Blog de celebridades, fofocas, opinião e notícias



27 de agosto
de 2014

Fofocas de Uruguaiana!

Semana passada esteve em Uruguaiana o Cassiá Carpes (SDD), vice da Ana Amélia (PP). O pessoal do Solidariedade queria levá-lo ao prefeito Schneider (PSDB), que já recebeu do Frederico (PP) ao Olívio (PT), sem preconceitos. Aí, o Cassiá comentou lá na Câmara que não poderia ir à Prefeitura sem visitar o Sanchotene Felice, ex-prefeito e candidato a deputado pelo PSDB que está de pratos quebrados com o atual prefeito. Não queria “tomar partido” na briga, disse Cassiá. (Imagina, um cara que quer ser vice-governador condicionado por brigas paroquias!) Contaram pro Schneider e o Cassiá, quando foi a ele, teve que ouvir: - Uruguaiana só tem um prefeito, e esse prefeito sou eu. Foi tão duro que o Cassiá se constrangeu e foi saindo. Mostrou-se fraco e despreparado, coerente à sua companheira de chapa, aliás …

chutador

já desconfiava que o fabio marçal chutava com as duas pernas. hoje no mendelsky se esmerou. disse que o antonio erminio era médico e doava 2 dias por semana ao hospital. toing. um ouvinte corrigiu era engenheiro....e dirigia o hospital porque era um hobby que praticava.outra coisa. se o cara fazia isto é porque tinha uma grande equipe. ele entrava com o nome.

* bah, o cara vai no enterro na segunda e consegue dar uma bola fora destas. perdeu a credibilidade comigo. a opinião dele sobre os assuntos, que ele vive opinando, não me interessa. agora chutação, tem paciencia....

* babação pra cima do NANDO GROSS na guaíba mostra que o cara tá podendo....

* ninguém puxa saco de quem não manda.....

* indo mais por craques como mendelsky e juremir machado....

historias de SB

ramão marchou com o ar...

Neste domingo fui com o ramão aguillar até a casa da sua filha graziela entregar a neta Lavinia. vi a casa muito bem cuidada, com um bom ar condicionado.

Fiquei com uma boa impressão ...

aí mais tarde comentando isto com o ramão, ele me contou:
- - é, o ar fui eu que dei....

Toing.....

de SB



VIVIANE PIMENTA que dirigia com competência o DAC da prefa. tiraram ela....

mas comentav-se no domingo que farelo , o prefa, estaria por rever a demissão.aguardemos. a feira deve sair porque é lei.

DE SB

joaãozinho queria que o capincho falasse na sessão dos 60 anos do getulio. ele não quis. nem pensar....

* Escritor israel lopes é outro que nem pintou na sessão da cm dos 60 anos de getulio.

fofocas saoborjenses

cELESTE PENALVO E NEUZA NEM FORAM NO EVENTO DA CMUNICIPAL DOS 60 ANOS DE GETULIO.ERAM SEMPRE PRESENÇA CERTA.

* MUDOU MUITO O PDT LOCAL DESDE QUE EU VOU LÁ....

* A RODA DO PODER GIRA E ALGUNS DESAPARECEM....OUTROS APARECEM...

* ODON , MUITO MAIS MAGRO FOI NA SESSÃO DA CAMARA.....ele foi colega do mauro rocha no curso de uruguaiana....

Gravidez

deputada Juliana Brizola, do pdt, está por parir...nos próximos dias..ficou grávida no verão fez toda a campanha barriguda....

* hoje ela fala homenageando a Legalidade....

Coleguinhas

chegou o convite do convescote do ucha dia 28.....se não for no jogo do gremio, vou lá....

Wolmer Jardim foi sepultado em poa....

* Batista Filho, um prócer pedetista acha, como eu, que a candidata de Canoas vai subir muito. Olha, acho que será uma grata surpresa até com o meu voto....chega de votar em véio que não faz nada no senado e em bigodudo que só enrola....

DE Uruguaiana!

Morreu o Wolmer, sim. Era meu parceiro de copo na Confraria do Funcho, aqui em Uruguaiana. E fora muito amigo de um tio meu (Fernando Tasso), radialista em Livramento. Figura muito estimada de todos!
Olha, o suplente da senadora é o ex-prefeito de Santa Cruz do Sul e ex-secretário da Yeda José Alberto Wenzel, ambientalista moderno, gente de primeira linha. Pena que a Ana Amélia não larga o osso e ele não vai poder assumir, por uns meses, que seja. Porque aposto na derrota do projeto RBS-FARSUL ...
Abraço,

Fernando Alves

USO DO AÇO NA CONSTRUÇÃO BENEFICIA SUSTENTABILIDADE

O uso do aço é fator de sustentabilidade na construção, civil, pois constitui-se em um dos materiais mais recicláveis do mundo além de provocar menor consumo de água e gerar menos resíduos nas obras. A avaliação foi feita pelo eng. André Dias, consultor interno da Gerdau, no debate Construções Inteligentes e Sustentáveis, promovido hoje (26) pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (SERGS) em parceria com o Sinduscon-RS. O palestrante destacou que o emprego da construção metálica está em fase de crescimento no Brasil, em função da disponibilidade de matéria-prima e da facilidade de utilização. Apresenta vantagens como a rapidez das obras, flexibilidade de utilização e a possibilidade de vencer grandes vãos com elementos mais esbeltos. Informou ainda que a Gerdau está desenvolvendo projeto visando o emprego do aço em obras do programa Minha Casa Minha Vida, que visa a redução do déficit de moradias para as populações de menor renda. No evento, o diretor do Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum, eng. Claudio Teitelbaum, apresentou a experiência da empresa com a aplicação das diretrizes de certificação LEED em seus empreendimentos. Destacou o case do edifício Príncipe de Greenfield, em Porto Alegre que conquistou o Sinduscon Premium 2013 na categoria Projetos e Práticas Sustentáveis e o Bairro Quartier, em Pelotas, em fase de certificação LEED pelo US Green Building Council. O presidente da SERGS, Hilário Pires, afirmou que a entidade dará sequência aos eventos focados na sustentabilidade, em vista da importância do tema para os profissionais da engenharia, já estando previsto um segundo evento voltado para a área de automação.

LEGALIDADE

Em 1961 ocorreu no RS o episódio da Legalidade. Faz 53 anos que isto aconteceu. Não vi nada nos jornais daqui lembrando o fato. Nem na coluna do Kadão de ontem, dia 25. E seu pai, Hamilton Chaves, foi um protagonista daquele movimento.

Vou contar algumas pilulas sobre o episódio que muitos consideram o maior movimento cívico do século passado.

A RENUNCIA DE JANIO

"No dia 25 de agosto de 1961, eu estava no Palácio(piratini).Chovia. e apareceu um jornalista....como era de jornal e havia trabalhado na revista O Globo, no jornal o Estado, na Ultima Hora, uma porção de coisas desse tipo, um cidadao pegou um pedaço de telegrama que informava a renúncia de Jânio Quadros e me levou. Naquele exato momento, o governador estava no Monumento ao Expedicionário onde 400 recrutas juravam a bandeira, comemorando o Dia do Soldado. Imediatamente via a gravidade da renúncia, fiz a reflexão de que por direito constitucional era de João Goulart vice-presidente da República e presidente nacional do PTB,era ele que deveria assumir o poder, e fui em busca do governador Brizola pra lhe dar a noticia.Por uma circunstância gratuita, ele usava uma capa dessas de plástico, cor verde-oliva, não usava cavanhaque,usava um bigode apenas e um gorro verde também...e no palanque só havia militares,era uma cerimônia tipicamente militar. E o governador estava lá representando o executivo estadual. Subi no palanque, me identifiquei e fiquei no meio dos militares tentando fazer contato com o governador Brizola.

Imaginava que só eu sabia da notícia da renúncia do Jânio mas ouvi um militar - como eu usava capa verde-oliva, me confundia com os outros - não era um corpo estranho, não parecia um civil - e ouvi quando alguém disse assim:" Tá confirmado ?" um militar dizia pro outro. ' Vai lá na rádio Escola de Cadetes e confirme para comunicar ao general". Aí o governador virou-se ,me viu e chamou, mas eu achava que aquela notícia era uma coisa pessoal, exclusiva,que não deveria ser dada pra todo mundo, para que nós nos articulássemos politicamente. Mas ele me viu e insistia em falar comigo, não entendia o que eu estava fazendo ali,não havia sido escalado para ir lá. Daí eu cheguei no ouvido do governador e disse:Olha o senhor tem que sair daqui imediatamente é um negócio muito grave. Ele disse:mas fala aí e tal...

Até cumprimentei os generais com a cabeça assim e insistia. Até que vi que o palanque começou a esvaziar rapidamente. Eu disse:O sr. está vendo? Aconteceu um fato grave, o Jânio renunciou, tenho um documento.

Ele não entendeu bem, mas saiu junto comigo. E,dentro do carro, lhe dei o telegrama da agência de noticias do jornal com a renúncia de Janio"...(depoimento de Hamilton Chaves)

de Serafina

RODOVIARIA DE SERAFINA

TUDO CONTINUA COMO ANTES NO QUARTEL DE ABRANTES. OU SEJA O POVO AO RELENTO.(oc) E A CAMARA NÃO IRIA FAZER ALGO. O VEREADOR MEZZOMO TINHA SE INTERESSADO, MAS NÃO SE OUVE DIZER NADA. E A IMPRENSA LOCAL TAMBÉM TEM TRATADO O ASSUNTO COM DESDEM. NÃO VI UMA LINHA NO GAZETINHA SOBRE ISTO. VAI VER NÃO É UM ASSUNTO DA CIDADE....INTERESSA APENAS AO GRAMADINHO???

A GASTRONOMIA EM CENA

por Eron Duarte Fagundes

Chef (2014) não chega a aborrecer inteiramente. Somente parece estender-se um pouco além da conta, fazendo sua contemplação sobre pratos (comidas) e distendendo demais os liames dramáticos da narrativa. De qualquer maneira é capaz de aqui e ali aguçar o interesse do observador por sua personagem, o chef de cozinha interpretado pelo próprio Jon Favreau.
A agitada vida profissional do homem de cozinha é confrontada com sua vida sentimental, a atração por sua colega de restaurante interpretada por uma sempre deslizante Scarlett Johansson, suas ligações com a ex-esposa (a bela Sofia Vergara) e essencialmente sua reaproximação com o pequeno filho que o ajuda na montagem de um trailer que reativará profissionalmente o protagonista. Tudo é razoavelmente costurado pela habilidade do cineasta. Pena que boa parte disto se desmancha com a metragem um pouco excessiva e reiterativa.

"Derrubamos a ditadura e não vamos nos amedrontar agora", declarou Simon

Foto: Luiz Chaves

Senador participou de reunião do Diretório Estadual nesta terça-feira, 26

Após assumir publicamente a sua candidatura à reeleição, o senador Pedro Simon participou nesta terça-feira, 26, do primeiro encontro oficial do partido. Reunido com o Diretório Estadual, disse que entrou nesta campanha de corpo e alma e pediu mobilização, empenho e motivação por parte dos militantes. “Vamos dar a essa campanha o tom de otimismo do velho MDB, que sempre aceitou desafios, com atos e coragem”, estimulou Simon.

Ele declarou que ao aceitar a missão de concorrer não pensou em sua posição pessoal, mas em contribuir com o seu partido, Estado e País. Afirmou que os poucos dias de campanha que ainda restam, a polarização estabelecida até então e a sua idade não o intimidam. “Derrubamos a ditadura, e não vamos nos amedrontar agora”, provocou o senador, arrancando aplausos dos membros do Diretório e candidatos presentes.

O mapa da campanha

Paulo Bureseska, presidente do PMDB de Frederico Westphalen e coordenador do processo de municipalização da campanha, aproveitou a oportunidade para pedir empenho de todo o Diretório no fortalecimento do processo na Capital e no interior.

Ele que assumiu a tarefa há 15 dias, informou que já há um exército de 2,5 mil coordenadores municipais e regionais da majoritária. “Estamos finalizando todo o mapa e vamos atuar estrategicamente e coletivamente, para alavancar a nossa candidatura em todo o Rio Grande do Sul”, observou Bureseska.

Instigados pelo presidente Edson Brum, o próximo passo será intensificar a atuação junto aos 1.164 vereadores peemedebistas.

A reunião coordenada por Edson Brum e pelo secretário-geral João Alberto Machado contou com a presença dos deputados estaduais Alexandre Postal, Álvaro Boéssio, Gilberto Capoani, Maria Helena Sartori, Márcio Biolchi e Nelson Härter, dos presidentes da Juventude, Roberto Fantinel, e do PMDB Mulher, Regina Perondi, de candidatos, entre outras lideranças.

Coligação de Sartori inaugura Comitê Central nesta quarta-feira

Será inaugurado nesta quarta-feira (27), às 19h, em Porto Alegre, o Comitê Central da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande. O endereço é Avenida João Pessoa, 931. Formada por oito partidos, a aliança tem como candidato a governador o peemedebista José Ivo Sartori, que estará presente na inauguração.

Os outros nomes da chapa majoritária são José Paulo Cairoli (PSD), que concorre a vice-governador, e Pedro Simon (PMDB), que disputa o quinto mandato ao Senado. Além de PMDB e PSD, fazem parte da coligação as siglas PSB, PPS, PHS, PSL, PT do B e PSDC.

AGENDA DO CANDIDATO JOSÉ IVO SARTORI PARA QUARTA-FEIRA – 27 DE AGOSTO

PORTO ALEGRE

8h45 - Visita à diretoria da Associação dos Oficiais da Brigada Militar (ASOFBM).

10 horas - Visita à diretoria da Associação dos Delegados de Polícia do RS (ASDEP).

11 horas - Encontro com as diretorias da Associação Beneficente Antônio Mendes Filho de Cabos e Soldados da BM (ABAMF), Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM (ASSTBM), Associação dos Bombeiros do RS e Federação da Associação de Praças (FERPM-BM).

14 horas - Entrevista ao jornal Metro.

19h30 - Inauguração do Comitê Central da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande. Local: Avenida João Pessoa, 931.

Site Sartori 15: www.redesartori.com.br

Vieira da Cunha, durante o encontro "OAB Quer Saber" organizado pela Ordem do Advogados do Brasil-RS

Foto: Jefferson Bernardes

O candidato a governador do Estado pela coligação "O Rio Grande Merece Mais", Vieira da Cunha, durante o encontro OAB Quer Saber organizado pela Ordem do Advogados do Brasil-RS.

Na OAB, Vieira afirma que aplicará 12% em Saúde e critica a má gestão na área

Durante sabatina promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) nesta terça-feira, o candidato do PDT ao Piratini, Vieira da Cunha, afirmou que no seu governo a aplicação de 12% do orçamento para a saúde será mantida. Ele também criticou a má gestão na área, e revelou um dado estarrecedor: no Estado, 5 mil leitos estão atualmente subutilizados, o que contribui para o inchaço nas filas de espera por atendimento.

“Vamos cumprir a lei que obriga a destinação de 12% do orçamento para aplicação em saúde, uma conquista recente e que contou com a participação de dois pedetistas (os deputados Marlon Santos, como relator do orçamento, e Ciro Simoni, ex-secretário da pasta). Este foi um avanço, embora haja algumas despesas chamadas de controversas na analise técnica do Tribunal de Contas do Estado”, disse Vieira, ressaltando que o Rio Grande do Sul ainda é o penúltimo Estado em aplicação de recursos na saúde.

Para resolver as falhas no atendimento, o pedetista acredita que o governo deve exercer a função de articulador do sistema, para que haja racionalidade no atendimento.

“Estive há poucos dias com a Federação das Santas Casas de Misericórdia e com a Federação dos Hospitais Privados, e obtive a informação estarrecedora de que temos 5 mil leitos subutilizados no Rio Grande do Sul somente por falta de gestão. Enquanto isso, visito os hospitais e as pessoas estão amontoadas nos corredores das emergências”, afirmou Vieira, complementando que distribuirá recursos de forma regional, para dar resolutividade aos casos de alta complexidade e evitar os deslocamentos de pacientes por longas distâncias.

Pela manhã, o candidato visitou o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), onde ouviu do presidente da entidade, Paulo de Argollo Mendes, os mesmos relatos de ineficiência e falta de estrutura na rede.

“É preciso criar uma estrutura na secretaria, que hoje não existe, de profissionais preparados para dar o destino tecnicamente adequado desses mais de R$ 2 bilhões que o cumprimento da lei dos 12% vai oportunizar de investimento”, concluiu após o encontro.

A agenda desta QUARTA-FEIRA, 27/08/2014

08h25min - CAFÉ DA MANHÃ COM AFISVEC E SINDIFISCO-RS
No Hotel Embaixador, em Porto Alegre.

12h - ENTREVISTA AO PROGRAMA PAMPA MEIO-DIA
Em Porto Alegre.

12h30min - ENCONTRO TÁ NA MESA COM LASIER MARTINS
Na Federasul - Largo Visconde do Cairú, 17, 7º andar, em Porto Alegre.

de Serafina

Escolas Agrícola e Estherina Marubin promovem contínua evolução pessoal

No dia 21 de agosto, às 17 horas e trinta minutos, nas dependências da Escola Municipal Agrícola ocorreu um Encontro de Evolução Pessoal com a psicoterapeuta Rosicler Trevisan. O mesmo foi promovido pelas Direções das Escolas Municipais Agrícola e Professora Estherina Marubin para seus professores e funcionários. De acordo com o tema “Desenvolvimento do Auto Conceito Positivo”, a psicoterapeuta abordou questões relacionadas à importância do bem-estar, de modo especial, psíquico e emocional, para uma boa qualidade de vida, tanto pessoal quanto profissional. A dinâmica adotada possibilitou momentos de interação entre o grupo e também de autorreflexão. Como lição de casa os participantes foram convidados a cuidar da relação que mantêm com a mente, reforçando a importância de olhar com atenção para dentro de si mesmo, para melhor usufruir das pequenas coisas do cotidiano, das relações, do mundo e do ambiente; ressaltando a importância da gratidão.

26 de agosto de 2014

DE SÃO BORJA!

SEM CAFE

no café da manha que os jornalistas foram convidados nste domingo em são borja, onde vieira da cunha e lasier iam falar, teve café só pra eles. os jornalistas não ganharam. quem me contou foi o linguarudo mais famoso da terra, o prato fino...

* o dono do hotel celso lopes não deu nem café pros coitados. ele costumava cobrar a conta até do brizola.

* capincho anda bem comportado. é que agora ele tem que eleger eduardo loureiro....

* ninguém sabe pra onde vão os votos do cassia´...

* na 6, aliás, o vice da memeia, cassia carpes, andava pela praça XV de novembro fazendo rebuliço, conclamando pruma carreata no sabado...e os bugios lá do alto não jogavam aquilo, mas faltou pouco, me disse alguém que passou por lá.

* PELO MENOS EU TOMEI UM BOM CAFÉ NA CASA DO RAMÃO ONDE FIQUEI ARRANCHADO.

FOFOCAS SAOBORJENSES

nem só de jango,getulio vive sb, a terra que vive no passado e que ' tudo termina no cemitério'....

* Viviane Pimenta foi demitida do carga da cultura da prefeitura.

