Antonio Schaefer – Dr. Nica, o Rotary Club de Brusque e a Sociedade Musical Concórdia.

Mas e quem seria o “Prefeito do Centenário”? O historiador Ayres Gevaerd chegou a ser convidado para ser o candidato de consenso. Mas a rivalidade das forças políticas locais não permitiu o avanço da candidatura única.

Sob os auspícios do industrial Guilherme Renaux – Dr. Willy Renaux, um dos fundadores e presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina – FIESC, é fundando o jornal O Município, em 26 de junho de 1954, que juntamente com a Rádio Araguaia de Brusque (única emissora da região), formaria o mais poderoso complexo midiático até então formado para apoiar uma candidatura a Prefeito: o industrial Ingo Arlindo Renaux (PSD), neto do Cônsul Carlos Renaux e filho do Dr. Willy.

Já a UDN lança o Dr. Carlos Moritz, que teve como um dos principais cabos eleitorais o Padre Luiz Gonzaga Steiner-SCJ, pároco da Paróquia São Luís Gonzaga (única de Brusque). Não a Igreja Católica como um todo, pois Padre Guilherme Kleine (originário da Alemanha) e o Monsenhor Harry Bauer, neto de João Bauer e filho do brusquense Leopoldo Bauer e de Evelina Guerreiro, cerraram fileiras com Ingo Renaux. O próprio arcebispo Dom Joaquim possuía uma “quedinha” pelo PSD do Dr. Willy Renaux e Nereu Ramos.

Relata o historiador eclesiástico padre José Artulino Besen que em 29 de setembro de 1955, carta assinada por tradicionais líderes brusquenses lamentava a posição (de Dom Joaquim) proibindo Mons. Bauer de fazer campanha pelo candidato do PSD Dr. Ingo Arlindo Renaux, enquanto que “Mons. Librelotto se hospedava na casa paroquial de Brusque e chegava a rezar quatro Missas por dia no interior, em seguida convidando o povo para comício”. Isso era usado na imprensa brusquense para dizer que o Arcebispo não apoiava Ingo Renaux. Dom Joaquim, evidente, sentiu o golpe, pois prezava, e muito, a família Renaux. Responde de modo indireto, escrevendo em 29 de setembro de 1955 a Pe. Guilherme Kleine, ecônomo de Azambuja, explicando que Mons. Bauer “não estava na casa paroquial porque não se apresentara, invadiu a área, e Mons. Librelotto visitou o vigário”. A Carta de Dom Joaquim foi publicada na íntegra na capa da edição de O Município que antecedeu o pleito de 3 de outubro de 1955, com destaque: “…sobre a pessoa do snr. DR. ARLINDO RENAUX… estou que, no que lhe toca, nada se possa opor à votação dos católicos e mesmo dos amantes do progresso e trabalho honesto que tanto aprimora e recomenda a sua ilustre Família”. Em 4 de outubro de 1955, Dom Joaquim escreve a Dr. Guilherme Renaux, pai de Ingo, lamentando o acontecido.

E as urnas falaram em 3 de outubro de 1955. E a mágoa da família Renaux foi grande, pois Ingo perdeu para Dr. Carlos Moritz por 174 votos.

Certamente a eleição do “Prefeito do Centenário” foi a mais renhida da história de Brusque, mas a menor diferença de votos entre os candidatos a Prefeito deu-se na eleição de 3 de outubro de 1965, escrutinados na sede do Clube Atlético Carlos Renaux, no dia seguinte a eleição: 20 votos pró Neco Heil na disputa contra Alexandre Merico (resultado final oficial do TRE, apesar de alguns dizerem que o grafite embaixo da unha decidiu a eleição: Hilário Bernardi 261 votos, Antônio Heil - Nêco 4.850 votos e Alexandre Merico 4.830 votos).

Nos vários encontros que mantive com o Dr. Carlos Moritz, dos muitos fatos por ele relatado, um compartilho no seu centenário de nascimento: juntamente com o candidato apoiado pela UDN para o governo do Estado, na eleição de 1955, Jorge Lacerda, Dr. Carlos Moritz se aventurou numa viagem até o distrito do Itaquá. Naquele Distrito de Brusque jamais um adversário do chefe político local, o agrimensor e vereador José da Costa Miranda (PSD) teria feito campanha. Considerado fundador do hoje município de Presidente Nereu, Miranda controlava os votos e no dia seguinte a eleição trazia pessoalmente a urna para Brusque. Alguns relatos afirmam que “para maior clareza” um revolver era posto no dia da votação numa mesa próxima ao local de votação, onde os votos, impressos previamente em gráfica com os nomes dos candidatos já assinalados, eram depositados pelos eleitores. Dr. Carlos me assegurou que o candidato Jorge Lacerda ouviu sua recomendação: “não prometas a construção de nova estrada de Brusque para Itaquá, mas que melhorarás a já existente”.

Também para o governo de Santa Catarina, em 1955 foi uma das mais disputadas eleições. Entre Lacerda e o segundo colocado, o candidato Francisco Gallotti (PSD), a diferença foi de 0,91%, superior apenas à eleição de 2002, quando Luiz Henrique da Silveira elegeu-se governador derrotando Esperidião Amin por apenas 0,68%. Já para a presidência da República o PSD foi vitorioso em 1955, com o mineiro Juscelino Kubitschek de Oliveira, o JK, também um médico, a exemplo de Moritz.

Apae e Samae

Dr. Carlos Moritz e esposa Ruth de Sá Moritz sentem a necessidade de educar o filho Pierre em uma perspectiva educacional. Em contato com o MEC, no Rio de Janeiro, trouxeram a orientação de formar uma APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais que teria como objetivo construir uma escola para crianças deficientes mentais.

Dr. Carlos liderou um movimento para aquisição do terreno e construção da escola que funcionaria nos moldes do Instituto Santa Lúcia do Rio de Janeiro. Em reunião realizada na residência do casal Moritz, no dia 14 de setembro de 1955, com a participação de Dr. Carlos Moritz, Oscar Gustavo Krieger, Cyro Gevaerd, Bruno Moritz, Ayres Gevaerd e Bruno Maluche foi fundada a Apae de Brusque e constituída a primeira Diretoria “provisória”, tendo como presidente, Dr. Carlos Moritz. Hoje, Pierre Moritz, com seus 71 anos, continua frequentando a Apae em período integral.

Outra memorável realização vincula-se ao saneamento básico de Brusque. Ao iniciar seus serviços como médico em Brusque, Dr. Carlos Moritz constatou alto índice de verminose, problemas de dentição e falta de hábitos adequados por parte da população, tudo em virtude da falta de saneamento básico no município. Eleito prefeito, buscou os recursos junto ao governo federal para iniciar seu projeto de tratar e distribuir água a população. O nosso Samae.

Ao lado do grande timoneiro do Centenário Ayres Gevaerd, o prefeito Carlos Moritz conduziu os festejos com extremo zelo e dignidade. Sua liderança junto a comunidade foi relevante para a eleição do sucessor Cyro Gevaerd, também da UDN, em 3 de outubro de 1960.

Foi eleito vereador pela terceira vez em 1962, integrando a quinta legislatura após o Estado Novo, de 31 de janeiro de 1963 a 31 de janeiro de 1967. Juntamente com o Dr. Carlos Moritz, a Câmara era composta por cinco vereadores do PSD: Antônio Heil, José Germano Schaefer, Ingo Arlindo Renaux, Arno Ristow e Arthur Jachowicz, quatro da UDN: Kurt Schlösser, Alexandre Merico, Carlos Moritz e Orlando Münch e dois do PTB: Dr. Antônio Luiz da Silva e Dr. Germano Hoffmann. Para presidir a Câmara Municipal de Brusque, em 1966 foi o Dr. Carlos Moritz eleito presidente pela terceira vez.

Nos dias que se seguiram as eleições de 3 de outubro de 1972, múltiplos festejos e carreatas marcavam a vitória dos “manda brasas” em Brusque. Fora eleito César Moritz (prefeito) e Antônio Abelardo Bado (vice-prefeito), ambos do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido político que uniu os opositores do Regime Militar de 1964 ante o poderio governista da Aliança Renovadora Nacional (ARENA). Penso que o pai do Prefeito eleito é que foi o grande eleitor, ao lado da força da oposição ao Regime Militar em Brusque.

A liderança do Dr. Carlos Moritz perdurou por décadas em Brusque. No ano da graça do Senhor de 1982, foi convocado pelo PDS para concorrer novamente ao cargo de Prefeito, tendo por vice Manfredo Hoffmann. Mas chegara a vez de outro médico. O Dr. José Celso Bonatelli e seu vice Zeno Heinig foram eleitos em 15 de novembro do mesmo anos, com decisivo apoio do industrial Carlos Cid Renaux, primo irmão de Ingo Arlindo Renaux.

O eminente médico, músico e líder político Carlos Moritz, faleceu na tarde de uma quarta-feira, dia 23 de abril de 2003, aos 86 anos, vitimado pela pneumonia e infecção generalizada. A Escola de Ensino Fundamental do bairro Zantão pereniza a memória do humanitário médico e líder Carlos Moritz junto às novas gerações.

Ao digitar estas linhas no limiar do Centenário de Nascimento do Dr. Carlos Moritz, quero fazer memória também de todas as abnegadas pessoas, que muitas vezes anônimas, não mediram ou medem esforços para que o sonho de construir, com a Graça de Deus, uma comunidade empreendedora, justa e solidária se torne(asse) realidade.

Com gratidão a Deus pela vida e obra de Dr. Carlos Moritz.

*Declaração do Dr. Carlos Moritz, numa manhã de Domingo, já hospitalizado, quando visitado pelos amigos Padre Eloy Dorvalino Koch, SCJ e Paulo Vendelino Kons.

(Historiador Paulo Vendelino Kons – 47 9997 9581 e paulokons1@gmail.com)

 

de Serafina

Serafina Sempre: Neve em Serafina Corrêa!

Na segunda-feira, 20 de Junho, teve início a estação fria do ano, o inverno. Nesta edição do Serafina Sempre, vamos recordar mais uma imagem da nevasca ocorrida no ano de 1965. Na foto, podemos ver a Praça Papa Pio XII totalmente coberta pela neve, como também o Santuário Nossa Senhora do Rosário. Vemos ainda o antigo prédio da Rádio Rosário e o prédio do então Colégio Rosário, que hoje abriga a Escola Rainha d'Paz. Conversando com Ulices de Bortoli, que atualmente reside na Capela Fátima, e que presenciou o fato, este nos conta que as árvores ficaram totalmente cobertas pela neve, assim como as casas, plantações e demais construções. Ainda, que os galhos das árvores, com o peso da neve, chegavam a quebrar e que as pessoas tinham medo que as casas fossem danificadas, por conta do peso e da estrutura destas não estar preparada para suportar a neve. Seu Ulices também nos conta que a neve provocou menos estragos na plantações do que as geadas que também ocorreram na época. Não possuímos registros sobre quem é a pessoa que aparece na foto. Se alguém tiver esta informação, pedimos que entre em contato com o Arquivo Histórico Municipal, através do telefone: (54) 3444-8151 ou pelo e-mail: arquivohistorico@serafinacorrea.rs.gov.br. Foto: Arquivo Histórico Municipal Ano: 1965 Por: Guilherme de Bortoli Baesso – Responsável pelo Arquivo Histórico Prefeitura de Serafina Corrêa/RS. Sugestões, dúvidas e informações: arquivohistorico@serafinacorrea.rs.gov.br.

Transporte Escolar em Serafina Corrêa

O Transporte Escolar é um serviço prestado de forma gratuita a todos os estudantes serafinenses que frequentam Escolas Municipais e Estaduais de Ensino. O Departamento do Transporte Escolar, preocupado com a segurança dos estudantes e buscando sempre a qualidade no serviço prestado à população, mantém os veículos em ótimo estado de conservação, incluindo a estética, limpeza e manutenção (elétrica, borracharia e mecânica). Além disso, é necessário que a documentação esteja em dia. Semestralmente, são realizados os Laudos de Inspeção Veicular do Transporte Escolar com o objetivo de vistoriá-los de forma geral, verificando se encontram-se em condições normais de trafegabilidade. Os veículos são inspecionados de acordo com as normas e procedimentos adotados pelo DETRAN e DAER. Neste ano, a primeira inspeção realizada demonstrou o ótimo estado em que os veículos encontram-se. Por meio de correspondência enviada pela empresa responsável das vistorias e emissão dos Laudos, foi recebida a seguinte informação: “Ressalto a melhora expressiva na qualidade de manutenção de seus veículos. Verifiquei que todos os itens apresentados no laudo anterior foram atendidos e isto apresenta segurança e tranquilidade para todos os envolvidos, passageiros e fornecedores do serviço.” A frota totalmente renovada e com manutenções periódicas comprova a qualidade do serviço, sendo que isso é resultado de um trabalho realizado em equipe por parte dos servidores comprometidos que buscam proporcionar um excelente transporte escolar aos nossos estudantes. Por: Jennyfer Ravini Zanluchi Scheffer - Diretora do Departamento do Transporte Escolar Prefeitura de Serafina Corrêa/RS.

Cedem na Estrada

A cidade de Bento Gonçalves faz parte da Região Funcional 3 que é formada pelos COREDEs Serra, Hortênsias e Campos de Cima da Serra e foi a escolhida para sediar o primeiro encontro do “CEDM na Estrada”, no dia 16 de Junho. O evento aconteceu no auditório do Hotel Vinocap e contou com a participação dos municípios de Nova Prata, Farroupilha, Garibaldi, Vacaria, União da Serra, Caxias do Sul, Serafina Corrêa e Bento Gonçalves, com o objetivo de dialogar sobre o fortalecimento da rede de enfrentamento à violência e o papel do controle social nas políticas públicas para as mulheres. Também foi tema de discussão a criação de novos Conselhos dos Direitos da Mulher, Coordenadorias da Mulher, Delegacias Especializadas, Casas Abrigo e projetos de autonomia e empoderamento das mulheres. Convidada a participar da mesa de abertura do encontro, juntamente com o Prefeito da cidade anfitriã, Guilherme Pasin, a Vice-Prefeita de Vacaria e a Presidente do CEDM, entre outras autoridades, a Primeira Dama de Serafina Corrêa, Maria Carmen Montanari Presotto, parabenizou a iniciativa das integrantes do Conselho em ir ao interior para ouvir as reivindicações dos Conselhos Municipais uma vez que muitos encontram dificuldades em se deslocar até a capital para buscar informações para o bom funcionamento dos Conselhos. O encontro foi de grande proveito para todos os participantes que trocaram experiências e sugestões para suas atividades diárias.

Prazo final para o Alistamento Militar 2016 – Classe 1998

A Junta de Serviço Militar de Serafina Corrêa comunica aos jovens do sexo masculino residentes no município, nascidos no ano de 1998 (que completaram ou irão completar 18 anos até 31 de dezembro deste ano) que o prazo regular para o Alistamento Militar Obrigatório encerra-se no dia 30 de junho de 2016. O alistamento é realizado na Junta de Serviço Militar localizada na Rua Orestes Assoni nº 370, sala 5 – Centro; atendimento de segunda a quinta-feira, das 08h30min às 11h30min e das 13h30min às l7h30min e na sexta-feira, das 08h30min às 11h30min. Documentação necessária: Certidão de Nascimento original e/ou Carteira de Identidade; Certidão de Naturalização ou Termo de Opção (para os brasileiros naturalizados ou por opção); CPF e duas fotografias 3x4, recentes. O processo do alistamento é gratuito e após ter-se alistado, o cidadão receberá seu Certificado de Alistamento Militar (CAM), contendo seus dados pessoais e informação do local e data de sua apresentação para Seleção Geral. É muito importante estar em dia com as obrigações militares, uma vez que estas situações são solicitadas para assumir cargos no serviço público, matrículas em universidades, requisição de passaporte, emprego com carteira assinada, obtenção do título de eleitor, financiamentos, entre outros


22 de junho de 2016

de São Borja

PDT lança chapa ' puro-sangue' na presença de Ciro Gomes



Na presença de Ciro Gomes, ex-presidenciável, e que agora será novamente candidato pelo PDT em 2018, o partido lançou neste meio-dia, no CTG Tropilha o a chapa FARELO/TIAGO CADO a sucessão em SB.



O partido de Brizola não vai compor nem com PT nem com PMDB.



- Se ficasse com o PT na vice, o PMDB sairia. O caso inverso também seria verídico, disse-me uma prócer pdetista que declinou de que seu nome fosse tornado público.



Estiveram no evento os deputados Eduardo Loureiro, Juliana Brizola e Vieira da Cunha, todos estaduais. De federal, Pompeo de Mattos e Affonso Motta( que anda bem cotado no meio pedetista, depois que apoiou Dilma Rousseff no impeachment).



Carlos Lupi, presidente de honra do PDT nacional também esteve no evento.

Depois do evento na Câmara Municipal, pela manhã, os próceres foram ao Cemitério Municipal onde jaz o líder pedetista depositar flores no túmulo de Brizola.

Chamoua atenção a ausÊncia do senador pedetista LASIER MARTINS E DO SEU SUBSTITUTO CRISTOPHER GOULART,neto de Jango.

Eduardo Loureiro deu várias entrevistas na citi. Fruto dos contatos do seu assessor para assuntos aleatórios e políticos, LETIER VIVIAN....

Capincho e um amigo no evento que lembrou os 12 anos do passamento de Brizola.

* João Cella, do PDT jovem saiu magoado de SB. Tudo porque não foi citado num dos discursos....

* Márcio, presidente do PDT de SB, saiu-se muito bem no CTG Tropilha. Falou pouco e bem.

* Carlos Lupi usava um boné pra se proteger do frio.

* Dona Celeste Penalvo lembrou que em 2002, quando CIRO GOMES esteve em SB junto da PATRICIA PILLAR, sua mulher de então, ela fez uma foto com a atriz. Mas não podia. Porque a GLOBO não autorizava. Brizola lhe disse isto.

* Naquela ocasião, lembrou CARLOS BASTOS que esteve em SB, ele via que a atriz ' atraía' mais gente que o candidato, provocando certa ciumeira em Ciro.

* Diz-se a boca pequena que o PDT está rachado, entre a 'ala' Fortunatti e a 'ala' VIEIRINHA.

* Juliana Brizola acompanhada do marido ' Rambo' e dos dois pequenos percorreu toda a FRONTEIRA OESTE. Ontem as 19 horas, promoveu um encontro político no diretório do PDT no bairro do Passo.

A deputada estadual(PDT) Juliana Brizola foi disputadissima na sessão fotos na CMSB no dia que lembrou os 12 anos do passamento do seu avó.

FRIO NA TERRA DOS PRESIDENTES AO AMANHECER



Fez muito frio hoje em SB, primeiro dia do inverno. De manhã, pouca gente na rua. Os que tiveram que madrugar o fizeram sob grossos palas e roupas pesadas. Fazia cinco graus quando cheguei no centro as 7 horas da manhã, vindo da rodoviária, onde por sinal faltaram táxis.

 

dos leitores

por nara barbosa...

Olides, tava aqui pensando na rosa que o rapaz deu moça, que neto e filho com açucar,; tu esconde mas e um romantico... Minha nora que e um traste e uma inutil, ficou gravida, nao quero neto nem ser avo e em vez de rosa preferia um colar de diamantes. To virada num bucowski...Meu filho já sabe que to fora dessa de ser avo de filho de uma pessoa que nem posso olhar...puro asco...desculpe o 'desabafo...

 

Lançamento

 

do Espaço Vital

Papagaio de bordel em casa de jurista

A esposa de um operador jurídico quer comprar um papagaio. Vai, então, à loja de animais, onde é atendida pelo jovem vendedor.

- Só temos um papagaio para vender, ele é bem falador. Mas ele pertence à dona de um bordel, que se apertou de dinheiro e deixou-o aqui, para a venda. E por ser oriundo de um prostíbulo, o vocabulário do bichinho não é dos melhores. Ele, às vezes, diz palavrões.

