Blog de celebridades, fofocas, opinião e notícias





25 de novembro
de 2014

kenny

kenny braga assinou a rescisão com zero hora na 6 passada.

chegou antes da hora....no sindicato dos jornalistas

estava acompanhado da chefe do RH da RBS Marisa Schereider, que vem a ser uma da turma do ' japa' que comanda o RH de lá.

não se sabe quanto kenny levou, mas não foi por justa causa.

ele tinha um contrato com a rbs desde 2007. estava aposentado pela empresa.

quem comandou a negociação foi o chefe do juridico, Arysinho dos santos.

kenny estava falante segundo que fez a rescição no sindicato, falou muito e disse que vai escrever um livro de memórias.

* agora não terá tanta moleza. quando estava na gaúcha, usava os correspondentes do interior pra ir atrás de fontes e lhe passar o material.

sei disto porque o prato fino da cultura am de são borja teve que achar a viuva, ou mãe de um jogador do rolo compressor numa das vilas delá.

* e o belmonte não ganhou um puto com isto.

* vai se dar conta agora que usar o veículo terminou pra ele.

 

DE SERAFINA

E OS VEREADORES QUE FORAM PASSEAR EM FOZ DO IGUAÇU VÃO APRESENTAR O QUE HOJE NA CAMARA???

* QUE FALTA FAZ UM JORNAL INDEPENDENTE EM SERAFINA.

* PENSEI ATÉ NA MANCHETE QUE FARIA; vereadores passeiam em foz do iguaçu as custas do erário publico!

* bah, tu me coçando pra botar um jornal em serafina.

* em são borja,s ei coisas do arco da velha da camara...

* um dia publico!

 

metro

sabado depois do jogo esperei meia hora um onibus na osvaldo...

* que falta faz um metro

* em 10 minutos estaria em casa...

* com este prefa que temos ai, não vamos a lugar nenhum

* enrolão brabo

* depois dos corredores não se fez mais nada pro transito de poa

* so papo furado.

 

galinhagem

o veio que apresenta o bom dia agora se esmera todo quanto a reporter bibiana ponte vem com seus boletins...

* fica explicito!

É JULIANA BORBA O NOME DA GURIA QUE O VEIO DA GUAIBA SE ASSANHA TODO

 

de sb

capincho desolado

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Time brabo!
Esperança é o gauchão 2015 e só

Letier Vivian
São Borja/RS

 

ortiz

tou terminando o livro do patrono da feira sobre paris

* vou pedir ao zaffari pr ame pagar uma estadia em serafina

* no muquifo do marucus

* 30 pilas ao dia....

* falando sério: uma viuva de são borja, de um escritor famosissimo, falou-me muito mal do patrono

* porque ela não ve a cor da grana de direitos autorais dos livros do falecido.

* ha muito tempo.

 

acerto de contas

editores e autores sempre foram um problema

* por causa dos pilas....

 

CULATE GRANDE

SOBRE UMA MORADORA DE SERAFINA, IMPORTADA, UM ADVOGADO LOCAL OPINOU QUE ELA TEM LE CULATE GRANDE.

em bom português: é boa de rabo.

então lá gua sangue de negri, diria eu.

 

Santander

o ciclo de cinema argentino no santander tem tido uma boa audiencia.

Vi um grande show de blus no santander neste domingo.

* o americando levou pra lá também um local, o solon

* conhecido bluseiro da capital

* a sala tava quase lotada

 

terlera

JCCterlera está numa intermediária entre a CTI e os quartos comuns do mãe de deus.

* está lá desde 19 de setembro.

 

Coleguinhas

morreu celito de grandi.

eu sei que não é novidade.

qq hora conto umas histórias dele.

era bom pesquisador.

 

DE SB

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Esse Armando Burd é show!
Sou fã dele!
O cara é cirúrgico em tudo que coloca na coluna dele do O Sul

Letier Vivian
São Borja/RS

 

O Problema da Água....

já pedi pra valdir fazer um livro sobre o lula sindicalista. ela não quer(olides)

From: Valdir dos Santos
Sent: Dom 23/11/14 23:32

Invista um pouquinho de seu tempo para ler esta mensagem. Não tenho as fontes, mas acho o assunto importante.
Abraço a todos,
Valdir

Clique aqui para abrir a animação em PPS

 

de São Borja

capincho espera pegar uma boquinha na ALRS

* 12 pilas mensais....

* bah, mas ansim é brabo, nóis aqui trabalhando e eles faturando

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

sÁBADO ESTIVE EM SANTO ANGELO... FALEI COM O LOUREIRO LÁ NUM EVENTO DA JS

Letier Vivian
São Borja/RS

 

DEU LEVY...

O TRABUCCO E QUE MANDA

 

Em nova reunião de trabalho, equipes de transição avaliam fluxo de informações

Foto: Karine Viana

No segundo encontro entre as equipes de transição do governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) e o Governo do Estado na tarde desta segunda-feira (24/11) no Palácio Piratini, foram estipulados critérios extras para repasse de informações e de formulação da agenda em comum até a posse, no dia 1º de janeiro de 2015. Novos desdobramentos na sistemática de requisição de perguntas e respostas, ampliadas para um foco mais amplo, foram tratados pelos membros durante a reunião. Uma nova leva de perguntas será encaminhada nesta terça-feira à Casa Civil.

Desde a última sexta-feira, os técnicos dos grupos de trabalho se debruçam sobre os extensos dados repassados pelo Piratini. Alguns temas não foram totalmente conclusivos no aspecto das finanças, o que determinará uma nova remessa de perguntas. Na ocasião, o coordenador de transição do novo Governo, Carlos Búrigo e os membros da equipe, José Fogaça e Ibsen Pinheiro visitaram a Sala de Gestão, na ala residencial do Palácio Piratini, onde concentram os principais assuntos estratégicos do Executivo. Uma nova reunião deverá ser agendada nesta sala, com no máximo dez integrantes, para que os técnicos possam tomar conhecimento dos projetos em andamento, sobretudo no que diz respeito a obras estruturais.

Assuntos relacionados à posse, o acesso antecipado dos futuros secretários às respectivas pastas e o tratamento de temas e perguntas setoriais também foram encaminhados na reunião. O pedido exclusivo de qualquer detalhamento final também ficou estipulado até 10 de dezembro, data que coincide com o seminário interno na sede da Procergs que demarcará os temas em discussão por parte da equipe de Sartori. Cinco dias após, serão consolidadas as ações do novo governo, bem como, a divulgação do novo secretariado.

Para Fogaça, a avaliação do encontro foi de um bom diálogo e as respostas do Governo já analisadas pelos técnicos até o momento foram positivas, mas ainda há alguns itens de esclarecimento, entre três ou quatros questões pontuais, que serão requisitadas, juntamente com outras perguntas setoriais.

Também participaram da reunião por parte do Executivo, o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, o secretário de Administração e Recursos Humanos, Alessandro Pires Barcellos, o secretário de Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, João Motta e o secretário da Fazenda, Odir Tonollier.

 

de Serafina

Serafina Corrêa terá uma Quadra Escolar Coberta FNDE

A Prefeitura de Serafina Corrêa iniciou a construção de mais uma
importante obra para toda a comunidade, a Quadra Escolar Coberta
padrão FNDE. Com recursos do PAC 2, serão investidos mais de R$ 500
mil, em uma Quadra Poliesportiva com vestiários, 980,40m². A obra está sendo construída na Rua Vitório Rotta, Loteamento Olímpio Grando, e terá equipamentos esportivos para a prática de basquete, voleibol, futebol de salão e handebol. Com certeza a comunidade serafinense comemora mais uma importante obra que tem finalidade educacional e esportiva pública, com muita saúde, esporte, lazer e qualidade de vida!

 

Cursos de Artesanato em Serafina Corrêa

No dia 18 de Novembro de 2014, iniciou o Curso de Artesanato em palha de milho através do SENAR, com a professora Mareni C. Bresolin e o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação do Artesanato Linha Onze e Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa. O Curso foi um sucesso, com a participação de 12 pessoas. Na sexta-feira, 21 de Novembro, aconteceu o encerramento do Curso, com a presença de autoridades, imprensa e das participantes, no Salão Comunitário do Clube de Mães Jardim Itália.

A Prefeitura de Serafina Corrêa informa, ainda, que segunda-feira, 24 de Novembro de 2014, iniciará o Curso de Material Reciclável, gratuito, no Salão Comunitário do Clube de Mães Jardim Itália. Ainda há vagas, participe! Informamos que o Curso é para maiores de 18 anos e está aberto a toda a comunidade, não é necessário ser associado à Associação Amigos do Artesanato Linha Onze. Mais informações: 3444 2166.

 

Ampliação do Ginásio Municipal Santin

A comunidade serafinense, especialmente os moradores do Bairro Santin, comemoram mais uma importante obra com o projeto de ampliação do Ginásio Municipal Santin. As melhorias têm o objetivo de proporcionar melhores condições de uso da edificação já existente. A ampliação consiste na construção de um bar para atendimento, banheiro masculino, banheiro feminino, banheiro adaptado e uma cozinha localizada à oeste e ao norte do Ginásio existente, e escada de acesso
à norte. Localizado na Rua José Franciosi, o Ginásio Municipal Santin representa mais uma importante obra que vai ao encontro da comunidade serafinense, proporcionando bem-estar, esporte, lazer, convivência e qualidade de vida para todos.

 

Concerto de Natal em Serafina Corrêa

O Natal é um momento de reflexão, de celebração do nascimento de Cristo, em que somos lembrados da sua benevolência, compaixão, sabedoria, capacidade de perdoar e amar o próximo. O espírito natalino é, na sua essência, o amor em ação, é a prática da bondade e da generosidade que Cristo nos deixou como herança. E bondade e generosidade não têm religião, são valores universais, que devem ser
cultivados por cada um de nós, contribuindo para tornar o mundo um lugar melhor. A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa, através da Secretaria Municipal de Cultura, realizará o Concerto de Natal, com o objetivo de resgatar canções natalinas em diferentes culturas, promovendo a fraternidade e o real significado do Natal de Cristo para toda a humanidade. O evento acontecerá no dia 13 de Dezembro de 2014, sábado, às 21h, em frente ao Santuário Nossa Senhora do Rosário e contará com
a participação do Tenor Dirceu Pastori, da Orquestra Municipal de Farroupilha e dos grupos de Canarinhos dos seguintes municípios: São Pedro da Serra, Garibaldi, Vila Flores, Nova Prata, Farroupilha, Carlos Barbosa e Serafina Corrêa. Os grupos de Canarinhos apresentarão em conjunto, serão cerca de 200 vozes de crianças e jovens cantando as mais belas canções natalinas, acompanhados pela Orquestra e Tenor. Em caso de mau tempo, o evento acontecerá dentro do Santuário Nossa Senhora do Rosário. Participe desse espetáculo de celebração e magia: Concerto de Natal,
sábado, 13 de Dezembro, às 21h, em frente ao Santuário Nossa Senhora
do Rosário.

24 de novembro de 2014

DEMISSÃO

A NARY, telefonista do sindicato dos jornalistas há muitos anos também foi DEMITIDA. ENTÃO NÃO É SO A RBS QUE DEMITE. A CUT TAMBÉM DEMITE....DEPOIS NÃO ME VENHAM COM FANFARRAS

 

WAGNER

demitido da ZH - o nome pomposo agora é ' fez um acordo' - carlos wagner está no Uruguai, com a familia.

 

MEDICO

UM MEDICO CUBANDO VIA O JOGO NESTE SABADO NO BEIRA RIO DAS CADEIRAS DA IMPRENSA. UÉ, QUEM BOTOU O CARA LÁ...

* TINHA UM GORDO DA RADIO GALERA QUE DEVE PESAR UNS 200 KG. A CADEIRA QUASE QUEBRAVA.

* OS BANHEIROS DO BEIRA RIO SÃO CHINFRIM....

* MAS DÁ PRA MIJAR E OUTRAS COISAS SE PRECISAR.

* REALMENTE SÃO ACANHADAS AS PARTES DA IMPRENSA NO BEIRA RIO.

* NÃO FUI LÁ NA COPA MAS SE FOI ASSIM, FOI MAL.

 

Artigo

ME CONTARAM QUE OS VEREADORES NÃO RESPEITAM MUITO O JORGE BARCELLOS QUE ESCREVEU UM BOM ARTIGO QUE A ZH PUBLICOU NA 3 PASSADA.

* SE APLICARIA A ELE AQUELE DITADO: QUIEN MUCHO SE AGACHA EL....CULO....SE LE APARECE....(OLIDES)

 

Feira do Livro

foi com pipoca e tudo o encerramento da feira do livro deste ano!

 

recado ao fiol del zator

vi agora de manha na julio de castilhos a advogado que quer comer o fígado de quem entrar com projeto de lei dando o nome do teu pai a uma rua em serafina.

não entendo porque tanto rancor....

* se até meu avó tem uma rua no gramadinho - o bairro dei negri - com seu nome.

* logo meu avó que sempre foi um modesto agricultor, contadini, como eles diziam.

* este advogado monitora tudo o que sai sobre serafina. rádio, sites pra ver se alguém ' infeliz' vai fazer esta proposição. e dizem que tem pronta uma ação junto ao MP caso isto aconteça.

* assim esqueça. teu velho , que levou pau da arena duas vezes nunca terá nome de rua enquanto este advogado estiver vivo.

* ningue´m se mete com ele.

 

TALIAN

direito de resposta.

concordo mauro que não foram em busca de diárias, mas seguramente não viajaram as próprias expensas...isto devo ter quase certeza.

foi isto que critiquei...tantos vereadores viajando a foz por conta do erário da camara pra receber uma comenda do talian....

aliás uma boa pautinha seria ver o que se gastou de dinheiro público com esta entrega desta comenda em foz do iguaçu. isto pra mim é jornalismo. o resto é ' chapa branca'. mas respeito tua posição e a publico. até a vereadora ou a camara tem o direito de explicar este assunto. porém já te garanto que vão ficar quietos(olides canton)

----- Original Message -----
From: m-rocha
Sent: Sex 21/11/14 09:29

OLIDES !!

LI HOJE CEDO A ÚLTIMA EDIÇÃO DE TEU BLOG. SABES QUE TE APOIO NESTA
PROPOSTA DE COMUNICAÇÃO E ATÉ, MODESTAMENTE, PROCURO COLABORAR COM ELA. ENTRETANTO, COM TODA SINCERIDADE,ENTENDO QUE COMETESTE UM EQUÍVOCO, TALVEZ NA ÂNSIA DE MANTER TUA INDEPENDÊNCIA E IMPARCIALIDADE. REFIRO-ME QUANDO ENSINUAS TER A PROFª SALETE, VEREADORA, TER IDO "PASSEAR" EM FOZ DO IGUAÇU, POR OCASIÃO DA DISTINÇÃO RECEBIDA PELO "TALIAN", COMO PATRIMÔNIO IMATERIAL. NÃO É JUSTO QUE COLOQUEMOS NO MESMO POTE, VEREADORES QUE FREQUENTAM PSEUDO CONGRESSOS PARA FATURAR GORDAS DIÁRIAS, COM VEREADORES DE HISTÓRIA ILIBADA, PESSOAS ÉTICAS, QUE ESTÃO A REPRESENTAR UMA COMUNA DESTAQUE
NA CULTURA ITALIANA( TALVEZ A CIDADE MAIS ITALIANA DO RS, QUIÇA DO
BRASIL) E QUE NÃO NECESSITAM UM TOSTÃO DO ERÁRIO PÚBLICO.

PERMITO-ME, PELO QUE CONHEÇO DA PROFª SALETE, AFIRMAR, SEM MARGEM DE ERRO, QUE ELA JAMAIS IRIA REPRESENTAR SUA CIDADE, PARA OBTER VANTAGENS FINANCEIRAS. A FORMAÇÃO DA PROFESSORA, SUA CONDUTA DE VIDA E SITUAÇÃO ECONÔMICA, FAZEM COM QUE ELA NÃO TENHA A NECESSIDADE DE USAR DO CARGO TEMPORÁRIO, PARA OUTROS FINS E, MUITO MENSOS, PARA AQUELES DE CUNHO PESSOAL.

NÃO SOU ADVOGADO DELA E NEM TENHO PROCURAÇÃO PARA FAZER TAL
MANIFESTAÇÃO, ALIÁS, ELA TEM PERSONALIDADE SUFICIENTE PARA MANIFESTAR SUA CONTRARIEDADE COM TEU COMENTÁRIO , ENTRETANTO, ENTENDO NÃO SER JUSTO JOGAR O "TRAVESSEIRO DE PENAS AO VENTO".

CREIO, POR DERRADEIRO, QUE OS SERAFINENSES( E ATÉ AQUELES QUE VIVERAM IN LA UNDEZE COMO EU), TEM MUITO DO QUE SE ORGULHAR DESSES DOIS VEREADORES - PAULO MASSOLINI E SALETE CADORE-, DESTARTE AS DIFERENÇAS POLÍTICAS ENTRE AMBOS, COMO CIDADÃOS PREOCUPADOS E DEDICADOS AO DESENVOLVIMENTO DE SERAFINA CORRÊA, LOGO, NÃO É JUSTO QUER SEJAM ROTULADOS COMO TURISTAS. VALE LEMBRAR QUE , AMBOS, ESTAVAM REPRESENTANDO SERAFINA NUM EVENTO IMPORTANTÍSSIMO E , TENHO CERTEZA, TU ÉS UM DOS QUE FICAS ORGULHOSO PELO FEITO.