* não é nada, ela é do grupo do dep fed. pimenta....

* mas ao que fala quem entende os meandros saoborjenses, o prefa, farelo, estaria mas próximo do grupo do Rene, do PT, do que do outro grupo..no caso...

* Rene foi vice de Mariovane o anterior e terminou tudo em altos conflitos.

* como tudo em sb...

* IsraEL LOPES ficou contando causos de tiros e de mortes neste domingo. uma pena que não ponham no papel.

* teriam que fazer um glossário disto tudo...um pequeno dicionário sobre personagens destas bandas. é um riqueza sem fim..


a guria da tv uruguaiana entrevista na manha do domingo ultimo o palestrante dos 60 anos de Gege....ele é meio parente do finado e diz que comandou o enterro em são borja.


capincho, com cara de quem teve que levantar 5 horas pra pegar o palestrante Jonatan Vargas, que levou um ' 171' de quem ia lhe dar carona pra são borja - são graudos, podes crer - e foi de busun viajando a noite toda e chegando na madrugada pra falar na sessão. depois jonatan, filho da betina ,neto do maneco vargas, pegou carona de avião pra voltar pra porto


é candidato a vereador em porto em 2016..em são borja acham ele ' menos besta' do que um parente que agora já brilha nas alturas da politica e que também usou o sobrenome pra chegar lá.


na frente da camara de sao borja neste domingo, o pessoal esperando a vez que abrissem..

desculpas..

peço desculpas aos leitores se algumas pãlavras tão mal digitadas. é o cansaço de duas noites seguidas dorminadas no onibus. e a estrada de são borja a são luis está um horror uma bateção só do onibus.

de SB

* quem vai ser o patrono da feira do livro que vem??

* ninguém sabe.

* clemar dias se autolançou..

* Ramão Aguillar foi indicado

* Mas acham que dá Mikita Cabeleira....

* Juremir Machado não quis, Sergio Napp tá doente, juarez fonseca também não colou.

* os caras de lá querem um nativo.

COLETIVA DO SIMON



MAS BAH, TCHE, TINHA UM CARA LÁ QUE BOTOU FOGO PELAS VENTAS NA HORA DA FORMAÇÃOD A MESA....ELE ERA DA COLIGAÇÃO E QUERIA DAR UMA DE PAPAGAIO DE PIRATA E CONSEGUIU.

* tIAGO SIMON, O FILHO MAIS VELHO DO SENADOR, FICOU ATRÁS DANDO UMA DE PAPAGAIO DE PIRATA. É CANDIDATO A DEPUTADO.

* IBSEN PINHEIRO FICOU SENTADO NO MEIO DO POVO, QUASE ESQUECIDO. E ISTO QUE UM DIA SENTOU NA CADEIRA DE PRESIDENTE DA REPUBLICA.

* OS PROTAGON9TAS DO VELHO MDB DE GUERRA SÃO OUTROS. SEBASTIÃO MELLO, SARTORI, O PROPRIO SENADOR, QUE NÃO LARGA A TETA, NEM QUE A VACA TUSSA....

* sIMON É O CLÁSSICO CACIQUE DE PARTIDO.

E FALOU MUITO DE SUA TRAJETÓRIA DO MDB DO TEMPO DA RESISTENCIA. QUER DIZER, FALOU DELE.

* HÁ UM DITADO QUE O VEIO AVELINE ME DISSE: SIMON FAZ OS OUTROS LEVAREM-NO PRA ONDE ELE QUER IR....

* ARMANDO BURD, VETERANO COLEGA, TAMBÉM LÁ ANOTANDO TUDO PRA SUA COLUNA....

* MUITA GURIZADA DE REPORTER, MAS MUITA GENTE NA COLETIVA.

mistura de coletiva com a ' claque' partidária,simon é confirmado hoje de tarde pro 5 mandato ao senado. se for eleito.

tem 84 anos e vai pros 85....

historias de campanha(1)

Em 17 de julho de 1998 começou uma campanha pra reeleição do senador Simon, de Britto e de FHC...o que aconteceu todos sabem, não vou aqui contar de novo.é muito chato repetir o sabido.

Mas conto aqui fatos não revelados.

Houve um comício no gigatinho no sábado seguinte pra dar a largada, com FHC,Britto,simon e outros. Britto tava naquela ronha com o Renato Ribeiro - por causa da CRT que ele havia vendido a RBS e não a ele, Ribeiro -e por isto não saiu foto do Britto no Correinho que tirava mais de duzen tos mil exemplares por dia naqueles anos.

Eu muito ingênuo fora chamado pelo ' Xuvisco' pra acompanhar o simon na campanha, fazer matéria e também estar ali pra o que der e vier..

mas naquele sabado não fui...

No domingo,quando íamos pro interior, o Xuvisco me pergun tou na frente do simon porque não fora.

-Olha ninguém me pediu pra ir, respondia ao invés de invertar algo fajuto o que faria hoje em dia conhecendo melhor o senador.

- Ah, ironizou simon, virando-se pro xuvbisco, é que ele queria sentar ao lado do FHS...

aí comecei a tomar contato com outro lado do senador, aquele que o grande público geralmente desconhece dos politicos em geral. e são todos iguais, adoram mijar os assessores(olides canton)

SERAFINA SEM RODOVIÁRIA

perguntie ao sindicato das rodoviárias sobre a situação, manaram-se pro DAER...parece que não querem meter o bedelho nisto.

enquanto isto a população serafinense e de outras cidades continua ao relento, sem rodoviária.que vergonha,diria BORIS CASOY(olides canton)

de serafina

na fren te do hospital, agora há um ponto de taxi do piero ...paloschi....

ele gosta de um papo com os seus amigos do porão do giaretta.

dica do capincho

com a campanha da rodoviária e dos taxis, me elego vereador em serafina. vamos lá....

sururu na sala vip da ouro e prata



foi na 6 que passou...um passageiro, meio bebum, foi retirado da sala VIP da ouro e prata sob os protestos da funcionária da empresa que disse que os seguranças se metem com os bebens mas que quando ' vem aqui alguém nos tentar assaltar, eles se escondem'....

WOLMER

pelos comentários que ouvi o problema com os jornais do wolmer é que ele abria um fechava e tc e tal...ai

o pessoal começou a fica cabrero, como se diz.

* sempre me dei bem com o falecido colega. nunca tive negócios com ele.

REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO DA ARI

Convocamos os senhores conselheiros da Associação Riograndense de Imprensa (ARI) a participarem da próxima reunião do Conselho Deliberativo da entidade, que se realizará no próximo dia 28 de agosto, as 18h na Rua João Guimarães nº 87 - Salão de Festas.

A agenda de reunião:

1) Criação da Comissão Eleitoral que coordenará a próxima eleição dos Conselhos Deliberativo e Fiscal;

2) A participação da ARI em órgãos colegiados; e

3) Assuntos Gerais.

Contamos com a presença de todos. Após a reunião, haverá um momento de confraternização pela passagem dos 80º aniversário do presidente do Conselho, Ercy Torma. Por isso, solicitamos a confirmação de presença, através do telefone (51) 3211-1555 ou pelo endereço ari@ari.org.br.
José Antonio Vieira da Cunha
Presidente em exercício

ENTRE DOIS HOMENS

por Eron Duarte Fagundes

Renata tem dois homens. Carlos é o plebeu inculto, ladrão de carros. Marcelo é um guia turístico e um intelectual, lê, vê exposições. Renata procura num coisas que não vê no outro. Queixa-se a um porque está desacordo com coisas que tem no outro. Os amores desesperados de Renata se desenvolvem nos aspectos mais sombrios e ameaçadores da grande metrópole. Entre eles um atormentado pivete negro cruza as esquinas da cidade. Riocorrente (2013), de Paulo Sacramento, transita entre os destroços destas personagens desesperadas e perigosas.

“Tem que começar. Que momento melhor do que este? Que lugar melhor do que este?” Esta frase é, inicialmente, dita por uma personagem que parece estar fazendo um show nos subterrâneos da cidade; este indivíduo assopra estas palavras num microfone, uma melancolia interna da noite. Esta frase retorna como a frase que encerra o filme: é dita em off pela criatura interpretada por Lee Taylor (o homem que arromba carros), e a frase salta justamente no instante em que o pivete negro joga um explosivo, alegórico, no rio Tietê. Que momento é este? Hoje, numa São Paulo violenta e engarrafada (quer dizer, o engarrafamento não aparece, mas é uma presença-ausência nas solidões das imagens). Que lugar é este? À margem do Tietê, onde tudo tem que começar.

Riocorrente é uma narrativa que surpreende nos interstícios de suas agônicas provocações.

sobre incêndios em Serafina

De: bueno.escritorio
Para: olidescanton@bol.com.br

olides, lá em veranópolis parece estar ocorrendo o mesmo. na última semana houve incendio misterioso que destruiu a capela de são pedro, no caso o predio da igreja. quem mais se manifestou foi uma ONG local, pela perda do patrominoio historico. vou cavar mais infos.

marcio

do mironneto.com

Alguém falou disto no programa do rogério,hoje na guaíb a.(OLides)

Triste realidade: Lago Negro virou terra de ninguém

"Um camelódromo na entrada, esgoto a céu aberto e iluminação ligada ao meio dia. O que fizeram com o Lago Negro?" A mensagem curta e verdadeira foi enviada por um amigo da coluna, acompanhada de três fotos de comprovam a verdadeira terra de ninguém que virou uma de nossas principais atrações turísticas. Para completar, no sábado (23), a Brigada Militar prendeu um homem de 28 anos que realizava furtos em veículos estacionados nas ruas de acesso ao lago. Em debate na rádio Sorriso FM, o vereador Celso Fioreze (PSDB) resumiu bem o que precisa ser feito: "Precisamos retomar o Lago Negro para Gramado".

SUGESTÃO DE PAUTA: SERGS E SINDUSCON-RS DEBATEM A SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul - SERGS - e o Sinduscon-RS realizarão nesta terça-feira (26) o debate Construções Inteligentes e Sustentáveis. O evento terá início às 9h, na sede central da SERGS, Trav. Eng. Acylino de Carvalho, nº 33 - 8º andar, em Porto Alegre. Serão palestrantes o diretor do Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum, eng. Claudio Teitelbaum, abordando o tema Construções Sustentáveis e o consultor da Gerdau, eng. André Dias, que falará sobre o tema Construção Metálica e Sustentabilidade.

ATENÇÃO IMPRENSA: FAVOR CONFIRMAR PRESENÇA COM A TODT COMUNICAÇÃO - FONES (51) 3228.7270/3228.7261 OU E-MAIL todtcom@terra.com.br

da Folha Popular de Teutônia

do germanorigotto.com.br

Debates e pesquisas sobre sucessão movimentam a semana

A TV Bandeirantes promove, na terça-feira (26), o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República. Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) estão confirmados. No domingo (31), haverá outro na Rede TV!. Antes do segundo turno, mais dois estão programados: em 01/09 (SBT) e 02/10 (TV Globo). Nesta semana, três novas pesquisas para presidente da República serão divulgadas. Uma da MDA, contratada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), realizada entre os dias 21 e 24 de agosto. Outra do Ibope/TV Globo, cuja coleta teve início no dia 23 e será concluída na terça-feira (26). Na sexta (29), será publicada uma do Datafolha, com entrevistas feitas nos dias 28 e 29.

Convite meu Aniversário

Conto com tua presença na comemoração do meu aniversário e um grande momento de mobilização da nossa campanha. Convidas também teus familiares, colegas e amigos. Favor confirmar presença e número de teus convidados até o dia 30 de agosto por email airtoferronatopsb4050@gmail.com ou pelo telefone 3391 8657.

Um abraço

Ferronato - 4050

Vieira se reúne com entidades de classe em Porto Alegre e Canoas

Foto: Jefferson Bernardes

O candidato do PDT ao governo do Estado, Vieira da Cunha, teve agenda de campanha em Porto Alegre e Canoas nesta segunda-feira (25). Ele se reuniu com entidades de classe ligadas ao setor de tecnologia da informação, com empresários do comércio e indústria e com oficiais da Brigada Militar.

O primeiro compromisso foi um café da manhã promovido pelo Conselho de Entidades de Tecnologia da Informação (CETI) em parceria com o Sindicato de Empresas de Informática do Rio Grande do Sul (Seprogs).

Na conversa com o grupo, Vieira se comprometeu a revisar a legislação para democratizar a distribuição de recursos, o que viabilizará a implantação de polos tecnológicos em diferentes pontos do Estado, de acordo com a vocação de cada região.

“Eu fiquei positivamente impressionado não só com o que eu vi, mas com o potencial de crescimento que estes polos possuem. Isto se deve a vários fatores, mas um é fundamental: a capacidade do nosso povo. Mas é lastimável que nós não consigamos reter aqui os nossos profissionais, que muitas vezes são atraídos para outros centros, como São Paulo e até o exterior, quando nós deveríamos ter uma política de fixação desses cérebros aqui no nosso Estado. Isso começa com uma postura de parceria entre o governo e o setor, que garanta aos empreendedores um ambiente de segurança jurídica e de uma política de Estado permanente e institucional”, afirmou Vieira.

Em Canoas, Vieira participou de um almoço na sede da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CICS). O candidato respondeu a perguntas sobre questões econômicas, tributárias, de segurança pública e sobre investimentos em infraestrutura. A crítica principal do setor é em relação à demora na conclusão da duplicação da ERS 118, cuja obra foi anunciada 13 anos atrás e até hoje não foi entregue. Os empresários também falaram sobre a precária condição das estradas gaúchas e questionaram o futuro da EGR.

“No nosso governo, a conservação e duplicação das estradas serão responsabilidade do Daer, que será reestruturado, e da EGR. Isso sem prejuízo das Parcerias Público-Privadas (PPPs), que serão tratadas sem preconceito, em um processo transparente e com modicidade tarifária. Tenho certeza que as pessoas não se importarão de pagar pedágio, desde que trafeguem em uma via com boas condições e não paguem tarifas abusivas, como ocorreu nos contratos de concessão feitos durante o Governo Brito”, concluiu o candidato.

Confira a agenda de Vieira para terça-feira (26/08/2014):

08:00 - CAFÉ DA MANHÃ NO SINDICATO MÉDICO DO RIO GRANDE DO SUL | Na Rua Cel. Corte Real, 975, em Porto Alegre.

10:00 - ENCONTRO COM A AGENDA 2020 | Em Porto Alegre.

11:30 - GRAVAÇÃO PARA O PROGRAMA DE RÁDIO E TV | Em Porto Alegre.

14:30 - EVENTO OAB QUER SABER! | Na Rua Washington Luiz, 1110, 14º andar, em Porto Alegre.

20:00 - COMPROMISSO FAMILIAR | Em Porto Alegre.

Referendada candidatura de Simon ao Senado

Foto: Luiz Chaves

Senador concedeu coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira, 25

“Estou aqui porque no fundo aqui é o meu lugar. Aceito o desafio com muita emoção, responsabilidade e respeito para ajudar o meu País num momento difícil como esse”, declarou o senador Pedro Simon ao anunciar publicamente a sua candidatura à reeleição na tarde desta segunda-feira, 25, na sede do PMDB gaúcho.

O nome de Simon foi escolhido por unanimidade pelos partidos da coligação “O Novo Caminho para o Rio Grande”, composta pelo PMDB, PSD, PSB, PPS, PHS, PCdoB, PSL e PSDC. A sua candidatura foi registrada nesta tarde no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Simon concorre com o número 151, e terá como suplentes Antônio Hohlfeldt (PMDB) e Rejane Carvalho (PPS).

Ao lado de José Ivo Sartori (PMDB) e de José Paulo Cairoli (PSD), respectivamente candidatos a governador e a vice, e do presidente do PMDB gaúcho, deputado Edson Brum, Simon elogiou a gestão de Sartori em Caxias, especialmente os investimentos em saúde, infraestrutura, educação e saúde. “Esse gringo que diz que saiu da colônia, mas que a colônia não saiu dele, foi a São Paulo receber por Caxias o Prêmio de Capital da Cultura”, exaltou o senador.

Justificando a sua volta às urnas, Simon - que tinha o projeto de percorrer o Brasil proferindo palestras e debatendo o futuro do Brasil -, disse que agora tem a missão de ajudar Sartori e dar sustentação ao futuro Governo de Marina Silva (PSB) na presidência da República. “Volto neste momento de decisão e uma forte razão é eleger e colaborar com Marina Silva no Congresso Nacional. É como disse o nosso querido Eduardo: não vamos desistir do Brasil”, mencionou Simon.

Fazendo um retrospecto desde a Era Vargas até o atual período, disse que os episódios do projeto Ficha Limpa e o julgamento do Mensalão são os grandes acontecimentos políticos de toda a história. Instigando a participação popular no processo político, afirmou que o Congresso precisa ser estimulado pelas pessoas, especialmente pelos jovens.

Em nome do PMDB e dos partidos da coligação Sartori afirmou que Simon volta à condição de candidato devido à trágica morte de Eduardo Campos e a nova missão assumida por Beto Albuquerque. “É com naturalidade que Simon retorna à base inicial”, declarou Sartori. E arrematou: “A sua luta, a sua história, o seu conhecimento e o seu ideal democrático lhe dão vigor para essa tarefa. Sua habilidade, firmeza e convicção aproximou Eduardo e Marina. Agora lhe cabe o desafio de ajudar a dizer que a política pode ser diferente em nosso País”.

Endividamento do Estado trava desenvolvimento regional, afirma Sartori


Santo Angelo

O atraso dos investimentos em conservação de estradas, pavimentação e ligações asfálticas entre municípios foi um dos assuntos predominantes durante o roteiro do candidato a governador José Ivo Sartori pelas regiões Centro-Serra, Planalto Médio, Noroeste e Missões nesse final de semana. Sartori ouviu reivindicações das comunidades sobre a carência de atenção a rodovias e a outros setores, e reafirmou que, em primeiro lugar, é preciso reorganizar com urgência a capacidade financeira do Estado. “Vamos criar as condições possíveis para recuperar as finanças do Rio Grande. O governo tem que zelar pelo dinheiro público, evitar desperdício e gastar naquilo que é prioridade”, afirmou.

Por onde passou, o candidato reforçou que os compromissos que assumir com o eleitor serão cumpridos. Disse que a diferença entre o que o Estado arrecada e a despesa cresceu ainda mais do ano passado para cá e enfatizou que o Rio Grande do Sul não pode mais conviver com a dívida paga ao governo federal sem fazer uma renegociação. “Temos que reduzir o percentual da receita líquida real que é transferido à União para o pagamento da dívida”, destacou. “E além do rebaixamento das prestações, é necessário evitar mais endividamento. Sem arrumar a casa, não há como promover o desenvolvimento do Estado.”


São Luiz Gonzaga

Desde a última quinta-feira, Sartori esteve em Arroio do Tigre, Cruz Alta, Panambi, Ijuí, Santa Rosa, Entre-Ijuís, Santo Ângelo, São Luiz Gonzaga, Roque Gonzales, Salvador das Missões, Cerro Largo e Passo Fundo. Foram 1.600 quilômetros percorridos, em uma agenda que teve carreatas, caminhadas e atos de mobilização política. Em todos os municípios, ele reafirmou também que seu governo vai apostar pesado na parceria com as prefeituras, para estimular o desenvolvimento de acordo com as potencialidades e as vocações econômicas de cada região.