A senhora não se importa e diz que vai educar o Lourinho novamente.

Quando chega em casa, o papagaio começa:

- Nova casa, nova cafetina...

A senhora ri, enquanto suas filhas chegam da escola. As meninas vêm olhar o papagaio, que logo atropela:

- Nova casa, nova cafetina, novas prostitutas.

As filhas riem e esperam seu pai vir para o almoço, para ver o papagaio.

O douto pai jurista chega em casa, e o papagaio começa de novo:

- Nova casa, nova cafetina, novas prostitutas, mas os mesmos clientes... Olá, meu doutor!...

 

Palestra “PIB do agronegócio brasileiro: metodologia e resultados”, na FEE

A Fundação de Economia e Estatística (FEE) tem a honra de convidá-lo(a) para a Palestra “PIB do agronegócio brasileiro: metodologia e resultados”, com o Professor Arlei Luiz Fachinello.

Palestra: PIB do agronegócio brasileiro: metodologia e resultados

Palestrante:Arlei Luiz Fachinello, Professor da UFSC e pesquisador do Centro de Pesquisas Econômicas Aplicadas (CEPEA) da ESALQ/USP

Mediador: Rodrigo Daniel Feix, Economista da FEE

Data: 27 de junho de 2016

Hora: 14h30min

Local: Auditório da FEE (Rua Duque de Caxias, 1691, Centro/POA)

A atividade é gratuita e haverá emissão de certificado aos participantes.

 

Dia de São Luís Gonzaga, o padroeiro de Brusque.

Com a satisfação de cumprimenta-lo(a), recordo que nesta data fazemos memória de LUÍS DE GONZAGA, SJ, (*Castiglione delle Stiviere, 9 de março de 1568 — + Roma, 21 de junho de 1591), filho de Ferrante Gonzaga, marquês de Castiglione e irmão do Duque de Mântua, príncipe do Sacro Império e herdeiro do feudo soberano de Castiglione.

É padroeiro de Brusque, pois a Lei Provincial nº. 693, que criou a Freguesia (Paróquia) São Luís Gonzaga em 31 de julho do ano da graça do Senhor de 1873, assim o definiu.

E quis a Divina Providência que a Paróquia mãe de Brusque e região (São Luís Gonzaga) fosse criada na festa de Santo Iñigo López de Oñaz y Loyola, mais conhecido no Brasil como Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus, ordem a qual São Luís Gonzaga integrou até ser vitimado precocemente em função de sua dedicação aos atingidos pela peste, na noite de 20 para 21 de junho do ano de 1591, em Roma. No tempo presente o mais eminente integrante da Ordem Jesuíta é o Papa Francisco.

Da Freguesia de São Luís Gonzaga se originaram:

1. O Curato de Nova Trento, em 4 de abril de 1884, mas a Lei Provincial nº. 1.074, que criou o Curato de Nova Trento, o manteve dependente da Paróquia mãe. Já Decreto do arcebispo metropolitano Dom Joaquim Domingues de Oliveira criou oficialmente a Paróquia de São Virgílio (Nova Trento), em 3 de outubro de 1929;

2. A Paróquia São José de Porto Franco (Botuverá), criada por Decreto do Dom João Becker, de 28 de agosto de 1912;

3. Paróquia Nossa Senhora de Azambuja (que em 1º. de setembro de 1905 o Bispo Diocesano de Curitiba, Dom Duarte Leopoldo e Silva, elevara à dignidade de Santuário Episcopal), criada em 07 de Março de 2009, por Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, SCJ;

4. Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, criada em 19 de março de 1963, no município de Guabiruba, por decreto de Dom Joaquim Domingues de Oliveira;

5. Paróquia Santa Catarina, criada em 16 de fevereiro de 1969, na localidade de Cedro, hoje Dom Joaquim, por Decreto de Dom Afonso Niehues;

6. Paróquia Santa Teresinha, criada em 13 de janeiro de 1974, localizada no bairro Santa Terezinha, por Decreto de Dom Afonso Niehues; e

7. Paróquia São Judas Tadeu, criada em 2 de janeiro de 2005, com sede no bairro Águas Claras, por Decreto de Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, SCJ.

“ - Então, o que faremos, Irmão Luís? - perguntou o Padre Provincial, ao entrar no quarto do enfermo. - Estamos a caminho, Padre.

- Para onde?

- Para o Céu... Se não impedirem meus pecados, espero, pela misericórdia de Deus, ir para lá.

Esta era a disposição de alma do jovem noviço da Companhia de Jesus, que interrompera seus estudos de Teologia por força de uma grave doença e há três meses jazia prostrado no leito. Oito dias antes, predissera que estes seriam para ele os últimos.

No meio dos prazeres e honras da corte, o jovem
Luís permaneceu ancorado no desejo de se fazer religioso

São Luis Gonzaga - Arautos do Evangelho

"Morrerei esta noite"

Já pela manhã, pediu o Viático, o qual só lhe foi trazido à tarde, por julgarem-no ainda com saúde. Passou o dia em atos de fé, petição e adoração. Os padres jesuítas não se consolavam por perder o santo irmão, e tentavam persuadi-lo de que sua hora ainda não chegara. Ele, inflexível, respondia:

- Morrerei esta noite. Morrerei esta noite.

Padres e noviços de todas as casas, tendo sabido da predição de sua morte, acorreram para despedir-se dele, encomendar-se às suas orações e pedir seus últimos conselhos. A doença minara-lhe a saúde do corpo, mas a alma a cada momento crescia em santidade. Assim, atendia a todos com afeto, prometendo lembrar-se deles no Céu.

Tendo anoitecido e vendo o Padre Reitor que Luís ainda falava com facilidade, concluiu que não morreria nessa noite e deu ordem aos irmãos para se recolherem a dormir. Ficaram no quarto apenas dois sacerdotes para auxiliar o enfermo, além do seu confessor, São Roberto Belarmino.

Luís não escondia sua profunda alegria. Ir para o Céu, unir-se definitivamente com Deus: era o que mais almejara durante sua curta vida!

Passado algum tempo, disse ao confessor:

- Padre, podeis fazer a encomendação.

O sacerdote logo a fez, com muita compenetração e devoção. Recolhido, calmo e confiante, Luís aguardava o momento supremo, o qual não tardou: por volta das vinte horas, com os olhos fixos no crucifixo que segurava em suas mãos, entrou serenamente nas terríveis dores da agonia. Nenhum gemido lhe saiu dos lábios, seu olhar não se desviou um instante sequer d'Aquele que tanto sofrera por nós na Cruz. Pronunciando o Santíssimo Nome de Jesus, entregou sua alma a Deus na mais inteira paz.

O perfeito pensa constantemente em Deus

Luís Gonzaga era dessas almas diletas, sobre as quais Deus derrama graças e dons em superabundância para mantê-las na inocência. Altíssimo foi o grau de santidade alcançado por ele nessa via. Nada de terreno o atraía, vivia em contemplação e todas as suas ações estavam em conformidade plena com os desígnios divinos.

Eis como o famoso dominicano Padre Garrigou-Lagrange descreve uma alma nesse estado de perfeição:

"Depois da purificação passiva do espírito, os perfeitos conhecem a Deus de uma maneira quase experimental, não mais passageira, porém quase contínua. Não somente durante as horas da Missa, do Ofício Divino ou demais orações, mas também no meio das ocupações exteriores, sua alma permanece voltada para Deus. Por assim dizer, eles não perdem sua presença e guardam a união atual com Ele.

" C o m p r e e n d e r e m o s com facilidade a questão se a analisarmos em contraposição ao estado de alma do egoísta. Este pensa sempre em si mesmo e, naturalmente, refere tudo a si; entretém-se sem cessar consigo mesmo sobre suas veleidades, suas tristezas, ou suas superficiais alegrias; sua conversa íntima, por assim dizer, é incessante, mas vã, estéril e esterilizante para todos. O perfeito, ao contrário, em lugar de pensar em si, pensa constantemente em Deus, em Sua glória, na salvação das almas e, para isso, faz tudo convergir para este objetivo, como por instinto. Sua conversa íntima não é consigo mesmo, mas com Deus".1

Vejamos alguns episódios da existência terrena, breve, mas plena de santidade, de São Luís Gonzaga, que refletem bem sua inocente alma.

Retidão desde a infância

Nasceu em 9 de março de 1568, no castelo de Castiglione, Itália. Foi o primeiro filho de Dom Fernando Gonzaga, Marquês de Castiglione e Príncipe do Sacro Império, e de Dona Marta Tana, dama da Rainha Isabel de Valois.

Muito agradava à marquesa ver quão bem seu filho assimilava, desde pequeno, suas maternais instruções de piedade. Seu pai, porém, se inquietava, pois temia que a devoção o desviasse da carreira das armas, à qual se destinavam os primogênitos.

Quando Luís tinha cinco anos de idade, o marquês recebeu ordem de partir para Túnis à frente de três mil homens da infantaria italiana e, devendo passar em revista as tropas na cidade de Casalmaior, levou-o consigo, para acostumá-lo ao sabor das armas. Passou o menino lá alguns meses e, na convivência com a soldadesca, aprendeu algumas palavras indecorosas, as quais passou a repetir, sem saber seu significado.

De volta a Castiglione, foi repreendido por seu preceptor, e não apenas nunca mais proferiu tais palavras, mas manifestava grande enfado quando ouvia alguém pronunciá-las. Muito se envergonhou por essa falta e, quando já religioso, costumava contá-la para "provar" como fora mau desde criança.

"No entardecer da nossa vida, seremos julgados
segundo o amor". É para esse amor, em uma entrega total, que Deus nos chama desde a juventude.

Devoção a Maria e virtudes exemplares

Quando Luís fez nove anos de idade, Dom Fernando o levou, juntamente com seu irmão Rodolfo, para a corte do Grão-duque da Toscana. A Providência Divina utilizou esses dois anos em que ele viveu em Florença para fazê-lo progredir nos caminhos da santidade. A leitura de um livro sobre os mistérios do Rosário fez desabrochar em sua alma a devoção a Maria Santíssima.

Contribuiu também para tal a fervorosa devoção a Nossa Senhora da Anunciata, venerada nessa cidade. Tanto se lhe inflamou o coração pela Virgem que quis oferecer a Ela seu voto de virgindade.

As diversas virtudes já eram robustas em sua alma. Adquirira uma completa guarda dos sentidos, uma obediência total aos superiores, além de um profundo recolhimento de alma e elevação de espírito.

Deus rapidamente construía a bela catedral da alma de Luís, o qual, com a simplicidade de uma criança, deixava-se conduzir pelo Pai celestial. Tendo passado para a corte de Mântua, não só conservou os hábitos de oração, mas sublimou-os pelas práticas de mortificação. Obrigado pelos médicos a seguir uma dieta alimentar, para curar-se de uma enfermidade, tomou tal gosto pela penitência que, ultrapassando as receitas indicadas, entregou-se aos mais rigorosos jejuns. Considerava ter feito uma lauta refeição quando comia um ovo inteiro!

Intensa vida sobrenatural

De volta ao solar paterno, foi cumulado de graças místicas extraordinárias. Quando se punha a considerar os atributos divinos, experimentava uma tão grande consolação que derramava lágrimas suficientes para empapar vários lenços. Algumas vezes ficava tão arrebatado que perdia completamente os sentidos exteriores. Sua mente estava toda posta no sobrenatural, e sobre as coisas de Deus versavam todas as suas palavras.

Em 1580, chegou a Castiglione o Cardeal Carlos Borromeu, Visitador Apostólico do Papa Gregório XIII. Muito se admirou o Cardeal por ver como aquele pequeno "anjo" discorria sobre os temas da Religião. No final de duas horas de conversa com ele, decidiu o Cardeal dar-lhe por primeira vez a Sagrada Eucaristia.

Aos treze anos de idade sentiu o chamado religioso. Por ser ainda muito jovem, nada comunicou a seus pais, mas redobrou suas austeridades. Aboliu o uso da lareira em seu quarto; levantava-se de madrugada e, de joelhos, rezava durante longo tempo, mesmo durante os rigores do inverno lombardo.

Cada vez mais inquieto a vista dos progressos do filho na trilha da piedade, o Marquês de Castiglione decidiu, para distraí-lo, dirigir-se com toda a família para Madri e colocá-lo como pajem do filho do rei Felipe II. Luís, entretanto, com a alma ancorada em Deus, permaneceu firme e resoluto em seus propósitos, no meio dos prazeres e honras da corte.

Conquista da permissão paterna

"Para qual ordem religiosa sou chamado?" - perguntava-se o jovem pajem. Optou pela Companhia de Jesus. Além da nobre função do ensino à qual esta se dedicava, motivou essa escolha o fato de os jesuítas serem proibidos, pela regra, de ascender a qualquer cargo, salvo se por ordem direta do Papa. Assim, renunciaria para sempre não só às honras do mundo, mas também às eclesiásticas.

Gritos de cólera e ameaças de açoites foi a resposta do marquês ao pedido de seu filho para entregar-se a Deus, na Ordem fundada por Santo Inácio. Usou de sua influência para conseguir que algumas altas dignidades eclesiásticas tentassem dissuadi-lo de sua vocação, ou ao menos fazê-lo entrar por um caminho que conduzisse às possíveis honras do cardinalato. Não tiveram sucesso
maior que o das ondas furiosas do mar sobre a rocha. Pediu-lhe o pai, então, que esperasse a volta à Itália para decidir. Não podia se conformar em perder aquele filho tão dotado, no qual pusera toda a esperança da principesca casa dos Gonzaga.

Começou, então, um período de dois árduos anos de luta para conquistar a permissão paterna de abandonar tudo e seguir a Cristo. Foi a mais dura - e talvez a mais gloriosa - fase de sua vida. Essa luta encerrou-se com um episódio comovedor: certo dia o marquês, olhando pelo buraco da fechadura do quarto de seu filho, viu-o ajoelhado e se flagelando. Só então dobrou-se e lhe deu a tão almejada autorização.

A alegria de entrar na casa do Senhor

"Que alegria quando me vieram dizer: vamos subir à casa do Senhor!" (Sl 121, 1). Chancelada pelo imperador a renúncia pública a seus direitos de filho primogênito, entrou Luís no noviciado da Companhia de Jesus, em Roma. Em todos os lugares por onde passou, o nobre religioso deixou atrás de si o suave aroma de suas virtudes. Despojou-se de tudo quanto podia lembrar sua antiga condição, buscando para si as humilhações e o último lugar. Chegava a enrubescer de vergonha ao ouvir elogios à nobreza de sua família.

Os noviços disputavam lugar a seu lado nas horas de recreação, pelo prazer de participar de suas elevadas conversas. E consideravam seus objetos pessoais como verdadeiras relíquias. No estudo de Filosofia e Teologia, mostrou-se tão sábio que defendeu, com aplausos, uma tese diante de três Cardeais e outras autoridades. Vendo seus superiores o valor da joia que tinham em mãos e, ao mesmo tempo, a fragilidade de sua saúde, multiplicaram os desvelos por ele. Recorreram em vão a uma mudança de ares, na esperança de que lhe faria bem. À vista do insucesso dessa terapêutica, o Padre Reitor deu-lhe ordem de, por um determinado período, não se deter em pensamentos elevados, pois talvez estes o estivessem prejudicando...

Luís Gonzaga era dessas almas diletas, sobre as quais Deus derrama graças e dons em superabundância
para mantê-las na inocência

Primeira Comunhão de São Luís Gonzaga - Igreja dos Jesuítas - Paris

Permitiu a Providência esse equívoco para fazer brilhar mais ainda as qualidades de alma daquele "anjo". Dessa vez a obediência, por ele tão amada, custou-lhe grandes esforços: sair de seu constante estado de oração - confessou a um de seus companheiros - era um enorme tormento, pois, mal se distraía, seu pensamento voava para a consideração dos mistérios divinos.

Vítima da caridade

Em 1591, sua caridade para com o próximo encontrou uma ótima ocasião para expandir-se até o heroísmo: atender as pobres vítimas da peste que assolava a Cidade Eterna. Não tardou, porém, em ser ele próprio contagiado. Mas Deus, que decidira colher tão cedo este viçoso lírio, não quis levá-lo antes de ele espargir seus últimos perfumes. Três meses de uma febre ardente, aceita com total abnegação, encerraram os 23 anos de sua permanência na Terra.

Seu confessor, São Roberto Belarmino, afirmou que São Luís tinha levado uma vida perfeita e fora confirmado em graça. Mais tarde, declararia Santa Madalena de Pazzi, a propósito de uma visão que tivera da glória imensa da qual gozava no Céu este filho de Santo Inácio de Loyola: "Enquanto viveu, Luís manteve seu olhar sempre atento em direção ao Verbo, e é por isso que ele é tão grande. [...] Oh! Quanto ele amou na terra! É por isso que hoje no Céu possui Deus numa soberana plenitude de amor". Luís Gonzaga foi beatificado por Paulo V, em 1605, e canonizado a 13 de dezembro de 1726, por Bento XIII, quem o declarou padroeiro da juventude.

Modelo de santidade no amor

"No entardecer de nossa vida, seremos julgados segundo o amor". É para esse amor, em uma entrega total, que Deus nos chama desde a juventude, tal qual o fez ao moço rico do Evangelho: "Vem e segue-Me!" (Mt 19, 21). Que a juventude atual - tão carente de modelos a seguir e tão confundida acerca do amor - não tome a atitude do moço rico, entristecendo-se por ter de desapegar-se das coisas do mundo, mas reencontre o exemplo de seu patrono, São Luís Gonzaga. A isso a incentivou o saudoso Papa João Paulo II, dirigindo-se aos jovens de Mântua: "São Luís é sem dúvida um santo a ser redescoberto em sua alta estatura cristã. É um modelo indicado também à juventude de nosso tempo, um mestre de perfeição e um experimentado guia no caminho da santidade. ‘O Deus que me chama é Amor, como posso circunscrever este amor, quando para isto seria pequeno demais o mundo inteiro?'- lê-se em uma de suas anotações".

 

de Serafina

Melhorias para a Prática Esportiva

Incentivar de maneira saudável as crianças e adolescentes ao esporte trará muitos benefícios para a sua vida. Além dos aspectos físicos e motor, dentre outras coisas, o esporte tem a competência de ensinar a criança a lidar e se relacionar com companheiros e adversários, desenvolver valores de cooperação e respeito às diferenças, aprender a conviver com conquistas e frustrações, conhecendo seus limites e suas potencialidades. A Prefeitura de Serafina Corrêa, com a Coordenação da Secretaria Municipal de Turismo, Juventude, Esporte e Lazer, continua a fazer melhorias nas quadras esportivas da cidade. Recentemente as quadras de esportes do Alto do Paraíso e da Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima foram contempladas, estando em condições de serem utilizadas pelas nossas crianças e jovens para práticas esportivas. Por: Nelcídio Roberto Alban – Coordenador Geral Prefeitura de Serafina Corrêa/RS.

Reunião na Coordenadoria Regional de Saúde

A Secretaria de Saúde de Serafina Corrêa esteve participando de importante reunião junto à Equipe da 6ª Coordenadoria Regional de Saúde, na data de 13 de Junho, para tratar dos seguintes assuntos: -Rede Cegonha com enfoque em mortalidade infantil, mortalidade materna, mortalidade fetal, adesão precoce ao pré-natal, percentual de filhos de mães com sete ou mais consultas, percentual de parto normal, testes rápidos para gravidez, doenças como sífilis e HIV, bem como o próprio SISPRENATAL. Participaram dessa reunião a Assistente Administrativa, Cristiane B. Madalosso, e a Coordenadora Geral da Secretaria, Angela Rieger. O objetivo é assistir a realidade dos 64 municípios que fazem parte da Coordenadoria Regional e buscar novas ideias para administrarmos esse programa com suas particularidades da melhor forma possível, procurando sempre beneficiar a população que faz parte dessa realidade. Por: Angela Rieger - Coordenadora Geral da Secretaria de Saúde Prefeitura de Serafina Corrêa/RS.