ALIÁS; OS VEREADORES SUPRA MENCIONADOS, CONHECEM O MUNDO, DE MODO ESPECIAL A ITÁLIA E A INGLATERRA, E FIZERAM TURISMO E VIAGENS DE ESTUDOS, SEMPRES, ÀS SUAS EXPENSAS.

QUE TEU BLOG BUSQUE A POLÊMICA, ENTENDO E APOIO, MAS TEM QUE HAVER CUIDADO PARA QUE, NESTA CAMINHADA, NÃO SEJAM COMETIDAS INJUSTIÇAS.

UM ABRAÇO.

MAURO ROCHA- FIOL DE ZATOR

 

Texto de um tucano sobre as roubalheiras das empreiteiras

executivos presos. e quem manda neles ?(olides canton)

De: rekern
Enviada: Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Da Folha: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/196552-nunca-se-roubou-tao-pouco.shtml

Nunca se roubou tão pouco

por Ricardo Semler

Não sendo petista, e sim tucano, sinto-me à vontade para constatar que essa onda de prisões de executivos é um passo histórico para este país
Nossa empresa deixou de vender equipamentos para a Petrobras nos anos 70. Era impossível vender diretamente sem propina. Tentamos de novo nos anos 80, 90 e até recentemente. Em 40 anos de persistentes tentativas, nada feito.
Não há no mundo dos negócios quem não saiba disso. Nem qualquer um dos 86 mil honrados funcionários que nada ganham com a bandalheira da cúpula.
Os porcentuais caíram, foi só isso que mudou. Até em Paris sabia-se dos "cochons des dix pour cent", os porquinhos que cobravam 10% por fora sobre a totalidade de importação de barris de petróleo em décadas passadas.
Agora tem gente fazendo passeata pela volta dos militares ao poder e uma elite escandalizada com os desvios na Petrobras. Santa hipocrisia. Onde estavam os envergonhados do país nas décadas em que houve evasão de R$ 1 trilhão --cem vezes mais do que o caso Petrobras-- pelos empresários?
Virou moda fugir disso tudo para Miami, mas é justamente a turma de Miami que compra lá com dinheiro sonegado daqui. Que fingimento é esse?
Vejo as pessoas vociferarem contra os nordestinos que garantiram a vitória da presidente Dilma Rousseff. Garantir renda para quem sempre foi preterido no desenvolvimento deveria ser motivo de princípio e de orgulho para um bom brasileiro. Tanto faz o partido.

Não sendo petista, e sim tucano, com ficha orgulhosamente assinada por Franco Montoro, Mário Covas, José Serra e FHC, sinto-me à vontade para constatar que essa onda de prisões de executivos é um passo histórico para este país.
É ingênuo quem acha que poderia ter acontecido com qualquer presidente. Com bandalheiras vastamente maiores, nunca a Polícia Federal teria tido autonomia para prender corruptos cujos tentáculos levam ao próprio governo.
Votei pelo fim de um longo ciclo do PT, porque Dilma e o partido dela enfiaram os pés pelas mãos em termos de postura, aceite do sistema corrupto e políticas econômicas.
Mas Dilma agora lidera a todos nós, e preside o país num momento de muito orgulho e esperança. Deixemos de ser hipócritas e reconheçamos que estamos a andar à frente, e velozmente, neste quesito.
A coisa não para na Petrobras. Há dezenas de outras estatais com esqueletos parecidos no armário. É raro ganhar uma concessão ou construir uma estrada sem os tentáculos sórdidos das empresas bandidas.
O que muitos não sabem é que é igualmente difícil vender para muitas montadoras e incontáveis multinacionais sem antes dar propina para o diretor de compras.
É lógico que a defesa desses executivos presos vão entrar novamente com habeas corpus, vários deles serão soltos, mas o susto e o passo à frente está dado. Daqui não se volta atrás como país.
A turma global que monitora a corrupção estima que 0,8% do PIB brasileiro é roubado. Esse número já foi de 3,1%, e estimam ter sido na casa de 5% há poucas décadas. O roubo está caindo, mas como a represa da Cantareira, em São Paulo, está a desnudar o volume barrento.
Boa parte sempre foi gasta com os partidos que se alugam por dinheiro vivo, e votos que são comprados no Congresso há décadas. E são os grandes partidos que os brasileiros reconduzem desde sempre.
Cada um de nós tem um dedão na lama. Afinal, quem de nós não aceitou um pagamento sem recibo para médico, deu uma cervejinha para um guarda ou passou escritura de casa por um valor menor?
Deixemos de cinismo. O antídoto contra esse veneno sistêmico é homeopático. Deixemos instalar o processo de cura, que é do país, e não de um partido.
O lodo desse veneno pode ser diluído, sim, com muita determinação e serenidade, e sem arroubos de vergonha ou repugnância cínicas. Não sejamos o volume morto, não permitamos que o barro triunfe novamente. Ninguém precisa ser alertado, cada de nós sabe o que precisa fazer em vez de resmungar.

RICARDO SEMLER, 55, empresário, é sócio da Semco Partners. Foi professor visitante da Harvard Law School e professor de MBA no MIT - Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA)

 

do capincho

ainda faço aquele livro jango x briza(olides)

De: letier12
Enviada: Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Ontem fui ver o jogo do Grêmio com um amigo que está fazendo Unipampa agora.
Me disse que em uma cadeira do curso dele (Ciências Políticas) esturadam um texto teu... deve ser do Janguistas X Brizolistas.;
Me disse ele: Aquele teu amigo de POA, que é escritor, as vezes vem aqui. Estudamos um artigo dele esses dias...
Tá com moral hein...
Boa sexta!

Letier Vivian
São Borja/RS

 

de Serafina

a csa do ' ceo' morandi que morreu faz pouco tempo...

está lá com a capoeira subindo pelos lados....

uma das originais da capela são pedro!

 

SINDIATACADISTAS PROMOVE CAFÉ TRIBUTÁRIO EM CAXIAS DO SUL

O Sindiatacadistas realizará na próxima segunda-feira (24.11.2014) em Caxias do Sul o Café Tributário. O evento terá como objetivo debater o tema com a equipe do escritório Rafael Pandolfo Advogados. Serão abordados itens como planejamento tributário, PIS/COFINS importação, contribuição de 15% sobre pagamentos efetuados para cooperativas de serviços e contribuições previdenciárias sobre a folha de salários. O evento será realizado das 8h30min às 10h, no Hotel Intercity – Av. Therezinha Pauletti Sanvito, 333 – Desvio Rizzo, em Caxias do Sul. Confirmações de presenças devem ser feitas pelo e-mail comercial1@sindiatacadistas.com.br ou telefone (51) 3214.7400.

 

Estradas

a buraqueira da VRS-851!



quem vai consertar???o DAER, aquela masmorra que não se mexepra nada?????

 

Nota de falecimento do eng, agr. NILO FERREIRA ROMERO

INSTITUTO ANDRÉ VOISIN

Minhas amigas, meus amigos,
É com profundo pesar que cumpro o doloroso dever de informar o falecimento do cofundador deste Instituto e pioneiro internacional do Pastoreio Racional Voisin, Eng. agr. Nilo Ferreira Romero ocorrido dia 20 de novembro de 2014, com sepultamento hoje, na cidade de Bagé, Rio Grande do Sul, Brasil.
O nosso querido Nilo deixa a viuva Prescila Romero, os filhos Mirian, Eduardo e Nilo, quatro netos e seis bisnetos, a quem deixo meu abraço de pesar e de estima.
As pessoas que desejarem enviar mensagens poderão usar o e.mail nfromero@alternet.com.br
Porto Alegre,RS, 21 de novembro de 2014
Luiz Carlos Pinheiro Machado, presidente.

 

Sons da Cidade - 25/11

A última edição do projeto Sons da Cidade em 2014 terá shows da cantora Vanessa Longoni - apresentando o repertório do disco Canção para Voar - e do compositor Eduardo Pitta - lançando seu primeiro álbum solo, Pra Relaxar.

O ingresso para o evento é a doação de um brinquedo para a Campanha do Brinquedo - Edição 2014. A distribuição de senhas, na bilheteria do teatro, começa às 19h.

 

RELATOS ARGENTINOS

por Eron Duarte Fagundes

É o filme coral dos argentinos. Relatos selvagens (Relatos salvages; 2014), de Damián Szifron, busca uma unidade a duras penas, mesmo que conte histórias desparelhas. Um homem às voltas com a insensibilidade dos cobradores de multas trânsito perde a esposa e o emprego depois de um rompante truculento numa repartição pública. Um milionário vê seu filho envolvido num acidente de trânsito que matou as vítimas e está às voltas com a corrupção de advogados e investigadores para fabricar um criminoso remunerado no lugar do filho. O episódio final é um pouco um casamento que parece extraído do universo do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, onde traição, vingança e baixaria sexual alimentam os instintos da plateia. A mistura toda é um tanto quanto pastosa e está longe de ter o olhar crítico poderoso que muitos lhe atribuíram.

 

Caminhos Percussivos

Caminhos Percussivos é atração no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, de 21 a 25 de novembro de 2014

Workshop, show, intervenção audiovisual e exposição de cerâmica Orisas.

O Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV) sedia, nos dias 21 e 22, o workshop Caminhos Percussivos, com o músico e arte-educador, Marcelo Amaro. A atividade é direcionada para professores, educadores sociais e estudantes, músicos e interessados em sons de percussão. No dia 21, serão realizados dois encontros, o primeiro grupo das 9h às 12h, e o segundo, das 15h às 17h. No dia 22, Marcelo Amaro faz uma apresentação musical no Auditório Barbosa Lessacom ritmos de percussão produzidos em todas as regiões do País. O espetáculo, que inicia às 19h, mostrará ritmos como o jongo, o baião e maracatu, tendo o samba como base do show. Além do workshop e do espetáculo, o projeto é composto, ainda, por uma intervenção audiovisual com a artista plástica Veridiana Rodrigues, e uma exposição de cerâmica Orisas, com o ceramista carioca Agenor de Oliveira, e ênfase no segmento da cultura afro-brasileira. A mostra, com painéis de fotográficos e peças feitas em barro, poderá ser visitada de 21 a 25 de novembro nos espaços do próprio CCCEV.

Datas: Em novembro: dia 21 - Workshop, 22 - Show e de 21 a 25 ExposiçãoLocal:Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV)
Rua dos Andradas, 1223, Centro Histórico, Porto Alegre/RS
Inscrições e informações: caminhospercussivosinscricao@gmail.com ou www.facebook.com/marceloamarooficial
Celular: (51) 8513-7169 / (51) 8241-7942

 

da Folha Popular de Teutônia

Equipes de transição voltam a se encontrar na próxima segunda

Foto: Luiz Chaves

A segunda reunião entre a equipe de transição constituída pelo governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) e o grupo do atual governo está agendada para a próxima segunda-feira, 24, a partir das 14h30min, na Casa Civil, em Porto Alegre. Segundo José Fogaça, membro da equipe de Sartori, “não se trata de um encontro para entrega de documentos, mas de uma reunião política entre os dois comitês de transição”.

Já na manhã desta sexta-feira, o coordenador da equipe de Transição, Carlos Búrigo foi ao Piratini receber as respostas dos 15 questionamentos encaminhados ao Executivo. O conteúdo das informações já está sendo analisado exclusivamente pela equipe técnica designada por Sartori. O teor das informações seguirá em caráter de avaliação interna.

Sobre o envio de novos questionamentos ao atual governo, Fogaça esclarece que a elaboração das perguntas ainda depende da análise dos dados questionados no último dia 11 de novembro e entregue 10 dias depois, relacionados basicamente à situação financeira do Estado. “As questões financeiras repercutem em cada um dos setores que estão sendo estudados pelos grupos de trabalho, como agricultura, saúde e educação”, explica Fogaça. A data para nova leva de perguntas seguirá após conclusão e diagnóstico, sem prazo para novo despacho.

 

de Serafina

Baile da Saudade

o bico deve levar a prenda carmen pra este baile. já tá nesta(olides)

O Conselho Municipal do Idoso de Serafina Corrêa promoveu, no dia 16
de Novembro, o primeiro Baile da Saudade. O evento foi realizado pelo
Conselho em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social,
Grupos de Convivência de Idosos do Município e com o apoio da
comunidade do Bairro Planalto. O Baile teve início às 13h30 e contou com a participação de cerca de 400 idosos do município e de cidades vizinhas. A animação do Baile ficou por conta do Grupo Garotos do Havaii, que tornou a tarde dos
idosos uma grande festa. Todo o dinheiro arrecadado neste evento será destinado para a conta do Conselho Municipal do Idoso, para a construção da Casa do Idoso,
antiga Escola Santa Ana, que no momento está em reformas.
O Conselho Municipal do Idoso, através da Presidente Arlides
Scorsatto, agradece a todos que auxiliaram, de uma forma ou de outra,
para a perfeita realização deste evento.

 

Criatividade e encanto para este Natal!

A iniciativa de uma serafinense está chamando a atenção pela
originalidade, criatividade e beleza. Olderes Maria Piazza Santin
enfeitou as árvores da calçada em frente a sua residência com
trabalhos manuais, revestindo os troncos com tricô. O trabalho
artesanal chama a atenção de quem passa pela originalidade e beleza,
dando um colorido especial à rua e convidando para o entrar no clima
natalino. Confira este belo trabalho, visitando a Rua Barreto Viana, esquina
com a Rua José Pasqualotto.

 

Encerramento da Oficina de Dança dos Grupos de Convivência

Encerramento da Oficina de Dança dos Grupos de Convivência
A Prefeitura de Serafina Corrêa, através da Secretaria de Assistência
Social, promove a Oficina de Dança para os Grupos de Convivência de
Idosos, com o objetivo de proporcionar socialização, convivência e
qualidade de vida. Na terça-feira, 18 de Novembro de 2014, aconteceu o encerramento das atividades da Oficina de Dança para os idosos de São Marcos e do Distrito de Silva Jardim. Com muita alegria e muitas risadas, os dois
Grupos aguardam ansiosos o retorno das atividades com o Professor de
Educação Física Sandro Ghisleni no ano de 2015.

21 de novembro de 2014

Figueroa

a moda agora é mulher pelada mas em abril de 1973 hipolito pereira, numa ' sacanagem' armada pelo marco aurélio fotografou subindo num banquinho o figueiroa nu....

foi um escandalo tipo provincia do RS.

parou o campenonato gaúcho e tudo!

eis aqui as tais fotos....

 

Feira do Livro

artigo do jorge barcellos na zh de terça não teve lá repercussão.

* me disseram que ele não é muito respeitado pela casa.

* ele se queixou que apenas um vereador foi comprar seu livro....

* mas eu li todo o artigo e me chamou a atenção que a zh que tá um jornal sem sal tenha publicado aquilo

* fazia anos que não via um desabafo daqueles no jornalzão meio que ' oficial' do estado.

vale a pena ler o artigo do jorge barcellos. principalmente porque ele desabafa sobre um assunto que muito se pergunta: porque tantos autografos na feira do livro???

* perguntei ao presidente da feira sobre isto: ele diz que tem que autografar sim....

 

tiros em serafina!



é uma brincadeira é claro....

avelino vicenzi, já falecido,simula dar tiros num amigo a cavalo.

a foto é de 1930.

se algum parente dele quiser a original, que me mande o endereço que envio. está aqui comigo(olides)

Esta é uma gozação do meu falecido tio

 

Sequestro

a rua antonio rebouças, no montserrat onde fui fazer uma matéria num sabado a tarde. 14.6.1985

tinha havido um sequestro do avião TWA 847.

familiares de um sequestrado viviam ali.

 

Coleguinhas

Kenny braga assina hoje a rescição com a RBS

* Na ACEG ouve-se a GRENAL

 

Santander

tem um ciclo de cinema argentino no santander.

* domingo tem blues no santander.

 

dos leitores

De: letier12
Enviada: Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

Boa a charge do Iotti

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Globo

podedeixar.o caco quando a globo começar a afundar daqui a muitos anos pulará fora. ele não veste tanto a camisa como se pensa....mas temseu valor(olides)

De: bueno.escritorio
Enviada: Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

olides, achei este video no youtube que mostra o caco barcellos sendo hostilizado pelos manifestantes de um protesto, visivelmente constrangido.

 

Artigo

estes caras não perdem o cacoete do golpistas. golpista também era o jango e o brizola que queriam fechar o congresso(olides)

From: Christopher Goulart
Sent: Qui 20/11/14 08:29

Bom dia.

Artigo publicado hoje em Zero Hora.

Muito obrigado pela atenção.

Christopher

PREGAÇÕES GOLPISTAS

É simplesmente incrível! Até mesmo triste esta situação onde testemunhamos nos jornais os mais diversos posicionamentos desprovidos de qualquer senso democrático. Pregações golpistas surgem como a grande salvação do Brasil em nome da “integridade Nacional”, como é o caso de um artigo publicado recentemente em Zero Hora, assinado por um ex-chefe do Estado-Maior de Defesa.

As viúvas da ditadura militar são conhecidas, repetindo reiteradamente a verve golpista durante o transcurso de nossa história republicana. São os mesmos, em versões pioradas, iguais aos que não aceitavam a eleição democrática de Getúlio Vargas em 1950. Que tal recordarmos um ícone do golpismo, chamado Carlos Lacerda? Ele que vociferava seu ódio: “O Sr. Getúlio Vargas, não deve ser candidato. Candidato, não deve ser eleito. Eleito, não deve tomar posse. Empossado, devemos recorrer à revolução para impedi-lo de governar”. Os métodos são reproduzidos justamente no ano do cinquentenário do Golpe Civil-militar de 1964.