Nesta segunda-feira (25), Sartori estará presente, às 8h30, em encontro dos candidatos ao governo do Estado promovido pelo Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA-RS). Ao meio-dia, participa de caminhada com candidatos e apoiadores da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande, da Praça da Alfândega até a Esquina Democrática, no Centro Histórico de Porto Alegre.

Sessao na Camara de Vereadores

O presidente da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Rodi Pedro Borghetti, vai representar o Governo do Estado na sessão solene da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, que acontece nesta terça-feira, 26, às 19h. Na ocasião, será realizada a entrega da comenda Porto do Sol ao conjunto musical “Os Serranos”. O prêmio é uma homenagem ao conjunto da obra de um dos grupos tradicionalistas mais antigos do Rio Grande do Sul, com reconhecimento nacional e internacional.


25 de agosto
de 2014

HISTORIAS DE CAMPANHA

O VOO PERIGOSO

NÃO é por nada que Pedro Simon tinha cuidado quando ia voar de helicóptero. Naquele dia 18 de agosto de 1998 fomos a Cruz Alta mas a chegada lá foi um risco muito grande...Voamos com tempo muito ruim....Quase tivemos que descer no meio do caminho...Não foi preciso mas por pouco....

A volta é que foi mais complicada ...viemos por cima de um rio, acho que o rio das Antas porque os pilotos descobriram este caminho voando encima do rio pra fugir da neblina e cerração em geral...

Quando chegamos em POAlegre, eu estava em pânico...Simon não fazia nada...Tirava o rosário e ia rezando....

No dia seguinte me queixei ao Renato Abreu, da assessoria de Simon,que os pilotos tinham arriscado demais...

Ele foi falar com eles que disseram,apenas:

- Não colocamos a vida do candidato em risco.....

É por isto que candidato tem medo de fazer campanha no inverno....

HISTORIAS DE CAMPANHA(1)


collares marqueteiro

O ex-governador Collares,sempre que se reunia com publicitários, gostava de meter o bedelho....numa roda deles uma vez deu a sua opinião:

-Na minha primeira campanha política, eu criei um slogan que deu resultados:acabei eleito.

Quiseram saber o que era:
- O MEU VOTE NO ALCEU....
respondeu o ' negrão' que gosta deque o chamem de ' dr. negrão"!

A CARTA TESTAMENTO ( I)

em ENTREVISTA A ARLINDO SILVA, Alzira do Amaral, filha de Getulio, contou sobre a famosa carta-testamento,que alguns dizem não ter sido escrita por Getulio.

A reportagem foi publicada pela Cruzeiro em 2.9.1967 e tenho copia dela.

Ela começa dizendo que Carlos Lacerda afirmou que " a carta-testamento nunca existiu como tal....Não foi escrita por ele.Pelo que sei, Vargas nunca leu a carta testamento. Vargas assinou o papel sem ler o documento. O autor do texto da carta-testamento foi o industrial José Maciel Filho. Ele redigiu de boa fé o documento que veio a se chamar carta-testamento.Certo de que se tratava de um discurso que Vargas queria fazer...

Há 3 cópias da carta testamento,datilografas, assinadas sem ler por Getulio Vargas.

ALZIRA VARGAS DISSE A CRUZEIRO:

" A 1 via ,ou original da carta fora assinada e entregue a João Goulart, na tarde de 23 de agosto, com a recomendação de só dar-lhe publicidade caso algo de muito grave acontecesse.A 2 via em papel de seda(copia) foi assinada na presença de Ernani do Amaral Peixoto, que ignorava o seu texto,poucos minutos antes de descerem juntos para a última reunião ministerial.Esta copia foi a primeira a ser divulgada porque havia sido cuidadosamente colocada , por meu pai, bem à vista, sobre sua mesinha de cabeceira.Meu marido, reconhecendo o papel que vira ser assinado poucas horas antes e que supusera tratar-se de um documento para ser lido durante a reunião do Ministério, verificou o que era e o entregou para ser divulgado.A 3 via em papel de cópia,exatamente igual as duas já conhecidas não tem assinatura e só viu a luz do dia e as lagrimas dos meus olhos muito tempo mais tarde, porque estava entre outros papéis que só meses depois me senti encorajada a examinar.

Explico agora como esses papéis chegaram às minhas mãos, inclusive um outro original da carta testamento,

com o mesmo texto , mas mal batido com as linhas fora de simetria e alguns erros datilográficos.

Aconteceu assim:na madrugada de 24 de agosto, após a reunião ministerial, meu pai, que vestia um terno azul-cinza dirigindo-se a Benjamin e a mim - que conversávamos com ele em seu gabinete - tirou do bolso externo do paletó uma pequena chave, amarrada a um pedaço de barbante e disse:' se alguma coisa grave acontecer ,um de vocês fica encarregado desta chave, que abre este cofre aí....Nele estão alguns valores pra entregar a Darcy(pouca coisa) e alguns papéis dos quais Alzira deve tomar conta imediatamente".

Dito isto, repôs a chave no mesmo posto,deu-nos boa-noite e foi dormir.

Não quero nem posso voltar aos detalhes daquele resto de noite.

Já o fiz uma vez e custou-me sangue. O sol já estava alto, náo sei há quanto tempo, quando pediram-se que me retirasse pois a Polícia chegara e eu não devia assistir ao que deviam fazer.

Obedeci automaticamente e fugindo aos amigos e políticos que começavam a chegar refugiei-me em seu gabinete vazio pra sempre.

O cofre esperava-me.Voltei correndo antes que fechassem as portas do seu quarto e fui direto ao bolso do paletó que me havia mostrado.

Nada, nem neste bolso, nem nos outros.Perguntavam-se o que procurava e só consegui responder: ' a chave, quero a chave!!!"

Ninguém atinava com meu justificável acesso de loucura e olhavam-se com paciência e dó.

Súbito lembrei-me de sua inusitada saída do quarto pra o gabinete(fora retirar a carta do cofre) e sua volta pro quarto alguns minutos antes do tiro e gritei: ' deve estar no bolso do pijama'...

Não estava.

Tentavam levar-me com suavidade e firmeza para fora do quarto quando a acharam na cama, sob o seu corpo. Abri o cofre esvaziei todas as gavetas ,olhando sem ver tudo o que ele continha e guardei dentro da pasta que trouxera de Niteroi, na qual só havia um revólver,o meu.

Passaram-se vários meses sem que eu encontrasse coragem para examinar seu conteúdo e alguns anos para que eu me animasse a ler os documentos destinados a mim.
Dentro da pasta estavam estavam e ainda estão entre outras coisas uma terceira via da carta-testamento, em papel de cópia exatamente igual às outras mas sem assinatura um original datilografado por alguém não muito prático no manejo da máquina de escrever assinado por ele e finalmente um original manuscrito inacabado a lápis começando com a mesma frase do ' bilhete' famoso: ' à sanha dos meus inimigos deixo o legado da minha morte".

Desse manuscrito só permiti até agora a reprodução fotográfica das primeiras linhas da primeiras páginas.

Agora, porém, concedo a O cruzeiro o privilegio de reproduzir toda essa primeira pagina e o ' leque' das outras cinco. Porque não deixar reproduzir na integra esse manuscrito? Tenho minhas razões que eram e continuam válidas.

CARTA TESTAMENTO

"O inicio DO MANUSCRITO é igual a todos os seus manuscritos quer os esboços pros recursos, quer os chamados bilhetes, quer os textos para despacho de expediente, em letra firme,igual,sem rasuras.

A parte final é nervosa,desigual,atormentada sem a simetria caracteristica.

Fato este perfeitamente normal em alguém que não deseja morrer, mas sabe que sua morte terá um significado maior que seu apego à vida.

Alguns anos atrás,isso não seria aceito, nem compreendido e as injúrias e injustiças que não o pouparam em vida voltariam novamente.

A ele já não atingiriam mais mas eu não tinha mais forças para sofrer. os ' filhos do cadáver' como nos chamaram meses a fio tinham esgotado toda a sua capacidade de reagir.

Por isso mesmo por respeito a meu pai e consideração para com aqueles que foram realmente seus amigos,nada mais direi, por enquanto.

Sei quem ' penteou' o esboço escrito por meu pai sei quem lhe deu a redação final, onde ele aprovou e sei quem o datilografou.

Sei também porque que ele quis que a carta-testamento fosse redigida tal como foi.
Sei e não digo.Duvidar de sua autenticidade ou alegar que ele a assinou sem ler ou ainda que a assinatura é apócrifa é demonstrar total desconhecimento da personalidade de Getúlio Vargas,de sua coragem, de seu patriotismo.

O original mal datilografado

Esse original mal batido,desalinhado, com erros de datilografia, com palavras apagadas com xxx acentos fora das letras devidas,o qual encontrei no cofre que meu pai deixou presta-se a importantes ilações lógicas para provar que ele assinou as cópias da carta-testamento em oportunidades diversas.

Pode-se admitir ,sem receio de erros, que Vargas dias antes de suicidaar-se mandou alguém, sem habilidade no manejo da máquina, datilografar a carta.

Surgiu,assim esse original mal acaabado, revelador da inexperiência e da falta de técnica de quem o datilografou.

Esse alguém bateu ' ecinomicos' em vez de econômicos.' coordenanram" em vez de coordenaram petrobras em vez de Petrobrás, nao em vez de não, revoluçao em vez de revolução. regimen em vez de regime humiliarem em vez de humilharem, espeiral em vez de espirral, e como essas várias outras palavras erradas.
Contudo meu pai assinou esse original possivelmente num momento de aflição apesar da falta de estética e dos erros de datilografia.

Pela primeira vez exibo este documento à opinião pública. convencida de que ele encerra alto valor probatório.

Que prova esse original mal datilografado?

Prova que meu pai assinou as vias conhecidas do seu testamento politico em ocasiões diferentes portanto com nítido poder de decisão.

Primeiro assinou uma cópia mal batida.

Depois com mais vagar passado o momento da angústia mandou que o rebatessem - ou alguém tomou esta iniciativa -e surgiram copias corretamente escritas. Essas são as cópias que vieram a público.uma entregue a João Goulart, a segunda que o Ernani do Amaral Peixoto encontrou sobre a mesa da cabeceira do meu pai e a terceira, sem assinatura que me veio às mãos ,dentro do cofre, muito tempo depois.
Por esses repetidos procedimentos conclui-se que meu pai agiu conscientemente,deliberadamente,premeditamente,repetindo a assinatura em diferentes cópias, em diferentes ocasiões.

Isso liquida de vez - espero - a perversa insinuação de que ele teria assinado a carta sem ' lê-la"

Rodoviária

o tunel da rodoviária...paisagem tipica de portinho!

CC POLPUDA

Segundo informa o sempre bem informado Políbio Braga, Taylor Diniz, escritor, ocupa uma CC na SEc da Cultura que lhe rende 4.230,07 mensais.

Não há nenhum problema nisto, tudo é legal....

mas como diz aquele ditado: a mulher de César não basta.....e patatipatata....

* Acho até que pelas suas qualidades o Taylor deveria ganhar mais....

Mas bate neste pequeno problema ético....

* Enfim,são ossos do oficio....

cenas da praça parobé...

o cantor gaudério e o militante solitário!

incendios criminosos em serafina

a zh desta sexta falou no assunto....

* pelo que vi na matéria ninguém quer acusar ninguém...

* falei com uma brigadiana lá no domingo retrasado e pelo que vi não sabiam de nada, não tinham qualquer pista.

* mas isto vem acontecendo desde o verão....

* há versões pra todo o gosto....

* algumas são de que é pra assustar os colonos pra eles venderam barato as terras e picarem a mula....

* algumas práticas do Norte e do Nordeste chegaram em serafina....

Wolmer

De: Fernando Alves
Para: deolhoseouvidos1 UTC

Faleceu o jornalista Wolmer Jardim, esta manha, no INCAR de Porto Alegre.
Att,

Fernando Alves
www.blogdofernandoalves.blogspot.com

Morre o jornalista Wolmer Jardim

O jornalista Wolmer Jardim, 68, faleceu na noite desta quinta-feira, no Instituto de Cardiologia, em Porto Alegre, enquanto era submetido a uma cirurgia. Ele estava em Uruguaiana na manhã de quarta-feira, na Aciu (Associação Comercial e Industrial), quando começou a passar mal. Socorrido, foi levado para o Pronto Socorro da Santa Casa e logo depois transportado de ambulância para Porto Alegre, em estado grave.

Natural de Uruguaiana e com passagem por diversos órgãos de imprensa do Estado, incluindo A Plateia, Zero Hora, Jornal do Comércio e Diário da Fronteira, ele sempre teve uma atuação marcante no jornalismo, principalmente pelo texto ágil, de um humor ácido, por vezes sarcástico, era leitura quase obrigatória nos veículos em que escrevia.

Foi fundador e editor do jornal Momento de Uruguaiana durante cinco anos, e no qual continuava assinando na página três uma coluna de pequenas notas sobre política, economia e o cotidiano da cidade. Também editava o jornal mensal Mensageiro Rural, destinado ao agronegócio. Entre os jornais que criou e dirigiu destacou-se o Província do Rio Grande, editado em Porto Alegre, em formato standard, e que foi um dos precursores do chamado jornalismo investigativo. Atualmente, além do jornal e de uma emissora de rádio, Wolmer Jardim dedicava-se em tocar o projeto de um programa semanal de debates na TVU, canal 2, o Mesa de Debates.

Deixa mulher, Eni Jobim Jardim, três filhas casadas.

Biografia

O EVILAZIO QUE ME LE PODERIA FAZER UMA BIOGRAFIA DO PEDRO SEELIG. ELE SABE PORQUE DIGO ISTO.

MORRE WOLMER

Conheci o Wolmer, lá em SB, por 2006,07....

* ele e o clemar dias viviam as turras....

* depois a gente se pechava por ai e sempre batíamos um papinho rápido.

* se foi na peleia....

* como santo de casa não faz milagre -sei disto - ele era muito escuraçado em São Borja....

* e o wolmer era um lutador atrás dos seus sonhos....

* mas sabe como é, capincho e cia gostam mais de puxar saco de bisneto de getulio que outra coisa.

blog Miguel Luiz Medeiros agora no wordpress



O blog "Miguel Luiz Medeiros" mudou de plataforma e de endereço. Está agora na plataforma Wordpress e tem como endereço http://miguimedeiros.wordpress.com.

os recados dos banheiros!

CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul - SERGS - e o Sinduscon-RS realizarão na próxima terça-feira (26) às 9h o café da manhã Bom Dia Engenharia para debater o tema Construções Inteligentes e Sustentáveis. Serão abordadas as novas tendências das edificações sustentáveis inclusive a opção representada pela construção metálica. Informações - fone (51) 3224.6133.

O HUMOR VISUAL DO CINEMÃO AMERICANO

por Eron Duarte Fagundes

Guardiões da galáxia (Guardians of the galaxy; 2014), produção norte-americana da grande indústria dirigida por James Gunn a partir do universo de quadrinhos da Marvel, traz um humor visual americano dotado de um certo frescor e de alguma sensibilidade que ameniza um pouco a brutalidade das facilidades comerciais do projeto. É um entretenimento que visa ao grande público mas que não desdenha da inteligência do espectador; as coisas têm seu devido lugar no tempo e no espaço fílmicos e não são despejadas como numa carga de bestas, tal como acontece, por exemplo, no correr do celuloide em Vestido pra casar (2013), comédia brasileira de pé trocado dirigida por Gerson Sanginitto.

Os guardiões da Marvel vivem sua guerra nas estrelas, me parece que com muito mais descontração, e levando-se bem menos a sério, que aquele frenesi anacrônico de George Lucas. Os seres são estranhos, inventivos e todos conduzindo um humor que, apesar de simples, nunca beira a grosseria. Há uma árvore humanoide, que vive dizendo, para revelar que as coisas podem acontecer: “Eu sou Groot”. Há a bela e fatal Gamora, a presença feminina na ironia transversa. Há o vingador Drax, o homem forte da turma. Há o bicho esquisito Raccoon, que debocha de tudo, que duvida de tudo. A fantasia cinematográfica de grande escala tem seu momento aqui. Jean-Luc Godard, numa entrevista na França este ano, saiu-se assim: “Le cinéma, ce n’est pas une reproduction de la réalité, c’est un oubli de la réalité.” O cinema como um esquecimento da realidade, na boca de Godard, um criador de realidades no cinema e na sociedade francesa dos anos 60 e 70. Godard depois ainda diz que o cinema, ao registrar o esquecimento, pode tornar ao real. Não é o que faz Guardiões da galáxia: fica no cinema como esquecimento da realidade, e o faz bem.

Na sequência colada depois dos créditos, um ser permite a um cão que o lamba. Um outro, ingerindo uma bebida, se queixa, porque você deixa o cão te lamber, é nojento. Às vezes é preciso deixar o cão da fantasia nos lamber. Cai bem.

Sartori garante apoio ao cumprimento da lei do imposto de fronteira

Foto: Luiz Chaves

Em roteiro pela região Noroeste do Estado, o candidato a governador José Ivo Sartori garantiu empenho para atender a uma reivindicação de imediato cumprimento da lei 14.436/14, que trata do diferencial de alíquota do imposto de fronteira (Difa). A lei está aprovada pela Assembleia Legislativa, mas ainda não entrou em vigência. “Este é mais um desafio a ser enfrentado. O Estado não pode prejudicar quem produz. E os gaúchos estão prontos para apoiar quem se disponha a promover as mudanças necessárias para o Rio Grande”, afirmou o candidato.

A reivindicação encaminhada a Sartori faz parte de um protocolo com propostas de ações em defesa da economia regional e foi entregue em Ijuí, onde ele foi recebido pela diretoria do Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas Noroeste). “Vamos buscar a inovação, para diversificar a produção gaúcha. Queremos estimular a produção de maneira continuada, de acordo com as oportunidades e as potencialidades econômicas das regiões”, disse o candidato da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande.

Em companhia de candidatos dos partidos da aliança e de lideranças, Sartori participou de caminhadas e carreatas. Ele esteve também em Cruz Alta e Panambi, onde relatou seu plano de governo. Em Panambi, visitou a Associação Comercial e Industrial (ACI) e foi informado de que cerca de 70 empresas esperam aprovação de licenciamentos ambientais de projetos há mais de dois anos. “Licenciamento ambiental não pode ser confundido com julgamento. Mesmo respeitando as questões do meio ambiente, é necessário dar agilidade aos processos e desburocratizar a máquina pública”, enfatizou.

Vieira e Lasier prestam homenagem a Getúlio Vargas

Foto: Jefferson Bernardes

Os candidatos do PDT ao governo e ao senado, Vieira da Cunha e Lasier Martins, participaram neste domingo (24) das homenagens ao ex-presidente Getúlio Vargas, em São Borja. O dia 24 de agosto marca os 60 anos da morte do maior estadista brasileiro.

A primeira atividade foi uma Sessão Solene em homenagem ao ex-presidente na Câmara de Vereadores. Em seguida, o grupo caminhou por duas quadras até a praça que abriga o Memorial Getúlio Vargas, uma construção projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer que abriga os restos mortais de Vargas.