21 de junho de 2016

da Boca do Monte

Rescaldo

1. Procurei jornais de fora(RJ,SP não tem mais. ' com a net, ng mais comprava' me disse o dono da banca onde já tinha comprado nos anos 90.

2. a Razão resiste. Sua dona,dona Maria Zaíra de Grandi, faleceu de um câncer, poucos anos atrás.

3. Mas a Razão é um jornal enraizado na citi....Ele promove o Dia do Vizinho,sempre em agosto, uma ' instituição' da BOCA DO MONTE..

4. pra combater esta promoção, o DIARIO( de santa maria) do grupo RBS instituiu a FEIJOADA DO DIÁRIO...que foi neste domingo que passou. Uma idéia nascida em Caxias com a FEIJOADA DO PULITA, DO PIONEIRO, QUE SE expandiu pra Sta Maria.

5. Na Boca do Monte se vêem muitos jovens. São gente que estuda na CIDADE UNIVERSITÁRIA....

6. Além de estudantes, existem muitos MILICOS em Santa Maria.( Base Aérea) Aposentados,alguns optam por morar nos municípios dos arredores, como Formigueiro. Compram sítios por preços mais em conta.

7. Muita gente costuma ir comprar em RIVERA. Tudo o que é ar condicionado, split, só te dizem: trouxe de Rivera...

APOSENTADA, A NAIRA SANES SE DEDICA A CUIDAR DOS NETOS...6 AO TODO.

NESTE DOMINGO, MOSTROU TODO SEU CHARME NO PÁTIO DA CASA DO CONDOMINIO ONDE FOI MORAR HÁ UNS 3 ANOS NOS AFUERAS DE SANTA MARIA. MAS AINDA ENCONTRA TEMPO PRA JOGAR UMA CARPETA COM AS AMIGAS...E COMO JOGAM NO INTERIOR. IMPRESSIONANTE.

naira mudou-se no começo dos anos 90 pra santa maria, aconvite de uma nova agencia de turismo que se instalava. ficou por lá acabou de criar seus filhos na BOCA DO MONTE . .viajou muito. tenho fotos aqui de várias partes do mundo que me mandava.(OC)

antes de qq coisa são AMIGOS SIAMESES...então nem tentem nos separar...ela é escorpião,ou sou caprica...kkkk(OC)

NA RODOVIÁRIA LOCAL, UM POUCO DE SUA HISTÓRIA. SE QUEREM SABER MAIS PROCUREM OLIVRO QUE FIZ SOBRE A HISTÓRIA DAS RODOVIÁRIAS GAÚCHAS. TEM NO SINDICATO DA CATIGORIA...FALEM COM A ELVIS LÁ....ESTAS FOTOS PEGUEI NO MURAL DA PRÓPRIA NESTE FINDI....ENTREVISTEI NO COMEÇO DOS ANOS 2 MIL O JORGE AITA, SUA PRIMA E UM PRIMO QUE TRABALHA LÁ E QUE É ARQUITETO. OS DOIS PRIMOS QUE A DIRIGEM SÃO FILHOS DO VALDOMIRO E DO VINICIUS AITA, QUE VIVIAM COMO CACHORRO E GATO, MAS QUE NÃO SE SEPARAVAM...

ESTÃO OS DOIS FALECIDOS. OS DA SEGUNDA GERAÇÃO É QUE ESTÃO TOCANDO O EMPREENDIMENTO....

dizem que já estaria defasada..no lo creeo...(OC)

MAIS FOTOS ANTIGAS DA RODOVIÁRIA DE SANTA MARIA....MAIS DATOS PROCUREM NO LIVRO SOBRE AS RODOVIÁRIAS. TEM NO SINDICATO DAS RODOVIÁRIAS. FALEM COM A ELVIS.

 

memorias sentimentais

' FULANO ... DISSE-ME no meio da noite...'

'Era o fantasma do ex se manifestando naquela cama...'

preciso explicar: quem não é separado.O primeiro cuidado a se tomar pós separação, nos encontros não é chamar pelo EX...naquele momento, ou numa simplesmente conversa. E acontece muito,viu...Pelo amor de DEUS isto é falta GRAVISSIMA, PASSIVEL DE EXPULSÃO NO PRIMEIRO TEMPO, COM DIREITO A SUSPENSÃO DE JOGOS POR SEIS MESES ENTÃO TODO CUIDADO É POUCO. O MELHOR É NÃO SE DISTRAIR MUITO NA HORA DOS FOLGEDOS.

Pois não é que aconteceu-me dias destes. Tinha quase certeza que eu iria ouvir o nome do seu ultimo EX, mas a esta altura dos fatos, isto eu tiro de letra, tiro sarro, digo pra ela, eu não sou fulano e se ela tiver FAIRPLAY VAI CAIR NA GARGALHADA.

POIS FOI O QUE ME ACONTECEU.

NARRANDO UM FATO QUALQUER, ELA CHAMOU o EX..INVOCou SEU NOME.

ERAM ALTASDA MADRUGADA, E NÃO HAVIA JEITO DOS dois PARAREM COM A TAGARELICE....

Explodi NUMA grande GARGALHADA.DEVEM TER OUVIDO 100 METROS LONGE.

- EU NÃO SOU FULANO ,VIU...
ELA RIU DE SE MATAR.

NO DIA SEGUINTE, PINTOU NO PEDAÇO A IRMÃ DO EX. A PRIMEIRA COISA QUE FIZ FOI LHE CONTAR QUE TINHA SIDO TUDO ÓTIMO, ELA ATÉ TINHA ME CHAMADO PELO NOME DO MANO DELA. COMO ELA TAMBÉM É SEPARADA, TIROU DE LETRAS E RIU BASTANTER.

MAS CUIDADO MARINHEIROS DE PRIMEIRA VIAGEM. NÃO INVOQUEM O NOME DO EX, PRINCIPALMENTE NA HORA DO BEM BOM, PORQUE É FALTA GRAVISSIMA.(oc)

 

relatos sentimentais

' quando as almas não se encontram"

A ' xirua ' passou dos 60 e já tivera dois casamentos. Um com filhos, outro sem.Alguns namorados, uns pretendentes turcos que lhe ofereceram os tubos pra ela ser amente dos caras, mas ela não topou...não era sua praia...
Dos dois casamentos, um com filhos, outro sem, ela guarda apenas uma expressão: chama os ex de ' inúteis'...

Nesta altura da vida, já cheia de netos, concluiu que agrada aos homens no sexo mas que atrai sõ impestráveis...Não diria bem isto, diria mais homens a procura de uma mãe....

Eles se enrabixam nela, não querem mais largá-la. Da última feita, ela lembra que o ex tava saindo de casa, já tava morando com outra, já embarigara a outra mas quando foi pegar seus badulaques disse na soleira da porta:

- BEM, QUEM SABE EU NÃO VOU???!!!!

Pode, sim...

Suas escolhas, concluiu agora, depois de muita meditar, são sempre furadas.Vendo sua história concluiu que pega homens semelhantes ao pai, ou seja, vagais...ou vagabundos. Não é bem isto, mas é como se não se preocupassem com o futuro.Seu pai foi trocado por um fazendeiro. Era um vagabundo, acha ela, apesar dele trabalhar, às vezes.

A personagem da qual falo está de recessso. Não propriamente recesso, mas sem contatos íntimos com homens. apenas na net. Aí se esbalda, dá corda, tira sarro, às vezes fica com pena de alguns que a levam a sério.

- - Estes dias um me propos: é apenas 5 minutos. Tu tem webcan aí. Ela entendeu que ele a via a pela webcan. Ela estava atirada na cama,com cobertores por cima, com seus dois cachorinhos no colo.

Claro que não deixou, né.

- Que pague se quer se masturbar. Que contrate uma mulher pra isto, não de graça, as minhas custas,disse ela.

O seu período sabatico está terminado e ela tá pensando sério o que fará da vida sentimental no futuro. Quer viajar, mas não quer mais sofrer na mão de ' inúteis' que não sabem consertar uma torneira, perdem o carro por causa de dívidas e aí afora.

Elagosta do que é bom e tem bom gosto.Ah, bom gosto ela tem. Ela é pobre, mas tem mais bom gosto que muita gente rica por aí....

Nisto dá de relho em muita burguesinha que frequenta clubes tidos por chics' mas que em alguns casos não passam de fachadas pra mostrar um status ou uma tradição de falidos.

Há de tudo, no mundo.

A encruzilhada da xirua se dá justamente por ser o que ela é. Ela não gosta de homens que apenas podem lhe proporcionar conforto. Ela quer mais dos homens com quem se relaciona.

Nisto é exigente, embora acho que nem tem consciência disto.

Refletindo sobre isto, acho que ela tem o conflito que a JANIS JOPLIN tinha. JANIS se dividia entre ser o que a tornou famosa, uma cantora de blues e de rock e o sonho de casar, ter filhos, uma casinha como qualquer cidadão de classe média norteamericana.

Dias atrás a xirua conheceu um homem trabalhador, dono de uma oficina, que deu curso superior a uma filha e que tava a fim dela. ManDOU MUITAS MSG...fez muitas declarações...Ela foi num churras que ele a convidou, um niver mas ela concluiu que não há tesão. E sem tesão a xirua não funciona.Aliás, não é só ela.

Sua contradição seria resolvida se ela pudesse tem um homem provedor(que é um grande sonho seu,embora ela sempre trabalhou) e um amante, que até pudesse ser um vadinho de dona flor e seus dois maridos. Talvez sua contradição esteja aí.

Dificilmente, algum homem vai aceitar isto....

Ou então ela fique a granel, mas ela declara que gosta de casar, de estar com um homem fixo....Sente falta de um homem que a ampare....

Na net, no atual momento,encontrou um argentino que lhe manda tangos de Astor Piazolla. ela adora.Mas sabe que é uma ilusão.Aí é que tá seu dilema, sua complexidade. O dono da oficina até poderia ir a Baires com ela, mas acho que não teria o bom gosto de ir numa casa de tangos, daquelas dos nativos, fora dos roteiros turísticos.

- Ele só ouve a Nativa, confessou-me tristinha.

Nativa é uma rádio Rural na terra que ela vive.

O nome já diz ...

A ' xirua' vai se virando como pode. Sem um ' homi' dentro de casa, quando um banheiro entope ela já sabe como fazer. Senta na patente, provoca um vácuo(não sei sinceramente como) e aí a porra, ou a merda desentope....

Saídas ' xiruanas' pra desentupir patente...

Cheguei a me condoer um pouco com o seu drama, mas sei que ali não haverá solução. Morrerá como nasceu. Ninguém muda a essência.

E é tri careta...Vai do trabalho pra casa, de casa pro trabalho.Quer dizer, ia, porque agora tá aposentada. O que mais faz é ouvir rádio e ver tevê. Não abre mão dos filmes da net.

O que encanta nela é que quando lhe menciono que irei a Mostardas, prum hotel a beira do mar, onde somente ficam motoristas e pescadores que vão lá passar alguns dias, prontamente se dispõe a ir comigo. Isto é raro como mosca branca. também falo em S. José do Norte, tb fica afim...E comento que em Nova Palma fazem agnoline. Descobri isto numa padaria.
- Vamos pegar um onibus e vamos pra lá comprar , propõe.

Mal sabe ela que pode ser por aí....(OC)

 

Grêmio 2 x 0 Cruzeiro

obrigado, laurinho da venancio.na boca do monte estava desde manhã cedo um lindo dia de sol....(OC)

Enviada: Domingo, 19 de Junho de 2016 23:03

Grêmio 2 x 0 Cruzeiro, 8° + cerração - 19/06/2012

 

CLAUDEMIR PEREIRA _ A RAZÃO

ok leal, mas eu gosto de PAPEL...e oc areca é bom. o Schirmer tem horror dele...(OC)

De: EDUARDO LEITE LEAL
Data: 20/06/2016 12h06min56s UTC

Bom dia, Olides Canton.
Também sou leitor do C. Pereira, de S. Maria. Além da coluna no jornal A Razão, onde a política predomina, você pode acompanhá-lo no blog, muito informativo.
Boa semana !
EDUARDO L. LEAL _ P. ALEGRE/RS

da Itália

minha filha em BASSANO DE GRAPA, NA ITALIA, REGIÃO DE VENETO. MEU AVO GIUSEPPE VEIO JUSTAMENTE DA REGIÃO, DE BELLUNO. EM SERAFINA TEM UM BAIRRO COM O NOME DE BASSANO DE GRAPA E AO LADO TEM A CITI DE NOVA BASSANO, LEMBRANDO O ORIGINAL NA I
--
oi, pai.
sim, Bassano fica ao norte, no Veneto.
tudo é muito bonito aqui.
boa semana!
Ana

 

de paris

por ana pinheiro machado canton

Oi, pai. Obrigada pela mensagem. Eu sei desde criança que meus bisavós vieram do Veneto. Também sei que a Província é Belluno, porque tenho toda a documentação da cidadania de lá. Já pesquisei sobre a cidade e as distâncias. Nik também ja havia me contado que teve contato com alguns familiares de lá. Mas já estou em Paris desde ontem de noite, pois trabalho todos os dias de semana. Fui só por 3 dias na casa de amigos. Não estou de férias. A região é muito bacana. Quem sabe consigo ir a Belluno numa próxima vez com mais tempo. Em Paris se trabalha bastante. Boa semana! Ana

 

ABIMAQ-RS DEBATE RETOMADA DO PROGRAMA DESENVOLVE RS

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ-RS) realizará reunião-almoço às 12h da próxima quarta-feira (22) na sede da Fiergs, em Porto Alegre. Estará em debate na oportunidade a retomada do Programa Desenvolve RS, que tem por objetivo aumentar a participação das empresas locais nos fornecimentos de máquinas, equipamentos, obras e serviços para novos empreendimentos que vierem a ser implantados no Estado.
Serão palestrantes o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, o presidente da Celulose Riograndense, Walter Lídio Nunes e o presidente da Fundação de Economia e Estatística – FEE, Igor Morais.
A reunião, coordenada pelo vice-presidente da ABIMAQ-RS, Hernane Cauduro, será realizada nas Salas D2 – 210/211/212 do Centro de Eventos Fiergs e, na sequência será realizado o Dia do Conteúdo Local, um encontro de negócios entre investidores e potenciais fornecedores locais do setor.

ATENÇÃO IMPRENSA: FAVOR CONFIRMAR PRESENÇA COM A TODT COMUNICAÇÃO – TELEFONES (51) 3228.7270/3228.7261 OU E-MAIL todtcom@terra.com.br OU COM A ABIMAQ-RS – TELEFONE (51) 3364.5643 – E-MAIL cleia.denize@abimaq.org.br.

 

do germanorigotto.com.br

Governo anuncia 13 projetos de concessão

O governo anunciou que vai levar em 15 dias um grupo de 13 projetos de infraestrutura para análise do Conselho do Programa de Concessões, o que poderia resultar no início dos leilões de concessão de rodovias, ferrovias, terminais portuários e aeroportos. Os 13 projetos seriam quatro rodovias, quatro aeroportos, três terminais portuários e duas de ferrovias. Outra decisão anunciada é que o prazo entre o governo publicar o edital e a realização da disputa será de 90 dias no mínimo. Antes, os leilões chegavam a ocorrer 45 dias após o edital, o que gerava reclamação de empresas de que não tinham o tempo adequado para estudar o projeto e preparar uma proposta.

 

Bate papo sobre vinhos em Caxias do Sul

A Tapiocaria Caxias e Vinícola Monte Reale, de Flores da Cunha, iniciarão o projeto Bate Papo Harmonizado Sobre Vinhos e Espumante, dia 22. O encontro gratuito busca oportunizar aos consumidores um momento para ampliar seus conhecimentos sobre os tipos de vinhos e espumantes, com dicas de harmonização e degustação. A ação busca evidenciar a produção e destacar a qualidade dos produtos locais. As vagas são limitadas e os interessados devem fazer sua inscrição pelo e-mail atendimento@divinainformacao.com.br. A Tapiocaria Caxias está localizada na Rua Ambrósio Colombo, 214, Rio Branco.

 

de Serafina

Escola Agrícola de Serafina Corrêa

Localizada na Capela São João, interior do município, a Escola Municipal Agrícola está abrigando, a partir de 2016, a estação do INMET, Instituto Nacional de Meteorologia. A Prefeitura Municipal tem investido muito nessa escola que é, até o momento, a única de turno integral, com 85 alunos provenientes de Nova Bassano, Casca, Nova Prata, Paraí e de Serafina Corrêa. Em 2015, a Escola recebeu três estufas novas, o que muito auxiliou nos trabalhos práticos dos estudantes. Neste ano, está produzindo verduras e temperos para consumo interno e abastecendo também as demais escolas da rede municipal. Mais um trabalho de muito esforço, comprometimento, buscando bem-estar, saúde e qualidade de vida para todos. -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br

Prefeito em Audiência com o Deputado Edgar Pretto

Na quarta-feira, 15 de Junho, o Prefeito Ademir Antonio Presotto esteve em importante viagem de trabalho na Capital Gaúcha. Na oportunidade, esteve em audiência com o Deputado Estadual Edgar Pretto, discutindo importantes assuntos de interesse da comunidade serafinense e fazendo o convite oficial ao Festipizza que acontecerá nos dias 15, 16, 22 e 23 de Julho, em Serafina Corrêa, Cidade Simpatia, Capital Nacional do Talian. Foto: Leandro Molina – Assessor de Comunicação -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br

Prefeito Ademir Antonio Presotto no Gabinete do Deputado Gilmar Sossella

Em importante viagem de trabalho em Porto Alegre, no dia 15 de Junho, o Prefeito Ademir Antonio Presotto esteve no Gabinete do Deputado Estadual Gilmar Sossella. O Prefeito Municipal esteve em reunião com o Chefe de Gabinete, Artur Alexandre Souto, e com a Assessora Parlamentar, Marciana Renata Fabris, buscando apoio a importantes projetos para Serafina Corrêa. Nessa oportunidade, o Prefeito Ademir Antonio Presotto também fez o convite oficial para o Festipizza que ocorre nos dias 15, 16, 22 e 23 de Julho, no Ginásio Municipal Irceu Antônio Gasparin. -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br


20 de junho de 2016

DA BOCA DO MONTE

DEPOIMENTO SOBRE CASO KISS



Foi a primeira x que fui a santa maria da boca do monte pós caso KISS...

1. ng mais dá bola.

2. pouco se fala do assunto.só ouvi quando eu puxeri tanto na ida no busun como lá com as pessoas de minha convivencia.

3. notei uma certa irritação quando se pergunta onde fica a boite...

4 santa maria tá puta que somente se fale disto. eles sabem que a citi ficou marcada pela tragédia.

-aqui só tem tragédia, me disse uma amiga..a da boite e depois duas mulheres brigaram. uma matou a outra com faca. caso passional.

5. uma conhecida minha foi na missa de 7 dia de um dos falecidos. era seu cliente numa agencia de turismo.

o casal,separado, estava lá. e os dois se abraçaram segundo o testemujnho dest a minah fonte.

o pai já tem outro filho, ela não....

é arquiteta renomada na citi

ela se abraçou a minha amiga e disse:

- que bom que ele fez aquela viagem que tu nos vendeu.

6 as pessoas já perderam a esperança de que alguém vá em cana pelo fato....descredito total. e olham com certa pena a luta da associação que quer justiça.

 

BOITE KISS....

A MORTE POR TESTEMUNHA. OS DE SANTA MARIA CONTAM QUE NINGUÉM MAIS DA BOLA E QUE TUDO VAI ACABAR EM PIZZA.

a morte por TESTEMUNHA....NA ANDRADAS...O QUE VÃO FAZER DAQUILO?? SERÁ TOMBADO??NO MOMENTO, TÃO EMPURRANDO COM A BARRIGA.

a dor como herança.....