Nestes momentos de “intranquilidade”, sempre será bem-vinda a lembrança dos Coronéis reacionários de fevereiro de 1954 que exigiam a deposição do ministro do Trabalho João Goulart, pelo crime de dobrar o salário mínimo. Os mesmos que alardeavam “o perigoso ambiente de intranquilidade”, foram os que se prestaram para escrever os já conhecidos – e lagrimados - 21 anos de sequencia de Generais no poder. Os mesmos que sentem orgulho de um monstrengo chamado Ato Institucional 5, que teve como primeira medida o fechamento do Congresso Nacional. Cassações, torturas, assassinatos...está é a democracia que queremos!?

Aos que clamam pelo marchar dos coturnos, continência e tiro de fuzil vai a nossa mensagem de paz e liberdade. Neste país, senhores golpistas, a lição já foi aprendida. Os males da democracia, sabemos, serão combatidos com muito mais democracia. Contra os criminosos, nossos plenos esforços de que sejam aplicados os duros rigores da lei. A missão agora é advertir sobre a farsa dos que insistem em ver tanques de guerra nas ruas. Reafirmar nosso compromisso de zelar pela democracia como resposta aos que buscam desesperadamente o retorno da tirania.

Christopher Goulart
Senador Suplente Eleito

 

O PAI DISTANTE

por Eron Duarte Fagundes

O argentino Carlos Sorín é herdeiro do cinema intelectual europeu dos anos 60, uma narrativa lenta e plástica, cujo êxtase estético foi o italiano Michelangelo Antonioni. Filha distante (Dias de pesca; 2012) dá sequência a este cinema pensado mas sempre voltado para o cotidiano atual da sociedade argentina, cujo ponto alto parece ter sido mesmo A janela (2008) e que por aqui é também conhecido por O cachorro (2004) e Histórias mínimas (2002) mas que tem em sua filmografia uma narrativa que inclui inusitados elementos de suspense, O gato desaparece (2011), visto há três anos num vetusto cinema de rua de Buenos Aires.

Filha distante tem uma beleza do dia-a-dia que às vezes se arrasta, porém sempre apresenta uma gota de sedução para o espectador mais paciencioso. Um pai, morador de Buenos Aires, sai rumo à Patagônia em busca duma filha cujos laços se romperam a partir de problemas familiares que igualmente lhe geraram a separação da mãe da moça. O reencontro é ameno no início mas oculta em seus ares elementos nebulosos e constrangedores que logo se problematizam; como se verá, as coisas não são simples, instam em retroagir e deixam na imagem final um ponto de interrogação extremamente forte.

Sem chegar propriamente a empolgar o observador, Filha distante preenche com alguma agudeza as necessidades de um cinema íntimo e sutil entre nós.

 

Vieira pede atenção do Ministério do Trabalho para prováveis demissões em Charqueadas

Durante evento em Porto Alegre com a presença do ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT), o deputado federal Vieira da Cunha pediu atenção especial para a provável demissão de cerca de mil trabalhadores da Iesa Óleo e Gás, em Charqueadas, na Região Carbonífera. A empresa, que fabrica módulos para plataformas de petróleo, teve rescindido um contrato de U$$ 800 milhões com a Petrobras, após desdobramentos da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal.

“Quero traduzir a preocupação da bancada gaúcha com o gravíssimo problema social que essa situação cria em uma das regiões mais deprimidas do nosso Estado. Nós já temos empreendimentos que acabaram não se viabilizando, como é o caso da Usina Jacuí 1, que foi a grande frustração da região. Não podemos admitir que agora, quando a região reencontrava a possibilidade de gerar riqueza e renda, nós possamos conviver com o desemprego de centenas de trabalhadores. Pedimos que o Ministério busque com a Petrobras uma solução para este problema”, disse Vieira.

Ao falar na sequência, Manoel Dias disse que um grupo de servidores do ministério já está verificando com a estatal a real situação e as possíveis consequências.

Ministro entregou primeira carteira de trabalho digital

A visita de Manoel dias ao Estado foi para a inauguração do novo sistema de emissão de carteiras de trabalho na Capital. Agora, a entrega do documento ocorre no ato da requisição. A Carteira de Trabalho Digital é fruto da integração entre o sistema de emissão e o de validação do Programa de Integração Social (PIS) na Caixa Econômica Federal.

O estudante Rafael Lopes Medeiros foi o primeiro gaúcho a receber a Carteira de Trabalho Digital. O documento foi entregue pelo próprio ministro, na sede da Superintendência Regional do Ministério. A expectativa é de que até o final de 2015 o sistema seja implantado na maior parte do país.

 

Sartori vai estreitar a comunicação entre Estado e prefeituras

Foto: Karine Viana

Dar efetividade a um canal permanente de comunicação com os municípios gaúchos foi um dos pontos firmados entre o governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) e cerca de 50 prefeitos e vices, em reunião na manhã desta quinta-feira (20), na sede da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), em Porto Alegre. Em pouco mais de 40 minutos, o peemedebista ouviu de parte de 27 representantes das Associações Regionais dos Municípios, dentre elas, Fronteira Oeste, Carbonífera, Encosta Superior do Nordeste e Alto Jacuí, as dificuldades locais e de falta de infraestrutura que enfrentam.

O futuro governador apontou a questão federalista como um dos entraves para o avanço do desenvolvimento dos municípios, uma vez que a União concentra os recursos financeiros, sem o devido repasse para as prefeituras. “É no município que as coisas acontecem e é lá que a população vai cobrar, seja nas áreas da Saúde, Segurança ou Infraestrutura. Então, vamos ser parceiros dos prefeitos para enfrentar as dificuldades, mesmo que sejam feitos alguns ajustes fiscais pela União em razão do déficit financeiro”, prevê.

Ao longo de sua explanação, Sartori procurou não avançar em ações que possam comprometer o atual mandato de Tarso Genro. Adiantou, no entanto, que a construção interna do diagnóstico do Estado entre os grupos temáticos e o levantamento de informações junto à coordenação do grupo de transição e o Palácio Piratini transcorrem normalmente, e vão resultar no apontamento das reais necessidades a serem enfrentadas nos primeiros meses de Governo. “Vamos buscar alternativas que venham dar ao Estado uma maior potencialidade nas ações que atendam às necessidades das pessoas”, afirmou. Para que este trabalho seja mais efetivo, Sartori solicitou aos prefeitos a elaboração de um documento contendo as principais necessidades das regiões.

Além de assuntos como Consulta Popular, licenciamentos ambientais e proposta de desoneração de ICMS nas contas de municípios, constou na pauta da reunião da Famurs a questão da aproximação do Governo com as prefeituras, item bastante criticado pelos administradores na atual gestão. O presidente da Famurs, Seger Menegaz, prefeito de Tapejara, afirmou: “Os presentes acreditam em uma nova composição para discutir através de um diálogo permanente, de ferramentas e ter acesso a um canal para soluções de problemas que não são de agora”.

O governador eleito chamou a atenção para o fenômeno da migração populacional no e outras regiões para os centros urbanos com maior desenvolvimento no /estado, desprovendo as localidades de origem e aumentando a depressão econômica. “Me assusta este movimento das pessoas, por isso temos que valorizar os Coredes ou as Universidades Comunitárias, pois acredito que estrategicamente o desenvolvimento regional igualitário é importante para equilibrar nossa economia”, salientou Sartori.

A relação e a importância dos municípios para o desenvolvimento regional sempre acompanharam as premissas do futuro governador. Já nos primeiros dias da campanha eleitoral, em agosto, Sartori prestigiou reunião com as Associações Regionais de Municípios, ocasião na qual se encontrou pela primeira vez em período eleitoral com a então candidata do PP, Ana Amélia Lemos. Em outros momentos, voltou a participar de dois outros eventos. Em um deles, no 34° Congresso dos Municípios do Rio Grande do Sul, como candidato, quando ressaltou as dificuldades enfrentadas pelas prefeituras em consequência da escassez de repasse de recursos financeiros, a exemplo do que manifestou hoje. “Quem conhece o federalismo sabe que os municípios não são valorizados como deveriam ser. Essa realidade precisa ser mudada”, finalizou.

 

de Serafina

TALIAN: LÍNGUA REFERÊNCIA NACIONAL

Ntel dì 18 de novembre de 2014, el TALIAN, in una gran festa a Foz do
Iguaçu, PR, el ga ricevesto el tìtolo LINGUA DE REFERÊNCIA NACIONAL,
insieme a altre due lengue indìgene.

El TALIAN el ze la prima lengoa, tra tuti imigranti, a esser ricognossesta.
Grassie a gente come Darcy Loss Luzzatto, Frate Rovílio Costa ( in
memorian), Honório Tonial, Dr. Paulo Massolini, Júlio Posenatto,
Antonio Alberti ( che el ze Toscano e ancora cossita ze stà na gran
man a tuti noantri), Geraldo Peccin ( in memorian), e tanti altri.
Parché gavemo bio un amor completamente ÙNICO: unirse ze acetar de
ogni un, la so pìcola diferensa: Tuti se capimo e tuti semo insieme.
Tuti se volemo ben e tuti volemo mantegner la nostra lengoa de origine.
Come dise Luzzatto, che ze drio dar um Corso de Talian a Serafina
Corrêa e in gran parte de le sità de la Serra Gaúcha: SENSA EL SATARON
DELA NOSTRA CULTURA, CHE ZE LA NOSTRA LENGUA, LA CULTURA NO DURA.

El Certificato el ze stà ricevesto par Dr. Paulo José Massolini.
Gràssie Serafina Corrêa, che ze la ùnica, fin desso, che ga fato del
TALIAN la so lengua co-oficial.

Por: Solange Maria Soccol – Secretaria Municipal de Cultura
Prefeitura de Serafina Corrêa/RS.

TALIAN: LÍNGUA REFERÊNCIA NACIONAL

No dia 18 de Novembro de 2014, o Talian, teve a honra de fazer uma
grande festa em Foz do Iguaçu, PR, recebendo o certificado de LÍNGUA
DE REFERÊNCIA NACIONAL, juntamente com outras duas línguas indígenas.
O TALIAN é a primeira língua, entre todos os imigrantes, a ser
reconhecida.

Nosso agradecimento a pessoas como Darcy Loss Luzzatto, Frei Rovílio
Costa (in memorian), Honório Tonial, Dr. Paulo Massolini, Júlio
Posenatto, Antonio Alberti ( que é Toscano e mesmo assim foi uma
grande mão a todos nós), Geraldo Peccin (in memorian), e tantos outros.
Porque sempre tivemos um amor completamente único: unir-se quer dizer
aceitar de cada um, a sua pequena diferença: Todos nos entendemos e
estamos unidos. Nos queremos bem e queremos manter a nossa língua de
origem.

Como disse Luzzatto, que está dando um Curso de Talian em Serafina
Corrêa e em grande parte das cidades da Serra Gaúcha: SEM OS PILARES
DE NOSSA CULTURA, QUE É A NOSSA LÍNGUA, A CULTURA MORRE.
O Certificado foi recebido pelo Dr. Paulo José Massolini. Muito obrigada Serafina Corrêa, que é a única, até hoje, que fez do
TALIAN sua língua co-oficial.

Por: Solange Maria Soccol – Secretaria Municipal de Cultura
Prefeitura de Serafina Corrêa/RS.


20 de novembro
de 2014

TV

aproveitaram pouco da minha longa entrevista tv futura.

* me achei velho pra caralho na teve

 

de serafina

a vereadora salete cadore em evento de talian....com todo o respeito, nunca a vi dizer um termo no dialeto,...fica a impressão que é passeio mesmo(olides)

 

vereadores em tuor

depois eles ficam brabos quando o giovani grizotti os pega de calças nas mãos...

* não tou falando que é ilegal, mas por favor.....

Brizola que não era nenhum ' santo' dizia que em politica não bastar ser, tem que parecer. alguns vereadores de serafina poderiam aprender isto.

 

de serafina

tem um bom jornal de guaporé, que um cara distribui de mão em mão aos sabados em serafina...

* é bem feitinho....

* e o pessoal de serafina gosta.gosta mais que o gazetinha que é todo chapa branca....

* a unica coisa prestavel no gazetinha é a coluna do roberto arroque,quando ele escreve.

* ficaram muito preguiçosos aqueles caras...

* foi embora o fiorin,morreu o gazetinha.

 

Coleguinhas

capincho,quando metem a mãe no meio costuma dar merda. foi o que aconteceu com o santana e o kenny....

* aliás o kenny assina a rescição dele dia 21....

* deve levar um balaio se não tocarem por justa causa....

* quanto a fazer jornal em serafina, nem pensar. o que tem lá é tão chapa branca que não deu nem o fechamento da rodoviária.

* por isto ele se guenta...

* e é feito por umc ara de guaporé.

 

TIROS EM SERAFINA

viu porque não coloco jornl em serafina. em 15 dias sofro um atentado como o lacerda em 54(olides) me tocaiam...e lá atiram mesmo não é em são borja que só tem fama de violenta....

De: letier12
Enviada: Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

Tiros em Serafina

O bom filho a casa torna, já diz o conhecido dito popular.

Pois bem, assim transcorria um belo domingo, em que um famoso escritor visitava sua terra natal – Serafina Corrêa (ex-Distrito de Guaporé), próximo à Marau, passeando na companhia da sua progenitora.

“Ele”, conhecido pela sua pouca habilidade em ser discreto, muito verboso e para os mais chegados, um homem pouco confiável; resolveu certa feita escrever um livro sobre personagens muito conhecidos do povoado onde o dito cujo veio ao mundo.

Pensando ele em fazer uma obra digna para seus conterrâneos, fez questão de “apimentar” biografias e despertar passagens já há tempos esquecidas pela população. Com sua mente prolixa, atracou o ferro (como se diz na fronteira).

Não bastando trazer à tona questões pessoais, que não convinham a ninguém, o dito cujo fez até mesmo o lançamento de sua obra na Cantina mais conhecida da cidade, talvez por ser a única... quem sabe?!

Bom... quando o povo teve acesso aos escritos do homem foi aquele tendel.

Mas voltando ao passeio... estava ele com sua mãezinha (que nada tem a ver com as habildiades descortês do filho), quando de súbito escutou-se algo parecido com tiros. De pronto o escriba abaixou-se habilmente, esperando esquivar-se dos balaços. Sua mãe logo pensou: “minha nossa, é um atentado contra ti, meu filho.”

Mas segundo relatos, eram apenas festim... mas o suficiente para sujar as calças do famoso escritor.

Diz-se que quando voltar à Serafina (e se voltar algum dia), irá fantasiado de homem.

Encerrando, fica outro conhecido ditado: quem não deve, não teme!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Letier Vivian
São Borja/RS

 

ZATOR

fala fiol del zator, hoje o espaço é teu(olides)

sim, mas serafina hoje é mais CRACK do que craque(olides)

From: m-rocha
Sent: Ter 18/11/14 21:19

OLIDES !

O AMIGO COMO PESQUISADOR É UM ÓTIMO JORNALISTA. DECORRIDOS 37 ANOS DA NOSSA SAÍDA DE SERAFINA CORRÊA, MESMO MEU PAI TENDO SIDO CANDIDATO DUAS VEZES, NESTE QUERIDA TERRA, NÃO TEM COMO AS NOVAS GERAÇÕES( FALO DOS TRINTÕES É CLARO).

OS MAIS ANTIGOS SIM, ACREDITO QUE DELE TENHAM ALGUMA LEMBRANÇA.
SABE-SE LÁ O UNIVERSO QUE TU PESQUISASTE( SE SÓ JOVENS, O ZATOR NÃO OBTEVE SUFRÁGIO !!!!!!).

REPITO: MEU PAI, ASSIM COMO EU ATÉ ENTÃO, GOSTAVA MUITO DE LA UNDEZE, PORQUANTO, TEVE UMA PASSAGEM DE ORDEM PROFISSIONAL MUITO BOA. ERA CONSIDERADO PELA ALTA DIREÇÃO DO FRIGORÍFICO, POR SUAS ATITUDES DE, SEMPRE QUE NECESSÁRIO, EM SÁBADOS E DOMINGOS INCLUSIVE, PRESTAR SERVIÇOS ÀQUELA CONCEITUADA EMPRESA.

É BOM LEMBRAR QUE, OS SÓCIOS FUNDADORES DA CREDEAL - CREMA, ALBAN E DEITOS -, O PROCURARAM PARA SUBSCREVER COTAS DA EMPRESA EM CONSTITUIÇÃO, O QUE PARA NÓS, SOOU COMO UM GESTO DE CONFIANÇA E CREDIBILIDADE. PARA QUEM CULTIVA TAIS VALORES, ESTA POSTURA NOS SENSIBILIZOU E, UM POUCO ANTES DE FALECER, MEU PAI REFERIU O FATO E SEU ARREPENDIMENTO POR NÃO TER VENDIDO O CARRO, À ÉPOCA, E ENTRADO COM ALGUM CAPITAL.

PARA LEMBRÁ-LO E TIRAR A ALCUNHA DE "TRAÍRA", INJUSTAMENTE A MIM
ATRIBUÍDA PELO NOBRE REPÓRTER, NO GINÁSIO, EM NOSSA TURMA, ÉRAMOS SOMENTE TRÊS COLORADOS, COM MUITO ORGULHO E UM MONTE DE DERROTAS , A SABER : EU O VANDERLEI E O HERMES ZANETTI, SE NÃO ME FALHA A MEMÓRIA. TEMPOS DUROS AQUELES, POIS VOCÊS SÓ GANHAVAM DE NÓS- SETE CAMPEONATOS GAÚCHOS- EM FILA.