Sobre o monumento, Vieira, Lasier, o bisneto de Getúlio, Jonathan Vargas, o neto do ex-presidente João Goulart, Christopher Goulart, e outras oito pessoas depositaram 12 rosas vermelhas. O ato é semelhante ao que o fundador do PDT, Leonel Brizola, costumava fazer quando era vivo.

“Esta data para o Brizola era sagrada, pois ele sempre vinha do lugar em que estivesse no mundo para São Borja. E sempre levando, como nós fizemos hoje, 12 rosas vermelhas no túmulo de Getúlio”, lembrou Vieira.

A passagem por São Borja acabou com uma visita ao comitê de campanha do candidato a deputado estadual Flávio Lammel (PDT), seguida de carreata e almoço de divulgação da candidatura a deputado federal de Tiago Cadó.

No sábado, Vieira e Lasier visitaram três municípios: Santa Maria, Jaguari e Santiago.

Em Santa Maria, a dupla foi recebida por militantes no Calçadão. Durante mais de uma hora eles visitaram o comércio e ouviram as demandas da população. Acompanhados de candidatos a deputado da coligação, almoçaram em uma galeteria da cidade e, em seguida, seguiram em carreata até a Cohab Tancredo Neves, onde foi inaugurado o comitê do candidato a deputado estadual Marcelo Zappe Bisogno.

Na passagem por Jaguari, os candidatos foram recebidos por militantes na entrada da cidade, realizaram um rápido discurso e seguiram em carreata pelas principais ruas.

À noite, também realizaram carreata em Santiago e participaram de um jantar no Círculo Operário.

Vieira e Lasier visitam Santa Maria, Jaguari e Santiago

Foto: Jefferson Bernardes

Vieira e Lasier, candidatos da Coligação O Rio Grande Merece Mais (PDT, DEM, PSC, PV e PEN) ao governo e ao senado, visitaram três municípios neste sábado. O roteiro passou por Santa Maria, seguiu por Jaguari e acabou em Santiago.

Em Santa Maria, a dupla foi recebida pelos militantes no início do Calçadão. Ao lado do vice de Vieira, Flávio Gomes, do suplente de Lasier, Christopher Goulart, e de candidatos a deputado da coligação, eles fizeram uma caminhada pelo comércio e ouviram as demandas da população.

A situação da ERS-287, um dos acessos a Santa Maria, foi plano de fundo para os questionamentos sobre o que Vieira fará para melhorar a infraestrutura de estradas no Rio Grande do Sul. A população que trafega pela rodovia convive diariamente com buracos e asfalto irregular, com o agravante de haver cobrança de pedágio em Candelária. A conservação da rodovia é de responsabilidade da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que foi criada recentemente e é administrada pelo Governo do Estado.

“Tenho percorrido o Estado e a reclamação é sempre a mesma: excesso de buracos, falta de sinalização e a enorme quantidade de municípios que sequer tem acesso asfáltico. No nosso governo, a conservação e a duplicação das rodovias serão feitas pelo Daer, que será reestruturado, e pela EGR, que irá conviver com as empresas privadas. As Parcerias Público Privadas (PPPs) serão tratadas sem preconceito no nosso governo, num processo transparente em busca dos necessários investimentos, e sempre tendo como meta a modicidade tarifária”, disse Vieira.

Após o almoço, o grupo seguiu em carreata até a Cohab Tancredo Neves, onde foi inaugurado o comitê do candidato a deputado estadual Marcelo Zappe Bisogno.

Em Jaguari, os candidatos foram recepcionados com uma carreata. A visita também serviu para que Vieira reencontrasse antigos amigos, já que foi na cidade da região Central que ele viveu parte da infância.

A última atividade foi em Santiago, onde o grupo participou da terceira carreata do dia, e encerrou a jornada com um jantar no Círculo Operário.

Vieira e Lasier visitam municípios da Região Metropolitana

Foto: Roberto Witter

O candidato do PDT ao governo do Estado, Vieira da Cunha, reservou a sexta-feira para visitas a três municípios da Região Metropolitana. O vice Flávio Gomes (PSC), o candidato ao Senado Lasier Martins (PDT) e candidatos a deputado da coligação O Rio Grande Merece Mais (PDT, DEM, PSC, PV e PEN) acompanharam as atividades.

A primeira visita foi a Alvorada. Na Associação Comercial e Industrial do município, Vieira recebeu um conjunto de reivindicações do setor, como a ampliação e a criação de distritos industriais para atacar o que o presidente da entidade, Maurício Cardoso, acredita ser o principal problema do município, que é a baixo percentual de industrialização.

De lá, o candidato seguiu para Sapucaia do Sul, onde caminhou no Calçadão ao lado de Lasier e de apoiadores da chapa. No contato direto com a população, ouviu pedidos de melhoria em diversas áreas, como a de infraestrutura, com a duplicação da ERS-118, e melhor atendimento de Saúde.

“Na saúde nós temos um grande gargalo que é a dificuldade nos atendimentos de alta complexidade, o que faz com que os pacientes precisem viajar por longas distâncias. Precisamos de hospitais nas próprias regiões com resolutividade para esses casos”, disse Vieira.

Em um comício improvisado no Calçadão, ele falou da necessidade de renegociar a dívida do Estado com a União, além de buscar a diminuição do comprometimento mensal da receita para o pagamento das parcelas. A medida é essencial para recuperar a capacidade de investimento do Estado, que hoje é de apenas 5% - no governo Collares, o índice era de 13% de tudo que é arrecadado.

À noite, Vieira e Lasier participam de um jantar na Casa do Gaúcho, em Esteio.

A agenda para o fim de semana

Sábado, 23/08/2014

11h - Caminhada em Santa Maria. Concentração na entrada do Calçadão, pela Rua Floriano Peixoto.

12h30min - Almoço na Galeteria Augusto, em Santa Maria.

13h30min - Concentração para carreata no Comitê Central. Trajeto seguirá em direção à Cohab Tancredo Neves.

15h - Inauguração do Comitê do candidato a deputado estadual Marcelo Bisogno e candidato a deputado federal Afonso Motta.

17h - Carreata em Jaguari. Concentração na entrada da cidade.

19h - Carreata em Santiago, com concentração na frente da AABB

20h - Jantar festivo em Santiago, no Círculo Operário.

Domingo, 24/08/2014

9h - Café da manhã com a Imprensa, em São Borja.

10h - Sessão solene na Câmara de Vereadores.

11h - Caminhada e comício em frente ao monumento da Carta Testamento.

12h - Churrasco de confraternização com o candidato a deputado federal Tiago Cadó (PDT)

De Serafina

Inicia oficina de Jornal no Quiosque do Artesanato

Num clima de amizade e descontração, as artesãs participaram do primeiro dia da Oficina de artesanato em jornal, ministrada pela artesã Maria Aparecida Franciosi, tendo início no dia 21 de Agosto , com previsão de término até dia 09 de setembro de 2014, no quiosque do artesanato. As aulas acontecem nas terças e quintas, das 14h às 17h. O Quiosque do Artesanto encontra-se aberto para visitação nas quartas, quintas e sextas-feira das 13h30min ás 17h, lembramos que o Quiosqui está passando por melhorias, e em breve estará em pleno funcionamento em horário comercial para melhor atender a população. Quem tiver interesse em participar das próximas oficinas, e novas turmas, entrar em contato com a Servidora Municipal Marines Bracht através do fone: 3444 2166 para o agendamento e maiores informações.
Dar um presente artesanal é algo que possui um significado maior.Já quem recebe, ganha algo único, feito com carinho e atenção que podem ser sentido e vistos no próprio produto, resultado de talento e muita dedicação. Valorize o trabalho manual.

22 de agosto de 2014

Histórias de campanha

O ESPORRO DO OLIVIO

lEMBRO BEM QUE ERA UMA MANHÃ DE ABRIL DE 1998. a campanha tava recem começando e Britto era o favorito.

Bisol, candidato ao Senado pela Frente Popular - perdeu pra Simon -solicitou uma audiencia ao Sindicato Médico,onde eu fazia o jornal.
Azar meu....

O presidente o Argollo chamado por alguns associados na época de 'buffet de bolacha" - sempre tinha comida nas reuniões -aceitou bater papo com Olivi0 e Bisol.

Fui entrevistar o candidato pro jornal do Sindicato.

Mas muito ingenuo e não sabendo das brigas internas deixei a fita na sala de imprensa, onde no fim de semana, alguém desgravou toda a fita...borrou a fita.vingança interna....eu tenho uma leve suspeita de quem foi ou mandar fazer mas não posso provar....Nem o presidente Argollo na época podia provar.

Resultado: lá fui eu fazerr nova entrevista com Olivio Dutra.

Num comite que tinha perto da Farrapos lembro que peitei a Denise Mantovani,assessora do candidato....

Lembro que os caras do comite só falavam mal da RBS(depois ficariam aliadinhos, como sempre acontece....no poder...)

Olivio saiu de uma reunião e quando ia entrar em outra botei o gravador na boca dele e sai perguntando.
Puto da vita, disse alguns palavrões mas me deu a entrevista..(OLides canton)

OLIVIO SAINDO PELA TANGENTE

NA COLETIVA DE 4 FEIRA, OLIVIO DUTRA, BEM POSICIONADO NAS PESQUISAS SAIU PELA TANGENTE EM TODOS OS ASSUNTOS ESPINHOSOS...

- NAO FALO sobre hipoteses, repetia a toda hora.

* ninguém tocou no assunto FORD....

* NOA QUIS OPINAR SOBRE SIMON ENTRAR NA CAMPANHA

* Disse que o projeto é reeleger tarso e dilma....

* voltou aos velhos termos: ' espraiado' , conjunto da cidadania e por ai....

* Diz que não tem nada contra o ' companheiro tarso' e assegura que é até amigo dele.

* Falou com muito respeito das sete famílias atingidas pela tragedia de santos, onde morreu campos....

* E citou Mário quintana; A MORTE CHEGA PONTUALMENTE NA HORA INCERTA....

* O governo do pt, segundo ele, tirou 40 milhões da miséria, mas tem mais 17 milhões na situação....

* Não tocou em Britto, mas deu a entender que seu oponente Lasier Martins está no outro campo....

* " meu oponente nunca foi trabahista', disse.

* E disse ainda de Lasier:

- ele falava sozinho nos programas que apresentava....

* Olivio defendeu a politica, dizendo que todo ser humano é politico.

GRANDE MARQUETEIRO

anitagmente se dizia demagogia. hoje se chama marketing...Olivio é bom disto, prova é a nota que está na rosane hoje....

* ele ligou do onibus dizendo que ia se atrasar....

* e a coletiva na federasul terminou mesmo 1/2 hora que eu conferi.

* o galo missioneiro aprendeu tudo....acho que ainda vai papar o lasier, o do choque do fio

4 curta

meu dia de 4 foi mais curto, porque dediquei a manhã pra gravar pra tv futura...

* celebridade tem disto, também...

* de serafina pro brasil...

* brincando, brincando, mas remexi na memória muitos anos....

* e até um cansaço isto me deu de noite....

* não tinha me dado conta que tinham passado 20 e tantos anos daquela entrevista e 10 do lançamento do meulivro getulio vargas, depoimentos de um filho.

* o marcilio localizou o livro no sebo aurora daqui.

* leu e depois disto achou que queria tomar meu depoimento

* acho que contribui com alguma coisa pra sua pauta...

tv futura

quando chegaram na minha rua aqui, o pessoal da tv futura tirou um monte de coisas no carro locado e começaram a filmar. pensei que fossem gente da eptc...que nada eram eles filmando minha rua e meu prédio.

* me chamou a atenção o esmero do cinegrafista ...tudo nos minimos detalhes...

* o rapaz que carregava o equipamento sofreu pra subir aqui no muquifo que moro, dois andares sem elevador....

* uma puta mala de equipamento....

* mas quem tem estrutura é assim mesmo....

* Marcilio Brandão me explicou que uma vez ao ano, eles editores saem a campo fazer uma matéria, previamente aprovada pele equipe...

* neste caso, ele é que escolheu o assunto getulio, pelo lado da herança do suicidio...

em pilulas vou me lembrando do que gravei pra tv futura...

* disse ao reporter marcilio brandão que nao fiquei na época muito surpreso,q uando soube da morte de maneco vargas, também por suicidio...

* a veja na época fez uma materia de um apagina sobre isto e eu tenho o recorte. eles filmaram...

* marcilio não sabia da existencia do diário de getulio vargas, que também nunca li....

* foi um dos maiores encalhes da história das edições. parece que não vendeu nada. isto me disse o livreiro papyrus, o jorge silva, que anuncia sempre no caderno de cultura da zh...

* não sei quem marcilio iria ouvir aqui no sul,além de mim e do delegado de itaqui na época da morte do maneco. dois netos de getulio, filhos de maneco, iriam gravar com ele na tarde de quarta, no mesmo dia que gravei pela manhã.

* a tv futura é da fundação roberto marinho, porque assinei um papelote cedendo minha gravação pra eles.

* eles chegaram aqui em casa na hora marcada e filmaram a rua onde vivo....

* ou seja, por minha causa até a lavras agora virou famosa....

CELINA AMARAL

soube pelo colega da tv futura que celina do amaral, filha da alzira vargas, mora numa chácara em petropolis(RJ)

* ela diz que lá é seu Itu....

* mas vai gravar no catete seu depoimento pro especial que Marcilio Brandão, da tv futura, está fazendo sobre getulio.

* sei que o colega vai a jaguarão entrevistar o delegado que atestou o obito de maneco vargas em janeiro de 1997.

* este delegado era o delegado de itaqui, quando da morte-suicidio - do filho de getulio que me deu seu depoimento

* a equipe vai tam bém a são borja e ao itaqui....

COMO DISSE O JEFFERSON BARROS, QUANDO BOTOU O CACO B ARCELLOS NO JN, DA GLOBO, AGORA TU VAIS ESTAR NO STAR SYSTEM....AH...AH...

ao dar meu depoimento para tv futura, estarei ao alcanse nacional de uma tevê ....

* de serafina pro brasil, pra ' inveja' de um editor do vale do taquari...que não tem se manifestado.

* aliás, soube que ele estendeu seus tentáculos em serafina...

* pior fui eu que levei esta ' mala' pra lá e ele emplacou pelo visto, porque voltou..

* Falando sério agora....lembrei ao colega da tv futura como conheci o filho do getulio que me deu seu depoimento.

* não foi nada fácil...

* fácil é falar agora....

SB

vou mais a sb porque sempre se tem alguma coisa, rever amigos etc e tal....

* acho boa a presença lá.....

* Neste domingo, me parece que a sessão é as 10 horas na CMunicipal.

Neste domingo, dia 24.9 completa 60 anos do suicidio de Vargas. estarei em sb pras homenagens.sempre que posso vou.....

esta é a foto mais conhecido do enterro de Getulio....ou melhor do velório, porque o enterro foi em SB...

sobram poucos vivos daquela tragédia....



esta foto é uma das mais conhecidas do povo chorando a morte do ' pai dos pobres', como era chamado....

maldosamente, alguns diziam que getulio foi o pai dos pobres e a ' mãe' dos ricos.(OC)

Espanhol

o espanhol pai em 1975 fez estas fotos de uma queda de um andaime e papou o premio ari de foto do ano....

NANDO GROSS

NÃO SE CONHECEM DETALHES DO CONTATO DO NANDO COM A RECORD, MAS TÃO TIRANDO O COURO DELE.

* NESTA QUARTA FOI DORMIR 2 HS DA MADRUGADA DE 5 FEIRA.

* OS ' PASTORES' NÃO BRINCAM EM SERVIÇO...

' OREMOS"

Eduardo Campos

a ultima foto viva do candidato campos...no JN do dia 12.9

ele achou que se saiu bem mesmo diante das perguntas sobre nepotismo. colocação da mãe Ana Arraes no TCU

do blog do Mazzarino

oremos todos então junto ao blog do mazzarino(olides)

 

Concerto Orquestra de Flautas Transversas IPDAE no CCCEV

O Concerto da Orquestra de Flautas Transversas IPDAE acontecerá nesta sexta-feira, 22 às 20h no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, com regência de Ademir Schmidt. Entrada franca. Rua dos Andradas, 1223, Centro Histórico, Porto Alegre/RS, (51) 3226-5342 / 3226-7974 / 3228-9710/ 3221-6872, www.cccev.com.br / www.facebook.com/cccev.rs

Sons da Cidade - 26/8

Os músicos Angelo Primon e Thiago Ramil serão as atrações do projeto Sons da Cidade neste mês de agosto, dia 26 (terça-feira), no Teatro Renascença. Angelo mostra o espetáculo Olhar o Mar, inspirado no folclore açoriano e português, e Thiago apresenta seu trabalho autoral. O ingresso é a doação de um quilo de alimento não perecível.

Programação do Clube de Cinema para o próximo final de semana

No próximo Sábado (dia 23/08/2014) as 10h15min no Cine Santander Cultural assistiremos o filme "Dentro do Redemoinho" (Within the Wihirlwind - 2009). Na União Soviética dos anos 1930, a professora de literatura Evgenia Ginzburg é acusada de participar da conspiração para depor Stalin . Condenada a 12 anos de trabalhos forçados na Sibéria, ela encontra uma razão de viver quando se apaixona pelo médico do campo de prisioneiros. Baseado numa história real. Este filme estará sendo apresentado na Mostra Mulheres na Direção que será realizado no Santander Cultural.

No próximo Domingo (dia 24/08/2014) não haverá sessão!

Na próxima 2ª feira (dia 25/08/2014) as 20:00 na Sociedade Germânia assistiremos o filme "A Parte do Anjos" (Angels Share - 2012). Robbie (Paul Brannigan) escapa, por pouco, de uma sentença de prisão. Ele acaba de ter um filho com a namorada Leonie (Siobhan Reilly) e promete que o futuro do primogênito será diferente de tudo que viveu. Durante o serviço comunitário, ele conhece pessoas que enfrentam a mesma dificuldade de encontrar emprego e descobre um dom em degustação de whisky, que pode mudar suas vidas para sempre. Ganhou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes 2012. O termo "a parte dos anjos" é bastante comum no meio de destilação do uísque, onde se passa boa parte da história do filme. Trata-se de uma referência bem-humorada à parte do volume de álcool que evapora durante o envelhecimento da bebida nos barris.

O CINEMA DAS FLUTUAÇÕES

por Eron Duarte Fagundes

Dividindo a crítica por aí afora, O homem das multidões (2012), rodado em Belo Horizonte pelo pernambucano Marcelo Gomes e pelo mineiro Cao Guimarães, é certamente uma narrativa fora de padrão dentro do cinema brasileiro. (Marcelo codirigiu, com o cearense Karim Aïnouz, o extraordinário Viajo porque preciso, volto porque te amo, 2009, e Cao dirigiu o um pouco bem-sucedido, um pouco falhado exercício de fantasia intelectual Ex isto, 2010). Talvez esta despadronização buscada ousadamente pelos realizadores dilacere o filme em seus nervos narrativos, fazendo com que muitas de suas proposições estéticas tendam a ruir. Esta estranheza formal, ali entre o modorrento e o dispersivo, não invalida seus aspectos originais, como é da feição de seus cineastas, um nordestino e outro do Sudeste brasileiro.
Extraído livremente do longínquo universo do escritor americano Edgar Allan Poe, O homem das multidões começa com um longo plano em que o que aparece é uma multidão urbana, e dentro da qual devemos adivinhar a presença do homem solitário imerso. Desde esta primeira imagem, inconstante, perplexa e quase vazia semioticamente, o filme flutua: como uma onda. Os atores se deslocam um pouco como títeres: o maquinista do metrô vivido por Paulo André e a controladora da estação na mesma empresa, interpretação entregue a Silvia Lourenço, colam intérprete e personagem numa linha fria exposta por uma fotografia adrede descolorida e pastel.