TODOS SABEM O QUE É ISTO DAÍ. NA ANDRADAS, É BEM NO CENTRO DE STA MARIA....NÃO IMAGINAVA QUE FOSSE TÃO CENTRAL. PARECE UM CEMITÉRIO. MAS NG MAI SDÁ BOLA...OS CAROS QUE SOBEM A ANDRADAS PASSAM ZUNINDO PELO LCOAL, COMO SE NADA ALI TIVESSE ACONTECIDO.

MEMORIAL DOS MORTOS DA KISS AO LADO DO CALÇADÃO DA SALVADOR ISAÍA.....

 

DA BOCA DO MONTE

A RODOVIÁRIA DE STA MARIA ESTA TARDE DE SOL NA CIDADE ' CORAÇÃO DO RIO GRANDE'

o TAXISTA QUE ME TROUXE NA QUINTA NA CASA ONDE ESTOU HOSPEDADO ACHO QUE FICOU COM MEDO DE MIM...PORQUE FICOU TODO NERVOSO. AÍ PRA DESANUVIAR COMECEI A LHE CONTAR DE NY...não era pra me gavar, não, era pra deixar o cara mais solto. Como onde estou hospedado é longe do centro, é pra fora, eu acho que ele pensou: ia vou ser assaltado...Mas eu lá tenho cara de assaltante. Era só que me faltava.Ser preso em Santa Maria por medo de um taxista. Andam todos com os nervos à flor da pele... o milico que tava do meu lado no busun da Planalto veio contando causos de assaltos,estupros,veinhos judiados por marginais quase a viagem toda. Quem não conhece Santa Maria como eu, imaginaria que estaria entrando no INFERNO DO DANTE. Que nada, Santa Maria é um lugar super tranquilo. Perto de Porto, aqui não tem nada. Mas eles acham ' progresso' falar destas coisas da bandidagem. Isto virou um mantra....

Pois imaginei que o CAPINCHO faria um monumento ao taxista,caso ele tivesse provocado um bafon, um BO com este que vos fala. Capincho viria a Boca do Monte e pediria que o taxista ganhasse um título daqueles que os vereadores inventam: cidadão não sei das quantas. o dia que alguém me der isto eu for receber, ME INTERNEM PORQUE ESTOU LOUCO....(OC)

CLARO QUE NA 6 FUI NO AUGUSTO. IMAGINA VIR A STA MARIA E NÃO COMER NO AUGUSTO É COMO IR A ROMA E NÃO VER O PAPA....

QUEM MORA AQUI NO 'CORAÇÃO DO RIO GRANDE' NÃO LIGA MUITO PRO AUGUSTO, MAS QUEM VEM DEFORA, VAI LÁ QUE É TRADIÇÃO COMER UM GALETINHO NO AUGUSTO. É NÃO É TÃO CARO ASSIM. 28,00 PILAS MAS A CEVA, 10 CONTOS. DÁ PRA PAGAR SIM..

EU GOSTO DAQUELE BAITA RESTAURANTE.....ANTIGO, LIMPO,SEM SER BESTA. E O GALETO É BOM,SIM

QUEM MORA AQUI DIZ QUE TEM COISA MELHOR NA CITI, MAS DEIXA PRA LÁ...(oc)

EM TEMPO. FUI ATENDIDO PELO GARÇÃO SEVERO, QUE NÃO ERA TÃO SEVERO ASSIM....

o fundado do augusto morreu em 16.12.2015. tinha 87 anos. os apes na frente do rest. são todos dele. se chamava augusto martins. o galeto tem 48 anos.

O CENTRO DA CIDADE ' CORAÇÃO DO RIO GRANDE' NA MANHÃ ' INVERNOSA DA ULTIMA SEXTA FEIRA....

O CALÇADÃO DA CIDADE

Na tarde de 6 feira, no calçadão Salvador Isaía....o pessoal fica por ali lagartean do.....

aqui o pessoal vem tomar cafezinho na galeria e passear, pegar um solzinho no inverno.

O CALÇADÃO SALVADOR ISAÍA, TAMBÉM CHAMADO EM STA MARIA DE 'PESQUEIRO'..É LÁ QUE O PESSOAL VAI PASSEAR NO CORAÇÃO DO RIO GRANDE.

OS JOVENS MORTOS MORTOS MOSTRAM SEUS ROSTOS NUMA BARRACA NO CENTRO DA CIDADE CORAÇÃO DO RIO GRANDE....

TEM UM COLUNISTA POLITICO DA RAZÃO QUE EU GOSTO. BEM INFORMADO. O CLAUDEMIR PEREIRA. O PREFA, O SCHIRMER TEM HORROR DELE. É QUE ELE DÁ NOS DEDOS DO CARECA ....

ODEIAM-SE MUTUAMENTE, PELO VISTO.

FRIO NA BOCA DO MONTE....

SAB AMANHECEU 4 GRAUS.... COM CERRAÇÃO.DEPOIS SAIU O SOL....

fez 4 graus neste sabado aqui. em restinga seca, com geada....

AMANHECEU FRIO, 4 GRAUS, NO CORAÇÃO DO RIO GRANDE...

MAS NÃO VIRIA MORAR AQUI, DE JEITO NENHUM. NEM FOLHÃO TEM PRA VENDER. EM PORTO TEM, PELO MENOS.

SÓ SE APARECESSE AQUELA ' GAUCHINHA' QUE O PORCA VEIA FALA NAQUELA LINDA CANÇÃO DELE.

 

Memórias Sentimentais

O bundão 'Coração do Rio Grande"

Depois de ' décadas' que não se viam - ela casou de papel passado e faz um ano mandou o marido pastar - o maior derriere que ele já vi na vida a vivo e a cores o esnobou no reencontro....Botou-o a dormir no ' quarto de hóspedes'..na primeira noite que se haviam visto....nada mudara, apenas o local onde ela fora viver agora, num condominio nos afueras, muito legal por sinal.
Chi pensou nosso personagem, todo este esforço, pra dormir no quarto de hóspedes...

- Pensei que agora éramos apenas ' irmãos'...se defendeu ela.

- Não vou sair de Porto Alegre pra visitar irmã, disse ele.
Valeu o passeio. Ele tava a fim de zoar mesmo pelo centro da cidade.Ele aprecia a cidade coração do Rio Grande. NÃO SABE bem o motivo. Talvez aquele calçadão, hoje chamado de 'pesqueiro' porque é lá que veios e veias vão ' pescar'...

No sábado a coisa melhorou pro nosso personagem. eEa lhe disse:

- dorme na cama da ' patroa'...MAS as 2 cachorrinhas não saíam do colchão. Tava frio pra caramba.

O quarto tem ar condicionado e ele foi pra caminha..Ela so foi pra altas madrugas porque tava vendo filme. Parecia casal em separação....

Quando ela se deitou, o máximo que ele conseguiu foi se enrolar nos pés dela.Nada mais lhe foi permitido.

- Não quero nada com homi da minha idade ou mais novo. Ela tá só na net. Quer um de 70, que pague suas contas, pô. Ela tem bom gosto, sim. O último que teve tinha tanta tesão por ela que não podia me abaixar dentro de casa, que o cara já tava de pau duro....atrás dela, engtenderam...pô bota tesão nisto...E ela ouvindo na turma da canastra as colegas de carpeta dizendo:
- Pô cara lá em casa não ' comparece'.

Com aquele derriere,que Deyus lhe deu quem não...? bah, gurizada, vou lhes contar, vale a pena ....

Na última noite que ele dormiu lá, , ela se chegou mais. Passou a mão onde queria. Mas erla tava curtindo uma de ' noiva'. Só não deixava mexer na frente.Colocava as mãos ali, se protegendo, ou protegendo a ' periquita'... Mas já tava toda arrepiada, pedindo clemência....

-Não tomei banho, alegou ela.

- Desculpa furada, pensou. Olha lá se mulher como ela não vai fuder por causa de um banho.

Tava ainda se fazendo.

Mas lhe prometeu que em Mostardes, vai rolar.

Tomara, Deus seja louvado(OC)

 

MEMÓRIAS SANTAMARIENSES

' O veneno da jararaca'

Bah, esta é bem triste...Inda bem que o gajo não morreu. Seguinte: nos anos 90,qdo vinha muito a Santa Maria da Boca do Monte, presenciei o que vou narrar.

Num casarão situado na av. Presidente Vargas, morava uma family meio se adaptando à cidade. Tinham uma empregada, ou faxineira daquelas meio arranjadas à força, até porque não podiam pagar o que todo mundo paga. mas a mulher ia lá fazer faxina.

Era um dia de intenso calorão em Santa Maria e quem conhece aquele ' forno' sabe como é quente Santa Maria em dias de verão.( Quando sopra o vento Norte, aí todos sabem que 3 dias depois irá chover).

Era um sábado, se não me engano. Era sim sábado. Estávamos naquele chove não molha nos fundos da casa, onde havia um pátio. Mas um pátio com grandes pés de abacateiros e nos fundos havia sim um quase matagal. Isto ainda ocorre em algumas casas centrais de Santa Maria.

O marido da faxineira chegou para buscá-la e a dona da casa ' aproveitou' a presença de um homem que quisesse trabalhar - porque a mim ela tinha visto que não me poria pra limpar os fundos do pátio da casa dela - e pediu pra ele dar uma capinada naquele ' matagal' em que se transformara seu pátio, nos fundos.

Mas como pobre é sempre tratado como lixo, não o advertiu que ali poderia ' morar uma jararaca'...Talvez nem tivesse ai e naquela zorra que aquela casa era, ninguém taria preocupado com o marido da faxineira....Sabe como é, pobre nunca gostou de pobre...aquela coisa....

Aí lembro perfeitamente do lance:ele botou a mão no capinzal, e logo registrou:

- uma abelha me picou,disse...

Ninguém deu bola pro coitado....

Não tinha sido picado por uma abelha, tinha sido atingido pelo veneno de uma jararaca....

Ato seguinte, mas assim em poucos instantes, ele começou aficar amarelo e disse :me levem pro banheiro que quero fazer xixi, tou me sentindo mal.

Levaram ele pra lá, mas já passou muito mal. Era o veneno da cobra entrando na corrente sanguínea velozmente. Em questões de minutos, aquele cara já tava quase morrendo ali na nossa frente. Foi salvo pela sorte: paramos um carro na rua e o carro o levou prum posto do Hospital Universitário, ou num posto de saúde.

Meia hora depois veio o diagnóstico: já tava recebendo soro antiofidico(por sorte tinha, Santa Maria é uma cidade com recursos) e internado em estado muito critico.

Ele se salvou, mas nunca esqueci da rapidez com que o veneno agiu no cara. Por isto quando ouço falar em cobra, ou outro tipo de cobra venenosa, me ponho em situação de alerta. E jamais porei a mão em algum matagal, por menor que seja, sem uma luva.

Que foi o que faltou naquele pobre diabo naquele sábado que foi fazer um favor à patroa de sua mulher.

No estica estica da vida, a corda arrebenta sempre do lado mais fraco. Ah,fiquei sabendo depois salvou-se mas ficou com algumas sequelas.Teve muita sorte, estava numa cidade com HOSPITAL UNIVERSITÁRIO e foi socorrido imediatamente por um transeunte que se dispos a levá-lo pro recurso.(OC)

 

DA BOCA DO MONTE

MEMÓRIA do jornalismo

A PF FOI ME OUVIR, FELHBERG NÃO DEIXOU....

Foi em 1976 que me mandaram cobrir a procissão da MEDIANEIRA AQUI EM SANTA MARIA. BAH, GENTE PRA BURRO...200MIK PESSOAS NA PROCISSÃO..MARCHEZAN NO EVENTO Dom Ivo LORSCHEIDER era o bispo daqui. Daqui porque estou em Santa Maria da Boca do Monte...qdo lembro disto...

Não lembro com certeza quem foi o fotógrafo que veio comigo. Tenho quase certeza que foi o OLIVIO LAMAS - sim, porque na saída fomos fazer uma matéria sobre um asilo onde havia dezenas de velhinhos abandonados ali pelas famílias. Lembro que o asilo era na saída da cidade - Olívio que reencontrei muito anos depois em GAROPABA. Já é falecido.

BOM O QUE ACONTECEU FOI O SEGUINTE: NA HORA DO ALMOÇO num seminário ,ESTAVAM AUTORIDADES, TODO MUNDO, OS FESTEIROS, DOM IVO, O GOV. SINVAL GUAZZELLI E POUCO ANTES DAS PESSOAS SENTAREM, DOM IVO FALOU EM RESERVA COM GUAZZELLI. NÃO LEMBRO BEM COMO PEGUEI AQUILO, MAS TENHO CERTEZA QUE PEGUEI O DOM IVO PEDINDO AO GUAZZELLI PRA LEVAR UM RECADO AO PRESIDENTE GEIXEL. DOM IVO ERA DA CNBB, NÃOSEI SE PRESIDENTE NA OCASIÃO..NÃO ESTÁVAMOS EM TEMPO DE LAVA JATO, ERA TEMPOS DA ABERTURA LENTA GRADUAL E SEGURA O QUE PRA NÓS NAQUELES ANOS TINHA MUITO SIGNIFICADO. MORRERIA POUCO DEPOIS JANGO NO URUGUAI...

EM PORTO ALEGRE, BOTEI ESTE PEQUENO DETALHE NO ' RABO' DA MATERIA, OU SEJA, LÁ NO FINAL. FOI UMA PAGINA DE MATÉRIA. ESTES TEMPOS ATÉ FUI RELÊ-LA NA COLEÇÃO DO JORNAL NO MUSEU DA COMUNICAÇÃO.

ENFIM, EU NEM DEI IMPORTÂNCIA AQUILO. SÓ QUE MUITO TEMPO DEPOIS FIQUEI SABENDO QUE UM POLICIAL DA POLÍCIA FEDERAL FOI NA REDAÇÃO NO DIA SEGUINTE QUERENDO ME OUVIR SOBRE O FATO. FEHLBERG QUE ERA O EDITOR - CHEFE O RECEBEU DE PÉ, NEM O DEIXOU FALAR COMIGO. DE NOITE COMEMOROU COM UM CHAMPAGNE COM O MAURICIO O FATO DE NÃO TEREM ENTREVISTADO O REPÓRTER...pARENTESIS. ANOS DEPOIS, RELEMBRANDO ISTO COM O LAURO, SENTADOS NUM BANCO DO PARCÃO, COMENTEI COM ELE QUE EU TINHA MÁ INTENÇÃO QUANDO COLOQUEI O FATO POLITICO DA PROCISSÃO NO RABO DA MATÉRIA.
-FIZ JUSTAMENTE COM MEDO QUE FEHLBERG FOSSE LER E TIRASSE ISTO DA MATÉRIA,DISSE AO LAURO.

( EXPLICO: HAVIA ENTRE OS COLEGAS DA REDAÇÃO , NAQUELES ANOS, GRANDE 'PRECONCEITO' CONTRA FELHBERG PORQUE ELE FORA CHEFE DE IMPRENSA DE MÉDICI E DIZIAM QUE ELE CENSURAVA MATÉRIAS QUE FALASSEM CONTRA O ' GOVERNO' DA ÉPOCA, O QUE O EPISÓDIO PROVOU QUE NÃO ERA FATO E PELO CONTRÁRIO ELE ATUAVA A FAVOR DO JORNALISMO...DA NOTÍCIA)

LAURO RIU diante de minha observação e apenas acrescentou:

- olha se o FEHLBERG NÃO IA LER TODA A MATÉRIA...!!!!

ESTAVA COMEÇANDO A HAVER UMA PEQUENA ABERTURA NO PAÍS. NUM DEPOIMENTO PRO LIVRO SOBRE A RBS DO LAURO SCHIRMER FEHLBERG CONTA O EPISÓDIO, ENTRE OUTROS. SE É QUE ACHAM POUCO, VÃO PESQUISAR E SABER OUTRAS ATITUDES. EU VALORIZEI O GESTO DO EDITOR-CHEFE. SOU GRATO A ELE POR ISTO.(oc)

 

DEVER DE CASA DE TODO REPÓRTER QUE SE PREZE. QUANDO CHEGA NUMA CITI, COMPRAR O JORNAL LOCAL.

não o de fora, o local. Assim fica informado. no começo é um choque, porque vc tá completamente por fora do que a citi fala. mas aos poucos vai se enturmando. gosto de ler os jornais locais. emserafina me delicio com o GAZETINHA que é uma merdinha de nada mas que fala de serafina.aprendi a trocentos anos atrás com o BURD, O ARMANDO, QUE FOI MEU PROFI NA FABICO - ELE NÃO FAZIA NADA, MAS ' ENSINAVA' - O FATOR LOCAL EM JORNALISMO É MUITO PREPONDERANTE..MAS MUITO MESMO...SE UM CAVALO TIVER SIDO ATROPELADO AQUI NA PISTA QUE RODEIA SANTA MARIA, ESTE PEQUENO FATO É MAIS LIDO NO JORNAL LOCAL DO QUE O QUE O OBAMA FEZ ONTEM EM NYCITI.UMA FOFOQUINHA ENTÃO É LIDA PRA BURRO. TE GARANTO QUE A COLUNA DO JOÃO PULITA, NO PIONEIRO, É UMA DAS COISAS MAIS LIDAS EM CAXIAS. CLARO, ELE É ESPERTO, SÓ PÕE LÁ GENTE DE CAXIAS. QUEM NÃO GOSTA DE SE VER NO JORNAL???SÓ UM LOUCO....

 

Coleguinhas

' O BARBICHA'....

MAS QUEM SERÁ O JB QUE O BLOG IMPRENSA LIVRE FALA??

NÃO PODE SER O JORNAL DO BRASIL. TODOS CONHECEM JB POR JORNAL DO BRASIL.
SE FOR O OUTRO QUE TOU PENSANDO, COMIGO ELE SEMPRE FOI CORRETO.

ALIÁS, E3M 98, PRECISEI DELE PRA POR UMA NOTA DO SEN PEDRO SIMON NUM JORNAL QUE ELE EDITAVA UMA PAGINA E ELE FOI TRI CORRETO COMIGO, COMO COLEGA.

NO OUTRO DIA, NO AVIÃO, O SIMON, QUE NUNCA SE DEU COM ELE, QUERIA QUE EU SENTASSE DO SEU LADO, JUSTAMENTE PELO MEU SUPOSTO ' PRESTIGIO' COM O JB...

ALGUNS COLEGUINHAS CHAMAM O JB CITADO PELO IMPRENSA LIVRE POR ' BARBICHA'...

O ' JB' desigado dora em vante pelo imprensa livre RS tem uma bela carteira de clientes no momento....

 

INDIADA BRABA

De uma feita fui a LAJEADO , na UNIVATES, numa noite de primavera, vender ou autografar prum possível leitor, meu LIVRO CIDADES VIZINHAS AMOR E ÓDIO...

bah, eu achando que tinha fila...nem o MAZZARINO apareceu...que prestígio, mas bah.

só um chato de galocha, mas bota chato nisto, passou a noite toda do meu lado contando causos das brigas das cidades de onde ele era originário. Tão interessantes que até hoje não lembro de nenhum. que indiada braba aquela...pra variar, depois da ' sessão' de autografos, fui dormir num muquifo brabo em Lajeado. No outro dia fui embora pra casa....num astral ' maravilhoso'.

VAIDADES

Não sei porque os autores são tomados POR ESTA VAIDADE QUANDO LANÇAM UM LIVRO....SE ACHAM TODOS A ULTIMA BOLACHINHA DO PACOTE...BAH, MEU, MENAS, MENAS...E TODOS SÃO SEMELHANTES. TODOS ACHAM QUE ESCREVERAM A ' DIVINA PERFEIÇÃO'...O JUREMIR ENTÃO ACHA QUE DEPOIS DO LIVRO DELE, SÓ O QUE DEUS ESCREVERÁ. BAH, QUANTO IDIOTICE MEU. CADA LIVRO TEM LÁ UM POUCO DE INTERESSANTE, NENHUM É O LIVRO FINAL DE NENHUM ASSUNTO. CONVENHAMOS, NÉ.

 

RECADO PRO FERNANDO ALVES....