E O TALIAN ESTÁ RECONHECIDO, NACIONALMENTE, COM DESTAQUE PARA
LAUNDEZE. AS QUESTÕES CULTURAIS QUE ENVOLVEM O DIALETO E SERAFINA~SÃO TÃO FORTES, QUE TE A CAPACIDADE DE AGLUTINAR PESSOAS, INIMIGAS CONFESSAS, COMO EX.: PAULO MASSOLINI E A PROFª SALETE CADORE-FUTURA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO-, CASO O PDT NÃO ENTRE NO GOVERNO POIS, ESTA BANDEIRA É NOSSA.

PENSO QUE, DESTA DUPLA DE AMIGOS QUE TENHO IN LA UNDEZE, SAIRÁ O
PROXIMO PREFEITO DE SERAFINA CORRÊA, COM TENDÊNCIA PARA A PROFª
SALETE. SÃO IMPRESSÕES À DISTÂNCIA.

EM RELAÇÃO À PALMEIRA CENTENÁRIA, LEGENDÁRIA,ESPARTANA E,
INJUSTAMEMNTE TAXADA DE VIOLENTA, TENHO A DIZER QUE, NO ANO DE 1978, QUANDO AQUI CHEGUEI, OCORRERAM E DEZ HOMICÍDIOS EM DEZ MESES, FATO QUE ME ASSUSTOU E MUITO( QUASE QUE DESISTI DE PERMANECER ANA LEGENDÁRIA).

HOJE, A REALIDADE MUDOU( NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA HOUVERAM DOIS
HOMICÍDIOS), POIS O PROCESSO EMANCIPATÓRIO FEZ BAIXAR O ÍNDICE DE
CRIMINALIDADE( SAIRAM : LAGEADO DO BUGRE, JABOTICABA, CERRO GRANDE, SAGRADA FAMÍLIA, SÃO JOSÉ DAS MISSÕES,SÃO PEDRO DAS MISSÕES, NOVO BARREIRO ETC.ETC..ETC..), PORTANTO, CONSIDERO INJUSTA TUA COLOCAÇÃO DE QUE PALMEIRA É VIOLENTA( TALVEZ POR ESTA IMAGEM QUE NÃO ACEITAS O CONVITE PARA VIRES AO CARIJO( ANOS QUE VEM TEREMOS A TRIGÉSIMA EDIÇÃO !!!!!!!!!). JÁ ESTÁS CONVIDADO( ASSIM PUBLICAS ALGUMA COISA NESTA BLOG TENDENCIOSO, QUE SÓ FOCA SÃO BORJA( AINDA BEM QUE DESTACAS MEUS COMPANHEIROS DE PARTIDO !!!!!!!!), E O FESTIVAL DA BARRANCA. HOJE EM DIA, O CARIJO DA CANÇÃO GAÚCHA É O MAIOR FESTIVAL NATIVISTA DO ESTADO, SEM FALSA MODÉSTIA, ZIO CANELA !!!!!!!!!!

E AÍ DIZIA O JOANIN GRANDO, NOSSO COLEGA : TI TCHÓ PRETI, TE PIAZI I
OSEI ? SIM MASSA. RESPONDE O ITALIANO DE LA DODEZE : DE MAN PORTO FORA NAS MALADA !!!!!!!!!!!!! ESSA É DO JOÃO GRANDO E TU NÃO SABIAS, COM CERTEZA. TI TE SA MIA NHIENTE DE LA UNDEZE !!!!! E ME CHAMA DE FALADOR AINDA !!!!!

UM ABRAÇO.

MAURO ROCHA - FIOL DE ZATOR !

 

CNPL PROMOVE FORMAÇÃO SINDICAL EM PORTO ALEGRE

Ao longo do ano, a Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL vem realizando em todas as regiões brasileiras cursos de formação sindical visando ao aperfeiçoamento, atualização e qualificação dos dirigentes das entidades representativas dos profissionais liberais, com uma boa resposta e bastante interesse dos participantes.

O Curso de Atualização sobre Negociação Coletiva de Trabalho, que a Confederação realizou durante todo o dia de hoje (19/11), das 9h às 18hs, no auditório do Sindicato dos Corretores de Imóveis do Rio Grande do Sul – Sindimóveis/RS, localizado na Rua Vigário José Inácio 403/303, em Porto Alegre e que foi ministrado pela Assessora Jurídica da CNPL, Maria Cristina de Almeida, é um bom exemplo dessa boa acolhida dos profissionais liberais por ações que visem o aprimoramento das dirigentes sindicais.

“A negociação coletiva é o momento maior de uma entidade sindical; é quando todo o poder e a força da representatividade do sindicato se faz presente e esse curso teve por meta instrumentalizar o dirigente para que utilize dessa ferramenta de representação da forma mais eficaz e eficiente possível”, explicou Maria Cristina de Almeida.

A Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL é uma entidade de grau superior, que conta com uma estrutura sindical que abrange 28 federações filiadas, mais de 600 sindicatos representantes de 51 profissões e de cerca de 15 milhões de profissionais em todo o País. Trabalha em prol de suas filiadas no sentido de lutar por seus interesses.

A premiação será realizada no próximo dia 27 de novembro, no teatro do Bourbon Country, em Porto Alegre.

 

Mateando

capincho, não fode, não encheu meu saco(olides)

De: letier12
Enviada: Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

A próxima vez que tu for à Serafina vai disfarçado de homem... aí não tem perigo... hahahahaha

Letier Vivian
São Borja/RS

 

PROFISSIONAIS CELEBRAM DIA NACIONAL DA HOMEOPATIA COM HOMENAGEM A HAHNEMANN E ESTANDE NO BRIQUE DA REDENÇÃO

A Liga Homeopática do Rio Grande do Sul (LHRS) realiza uma programação especial para marcar o Dia Nacional da Homeopatia, comemorado em 21 de novembro.
“Nem um ano sem Hahnemann” foi o tema escolhido para 2014, em virtude do furto da Herma de Hahnemann no início do ano e a reposição da peça em novembro. Para o diretor científico da Liga, médico Ben-Hur Dalla Porta , a importância da restauração do patrimônio histórico de Porto Alegre, no trabalho conjunto realizado pela Prefeitura e Sinduscon/RS, “é uma ação vital para a recuperação da cidadania e da memória cultural de nossa cidade”.

No dia 21, às 13h30, os homeopatas gaúchos homenageiam o fundador da homeopatia, junto à Herma de Hahnemann, na avenida João Pessoa, no Parque Farroupilha (Redenção). “Desde a década de 1940, a homenagem é tradicional entre homeopatas do Brasil e do mundo em visita a Porto Alegre”, lembra Dalla Porta.
Das 10h às 14h do dia 23, a LHRS estará com um estande no Brique da Redenção, em frente ao Monumento ao Expedicionário, no qual médicos, farmacêuticos, dentistas e veterinários estarão à disposição do público para informar sobre a especialidade da área da saúde – que completou 218 anos em 2014, com distribuição de material sobre a homeopatia. Um relato da história da homeopatia, da instituição e do monumento a Hahnemann também fazem parte da programação. Conforme a presidente da Liga, médica veterinária Elisandra Pezzeta, o objetivo do evento é levar ao público a divulgação da homeopatia, uma terapêutica conhecida há mais de 200 anos, sendo a única capaz de tratar o indivíduo e não a doença. “Vamos esperar todos com um bom chimarrão e uma conversa descontraída sobre saúde e história”, convida.

NOTAS:

Liga Homeopática do Rio Grande do Sul (LHRS)
Entidade sem fins lucrativos, fundada em 1941, que tem por objetivo a divulgação, a prática e o ensino da homeopatia. Atualmente, seu corpo clínico compõe-se de 13 médicos, 10 veterinários e uma dentista, que atendem mediante agendamento prévio pelo telefone (51) 3228.0915. O valor das consultas é totalmente revertido para o pagamento das despesas da institutição.

A sede da Liga, localizada na avenida Getúlio Vargas, 169, no bairro Menino Deus - uma bela casa da década de 1950, rodeada por um amplo jardim, possui recepção, três consultórios equipados para atendimento médico e uma biblioteca especializada com livros e periódicos sobre homeopatia. Seu anexo tem recepção e um consultório veterinário.

Samuel Hahnemann (Saxônia, 1755 - Paris, 1843, fundador da homeopatia em 1779).

Restauro da Herma de Hahnemann e do busto de Licínio Cardoso*

No dia 11, o Sinduscon/RS entregou a primeira fase de restauro de seu projeto cultural em homenagem aos 65 anos da entidade. Entre as obras restauradas estão a Herma de Hahnemann, de 1943, e o busto de Licínio Cardoso, de 1952.
Conforme Luiz Henrique Mayer, para evitar que os furtos se repitam, com o objetivo de venda do metal, ele utiliza técnica de modelagem em resina com carga de pó de bronze, obtendo efeito muito semelhante ao original, mas sem valor comercial.
Na obra de Hahnemann, houve limpeza, rejuntamento, complementação da base em argamassa de cimento, confecção de placa de concreto para fechamento superior e reprodução dos dizeres originais em alto relevo, em placa de granito. Segundo o escultor, foi feita uma releitura 2014 do monumento. "Procurei imagens que servissem de referências, iniciando por modelagens em argila do busto, seguindo medidas dos registros. Após, fiz uma forma em gesso, em que foram dados os últimos detalhes e acabamentos. A partir dessa forma, foi feita a réplica em resina isoftálica e pó de bronze, seguindo uma mistura de 5 partes de resina e uma de bronze em pó. Depois, foi colocada uma manta de fibra de vidro para dar estrutura e para não ficar oca. Toda a parte interna foi preenchida com poliuretano, proporcionando rigidez e leveza", explica Mayer sobre a técnica utilizada na reprodução.

No Busto de Licínio Cardoso, roubado no final de 2013, as intervenções foram: limpeza, desinfestação de biofilme, remoção das pichações e aplicação de protetivo anti-pichação. "Descobri que quando foi feito o busto em Porto Alegre também foi colocada uma réplica do mesmo na cidade natal deste importante médico, Lavras do Sul. Então me dirigi até a cidade e, durante três dias, elaborei um molde de silicone com capa de gesso do busto, executado e assinado pelo escultor Arjonas. Este silicone foi espatulado por todo o busto formando uma camada de borracha. Depois, fiz uma capa em gesso misturado com fibra de vidro, proporcionando rigidez e leveza à capa. A partir disso, fiz a réplica seguindo os mesmos procedimentos da obra de Hahnemann", conta Mayer.

*Com informações do Sinduscon/RS.
Mais informações sobre a LHRS e entrevistas:
Elisandra Pezzeta, presidente da LHRS
E-mail: epezzetta@bol.com.br
Cel.: (51) 9815.9475
Ben-Hur Dalla Porta, diretor científico da LHRS
E-mail: bdporta@uol.com.br
Cel.: (51) 9112.5800
Home: http://www.ligahomeopaticars.com.br
E-mail: ligahomeopatica@brturbo.com.br
Tel.: (51) 3228.0915

Assessoria de Imprensa
Gelcira Teles, jornalista, MTE/RS 6790
E-mail: jorngelcirateles@yahoo.com.br
Tel.: (51) 3331.7941
Cel.: (51) 9204.1669

 

Projeto Construção Cultural rende Top de Marketing ao Sinduscon/RS

Projeto desenvolvido para marcar os 65 anos do Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS), através de um conjunto de ações que se propõe a colaborar com o cenário cultural gaúcho, foi eleito Top de Marketing da ADVB/RS, na categoria Cultura. O anúncio oficial foi feito ontem, 18/11, através do site oficial da entidade.

O Projeto Construção Cultural integra ações de resgate do patrimônio histórico de Porto Alegre, apresentações musicais gratuitas e ainda a publicação de um livro comemorativo. "É um momento importante que deveria ser celebrado com ações de grande repercussão e sintonia com a missão da entidade, que é atender e integrar os interesses do setor e da sociedade gaúcha", destaca o presidente do Sinduscon/RS, Ricardo Antunes Sessegolo.

De acordo com o Sócio-Diretor da MaxiMarket Gestão do Reconhecimento e responsável pelo Case, Paulo Ratinecas, a entidade teria como principal objetivo mercadológico a geração de valor de suas ações, servindo de referência para as empresas do setor e para outras entidades, para que também investissem em projetos culturais. "O principal foco da estratégia está centrado em posicionar o protagonismo do Sinduscon na discussão e execução de um processo de recuperação do patrimônio histórico em conjunto com as lideranças públicas e privadas dessa área", avalia. O mesmo valia para o projeto musical, com o objetivo de inserir o teatro da entidade na agenda cultural de Porto Alegre.

Resgate do Patrimônio histórico

As ações de resgate do patrimônio histórico, coordenadas pela arquiteta e restauradora Verônica Di Benedetti, se propõem resgatar 12 monumentos instalados no Parque Farroupilha. O parque possui vasto acervo escultórico, contando com mais de 30 peças escultóricas ao ar livre. Peças dos mais variados autores, estilos e épocas, contando através deste acervo a história da sociedade porto-alegrense, seus valores, seus avanços tecnológicos, modismos e cenas da história mundial.

Para este primeiro projeto, resultado da parceria entre o Sinduscon-RS e a PMPA foram selecionados 12 monumentos. São eles: Cabeça de Chopin, Cabeça de Chopin, Monumento a Carlos Gomes,Homenagem a Beethoven, Busto de Annes Dias, Busto de Licínio Cardoso, Busto de Samuel Hahnemann, Os Lusíadas, Homenagem aos Mortos em Combate ao Comunismo, Coluna Brasileira, Obelisco da Comunidade Sírio-libanesa, Obelisco da Comunidade Israelita e Monumento ao Expedicionário. Os critérios para sua seleção foram localização dentro do espaço do Parque, visibilidade junto a comunidade, material constituinte (predominantemente rochas) e representatividade dentro do seu estilo e época.

Técnicas inovadoras, como o envelopamento integral do Monumento ao Expedicionário, trazendo impressa sua imagem real enquanto as obras são executadas, estão ganhando destaque junto à opinião pública. O projeto inédito no Brasil, a técnica permite que as pessoas continuem visualizando o monumento, mesmo neste período de obras. "Como esse tipo de obra fica quase escondida pelos andaimes, esse recurso chega como alternativa para a população não deixar de visualizar seus grandes monumentos. É muito utilizado na Europa e agora estamos trazendo para o Brasil, que até então aplicava o processo em parte das reformas", explica o vice-presidente da Entidade e coordenador do Projeto Cultural, Zalmir Chwartzmann. As telas ficam fixadas nas estruturas dos andaimes "fachadeiros".
Além da reprodução do monumento, é possível ainda fazer a publicidade dos patrocinadores do projeto, que nesse processo ganhou novos parceiros: Rossi, Melnick Even e Serki, além da Cyrela Goldsztein, NEX Group, e apoio da Jog engenharia de andaimes, Tuper, Coopercon-RS e Impacto Signs

As ações programadas para intervenção nos monumentos resumem-se em:

• Levantamento cadastral onde as peças serão fotografadas e catalogadas;
• Intervenções de limpeza onde as peças passarão por lavagem com formulação própria. Esta lavagem tem o objetivo de eliminar agentes de deterioração como micro e macro-organismos e eliminação de fuligens.
• Remoção de pichação, e aplicação de produto antigrafiti o que protegerá a peça de novas pichações, facilitando assim a remoção de reincidentes.
• As peças artísticas em bronze existentes serão replicadas em material sem valor comercial para fixação posterior.
• As placas em bronze com identificação e frases que foram roubadas serão reproduzidas em placas de granito em alto relevo e fixadas aos monumentos.
• Execução de relatório final dos trabalhos realizados constando o "antes" e "depois".

A história do Sinduscon-RS através da música

O Teatro Sinduscon-RS vem sendo palco de espetáculos que contam a história da entidade e da música brasileira ao longo dos últimos 65 anos. Com curadoria do engenheiro e músico Augusto Franarin, cinco apresentações gratuitas que fazem uma retrospectiva histórica dos principais acontecimentos do mundo, do Brasil, do Sinduscon-RS entre a fundação da entidade (1949) e os dias atuais, e da própria música, sendo interpretadas pelo grupo de músicos formado por engenheiros do Sindicato.

As apresentações acontecem sempre nas primeiras quintas-feiras do mês. Pelo palco já passaram apresentações gratuitas de Choro e Seresta; Samba e Jazz. O último espetáculo, me dezembro, reserva uma apresentação especial de Corais.

Construção de uma história

No ano em que completa seu sexagésimo quinto aniversário, o Sinduscon-RS lança um livro comemorativo à efeméride. O livro, com amplo registro fotográfico, conta a história do SINSUSCON-RS, desde a sua fundação, principalmente marcada por franco desenvolvimento da construção civil e do crescimento do SINDUSCON-RS nos últimos quinze anos, período em que aconteceram fortes políticas de financiamento, flexibilização no Plano Diretor de Porto Alegre e importantes obras distribuídas pelo Estado do Rio Grande do Sul.
A publicação, com apresentação do Presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Sessegolo, terá tiragem inicial de mil exemplares.

 

O RIGOR FORMAL DOS DARDENNE

por Eron Duarte Fagundes

Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne, dois diretores belgas que fazem filmes a quatro mãos, talvez sejam super-estimados pela crítica internacional. Seus trabalhos são bem conduzidos, tem um rigor formal próprio dos realizadores de língua francesa, mas estão longe de expor uma paixão de filmar que justifique o entusiasmo. Com Dois dias, uma noite (Deux jours, une nuit; 2014) o processo se repete; apanhando a crise de emprego da Europa de hoje, os Dardenne perseguem uma narrativa simples, eficiente e em alguns momentos até brilhante.

Marion Cotilard domina o filme de ponta a ponta na pele duma trabalhadora que deve enfrentar seus colegas ao lhes ser proposto receber um bônus e aceitar o desemprego dela. A dignidade quase depressiva da personagem é exposta com crueza pelos cineastas.