Com uma participação afetiva, a oportunidade de rever na tela a figura envelhecida do crítico de cinema Jean-Claude Bernardet, o cérebro de cinema por excelência do Brasil. Cabe lembrar que o filme teve um inesperado reconhecimento no meio cinematográfico francês a partir duma premiação em Festival.

Vamos construir rapidamente a substituição de Beto Albuquerque, diz Sartori

Foto: Luiz Chaves

“Cabe a nós construir, rapidamente, o nome do PMDB que substituirá Beto Albuquerque na chapa majoritária. Para isso, não faltam excelentes quadros ao partido.” A afirmação é do candidato a governador José Ivo Sartori, feita durante a reunião de dirigentes dos partidos da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande, nesta quinta-feira (21), em Porto Alegre, na ocasião em que o candidato Beto Albuquerque renunciou à disputa ao Senado para concorrer a vice-presidente da República na chapa do PSB. “A coligação se mantém e vai ao encontro da vitória para promover as mudanças que o Estado tanto precisa”, acrescentou Sartori.

O candidato salientou, ainda, que a presença de Beto Albuquerque na chapa de Marina Silva representa o equilíbrio e o cumprimento das propostas de Eduardo Campos: “Para nós, que já desbravamos e ajudamos a construir o progresso em todos os estados do Brasil, é um orgulho contribuir com o nome de um gaúcho para concorrer em uma chapa que vai tornar o Brasil um país melhor para se viver”.

AGENDA DO CANDIDATO JOSÉ IVO SARTORI PARA SEXTA-FEIRA - 22 DE AGOSTO

CRUZ ALTA

8 horas - Café da manhã com candidatos da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande. Local: Rosmer Palace Hotel.

8h50 - Entrevista coletiva. Local: Rosmer Palace Hotel.

9h10 - Caminhada com a participação de candidatos e apoiadores da coligação, desde o Rosmer Palace Hotel até a Praça do Relógio.

PANAMBI

11 horas - Carreata com a participação de candidatos e apoiadores da coligação, desde o Distrito Industrial até a sede da Associação Comercial e Industrial (ACI).

11h15 - Encontro com a diretoria da ACI. Local: Sede da entidade.

11h20 - Entrevista coletiva. Local: Sede da ACI.

11h45 - Bandeiraço, com a participação de candidatos e apoiadores da coligação. Local: Praça Engenheiro Walter Faulhaber.

12h30 - Caminhada com a participação de candidatos e apoiadores da coligação, a partir do restaurante Cotripal (Centro).

IJUÍ

14 horas - Carreata, desde a Avenida Coronel Dico até a Rua 15 de Novembro.

14h45 - Entrevista coletiva. Local: Sede do Sindilojas.

15h30 - Caminhada com a participação de candidatos e apoiadores da coligação, a partir da Rua 15 de Novembro com Rua José Bonifácio.

16 horas - Reunião na sede da Associação Comercial e Industrial (ACI).

SANTA ROSA

20 horas - Lançamento de candidatura dos deputados Osmar Terra e Neusa Kempfer. Local: Ginásio do Frigorífico Alibem.

Vieira é homenageado pelo Movimento Nacional Pela Advocacia Pública

O candidato ao governo gaúcho Vieira da Cunha (PDT) foi homenageado nesta quinta-feira (21) pelas entidades representativas da Advocacia Pública Brasileira. Na placa entregue a ele, as nove representações de classe que formam o Movimento Nacional pela Advocacia Pública afirmam que a distinção ocorre em função da defesa da ética, da probidade, da dignidade humana, da qualidade dos serviços públicos e do fortalecimento das instituições públicas durante o mandato parlamentar na Câmara dos Deputados, em Brasília. A homenagem foi feita durante um almoço na sede da Federasul.

Os dirigentes do movimento também destacaram o apoio e articulação de Vieira na votação da PEC 82/2007 na Comissão Especial que tratou do assunto na Câmara. A proposta atribui autonomia funcional e prerrogativas aos membros da Advocacia da União, Procuradoria da Fazenda Nacional, Procuradoria-Geral Federal e às procuradorias dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O texto final ainda terá de ser apreciado em plenário.

“Tenho consciência da importância do fortalecimento da advocacia pública para que nós consigamos avançar no nosso país e fortalecer as estruturas do regime democrático. Durante a campanha eleitoral, o que mais se fala é em eficiência de gestão. Quando se fala em educação, saúde, segurança e infraestrutura, notadamente com a crise financeira, nós temos que saber bem aplicar os limitados recursos públicos de que o governo dispõe. E o papel da advocacia pública, para que nós possamos estancar o desperdício público e combater implacavelmente a corrupção na administração pública, é fundamental”, afirmou Vieira.

Além do almoço, Vieira dedicou o dia para gravações do programa de rádio e televisão. O candidato também foi à posse do procurador-geral de Justiça do Estado, Eduardo de Lima Veiga, na presidência do Conselho Nacional de Procuradores Gerais.

A agenda para esta sexta-feira, 22/08/2014:

11h30min - ALMOÇO NA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL INDUSTRIAL DE ALVORADA (ACIAL)
Na Rua Piauí, 429, em Alvorada.

13h30min - CONCENTRAÇÃO PARA CAMINHADA EM ALVORADA
Na Rua Piauí, 429, em Alvorada.

15h - CAMINHADA NO CALÇADÃO DE SAPUCAIA DO SUL
Em Sapucaia do Sul.

20h - JANTAR DO DEPUTADO FEDERAL GIOVANI CHERINI E DEPUTADO ESTADUAL GERSON BURMANN
Na Casa do Gaúcho, em Esteio.

Falando em folclore

FIGTF participa de programa na web sobre o tema

Para comemorar o Dia Internacional do Folclore, que é celebrado nesta sexta-feira, 22, a TV web Cidade 10 e diversas rádios do Interior do Rio Grande do Sul vão transmitir, a partir das 17h, o programa “Falando em Folclore”. O presidente da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Rodi Pedro Borghetti, vai participar do debate com Paixão Cortes, Paula Simon Ribeiro, Ivo Benfatto e Manoelito Savaris. O programa é idealizado para festejar a data e apresentar à comunidade posições claras sobre a importância do folclore para a sociedade. Diversas apresentações artísticas e culturais serão realizadas durante o período em que “Falando em Folclore” estiver no ar. O programa faz parte do Projeto Ovinoart, Festa das Nações e 12ª Penca da Música Nativa, que iniciou no dia 16 deste mês e encerra dia 24, no Parque de Exposições de Santana do Livramento. O folclore também é tema de estudo dos pesquisadores da FIGTF. Quem quiser saber mais sobre o assunto pode acessar o site da fundação http://www.igtf.rs.gov.br/wp-content/uploads/2012/03/conceito_FOLCLORE.pdf. Na página, definições e explicações detalhadas sobre os conceitos históricos, extraídos do livro Dicionário de Conceitos Históricos 0 Kalina Vanderlei Silva e Maciel Henrique Silva. Os autores afirmam que os conceitos não são fechados e conclusivos em si mesmos, mudando e evoluindo no transcorrer do tempo.

21 de agosto de 2014

tv futura

gravei hoje um depoimento pra tv futura sobre getulio e maneco vargas que entrevistei em 93....

o repórter tá pegando a pauta pelo lado da herança do suicidio de getulio...

acho que contribui.

de Serafina

rodoviária não há mais em serafina. fecharam. mas ficou o recorte do tempo do café do joanin alban, onde o mauro rocha disse que morou quando chegou na cidade. era uma espelunca que ficava encima da rodoviária e do café. muitas noitas fui sequestrado pelo flávio soccol pra ficar ai pra ver o teipe do gremio que vinha altas horas da madrugada. depois tinha que caminhar 2 km pra chegar em casa...

masa valia a pena...quando se é jovem todo sacrificio vale a pena. agora mais velhusco, durmo as 9 da noite.(olides)

GALO MISSIONEIRO FOGE DE PERGUNTAS MAIS OBJETIVAS



na coletivba de hoje ao meio dia o galo missioneiro caiu fora de perguntas mais objetivas. se esquivou dizendo que não falava em hipóteses...

Música

musica popular quase lota o foyer do são pedro.

foi hoje ao meio dia. musica de boa qualidade...

SOBRE INFORMAÇÃO DA COLUNA

Olha, tenho quase certeza que o espanhol filho, como o pai, nasceu em Barcelona, por ai. que não nasceu no Brasil, tenho certeza. a irmã nasceu aqui. pelo menos ele sempre me disse isto. (olides)

De: EDUARDO LEITE LEAL
Para: contato@deolhoseouvidos.com.br

Olides, na tua última atualização informas que o talentoso fotógrafo Espanhol( como é conhecido no meio) nasceu na Espanha. Recentemente a Zero Hora informou que o seu pai nasceu lá; já o Espanhol é brasileiro, nascido em P. Alegre, se a memória não é falha. Por sinal, sou admirador do seu trabalho, tendo adquirido recentemente alguns cartões postais de sua autoria. Bom trabalho!
EDUARDO L. LEAL, ADVOGADO E TÉC.CONTÁBIL, P. ALEGRE.

O CINEMA DAS FLUTUAÇÕES

por Eron Duarte Fagundes

Dividindo a crítica por aí afora, O homem das multidões (2012), rodado em Belo Horizonte pelo pernambucano Marcelo Gomes e pelo mineiro Cao Guimarães, é certamente uma narrativa fora de padrão dentro do cinema brasileiro. (Marcelo codirigiu, com o cearense Karim Aïnouz, o extraordinário Viajo porque preciso, volto porque te amo, 2009, e Cao dirigiu o um pouco bem-sucedido, um pouco falhado exercício de fantasia intelectual Ex isto, 2010). Talvez esta despadronização buscada ousadamente pelos realizadores dilacere o filme em seus nervos narrativos, fazendo com que muitas de suas proposições estéticas tendam a ruir. Esta estranheza formal, ali entre o modorrento e o dispersivo, não invalida seus aspectos originais, como é da feição de seus cineastas, um nordestino e outro do Sudeste brasileiro.

Extraído livremente do longínquo universo do escritor americano Edgar Allan Poe, O homem das multidões começa com um longo plano em que o que aparece é uma multidão urbana, e dentro da qual devemos adivinhar a presença do homem solitário imerso. Desde esta primeira imagem, inconstante, perplexa e quase vazia semioticamente, o filme flutua: como uma onda. Os atores se deslocam um pouco como títeres: o maquinista do metrô vivido por Paulo André e a controladora da estação na mesma empresa, interpretação entregue a Silvia Lourenço, colam intérprete e personagem numa linha fria exposta por uma fotografia adrede descolorida e pastel.

Com uma participação afetiva, a oportunidade de rever na tela a figura envelhecida do crítico de cinema Jean-Claude Bernardet, o cérebro de cinema por excelência do Brasil. Cabe lembrar que o filme teve um inesperado reconhecimento no meio cinematográfico francês a partir duma premiação em Festival.

Vieira se reúne com dirigentes lojistas e participa de ato na Esquina Democrática

O candidato do PDT ao Piratini, Vieira da Cunha, participou de um café da manhã com dirigentes lojistas e realizou um ato público na Esquina Democrática ao lado do candidato ao Senado, Lasier Martins, do vice, Flávio Gomes, e de candidatos a deputado da coligação O Rio Grande Merece Mais nesta quarta-feira (20). Nas duas atividades ele criticou a forma com que o governo atual trata a questão da dívida pública, afirmou que o Rio Grande do Sul “está sendo sangrado pela União” e prometeu entrar na Justiça caso o governo federal não renegocie a forma de pagamento da dívida dos Estados.

“Assinamos um contrato em 1998 pra pagar R$ 7,5 bilhões, pagamos R$ 17 bilhões e ainda devemos R$ 50 bi, aí não precisa ser especialista em finanças públicas pra saber que alguma coisa está errada. O Tarso diz que liderou um movimento nacional pra rever isso, mas o projeto foi para a Câmara, nós aprovamos, e foi engavetado no Senado por pressão do ministro da Fazenda. É uma esquizofrenia. A promessa é pra votar em novembro, mas eu não acredito, já que com toda a pressão da disputa eleitoral ele não vai a plenário, nada garante que será votado após a disputa”, opinou Vieira durante café da manhã na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL).

Para ele, mesmo que o projeto seja aprovado os reflexos não serão imediatos, pois a alta taxa de comprometimento da receita com o pagamento das parcelas reduz a capacidade de investimento do Estado. Ano passado, o governo investiu apenas 5% daquilo que arrecada. No governo Collares, por exemplo, o montante era de 13%.

“Pra ter capacidade de investimento nós não podemos continuar comprometendo 13% da nossa Receita Corrente Líquida para o pagamento da dívida. Isso é um negócio asfixiante. É nisso que nós temos que mexer, e eu já disse publicamente que vou entrar na Justiça, pois duvido que o Judiciário não se sensibilize com uma questão dessas”, complementou.

Após Vieira apresentar as propostas do seu plano de governo, o grupo entregou uma série de reivindicações do setor, como o fim do Imposto de Fronteira.

Outra palavra bastante repetida nos dois discursos foi a necessidade de boa gestão, como forma de melhorar os serviços prestados pelo Estado.

“Alguns dias atrás estivemos reunidos com entidades da área da Saúde que disseram que 5 mil leitos poderiam ser ativados no Estado sem a necessidade de construir um único novo hospital, apenas com a adequação de instituições que atualmente são subutilizadas. É a necessidade de boa gestão”, exemplificou.

A última atividade desta quarta-feira será às 18h, em uma reunião com o Sindicato do Comércio Atacadista, também na Capital.

Confira a agenda de Vieira da Cunha para quinta-feira (21):

09:00 - GRAVAÇÃO PARA OS PROGRAMAS DE RÁDIO E TV
Em Porto Alegre.

12:00 - HOMENAGEM DA ASSOCIAÇÃO DOS PROCURADORES DO ESTADO E DO MOVIMENTO NACIONAL DA ADVOCACIA PÚBLICA A VIEIRA DA CUNHA
Almoço por adesão. Na Federasul - Largo Visconde de Cairú, 17, 7º andar. Em Porto Alegre.

17:00 - POSSE DE EDUARDO DE LIMA VEIGA NA PRESIDÊNCIA DO CONSELHO NACIONAL DE PROCURADORES-GERAIS
Na Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, 80, 3º andar. Em Porto Alegre.

AGENDA DO CANDIDATO JOSÉ IVO SARTORI PARA QUINTA-FEIRA - 21 DE AGOSTO

PORTO ALEGRE

12 horas - Entrevista para o programa Pampa ao Meio-Dia, da TV Pampa.

13h30 - Reunião com presidentes das Executivas Estaduais dos partidos integrantes da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande. Local: Avenida Padre Cacique, 668.

ARROIO DO TIGRE

19h30 - Encontro político com candidatos da coligação O Novo Caminho para o Rio Grande. Local: Clube 25 de Julho.

Festa das Etnias

“A Presença do Negro na História e Cultura do Rio Grande do Sul” é o tema da palestra que o diretor técnico da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), historiador Claudio Knierim, vai proferir nesta quinta-feira, 21, a partir das 20h, na 21ª Festa das Etnias, promovida pelo 35 CTG.

Logo após a explanação haverá degustação de pratos típicos das etnias participantes. A programação prossegue na sexta-feira, 22, às 20h, com peña (apresentação) de etnias e grupos folclóricos. O evento, com entrada gratuita, conta com a participação das etnias alemã, grega, italiana, libanesa, portuguesa, espanhola, ucraniana, africana, polonesa e japonesa.

Mais informações no telefone 51 3336.0035 e na avenida Ipiranga, 5300, em Porto Alegre.

de Serafina

Legislativo homenageia os agricultores através de Sessão Solene

Cenário e perspectivas do agronegócio foi tema de palestra acompanhada por mais de 200 pessoas


Grupo Speranza abrilhantou o evento, com canções italianas

O mês de julho é especial, pois além da comemoração de aniversário do Município de Serafina Corrêa, também é celebrado o Dia do Colono e do Agricultor. A Câmara Municipal de Vereadores não poderia deixar de homenagear esta gente de valor, sendo que a proposição para a realização de uma Sessão Solene foi de iniciativa dos Vereadores da Bancada do Partido Progressista com o voto favorável de todos os demais Legisladores.

Na noite de quinta-feira (14), o Auditório da Escola Municipal Leonora Marchioro Bellenzier recebeu mais de duzentas pessoas para a primeira Sessão Solene deste ano. O evento especialmente voltado para estes importantes trabalhadores, possibilitou não apenas um momento para valorização, como também de agregar conhecimento sobre o cenário do agronegócio, da agricultura familiar e as perspectivas para o setor.

Após a apresentação musical do Grupo Speranza, os trabalhos foram iniciados e coube aos Líderes de Bancada ocupar a Tribuna para suas manifestações. A Vereadora Nega Castro falou em nome da Bancada do PP, o Vereador Jairo Vidmar em nome da Bancada do PMDB e o Vereador Gilmar Facco se manifestou em nome da Bancada do DEM. Após, a palavra foi do convidado Francisco Sérgio Turra para apresentar dados sobre o atual momento e o futuro da agricultura. “Confesso que com muita emoção eu estou aqui reverenciando quem trabalha, quem produz e quem salva o Brasil. E para quem depende da agricultura tenho uma alegria para compartilhar: hoje se tem direito a ter as coisas que não se tinha ontem, como conforto e a possibilidade de sonhar”, enfatizou Turra, que é Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Com otimismo, Turra apresentou dados e gráficos destacando o clima, geografia e demais características que fazem do país o maior produtor de alimentos do mundo e a possibilidade de alavancar ainda mais a sua economia através da agricultura. “A grande arma do Brasil é a produção de alimentos para todo o mundo e isso é a nossa maior riqueza”, disse.

A Sessão Solene alusiva ao Dia do Agricultor contou com a presença do Prefeito Municipal Ademir Antônio Presotto, do Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Agronegócio de Serafina Corrêa José Barp e do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Serafina Corrêa, Lírio Oldoni. Prefeitos, Vereadores, Secretários de Agricultura e outras lideranças de diversos municípios da região se fizeram presentes na solenidade, bem como um grande número de agricultores, de representantes de entidades, imprensa, convidados e a comunidade Serafinense.

Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico visita dependências da Escola Agrícola

Na manhã de quarta-feira, dia 20 de Agosto, estiveram visitando as dependências da Escola Agrícola, o Presidente do Poder Legislativo Sr. Nelson Pedro Mezzomo e o Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico Sr. Silmar Roberto Santin. Com o intuito de conhecer as potencialidades e as demandas da Escola, Vereador e Secretário, visitaram os alunos, professores e a direção. É importante este contato com a comunidade escolar, a fim de informar os munícipes sobre o nosso trabalho, as ações e intenções do Poder Público de forma transparente, prática, simples e eficaz, afirma o Secretário Silmar.