Me espera com um ximas vou sim a URUGUAIANA....esta citi sempre está nas minhas orações.... mais que São Borja hehehe....Aliás o Fernando não perdeu a chance num mail de estocar a TERRA DOS PRESIDENTES dizendo: que vais fazer em São Borja, depois que o Ciro(Gomes) perdeu a Patricia(Pillar) não sei o que mais,disse meu amigo e leitor. Não deixou de demonstrar aquele ciuminho que uma cidade tem da outra. Mas que coisa isto....O meu livro de ' maior' sucesso - vendeu 5 até agora - é aquele das brigas entre as cidades...fiz aquilo nas coxas...já o ESTRADAS DO RIO GRANDE que levei anos pesquisando trabalhando dia e noite como um condenado, ninguém sabe que existe....

 

urgs

tava na cara que a chapa 3, a oficial, ganharia a eleição na federal. Os profis votaram nela e o voto do profi tem peso maior ..por isto que nos debates que acompanhei, a palavra de ordem era ' paridade,paridade, paridade....' eram funcionários e alunos querendo que seus votos valham tanto como dos profis.

 

das oropas

olha onde minha filha que trabalha em paris foi passar o findi, sem exibicionismo nenhum....TE METI PATINETI.....

De: anapinheiromachadocanton
Enviada: Sexta-feira, 17 de Junho de 2016 20:59

Oi, pai.
Tudo certo. Estou fora de Paris neste final de semana, visitando uma amiga na Italia. Bassano del Grappa.
Provavelmente, não vou à EuroCopa, pois é caríssimo e dificílimo de conseguir ingresso.
Boa sorte por aí.
Beijo, Ana.

 

Bloomsday

Enviada: Sexta-feira, 17 de Junho de 2016 11:56

Como anteontem (16/06) foi o Bloomsday, lembrei de te mandar, para tu passar para a tua amiga para quem tu emprestou o Ulysses do J. J, um trecho esclarecedor da prof carioca Bernardina da Silveira Pinheiro que fez uma das três traduções da obra de Joyce existentes em Português brasileiro (além da tradução do Houaiss, a primeira, q é muito ruim, tem esta da Bernardina e outra de um prof do Paraná; nenhuma, porém, tão boa como uma tradução em Português de Portugal q até hoje me arrependo de ñ ter comprado.) O Ulysses do Joyce é um livro muito complicado (e chato prá caramba). O Joyce era um erudito, foi aluno brilhante no colégio e na universidade. Ele aggiornou a história do herói grego Ulisses (ou Odisseu, em Latim) na figura de um homem comum e a Penélope ele transformou numa senhora tipo aquela tua vizinha cujo barulho da cama ñ te deixava dormir... (By Laurinho da Venâncio)

Segue o texto da Bernardina:

“Em Ulisses, naquele longo dia 16 de junho de 1904, Leopold Bloom – o Ulisses de Joyce –, depois de um dia particularmente atribulado, perambulando por Dublin, retorna à sua casa e ao se deitar ao lado da mulher, Molly, pede-lhe que lhe traga, no dia seguinte, o café-da-manhã na cama, fato inusitado que não ocorria havia onze anos, desde a morte do filho Rudy. Durante todo aquele tempo fora ele que a servira.

Naquele mesmo dia, Molly, que além de ser a Sra. Marion Bloom também era uma cantora, cometia adultério com seu empresário Blaze Boylan. Desta traição, Bloom tivera plena consciência o dia todo.

(...)

Para Joyce, como ele o confessa ao amigo Frank Budgen, o mais completo herói clássico, e por isso por ele escolhido, é Ulisses, por ser filho de Laerte, pai de Telêmaco, marido de Penélope, amante de Calipso, companheiro de armas dos guerreiros gregos em Tróia e rei de Ítaca. Submetido a inúmeras provações, superou-as com sabedoria e coragem.

Seu Ulisses moderno, Leopold Bloom, também é por ele desdescrito como 'filho, pai, amante, amigo, trabalhador e cidadão'. É, além do mais, ainda sempre a mesma pessoa bondosa, humana, prudente, equilibrada, submissa, tragicamente isolada, astuta, cética, simples, não reprovadora, com um exterior aparentemente suave e maleável, mas com uma essência íntima, inflexível, de auto-suficiência. No entanto, diversamente de Odisseu, ele não tem uma deusa Palas Atena para protegê-lo. Terá de depender de sua própria sabedoria e de seus frágeis recursos humanos.

Molly Bloom, a Penélope de Joyce, totalmente diversa de seu modelo grego, é assim descrita por seu criador: uma 'Weib (mulher) sã de espírito, totalmente amoral, fertilizável, inconfiável, cativante, perspicaz, limitada, prudente, indiferente – 'Ich bin das Fleisch das stets bejaht'. Ou seja: 'Eu sou a carne que sempre diz sim'. Na verdade é isso que ela faz, ela diz sim à vida, no sentido mais amplo da palavra.”

Em tempo: No fundo, Ulysses é a história de um marido traído que fica dando voltas pela cidade (Dublin) para poder voltar para casa sem ter q se confrontar com o Ricardão. É uma história banal em torno de um personagem também banal, mas q bem se presta para refletir sobre a condição humana. O Joyce, porém, complicou o q pode para contar essa história. Ou seja, erudição demais faz mal...

 

O gás de pimenta usado pelo Sartori contra estudantes

De: rekern
Enviada: Sexta-feira, 17 de Junho de 2016 10:44

O uso de spray de pimenta na guerra é proibido pelo artigo I.5 da Convenção de Armas Químicas, que também proíbe o uso de todas as substâncias empregadas no controle de motins nas guerras.
O uso do gás pimenta para controlar multidões e conter suspeitos começou a difundir-se nos Estados Unidos nos anos 1980, depois que o FBI
respaldou e recomendou o uso desse tipo de arma como uma alternativa
eficiente e não letal. Essa recomendação era baseada num estudo do
agente Thomas Ward, diretor da divisão de treinamento em armas de fogo
da cidade de Quantico (Virginia).

Depois da publicação desse estudo, em 1989, o uso do gás pimenta
difundiu-se tanto que ele é utilizado hoje por 90% das delegacias
americanas e pela polícia de diversos países. Depois de denúncias,
descobriu-se que o agente Ward havia recebido 57 mil dólares da empresa Luckey Police Products,
fabricante do gás pimenta Cap-Stun. No julgamento, ocorrido em 1996, o
agente alegou ser culpado e foi sentenciado a dois meses de prisão.

 

Quatro mineiros na Zona

De: rekern
Enviada: Sexta-feira, 17 de Junho de 2016 12:23

1. América Mineiro 2. Cruzeiro 3. Atlético Mineiro 4. Aécio Neves

 

do mironneto.com.br

Erro de português foi fatal para identificar carro clonado

Ainda repercute o caso da prisão de um casal com um veículo Cruze roubado no último final de semana. É que o detalhe do nome da cidade chamou a atenção do policial à paisana: ali estava "Cachoerinha" em vez de Cachoeirinha. O policial, então, não sossegou enquanto a Brigada Militar não encontrou o veículo. O casal preso disse residir em Chuí, que, como se sabe, fica na divisa com o Uruguai.

 

do botecodoilgo.com.br

Surge o favorito?

O Inter faz uma campanha admirável no Brasileiro. Surpreendente até para o mais fanático dos colorados.

Não se pode ignorar, contudo, a tabela de jogos que caiu sob medida – como de fosse uma encomenda – para dar confiança e encorpar a equipe.

Mais surpreendente do que a liderança isolada do campeonato, no qual o Inter vive 37 anos de seca, é a reação que percebo entre os vermelhos. Nada de euforia!

– Depois do jogo de ontem (vitória de 2 a 0 sobre o misto do Atlético) estou começando a levar fé – confidenciou-me um colega colorado, que tinha três aninhos de idade em 1979.

Uma trajetória como essa em outros tempos levaria os colorados ao delírio. As redes sociais estariam entupidas de manifestações ufanistas.

Com raras exceções, há muita discrição. A impressão que dá é que o pessoal não leva muita fé no time, em especial no treinador.

Seguidamente leio e ouço comentários críticos à atuação do time, mesmo em caso de vitórias.

Imaginei que os colorados, em especial aos da mídia, fossem se esbaldar com a vantagem do time no Brasileiro.

Mas não, o pessoal anda discreto, comedido, contido.

Percebo, inclusive, um certo constrangimento.

O técnico tão criticado, por seu trabalho de campo e suas entrevistas, está respondendo seus detratores com vitórias.

E como se sabe o que vale no futebol é o resultado.

Tudo mais é tese e especulação.

A realidade, hoje, é que o Inter de Argel começa a despontar como favorito ao título.

Os 15 anos

Hoje, em vez de sair por aí cantando o hino vermelho, um grupo de colorados divulgou um vídeo debochado sobre os 15 anos do Grêmio sem um grande título.

Uma brincadeira saudável, sem problemas.

Uma brincadeira que só foi ratifica a grandeza do Grêmio. Mostra o quanto o Grêmio é grande, porque ninguém mexe com os pequenos.

Já passou o tempo de um clube tão grande, tão superior, ficar sem um grande título.

Os gremistas começam agora a ter uma ideia de como foi sofrido para os colorados sobreviverem 23 anos na expectativa de conquistar um título mundial.

Foi um longo período de inveja, rancor e frustração. O Grêmio no topo do mundo.

Eu sei que doeu muito porque convivi com os colorados durante esses anos todos.

É o futebol, a paixão que ele provoca.

Uma paixão que faz o torcedor, marmanjo, perder a cabeça e trajar um vestido de debutante só pra gozar com os gremistas.

Decididamente, não há o que o futebol não consiga fazer com as pessoas.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

Nova embarcação amplia transporte hidroviário de madeira e celulose

A embarcação Juan Rassmuss, que deve ampliar o transporte hidroviário de cargas de madeira e celulose entre o Lago Guaíba e a Lagoa dos Patos, foi inaugurada, nesta quarta-feira (15), no estaleiro da empresa Intecnical S.A., em Triunfo. A cerimônia de batismo e lançamento do navio, com o tradicional estouro de champanhe no casco, foi acompanhada pelo secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, e pelo governador José Ivo Sartori.

Com 103,80 metros de comprimento e 15,50 metros de largura, o navio graneleiro foi construído em uma parceria entre a Intecnical S.A., Navegação Aliança, da Trevisa, e CMPC Celulose Riograndense, e passa a operar a partir de julho. Foram investidos R$ 25 milhões com recursos financiados pelo BRDE e BNDES Finame.

A capacidade do Juan Rassmuss de 4.814 toneladas de carga deve agilizar o trabalho executado até o momento, no qual o transporte é feito por meio de três navios com destino ao Porto de Rio Grande, que retornam vazios para Guaíba. Com o tempo, a ideia é de que a celulose continue a ser transportada e que o navio regresse com cargas de madeira produzida na Região Sul do estado, pelo terminal portuário de Pelotas.

Sobre a expansão do modal hidroviário e melhorias no Porto de Pelotas, Sartori afirmou que são lições concretas da política de potencialização do uso e de investimentos nas hidrovias. "A opção de apostar em um sistema hidroviário forte está diante dos nossos olhos. A embarcação Juan Rassmuss resume isso: a pujança da produção, a consciência ambiental e a visão estratégica. Para mudar destinos, é preciso sair da mesmice e modifcar o jeito de navegar. Estamos fazendo as mudanças necessárias", disse.

O diretor-superintendente da empresa Intecnial, Airton José Folador, comentou a decisão de construir o navio, tomada em setembro de 2014, como um momento de audácia e ousadia perante o cenário de crise financeira. A visão de intermodalidade para melhorar o transporte de cargas também foi reforçada como uma solução para diminuir os custos logísticos.

Westphalen também comemorou a ampliação do uso do modal hidroviário. “A intermodalidade é um objetivo adotado pela Secretaria dos Transportes desde o início da nossa gestão e este é um momento que comprova que nossos esforços tem dado resultado no sentido de superar entraves, construir parcerias e potencializar o sistema hidroviário do RS”.

Prestigiaram o evento o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco; o prefeito de Triunfo, Mauro Poeta; prefeito de Erechim, Paulo Alfredo; o deputado estadual Sérgio Peres; o superintendente da Superintendência de Portos e Hidrovias, Luiz Alcides Capoani; capitão dos Portos João Gilberto de Oliveira; o vice-presidente da CMPC Celulose Riograndense, Odacir Klein; o presidente do Conselho de Administração da Trevisa, Fernando Becker e representantes da Intecnial S.A. e Navegação Aliança.

 

Obras nas barragens de Taió e Ituporanga entram na reta final

As obras nas barragens de Taió e Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí, estão na reta final. O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, afirma que os trabalhos devem ser concluídos no próximo mês de julho.

As obras nas barragens ocorreram em duas frentes. A primeira consiste na sobre-elevação das duas barragens, aumentando a capacidade de retenção da água. A capacidade da barragem de Taió passará de 83 milhões de metros cúbicos para 99,3 milhões de metros cúbicos, um incremento de 20%. E a da barragem de Ituporanga passará da capacidade atual de retenção de 93 milhões de metros cúbicos para 110 milhões de metros cúbicos, ou seja, um aumento de 18% na sua capacidade. Além disso, será dobrada a capacidade de vazão, que é a liberação de água para proteger a estrutura das barragens.

"Estas obras nos darão mais tempo no controle do nível do rio Itajaí-Açu do Sul e o Rio Itajaí do Oeste, protegendo todas as cidades da região. Teremos mais tempo de manobra em casos de inundações", explica Moratelli.

Juntos, os investimentos somam mais de R$ 45 milhões. Para a obra de Ituporanga foram investidos R$ 24,4 milhões. E para a barragem de Taió, o valor foi de R$ 21,2 milhões. Esta obra, no entanto, sofreu alguns danos devido aos eventos de novembro do ano passado. Após o registro do que foi danificado, foi feito um contrato emergencial, no dia 8 de dezembro de 2015, com a empresa responsável pela construção da barragem, no valor de R$ 2,78 milhões. A obra emergencial já foi concluída e entregue no dia 6 de abril deste ano.

Depois de entregue as obras de ampliação da estrutura, ainda serão realizados trabalhos complementares ao longo dos próximos meses, como melhorias do acesso e serviços de iluminação e automação. Os recursos estão previstos no programa Pacto por Santa Catarina, informa Moratelli.

O secretário lembra, ainda, que em agosto deve ser lançada a ordem de serviço para construção de outras duas novas barragens, uma em Mirim Doce (Rio Taió) e uma em Petrolândia (Rio Perimbó). "Tudo isso somado vai garantir a proteção que o Alto Vale precisa", destaca.

Radares

Outro investimento da Defesa Civil é o da construção de um novo radar meteorológico que será instalado no Oeste. O equipamento será instalado em Chapecó, em um terreno doado pela prefeitura. A previsão é que entre em operação no primeiro semestre de 2017.

O governador Raimundo Colombo e os representantes da empresa alemã que vai fabricar o equipamento assinaram o contrato no dia 7 deste mês, em Chapecó. O investimento em toda a estrutura, que inclui além do radar, construção de um prédio de cinco andares, torre e capacitação dos operadores é de quase R$ 14 milhões.

Desde 2014, Santa Catarina já conta com um radar do mesmo modelo, instalado em Lontras, no Alto Vale do Itajaí. Sozinho, o aparelho garante a cobertura de quase 80% do Estado, atingindo 192 municípios. Complementar a atual estrutura, o radar de Chapecó terá uma cobertura de 42% do Estado, contemplando 138 cidades, mas com uma área de sobreposição em relação à cobertura do radar de Lontras.

A cobertura de 100% será atingida com a operação de um terceiro radar, um modelo móvel, que atenderá principalmente a região do Sul do Estado, com base entre Meleiro e Araranguá, cobrindo 58 municípios. Mas, por ser móvel, em situações de eventos mais graves, o aparelho poderá atender outras regiões. O Governo do Estado está preparando o edital para compra do equipamento, que deverá ser lançado ainda em junho. O investimento previsto é de cerca de R$ 2,5 milhões. O equipamento também deve ser concluído ainda no primeiro semestre de 2017. A expectativa inicial para operação dos novos radares é maio de 2017, sendo inaugurados juntos ao novo Centro Integrado de Gestão de Risco e Desastres de Santa Catarina, que está em construção em Florianópolis.

 

do Carta 15

52 pré-candidaturas

A série de encontros Rota da Vitória – o PMDB no teu município do último final de semana, em Erechim e Frederico Westphalen, contabilizou 52 pré-candidaturas a prefeito nas quatro coordenadorias contempladas, que somam 98 municípios. São elas Alto Uruguai, Médio e Alto Uruguai, Celeiro e Zona de Produção. Entre as cidades com maior eleitorado que garantiram candidatura própria estão Erechim (77.581 eleitores) e Frederico Westphalen (24.732 eleitores).

Nesta semana o programa Rota da Vitória percorre mais duas regionais. Nesta sexta-feira, 17, a Executiva Estadual estará em Santa Rosa (Grande Santa Rosa), e no sábado, 18, em Santo Ângelo (Missões). Estas serão a 14ª e 15ª edições da série preparatória, iniciada em abril. O objetivo é promover o debate político e repassar orientações jurídicas e contábeis para as eleições de 2014.

TCE

A Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, em sessão extraordinária nesta semana, a indicação do deputado Alexandre Postal como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A matéria agora será apreciada pelo plenário da Casa e poderá ser confirmada já na próxima semana. Postal foi indicado ao cargo pelo governador José Ivo Sartori, em substituição a Adroaldo Loureiro, falecido em fevereiro deste ano.

Conta de luz

Para impedir o aumento da energia elétrica para consumidores atendidos por cooperativas – que poderão perder subsídios do governo federal nos próximos anos –, o deputado federal Alceu Moreira apresentou o Projeto de Lei 4732/16. Com a proposta, o parlamentar sugere que essas cooperativas tenham garantidos descontos para distribuição de energia até 2030, o que segundo ele, permitirá que essas organizações tenham capacidade de competitividade e, em contrapartida, ofereçam melhores preços ao consumidor final. No Rio Grande do Sul mais de 1 milhão de pessoas são atendidas por cooperativas.

JPMDB-RS conciliadora

A Juventude do PMDB – que atuou como conciliadora no episódio da ocupação das escolas gaúchas através do diálogo com pais e alunos – defende diálogo e construção de caminhos para superar a crise na educação. O presidente da JPMDB-RS, Beto Fantinel, sustenta que os episódios representam apenas 5% do total das instituições de ensino e que foram movimentos marcados por “revanchismo político”. Segundo dados oficiais, foram ocupadas 129 escolas das 2.571 do Rio Grande do Sul. Destas, dezenas já foram liberadas.

Investimentos

O Governo Sartori, em 2015, fez o maior investimento em educação da década: R$ 8,8 bilhões, ou seja, 33,7% da receita corrente líquida. O Estado aplicou R$ 91,5 milhões na reforma e na ampliação de escolas. Em 2016, a meta é investir R$ 200 milhões. Além disso, o governo segue aberto ao diálogo com o Cpers.

 

de Serafina

Não faz mais frio como antigamente!

meu amigo da Cultura. quem é o autor desta foto???
acho que foi o IRALDO ARTUSI. o acervo é da luiseta marin cervieri que eu conheci ven dendo roupas e badulaques na loja da SOCIEDADE ESTRELA GUAPORENSE....sim, ela ficava com o lapis atrás da orelha, tomando nota de tudo e botando no caderno que tinha da loja. hj ali fica a casa das tintas..(olides, cuel de la san piero...)