Se o espectador se contentar com a beleza de um certo rigor formal, cuja grande virtude é despojar-se de concessões comerciais, poderá desfrutar de um belo filme, digno, correto, mas sem grande profundidade, temática ou emocional.

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 22/11/2014) as 10h15min na Sala Multiuso Santander assistiremos ao filme "Pieta" (Pieta-2012). Kang-do (Lee Jung-Jin) é um homem implacável e bastante cruel, que trabalha como cobrador para agiotas. Caso o devedor não tenha como pagar a quantia devida, ele quebra ou esmaga algum osso de seu corpo, já que desta forma o acidentado receberá um seguro de saúde que servirá para cobrir a dívida. A vida de Kang-do é bastante solitária, até que um dia surge em sua vida uma mulher que afirma ser sua verdadeira mãe. Kang-do não acredita na afirmação e passa a maltratá-la de todas as formas possíveis, recorrendo a humilhações e até mesmo abuso sexual. Na Coreia do Sul, Pieta foi proibido aos menores de 19 anos por seu conteúdo violento. Kim Ki-duk começou as filmagens de Pieta dia 15 de fevereiro de 2012, e terminou no mês seguinte. Em menos de seis meses a obra já estava pronta para ser enviada aos festivais de cinema. Pieta ganhou o Leão de Ouro no Festival de Veneza 2012. Foi escolhido como representante da Coreia do Sul para a disputa do Oscar 2013 de melhor filme estrangeiro.

No próximo Domingo (dia 23/11/2014) as 10h15min na Sala Eduardo Hirtz assistiremos ao filme "Castanha" (2014). A sessão contará com a presença do diretor Davi Prietto, que debaterá o filme com os associados e convidados. João Carlos Castanha tem 52 anos e é ator. Também trabalha na noite como transformista em baladas gays. Vive com a mãe septuagenária, Celina, no subúrbio de Porto Alegre. Solitário, doente e confuso, aos poucos ele deixa de discernir realidade e ficção. Exibido no Festival de Berlim, no BAFICI, Paulínia Film Festival e no Festival do Rio em 2014.

 

de Serafina

Preservação do Carreiro continua em pauta no Legislativo Serafinense

Desta vez a reunião contou também com a participação do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Taquari-Antas


Reunião contou com a participação do Prefeito de Serafina Corrêa, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Conselho Municipal de Meio Ambiente, além do Poder Legislativo e do Presidente do Comitê.

A preservação do Rio Carreiro é tema recorrente no cotidiano da Câmara de Vereadores de Serafina Corrêa, sendo que neste momento a coordenação dos trabalhos e ações voltadas para esta finalidade é da Comissão de Agricultura, Turismo e Meio Ambiente (CATMA). Na tarde de segunda-feira (17), mais uma importante reunião foi realizada pelos Vereadores, desta vez com a presença de autoridades Serafinenses e também do Presidente do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica Taquari- Antas.

“O Rio Carreiro tem múltiplos usos e usuários, sendo que eles devem ser compatíveis entre si, ou seja, deve haver um regramento e uma conciliação entre todos os usuários das águas. Mas é importante levar em consideração que nenhum uso pode causar degradação ao ambiente e que quando ocorrer qualquer tipo de dano, este deve ser compensado”, explicou Daniel Schmitz, que preside a entidade. Para ele, a degradação no Carreiro é perceptível e é preciso analisar quais são os fatores que estão causando esta degradação para que seja regrado o uso da água.

Tendo em vista a preocupação comum com a preservação do Rio Carreiro, ficou definido na reunião que será promovido o diálogo entre todos os usuários especialmente da área onde está localizado o Camping, e também dos Poderes de Serafina Corrêa e de Nova Bassano, uma vez que o rio faz divisa entre os dois municípios. A articulação para o diálogo entre as partes interessadas deverá acontecer através do Comitê Taquari-Antas, cujo objetivo também é o de intermediar os possíveis conflitos existentes e coordenar as limitações de uso entre os diferentes usuários.


“O rio é dinâmico: tudo o que é feito nele, é transformado e interfere ao longo do seu curso. Só que é a sociedade quem vai pagar a conta da alteração de um rio”, enfatiza Daniel Schmitz, Presidente do Comitê Taquari-Antas.


19 de novembro
de 2014


ESTAREI HOJE NA TV FUTURA FALANDO SOBRE MEULIVRO DO MANECO VARGAS!

estarei hoje na tv futura.
os caras ficaram uma manha inteira aqui no meu muquifo. vamos ver o que vai sair(olides)

De: marcilio.brandao
Enviada: Segunda-feira, 10 de Novembro de 2014
Caro Olides, desculpe-me pelo atraso na resposta, estamos sempre correndo por aqui. Ainda não tínhamos a data da veiculação do curta, que ficou com o título de “Fragmentos de Memória Vargas”. Finalmente foi programado para o dia 20 de novembro, às duas e meia da tarde, com reprise às nove da noite, no programa Sala de Notícias. A sua entrevista resolvi veicular no Jornal Futura, do qual sou editor, por uma questão de composição e de tempo. Será na edição do dia 19 de novembro, quando também vou fazer a chamada para o doc. É às cinco da tarde com reprise à meia noite. Tudo após a veiculação ficará no youtube, claro na retranca dos programas e suas datas de veiculação.

Abraços,
Marcílio Brandão
Futura - Jornalismo
Rio de Janeiro - RJ


de serafina

PASSOS DE TARTARUGA

faz dez anos que o talian foi inscrito no IPHAN pra ser patrimonio cultural.

* só agora saiu....

* Bah, não tenham pressa com isto.

* aliás, em serafina e na região, poucos ainda falam a língua.

* um que outro na colonia, nada mais.

* O resto é uma ' nova indústria' pra conseguir viagens pra Italia.


de serafina

Um bom trabalho jornalistico seria fazer um levantamento sobre o que custou aos cofres públicos esta luta pelo talian..

* deve ser uma boa grana.

* e quantas viagens renderam pra italia....

* é, i ze furbi, lori....

* mas de qualquer forma tem seu valor cultural,sim.

* Hotel ca dei monti, por exemplo, é uma expressão talian....

* mas eu não gosto desta coisa tipo mi son talian grazie dio....

* acho coisa de gueto.

* podem tomar nota, disse isto pra adriana sabadin:serafina logo vai estar no FANTASTICO porqué fala talian...marketing puro...

é também um bom macete pra vender a cidade.....


de serafina

Lembrei ao BicoBranco que nos anos 80 quando eu tava na zero falei pro flavio alcaraz gomes que em serafina em julho se falva na prefa o talian.

* ele ligou pra prefeitura e ficou encantado que a telefonista falou talian...

* mérios ao sergio massolini e ao geraldo peccin que inventarm cuesta stória....

* preservaram a língua o dialeto que aqui sempre se falou

* mas deixemos hipocrisia de lado: era muito feio falar talian quando eu era criança.

* só se falava em casa....

* era coisa de colono. na cidade era só portugues.


de serafina

PERDIGAO PARADA

a perdigão ficou parada sexta,sabado,domingo e segunda. os motoras em volta do posto pacassa tavam tudo nervoso.

* nãose sabe o que houve.


KENNY

uma pessoa próxima de paulo santana me disse que ficou muito chateada com a reação do kenny no sala que o demitiu da RBS

* esperava mais compreensão por parte do Kenny pelo drama que santana vive na saúde....

* poderia ter relevado...

* agora inês é morta.


serafina

Fazer jornal em serafina é bronca certa....

* a rodoviária por exemplo tá fechada....

* tu começa a escarafunchar e aí dá os rolos.....

* é dificil na capital imagina no interior.


Atentado

o capincho tá rindo, é, mas domingo eu fiquei com medo de passar na frente daquela casa. e lá dentro não vi nada...

engraçado, porque foram dois tiros tão fortes, que cheguei a me abaixar...saiu uma fumaça da casa, cheiro de pólvora queimada.

até gostaria de saber se os brigadianos acharam o maluco que fez aquilo(olides) eu sei bem a casa.

De: letier12
Enviada: Terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Lembrou do "atentado" da rua Toneleiro...

Se tu morresse eu te enterrava duro

MOrri rindo agora

Letier Vivian
São Borja/RS

 

MAZZARINO

onde andará o famoso blogueiro mazzarino que não se ouve mais falar dele??

* nem em serafina!

* onde andou no niver do municipio

* rei morto, rei posto!

 

de serafina

de férias na italia, adriana sabadin tinha que ouvir as gozadas do marido>

- quem te viu,quem te ve...da santana pra italia!

 

Obras

OBRAS NA ESTRADA DA PRODUÇÃO ANDAM ACELERADAS

 

de serafina

tiros dão em serafina, não em são borja....que só tem fama


TIros

capincho eu não disse isto. eu disse que ouvi dois tiros(olides)

De: letier12
Enviada: Terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Hahahahah
Atentado a tiros contra Olides em Serafina Corrêa....

Letier Vivian
São Borja/RS

 

de serafina



BARCOS NO RIO CARREIRO DESTROEM MARGENS ....


A CAMARA DISSE QUE TAVA ESTUDANDO O ASSUNTO. MAS OS BARCOS CONTINUAM SOLTOS.

BARCOS ' ASSASSINOS' DO RIO CARREIRO. DEMOLEM AS MARGENS COM SUAS ONDAS!!!!!

BARCOS QUE DESTROEM AS MARGENS DO RIO CARREIRO!

 

PDT

tu queria o que capincho. tem que arrumar uma 'boquinha' pro 1% do IBOPE....(olides)

De: letier12
Enviada: Terça-feira, 18 de Novembro de 2014

"Nós" do Sartori....

PDT está mais perto da gestão Sartori do que o PTB

Marcus Meneghetti

MARCELO G. RIBEIRO/JC

Sem aceno, Busato descarta aderir

O governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) venceu o segundo turno das eleições ao governo do Rio Grande do Sul com o apoio de 19 partidos. Resta saber qual será o espaço que as legendas que o apoiaram terão no primeiro escalão – sobretudo as maiores, como o PP, PSDB e DEM, que estiveram com outros candidatos no primeiro turno. Sartori – que assume o Palácio Piratini no primeiro dia de 2015 – se comprometeu em divulgar os nomes que vão compor o secretariado no dia 15 de dezembro.

Enquanto não sai a lista dos secretários, a equipe de Sartori investe em tratativas com partidos que não apoiaram o peemedebista na segunda etapa do pleito, numa tentativa de ampliar ainda mais a base de apoio. É o caso das negociações com o PDT, que optou pela neutralidade no segundo turno. Algumas siglas com bancada numerosa na Assembleia Legislativa ainda não têm posição definida em relação ao governo de Sartori – a exemplo do PTB, que apoiou o governador Tarso Genro (PT), e participou dos últimos três governos estaduais.

A equipe de transição do novo governo contatou as lideranças do PDT para sondar a possibilidade de adesão dos pedetistas ao governo. Entretanto, ainda não foi realizada nenhuma reunião oficial. O presidente estadual do PDT, deputado federal eleito Pompeo de Mattos, acredita que haverá um encontro com representantes do novo governo ainda esta semana para tratar do tema. “Se o governador Sartori entender que o PDT é importante para o governo, e se tivermos espaço para sermos protagonistas, vamos analisar a proposta com atenção”, comentou Pompeo – evitando qualquer fala que expressasse a vontade de aderir ou não ao novo governo. Contudo, revelou que a maioria dos militantes da sigla votou no peemedebista “sem pedir nada em troca”.

Quanto ao PTB, o presidente estadual da sigla, deputado federal Luiz Carlos Busato, afirmou que não houve nenhuma reunião com os articuladores políticos de Sartori. Mas deixou claro que isso não significa que o PTB vai fazer oposição ao governo Sartori. Em vez disso, defende uma postura de independência. “Não faremos oposição ferrenha, porque isso não esta no nosso DNA. Vamos defender nossas bandeiras trabalhistas.”

Além disso, o presidente estadual do PTB disse que a adesão ao novo governo já não figura mais na pauta dos petebistas. “O pessoal do Sartori já teve conversas com o PDT. Conosco, não houve nenhum convite, nem nos oferecemos. Não vamos ficar esperando. Vamos tocar nossa vida. Já estamos pensando em 2016 e na eleição da executiva do partido, que acontece em abril de 2015”, projetou. Busato acrescentou ainda que a participação do PTB nas gestões dos ex-governadores Germano Rigotto (PMDB) e Yeda Crusius (PSDB) e agora na de Tarso Genro (PT) se deveu à competência administrativa da legenda à frente da Secretaria do Trabalho e ao tamanho da bancada na Assembleia.

Letier Vivian
São Borja/RS

 

NOS SEUS 60 ANOS, FEIRA DO LIVRO É MARCADA POR INOVAÇÕES

A 60ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre recebeu durante os 17 dias do evento mais de 1,4 milhão de pessoas. Neste período, foram vendidos 400 mil exemplares, diferença de cerca de 4,85% em comparação ao evento do ano passado. Os números foram divulgados pela direção da Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL) na manhã desta terça-feira (18).

De acordo com a diretoria da Câmara, o desempenho nas vendas inferior à edição de 2013, quando foram comercializadas 420.384 unidades, reflete um panorama nacional no mercado editorial. "Em 2013, houve no Brasil um acréscimo de vendas de 9,6%. Já em 2014, aconteceu um decréscimo de 3,31% nas vendas nas grandes livrarias. Isso se deve ao menor número de lançamentos de novos títulos e ao não surgimento de grandes best-sellers", avalia o presidente da entidade, Marco Cena. As feiras do interior (mais de 140) e as alternativas facilitadas de aquisição também têm influenciado no volume de vendas. Outro fator destacado pelo presidente durante a coletiva foram os dias de chuva, incluindo o primeiro domingo, que tem um histórico de movimento intenso.

Vitor Zandomenegui, da Comissão Organizadora, destacou, no entanto, que o ticket médio de vendas esse ano foi maior do que no passado. "As pessoas compraram produtos com maior valor agregado e isso é muito positivo para os empreendedores". Incentivos como vale-cultura, Olimpíadas da Língua Portuguesa, entre outros, motivaram esse incremento.

Segundo a Câmara, o aumento no número de barracas, passando e 9 para 14, na área infantil e juvenil, e o lançamento do projeto Quintanares, que concedeu bônus-livros, no valor de R$ 30, para seis mil alunos de 17 municípios do Rio Grande do Sul, estimularam as compras do setor. "Foi um projeto piloto que deu certo. Além de incrementar as vendas, atingimos o objetivo maior da entidade, que é a formação de novos leitores", destaca Cena. O bônus era um prêmio à consistência e caráter inovador de projetos de leitura desenvolvidos por professores desses alunos nos anos 2013 ou 2014. A visita dos estudantes foi acompanhada por mais de 130 professores.
Ao longo de 17 dias, foram mais de 700 sessões de autógrafos com a presença de autores nacionais e internacionais. A programação para público adulto recebeu aproximadamente 16.231 pessoas, 4% a mais em comparação a 2013. 826 escritores, mediadores, artistas participaram de 176 encontros com o livro, 99 atividades artísticas, 27 oficinas (em 37 módulos) e de 17 sessões de cinema, num total de 319 eventos. Dos participantes, 51 eram brasileiros de fora do RS e 35 foram convidados de outros países (oriundos de Canadá, Argentina, Alemanha, França, Itália, Irã, Israel, Suécia, Noruega, Portugal, Espanha, Polônia, Honduras, México). 740 gaúchos fizeram parte das atividades.

Na Área Infantil foram cerca de 600 atividades, desde encontros com autores, ilustradores, seminários, contações de histórias, apresentações de teatro, oficinas até exposições, entre outras. Na Área Internacional a movimentação também foi muito grande. Foram realizadas 23 aulas abertas de idiomas, bate-papos e oficinas. No Espaço Sesi, 32 atividades para crianças, adolescentes e jovens adultos e na Estação da Acessibilidade, 35 bate-papos e relatos sobre temas relacionados com a inclusão.

Uma inovação na programação foram os Domingos de Criação, intervenções e manifestações de arte simultaneamente em toda a praça, incentivando a integração e interação do público. Para onde quer que você olhasse havia alguma coisa acontecendo. Figurinos de personagens infantis da televisão à disposição das crianças, sarau, fotografia e todo tipo de encenação transformaram a Praça da Alfândega em um grande e agitado palco.

Além das atividades da programação, este ano a Feira apresentou algumas novidades. Entre elas, a praça de alimentação que ganhou um novo layout, privilegiando o conforto dos visitantes, além de novas opções gastronômicas. Aos finais de semana, os food trucks incrementaram o cardápio, oferecendo ótimas opções culinárias a preços atrativos. Outro destaque foi a definitiva inclusão da Feira nas mídias sociais, com grande repercussão do público e a parceria com uma empresa digital para que as publicações com a programação da Feira fossem disponibilizadas em aplicativos para os sistemas Android e iOS. Os apps continham o Guia e a Revista da Feira do Livro, uma sessentona que se moderniza a cada nova edição.

 

Prêmio ARI


RETORNO

a volta do rafa!

De: acegpoa
Enviada: Terça-feira, 18 de Novembro de 2014

Olá.

A pedido do Presidente da ACEG Edgar Vaz, estou retornando as atividades da entidade por tempo indeterminado.

Obrigado pela atenção.

Rafa Souza - 9803.1017

--

Administrativo ACEG
www.aceg-rs.com.br
(51) 3286.8480

 

RUA DA PRAIA SHOPPING APOSTA EM DECORAÇÃO ESPECIAL E APRESENTAÇÕES MUSICAIS PARA O NATAL

o espirito natalino que tu falas é o cifrão..(olides) que espirito natalino p....nenhuma....não vem com esta....

Ambientação estilo vintage e músicos tocando canções natalinas ao vivo pelo mall estão entre as atrações. Até o dia 20/12, consumidores também poderão participar do Correio Solidário, adotando cartinhas com pedidos de crianças carentes.

O clima de Natal já chegou ao Rua da Praia Shopping. A decoração “Natal Vintage”, assinada pela Decorville, conta com os tradicionais sinos e guirlandas que estarão espalhados pelo mall, além de um cenário especial montado na Praça de Eventos do Pavimento Grande Hotel. O Cenário de Natal Vintage agrega estilos como o rústico e o moderno. Uma ambientação com árvores e casas de passarinho, em torno de uma grande e luxuosa porta com um insubstituível Papai Noel.

Além de conferir a decoração temática, o público do Shopping poderá aderir a uma campanha de solidariedade. A partir do dia 25 de novembro, cartinhas com pedidos de presentes de crianças carentes serão disponibilizadas para adoção. O Correio Solidário ficará localizado junto ao cenário de Natal, no Pavimento Grande Hotel. Os presentes deverão ser entregues na administração do empreendimento até o dia 20 de dezembro, ou diretamente na instituição que acolhe a criança. Serão quatro entidades beneficiadas com a ação: Associação de Moradores Amigos da Vila Tronco, creche Nossa Senhora Aparecida, Associação dos Moradores do Vale dos Canudos e Centro Cultural James Kulisz.

Além disso, uma ação com os funcionários do Grupo Isdra, do qual o Rua da Praia Shopping faz parte, também arrecadará presentes para as crianças da Casa do Pequenino, do Instituto Espírita Dias da Cruz. Os presentes serão entregues por uma equipe de funcionários voluntários do Shopping, no dia 20 de dezembro.

NATAL MUSICAL

O Shopping também promoverá ações para os consumidores entrarem no clima das festas de final de ano. Nos dias 18 e 23 de dezembro, interferências musicais irão movimentar o mall e encantar os consumidores. A Banda Brass, que é inspirada nas Marching Bands de New Orleans, circulará pelo empreendimento tocando músicas com temas natalinos e interagindo com o público. Além disso, nos mesmos dias, apresentações com violista acontecerão no Cenário de Natal. “O objetivo é contagiar o nosso público com o espírito natalino”, afirma Catia Medeiros, gerente geral do shopping.

 

Técnicos da equipe de transição iniciam a elaboração do diagnóstico do Estado

Cerca de 300 técnicos e especialistas dos 14 grupos de trabalho instituídos pela equipe de transição do governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) reuniram-se no final da tarde desta terça-feira, 18, no Auditório do Centro de Treinamento da Procergs, na Zona Sul de Porto Alegre. O encontro teve a finalidade de avaliar o andamento do processo de transição, bem como de afinar e aprofundar os trabalhos para o cumprimento das metas e dos prazos já estabelecidos. José Ivo Sartori, governador eleito, José Paulo Cairoli, vice-governador eleito, Carlos Búrigo, coordenador e interlocutor do grupo de transição, e José Fogaça, membro da equipe, participaram da reunião.

O encontro marca o início do trabalho de organização, estudo e avaliação da situação do Estado e da estrutura do poder público, seguindo os temas previamente definidos pelo comitê de transição. “O objetivo central do trabalho é elaborar uma radiografia da realidade complexa e difícil do Rio Grande do Sul”, explicou Fogaça. Essas informações iniciais, que também terão como base a análise dos dados requisitados pela equipe de transição junto à Casa Civil no dia 11 de novembro, ainda vão gerar um conjunto de ações e propostas para atender às questões imediatas dos primeiros três meses de governo.

A expectativa é de que os grupos temáticos produzam o diagnóstico e apresentem o relatório de avaliação até o dia 10 de dezembro, sendo que o documento final deve ser apresentado cinco dias após essa data. “Não é trabalho dos grupos temáticos indicar ou constituir nomes para o governo, mas sim de analisar os dados do Estado. Isso não impede que sejam feitas proposições. No entanto, a condição de definir nomes para o secretariado é uma decisão do governador eleito”, afirmou Fogaça.

Ainda esta semana, novos questionamentos, mais detalhados, devem ser entregues ao atual governo.Essas perguntas serão geradas a partir do trabalho dos grupos temáticos.

Reunião dos comitês de transição

A segunda reunião entre as duas equipes de transição será realizada na próxima segunda-feira, dia 24. Segundo Fogaça, não se trata de um encontro para entrega de documentos, mas uma reunião política para avaliação do andamento da transição.

 

de Serafina

Comunicação Social e Imprensa de Serafina Corrêa em destaque

aquela mala sem alça andava em canela....por isto tava sumido...(olides)

O Jornalista Adriano Mazzarino esteve participando do Congresso
Brasileiro de Vereadores em Canela, de 11 a 14 de Novembro de 2014.
Com Promoção da União dos Vereadores do Brasil, o evento teve a
participação dos estados do Pará, Paraíba, Maranhão, São Paulo, Rio de
Janeiro, Santa Catarina, Bahia e Rio Grande do Sul. Na oportunidade, Mazzarino palestrou sobre a Comunicação como ferramenta de Mandato e citou Serafina Corrêa como exemplo pelo uso de mídias digitais, através do Serafina Acontece!, informativo que é enviado, semanalmente, a todos os contatos e cadastros realizados
através do site. Mais um importante reconhecimento ao trabalho sério,
à divulgação e comunicação realizada no município de Serafina Corrêa.

 

Na próxima segunda-feira haverá Audiência Pública sobre a LOA 2015

a camara não disse que ia ver o assunto do carreiro. pois este sabado e domingo tava cheio de barcos provocando ondas que destroem as margens do rio. fiz várias fotos..(olides)

A Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação (COFT) da Câmara Municipal de Vereadores de Serafina Corrêa – RS, tem a honra de convidar Vossa Senhoria para participar de AUDIÊNCIA PÚBLICA para tratar sobre o Projeto de Lei nº 132/2014 que estima a receita e fixa a despesa do Município de Serafina Corrêa para o exercício financeiro de 2015 – Lei Orçamentária Anual (LOA).

Data: 24/11/2014 (segunda-feira)
Horário: 18 horas
Local: Plenário Darcy Sobreira Soccol, Av. Arthur Oscar nº 1509.

 

Proteção ao Patrimônio será tema de Painel promovido pela Comissão de Educação da Câmara

Comunidade é convidada a participar de programação educativa e informativa sobre a importância de preservar o patrimônio histórico, cultural e artístico do Município.

A Comissão de Cultura, Educação e Assistência Social da Câmara de Vereadores de Serafina Corrêa (CCEAS) promove um painel informativo e educativo sobre a importância da preservação do Patrimônio Histórico e Cultural do Município. O evento conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Secretaria Municipal de Educação e será realizado na quinta-feira da próxima semana (27), a partir das 19 horas e 30 minutos, no Plenário da Câmara.

O Painel sobre Proteção ao Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de Serafina Corrêa visa alertar para a importância do tema, além de contribuir para o crescimento cultural e artístico de nossa sociedade. Para isso, a Comissão de Educação contará com a presença de diretor da Associação em Defesa do Patrimônio Histórico – Defender e de responsável pelo Escritório Regional do IPHAN do Município de Antônio Prado, para compartilhar experiências, projetos e trabalhos realizados na região.

Participe!
Data: quinta-feira, dia 27 de novembro de 2014.
Horário: 19 horas e 30 minutos
Local: Plenário Darcy Sobreira Soccol - Câmara de Vereadores de Serafina Corrêa.


18 de novembro
de 2014


TIROS EM SERAFINA

neste domingo de manha fui buscar mel lá no meneghatti....3,5km da cidade. a estrada é uma pirambeira....

* mas a caminhada foi tri boa....

* na volta, pouco antes do calçamento, começaram a espoquetar tiros de revólver....

* deram dois, numa casa....

* saiu um fumace de dentro da casa.

* não ouvi gritos, nem nada.

* falei pro brigadiano de plantão. ele se mandou atrás.

* minha mãe se assustou. achou que era um atentado ' contra mim' por causa do meu livro difamatório,segundo alguns.

* va lá, não é tanto assim.....

 

ASCENÇÃO SOCIAL....

levei vários ' gazetinhas' pro rio carreiro pra ler. num deles vi que a adriana sabadin agora é diretora do CSgaucho....

* pensei: saiu da capela santana pra virar diretora do clube que só mandavam ' i fioi de miguel soccol"

* ou seja, era e sempre foi a elite de serafina...

* elite meia besta, mas va lá...

 

de serafina

ESQUECIMENTO

fiz uma rápida pesquisa no bar do maruccus e ninguém lá mais sabe quem foi o exator |Mário Rocha.

duas vezes derrotada pela ' gloriosa' arena serafinense, bem que ele merecia uma rua com seu nome.

* a quantidade de carros em serafina é impressionante. mas logo haverá parquimetro com estacionemto pago na área central

* fiz uma breve visita ao professor fincato. sempre lembro a ele do nosso tempo que torciamos pelo alcindo. havia um ' traira' na turma, torcedor colorado, que as vezes se manifesta neste blog.

* ' este traira' adotou a ' violenta' cidade de palmeira das missões pra viver....

* embora violencia esteja em serafina. tem muito crack na cidade.é droga mesmo, não é craque.

esperemos que o prefa bico branco repare o esquecimento do exator mário rocha e encaminhe a algum vereador a sugestão pra dar uma rua com o nome do exator do MDB que foi derrotado pela arena...

* o problema é que um advogado está pronto em porto alegre pra acionar o MP pra saber porque o nome da rua de mário rocha

* quizilhas são quisilhas....

 

Coleguinhas

Mendelsky não foi pra turquia coisissima nenhuma.

* um linguarudo me disse que ele tá aqui em porto

* volta na semana que vem.

Hoje kenny braga assinada sua rescição com a rádio gaúcha e diário gaúcho.

 

de serafina

Um ' mau elemento' que andava muito por serafina sumiu....

* ele tem um blog no vale do taquari....

* não foi lá picaretear nem agora que a chamada CIDADE SIMPATIA virou noticia nacional por causa da língua que fala..

* este findi pedi uma birra(cerveja) a um cara...

* ele não sabia o que era....

* - mas eu sou negro, me disse. não preciso falar esta língua aí.

fez frio tanto sabado de manhã, como domingo de manha, como segunda, hoje

* frio de abril,de época de páscoa....

* mas o rio carreiro estava demais de tarde, com sol puro a tarde toda. sem uma nuvem...

* peguei 2 dias de sol. e umv ermelhão....

eram 8 da matina quando cheguei na prefa agora de manhã. o prefeito bico branco já tava a mil e a luana, sua secretária também tava lá...

* bico não foi a foz do iguaçu onde terça entreguam alguma coisa da lingua talian...

* preferiu ficar cuidando de tapar buracos que dá mais votos.

quero quero fechou a loja em serafina. domingo retrasado houve liquidação total do que havia lá dentro.

* no mesmo local abriu a mundo novo.....

Sartori convidou luis gheller pra ser candidato a deputado federal.

* ele disse que não tinha 3 milhões pra campanha

* apoiou giovani feltes

no restaurante do zanella no sábado ultimo almoçava um casal ....

* ele já foi casado com uma política que empresta o nome a um recinto público

* ela é viúva de alguém que foi ligado a UFRGS,se não tou enganado.

* vivem muito bem ao que tudo indica.

Bico branco, o prefeito, não está hoje em foz do iguaçu pra evento do talian....

* sabe que estarão lá a vereadora salete cadore e o vereador paulo massolini

* considera que o municipio está bem representado....

* indo mais que o massolini sempre teve a frente desta luta....

* no passado os dois edis mantinham rixas homéricas.

* hoje parece que a coisa acalmou....

* é a maturidade

 

Acidente

na ' subida' pra serafina no sabado de manhã, perto do meio dia perto de Estrela acidente com moto...atropelamento feio....socorro veio em seguida....

 

dos leitores...

Pode, de o crédito(olides)

From: arquiteclino belderagas
Sent: Seg 17/11/14 15:53

Boa tarde Olides!
Sou fã do Kenny e procurando fotos dele achei uma em seu blog. Só que visitando seu blog GOSTEI demais e também fiquei seu fã.
Gostaria de saber de você se posso postar algumas fotos de seu blog em meu facebook (dando o devido crédito em cada foto é claro)
abs

 

Flanando pela Capital dos Pampas - Um sábado e um domingo à margem do Guaíba

Nem só de Paris vive o homem - Enquanto a alta burguesia porto-alegrense limita-se a frequentar a Pracinha da Encol e o Parcão do Moinhos de Vento, boa parte das classes menos favorecidas desta cidade diverte-se nos fins de semana entre os bosques do Parque Estância da Harmonia e a a margem do rio, de onde se descortina a imensidão do Guaíba (embora também tenha muito abonado por ali, haja vista os carros tinindos de novos estacionados nas alamedas do parque, à sobre das grandes árvores, e o pessoal fazendo jogging com roupas esportivas prá lá de chiques). As fotos, do Laurinho da Venâncio, registram alguns flagrantes desta área da cidade no ensolarado fim de semana que passou.

 

Getúlio

De: letier12
Enviada: Segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

História

Nem desespero, nem covardia. Gesto de Vargas foi político*

Trilogia sobre Getúlio traz perfil do ex-presidente, até hoje atual e polêmico. Ao suicidar-se para que 'nenhum sangue fosse derramado", exceto o 'de um homem cansado e enojado', encontrou solução política

por Amaro Augusto Dornelles

Na segunda gestão na presidência, Vargas buscou pactos de governabilidade
São Paulo - O projeto de biografar o “Velho Caudilho” consumiu cinco anos de dedicação praticamente integral do autor, o jornalista e escritor cearense Lira Neto. “Lembro que, na época, comprei um novo computador para a empreitada. Só que antes do final do trabalho ele se mostrou insuficiente para suportar o volume de dados e documentos digitalizados. Eram tantas fotos, filmes, arquivos sonoros, charges, cartazes, panfletos, cópias e recordes de jornais e revistas, bilhetes, telegramas, memorandos, ofícios, inquéritos policiais militares, anais parlamentares, processos judiciais, teses acadêmicas e livros, que faltou memória”, conta.

De fato, proporcionar aos brasileiros conhecer e entender o papel desse personagem na história do país é desafio que vale o esforço. Afinal, até hoje sua passagem é cercada de polêmicas. Assim como seu legado para os projetos de desenvolvimento do país de um lado, e de entendimento das relações e da legislação trabalhistas, de outro. Sua dimensão é tamanha que no final de 1994, quatro décadas depois do tiro que tirou Getúlio da vida e o eternizou, o presidente recém-eleito, Fernando Henrique Cardoso, prometia para os próximos anos “o fim da Era Vargas”

O primeiro volume da obra de Lira Neto veio em 2012: 1882-1930, Dos Anos de Formação à Conquista do Poder. No ano passado, saiu 1930-1945, Do Governo Provisório à Ditadura do Estado Novo. Uma rara combinação de virtudes está presente em Getúlio, 1945-1954 – Da Volta pela Consagração Popular ao Suicídio, o terceiro e último volume da biografia. O lançamento foi em agosto, na passagem dos 60 anos do suicídio de Vargas, no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro Conhecer a história continua sendo o melhor antídoto para um povo não repetir erros já cometidos. A compreensão do passado ganha consistência quando os fatos analisados são fartamente documentados. Melhor ainda quando os acontecimentos são redigidos com a isenção que se espera de um historiador, sem que se abra mão da melhor técnica narrativa, de um enredo que parece ficção.

A realidade, como se sabe, pode superar a mais elaborada criação literária. “Para o bem ou para o mal, Getúlio é o personagem político mais importante da história do Brasil”, costuma dizer Lira Neto, ao deixar clara sua isenção em relação ao biografado. O último volume da trilogia começa em São Borja, onde Getúlio buscou exílio depois de 15 anos de poder no Catete. Um apontamento de 1945 registra o estado de espírito dele, ao voltar para o Rio Grande: “Entrei para o governo por uma revolução, saí por uma quartelada”.

O legado de Vargas permanece até hoje, goste-se ou não. A começar pela questão legislação trabalhista, toda a regulamentação da relação capital e trabalho, assim como no seu projeto de desenvolvimento, com a criação da Petrobras, BNDES, Banco do Nordeste, Eletrobras, só para citar alguns exemplos. “Agora, temos de ter como perspectiva – e foi com isso que me preocupei como biógrafo – a necessidade de fugir do maniqueísmo; de tentar vê-lo só por um lado positivo, ou só negativo, do ditador que perseguiu liberdades democráticas. Ele é fascinante exatamente por isso: ele é isso e é aquilo. Qualquer tentativa de analisá-lo por um único viés vai cair no pecado original daqueles que simplesmente o amam ou o odeiam”, sustenta o biógrafo.

Getúlio é identificado como ditador, violento, responsável pelo fechamento do Congresso. Mas também como o homem que exerceu um papel de protagonista na invenção do Brasil moderno. Tais facetas fascinam quem conhece sua história; um homem que caiu em 1945, como ditador, e teve forças para voltar em 1950, eleito pelo voto popular, na condição de grande líder de massas.“A forma como ele escolheu para passar à história, dando fim à própria vida, ajudou a consolidar ainda mais a sua permanência no imaginário coletivo”, diz Lira Neto.

Correspondência

A grande contribuição do escritor para a compreensão do fenômeno Getúlio Dornelles Vargas é o resgate da correspondência – inédita – mantida com a filha Alzira. Para o jornalista, a primogênita se tornou uma espécie de embaixatriz do getulismo na capital federal, mantendo o pai, deposto por militares em 1945, informado sobre os bastidores do governo Eurico Gaspar Dutra e ao mesmo tempo ajudando-o a manter as rédeas do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Procurado pela imprensa – ou mesmo por correligionários – para falar sobre sua volta à política, Getúlio sempre desconversava. Dizia estar disposto a permanecer calado até as eleições.
Um ano depois, em 1946, no entanto, o ex-ditador voltaria ao Rio de Janeiro nos braços do povo, que votou maciçamente em seu nome para o Senado. A partir do amplo ‘arsenal de informações’ coletadas, o autor reproduz o clima histórico do país ano após ano. Em 1949, com a sagacidade que se tornou sua marca registrada, Getúlio deixou transparecer a possibilidade de voltar ao Palácio do Catete.
A partir daí o movimento “queremista” recomeçou a ecoar por todo Brasil, exigindo a volta do “Pai dos Pobres” à presidência. A consagradora votação alcançada na eleição de 1950 foi o marco inicial de um dos períodos mais conturbados da vida política nacional. A oposição visceral da União Democrática Nacional (UDN) e da imprensa – liderada por Carlos Lacerda – combateu todas as iniciativas populares do segundo governo Vargas. E também as nacionalistas. Em 3 de outubro de 1953, por exemplo, foi criada a Petrobras, depois de 22 meses de tramitação no Congresso.
O Última Hora foi o único jornal a dar destaque positivo ao fato na primeira página. Os demais deram a notícia em espaços reduzidos em páginas internas. Ao contrário dos editoriais e comentários assinados, todos contra a Petrobras, que ganhavam destaque. No seu Diário da Noite, Assis Chateaubriand rotulou a abertura daquela que se tornaria a maior empresa brasileira de todos os tempos como “capricho caro”, reprovando a opção brasileira pelo monopólio estatal do petróleo. Chatô lembrava que Estados Unidos e Canadá jamais haviam cedido à tentação de nacionalizar a pesquisa ou a indústria de petróleo. “Se essa lição parte das duas nações melhor administradas da terra, por que vamos adotar aqui um sistema peculiar a xenófobos de países inferiores?” O Correio da Manhã tachou a criação da Petrobras como aventura de “nacionalistas rasteiros”, defensores de “monstruosidades”.
Os Diários Associados deram espaço para o deputado Plínio Pompeu (UDN) cometer uma análise primorosa: “A Petrobras é um convite para que se retirem do Brasil os que colaboram conosco”, sustentava o parlamentar, dizendo que a culpa era do governo Vargas, covarde e incapaz de resistir à onda comunista”. Do alto de sua indignação, o udenista previu que a experiência fracassaria dentro de um ano, no máximo.

Com a autoridade de quem mergulhou de corpo e alma durante meia década na vida do mais controverso político deste país, Lira Neto ressalta que, depois de governar com mão de ferro o Brasil durante o Estado Novo – perseguindo adversários, imprensa e quem contrariasse seus planos –, de 1951 a 1954 Getúlio jamais utilizou a força para fazer valer sua vontade. E ressalta que o segundo governo se deu sob o Estado democrático, com Congresso funcionando e imprensa livre para criticar. Seu ministério foi de coalizão – uma espécie de pacto de governabilidade, como se diz hoje –, trazendo até um representante da arquirrival UDN, para ocupar o Ministério da Agricultura.

Como hoje, as pressões contra o governo eram múltiplas. Com a astúcia que se tornou marca de sua política, Vargas montou uma equipe especial para assessorá-lo. No primeiro dia de seu mandato, convocou o economista baiano Rômulo de Almeida, diretor da Confederação Nacional da Indústria, e o incumbiu de uma importante tarefa: compor uma assessoria econômica, ligada diretamente à secretaria da Presidência, para elaborar estudos e projetos de infraestrutura em áreas consideradas estratégicas, como energia, transporte e industrialização. No livro, o próprio Rômulo de Almeida – que recebeu carta branca do chefe para selecionar auxiliares em função da competência técnica, desde que fossem nacionalistas – conta que “quase ninguém” sabia da existência da assessoria econômica.

Tubarões

“Era o chamado Ministério dos Tubarões, por reunir representantes dos empresários, banqueiros e usineiros, só peixe graúdo”, diz Lira Neto. “Eles tinham uma sala no primeiro piso do Catete e trabalhavam livres de qualquer tipo de pressão política, militar ou o que fosse. Foi desse grupo que saíram todos os projetos de desenvolvimento daquele período, como Petrobras, Eletrobras, BNDES, Banco do Nordeste.”

O tempo passava e a oposição não dava tréguas. A imprensa “espetacularizava” denúncias reais e forjadas, mantendo o governo sempre em xeque. Até chegar a hora em que a pressão se tornou irresistível: era o “mar de lama” que transbordava no noticiário político e se transformava no assunto de todo mundo. Pelo que se constata, mesmo com toda evolução do aparato tecnológico, a velha mídia não muda. Até hoje envolto em uma aura de mistério, o atentado a Lacerda, em agosto de 1954, é apresentado em múltiplas versões. Inclusive uma segundo a qual o próprio jornalista confessa não ter entregue sua arma à perícia por temer que dela tivesse partido o tiro no militar, acidentalmente. Acuado pela eminência de um golpe militar, Getúlio chegou a esboçar uma resistência, mas preferiu o tiro no coração à renúncia.

Segundo Lira Neto, a resistência ao golpe – “Sim, golpe, pois Vargas foi eleito pelo voto democrático e governou com o Congresso” – suscita dúvidas até hoje. Ele lembra que há interpretações – como a da própria filha Alzira – sobre uma possível resistência. Ela acreditava que o pai tinha todas as condições objetivas, militares, de resistir ao cerco de brigadeiros, almirantes e generais. O trio havia assinado os três famosos manifestos exigindo a renúncia. A Vila Militar ainda não havia aderido ao golpe.

Na célebre reunião que antecedeu o suicídio, Alzira irrompeu na sala onde o ministério discutia com o presidente a conjuntura política. Depois de bater na mesa, a moça peitou o general Zenóbio Costa, ministro da Guerra, propondo não entregar os pontos diante das adversidades. E perguntou à queima-roupa: “E a Vila Militar? Alguém faz uma revolução, ou dá um golpe, sem a Vila Militar? Pois nós estamos prontos para responder à bala! Meus informantes dizem que a Vila Militar está como o presidente”.
Lira Neto lembra que Alzira Vargas escreveu um livro – Getúlio Vargas, meu pai –, mas deixou de fora outras notas destinadas ao segundo volume, que ficaram inéditos. Foi nelas que o autor encontrou, com impressionante riqueza de detalhes, informações sobre o que aconteceu até a crise final: “Alzira diz que os Vargas estavam armados. Ela tinha um revólver na bolsa, esperando que os militares viessem tirar Getúlio do Palácio”.

A carta-testamento de Getúlio Vargas permite mais de uma leitura. Maciel Filho, o secretário particular que a datilografou – o chefe não sabia usar a máquina de datilografia – declarou não entender aquilo como carta de um suicida. Mais tarde, quando foi cobrado pela família sobre o motivo de não alertar ninguém, disse achar que fosse uma carta de resistência, não de suicídio. Se você ler a carta- testamento na perspectiva de alguém que está disposto a morrer com a arma na mão, ela tem esse sentido. Para Maciel, o documento era o testemunho de um homem disposto a morrer lutando.

Mas Getúlio escolheu poupar os outros e disse, textualmente, que “se algum sangue for derramado, será o de um homem cansado e enojado de tudo isso”. Em geral, o senso comum costuma entender o suicídio como ato de desespero ou covardia. Para Lira, naquele momento, o ato de Getúlio não correspondia a nenhum dos dois. Era, na verdade, um ato político, calculado friamente, do qual ele sabia da eloquência, do significado e dos efeitos sobre a crise política. Ele sabia que o gesto seria tão forte, com efeitos tão intensos, que seus adversários teriam de partir para a defensiva. “Curiosamente, a derrota naquele momento – sua morte – significou uma vitória. Ele conseguiu trocar os sinais de uma equação política que já parecia resolvida: quem era vitorioso passou a ser derrotado, e o quase certo derrotado foi o grande vitorioso, não só para aquele momento, mas para a própria história.”

*por Amaro Augusto Dornelles

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Painel Afrobrasileiro é entregue a população

Museu de Percurso inaugura 4º Marco em Porto Alegre

O Grupo de Trabalho Angola Janga, o Ministério da Cultura e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial convidam para a inauguração do Painel Afrobrasileiro, obra de arte pública que integra a etapa IV do Museu de Percurso do Negro em Porto Alegre. O evento ocorre dia 20 de novembro de 2014, às 16h30min, no Largo Glênio Peres, no Centro Histórico, e conta com apoio da Secretaria da Cultura da PMPA. O Painel Afrobrasileiro é uma concepção de Pelópidas Thebano, com execução de Vinicius Vieira, na técnica mosaico cerâmico, com as dimensões: 95 x 600 cm.

O Museu de Percurso do Negro em Porto Alegre é uma demanda oriunda do Centro de Referência Afrobrasileiro - CRAB, e busca visibilizar a comunidade negra com a construção de obras de arte no espaço público da cidade.

Para a presidenta do Angola Janga, Veneza Bittencourt “o marco significa uma enorme conquista da comunidade negra que tem reconhecido um espaço seu. Uma obra artística de peso vem a ocupar o 4º marco”.

Serviço:

O que: Painel Afrobrasileiro
Onde: Largo Glênio Peres, Centro Histórico de Porto Alegre
Quando: 20 de novembro, quinta-feira, às 16h30min
Contatos com a imprensa: Vinicius Vieira – 98984006, Ivan Braz – 85604062

 

Feira do Livro de Porto Alegre se despede com festa

Foto: Mariana Fontoura

Ao som do pandeiro, tambor, violão e gaita, a Feira do Livro de Porto Alegre se despediu do público nesta noite de domingo (16). Ao toque da sineta, os livreiros assumiram o lugar do xerife Julio La Porta, falecido em 2013, e promoveram um verdadeiro "sinetaço" enquanto o cortejo passava simbolizando mais um encerramento do evento. Foi uma verdadeira expressão do que foi a 60ª edição da Feira do Livro. "Durante todo o evento, as pessoas me diziam que a Feira estava diferente este ano e eu não sabia dizer o que era. Talvez a união da música, do teatro e da literatura promoveu uma diversidade maior e a importância do livro ficou mais evidente", avalia o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Marco Cena.
Pela primeira vez à frente do maior evento literário a céu aberto das Américas, Cena diz que sai com outra visão da Feira. "Apesar de viver o universo do livro, não tinha a dimensão da importância dele para as pessoas. Acompanhar uma criança que pela primeira vez adquiriu um livro através do projeto Quintanares, que distribuiu bônus-livros para alunos de todo o estado, faz a gente enxergar esse evento de outra forma", destaca.

Para o Patrono Airton Ortiz, a Feira do Livro teve diversos significados. Do ponto de vista profissional, o ajudou a divulgar sua obra junto ao público que normalmente não é seu leitor. "É um reconhecimento a uma vida inteira dedicada ao livro". Mas Ortiz ressalta que isso não é o mais importante. "O carinho que as pessoas têm pela Feira, a ser canalizado no Patrono, me humaniza ainda mais". Ele diz que sai do evento melhor do que entrou. "A Feira me ajudou a amplificar o que venho fazendo a vida toda, no sentido de conscientizar as pessoas da importância da leitura. Como esse também é o principal objetivo do evento, acho que acrescentei à própria Feira". Segundo Ortiz, ter sido Patrono encerra um ciclo na carreira de escritor. "Espero daqui para frente iniciar uma nova etapa, dedicando mais tempo à literatura. Quero escrever e ler mais. Ler alguns livros que ainda estou me devendo", completa.
A tradicional entrega de rosas protagonizou as imagens mais bonitas. Na praça de autógrafos, o cortejo encabeçado pela Comissão Organizadora da Feira encontrou o grupo Maracatu Truvão e a festa ficou completa. Todos caíram na dança contagiados pela alegria e à espera do próximo encontro.

 

Balanço da Feira do Livro será apresentado em coletiva nesta terça-feira

A diretoria da Câmara Rio-Grandense do Livro convida a imprensa para apresentar o balanço da 60ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre. O encontro é nesta terça-feira, 18/11, às 10h30, na Tenda de Pasárgadas, na Praça da Alfândega.
Confirme presença através do e-mail camejo@camejo.com.br ou pelo fone: (51) 3346-4642.

Serviço:

Evento: Brunch com coletiva de imprensa para anunciar balanço da Feira do Livro 2014
Data: 18/11 – terça-feira
Horário: 10h30
Local: Tenda de Pasárgadas – em frente ao Memorial do RS – Rua Sete de Setembro, 1020.

 

Técnicos da equipe de transição reúnem-se nesta terça-feira

A equipe de transição do governador eleito José Ivo Sartori (PMDB) realiza, nesta terça-feira (18), às 18 horas, no Auditório do Centro de Treinamento da Procergs, um encontro dos grupos temáticos.

Os grupos de trabalho dividem-se em diferentes temas: Administração, Agricultura, Ciência e Tecnologia, Cultura, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Econômico, Educação, Fazenda, Governança, Infraestrutura, Meio Ambiente, Saúde, Segurança e Sistema Financeiro. Os técnicos integrantes dos grupos foram indicados pelo governador eleito e pelos partidos que compuseram a coligação O Novo Caminho para o Rio Grande (PMDB, PSD, PSB, PPS, PHS, PTdoB, PSL e PSDC). Ainda serão convocados técnicos e especialistas nos respectivos temas.

A reunião tem por objetivos diagnosticar cada área, propor a estruturação de secretarias e órgãos e organizar as providências e ações imediatas para os primeiros 90 dias de governo.

 

Sartori visita a Feira do Livro em Porto Alegre

Foto: Karine Viana

No final da tarde deste domingo (16/11), o governador eleito José Ivo Sartori visitou a 60ª Feira do Livro em Porto Alegre, onde percorreu parte dos 140 estandes e concedeu entrevista para a organização do evento. Na ocasião, conversou com o patrono da Feira, Airton Ortiz, e o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, Marcos Senna.

O peemedebista falou de suas preferências literárias, da importância da Feira do Livro para estimular a leitura e antecipou algumas ações estruturais para a Cultura no Estado. "Tu ver o escritor dialogando com os alunos na feira é algo que serve de exemplo para o avanço da educação e cultura", destacou.

Sartori também salientou a manifestação dos municípios na promoção literária através das feiras. "Tem que ter mecanismos para estimular a produção literária e incentivo a novos escritores".

 

da Follha Popular de Teutônia

 

de Serafina

Bairro Planalto comemora a construção da Praça

bico branco prefere obras do que ' ndar via ' far comicio pro talian(olides)

A Prefeitura de Serafina Corrêa iniciou, no mês de Novembro, a obra
de execução do Projeto de Paisagismo da Praça no Bairro Planalto.
Localizada na Via Veneza, esquina com a Avenida Padre Luigi Salvucci,
ao lado da Unidade Básica de Saúde Planalto, será implantada uma Praça
com arborização, vegetação, paisagismo, cercamento, pavimentação,
pergolado, bancos, além da implantação de Parque Infantil, Brinquedos
em madeira e equipamentos de Academia ao Ar Livre. Serão investidos
mais de R$ 186 mil, com área de 1.162,50m². A construção da Praça no Loteamento Maccari, Bairro Planalto, representa a concretização de um sonho da comunidade serafinense, com a construção de um ambiente de lazer, esporte, diversão, saúde e muita qualidade de vida.

 

Estudantes da EJA visitam a CORSAN

No dia 13 de Novembro, os alunos da Educação de Jovens e Adultos da
Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier estiveram visitando a
Estação de Tratamento de Água – CORSAN. Acompanhados pela professora
da disciplina de Ciências que aborda o assunto nas turmas.
A atividade teve como principal objetivo conhecer de perto todo o
processo de tratamento de água em nossa cidade, desde a chegada da
água bruta vinda do Rio Carreiro, os vários processos de purificação
pelos quais passa essa água, até chegar nas casas. Com isso, os alunos
aprenderam a valorizar e confiar na qualidade de nossa água, bem como
a importância de usar racionalmente esse recurso hídrico.

 

Plano Municipal de Educação

Uma Caminhada coletiva para Qualificar a Educação

O Plano Municipal de Educação é uma política educacional. Um conjunto
de reflexões, de intenções e de ações que respondem a demandas reais
da Educação do município. Não é um Plano de Governo, limitado a um
mandato de prefeito, mas um Plano de Estado, com dez anos de duração
e institucionalizado por meio de Lei Municipal, articulada a uma
legislação Estadual e Nacional. Trata-se de uma exigência prevista na
Lei Federal nº 10.172, de 09 de Janeiro de 2001, que instituiu o Plano
Nacional de Educação (PNE). Não é meramente um projeto ou soma de projetos da Educação Escolar da Rede Municipal . O PME engloba ações de todas as esferas
administrativas atuantes no município: a Rede Estadual de Ensino e as
Instituições Federais de Educação. E as escolas privadas, apesar de
serem de livre iniciativa, devem colaborar e se submeter às regras e
leis públicas, inclusive à lei em que se converterá o PME. Por isso,
são convidadas a participar do processo.

O PME se integrará ao Plano Diretor do Município e aos Planos de
Desenvolvimento Sustentáveis do Município e da região, dando-lhes
coerência teórica e ideológica e garantindo a efetividade das
estratégias e ações de todas as políticas públicas e das atividades
econômicas e culturais que compõem a estrutura e superestrutura da
sociedade municipal. Nos dias 10 e 11 de Novembro, a Secretária Municipal de Educação,
Morgana Áurea Rech e a Assessora Administrativa Fabiana Valiatti
Bordin estiveram em Porto Alegre, na sede da DPM (Delegação das
Prefeituras Municipais), participando de uma formação sobre a
elaboração do Plano Municipal de Educação, prestada pela Advogada
Patrícia Feijó e pela Professora Mestre em Educação, Márcia Helena
Pilon Mainardi, sendo que, a partir de agora, o município iniciará as
etapas do processo de construção do Plano. O papel central da Secretaria Municipal de Educação é gerenciar o
processo de construção do PME, porém, este ano não é um ato isolado da
comunidade educativa, é preciso envolver toda a sociedade no processo.

 

Cobertura de Quadra Escolar em fase final

A comunidade serafinense comemora mais uma importante obra que vai ao
encontro das necessidades locais: a construção de uma Quadra Escolar
coberta. A obra está sendo construída na Rua Santa Lúcia, Bairro
Gramadinho, nos fundos da Creche Proinfância. Com investimentos do PAC
2, recursos de mais de R$ 184 mil, Termo de Compromisso entre o
Ministério da Educação, através do FNDE, e o município, a cobertura de
Quadra de Esportes tem cerca de 622m² de área coberta e beneficia a
comunidade serafinense com esporte, lazer e qualidade de vida.

 

Praça Santa Lúcia no Bairro Gramadinho

A Prefeitura de Serafina Corrêa iniciou mais uma importante obra no Bairro Gramadinho: a construção da Praça Santa Lúcia. Há poucos dias, foi executada a modernização do Ginásio Valdomiro Castro e implantado, na área externa, espaços para a prática de esportes e de lazer. Com isso, a implantação de mais essa Praça visa à adequação e aproveitamento do espaço para oferecer à população um local para lazer e convivência. Na Praça Santa Lúcia será feita arborização, vegetação, paisagismo, pavimentação, cercamento, bancos e pergolado. Foram projetados espaços para convivência e lazer junto aos caminhos de circulação com bancos de madeira e sob pergolado coberto por vegetação. O ajardinamento prevê vegetação arbustiva, gramado e arborização com plantas de grande porte para sombreamento. Localizada na Rua João Bellenzier, Bairro Gramadinho, a Praça Santa Lúcia será mais um importante espaço de lazer, convivência e qualidade de vida para todos.

 

Talian receberá certificado de Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil

O Talian, língua co-oficial do município de Serafina Corrêa, receberá do Ministério da Cultura o reconhecimento e Certificado de Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil e de Língua de Referência Cultural da República Federativa do Brasil. Este importante momento de valorização e passo histórico para a preservação da história e da cultura acontecerá na terça-feira, dia 18, durante o Seminário Ibero-Americano de Diversidade Linguística.

O Vereador Paulo José Massolini já está na cidade paranaense de Foz do Iguaçu, onde o evento é realizado entre os dias 17 e 20 deste mês. Sua ausência na Sessão Ordinária desta segunda-feira (17), teve a justificativa aprovada pelos Vereadores, uma vez que ele representa as entidades de defesa e divulgação do Talian e foi convidado para receber este reconhecimento tão importante.

A Vereadora Salete Cadore também estará presente na solenidade como Presidente da Comissão de Educação da Câmara e representante da Mesa Diretora e demais legisladores Serafinenses.

 

Assista TVA Vicenza em 18 e 20.11.2014 importante do documentário online sobre a Língua Talian

Caros amigos do Brasil e Itália.

A TVA Vicenza – Itália fará importante transmissão sobre a LÍNGUA TALIAN em 18.11.2014 (terça – feira) as 20h30 da Itália e 17h30 do Brasil.

O mesmo programa será reprisado dia 20.11.2014 (quarta-feira) no mesmo horário.

Para acompanhar uma belíssima transmissão acesse: www.tvavicenza.it. (online).

Um abraço a todos.

Paulo José Massolini
Presidente

 

Academias ao Ar Livre em Serafina Corrêa

Academias ao Ar Livre são importantes espaços públicos destinados à melhoria da condição física, qualidade de vida e saúde para a população. Localizadas no Bairro Santin, Bairro Aparecida e Bairro Gramadinho, possuem equipamentos que não têm peso e as pessoas usam apenas a força do corpo para fazer exercícios de musculação e alongamento. As atividades físicas nas Academias trazem diversos benefícios à saúde de seus usuários, favorecendo o trabalho cardiovascular, a coordenação motora e o equilíbrio, que são capacidades motoras importantes, principalmente para os indivíduos da terceira idade, que é o público que mais frequenta as academias ao ar livre e que vem cada vez mais buscando seu espaço nesses locais. As atividades são indicadas para maiores de 12 anos e principalmente para pessoas da terceira idade que perdem naturalmente um pouco da força muscular com o passar dos anos. É importante salientar que as Academias podem ser usadas por qualquer pessoa. As aulas acontecem às terças-feiras no Bairro Gramadinho e no Bairro Santin, com a orientação da Professora de Educação Física Dioneia Ceccagno. Os horários das aulas serão informados pelas Agentes Comunitárias de Saúde e nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros.

CITADINO DE FUTSAL 2014

Em reunião realizada quinta-feira, dia 13 de Novembro na Secretaria
de Turismo, com a presença dos representantes das equipes que
participarão do Citadino de Futsal 2014, Séries A e B. Na
oportunidade, foi realizado o sorteio da primeira e da 2ª rodada,
discussão e aprovação do regulamento e definido o início do
campeonato, dia 18 de Novembro, terça-feira, no Ginásio Municipal de
Esportes Irceu Antônio Gasparin, a partir das 19h.

CITADINO DE FUTSAL 2014 SÉRIE: A
CHAVE A
CHAVE B
1 – GAÚCHA
7 – SANTANA /CENTRO ODONT. MATIELLO
2 – AMÉRICA
8 – RODION
3 – SANTA CRUZ
9 – SILVA JARDIM
4 – VILLA/AGAFARMA
10 –COOPERLATE
5 – LEGIÃO
11 – NACIONAL
6 – CLUBE ATLÉTICO BOCA BRABA

CITADINO DE FUTSAL 2014 SÉRIE: B
A
B
C
1 – PSG
6 – MARCHA LENTA
11 – ATLÉTICO GAÚCHO
2 –FORQUILHA F. C.
7 – JUVENIL
12 – CLUBE ATLÉTICO SERAFINENSE
3 – MEIA BOKA F. C.
8 – E.W. CARREGAMENTOS
13 – LEGIÃO B
4 – JUVENTUS
9 – CAMARÕES
14 –PONTO CERTO
5 – CLUBE ATLÉTICO FARRAPOS
10 – ATLÉTICO JUNIORS

TERÇA-FEIRA - 18 DE NOVEMBRO
SÉRIE B- 19h – PSG X FORQUILHA F. C.
SÉRIE B - SEQUÊNCIA: MARCHA LENTA X JUVENIL
SÉRIE A – SEQUÊNCIA: GAÚCHA X AMÉRICA
SÉRIE A – SEQUÊNCIA: SANTANA CENTRO ODONTOLÓGICO MATIELLO X RODION

QUINTA-FEIRA - 20 DE NOVEMBRO
SÉRIE B - 19h: LEGIÃO B X PONTO CERTO
SÉRIE B - SEQUÊNCIA: MEIA BOKA X JUVENTUS
SÉRIE A – SEQUÊNCIA: SANTA CRUZ X VILLA AGAFARMA
SÉRIE A – SEQUÊNCIA: SILVA JARDIM X COOPERLATE


17 de novembro
de 2014


Feira do Livro

so peguei um livro que me interessava no troca troca. a biografia do wilson simonal.

 

Coleguinhas

kenny braga almoçava no gambrinus na 6 passada. ao lado valter todt.

 

Grupo Sinos demite jornalistas e extingue cargos

é a tal da crise(olides)

De: delegaciadovale
Enviada: Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

Grupo Sinos demite jornalistas e extingue cargos

Alegando reestruturação, o Grupo Editorial Sinos demitiu na terça-feira, dia 11, os editores-chefes Guilherme Schmidt do jornal VS (São Leopoldo) e Thamy Spencer do jornal DC (Canoas). Ao mesmo tempo anunciou a extinção das funções, substituindo-as pelos cargos criados de editores-executivos, que passaram a ser ocupados por editores dos respectivos veículos, mas sem que isso represente promoção profissional e financeira
LEIA MAIS:
http://www.jornalistas-rs.org.br/index.php/item/352-grupo-sinos-demite-jornalistas-e-extingue-cargos.html

 

Gás

tão colocando gás encanado na lavras.

 

do Capincho

o diabo faz a panela mas esquece da tampa(olides)

De: letier12
Enviada: Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

Um casal decide passar férias numa praia do Caribe, no mesmo hotel onde passaram a lua de mel há 20 anos atrás.
Por problemas de trabalho, a mulher não pode viajar com seu marido, deixando para ir uns dias depois.
Quando o homem chegou e foi para seu quarto do hotel, viu que havia um computador com acesso a internet. Então decidiu enviar um e-mail a sua mulher, mas errou uma letra sem se dar conta e o enviou a outro endereço...
O e-mail foi recebido por uma viúva que acabara de chegar do enterro do seu marido e que ao conferir seus e-mails desmaiou instantaneamente.
O filho, ao entrar na casa, encontrou sua mãe desmaiada, perto do computador, onde na tela poderia se ler:
- Querida esposa: Cheguei bem. Provavelmente se surpreenda em receber noticias minhas por e-mail, mas agora tem computador aqui e pode enviar mensagens às pessoas queridas. Acabo de chegar e já me certifiquei que já está tudo preparado para você chegar na sexta que vem. Tenho muita vontade de te ver e espero que sua viagem seja tão tranquila como a minha.
Obs: Não traga muita roupa, porque aqui faz um calor infernal!

Letier Vivian
São Borja/RS

 

Feira do Livro

olha a maracutaia da feira que passou. pegava no troca-troca e vendia na banca. é como quando os senadores lançam livros. vão lá pegar e em seguida vão vender no sebo(olides)

De: bueno.escritorio
Enviada: Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

é, pra catar coisa boa nos troca-troca tem q ir todos os dias, e olhe lá. este ano, peguei vários lacrados, um livrão (tipo livro de arte) com fotos da redenção e textos do scliar, varios norman mailer, um do truma capote q a ellen está lendo, bukowski, philip k dick e até um livro sobre as relações entre cinema e a guerra civil espanhola, de luxo. mas realmente, 99% do que tem ali é 'antologia de poetas inéditos volume 2' ou aqueles romances bons para se acender fogão a lenha. indo diariamente, notei q alguns titulos passeiam da RBS pro banrisul, e pro JC, e depois voltam. o pessoal pega em um pra trocar no outro, já q conforme o stand, tal livro pode, tal livro nao pode. o q tem quebrado as pernas da feira é que as lojas de 1,99 vendem livros, alguns muito bons. tem banca q pega esses livros e bota a 20 ou 30 reais. quem se liga, acha lamentavel.

marcio de almeida bueno

 

Clássicos na Pinacoteca - 19/11

O Grupo Flautarium - Conjunto de Flautas Doces da UFRGS é a atração da série Clássicos na Pinacoteca em novembro. No recital da próxima quarta-feira, dia 19, o grupo irá apresentar obras de compositores germânicos do período barroco, como Telemann, Schickhardt e Crüger. A apresentação, às 18h30min, tem entrada franca.

 

Obra de restauro do Monumento ao Expedicionário ganha projeto inédito de proteção


Monumento recebe envelopamento de andaimes fachadeiros para acesso aos trabalhos de restauro com reprodução real da obra. Técnica é inédita no Brasil.

Pela primeira vez, uma obra no Brasil ganha envelopamento integral (100%) de sua estrutura enquanto passa por reformas, tendo a sua imagem real reproduzida através de uma tela. Essa técnica utilizada no exterior, principalmente em obras de restauro, já pode ser vista no Parque Farroupilha, em Porto Alegre/RS. Parte do projeto Construção Cultural pelos 65 anos do Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon/RS), a obra de recuperação do Monumento ao Expedicionário tem sua imagem real reproduzida em uma tela de aproximadamente 650 metros², enquanto os trabalhos de restauro ocorrem. Ou seja, a técnica permite que as pessoas continuem visualizando o monumento, mesmo neste período de obras. "Como esse tipo de obra fica quase escondida pelos andaimes, esse recurso chega como alternativa para a população não deixar de visualizar seus grandes monumentos. É muito utilizado na Europa e agora estamos trazendo para o Brasil, que até então aplicava o processo em parte das reformas", explica o vice-presidente da Entidade e coordenador do Projeto Cultural, Zalmir Chwartzmann. As telas ficam fixadas nas estruturas dos andaimes "fachadeiros".

Além da reprodução do monumento, é possível ainda fazer a publicidade dos patrocinadores do projeto, que nesse processo ganhou novos parceiros: Rossi, Melnick Even e Serki, além da Cyrela Goldsztein, NEX Group, e apoio da Jog engenharia de andaimes, Tuper, Coopercon-RS e Impacto Signs Obra de 1954, de Antônio Caringi em homenagem aos pracinhas brasileiros que lutaram na 2ª Guerra Mundial, o seu estado de conservação - com sujidades, pichações, intervenções indevidas, infestação de micro e macro-organismos, perda de componentes e elementos artístico -, exige um trabalho diferenciado. De acordo com a arquiteta e restauradora, Verônica Di Benedetti, responsável pelas obras, a técnica consiste em reprodução da placa de identificação; impermeabilização da parte superior; recuperação de rejuntes; execução de limpeza química; remoção de pichações; fixação de placas de identificação e aplicação de protetivo. Antes, foi realizada pesquisa da documentação e elaboração de projeto de recuperação. O Monumento é em alvenaria de tijolos e concreto revestido com placas de granito rosa apicoadas e assentadas com argamassa. Tem relevos em granito; placas e escultura em bronze. A conclusão do restauro está prevista para segunda quinzena de dezembro.

Conjunto composto de duplo arco do triunfo, o Monumento causou polêmica por essa sua forma incomum. Diferente dos arcos tradicionais, nos quais o número ímpar de passagens reserva local de destaque ao comandante das tropas vitoriosas, esse conjunto talvez indique uma subversão do seu autor, mostrando igual importância entre comandante e comandados o Expedicionário. "Agora, a obra novamente ganha destaque pela inovação em torno da sua reforma", ressalta Zalmir.

 

RELATOS ARGENTINOS

por Eron Duarte Fagundes

É o filme coral dos argentinos. Relatos selvagens (Relatos salvages; 2014), de Damián Szifron, busca uma unidade a duras penas, mesmo que conte histórias desparelhas. Um homem às voltas com a insensibilidade dos cobradores de multas trânsito perde a esposa e o emprego depois de um rompante truculento numa repartição pública. Um milionário vê seu filho envolvido num acidente de trânsito que matou as vítimas e está às voltas com a corrupção de advogados e investigadores para fabricar um criminoso remunerado no lugar do filho. O episódio final é um pouco um casamento que parece extraído do universo do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, onde traição, vingança e baixaria sexual alimentam os instintos da plateia. A mistura toda é um tanto quanto pastosa e está longe de ter o olhar crítico poderoso que muitos lhe atribuíram.

 

Sartori é recebido pela diretoria do Esporte Clube Juventude

mais uma quisilha entre ele e o rigotto que sempre disputaram beleza. um é caxias o outro ju..(olides)

Foto: Luiz Chaves

Nesta sexta-feira (14/11), o governador eleito do Rio Grande do Sul José Ivo Sartori (PMDB) esteve no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias, onde gravou entrevista para o quadro Débora Futebol Clube, do SBT Rio Grande. Sartori, que é torcedor e sócio do Esporte Clube Juventude, foi recebido pelo presidente Raimundo Demori e demais membros da diretoria.

Durante sua primeira visita ao clube após a eleição, o governador eleito foi presenteado com uma camisa personalizada do time, contendo seu nome e o número 15. A entrega foi feita pelo técnico Edemar Antonio Picoli. Em uma bate-papo descontraído sobre futebol, Sartori agradeceu a cortesia e brincou com a bola. Ao resgatar lembranças como torcedor, destacou ser adepto da cultura da paz, dentro e fora do campo.



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

Jun01
Jun02
Ago01
Ago02
Set01
Set02
Out01
Out02
Nov01
Nov02
 



OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 179 - outubro 2014
Edição 172 - agosto 2014

Edição 171 - junho 2014

Edição 170 - maio 2014

Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99


ESTÃO À VENDA


Cidades vizinhas (A briga entre cidades gaúchas) • R$ 15


Cosi la ze stata (Breves histórias de Serafina Correa/RS) • R$ 20


Getulio Vargas, depoimentos de um filho (Maneco Vargas fala de Getulio) • R$ 20


Estradas do Rio Grande (A história da construção pesada no RS) • R$ 50

Mais a postagem. Procure pelo olidescanton@bol.com.br.


ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog



LINKS QUE RECOMENDAMOS

Correio Do Povo
Claudio Humberto
Diário da Fronteira

DAiário Popular
Enfato
Folha de São Borja
Informativo
RedeCidade
RSUrgente
Jornal A Hora
Jornal do Comércio
Jornal do Mercado
Jornal O Sul
Jornal Panorama Regional
Políbio Braga
Prefeitura de Porto Alegre
Prefeitura Serafina
Correa

Ricardo Noblat
Rosane Oliveira
Sindicato dos Jornalistas
SUL21
Vide Versus

REPORTAGENS ESPECIAIS

Veja em "Memória"