20 de agosto de 2014

L&PM

A LPM FOI PARCIALMENTE VENDIDA. OLHA O ESTADÃO DANDO AI. NÃO VI NOS LOCAIS...

de serafina.

O CEGO QUE CORTA LENHA

um parente de minha mãe cortando lenha lá em casa....



o velho morreu e já tem outro lenhador. fogão a lenha precisa de lenha, meu!!!!!

rodoviária de serafina



o vendedor antoninho vidmar vende passagens pros passagens. Uma delas é procuradora do Estado...e usa a rodoviária pra ir e vir entre a cidade e porto alegre...

rodoviária de serafina...até quando povo fica ao relento???

rodoviária de serafina sem rodoviária. só o prédio que hoje é hoje uma academia....

Rodoviária fechada, povo na rua, literalmente!

O gato

o gato no telhado lá perto de casa. de noite ficam enchendo o saco....

CAPINCHO FOI ABDUZIDO PELOS OVNIS...

hoje o capincho não tinha se manifestado..pensei que os ovnis de são borja tinham levado ele pra outra dimensão tomar trago com eles. mas tava na padaria copacabana fazendo um rango - 15 pilas - e o celular tocou. era o figuraço de são borja...

* queria saber novidades?/

* disse a ele: marina é a próxima presidente do Brasil.

candidata

a mulher do prefeito de santa maria, cesar Schirmer, fátima é candidata a deputada estadual pelo PMDB..

* Era Schirmer que em seu primeiro mandato trocava as fraldas encima da mesa do seu gabinete de sua primeira filha,cujo nome não sei.

* gquem via esta cena é a hoje taquigrafa da assembleia legislativa, moema bauer....

SCHIRMER

o prefeityo de santa maria da boca do monte, Cesar Augusto Schirmer, pagou os 246 enterros da tragédia da KISS...

* e como dizia o avó de GGmarques, carrega 246 mortes nas costas....

PAULINHO FUMAÇA

Paulo Gerson Antunes fez um churra em fins de março pros amigos perto da lagoa onde vive em Tramanda Beach, como dizia Carlos Nobre.

* Foi carlos sávio, espanhol, luiz claudio cunha,rosvita sauressig,entre outros.

* Paulinho Fumaça mora lá, depois que se aposentou da ALRS.

TUIM X ESPANHOL

enocntrei na noite de segunda o espanhol no TUIM, tomando trago....

* parei lá e falamos sobre os velhos tempos....da folhinha, zh etc....

* coisas da profissão.

espanhol(1)

o espanha, que é nascido em barcelona -16????.1951 já morou na frança.

filho de josé abraham diaz e de Maria Lhereux Diaz, que completa 90 anos este ano.

* espanha disse que vai fazer um festerê pra mãe.

* Ele mora com ela, na zona sul....

* mas como nora e sogra nunca se dão, por via das dúvidas, a mulher do espanha tem um apê perto do olimpico.

* fica lá uns dias depois volta pra zona sul....até dar um tempo.

* O velho espanhol foi de dinamitar pontes na revolução espanhola, contra o Franco....

* dizem que éra o maior ' papador' de premios ari que já existiu....sentia quando uma foto ia ser premiada. e dizem também que fazia muita cascata...isto eu ouvia dizerem quando trabalhei na folhinha.

* Muito rebelde, espanhol pai, se rebelou contra o novo chefe da CJCJ, o assis hoffmann...espanhol filho é muito amigo,do assis...mas quando o assis assumiu a fotografia da caldas, o velho espanha queria fazer as pautas que queria, que ele escolhia,semp-re de3 acordo com seus ' interesses, como dizia o dr. briza.

ai o assis deu um tranco nele:

- Não, espanhol, agora tu vais fazer a pauta que eu mandar....

deve ter saído faísca porque os dois são turrões....

* espanhol filho é nascido na europa. sua irmã é que nasceu no Brasil.Ela foi casada com umg rande amigo do espanhol, o paulinho fumaçã, também conhecido por PAULO GERSON ANTUNES DE OLIVEIRA...que hoje mora em tramandái, perto de uma lagoa....

* a irmã do espanhol, se não me engano dá aulas na urgs e tá bem de vida. mora na vila assunção e gramado é seu destino preferido.quando não está em NY....

* algumas destas coisinhas eu conto porque me considero amigo do espanhol...foi uma amizade que cosntruimos fora da profissão. quando eramos de jornal, acho que pouco falávamos.

* temos um projeto em comum: ir um dia na fazenda do ITU, em são borja. até hoje não deu. Na sexta passada a esposa do espanhol recebeu exames do tratamento que fez contra um cancer de mama e deram tudo bem....

* acho que por isto ele tomou aquele trago no tuim na noite de segunda, que lhe custaram 80 contos.

noticias da ouro e prata.

Foi recuperado o primeiro onibus da empresa, em crissiumal....está sendo refeito, mantendo as coisas originais e depois possivelmente levado pra exposição...pode até ser no parcão....

* ALCOOL ZERO é a regra na empresa....nem pensar uma gota de alcool dentro da empresa..

* Hugo Fleck é rigoroso quanto a isto....

* O novo cara do marketing lá, o Fernando Brunelli desfez até um churrasco que tinha às sextaS PRA clientes...

- Não tinha graça churrasco com coca cola ou guaraná....

* a ouro e prata também faz a manutenção dos onibus do expresso azul, de lajeado e da itapemirim...

Guaxo....

ainda não li o gasparotto no Guaxo....não deu tempo.

de Gramado

encontrei o merten no cinema da urgs nesta segunda de tarde....aqui ele no festival de gramado, oito dias atrás no debate dos criticos de cinema.

Porralouquice marca 'Não Pare na Pista - A melhor história de Paulo Coelho'

por Marcio de Almeida Bueno, diretodeportoalegre.blogspot.com

Confesso que nunca li nenhum livro de Paulo Coelho. Gosto muito de Raul Seixas, e por acaso estou re-ouvindo sua discografia inteira, incluindo raridades como 'O Rebu', trilha de novela composta pela então dupla Seixas/Coelho. Obviamente, da melhor fase do maluco beleza. Fora disso, jamais abri 'Diário de um mago', 'O alquimista' e tantos outros que até passaram pelas minhas mãos, ou me foram recomendados. Ponto, nova linha.

Estreou no dia 14 'Não Pare na Pista - A melhor história de Paulo Coelho', cinebiografia escrita por Carolina Kotscho - de '2 Filhos de Francisco' - a partir de depoimentos colhidos com o escritor, e dirigida por Daniel Augusto - de 'Amazônia Desconhecida'. Em quase duas horas, a história vai em três eixos, a começar pelo adolescente Paulo, internado por duas vezes pelos próprios pais em hospícios, entre outros percalços. O segundo é o Paulo Coelho da fase Raul Seixas, barba, cabelo comprido, rock, drogas, ocultismo, sexo e porralouquice. O terceiro é o autor em 2013, consagrado, no topo do mundo, inadvertidamente repetindo o caminho de Santiago de Compostela, após se perder na Espanha, indo para uma festa em sua homenagem. Excelentes interpretações, trilha sonora de primeira, de dar vontade de bater palma junto, e aquela sensação de triunfo, do jovem incompreendido pelos pais que se torna "o autor vivo mais traduzido que Shakespeare", como dizem os créditos finais. Confesso que fiquei com vontade de ler sua revista do começo dos anos 70, chamada '2001'. E algum de seus livros.

do mironneto.com

Filme sobre a 2ª Guerra vence o Festival de Gramado

Estrada 47, de Vicente Ferraz, levou o troféu de melhor longa-metragem brasileiro do 42º Festival de Cinema de Gramado, que terminou sábado (16). Infância, de Domingos de Oliveira, levou um bom número de prêmios, e A Despedida, de Gustavo Galvão, arrematou os Kikitos de melhor diretor, melhor ator (para Nelson Xavier) e melhor atriz (Juliana Paes). A atriz Fernanda Montenegro ganhou um prêmio especial do júri, assim como o épico gaúcho Os Senhores da Guerra, de Tabajara Ruas, enfim, pronto, depois de nove anos de produção. Estrada 47 é uma coprodução Brasil-Portugal-Itália que narra a história dos pracinhas brasileiros durante a 2ª Guerra Mundial.

Imprensa critica decisão "estranha" do júri do Festival

A decisão do júri do 42º Festival de Gramado de distribuir os prêmios entre sete dos oito longa-metragens competidores foi questionada por alguns críticos especializados. Daniel Feix, de Zero Hora, disse que o festival "melhorou em diversos aspectos a sua infraestrutura", mas chamou de "estranho" o desfecho da premiação. "Esse jeitinho de contemplar a todos é simpático para com os artistas, mas dificulta que se estabeleçam juízos de valor, o que vai na contramão das propostas dos principais festivais do mundo", escreveu o jornalista de Zero Hora. Já Luiz Carlos Merten, do jornal Estado de São Paulo, disse que o júri "claramente rachou". "De que outra forma explicar que tenha distribuído os Kikitos das diversas categorias entre quatro filmes (A Despedida, Senhores da Guerra, Infância e A Luneta do Tempo), mas na hora de atribuir o Kikito principal de melhor filme, sacou um quinto da cartola?", escreveu Merten.

Gás de pimenta causa tumulto em festa funk no Expo

Um incidente marcou a realização do Baile da Favorita, na madrugada de domingo (16), no ExpoGramado. Por volta das 4 horas, algumas pessoas começaram a passar mal, após inalarem uma substância desconhecida e sentirem um forte cheiro de pimenta. Segundo relato de testemunhas, a própria banda, que animava a festa funk, chamada Os Havaianos, se retirou do palco. Segundo a organização do evento, um dos frequentadores conseguiu entrar com um spray de gás de pimenta. Eles não conseguiram identificar o autor do disparo, mas entregaram o tubo de spray para a Polícia e registraram ocorrência na Delegacia de Gramado.

UM HOMEM DE SEU TEMPO

por Eron Duarte Fagundes

O cineasta polonês Andrzej Wajda é um homem de seu tempo, uma cabeça afinada com os tempos em que vive. Walesa (Walesa; 2013), sua cinebiografia sobre o líder operário polonês Lech Walesa, confirma a atualidade e a perenidade do cinema de Wajda e serve para carimbar a ponte de identificação entre o intelectual (o homem de cinema, o homem de leituras) e o proletário que em livro algum foi além da quinta página e no entanto, como ocorreu com Lula no Brasil, teve sempre o domínio da oratória sobre as massas. O cinema de Wajda, num de seus momentos cruciais, O homem de mármore (1976), desembarcou suas inquietações sociais em Gdansk, a mesma cidade onde, naquela década, se movia Walesa como eletricista de um estaleiro que viria a ser famoso pelas transformações sociais na Polônia a partir da luta dos trabalhadores.

Walesa, o filme, acompanha os conflitos da personagem entre a família e seu instinto para o combate dentro do social. Uma entrevista com uma arguta jornalista italiana costura os episódios que se vão ligando naquilo que Walesa foi construindo como imagem e ser ao longo dos anos.

A terra prometida ainda não chegou e pode tardar um pouco. (Aliás, o mais delirante dos filmes do cineasta tem justamente o título de A terra prometida, 1975). Daí por que precisamos de artistas como Wajda e de agentes sociais como Walesa: ambos, paralelos, diferentes e convergentes, se completam.

ABIMAQ PROPÕE MEDIDAS AOS PRESIDENCIÁVEIS PARA REVERTER PROCESSO DE DESINDUSTRIALIZAÇÃO

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos - ABIMAQ - elaborou o trabalho denominado Proposta de Políticas de Competitividade para a Indústria Brasileira de Bens de Capital Mecânicos para subsidiar os programas de governo dos candidatos à Presidência da República nas eleições de outubro próximo.

Documento foi apresentado pelo novo presidente da ABIMAQ, Carlos Pastoriza, durante jantar com associados gaúchos, na Fiergs, em Porto Alegre, nesta segunda-feira (18) com a presença de representantes de entidades da cadeia produtiva do setor e de deputados estaduais e federais.

Alertou para o crescente processo de desindustrialização que atinge a atividade, em que a produção nacional de bens de capital mecânicos, que atendia 50% da demanda, há cinco anos, teve sua participação reduzida para 34% em 2013. O Brasil, que na década de 80 era o quinto maior produtor mundial, hoje ocupa o 14º lugar - o último entre os fabricantes mais importantes.

Para Pastoriza, o tempo está ficando curto para reverter este quadro. “Se isto não ocorrer no próximo governo, chegaremos a uma situação de não retorno”, alertou.

As propostas da ABIMAQ incluem uma série de ações que têm como finalidade retomar a competitividade do setor em função dos elevados custos de produção decorrentes do Custo Brasil e do desequilíbrio cambial, apontou.

O vice-presidente da ABIMAQ/RS, Hernane Cauduro, destacou na oportunidade a série de atividades desenvolvidas pela regional local da entidade, em apoio aos associados.

Destacou, entre outras, a criação pela Assembleia Legislativa da Frente Parlamentar em Apoio à indústria de bens de capital e o Desenvolve RS, que visa aumentar o conteúdo local nos fornecimentos de máquinas e equipamentos para os novos projetos industriais e a constituição do Arranjo Produtivo Local - APL - dos fabricantes do setor.

Lançado o jornal Nossa Saúde


Ao centro, editor faz um breve relato do nascimento do jornal

por Marcio de Almeida Bueno, diretodeportoalegre.blogspot.com

Na tarde deste sábado, 16 de agosto, o Museu de Comunicção Hipólito José da Costa foi palco para o lançamento do mensário Nossa Saúde, da editora Conceito. O veículo traz matérias e colunas sobre medicina preventiva, envelhecimento, psicologia, odontologia, alimentação saudável, homeopatia, saúde dos animias de estimação e cultura, com distribuição gratuita. A iniciativa foi do jornalista Cezar Rodrigues e do professor de Português e advogado Landro Oviedo, que fizeram os principais pronunciamentos durante o evento. A programação encerrou com apresentação de música gaúcha e coquetel de confraternização. Contatos podem ser feitos através do editoraconceito.com.br.

de uruguaiana

Tucanos determinam dissolução do Diretório

Executiva Estadual deve nomear novo Presidente

por Fernando Alves, blogdofernandoalves.blogspot.com

Na segunda-feira, dia 18/08, baseado no Estatuto do PSDB, filiados encaminharam Ofício de renúncia coletiva ao presidente estadual da sigla, deputado Adilson Troca, sendo este protocolado na sede estadual do partido, em Porto Alegre. Assinaram o documento 23 tucanos: Luiz Augusto Schneider, Paulo Henrique Fernandes Inda, Rogério de Moraes, Francisco Robalo Fernandes, Ivete Guterres de Carvalho, Valério Pimpão Echeverria, Vitor Manoel Gediel Machado, Paulo César Kleinübing, Eloy Arcídio Trojan, Wilson José Mateo Dornelles, Gládis Cardoso Soares, Cléria Tavares Martins, Luiz Fernando Franco Malfussi, José Adenir Rodrigues, Cláudia Segabinazzi Ferreira, Jerônimo Rocha dos Santos, Norberto Etcheverria, Dionísio Schirmer Etcheverria, Ataualpa Pereira Dorneles Filho, Marvilene Rodrigues, América Brum Chavasco, Iara Regina Figueiredo e Mara Rejane Brum. A renúncia é um ato unilateral, não cabe recurso.

Neste Ofício, cumpre ressaltar que esta maioria absoluta de integrantes do Diretório Municipal reafirma incondicionalmente sua condição de sociais democratas e praticantes da ética programática do PSDB nacional e estadual, contudo, não poderão continuar compactuando com os rumos que o PSDB do Município de Uruguaiana vem tomando a partir de decisões monocráticas do então Presidente Municipal, José Francisco Sanchotene Felice. Reafirmamos nosso firme propósito de seguirmos construindo um PSDB cada vez melhor e mais forte, alinhados com as diretrizes nacional e estadual do partido. Com efeito, por força do Art. 35, §1º do Estatuto do PSDB, a partir desta data, deverá ser considerado desconstituído por renúncia coletiva, e via de conseqüência, extinto, o Diretório Municipal do PSDB de Uruguaiana, bem como sua comissão executiva. Isto posto, requeremos a designação de Comissão Provisória, nos termos do Art. 45 do Estatuto do PSDB, para guiar o partido até as convenções do ano de 2015.

Ainda, destaca o prefeito Luiz Augusto Schneider, que “esta renúncia coletiva de integrantes do Diretório do Partido da Social Democracia - PSDB, da cidade de Uruguaiana, busca a dignidade dos filiados, a manutenção e o incremento de ações visando o fortalecimento da sigla em nosso município. Cabe evidenciar que foram envidados todos os esforços em prol do entendimento e dos interesses de nossa agremiação. Na total ausência de diálogo, democracia e respeito aos valorosos e históricos militantes da sigla em Uruguaiana, foi decidido pela dissolução do referido Diretório e a consequente nomeação de uma Comissão Provisória para conduzir, com isenção, o processo, no qual temos em conta maior a eleição do senador Aécio Neves ao cargo de Presidente da República Federativa do Brasil. Neste sentido, protocolamos documento ao secretário-geral do PSDB/RS, Dr. Jorge Alberto Xavier Hias, na segunda-feira, dia 18/08, na sede do partido em Porto Alegre, na Rua dos Andradas, 943. Queremos revigorar o PSDB na cidade de Uruguaiana e traçar novos rumos, pautados no diálogo, no respeito mútuo e na construção de um caminho sólido, que vise atender as demandas partidárias e comunitárias, bem como a promoção de uma sociedade harmoniosa, sem perseguições, sem ódios, sem ataques pessoais”, concluiu. Outro fato que desagradou os tucanos é a falta de prestação de contas dos valores que foram recolhidos dos filiados detentores de cargos em comissão e de cargos eletivos.

Vieira afirma ser favorável ao Plano de Carreira e ao ingresso com curso superior na BM

O candidato do PDT ao Governo do Estado, Vieira da Cunha, esteve nesta terça-feira na Associação Beneficente Antônio Mendes Filho (Abamf), entidade que representa os servidores de nível médio da Brigada Militar. Do presidente Leonel Lucas, Vieira ouviu as principais reivindicações da categoria, como a implantação do plano de carreira e a modificação na forma de ingresso de novos PMs, com a exigência de curso superior para todos os níveis - hoje, o pré-requisito para quem ingressa na carreira de soldado é o ensino médio, quem possui o curso de Direito tem a opção de fazer concurso para oficial, entrando como capitão.

Vieira assumiu os dois compromissos com a instituição, e deu um panorama das demais ações que constam no seu plano de governo, como a realização de concurso para o ingresso de novos policiais civis e militares, o investimento em tecnologia e inteligência policial, a integração dos órgãos de segurança e a atenção às ações de prevenção da violência.

“Estas duas questões fundamentais, que são o curso superior e o plano de carreira, serão imediatamente incorporadas ao meu plano de governo. E as demais sugestões também serão estudadas”, disse Vieira aos PMs.