Nos últimos anos, temos percebido muitas pessoas utilizando a expressão acima, quando uma onda de frio atingia o nosso município e não era tão rigorosa como a que presenciamos nos últimos dias. Talvez essa afirmação até possa ter um fundo de verdade. Mas convenhamos, os -5ºC registrados em nosso município no dia 13 de Junho de 2016, foram suficientes “par bruzar le bergamote” (queimar as bergamotas) e para relembrar os frios de antigamente, que muita gente aqui presenciou. Nesta semana, o Serafina Sempre vem recordar a nevasca ocorrida há exatos 50 anos em Serafina Corrêa. No dia 20 de Agosto de 1965, uma forte onda de frio atingiu o Rio Grande do Sul, provocando uma forte nevasca, que cobriu casas, plantações, árvores e estradas, com uma grossa camada de neve. Na foto, podemos visualizar, a confluência das Avenidas Dr. Júlio Campos (atual Miguel Soccol) com a Tobias Barreto. No local onde foi tirada a foto, hoje é a Praça da Emancipação e o Mausoléu à Dona Serafina Corrêa. Percebemos a Avenida Miguel Soccol, ainda em chão batido. O calçamento foi iniciado em 05 de Dezembro daquele mesmo ano. Até os dias atuais, o município de Serafina Corrêa não possui registros da ocorrência de outra nevasca como a de 1965. Foto: Arquivo Histórico Municipal Ano: 1965 Por: Guilherme de Bortoli Baesso – Responsável pelo Arquivo Histórico Municipal de Serafina Corrêa – Prefeitura de Serafina Corrêa/RS. Sugestões: arquivohistorico@serafinacorrea.rs.gov.br -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br

 

Mais três carros para o município

Sempre pensando na melhoria dos serviços prestados pela Administração Pública a toda a população, o Poder Público adquiriu mais três veículos nesta última semana. Foram investidos mais de R$ 134 mil, sendo destinados um para a Secretaria Municipal de Saúde, outro para a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Agronegócio e outro para a Secretaria de Obras Públicas, Trânsito e Desenvolvimento Urbano. Certamente os investimentos trarão ainda mais eficiência aos serviços prestados à comunidade. -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br


17 de junho de 2016S

UMA FLOR NA RODOVIÁRIA

Embarcando pra santa maria da boca do monte esta manhã na rodoviária de porto alegre vi uma cena que me fez ainda acreditar na humanidade. Um casal, ele um pouco mais velho que ela se despediam ..ali onde tem um relógio...mas vi que a ' moça' não tava a fim de repetir aquela cena da foto do fim da II Guerra mundial. digamos que ela tava feliz, tudo fazia crer que tinha tido uma noite de amor...se é que me faço entender. mas o rapaz surpreendeu.

qdo se deram o beijo de adeus, ele sacou das costas, da blusa, uma rosa vermelha e a entregou a ela, que não conseguiu disfarçar a emoção. bah, mas ainda tem homem que faz isto ...pensei que fosse só eu que ainda fazia estes gestos. então não tou de todo errado.(OC)

 

SEMELHANÇAS

COMO O DEP JEAN WYLLYS É PARECIDO COM O ANDRÉ PEREIRA....nos tempos da coojornal/zh....

qq dia posto as 2 fotos. mas tem mais gente ai parecida uma com a outra.

 

A CASA CAIU

por Rekern

Até o aliados mais ferrenhos na imprensa tiraram o cavalinho da chuva, os golpistas não devem durar mais uma semana no poder.

 

A Machadada

por Rekern

 

memórias portoalegrenses

' a fudidera'

A vi agora sainda do prédio. Eu tava na parada do bus.Enquanto esperava pra vir pra rodoviária. Saía como sempre devarginho, atravessou aquela avenida, estava com uma sacola na mão...destas sacolas que as mulheres carregam... não sei exatamente o que mulher tanto carrega nisto, algum presente, alguma coisa.Andava lentamente, como todos os dias que eu a espiava sair da minha janela. sou voyeur,sim senhor....

Mas de madrugada ela funcionava. A cama dela rangia que vou te contar. Tentei contato de uma feita que não tinha dormido a madrugada com a imobliária mas a atendente apenas caiu na gargalhada quando lhe falei do problema. Eu falava sério, a funcionária da imobiliária tirava sarro de um cliente.Se alguém vier me encher o saco por isto, dou na Justiça até o nome da funcionária que me atendeu deste modo.Voltemos ao personagem: de madrugada era quando ela mais exercitava o esporte....Subia toda a escada já alta madrugada batendo os sapatos e continuava dentro de casa com eles caminhando pela casa. Não os tirava. Devia fazer por puro ódio. Sei lá o que ela odiava na vida. Meia hora depois a cama rangia. E eram horas, ia e voltava aquele barulho. Até que lá pelas cansadas, quando amanhecia, o gajo botava os sapatos e descia as escadas. Geralmente saía de táxi, ou de carro. Mas nunca era sempre o mesmo. Não sei onde ela ia arrumar os machos, mas muitas vezes os vi buscando-a na porta do prédio.É uma mulher livre, sem família, que vive assim. Não dá papo pra vizinho. Poucas vezes familiares a buscando em feriadões. Mas ela é uma solitária. Tem os casos dela e pronto....

De uma feita, na véspera de um feriadão daqueles que Porto Alegre fica vazia, vazia, a vi num bafon du caralho. Ela tava chegando em casa e no celular na entrada do prédio, a vi aos gritos com o macho com o qual ia passar a ' temporada', Estava puta com a esposa do dito cujo mandava ele pedir pra mulher não lhe torrar o saco. Depois de muito discutir pelo celular, pediu um tempo pra arrumar a mala.E pau na oficial dele. Dizia cada coisa que até eu me ruborizei. Tava tomada de fúria. Ficou uma meia hora naquele bafon na entrada do prédio. Eu ali só faltou me masturbar de tanto prazer.Te fode,cadela, te fode, cadela...Era pura raiva porque nunca me dera bola, nem uma brecha de papo.nunca imaginei que fosse capaz de tanta fúria.
Eu fui embora e nunca mais a tinha visto...Hoje a vi...será uma premonição????!!!!(OC)
( post escrito num computador meio fodido da sala vip da planalto...e atenção a coisa anda preta. nem jornal tem aqui pra ler....)

 

MEMORIAS BARILOCHINHAS

' o vinho rolava à gandaia naquela 'merda' de avião... achei que tudo viria abaixo....'


Queria conhecer BARILOCHE há tempos....pois então convidei Dorinha,( nome fictício,evidentement) colega no trabalho, com quem andava me fresqueando há tempos pelo correio eletronico. Bah, que baixaria. usar o correio eletronico pra estas coisas. Mas acontecia.Era um areto antigo, que nunca se concretizara. Ficara só no rolo, mesmo....na frescura ...Eu não tinha colhões pra convidá-la pra ir pra cama porque já sabia a resposta. Dito e feito: no dia que a peitei, ouvi justamente o que imaginava que iria ouvir....
- Bah, mas respeito muito a fulana...referia-se a minha esposa.

- To fodido, pensei, sem mel nem porongo.
( quem mandou se meter em confusão....é como sempre digo, malandro que é malandro faz caladinho. Quem não é malandro fica se gavando e se fode. Geralmente as mulheres são mais ' malandras' que os homens. Eles é que pensam que o são....)

Voei pra BARILOCHE EM AGOSTO DE 1991. Pra Festa Nacional da Neve. Se puderem ir, vão que é o máximo, é tri....Existe um campeonato de descida do CERRO CATEDRAL que os caras, malucos competidores que chegam de todo o país, passam a noite/madrugada descendo no meio da neve. Eu ficara sabendo desta festa quando atravessara a Argentina de caminhão, numa das tantas reportagens que fiz deste modo. Alguém na rodovia tinha me dito:
- Tens que vir pra Festa Nacional da Neve, em Bariloche.
Gostei do assunto....

Montei todo o esquema sozinho. " Vendi' a matéria sobre Bariloche antecipadamente. Deu certo. Transei as passagens na Unesul Turismo e e como disse amarrei uma série de reportagens. Eu sempre me empreendi...

Voei de Porto pra Buenos Aires numa jeringonça chamada de avião...aquela merda não caiu porque não era hora.Sempre acabo me metendo nestas indiadas. parece destino...O avião era da Pluna, ou Aerolíneas, não lembro mais. Lembro que tinha vinho argentino pra caralho. Serviam a rodo,sem mesuras. Me esbaldei...no vinho,claro. Mas aquela merda lá encima pega pra caralho.Tu toma um copo e já sai bebum....Lembro que o avião voava baixo,baixo....via tudo lá embaixo.Aquilo me deu um puta medo.Acho que eu tava de porre, e não tinha visto,ainda...
sinceramente pensei que o avião caísse. Não caiu, porque tou aqui contando está história. Senão pro gaúdio do Capincho - que vive me destratando - estaria enterrado num pampa ou gaúcho, ou uruguaio, sei lá eu onde era aquela merda....

Quando aquela coisa chamada de avião parou no aeroporto EL CARRASCO, em Montevideo,olhei pela janelinha e dei-me que daqui há pouco estaria sozinho em Buenos Aires, que eu amo de paixão, como dizem....

Desceria no El Parque e em 15 minutos de táxi deixaria minha mala no hotel previamente reservado pela Unesul E ESTARIA percorrendo aquelas calles do centro da capital portenha, entrando e saindo de cafés, livrarias, sem eira nem beira, como gosto...de fazer quando vou a esta cidade( um pequeninho parenteses...quando ia a Buenos Aires, fui muito na vida, um dia entrei numa livraria, que são lindas e perguntei por um livro sobre a Evita Peron. Detrás do balcão assomou-se uma senhora portenha, daquelas bem boludas, posudas, num casaco de pele bem bonito por sinal, e respondeu com uma cara de bunda: ' acá,senhor, no vendemos livros de prostitutas....' fecha parenteses...

Pois não deu outra. Percorri naquela tarde de inverno vários cafés, tomava um,saía, ia pra outro....Recordei-me bem de uma certa feita quando estivera na capital portenha e tinha ido a um jogo de final de LIBERTADORES....Era um domingo, eu encasquetei que ia no jogo e fui....paguei 12 dolares o ingresso. lembro bem o valor. Achei um lugar na BOMBONERA, lá encima....A FINAL ERA ENTRE INDEPENDIENTES X BOCA JR.... GANHOU O PRIMEIRO POR DOIS A UM. passei todo o jogo ao lado de um argentino que viera da PATAGONIA, DAS MALVINAS pra ver o jogo.O cara era Boca e não parou de gritar um só segundo dos 90 minutos, mesmo com BOCA PERDENDO.....

Não vi aquela tarde ( não era gris como diz o triste tango....) PASSAR..ADORO BUENOS AIRES e sua ' pose'..são todos uns falidos, mas pose tem pra caralho. E como são elegantes....tanto hombres como mujeres....

Eu precisava fazer aquela viagem. Era uma questãode ORGULHO NACIONAL meu....E a fiz....Mas mesmo em Buenos Aires, minha mente estava na PATAGONIA, estava fascinado pelo fato de ver neve cair,- já tinha visto nas Oropas e nos ESTAITES - mas tava a fim de novo....No dia seguinte, de manhã, toquei-me pro Aeroporto, o Aeroparque, como chamam...Na viagem, sentou do meu lado uma senhora portenha que ia visitar o filho que trabalhava e vivia em Bariloche.Antecipou-me que eu veria muita neve,sim, por supuesto, mas tinha uma dica....se quisesse ver a cidade bonita, teria que ir na primavera. E fez descrições maravilhosas daquela estação ....A mulher, minha vizinha de assento, sabia que veria muita neve, porque falara com o filho por telefone várias vezes e aquele assunto rolou,claro. O que diz um filho que vive a dois mil km pruma mãe idosa que irá visitá-lo? Falam do tempo, oucomo dizia Machado de Assis, quando duas pessoas não têm assunto,falam do tempo...

Mas ela apreciava sim a primavera em Bariloche. Sei lá eu o motivo. Vai ver não gostava do frio.Ela não gostava do frio, do vento, das nevascas,com estradas interrompidas,com temperaturas negativas, 15 graus abaixo de zero. Ah, veria depois, como é bonita a neve caindo de madrugada....fica um silêncio, so aqueles flocos posando suavemente nos tetos e no chão e tudo ficando esbranquiçado....

No aeroporto de Bariloche, senti o glamour turístico da citi. Foi, bah, um choque.Argentinas circulavam exibindo seus grossos casacões, falando alto,(não havia celular ainda por aquelas bandas, só no Chile é que existia nestes tempos, o Chile foi dos primerios na América Latina a ter celular...)Além dos casacões, elas usavam estolas de peles de lebres e outros animais que hoje em dia é considerado tri cafona...Porém, naqueles anos não era. Era muito chic tê-los.

Era época de vacaciones e então o Aeroporto local estava muito movimentado. Iam levar gente que ia embora, receber gente que chegava de todo o lado da Argentina. Bariloche tem um turismo interno muito grande...As cifras são astronômicas. Como o Brasil neste momento anda mal de grana, a gente nem mais ouve falar em Bariloche, porque as cias turísticas não vão perder tempo anunciando pacotes pra lá,se ninguém vai, meu....???

O hotel que tinha reservado estava uma zorra....Na portaria, custaram a achar minha reserva. São muito mais esculhambados do que a gente imagina. Mas acabam sempre dando um jeito, como no Brasil.É bom a gente saber lidar com uma certa frustaçãozinha porque nunca é como te venderam,né???Então, como diz a perua aquela, ' relaxa e goza'....

( fica pra outra feita contar mais aventuras.que agora tou com sono...)

 

CAXIAS

O MANSUETO ME DISSE NA QUARTA DE NOITE QUE PASSARA A TARDE TODA REVISANDO SEU LIVRO SOBRE ELEIÇÕES DE CAXIAS. A UCS VAI EDITAR. MAS BAH TAVA CAINDO DE MADURO ISTO. ELE TEM UMA PUTA COLEÇÃO DE DADOS SOBRE ISTO. ATÉ PQ SEMPRE GUARDOU MUITA COISA QUE SAIA SOBRE ELEIÇÕES E TEM UMA BOA MEMÓRIA APESAR DOS QUASE 80 ANOS....

e convidou o senador PEDRO SIMON prafazer o prefácio. claro que o simon irá fazer. mansueto falou com o secretário do simon....

- de todos aqueles de que falo no livro é o unico que tá vivo, me disse.

já vi alguma coisa. é bom o livro...

 

Programação para o próximo final de semana



No próximo Sábado (dia 18/06/2016) as na Sala Eduardo Hirtz assistiremos ao filme "Prova de coragem" (2015). Hermano (Armando Babaioff) é um médico bem-sucedido que esta planejando uma escalada de alto risco em uma montanha na Terra do Fogo. Neste período, sua mulher Adri (Mariana Ximenes), com quem vive há sete anos, descobre que esta grávida. Mesmo na iminência de se tornar pai, ele dá prosseguimento a seus planos. Esta é a prova de coragem que Hermano deve a si mesmo após ter testemunhado seu melhor amigo ser agredido até a morte e não ter feito nada para ajudá-lo.
O filme é baseado no livro homônimo de Daniel Galera. Antes de se chamar Prova de Coragem, o filme tinha o título Mãos de Cavalo.

No próximo Domingo (dia 19/06/2016) as 10h15min na Sala Eduardo Hirtz assistiremos ao filme "O Tesouro" (Comoara - 2015). Costi (Cuzin Toma) leva uma vida tranquila e serena com sua amada esposa e filho. Porém, a calmaria é abalada quando seu vizinho, Adrian (Adrian Purcarescu) afirma que há um tesouro escondido no quiintal deles. Com a aprovação da esposa e o entusiasmo do filho, Costi se junta a Adrian na procura do tesouro, colocando-os em uma sére de acontecimentos inesperados.

 

VAIDADE

O QUE GOSTO NO CAPINCHO É QUE ELE LE MESMO MEU BLOG. VEJO QUE LE.NOS TEMPOS DE JORNAL, A GENTE SE PREOCUPAVA EM QUE UMA MATERIA TIVESSE '1 REPERCUSSÃO'...NO BRASIL, SO REPERCUTEM GRANDES JORNAIS E TV GLOBO. O RESTO NÃO REPERCUTE MERDA NENHUMA.

 

de São Borja

caPINCHO SOLIDÁRIO AQUI...

De: letier12
Enviada: Quinta-feira, 16 de Junho de 2016 10:14

Tá polético hoje... "divido minha cama com a solidão..."

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Herói

Tu és um herói: trabalhaste por duas décadas num lugar q, dás a entender agora, detestavas. Q tenacidade! E só saístes pq o Passaralho te pegou. Se ñ fosse isso, talvez estivesses lá até agora. Da minha parte, ñ aguentei por + q três anos. Logo q pude, pedi as contas e fui adiante. (Laurinho da Venâncio)

 

do botecodoilgo.com.br

Defesa volta a falhar e Grêmio perde 2 pontos

por Ilgo

O Grêmio saiu de casa para trazer quatro pontos em seis contra Fluminense e Chapecoense.

Voltou com apenas dois. A meta não foi atingida.

É assim que um time deixa de ser postulante ao título do Brasileiro e passa a lutar por uma vaga na próxima Libertadores.

É cedo para afirmações como essa, mas o histórico do campeonato leva a esse tipo de conclusão.

O Grêmio terá de correr atrás para recuperar esses dois pontos que ficaram em Chapecó.

Pelo que aconteceu no jogo, era para voltar com vitória.

No final, para quem perdia nos minutos derradeiros, o empate acabou sendo bom, mas só porque um ponto é sempre melhor que zero ponto.

A defesa que era o ponto alto no início voltou a ser uma peneira, uma porteira aberta para quem quiser entrar.

O Grêmio saiu na frente com o gol de Geromel a 3 minutos. O time em vez de ir para cima jogou como se o gol achado pudesse se repetir sem maiores esforços no gramado irregular do Indio Condá.

Veio o pênalti. Edilson foi driblado com facilidade assustadora, como se fosse um aipim encravado. E não foi a primeira vez, revelando que ele é muito eficiente no apoio, mas facilmente driblável. Jailson, que acabou se firmando, cometeu o pênalti.

Aos 41, Jailson recebeu de Douglas invadiu o área e fuzilou o goleiro. Golaço.

O Grêmio foi incompetente para garantir a vantagem. Logo em seguida Thiego, ex-zagueiro do Grêmio, empatou, cabeceando sem marcação e sem saltar. Nâo deu chance para Grohe.

Quase no final, Thiego voltou a marcar de cabeça. Nesse lance o goleiro gremista poderia ter saído da goleira. Falhou Grohe, assim como todo o sistema defensivo.

Quando o jogo se encaminhava para uma derrota, Giuliano desviou de cabeça um cruzamento de Negueba, que havia substituído Éverton, de má atuação. Foi a única coisa de positiva que Negueba fez.

Difícil entender por que o técnico Roger Machado não colocou Lincoln ou Tontini, que estão na fila e mais habituados ao modo de jogar do time.

Provado está que jogador vindo de fora sempre tem prioridade, mesmo sendo, digamos, mediano como Negueba.

Agora, fica a obrigação de vencer o Cruzeiro, domingo, na Arena.

O jogo será às 19h.

Vocês não esperavam que o Grêmio fosse jogar um clássico em sua casa num domingo, às quatro da tarde, esperavam?

Nova tarifa que reduz valor do gás natural em Santa Catarina será aplicada em julho

A nova tarifa do gás natural em Santa Catarina será aplicada a partir do próximo mês. A diretoria da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) publicou no Diário Oficial no último dia 10 de junho as novas tabelas de preços do gás natural, as quais indicam redução tarifária. Os reajustes atingem todos os consumidores atendidos pela SCGÁS e superam o pleito encaminhado pela distribuidora no final de abril, com queda média por segmento de 17,1% para o industrial, 17,8% no automotivo, 11,7% para o comercial e 9,2% no residencial.

Por força da lei estadual 16.673/2015, que disciplina sobre a regulação dos serviços públicos de distribuição do gás natural em Santa Catarina, o efeito das tabelas será válido 30 dias após a publicação pela Aresc no Diário Oficial do Estado. Logo, a aplicação das novas tarifas começa a valer a partir do dia 10 de julho, data em que a SCGÁS passa a efetuar as medições e faturamentos com os novos preços.

A redução acontece, mesmo em momento de instabilidade cambial, por causa da queda no custo da cesta de óleos internacionais, fator que influencia a composição da tarifa pelo contrato de concessão do serviço público de distribuição de gás natural. Com a resolução, cerca de cem mil consumidores serão beneficiados, entre eles mais de 91 mil usuários de GNV, quase dez mil unidades residenciais, centenas de estabelecimentos comerciais e 227 indústrias em 63 cidades catarinenses.


16 de junho de 2016S

netos

quem não gosta deles???

qdo ouvia nos anos de rebeldia que OS NETOS SÃO OS FILHOS COM AÇUÇAR tinha vontade de me meter na goela de quem dizia. mal sabia eu que um dia ia me acontecer. nada como um dia depois do outro. ou aquela frase. LONGOS DIAS TEM CEM ANOS...

pois os netos são sim os filhos com açucar.um dia perguntei a alguém pq avós sempre defendem os netos até CONTRA OS FILHOS...pq os avós já tão na capa da gaita e vão tomando consciencia de sua FINITUDE.....

da ' minha geração' ( grande africa, como dizia a freira do ginásio de serafina....) tenho netos eu enão lembro mais que. caco não tem, licinio não tem,emilio não tem, mosman perdi de vista,caramez não teve nem filhos(aquele é tão egoista que nem filho quis ter....ou não pode, sei lá...)daí se pode ver como o indice demografico vai ficando mais velho e vão nascendo MENAS GENTES....

minha geração é algo extremamente pretencioso....quer dizer alguns malucos que acharam que um dia iam mudar o mundo. alguns ainda acham. vão morrer achando....

a filha que me deu uma netinha era a maior zoadora. não queria nada com o basquete. alguns dizem que não quer até hoje.ele nasceu como a primeira neta e então teve tudo....

até demais pro meu gosto, mas agora não se muda mais nada. mas depois de ter viajado de carona, de onibus - era eu que a matriculava na fabico - pq ela tava sempre viajando , foi-se acomodando....mora no rio desde que tem 15 anos. mudou-se pra lá de mala,sentimentos e cuia. e não ficou besta. nunca a vi chiar como a mãe dela que quando ia passar temporadas no Rio VOLTAVA CHIANDO COMO CARIOCA....pra desfeita dos seus....uns gaúchos meio toscos...e bairristas.

minha neta nasceu carioca, da gema. esta sim chia. adora ouvi-la chiando....ligo só pra isto.

falar dos netos é o testemunho de que ficamos velhos. não adianta.não é nem tomar viagra, é falar de netos. qdo vejo o verissimo se bababndo pela neta dele, penso. ih, ficou velho, velhusco.

 

da Rodoviária

O POR DO SOL NA RODOVIÁRIA....INVERNO VEM VINDO. NA SEGUNDA A RODOVIÁRIA ESTAVA FRIO FRIA, AGORA ESQUENTOU UM POUCO....

 

do Alfredo's

FUI PEGAR UMA BOIA NO VELHO ALFREDO QUE CONHEÇO DESDE OS ANOS 70...

ali de madruga o publico são putas,gigolos ,taxistas e afins..ao meio dia TUDO GENTE BEM COMPORTADDA, TRABALHADORES....APOSENTADOS.

UM BUFFET CUSTA 15,50 .mas tem de tudo...sobremesa, cafezinho e muitas opçoes.

AH,SIM O VEIO BRIZOLA QDO VINHA DO RIO E BSB IA MUITO LÁ COM A CUPINCHADA. VIEIRINHA, DANILO GROFF, SERENO CHAISE, O ATUAL PSOL, PEDRO RUAS,ENTRE OUTROS.....

 

METRÔ DE MEDELLÍN VISITA AEROMOVEL

Uma comitiva de representantes do Metrô de Medellín, Colômbia, cumpre agenda de visita ao Aeromovel. O roteiro, que será cumprido até a próxima sexta-feira (17), incluirá visita à Marcopolo, linha do Aeromovel do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre e encontros com a diretoria do Trensurb e na Prefeitura de Canoas, onde está sendo construída a primeira linha do Aeromovel no município. As autoridades de Medellín estão avaliando a expansão do Metrô da cidade e alternativas de conexão, de que o sistema Aeromovel é exemplo, como já ocorre no Salgado Filho. A cidade de Medellín é referência em estruturas de mobilidade urbana, contando com o Metrô e com o sistema VLT, entre outras. Acompanham a delegação os representantes da Aeromovel Brasil na Argentina e na Colômbia.

 

DA XIRUA, DO SEXO, DO AMOR

Volto hj a sta maria da boca do monte, de onde eu nunca devia ter saído...sei lá pq o destino...

pode dar tudo, como pode dar nada...nem to ai pra isto...mas que eu gosto de repartir uma cama, eu gosto. e faz tempo que a solidão não me larga..divido minha cama com a solidão...

a xirua mudou-se prum condominio, diz que acorda com os quero-queros. meno monotomo demais pro meu gosto. sou mais urbano do que rural. não sou magro rural dos anos 70. FUI HIPPIE, NUNCA RIPONGA, QUE É DEPRECIATIVO..riponga é o hippie de butique, eu fui hippie de estrada. A NARA SUSENTAVA A TESE DE QUE EU NUNCA FUI HIPPIE PQ ELA EMBORA TENHA SIDO MOCHILEIRA TINHA HORROR DAQUELES MAGROS MELECAS....

- tu não é hippie, olides, me dizia ela. mas bem que eu gostava de uma carona, de uma estrada, de sair por aí. bah, quanto completo, qto pf comi em beira de rodovia ..sinceramente ME ORGULHO MAIS DESTE MEU TEMPO DO QUE NOS ANOS QUE TRABALHEI NA RBS.....BAH, MAS MUITO MAIS QDO FUI MOCHILEIRO....

QDO FUI MOCHILEIRO EU ERA UM EMPREENDEDOR. TINHA QUE CUMPRIR MINHAS METAS DE ESTRADA TODO SANTO DIA. NA RBS TE DAVAM TUDO NA BOQUINHA. ATÉ COMO LIGAR O GRAVADOR.porem tinha um alto preço, o preço de sempre dizer o que eles queriam. não o que tu pensava. NÃO APRENDI NADA NA RBS. NEM ME ORGULHO DE TER TRABALHADO. PODERIA APAGAR ESTA PARTE DA MINHA VIDA E NÃO SENTIRIA NADA. UM DIA EM SERAFINA O BICO BRANCO FOI ME APRESENTAR COMO EX DA RBS E LHE PEDI UM FAVOR NA FRENTE DA OUTRA PESSOA. NÃO DIGA MAIS ISTO PREFEITO. NÃO ME ORGULHO NADA DISTO.

ME ORGULHO DE TER FEITO O JORNAL DE BORDO, QUE TIRAVA SOZINHO E LEVAVA NUM TAXI PRAS EMPRESAS COLOCAREM NOS BANCOS DOS ONIBUS. A PLANALTO QUE HJ VIAJO ERA UMA DAS QUE MAIS SE ENTUSIASMOU COM O PROJETO. PUDERA, ELES TINHAM TIDO ANTES DO JORNAL DE BORDOS, UM JORNALZINHO CHAMADO JORNAL DO ONIBUS. ERA SÓ DA PLANALTO. O JB DESCOBRIU ISTO E FEZ UMA MATERIA. PEDRO TEIXEIRA, DIRETOR DA EMPRESA, TINHA UM ENORME ORGULHO DESTA MATERIA DO JB...

sta maria sempre foi uma cidade que eu moraria....é uma cidade universitária. caxias tb moraria. mas sinceramente não me vejo morando em outro lugar no momento que não neste ape legal que montei aqui.

mas sabe como é as vezes o veio destino de guerra te pregua uma peça...(OC)

 

QUIEN MUCHO SE AGACHA EL CULO SE LE APARECE....

Ouvi atentamente a entrevista do DANIEL SCOLA E DA ROSANE COM O DESEMBARGADOR TULIO MARTINS. ELE FOI ' DURO' SIM COM ELES. DISSE TEXTUALMENTE:

- UMA EMPRESA FUNDADA POR JAIME SIROTSKY E MAURICIO NÃO PODE ESTAR FAZENDO ISTO QUE ESTÁ.

A DISCUSSÃO ERA SOBRE 'AUXILIO-MORADIA' DOS JUIZES, QUE O DESEMBARGADOR DIZ NÃO SER AUXILIO MORADIA.

MARTINS FOI DURO, MAS NÃO FOI DESRESPEITOSO.
SEGUIU A MÁXIMA AQUELA: quien mucho se agacha, el culo se le aparece...

Não demonstrou nem medo, nem prepotência com os dois apresentadores. Foi ali. nota 10 pra ele.(OC)

 

Coleguinhas

A MARTA GLEICH

SAIU CHISPANDO FOGO PELAS VENTAS HJ CONTRA O MUSEU JULIO DE CASTILHOS. DESCEU DO SEU POSTO DE EDITORA DOJRONAL E FOI SER REPORTER DE NOVO. AS X É BOM.....

se depois deste artigo não fizeram nada no MUSEU, então é pq a ZH tá com pouca força. seguramente deve vir a explicação OFICIAL....

BOA COLUNA DA MARTA, A OUTRA, A MEDEIROS TB HJ NA ZH...

 

BILHETES E FOTOS DO KARNAS

A VELHA REPORTAGEM POLICIAL.....


O CARLOS FERNANDO KARNAS QUE NOS DEIXOU NESTE FINDI NAQUELES BILHETINHOS - NÃO OS DO JANIO - TEMPOS ATRÁS ACABOU FAZENDO UM RETRATO DO QUE ERA A REPORTAGEM POLICIAL NOS JORNAIS NAQUELES ANOS DE FIM DE DÉCADA DE 60. EU NÃO PEGUEI, OUVIA FALAR. PQ COMECEI EM 73. MAS AINDA OUVIA MUITO OS FOTOGRAFOS FALANDO DAQUELES TEMPOS E RINDO QUANDO A GENTE SE QUEIXAVA DE QQ DIFICULDFADEZINHA MIXURUCA.

O CASTIGO ERA O PLANTÃO DA MEIA NOITE AS 5 DA MANHÃ. PEGUEI MUITO ISTO...O FITI, NOSSO MOTORA, MAGRINHO, MAGRINHO, SÓ RIA...PEGAVA 2 JORNAIS DE CORTESIA DE MADRUGADFA E TROCAVA POR DOIS LITROS DE LEITE NUMA PADARIA DA ZONA SUL....
O PIOR ERA QUANDO DAVA ROLO E DAVA MUITO ENTRE A BRIGADA MILITAR E A POLICIA CIVIL. ACAVBAVA TUDO NO DPM COMO CHAMÁVAMOS. O DEPTO DE POLICIA METROPOLITANA ALI NA AV. IPIRANGA. ERA O TEMPO DO DOPS, AINDA.

POUCOS REPORTERES DAQUELES ANOS SOBRAM, QUE LEMBRO ASSIM DE CABEÇA, O JBMARÇAL- QUE VIVIA APANHANDO DA POLICIA, ELES ADORAVAM DAR NAQUELE COURO DE QUARAI QUE VOU TE CONTAR - E O MARÇAL ADORAVA PROVOCA-LOS CHAMADOS DE ' RATOS' O QUE ELES ODIAVAM....O ERCY TORMA, O PACIENCIA, SIM AINDA ERA DESTE TEMPO E ERA MUITO CHEGADO COM AQUELA CARA DE ' COME OVO' COMO DIZIA O VEIO AVELINE, O ERCY ERA MUITO CHEGADO NUM INFERNINHO, NO CARNAVAL ELE FAZIA A COBERTURA DE INFERNINHOS, O CASCATINHA ERA DESTES TEMPOS, MAS HJ ELE FEZ UP GRADE, COMO DIZ,NEM QUER OUVIR FALAR DAQUELES ANOS EM QUE COMEU MUITA M.....

O LAURINHO DA VENANCIO É UM SOBREVIVENTE DESTES TEMPOS, O QUARESMA, O WANDECO SE FOI ESTE ANO, O TIBERIO VARGAS É DESTE TEMPO, TOU LEMBRANDO ASSIM DE CABEÇA QUE EU CONHECI....O JUCA PARANGA, O JUAREZ HAASSE, O VILMO MEDEIROS, CABEÇA QUE SOBREIVE A 7 AVCS E MORA EM CANAOS.

OS TERMOS ERAM CAMPANA, PRA DIZER QUE IA MONTAR UM MONITORAMENTE JUNTO A ALGUÉM. ERAM TODOS TERMOS DA POLICIA QUE O REPORTER POLICIAL ACABAVA INCORPORANDO....ME IRRITAVA TB VER OS COLEGAS MEIO NUMA RELAÇÃO PROMISCUA COM OS ' RATOS'....PQ POLICIAL É RATO, NÃO SEI MAS SEI QUE É UMA GIRIA QUE O BANDIDO CHAMA PRA POLICIA....

HAVIA REPORTERES QUE SE DAVAM COM ALGUNS BANDIDOS E ESTES TINHAM O PRIVILÉGIO DE DAR FUROS. O BETINHO HIRTZ, ROBERTO HIRTZ QUE VEIO DO DIARIO DE NOTICIAS....ERA UM QUE TRANSITAVA TANTO NO MEIO DO BANDIDO, COMO DA POLICIA. ALUGNS CONVIVIAM SIM COM O MARGINAL. DAÍ VEM O TEMPO QUE VI PELA PRIMEIRA X O PAULINHO FRANKLEN QUE ERA VILEIRO FUMAR MACONHA....NÃO ERA AINDA XIQUI DO MOINHOS FUMAR MACONHA, ERA DA VILA, DO MARGINAL. HAVIA MUITO PERVITIN....

O GAGUINHO, JÁ FALECIDO, ERA OUTRO QUE CONHECEU AQUELES TEMPOS PQ EDITOU A POLICIA NA ULTIMA HORA E DEPOIS A ZH. O WANDERLEY EXPLICOU NUM PROCESSO JUDICIAL COMO VEIO AQUELE NEGOCIO DO BONECO...BONECO ERA AA REPRODUÇÃO DA FOTO 3 X 4 QUE O MARGINAL TINHA QUE IR PRO JORNAL. SE NÃO TIVESSE O BONECO A MATERIA NÃO SAIA DE JEITO NENHUM.
OTRA COISA.SE ALGUÉM TE CHAMASSE DE ' COPIADOR DE LIVRO DE OCORRENCIA' ERA FODA. QUERIA DIZER QUE TU NÃOE RA DE NADA, NÃO ERA DE LINHA DE FRENTE. ERA O REPORTER QUE NÃO PINTAVA NO PEDAÇO, IA DEPOIS PEGAVA O LIVRO DE OCORRENCIAS DAS DELEGACIAS E COPIAVA ALI O QUE O INSPETOR DEIXAVA REGISTRADO...

MULHER NÃO ENTRAVA DE JEITO NENHUM EM REPORTAGEM POLICIAL....A PRIMEIRA MULHER QUE FOI ADMITADA NA POLICIA FOI A LUCIAMEN WINCK, HJ CHEFE DE REPORGTAGEM DO CORREIO DO POVO....ELA ENTROU LÁ POR UM DESAFIO DO WANDERLEY SOARES, RESPALDADO PELO MILTON GALDINO. BAH, DOIS JÁ SE FORAM..SO RESTA A LU....

SÃO MEMORIAS QUE ME OCORREM NESTA MADRUGADA ENQUANTO O MOISES DE ASSIS NA FARROUPILHA FALA MAL DE UM BANDIDO DO HUMAITÁ QUE MATOU UM CARA....(oc)

 

GABEIRA

É MEU DEVER DE CASA LER O GABEIRA..VIROU MEIO DIREITOSO, MAS É MUITO INTELIGENTE E PERSPICAZ...E CIRÚRGICO, COMO DIRIA O CAPINCHO. MAS COMO TODO INTELECTUAL ELE ADORA MOSTRAR QUE SABE MUITO.E CONVENHAMOS O GABEIRA É MEIO PAVÃO,SIM. QUE MAL TEM NISTO? GABEIRA TEVE MUITA LEITURA . TODO INTELECTUAL TEM VERDADEIROS FRENESIS SEXUAIS MOSTRANDO QUE LEU GODOT, OU ESPERANDO GODOT, DO SAMUEL BECKETT, POR EXMEPLO. TANTO GABEIRA QUER MOSTRAR-SE INTELECTUAL QUE NA SUA COLUNA DE DOM ULTIMO DÁ A DICA QUE LEU BECKETT. ' ESPERAMOS JANOT' DIZ A UMA CERTA ALTURA DO SEU TEXTO SOBRE O PEDIDO DE PRISÃO DE SARNEY QUE O STF NUNCA DARIA,EVIDENTE, IMAGINA O STF PRENDER O SARNEY. SÓ NO DIA QUE O ZORRO PRENDER O SARGENTO GARCIA....VOLTANDO A GABEIRA, INTELECTUAL, ADORA PLAGIAR. O EMILIO CHAGAS FAZIA ISTO NO JULINHO EM 1969 PRA PEGAR AS GURIAZINHAS QUE SE ENCANTAVAM COM O GRAU DE CULTURA DO NEGRO DO PARTENON. NEGOR E BEBUM, POR SINAL.

O CUNHA VA LÁ, PODE PRENDER E CAIR NO INFERNO( E VAI CAIR) MAS O CUNHA NÃO SOUBE SER TÃO DISSIMULADO QTO O SARNEY QUE TEM O RABO PRESO DA REPUBLICA. E PRA TERMINAR CONCORDO COM O GABEIRA. O PMDB É MAIS INTELIGENTE NISTO DO QUE O PT. EU AINDA ACHO QUE O PT DEU AQUELA DE POBRE.ALÉM DE IR NA FESTA DO COUNTRY, ELE ENCHEU A BOLSA DE COMIDAS QUE SOBRARAM. ISTO SEMPRE DÁ MERDA. O PMDB TÁ ROUBANDO HÁ TANTO TEMPO QUE SABE ROUBAR MAIS DISSIMULANDAMENTE POR ISTO SE DÁ MELHOR. PRA FINALIZAR. EM 1986,, LOGO QUE O SR. ESTE ASSUMIU A RES PUBLICA ME CHAMOU A ATENÇÃO UMA COISA.FUI NUM CONGRESSO EM BSB E O QUE OS EMPRESÁRIOS MAIS COMENTAVAM ERA QUE O FULANO ESTE...NO NORDESTE COSTUMAVA USAR AQUELA POLÍTICA. BOM DEIXA PRA LÁ.....COM SEUS OPOSITORES.POR ISTO ERA TÃO TEMIDO ENTRE OS QUE O CONHECIAM

 

ELEIÇÕES NA URGS SERÁ NESTA 5, DIA 16.06.

NA TERÇA, NUMA VAN O PESSOAL CANDIDATO FOI AO LITORAL DEBATER. FOI O QUINTO DEBATE DAS 3 CHAPAS.

ENCONTREI O PROF OPPERMANN NO BAR O DANTONIO. ELE A JANE TUTIAKAN, A VICE DELE. QUE FOI DA FEIRA DO LIVRO. E DISSE AO PROFESSOR.

- SUA CHAPA NÃO É A MELHOR, MAS VAI GANHAR A ELEIÇÃO.

- ENTÃO TÁ, ME DISSE MEIO BRABO ELE.

 

FILMAÇO

ERAMOS APENAS 4 PESSOAS VENDO UM FILME DE CLIANT EASTWOODESTA TARDE NA PFGASTAL.filmaço....tinha mais dois mas ai não deu. muita violencia...engraçado que é uma violencia mesclada com ternura

 

do Correio do Povo

 

GENTILEZAS CAPINCHIANAS....

De: letier12
Enviada: Quarta-feira, 15 de Junho de 2016 10:02

Aquela tua panela parece bóia pra porco

Letier Vivian
São Borja/RS

 

do Espaço Vital

Seis advogados gaúchos e outras 16 pessoas condenadas pelo TRF-4

A 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região condenou, ontem (14), 22 réus da Operação Rodin. A sessão julgou o recurso de apelação de 30 réus.