Durante a reunião eles também falaram sobre a defasagem no efetivo, que hoje é de quase 6 mil policiais. O reduzido número de PMs nas ruas é apontado como a causa principal para o aumento nos índices de criminalidade, reclamação recorrente de comerciantes nas duas últimas caminhadas de Vieira na Capital, na Avenida Oswaldo Aranha e na Azenha.

“Tive também recentemente uma conversa com a Associação dos Delegados de Polícia e recebi a informação de que o efetivo da Polícia Civil, atualmente, representa 1/3 da necessidade. Aqui do nosso lado, o Presídio Central vive essa situação calamitosa que nós acompanhamos, e as transferências foram interrompidas porque os presos estavam indo para casas prisionais sem o número de agentes penitenciários suficientes. O que a Segurança Pública vive é um descalabro”, criticou Vieira.

Após a reunião com os representantes da entidade, o candidato almoçou com o grupo na própria sede da instituição. À noite, a partir das 18h55min, Vieira participa de entrevista no jornal RBS Notícias, da RBS TV, afiliada da Rede Globo.

O último compromisso do dia será um jantar da Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS), no Leopoldina Juvenil.

Sartori defende parceria público-privada para fortalecer segurança

Foto: Luiz Chaves

Em reunião com empresários distribuidores de veículos, nesta terça-feira (19), o candidato a governador José Ivo Sartori defendeu a adoção de parcerias público-privadas (PPPs) para possibilitar mais investimentos em diversos setores. Entre eles, citou a segurança, que poderia obter mais recursos para o sistema prisional por meio da participação da iniciativa privada em projetos públicos.

Aos representantes do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos (Sincodiv-RS) e da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) presentes no encontro, Sartori disse que esse modelo de gestão pode favorecer também segmentos como energia e transporte. “A parceria com a iniciativa privada no setor energético já mostrou resultados no passado em investimentos em subestações, o que pode ser retomado, a partir do desconto gradativo nos custos das empresas”, observou. Com relação aos transportes, afirmou que o Rio Grande do Sul precisa de melhorias urgentes em sua infraestrutura, para que o escoamento da produção e o desenvolvimento regional sejam garantidos com eficiência.

O candidato recebeu do presidente do Sincodiv-RS, Fernando Esbroglio, uma carta com reivindicações da categoria, incluindo a solicitação de equilíbrio das taxas de transferência de propriedade de veículos junto ao Detran-RS, que dobraram de valor em 2013. Ao concluir sua fala, Sartori lembrou a frase que se tornou um bordão do presidenciável Eduardo Campos, falecido em acidente aéreo no último dia 13: “Não vamos desistir do Brasil”. E completou: “Vou defender os interesses do Rio Grande em Brasília, para que se chegue a uma partilha justa dos recursos do governo federal com os estados”.

Também presente no encontro, o candidato a vice-governador José Paulo Cairoli disse que o atual governo do Rio Grande do Sul não demonstra êxito. “É preciso um projeto de Estado, que nossa coligação, Um Novo Caminho para o Rio Grande, apresenta com compromisso social, e não de maneira político-partidária”, destacou.

Assembléia Geral Ordinária

Convocamos nossos associados à participarem da Assembléia Geral Ordinária que será realizada no próximo dia 21 de agosto (quinta-feira), conforme edital, publicado em 31/07/2014 no jornal O Sul e em 06/08/2014 no jornal Zero Hora.

João Batista de Melo de Filho

Presidente

de Serafina

II FESTA PARA AS FAMÍLIAS DA ESCOLA NOSTRI BAMBINI

“Pai, mãe, filhos, avós, tios, todos são chamados a anunciar, com um testemunho de vida autêntico, as maravilhas de Deus operadas na família.” (Texto retirado do material da Semana Nacional da Família - 2014)

No dia 16 de agosto, no Ginásio Municipal do Bairro Santin, aconteceu a 2ª Edição da Festa para as Famílias da Escola Municipal Infantil Nostri Bambini. O intuito é proporcionar um momento de integração com coquetel, brincadeiras e apresentações entre Escola, alunos e famílias durante o mês de agosto que é dedicado às famílias. A Escola Nostri Bambini agradece o empenho de todos os funcionários e a doação por parte dos pais e empresas do município.

Semana do Estudante

Na semana de 11 a 15 de agosto, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Leonora Marchioro Bellenzier executou o Projeto “Dia do Estudante”, acreditando que estimular a produção de atividades na escola permita um melhor lugar de convivência entre ela própria, os alunos e os professores. Na segunda-feira, dia 11, os alunos assistiram filme e lancharam pipocas. Na terça-feira, dia 12 de agosto aconteceu nas dependências da escola, uma palestra promovida pela Secretaria Municipal de Educação com o tema “Prevenção ao uso de Drogas - Motivação e Valorização Pessoal”, no qual pode ser incluído também assuntos referentes a família, nos três turnos, recebendo alunos das demais escolas da rede municipal. Uma ótima oportunidade para trabalhar com adolescentes a problemática das drogas e alcoolismo. Neste dia, os alunos da Escola Leonora receberam lanche especial programado para a Semana do Estudante.
Foram realizados também jogos de integração entre as turmas de 8º e 9º anos, tendo a escolha dos atletas Bola Cheia e Bola Murcha - feminino e masculino. Ouve também contação de histórias para os alunos dos anos iniciais no decorrer da semana.
A Escola parabeniza a todos os estudantes por este dia 11 de agosto e acredita como diz Paulo Freire: “Educar é impregnar de sentido o que fazemos a cada instante!”

Agro industria Familiar - Secretaria de Agricultura Pecuária e Agronegócio e Emater

Aconteceu, na última sexta feira dia 15 de agosto de 2014 na sala de reuniões do centro administrativo, umapalestra com o medico veterinário e assistente técnico em agro industria- EMATER. Drº. Ricardo Capelli. O assunto em pauta foi os passos para se ter no município a criação de Agro indústrias de derivados animal e vegetal onde os participantes puderam obter informações e tirar duvidas, bem como as ameaças e oportunidadesque o negocio apresenta. Ficou claro por parte do prefeito Ademir Antônio Presotto a satisfação do poder publico em apoiar está iniciativa, mas fez uma solicitação para que as entidades escolham projetos que venham fazer a diferença emSerafina Corrêa. Após o termino da explanação do Drº. Ricardo Capelli foram convidadas as lideranças presentes a se manifestarem, assim o fizeram e foi muito esclarecedor. Estiveram presentes: Francisco Bernardo Mezzomo (Vice prefeito) Maria Carmem Montanari Presotto (Primeira Dama), Inelves Carnavalli (Secretária de Assuntos Especiais de Governo), Silmar Santin (Secretário deDesenvolvimento Econômico, Jairo Scorsato (Secretário do Meio Ambiente), Neuri Frozza (Gerente Regional da Emater), Flavio José Breda (Supervisor Regional da Emater), Roberta Sabatino Ribeiro (Engenheira Agrônoma Emater escritório Serafina Corrêa). Lirio Luis Oldone (STR), Roberto Tebaldi (COOPERLATE) e Serafinensesinteressados ou que já estão com projetos de agroindústrias. O Secretário de Agricultura Pecuária e Agronegócio José Barp reafirmou o interesse em fomentar a criação deAgro indústrias onde a parceria de toda cadeia será a energia, para se obter o sucesso.

19 de agosto de 2014

HISTORIAS DE CAMPANHA

uM DOS 3 candidatos ao senado que a ARENA lançou em 1978, Mário Ramos, se gabulava de ser ' O GALO DA ESPORA FORTE" .

o emedebista JARBAS MOREIRA lançou
- eleição não é rinha
homem vota em homem
quem vota em galo é rinha

tODOS RECORDAM QUE PEDRO SIMON GANHOU AQUELA ELEIÇÃO AO SENADO PELO ' VELHO EMDEBE DE GUERRA"

HISTORIAS DE LA UNDEZE

CRAMENHA, DIZIA RICO SGNAOLIN


No almoço deste domingo, em Serafina,recordamos muito a memória do nono RICO SGNAOLIN, falecido de uma pneumonia aos 79 anos, em 1979.
Tinha os olhos azuis, como nasceu minha filha Ana,mas que com o tempo sumiram,trocaram de cor.

Nono Sgnaolin gostava de um traguinho e esta fama ficou na cidade..Na verdade, mais a fama do que outra coisa, porque não bebia tanto...Na capela São José, ainda é lembrado....

Na saúde, onde fora enterrado,também, mas parece que os restos mortais vieram pra serafina, pro cemitério municipal.

Ouvi contar um dia no salão do Giaretta, que de uma feita ele se envolveu com uma guria e deram parte dele. Ele teve que fazer um acerto com a mãe da guria e deu lá uma boa grana...os amigos, só pra encher seu saco, foram lhe perguntar:
- Mas Rico tu destes tanto dinheiro ?

- Ele de prontidão rebatia: ' cramenha' ghen daria nan tanti( daria de novo a mesma quantia....)

Quem sabe muitas histórias dele é seu neto JURIDES SANTIN.

Das minhas leituras

Para: Deolhos... deolhoseouvidos1@terra.com.br

Coisas da literatura: enquanto uma personagem do livro q mencionei em e-mail anterior é disléxica e ñ dá entonação às suas falas, outro personagem, acabei de ler, é o contrário: “La búsqueda de la precisión era un campo que a (o personagem) siempre se le había dado bien. Ello incluía puntuar correctamente (...).” O que é raro hoje em dia, qdo praticamente ninguém dá mais bola ao ;, ao ! e à ? (Laurinho)

Alfredo, um parceiro para todas as horas cravado no Floresta

Por Adeli Sell, vereador de Porto Alegre por 16 anos

O eixo da Cristóvão sempre foi um lugar de muitos espaços de gastronomia. É claro que os operários da Cervejaria Continental não imaginariam - nem em sonhos - um dia ali existir uma casa de massas, a Famiglia Facin. E olha que ali no Shopping Total temos várias operações de boa comida.

Temos no Bairro Floresta dois ótimos restaurantes árabes e bem menos pizzarias do que já houve. Cravado ali, também, um dos primeiros hostels da cidade, com comidinhas diversas e muito saborosas. Sem esquecer do Valter, que só mudou da Cristóvão Colombo para a Dr. Vale. A página aqui se encheria de nomes, sabores, gostos e histórias, pois são inúmeras as possibilidades.

Mas a narrativa hoje é sobre o Alfredo, um bar-restaurante existente desde 1953 em uma esquina movimentada de Porto Alegre: entre as ruas Cristóvão Colombo e Ramiro Barcelos, bem perto de onde foi a Cervejaria Continental, hoje o Shopping Total. A chamada é Café e Restaurante. O fone 3228-0536, mas não ligue para reservas, porque não tem. Mas apresenta WI-FI.

Trata-se de um “sessentão bacana”, conhecido pela sua simplicidade, com o qual você pode contar a qualquer hora do dia ou da noite. Tem aqueles que torcem o nariz, dizem que é uma espécie de "sujinho". Ora, nem sempre o que parece é. É simples. Garçons ou garçonetes atendem sem cerimonia. Deve ser um dos restaurantes mais democráticos da cidade, frequentado por mulheres que fazem ponto ali pela Farrapos, a taxistas e executivos. Gente de todos os tipos. De todos mesmos.

Depois de muitos anos sem prestigiá-lo fui neste final de semana e gostei como gostava quando trabalhei no bairro no início dos anos 80. A comida é boa, barata e farta. Suco de laranja sempre foi uma grande pedida. Muitos vão lá para apreciar o carreteiro de charque, com feijão mexido. Outros atacam o tamanho família do bifão a parmegiana. A galinha caipira existe de fato ali em algumas versões. Tem massas também.

Nos lanches, uma chamada de o melhor da cidade. Muitos comentam que comeram a melhor coxinha de peru do mundo, outros dizem que as almondegas com uma cerveja gelada são supimpa. E a casa sempre está cheia. Nunca vi ninguém reclamar dos serviços e da comida. É claro que não se agrada a todos e todas. Afinal, comer também é um estado de espírito.

E assim o clássico Alfredo vai colecionando amigos ao longo destas seis décadas de existência. Em breve, outros papos de gastronomia e locais para se curtir em Porto Alegre, sem preconceitos.

Clássicos na Pinacoteca - 20/8

O tenor Eduardo Bighelini e o pianista Eduardo Knob serão as atrações da edição de agosto do projeto Clássicos na Pinacoteca, nesta quarta-feira (20), às 18h30min. O recital, com entrada franca, terá trechos de obras de autores como Verdi, Donizetti e Massenet.

Sartori defende manutenção de apoio ao projeto político de Eduardo Campos

Foto: Luiz Chaves

No retorno das atividades da campanha política pela coligação “O Novo Caminho para o Rio Grande”, o candidato a governador José Ivo Sartori falou nesta segunda-feira (18), em Porto Alegre, sobre o novo momento eleitoral, com a eventual candidatura encabeçada por Marina Silva (PSB). “Seguimos apoiando o projeto, que permanece o mesmo e foi avalizado em Convenção Regional, e também acatado pelos partidos coligados. Nunca se tratou de apoio a uma pessoa, e sim a um projeto político”, afirmou.

Com cautela, o peemedebista segue as diretrizes decididas pela maioria na Convenção Estadual que definiu as nominatas com os partidos coligados, inclusive de sua candidatura. Ele apenas espera ser referendada a decisão já firmada anteriormente. “Estamos aguardando uma determinação da Coligação Nacional sobre o quadro sucessório.”

Sobre as especulações de apoio do PMDB para nova composição da majoritária nacional ou de modificações na candidatura ao Senado, Sartori prefere esperar a evolução das negociações internas pelo diálogo e pela transparência, para que possa se pronunciar. “Ninguém está autorizado a falar por mim. Não vou travar discussões pela imprensa”, chamou a atenção ao falar sobre articulações extrapartidárias que são atribuídas às candidaturas da coligação.

AGENDA DO CANDIDATO JOSÉ IVO SARTORI PARA TERÇA-FEIRA - 19 DE AGOSTO

PORTO ALEGRE

Manhã - Gravação de rádio e TV para o horário eleitoral gratuito.

12 horas - Reunião-almoço com a diretoria do Sindicato Intermunicipal dos Concessionários e Distribuidores de Veículos (Sincodiv). Local: Sede da entidade.

19h30 - Entrevista ao portal Terra.

20 horas - Inauguração do comitê do candidato Tiago Simon.

Vieira conversa sobre segurança com comerciantes da Azenha

Candidato do PDT ao Piratini, Vieira da Cunha conversou com eleitores durante uma caminhada na Avenida Azenha, em Porto Alegre, no início da tarde desta segunda-feira (18). Ao visitar comércios da região, o trabalhista ouviu reclamações sobre os constantes assaltos na área e pedidos por mais investimentos em segurança pública.

O assunto tem sido recorrente nos bate-papos com moradores da Capital. Na última sexta-feira (15), Vieira escutou as mesmas reclamações de empresários no bairro Bom Fim. Para combater a criminalidade e a violência que assustam os gaúchos, Vieira propõe a realização de concurso para o ingresso de novos policiais civis e militares, o investimento em tecnologia e inteligência policial, a integração dos órgãos de segurança e a atenção às ações de prevenção da violência.

Na noite desta segunda-feira, Vieira ainda participa de encontro com magistrados da AJURIS e de um jantar de arrecadação de fundos para a coligação.

Confira a agenda para terça-feira (19/08):

09:00 - REUNIÃO COM TÉCNICOS PARA PREPARAÇÃO DE ENTREVISTAS E DEBATES
Em Porto Alegre.

12:00 - REUNIÃO-ALMOÇO COM ENTIDADES REPRESENTATIVAS DA BRIGADA MILITAR (ABAMF, ASSTBM E ABERGS)

Encontro com a Associação Beneficente Antonio Mendes Filho (ABAMF), Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar (ASSTBM) e Associação de Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul (ABERGS). Na Avenida Veiga, 223, bairro Partenon, em Porto Alegre.

19:00 - ENTREVISTA AO RBS NOTÍCIAS

Em Porto Alegre.

19:30 - ENTREGA DA MEDALHA DO MÉRITO FARROUPILHA AO SR. ERMÍNIO BRAGA LUCENA

Na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre.

20:00 - JANTAR DA ASSOCIAÇÃO GAÚCHA DE SUPERMERCADOS (AGAS)

No Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre.

A AMBIÇÃO INTELECTUAL NA PROVÍNCIA

por Eron Duarte Fagundes

Rodado no verão de 1988 no Rio Grande do Sul por Tuio Becker e Sérgio Silva, o filme bilíngue (alemão e português) Heimweh/Nostalgia (1990) é o esforço de uma grande ambição intelectual de seus realizadores, dois cérebros extremamente cultos do ponto de vista cinematográfico, um deles, Tuio, a mais brilhante e completa memória fílmica jamais vista por aqui. As limitações desta ambição de Tuio e Sérgio (cineastas gaúchos já falecidos) correm por conta daquilo que as circunstâncias materiais de um certo cinema feito na província acabam impondo à realização como um todo: sem a utilização dos registros dos sons ambientais diretos, incluindo-se aí a ausência dos diálogos (a voz-over do protagonista, contando a história a um neto que está em cena mas é quase como se não estivesse, domina a produção de fatos do filme), Heimweh/Nostalgia, visto mais de vinte anos depois, talvez se tenha excedido em seus artifícios, sofrendo um pouco com um intelectualismo que se choca com o meio material (pobre e escasso) em que se produz.

A aventura de filmar tal filme na província de São Pedro é equivalente à aventura germânica de Heinrich, protagonista da narrativa, o jovem imigrante alemão que desembarca por aqui na virada para o século XX: a aventura de encenar Schiller para um público de cultura precária é um pouco uma metáfora da própria aventura de Tuio e Sérgio ao fazer um cinema adrede intelectualizado no precário cinema gaúcho dos anos 80 e de sempre.

A visão atual de Heimweh/Nostalgia dá o tom de um espetáculo fora de moda. E que apresenta seu charme de ver também neste desusado de imagens de que se vale. Há excertos viscontianos que o rigor do olhar de Tuio e Sérgio captam em algumas encenações. Certas sequências de parques ao ar livre, a cena do tabelionato no primeiro casamento do protagonista são objetos que evocam a Luchino Visconti, certamente. Também a delicadeza decadente da sequência do bordel, com suas luminárias avermelhadas, os homens e as mulheres bem paramentados, os gestos nobres das prostitutas, a cortesia dos rapazes para com estas mulheres da carne, tudo isto vai ter a uma apresentação neorromântica de um ambiente de instintos vulgares visando, talvez, a suavizar uma animalidade que a imagem oculta.
Para sair da voz-over dominadora, em três vezes a narrativa põe em marcha o uso de depoimentos, remetendo aos célebres documentários de ficção (Orson Welles, Francesco Rosi, Geraldo Sarno).

O primeiro deles é o depoimento da atriz vivida por Carmen Silva, que no começo do século esteve no elenco da peça de Schiller, sob a batuta de Heinrich; esta veterana pelotense dá seu belo show diante da câmara. Depois vemos o truculento Antônio Augusto Fagundes expressando-se na pele e no verbo dum delegado que nos anos 40 queria proibir uma peça por ser falada em alemão e prender seu autor, Goethe, sendo difícil fazer-lhe ver que o escritor alemão já morrera fazia tempo. E finalmente surge um estudioso dissertando sobre as aculturações entre os germânicos e os aborígenes no Rio Grande do Sul.

Vencendo com algum brilho as dificuldades técnicas de fazer um cinema mais rebuscado na província, Tuio e Sérgio deram guarida em seu filme a muitos talentos do cinema e do teatro gaúchos de então, Denise Barella, Ivo Bender, Irene Brietzke, Antônio Carlos Brunet, Ida Celina, Sandra Dani, Luiz Paulo Vasconcellos, Mirna Spritzer. E permitiu a aparição de algumas figuras ligadas a cinema em algumas imagens: o cineclubista Marco Antonio Bezerra Campos e a jornalista Fatimarlei Lunardelli. Eu também fui chamado por meu amigo Tuio a participar do filme. Inicialmente, me convocaram para uma cena no Parque da Redenção: choveu, as filmagens foram adiadas, a cena foi depois filmada mas dela não participei.

A minha sequência no filme deu-se num casarão na Cidade Baixa: sou o escrivão que casa o protagonista em seu primeiro casamento, só faço apertar as mãos aos circunstantes e balançar-lhes cortesmente a cabeça, quer dizer, uma atuação de cumprimentos de época, eis minha única aparição como ator em toda a minha vida.
Publicando em 1999 meu opúsculo Uma vida nos cinemas, pela editora Movimento, uma casa de Porto Alegre, assim me manifestei sobre o episódio de aparecer em filme.

Foi no verão de 1988 que Tuio Becker me convidou para fazer uma cena do filme Heimweh/Nostalgia, que ele dirigia a quatro mãos com Sérgio Silva. Na primeira vez em que compareci ao local das filmagens, choveu; tratava-se duma sequência no interior do parque da Redenção. A chuva impediu tudo. A cena foi depois filmada, mas eu não participei dela.

A cena em que participei, aparecendo na montagem final da realização, deu-se num museu na rua Lima e Silva, se a memória não engana. Eu fazia o burocrata que casava os protagonistas. Lembro-me de Sérgio a exigir, enérgico, que eu não olhasse para a câmara. Minha relação afetiva com o cinema não poderia deixar de referir esta oportunidade que Tuio me deu de aparecer em celuloide, ainda que opacamente, pois estou longe de ser qualquer coisa como ator.

Enfim, lembrando assim, Heimweh/Nostalgia é um produto de todos nós, os ambiciosos da província, os que vivíamos cinema no Rio Grande do Sul na década de 80 do século passado. Nossas ousadias e os limites materiais destas ousadias se materializaram ali.

O filme foi exibido recentemente em Porto Alegre num ciclo sobre a imigração na Sala P.F. Gastal, situada na Usina do Gasômetro, um dos pontos turísticos da cidade à beira do Guaíba, e também pode ser encontrado na internet num link do Departamento de Arte Dramática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

de Serafina

IV MOSTRA DE TALENTOS ESCOLA LEONORA MARCHIORO BELLENZIER ACONTECEU NO DIA 13 DE AGOSTO NO AUDITÓRIO DA ESCOLA

A mostra consiste em dar visibilidade à produção artística dos alunos, incentivando a escola a perceber a consistência de sua proposta pedagógica e avaliar o resultado do trabalho da equipe escolar. Para o evento, são selecionadas atividades de dança, teatro, dramatização e música, promovendo a socialização, aprendizagem e desenvoltura, construindo cidadãos com melhor postura e preparo para a fala em público. Os estudantes da escola tem a oportunidade de apresentar sua experiência cultural valorizando seu trabalho artístico e incentivando a integração entre eles e propiciar aos professores, incentivadores natos de talentos, a oportunidade de mostrar por meio de múltiplas linguagens, formas diferenciadas de aprendizagem. A escola fornece certificados para todos os alunos participantes. Parabenizamos a todos os colaboradores na IV Mostra de Talentos. Aos alunos pelo comprometimento e participação.

Homenagem aos Pais na Escola Municipal Agrícola

“Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que fez tua rosa tão importante”. Antoine de Saint-Exupéry

Na tarde do dia 14 de agosto os alunos da Escola Agrícola receberam visitantes muito especiais: seus PAIS e FAMILIARES. Na ocasião os mesmos foram homenageados com a exibição de um vídeo e assistiram a apresentação de dois teatros: O homem mais importante e A casa do Pai. Para encerrar a primeira parte da tarde especial, foi exibida a mensagem O que é aquilo? e o Diretor da Escola falou aos presentes sobre a importância das virtudes e valores familiares para a sociedade, ressaltando que ambos estão cada vez mais raros nos dias atuais devido a pressa do dia a dia. Dando continuidade à programação, os pais foram convidados a jogar uma partida de futebol com os filhos, e osdemais familiares participaram desse momento de descontração torcendo e vibrando a cada lance do jogo.

Ao término da disputada partida foi servido um delicioso lanche e realizada a premiação com entrega de medalhas e prêmios para os jogadores. Certamente foi uma tarde muito agradável, na qual procurou-se prestar uma homenagem de agradecimento aos pais, demonstrando um pouco do sentimento de gratidão e admiração por tudo o que eles fazem pelos filhos, biológicos ou não. A Escola Agrícola agradece a todos os que puderam estar presentes, enfatizando que “na entrega o pai se dedica a ser mais que um simples pai; pois ser pai não se aprende nos livros, não é teoria, é prática. É presença na vida e exemplo a se seguir”.

18 de agosto de 2014

RODOVIARIA DE SERAFINA

HOJE ME PARECE QUE DEPOIS DE QUASE 3 MESES FECHADA A CAMARA MUNICIPAL POR MEIO DO VEREADOR MEZZOMO VAI ENTRAR NO ASSUNTO.

AGORA DE NOITE NA SAÍDA DO ONIBUS UMA ADVOGADA QUE É DA PROCURADORIA DO ESTADO, IRMÃ DO PREFEITO BICO BRANCO ESTAVA FULA COM O DAER:

- EU TENHO QUE DEFENDER O DAER MAS MINHA VONTADE É IR CONTRA ELES, DISSE ELA QUE FICOU SENTADA QUASE NO CHÃO ESPERANDO A HORA DO ONIBUS ENCOSTAR NUM LOCAL DE ONDE TEM SAÍDO.

O FUNCIONÁRIO DA BENTO, ANTONINHO VIDMAR DISSE QUE COM A COLOCAÇÃO DE PARADAS DE ONIBUS PELA PREFEITURA NA CIDADE É BEM PROVÁVEL QUE FAÇAM UMA TAMBÉM PROS PASSAGEIROS SAIREM.

A ADVOGADA DA PROCURADORIA DO ESTADO,IRMÃ DO PREFEITO INFORMOU QUE HAVIA CHEGADO A PROCURADORIA DO GOVERNO DO ESTADO A INFORMAÇÃO DE QUE 179 RODOVIARIAS GAUCHAS IRIAM FECHAR.

- NÃO SEI SE TEMMAIS AGORA, COMENTOU ELA.

de serafina

* o que pegando feio aqui são incêndios criminosos na capela são joão. a BM não acha que seja guerra de tráfico.

* a rodovária continua na mesma...ao relento, ninguém faz nada....

* o promotor altamir arroque, andava por aqui no sabado. perguntei a ele que o MP não pode fazer nada no caso da rodoviária??????

* cOM O FRIO QUE fez em serafina na semana passada, o pessoal ficou ao relento sem rodoviária....

* A de Marau fechou também, mas a UNESUl ab riu uma ' lojinha' ao lado onde vende passagens....

de serafina

o fogão a lenha aquece a manhã de geada de 6 em serafina...o cara foi caminhoneiro....e motora de busun....o moinho do pulga que é pra ser museu mas que nunca sai, não sei porque uma paisagem do interior de serafina....



fazia ainda muito frio em serafina na 6 quando levantei pra fazer fotos....

la brina em la undeze, ouseja, em serafina.....e o fogão a lenha pra se esquentar....

nos fundos onde mora minha prima Maria ainda havia geada nesta sexta passada. meu falecido pai não viu a brina este ano...que ele tanto gostava e de quem muito falava....em vida.

a industria na capela são pedro e bico branco entrando no carro da prefa....

Bico branco e a futura parada de onibus na capela são joão....

o local onde será a parada de onibus na são joão e uma indústria na capela são pedro....

na capela são joao, na sexta ultima, o prefeito bico branco inspeciona o local da futura parada de ônibus

na capela santana onde fui caminhar na sexta passada....

 

de gramado

Roger Lerina, da zh, e a paisagem de Gramado na terça passada...dia que fui ver um debate lá.....

a paisagem, de gramado na terça passada quando lá estive.



os criticos de cinema posam pra posteridade depois do bate papo.....

LCmerten e outros criticos no festival de gramado....

gramado na terça passada, chuva e frio....

subindo pra gramado na semana passada!

olha a n eblina na subida pra gramado na terça passada....

gramado na terça passada, dia de chuva e frio....

o cinema de gramado e serafina na sexta de manha quando ainda tinha geada....

Lembrei o nome

Para: Olides deolhoseouvidos1@terra.com.br
Data: 15/08/2014 21h49min03s UTC

Olides: lembrei o nome do chargista que foi meu contemporâneo na F.M.: Ronaldo! É o que eu mencionei como "alemãozinho". Então, fica assim: Marco Aurélio na ZH, Ronaldo na F.M., no J.C. tinha também, mas agora não lembro o nome também. Qdo lembrar te mando. A Magliani entrou nesta lista por equívoco, ela ñ era chargista, era ilustradora e diagramadora. (Laurinho)

A MORNIDÃO FRANCESA

por Eron Duarte Fagundes

Grand Central (Grand central; 2013), de Rebecca Zlotowski, apresenta a bem conhecida mornidão francesa em termos de narrativa cinematográfica. As coisas andam de cá para lá numa conversa mole de imagens que não chega nunca a deslanchar-se. É bem verdade que a presença cênica de Léa Seydoux é constantemente excitante: em todos os sentidos. Ela domina o espaço cinematográfico como poucos intérpretes hoje em dia. E sabe usar com precisão e sensibilidade a palavra, o gesto, o corpo. Mas caba sendo pouco para o tempo de projeção.

O filme se move num ambiente suburbano, de dificuldades de sobrevivência, e injeta um triângulo amoroso entre estas dificuldades. Nas aparições de Léa, que são muitas, pois ela é na verdade o centro da narrativa, o vigor aparece, é claro, mas dissolvido no lugar-comum com que o cineasta se contenta. Uma medíocre mediania francesa, eis no que se resume tudo o que se vê em Grand Central.

da Folha Popular de Teutônia

Vieira faz caminhada na Capital e fala sobre segurança com comerciantes

Candidato do PDT ao governo, Vieira da Cunha caminhou nesta sexta-feira (15) ao lado do candidato a deputado estadual Mauro Zacher (PDT) pela Avenida Osvaldo Aranha, uma das principais vias da Capital, no bairro Bom Fim. Pouco depois do meio-dia, os dois visitaram comerciantes e ouviram reivindicações, principalmente, por mais segurança.

Em um dos estabelecimentos, a proprietária contou que havia sido vítima de assalto cerca de 40 minutos antes da chegada dos candidatos, e reclamou do baixo efetivo policial nas ruas.

“Quando o PDT deixou o governo, em 1994, a Brigada tinha quase 30 mil policiais. Passados 20 anos, a população cresceu, a criminalidade subiu e temos quase 6 mil PMs a menos. Essa é a causa da falta de policiamento”, explicou Vieira.

No plano de governo que foi protocolado no Tribunal Regional Eleitoral (TER-RS), e que ainda está em fase de formulação, Vieira deixou claras as ações necessárias para reduzir os índices de criminalidade, como a realização de concurso para o ingresso de novos policiais civis e militares, o investimento em tecnologia e inteligência policial, a integração dos órgãos de segurança e a atenção às ações de prevenção da violência.

Pela manhã e à tarde, Vieira também participou de gravações para o programa de rádio e televisão, onde falou sobre saúde e educação, temas considerados prioritários pelos gaúchos.

No início da noite, Vieira participa da solenidade de posse dos novos promotores públicos.

Vieira e Lasier participam de atos de campanha no norte do Estado

Os candidatos do PDT ao Governo e ao Senado, Vieira da Cunha e Lasier Martins, cumpriram agenda no norte do Estado neste sábado. A mobilização ocorreu em três cidades: Tapejara, Passo Fundo e Sarandi. O primeiro suplente de Lasier, Christopher Goulart, acompanhou os dois.

Pela manhã, Vieira e Lasier participaram da inauguração do comitê do deputado estadual Gilmar Sossela, atual presidente da Assembleia Legislativa, que concorre à reeleição. O ato ocorreu em Tapejara e contou com a participação dos candidatos a deputado federal Pompeo de Mattos e Giovani Cherini, do PDT.

Em seu discurso, Vieira tratou de um dos problemas que mais afetam a região, que é a condição precária das estradas, e disse que a prioridade é recolocar o Rio Grande do Sul no posto de Estado líder do país.

“O Rio Grande do Sul tem tudo para oferecer à sua população serviços públicos qualificados na área da educação, da saúde, da segurança e da infraestrutura. O nosso povo é trabalhador, empreendedor, e nossa economia cresce, apesar de todas as dificuldades, com o suor do nosso rosto. O que precisamos é de um governo competente, de uma administração pública que seja austera e eficiente, e é isso que nós estamos nos propondo a fazer”, disse Vieira.

Após o ato, os candidatos almoçaram em um restaurante de Tapejara e seguiram para Passo Fundo, onde participaram de um ato no comitê do deputado estadual Diógenes Baségio, que também concorre à reeleição. Além dele, os candidatos a deputado federal Luís Miguel e Pompeo de Mattos, ambos do PDT, Fifo Farias (PSC) e os vereadores de Passo Fundo Alberi Grando, Márcio Patussi e Sidnei Ávila também participaram da atividade.

O grupo fez, logo em seguida, uma caminhada pelas ruas do centro de Passo Fundo, quando Vieira e Lasier conversaram com eleitores e trabalhadores do comércio.

A última atividade do sábado será à noite, em Sarandi, no salão paroquial da Vila Maria.

Na Capital, Vieira comemora o aniversário de cabo eleitoral centenário

Após um sábado de visitas no norte do Estado, o candidato do PDT ao Piratini, Vieira da Cunha, participou neste domingo, em Porto Alegre, da festa de aniversário do seu cabo eleitoral mais velho, Felisberto Martins, que completou 102 anos. Há 20 anos o centenário pedetista reserva os meses de campanha eleitoral para visitar amigos e familiares, sempre pedindo votos para Vieira.

“Só a família dele já elege um deputado”, brincou Vieira, que discursou ao lado de Felisberto.

A família, de fato, é numerosa. São 12 filhos. Destes, oito ainda estão vivos. O número de netos e bisnetos, nem Felisberto, tampouco os filhos, conseguem lembrar rapidamente.

“Sei que a família toda tem mais de 100 pessoas”, diz Felisberto.

A relação dos dois começou no início da década de 90, quando Vieira presidia a CEEE. Felisberto morava na Vila Nova Esperança, Zona Norte da Capital, em uma rua sem energia elétrica. Vieira trabalhou pela regularização da área e conseguiu disponibilizar o serviço para a comunidade.

“O Vieira da Cunha nunca me deixou sozinho nas reuniões importantes que nós tínhamos. Ele marcava e ia ao meu lado. Então, quero que vocês cooperem com ele, pois se fizerem isto, estarão cooperando comigo”, pediu Felisberto.

Outros compromissos da agenda

Vieira também comemorou o aniversário de 45 anos do padre Claudionir Ceron, que é pároco na Restinga, onde realiza uma série de obras sociais envolvendo crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Os dois são amigos de longa data, e Vieira colabora com as ações realizadas na igreja.

Uma plenária da Zonal 160 do PDT, no bairro Tristeza, e a gravação de cenas para o programa eleitoral de televisão completaram a agenda deste domingo.

A agenda para esta segunda-feira, 18/08

12h - Caminhada na Avenida da Azenha, com concentração na esquina com a Avenida Ipiranga.

15h - Entrevista para o Jornal do Comércio, na sede estadual do PDT. Rua Félix da Cunha, nº 311, bairro Floresta.

16h - Entrevista para o Portal Terra, na sede estadual do PDT. Rua Félix da Cunha, nº 311, bairro Floresta.

18h – Encontro com magistrados da Ajuris. Rua Celeste Gobato, 81, bairro Praia de Belas.

20h - Jantar de Arrecadação. Jockey Club Porto alegre, Avenida Diário de Noticias, s/n, bairro Cristal.

de Serafina

Contratação Emergencial

A Prefeitura Municipal de Serafina Corrêa torna público através do edital nº 182/2014 a contratação de forma emergencial de Motorista Categoria “D” e Operador de Máquinas para o prazo de 180 dias, sendo prorrogáveis por igual período.
As inscrições estão abertas entre os dias 14 a 26 de agosto de 2014, e poderão ser realizadas no RH da Prefeitura Municipal.
Serão disponibilizadas até 6 vagas para Motoristas Categoria “D” e até 3 vagas para Operador de Máquinas.
A carga horária é de 44 horas semanais e a remuneração prevista é de R$ 1.549,76(um mil, quinhentos e quarenta e nove reais, e setenta e seis centavos.
Confira os requisitos básicos para concorrer a uma vaga:

Motorista - Categoria “D”
- 21 anos completos;
- Ensino Fundamental completo;
- Certidão Negativa de infração gravíssima;
- Ser aprovado em curso especializado em transporte escolar e em curso de prática veicular em sução de risco, nos termos do CONTRAN.

Operador de Máquina
- 18 anos completos;
- Ensino Fundamental completo;
- Possuir carteira de habilitação para operador de máquinas;
- Comprovar experiência de no mínimo um ano de exercício na atividade.

Maiores informações poderão ser obtidas através do 3444-8110 ou pelo e-mail rh@serafinacorrea.rs.gov.br.



ARQUIVO

2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

Jun01
Jun02
Ago01
Ago02
       



OLIDES CANTON - JORNALISTA E ESCRITOR

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 172 - agosto 2014
Edição 171 - junho 2014

Edição 170 - maio 2014

Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162

Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99


ESTÃO À VENDA


Cidades vizinhas (A briga entre cidades gaúchas) • R$ 15


Cosi la ze stata (Breves histórias de Serafina Correa/RS) • R$ 20


Getulio Vargas, depoimentos de um filho (Maneco Vargas fala de Getulio) • R$ 20


Estradas do Rio Grande (A história da construção pesada no RS) • R$ 50

Mais a postagem. Procure pelo olidescanton@bol.com.br.


ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog



LINKS QUE RECOMENDAMOS

Correio Do Povo
Claudio Humberto
Diário da Fronteira

DAiário Popular
Enfato
Folha de São Borja
Informativo
RedeCidade
RSUrgente
Jornal A Hora
Jornal do Comércio
Jornal do Mercado
Jornal O Sul
Jornal Panorama Regional
Políbio Braga
Prefeitura de Porto Alegre
Prefeitura Serafina
Correa

Ricardo Noblat
Rosane Oliveira
Sindicato dos Jornalistas
SUL21
Vide Versus

REPORTAGENS ESPECIAIS

Veja em "Memória"