Deflagrada pela Polícia Federal em novembro de 2007, a Operação Rodin investigou irregularidades ocorridas entre os anos de 2003 e 2007 envolvendo a realização de exames teóricos e práticos – via uma universidade, duas fundações e empresas terceirizadas, que operavam a expedição de carteiras nacionais de habilitação no Detran-RS.

A fraude ocorreu com desvio de verbas em contratos firmados com a Fundação de Apoio à Tecnologia e à Ciência (Fatec) e a Fundação Educacional e Cultural para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação e da Cultura (FUNDAE), ambas vinculadas à Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Durante a tramitação do processo, a OAB-RS habilitou-se como assistente de defesa dos advogados denunciados. Em nome da entidade atuou o conselheiro seccional Paulo Dariva. E o Estado do RS e o Detran tiveram seus interesses defendidos pela procuradora do Estado Luciane Pansera.

Em fevereiro de 2014, a sentença foi proferida. Defesas e MPF recorrerem. Os processos foram concluídos para a análise da relatora no tribunal em março de 2015.

O julgamento, iniciado dia 29 de março de 2016, esteve suspenso, por dois meses e meio, devido ao pedido de vista do desembargador federal Sebastião Ogê Muniz, que apresentou o seu voto nesta terça-feira. Além deste, o colegiado é formado pelos desembargadores federais Cláudia Cristina Cristofani, relatora do processo e Márcio Antônio Rocha.

As condenações foram definidas com base no voto médio: é o que fica entre a pena máxima aplicada e a pena mínima definida pelos três julgadores. Ainda cabem recursos com efeito suspensivo, como embargos de declaração ou embargos infringentes. Depois se discutirá se pode haver o cumprimento antecipado das penas, antes dos julgamentos definitivos pelo STJ e STF.

Dois réus foram absolvidos e seis tiveram a pena prescrita. Foi extinta a punibilidade de Antonio Dorneu Maciel, ex-diretor-geral da Assembleia Legislativa do RS, que faleceu durante a tramitação do processo. (Proc. nº 5008766-51.2014.4.04.7102).

Réus condenados

• Alfredo Pinto Telles, representante comercial, representava a Newmark Tecnologia da Informação, Logística e Marketing. Condenado pela prática do delito de peculato à pena privativa de liberdade de 6 anos e 6 meses, a ser cumprida em regime inicial semiaberto, além de 110 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Gustavo Saar Gemignami.

• Carlos Dahlem da Rosa, advogado, dono do escritório de advocacia contratado para a elaboração dos contratos. Condenado pela prática do delito de peculato à pena privativa de liberdade de 9 anos e 9 meses, em regime inicial semiaberto, além de 110 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Andrei Zenkner Schmidt.

• Carlos Ubiratan dos Santos, advogado, diretor-presidente do Detran à época da contratação com a Fatec. Condenado pela prática do delito de peculato à pena privativa de liberdade de 11 anos e 8 meses, em regime inicial semiaberto, além de 550 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Marcelo Machado Bertoluci.

• Dario Trevisan de Almeida – servidor da UFSM, vinculado às fundações de apoio à universidade. Condenado pela prática do delito de peculato à pena privativa de liberdade de 8 anos e 7 meses e 10 dias de reclusão, em regime inicial fechado. Está sendo defendido pela advogada Juliana Brasil Vedovotto.

• Denise Nachtigall Luz – advogada, por participação no esquema em seu início, fazendo o papel de consultora sobre a parte jurídico-legal dos instrumentos de viabilização e implementação do esquema. Condenada pela prática do delito peculato à pena privativa de liberdade de 6 anos e 5 meses e 15 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto. Está sendo defendida pelo advogado Aury Celso Lima Lopes Júnior.

• Ferdinando Francisco Fernandes – consultor, exercia a articulação e execução dos atos delitivos, na representação da Pensant Consultores. Condenado pela prática do delito de peculato à pena privativa de liberdade de 15 anos e 6 meses, a ser cumprida em regime inicial semiaberto, além de 520 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Bruno Seligman de Menezes.

• Fernando Fernandes - representante da empresa Pensant. Condenado pela prática dos delitos de beneficiar-se de dispensa indevida de licitação e corrupção ativa à pena privativa de liberdade de 14 anos e 3 meses, a ser cumprida em regime inicial semiaberto, além de 255 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Bruno Seligman de Menezes.

• Flávio Roberto Vaz Netto, advogado, procurador do Estado do RS, assumiu a presidência do Detran-RS no início de 2007. Condenado pela prática dos delitos de dispensa indevida de licitação e corrupção passiva à pena privativa de liberdade de 8 anos, 7 meses e 10 dias, a ser cumprida em regime inicial fechado. Está sendo defendido pelo advogado Paulo Roberto Cardoso Moreira de Oliveira.

• Hélvio Debus Oliveira Souza, contador, administrador da Fundae. Condenado pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 3 anos, 4 meses e 15 dias, substituída por pena alternativa, além de 60 dias-multa. Está sendo defendido pela advogada Michele da Silva Guardati Vieira.

• Hermínio Gomes Júnior, administrador, era diretor-administrativo do Detran-RS. Condenado pela prática dos delitos de dispensa indevida de licitação e corrupção passiva à pena privativa de liberdade de 11 anos e 8 meses, a ser cumprida em regime inicial semiaberto, além de 460 dias-multa. Está sendo defendido pelos advogados Fábio Roberto d´Ávila, Marcelo Almeida Ruivo dos Santos e Tomás Grings Machado.

• José Antônio Fernandes, empresário, dono da Pensant, gerenciou o esquema com a Fatec e Fundae. Condenado pela prática dos delitos de beneficiar-se de dispensa indevida de licitação e corrupção ativa à pena privativa de liberdade de 15 anos e 6 meses, a ser cumprida em regime inicial semiaberto, além de 520 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Bruno Seligman de Menezes.

• Luiz Carlos de Pellegrini, administrador, era o presidente da Fatec. Condenado pela prática do delito de beneficiar-se de dispensa indevida de licitação à pena privativa de liberdade 6 anos, 5 meses e 15 dias, a ser cumprida em regime inicial semiaberto. Está sendo defendido pelo advogado Mário Luiz Lírio Cipriani.

• Paulo Jorge Sarkis, administrador, era o reitor da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. Condenado por corrupção ativa e peculato à pena privativa de liberdade de 8 anos e 7 meses e 10 dias, a ser cumprida em regime inicial fechado. Está sendo defendido pelo advogado Fábio Agne Fayet.

• Rosana Cristina Ferst, empresária, integrou uma das empresas que fraudou a licitação. Condenada pela prática do delito de beneficiar-se de dispensa indevida de licitação à pena privativa de liberdade de 5 anos e 5 meses de reclusão, em regime inicial semiaberto. Está sendo defendida pelo advogado Lúcio Santoro de Constantino.

• Rosmari Greff Ávila da Silveira, administradora, integrante da Fatec. Foi condenada pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 5 anos, 5 meses, a ser cumprida em regime inicial semiaberto. Está sendo defendida pelo advogado Alexandre Jaenicsh Martini.

• Silvestre Selhorst, administrador, era secretário-executivo da Fatec. Foi condenado por peculato à pena privativa de liberdade 5 anos e 5 meses, a ser cumprido em regime inicial semiaberto. Está sendo defendido pelo advogado Fábio Freitas Dias.

• Eduardo Wegner Vargas, empresário, sócio da IGPL. Condenado pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 3 anos, 4 meses e 15 dias, substituída por pena alternativa, além de 60 dias-multa. Está sendo defendido pelos advogados Karen Antoniazzi Wolf e Eduardo Schmidt Jobim.

• Luiz Paulo Rozek Germano, advogado, prestador de serviços do escritório de advocacia de Carlos Dahlem da Rosa. Condenado pela prática de peculato à pena privativa de 3 anos, 4 meses e 15 dias, substituída por pena alternativa e 120 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado José Antonio Paganella Boschi.

• Marco Aurélio da Rosa Trevizani – contador de Lair Ferst. Condenado pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 3 anos e 9 meses, substituída por pena alternativa, além de 75 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado José Francisco Fischinger Moura de Souza.

• Nilza Terezinha Pereira – comerciante, dá o nome à uma das empresas terceirizadas, a NT Pereira. Condenada pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 3 anos e 9 meses, substituída por pena alternativa, além de 85 dias-multa. Está sendo defendida pelo advogado Sandro Bents de Oliveira.

• Patrícia Jonara Bado dos Santos, advogada, ex-secretária adjunta da OAB-RS (gestão 2004/2006), mulher de Carlos Ubiratan e administradora da NT Pereira. Condenada pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 3 anos e 9 meses, substituída por pena alternativa, além de 85 dias-multa. Está sendo defendida pelo advogado Marcelo Machado Bertoluci.

• Pedro Luís Saraiva Azevedo, comerciante, dono da PLS Azevedo. Condenado pela prática de peculato à pena privativa de liberdade de 3 anos e 9 meses, substituída por pena alternativa, além de 75 dias-multa. Está sendo defendido pelo advogado Rodrigo Moraes de Oliveira.

* Réus absolvidos: Alexandre Dornelles Barrios (defendido por Carlos de Souza Schneider) e Gilson de Araújo Araújo (defendido por Rodrigo Moretto)

* Réus com a pena prescrita: Lair Ferst, Cenira Maria Ferst Ferreira e Luciana Balconi Carneiro (as três defendidas por Lúcio Santoro de Constantino);

Elci Teresinha Ferst (defendida por Gustavo Saar Gemignami); Lenir Beatriz da Luz Fernandes (defendida por Bruno Seligman de Menezes); Eduardo Reedlich (em seu nome atuou a Defensoria Pública da União) e João Ruben Hohner (defendido por Vagner José Sobierai).

 

Governo de SC está investindo R$ 34 milhões na construção de estruturas para atendimento de assistência social

A rede para atendimento de assistência social em Santa Catarina passa por uma verdadeira transformação. O Governo do Estado está construindo 117 novas unidades para suporte ao atendimento oferecido pelas prefeituras nos municípios. O investimento de R$ 34 milhões está garantido pelo programa Pacto por Santa Catarina.

A estrutura já existente era de 358 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e 88 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas). O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Geraldo Althoff, explica as diferenças: enquanto o Cras faz um trabalho de prevenção dentro de cada município a situações de fragilização, o Creas funciona como uma unidade regional que oferece um tratamento para pessoas que já enfrentam problemas. São pessoas e/ou famílias cujos direitos foram ameaçados ou violados em situação de violência física ou psicológica, abuso ou exploração sexual, abandono, rompimento ou afastamento do convívio familiar.

Das 117 novas unidades que estão sendo incorporadas à rede, 89 são Cras (sendo que 16 já foram entregues, 42 estão em obras e 31 serão licitados nas próximas semanas) e 28 são Creas (cinco já foram entregues, 12 estão em obras e 11 aguardam licitação).

Cada nova unidades de Cras possui 220 metros quadrados e cada Creas tem 269 metros quadrados. O Estado também investe R$ 7 mil para o mobiliário de cada um dos novos Cras. A equipe de atendimento, mantida pelas prefeituras, conta com assistentes sociais, psicólogos e, eventualmente, advogados.

Apesar deste tipo de atendimento ser responsabilidade das prefeituras, o Governo do Estado assumiu o compromisso de construir novas unidades para contribuir com o trabalho da rede. “A assistência social é uma política pública relativamente nova, está solidificada no contexto federal e estadual e precisa agora ser consolidada nos municípios. Em Santa Catarina, esse processo para pela construção destas edificações. As prefeituras precisam de um espaço para oferecer esse tipo de atendimento”, explica Althoff.

Os Cras e os Creas integram o Sistema Único de Assistência Social (Suas). A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação é responsável pela gestão do Suas, pela assessoria aos municípios e pelo cofinanciamento dos serviços, programas e benefícios previstos pela política de assistência social.

Cras
O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é uma unidade de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social (Suas) que tem por objetivo prevenir ocorrências de situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza ou privação (ausência de renda ou fragilização de vínculos afetivos ou relacionados a discriminações etárias, étnicas, de gênero ou por deficiências, entre outras).

O que oferece:
- Serviço de proteção e atendimento integral à família;
- Serviço de convivência e fortalecimento de vínculos;
- Serviço de proteção social básica no domicílio para pessoas com deficiência e idosas.

Creas
O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) é uma estrutura de assistência social que existe nos municípios para atendimento regional a famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade. O foco são pessoas que sofreram violência física, psicológica, sexual, tráfico de pessoas ou que estão em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto. O Creas oferece ajuda a quem tem seus direitos violados, direcionando o foco das ações para as famílias, contribuindo para que estas possam enfrentar problemas sociais graves com acompanhamento profissional.

O que oferece:
- Serviço de proteção e atendimento especializado a famílias e indivíduos;
- Serviço especializado em abordagem social;
- Serviço de proteção social a adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa de liberdade assistida e de prestação de serviços à comunidade;
- Serviço de proteção social especial para pessoas com deficiência, idosas e suas famílias.

 

Colombo sanciona lei que obriga clubes de futebol de SC a exigirem matrícula escolar de jogadores menores de idade

O governador Raimundo Colombo sancionou lei que torna obrigatório aos clubes de futebol de Santa Catarina exigirem a matrícula escolar de jogadores menores de idade. A determinação vale para os clubes oficiais registrados na Federação Catarinense de Futebol (FCF), que também deverão acompanhar a frequência e o desempenho escolar dos jogadores menores vinculados ao time.

Os clubes deverão encaminhar à FCF, anualmente, os comprovantes de matrícula e, semestralmente, os atestados de frequência e boletim escolar dos jogadores. Ao receber estes documentos, a FCF deverá providenciar o envio, com a lista dos jogadores inscritos nas competições oficiais, à Secretaria de Estado da Educação e à Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa. O descumprimento impedirá o clube de participar das competições oficiais de futebol em Santa Catarina.

A medida ressalta a proteção da infância e da juventude, além de reforçar a lei nacional 9.615/98, conhecida popularmente como Lei Pelé ou Lei do Passe Livre, a respeito do tempo destinado à efetiva atividade de formação do atleta, não superior a quatro horas por dia, aos horários do currículo escolar ou de curso profissionalizante. A Lei Pelé também caracteriza entidades como formadoras de atletas na medida em que exigem a matrícula e a frequência escolar.

A lei 16.946/2016, de autoria parlamentar, está disponível no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 15, no endereço www.doe.sea.sc.gov.br.

 

de Serafina

Coleta de resíduos recicláveis na zona rural

De 01 a 14 de Junho, foi realizada mais uma coleta de recicláveis na zona rural de Serafina Corrêa. Foram recolhidas 11 cargas de caminhão caçamba cheias de resíduos, tais como plásticos, papéis, papelão, metais, entre outros. Todo material foi encaminhado para reciclagem, sendo assim dado um destino adequado, evitando que polua o meio ambiente. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente agradece a colaboração de todos em benefício da natureza! -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br

 

Festa Junina na Escola Municipal João Corso

No dia 11 de Junho, a Escola Municipal de Ensino Fundamental João Corso - Bairro Rosário, juntamente com o Círculo de Pais e Mestres e Conselho Escolar, realizou a Festa Junina, na quadra de esportes da escola. A festança foi realizada na parte da tarde, avançando até as 19 horas. O frio não amedrontou as pessoas, pois houve participação de toda a comunidade. A escola estava muito bonita, a quadra de esportes estava enfeitada, vez que a comunidade escolar se esforçou na excelente decoração junina, em prol do sucesso da tão esperada festa. Os alunos, sob a orientação e participação dos professores, fizeram belas apresentações como: dança de quadrilha, declamações, trovas e o casamento caipira. Para abrilhantar a festa, tivemos a presença dos alunos integrantes da Oficina de Dança do CRAS, coordenados pelo Professor Sandro, apresentando danças típicas estilizadas. O público aplaudiu este belo espetáculo. No decorrer da festa, houve a presença de autoridades municipais:o Prefeito, Ademir Antonio Presotto, o Vice-Prefeito, a Secretária Municipal de Educação e sua Assessora, a Secretária Municipal da Cultura e sua Assessora, os quais prestigiaram o evento. O ambiente festivo foi agradável e aconchegante. A comunidade escolar agradece a todos que colaboraram para o bom êxito da festa. -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br

 

Exposição de desenhos no Centro Administrativo Municipal

Estão em exposição na recepção do Centro Administrativo Amantino Lucindo Montanari, os desenhos vencedores da 3ª edição do Projeto Calendário Ecológico. O projeto vem sendo desenvolvido nas escolas da rede pública do município desde 2014 e tem por objetivo estimular a sensibilização dos alunos quanto às questões ambientais por meio da reflexão e da arte. Neste ano, o tema foi “Eu respeito os animais”, tendo sido selecionados desenhos que abordavam tráfico de animais, cativeiro ilegal, preservação, adoção, maus-tratos, poluição, entre outros. As ilustrações selecionadas integrarão um calendário de mesa do ano 2017. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em nome da Prefeitura Municipal, parabeniza todos os vencedores e convida a comunidade a visitar a exposição. Confira os vencedores: Marlon Reginato – Escola Estadual 1º de Maio Lara Cristina de Oliveira Machado – Escola Municipal Agrícola Alessandro Sabadin Pieta – Escola Municipal Agrícola Kellen Strizer Vivian – Colégio Estadual Carneiro de Campos Êmili Reginato – Colégio Estadual Carneiro de Campos Maria Eduarda da Rocha e Silva – Escola Estadual Geny Pinto Cadore Paola da Costa Cunha – Escola Municipal João Corso Juliana Vieira – Escola Municipal João Corso Ana Caroline Cichelero Nicolla – Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier Gêmeli Balbinot - Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier Arthur Santana de Araújo – Escola Estadual Maria Costa Marocco Fernanda Cordeiro Garcia – Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima Natália Maria Chiodi - Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima -- Adriana Sabadin - Coordenadora de Comunicação Social e Imprensa Jornalista MTE 15791 54 3444 1166 54 9134 6411 www.serafinacorrea.rs.gov.br

 

Grupo de Hiperdia UBS Santin

No dia 13 de Junho, a equipe da Secretaria de Saúde, Unidade Básica Santin, realizou o Encontro do Grupo de Hiperdia. A reunião contou com a presença do Médico da Unidade, Ronaldo Cecagno, que falou sobre os cuidados com a saúde. Em seguida, a Enfermeira Luciana Tres verificou a pressão e passou importantes recados sobre a UBS. Para finalizar, foram entregues os medicamentos de uso contínuo.

 

COMUNICADO ALVARÁS DE SAÚDE

A Vigilância Sanitária de Serafina Corrêa comunica que até dia 24 de Junho, está fazendo a entrega dos Alvarás de Saúde aos estabelecimentos de alimentos, de saúde e de interesse à saúde, em sua sede localizada na Rua Costa e Silva, 563 – Edifício Colina Verde, das 7:30 às 11:45 e das 13:00 às 16:30. Lembramos que o estabelecimento está apto a trabalhar se estiver com seu ALVARÁ DE SAÚDE atualizado. Mais informações: 3444-1597.



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

2015
Mar01
Mar02
Dez01
Dez02
2016 Jan01
Jan02
Fev01
Fev02
Mar01
Mar02
Abr01
Abr02
Mai01
Mai02
Jun01
Jun02
           

 

 

 

 

 




OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 187 - maio 2016
Edição 186 - abril 2016
Edição 185 - fevereiro 2016
Edição 184 - janeiro 2016
Edição 183 - outubro 2015
Edição 182 - setembro 2015
Edição 181 - agosto 2015
Edição 180 - julho 2015
Edição 179 - maio 2015
Edição 178 - março 2015
Edição 177 - feverero 2015
Edição 176 - janeiro 2015
Edição 175 - dezembro 2014
Edição 174 - novembro 2014

Edição 173 - outubro 2014

Edição 172 - agosto 2014

Edição 171 - junho 2014

Edição 170 - maio 2014

Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99

ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog