16 de agosto de 2018

EXClusivo

a audiência que o sindicato dos jorn rs tem na justiça do trabalho de passo fundo por uma ação movida pela funciona´ria SORAIA foi antecipada.

JA FORAMMELHORES AS RELAÇÕES ENTRE JOABEL PEREIRA E BARRRIONUEVO.

eu já havia antecipado isto tempos atrás.

 

sem netos

apesar dos 5 filhos que teve, o colega carlos alberto kolecza ainda não tem netos.....

 

convite

o blgo da nubia

De: "Nubia Silveira"
Enviada: 2018/08/15 14:35:08

Que legal.
ns2consultoria.blogspot.com.br

Bjs,

Nubia

 

Livro

lançamento do meu livro ratos de redação 13.08.2018 antonio Goulart, ayres cerutti e Paulo thiedel...no gamb rinus

De: "Alenir Canton"
Enviada: 2018/08/14 22:05:44

 

Ponto de parada de caminhoneiros na BR-285, em Ijuí, vai receber trevo

Nos próximos meses deve ser construído em Ijuí, na BR-285, um trevo de acesso para atender o ponto de parada de caminhoneiros que está sendo implantando pelo Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga de Ijuí e Região (Sinditac) e pela Cooperativa dos Transportadores de Cargas (Cootac), no quilômetro 460, entroncamento com a Linha Sete. Nessa quarta-feira (15), o projeto de engenharia do trevo foi entregue pelo deputado Darcísio Perondi (MDB-RS) e pelo presidente do Sindicato, Carlos Alberto Litti Dahmer, ao Secretário Executivo do Ministério dos Transportes, Herbert Drummond, e ao Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Rio Grande do Sul, Allan Machado.

Segundo explicou Allan Machado, há uma expectativa grande de que esta obra seja incluída no Programa de Eliminação de Pontos Críticos do DNIT, com recursos já garantidos no Orçamento, no Programa de Aceleração do Crescimento - PAC. “Vou avaliar o projeto e levantar os custos. Se entrar na lista de pontos críticos, será tudo mais rápido”, afirmou.

Pelo projeto de engenharia elaborado, os custos de construção do trevo e dos acessos não deve ultrapassar R$ 1,5 milhão.

Fotos: (Fábio Paiva)

 

Música que serve de inspiração

WIZO irá celebrar os 70 anos do Estado de Israel com apresentação da Orquestra Villa-Lobos

Em comemoração aos 70 anos do Estado de Israel, a WIZO, entidade afiliada da Federação Israelita do RS (FIRS), promoverá um show emocionante. Nesta quarta-feira, 15 de agosto, às 20 horas, a Orquestra Villa-Lobos se apresentará no Teatro da AMRIGS (Av. Ipiranga, 5.311), conduzida pela maestrina Cecilia Rheingantz Silveira. Informações sobre os ingressos podem ser obtidas pelo telefone (51) 3311-0869.

A WIZO é uma entidade de mulheres judias que trabalha em parceria com a sociedade. Já a Orquestra Villa-Lobos é formada por crianças e jovens com idades entre 12 e 20 anos da Lomba do Pinheiro. Há mais de 25 anos garante a inclusão social, através do acesso ao conhecimento musical e vivências artísticas, de forma a utilizar a música como meio de promover a autoestima, inserção cultural e cidadania.


15 de agosto de 2018

coleguinhas

NUBIA SILVEIRA, EDITORA de um blog sobre politica local es de molho há uma semana por causa de uma gripe

saul jr. espero que se motive e escreva um livro sobre os clubes de porto alegre. se ele não o fizer, pelo menos dite pra alguém....

Isabel Marchezan sairá do correinho e volta pra zh. o pai dela, valter, tinha me dito isto na noite em que foi comprar o livro ratos de redação.

o lançamento do rato de redações no gambrinus na noite de 13.08. 2018

Ayres Cerutti,editor da revista PROGRAMA e o autor

o autor, carlos alberto kolecza e sua companheira Maria da Graça

o autor, o médico PAULO THIEDEL, SAUL JR. CARLOS ALBERTO KOLECZA - COM O CHARMOSO BONÉ - E SUA COMPANHEIRA MARIA DA GRAÇA.

gentileza...

além de dar uns comes e bebes no lançamento do meu livro RATOS DE REDAÇÃO. O BETO DO GAMBRINUS ainda me comprou um livro....

MARCHEZAN X CARLOS FEHLBERG

uma x CARLOS MACHADO FEHLBERF FOI A RIO PARDO ONDE NELSON MARCHEZAN tinha uma fazendola.

na hora de ir no banheiro, FEHLBERG QUE ERA MÉDICO PEDIU ONDE FICAVA O BANHEIRO

- É AQUELA CASINHA ALI FORA DISSE O DEP.FEDERAL GRANDE FONTE DO JORNALSTA.

AI FEHLBERG DEU UM DISCURSO PORQUE ELE MEDICO TERIA QUE USAR AQUELA CASINHA MEIO MODESTA PRAS NECESSIDADES BASICAS....

FEHLBERG

DARIA UM LIVRO SOMENTE TODO O FOLCLORE QUE RONDA NO MEIO DOS JORNALISTAS SOBRE O EX PORTA VOZ DO PRESIDENTE MEDICI...
uma x ele teve na colombia, ou Venezuela e de lá disparava fonemas pro Marchezan, fonte dele diária....

deve ter gasto os tubos em telefonemas internacionais.

VALTER MARCHEZAN

ME APARECE NO GAMBRINUS O VALTER MARCHEZAN, QUE SE APRESENTA COMO DENTISTA, IRMAO DO FALECIDO DEP. FEDERAL NELSON

ai sim foi legal. me contou histórias do saudoso Vitor morais - que Marchezan , o irmão do valter, trouxe de santa maria para porto alegre.

valter foi dentista da colega LORENA PAIM....

e é pai de uma jornalista. ISABEL MARCHEZAN, PRA QUEM ELE FOI COMPRAR UM EX DO MEU LIVRO.

FALO TANTO DO MEU LIVRO PQ TENHO MUITO ORGULHOD ELE(oc)

AH E O VALTER É LEITOR DESTE BLOG. QUI BOM

rolos...

na presdidencia da ANJ, o colega MARCELO RECH anda envolvido na quebra da abril.envolvido no sentido de que ele tem que lidar com isto tb.

VEIO KOLECZA....

tive uma longa e prazerosa conversa com o c.a.kolecza nos otografos do meu livro RATOS DE REDAÇÃO.....

o veio tá mais lucido do que nunca. anos atrás quase bateu a cassuleta.....

mas pra mim é O MESTRE DO JORNALISMO GAUCHO. poucos lhe dão o valor que ele tem.

foi o cara que ' revolucionou' a zh que era um JORNALECO DE ENROLAR PEIXE...e de porta de cadeia.

k. com sua intuição - ele nunca fez a fac de jornalismo,alias eu fiz a fabico e desaprendi lá - foi fazendo a zh ficar o que ficou nos anos 80. descobriu o veneno dos agrotóxicos no campo....

tido por loko por alguns e gênio por outros, a marcia Camarano uma x o definiu bem. jorra talento daquelas mãos.

mas enfim, é isto. tem muitas não tantas histórias dele no meu livro ratos de redação. acho que tem muito mais do bastos e do fehlberg do que de dele.

ainda convenço o veio k a me dar um depoimento e a gente transformar isto num livro na primeira pessoa. não é pra mim, é pro jornalismo....

claro que andorinha nenhuma sozinha faz um verão, mas que o veio fez sozinho vários verões por ai fez.

eu sou fã dele e ele é meu fã. ah, é conheci a graça, mae do chico, uma das cinco mulheres que pariram crias do veio k....

 

Política

Uma figura política de grande relevância local estaria jogado naquilo mesmo que vcs tão imaginando......

 

Assaltos

a bandidagem que assalta cxs eletrônicos que se prepare. foi aprovado um projeto no congresso em que os bancos tem que dispor de um sistema que tinturaria as notas de dinheiro que estão dentro dos cxs quando de um ataque. assim, as notas saem manchadas e por suposto todo mundo vai saber que não valem. foram roubadas

 

dos leitores

De: "Alenir Canton"
Enviada: 2018/08/14 10:08:31

Bom dia, Olides...
Vi, sim... é mais sofrido do que pensava... Mas, foi bem legal.

Tenho uma foto que enviei ao Paulo, que ele queria mostrar para a mãe.
te envio.

OBS/// Se vocês quiserem tomar um chimarrão, depois podemos jantar algo, lá em casa no sábado.. tu aproveita e pega tuas coisas.

abr

 

do Espaço Vital

O perdão judicial

Charge de Gerson Kauer

Por Vasco Della Giustina, advogado (OAB-RS nº 3.377) e desembargador aposentado do TJRS.

Em uma comarca da fronteira gaúcha, na condição de promotor público, fui testemunha “a latere” de algo incomum. O juiz dali mora no hotel - e sua família reside em outra cidade. Volta e meia sua esposa o visita. Numa das vindas da cônjuge, o apartamento hoteleiro onde fica o casal é alvo de um “voyeur”.

Constata-se que alguém - tudo indica um hóspede – fizera um furinho na porta para espionar afagos íntimos – pontuando-se que a esposa do juiz é bela e elegante. Muito intrigado, o magistrado sai a campo para descobrir o abelhudo autor da invasão visual.

Para tanto, o juiz pede ao proprietário do hotel que determine às camareiras que, quando da limpeza das demais unidades de hospedagem, façam uma varredura nas malas dos hóspedes, para tentar descobrir aquilo que ele imaginava ser a arma do crime. Por evidente, a ordem é logo cumprida!

Assim, num dos apartamentos é encontrada, na mala de um habitual hóspede – um viajante vendedor de livros - uma verruma, sabidamente instrumento próprio para abrir furos na madeira.

Incontinenti, o magistrado, convoca seu oficial de justiça - ao tempo um brigadiano cedido ao fórum - para levar imediatamente à sua presença, na sala de audiências, o indigitado violador. Justamente o hóspede do quarto onde fora encontrada a verruma.

Depois de um chá de banco, o suspeito é levado à presença do juiz que, após fitá-lo longamente, puxa de uma gaveta o instrumento do crime e pergunta:

- O senhor conhece esta verruma?

Sem esperar resposta, o próprio magistrado emenda: “A porta que o senhor furou com esta arma é a do quarto meu e da minha mulher, e o senhor será denunciado por nos espionar indevida e criminosamente”.

O hóspede, entre trêmulo e surpreso, tenta balbuciar algo, mas é logo calado pelo magistrado, que em seguida sentencia: “Agora o senhor vai direto para o presídio, cumprir pena pelo seu ato”.

Devidamente escoltado pelo oficial de justiça, o novo “presidiário” sai a pé, do fórum em direção à cadeia, a três quadras de distância.

Já em meio à praça principal, o “presidiário” é alcançado por um serventuário com a nova ordem para que condutor e conduzido retornem ao fórum.

Reintroduzido o acusado na sala de audiência, diz-lhe o juiz:

- Desta vez eu vou lhe perdoar. Mas o senhor tome o primeiro ônibus que vai a Porto Alegre e nunca mais ponha os pés por aqui.

O novo perdoado, agora aliviado, sai rápido do fórum, em meio a olhares curiosos dos servidores, pega a mala no hotel e desaparece da cidade. Consta na comarca que, até hoje, ele nunca mais ali retornou!

E se crimes ou exageros houve, a esta altura pouco importa, pois o longo período já decorrido, desde o episódio, se encarregou de deixar tudo alcançado pela prescrição.

Mediação anunciada pela OI é desvantajosa aos credores

Chargista Duke - http://dukechargista.com.br/

Por Júlio César de Azeredo Sá, advogado (OAB-RS nº 41.611).
julio.sa@madureiraadvogados.com.br

A Oi publicou, esta semana, nos principais jornais do país comunicado a respeito da instauração do procedimento de mediação com o objetivo de liquidação de créditos ainda ilíquidos.

Na qualidade de membro do Comitê de Credores PEX, que representa cerca de 40 mil interessados no Sul do país, afirmo que a proposta é extremamente desvantajosa, pois os valores ofertados são muito inferiores aos efetivamente devidos. (Credores PEX são aqueles que para adquirirem o direito de uso de uma linha telefônica da extinta CRT e eram obrigados a se tornarem acionistas da companhia, aderindo a um “plano de expansão”. Daí a denominação caracterizada pelas três iniciais).

Milhares de gaúchos, antigos acionistas da CRT, aguardam o pagamento de seus créditos oriundos de ações judiciais em que a Oi foi condenada a indenizá-los pelas ações emitidas a menor pela extinta CRT, nas décadas de 80 e 90. A recuperação judicial da Oi frustrou a expectativa dos credores PEX, pois a vingar o plano aprovado pela companhia na assembleia de credores, ocorrida em dezembro do ano passado, seus créditos serão pagos com 20 anos de carência e com possível deságio de 85%.

A proposta de liquidação de créditos formulada pela Oi consiste na aceitação pelos credores de limitação de seus créditos aos valores de R$ 4 mil e R$ 10 mil, conforme o critério de liquidação fixado na sentença judicial (valor patrimonial do balancete mensal ou valor patrimonial do balanço anual). Tal proposta é aviltante, pois os valores efetivamente devidos pela Oi somam, individualmente, em média, R$ 50 mil.

A proposta de mediação da Oi fere o princípio da igualdade entre credores da mesma classe, pois a companhia - para os credores que já tinham seus créditos líquidos no momento do pedido de recuperação judicial - fez mediação em que pagou valores de até R$ 50 mil. Não estender esse direito aos credores com créditos ainda ilíquidos é dar tratamento desigual a credores da mesma classe, o que é vedado pela lei de recuperação judicial.

O credores PEX contestaram no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, através do escritório gaúcho Caprara & Roesch Advogados, o plano de recuperação judicial aprovado pela Oi, pois o mesmo está repleto de ilegalidades. O agravo de instrumento interposto ainda pende de julgamento. (Proc. nº 0009471-11.2018.8.19.0000).

Assim, salvo se os créditos tenham valores próximos aos ofertados pela Oi, entende-se que os credores não devam aceitar a proposta de mediação por ela formulada, pois está longe de ser, em regra, um bom negócio.

 

JC participa de Conferência de Cibersegurançano Panamá com a repórter Patricia Knebel

O Jornal do Comércio participa da 8ª Conferência de Cibersegurança da Kaspersky Lab para a América Latina, que acontece nos dias 13 e 14 de agosto na Cidade do Panamá. A enviada especial é a repórter e colunista Patricia Knebel, do Mercado Digital.

O evento reúne os principais especialistas da Kaspersky Lab para apresentarem o atual cenário de ameaças para a região e ministrarem palestras sobre as ameaças que afligem usuários finais e empresas.

Os especialistas irão discutir as vulnerabilidades na infraestrutura crítica e como as novas tecnologias da Internet das Coisas podem complicar nossas vidas ao invés de melhorá-las.

 

Banrisul registra lucro líquido de R$ 505,9 milhões no 1º semestre de 2018

O Banrisul alcançou, no primeiro semestre de 2018, lucro líquido de R$ 505,9 milhões, incremento de 60,0% em relação ao mesmo período de 2017. A rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio foi de 14,9%. O desempenho no primeiro semestre de 2018 reflete a expansão da margem financeira, o menor fluxo de despesas de provisão para crédito e o aumento das receitas de tarifas e serviços, entre outros fatores.

O patrimônio líquido atingiu R$ 7,0 bilhões em junho de 2018, 6,5% ou R$ 431,9 milhões acima da posição de junho de 2017. Os ativos totais apresentaram saldo de R$ 75,3 bilhões em junho de 2018, com ampliação de 6,8% em relação a junho de 2017, proveniente, em especial, do aumento na captação de recursos.

Em junho de 2018, o total de recursos captados e administrados foi de R$ 63,0 bilhões, com expansão de 6,1% em 12 meses. O saldo das operações de crédito do Banrisul totalizou R$ 32,0 bilhões em junho de 2018, com crescimento de 3,6% ou R$ 1,1 bilhão nos 12 meses. O resultado é em decorrência, especialmente, da carteira comercial, que registrou saldo de R$ 22,9 bilhões, com aumento de R$1,4 bilhão ou 6,7% em um ano.

REDE VERO

A rede de adquirência Vero registrou, no primeiro semestre de 2018, 145,1 milhões de transações de débito e crédito. Em volume financeiro, o valor transacionado totalizou R$ 12,4 bilhões, refletindo crescimento de 17,1% quando comparado ao primeiro semestre de 2017.

A Vero encerrou o mês de junho de 2018 com 142,6 mil unidades de equipamentos POS e mobile instalados e aptos a transacionar e 135,0 mil estabelecimentos credenciados ativos, números 11,9% e 5,1%, respectivamente, superiores aos apurados ao final de junho de 2017.

CARTÕES DE CRÉDITO

O Banrisul encerrou o primeiro semestre de 2018 com uma base de 990 mil cartões de crédito, nas bandeiras Mastercard e Visa. Durante os seis primeiros meses de 2018, foram realizadas 29,8 milhões de transações, totalizando volume de R$ 2,5 bilhões. Estes valores representam crescimento de 16,9% e 15,4%, respectivamente, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Para alavancar o potencial de negócios de seguridade, no primeiro semestre de 2018, o Banrisul realizou promoções e campanhas de venda e adequou o portfólio de produtos aos clientes Afinidade, com o lançamento do BanriCap Afinidade. Desta maneira, a seguridade atingiu faturamento de R$ 570,8 milhões, no primeiro semestre de 2018, com crescimento de 12,2% frente ao primeiro semestre de 2017.

As operações ativas alcançaram 2,3 milhões de contratos, incremento de 3,7% em relação a junho de 2017. As receitas provenientes de comissões sobre a distribuição de produtos atingiram R$ 110,4 milhões, aumento de 18,7%, enquanto que as receitas totais de seguridade alcançaram R$ 132,2 milhões, com crescimento de 17,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

CANAIS DIGITAIS

Os canais digitais do Banrisul seguem em constante evolução, representando 48,8% do total de operações realizadas pela instituição nos seis primeiros meses de 2018. Esse cenário é reflexo da alteração do perfil do cliente, que aumentou o uso de dispositivos móveis; da disponibilização de novos serviços e implantação de melhorias, além da comodidade e facilidade de operação nos canais digitais e das ações que estimulam a adesão a esses canais.

No primeiro semestre de 2018, os canais de Internet Banking (Home e Office Banking) e Mobile Banking (Minha Conta, Afinidade e Office (App), acessados por meio do aplicativo Banrisul Digital) tiveram 92,3 milhões de acessos, 34,5% superior ao mesmo período de 2017, equivalendo a uma média de 512,5 mil acessos diários.

O total de operações realizadas nesses canais apresentou incremento de 49,8% em relação ao primeiro semestre de 2017. Dentre essas, a quantidade de transações financeiras cresceu 23,8% e o volume transacionado aumentou 13,5%, se comparados ao mesmo período de 2017.

 

Prefeito define início imediato de obra para conter alagamentos

O prefeito Nelson Marchezan Júnior vistoriou na manhã desta terça-feira, 14, as ruas Sarmento Barata e 18 de Novembro, na zona Norte e determinou o início imediato de obras emergenciais para minimizarem os problemas de alagamentos na região. O local é utilizado como desvio das obras da avenida Ceará.

Durante a vistoria, os técnicos da Divisão de Manutenção de Águas Pluviais (Dmap) da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) explicaram que o problema vem de gestões anteriores, mas foi evidenciado devido a maior utilização do local, a partir de 2013, com o início das obras de mobilidade. De acordo com os mapas subterrâneos, naquele local deveria haver uma galeria, mas ela não foi encontrada.

A obra será realizada sobre a calçada, gerando o mínimo de impacto para o trânsito na região e deve estar concluída em torno de 35 dias. O investimento é de R$ 212 mil e será realizada pela empresa Brasmac Engenharia Ltda, por meio de licitação para obras de pequeno valor. Além da abertura de rede para escoamento da água, equipes estão realizando o desassoreamento (retirada de areia das redes) para ajudar no escoamento da água da chuva.

O secretário de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário, o secretário-adjunto de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Alcimar Andrade Arrais, técnicos da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Serviços Urbanos e Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE), além de representantes da empresa que realizará a obra participaram da vistoria.

 

Nota de pesar

O prefeito Nelson Marchezan Júnior manifesta profundo pesar pelo falecimento do ex-deputado estadual e ex-secretário do Rio Grande do Sul e do Município, o economista Cezar Busatto, pai do atual secretário de Fazenda da Capital, Leonardo Busatto.

Cezar Busatto foi dos mais importantes políticos das últimas décadas tendo participado dos principais fatos envolvendo o Estado e a cidade de Porto Alegre. Ele morreu na madrugada desta segunda-feira,13, em Porto Alegre, no Hospital Moinhos de Vento, aos 66 anos. Busatto lutava contra um câncer.

 

Prefeitura decreta luto oficial por três dias

O prefeito Nelson Marchezan Júnior decretou luto oficial por três dias, a partir desta segunda-feira, 13, em sinal de pesar pelo falecimento do economista Cezar Busatto, ex-deputado estadual e ex-secretário do Rio Grande do Sul e do Município.

Busatto foi um dos mais importantes políticos das últimas décadas, tendo participado com protagonismo dos principais fatos envolvendo o Estado e a cidade de Porto Alegre. O Decreto nº 20.037, que determina o luto, foi publicado em edição extra no Diário Oficial do município. Natural de Veranópolis, Cezar Busatto era auditor fiscal aposentado e professor universitário. Ocupou o cargo de secretário de Governo e adjunto da Fazenda na administração Pedro Simon (1987-90) e em 1994 foi eleito, pelo então PMDB, pela primeira vez para um mandato na Assembleia Legislativa.

Depois exerceu mais dois mandatos como deputado estadual (em 1998 e 2002, este último já pelo PPS. Atuou como secretário municipal de Coordenação política e governança local (2004), na primeira gestão do prefeito José Fogaça, e foi secretário da Casa Civil estadual (2008) no governo Ieda Crusius. Em 2010, reassumiu a Secretaria de Coordenação Política e Governança Local da prefeitura da Capital. Licenciou-se do cargo em 2014. Busatto também escreveu livros sobre política e participação cidadã no processo democrático. Deixa um legado de visão humana e solidária, comprometida com a melhoria da sociedade. O prefeito Nelson Marchezan Júnior manifestou profundo pesar pelo falecimento do ex-secretário.

Busatto deixa a mulher e dois filhos, um deles o atual secretário da Fazenda de Porto Alegre, Leonardo Busatto.


14 de agosto de 2018

EXCLUSIVO

NO VELÓRIO de CESAR BUSATTO, RIGOTTO DISSE A SAUL JR. QUE ELE NÃO QUIS SER SENADOR...POR ISTO ACEITOU A VICE...

morreu ' busatinho'....

morreu cesar Busatto. o conheci quando estudava na faculdade de economia ou administração da urgs. era amigo do carlinhos caramez. depois foi pros states naqueles intercâmbios.

na volta entrou pro ' oito' como se chamava o MR-8. ele fogaça etc caterva...

sempre foi do mdb....foi deputado....

ouvi a Fernanda bagatini falar na morte dele esta manhã.

trabalhava com o fogaça na prefeitura.

é pai do atual sec da fazenda do município.

se foi o velho ' busatinho' de guerra como era chamado no MDB. era de veranopolis.

a primeira pessoa que me falou do cesar busatto foi o carlos Eduardo caramez, nos anos 70....

ele o conheceu na urgs antes de ir aos states num intercambio.

 

lançamento deu tudo certo...

foi lá o veio kolecza, valter Marchezan, pai da isabel, ayres, saul jr. entre tantos outros amigos e colegas. gostei do meu desempenho....

meu livro vai cair na boca do povo....obrigado aos que foram...(olides)

quem não foi respondeu meus mails...e vão comprar o livro que é o que importa. obrigado + uma vez.(OLIDES)

 

eles e o meu...

nesta madrugada de dom pra seg, me dei ao trablaho de dar uma passada por vários blogs de coleguinhas locais. não vi nada de novo...nunca os leio...e pelo que vi não tou perdendo nada de original....o mais ' noticioso'digamos e o do polibio. os demais são comentários pessoais. tudo bem, o meu tb o é....o do felipe tá bem organizadinho....

desconfio que neste do felipe tenha o dedo do otto bede...umdos profissionais mais competentes do mercado. seu eu comprasse digamos um grande veiculo, o primeiro contratado seria o otto bede. claro que o rogério faz sucesso, com um produtor destes por trás.

enfim, volto a dormir tranquilo. meu blog apesar de ' esculhambado' como alguns o acham, em ' contiudo' é um dos melhorzinhos que tem ai...(olides)

 

eu e narinha

Narinha chegou neste domingo passada. Veio com a Pituca....depois depoucas horas, eu gamei na pituca, como se dizia antigamente. agora entendo como este pessoal de cachorros se apegam...Fomos de tardezinha até a pracinha da Encol,mas a Nara vetou outras idas porque achou muito movimento pra atravessar. e a Pituca acostumada como era com a Aberta dos Morros se atira muito depressa. Nara ficou com medo que o bicho seja atropelado.

Enfim, em poucas horas já pensava que havia anos que vivia esta nova vida....

Não me senti invadido em nada, até porque a Nara é uma das pessoas mais suaves que conheci nesta vida de Deus...

O 'espaço' - pra usar uma palavra da moda - de cada um está preservado....

A Nara ficou no seu ' cantinho' lendo seus livros, eu fico na minha....e compartilhamos assim o melhor dos mundos...

Eu tenho um termômetro que mede certinho quando a gente cohabita com alguém e se quer saber se tu gosta ou não daquela pessoa. Se tu quando está na rua gosta de saber que tal hora vai estar com a pessoa, é porque tu gosta dela...
Nem sempre é assim, mas a vida tem de tudo, né....

Já estive em vários lados do balcão por isto me sinto à vontade pra falar destes assuntos que são meio um correio sentimental.(OC)

 

AUSENTE

SARTORI NÃOFOI AO LANÇAMENTO DA EXPOINTER, NA SEGUNDA RETRASADA....

ele não foi, e o vice, o de Alegrete, foi e saiu antes de começar a cerimônia.

Como sei? eu estava lá. não como pela mão dos outros. costumo ser repórter de corpo presente....

 

Feira Vegana de Porto Alegre na Sociedade Hebraica no domingo

Fotos: Marcio de Almeida Bueno

 

Banrisul divulga o balanço financeiro do 1º semestre de 2018

O Banrisul divulga nesta terça-feira (14), às 10 horas, o balanço financeiro do primeiro semestre de 2018. Na oportunidade, a diretoria do Banco irá receber a imprensa no Salão Nobre da instituição (Rua Caldas Júnior, 108 - 4º andar), em Porto Alegre.

 

Concertos Banrisul para Juventude promove mais duas apresentações em agosto

O Concertos Banrisul para Juventude promove mais duas apresentações nesta terça-feira (14), às 10h e 15h, no Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/nº), em Porto Alegre. No total, em torno de mil alunos de escolas públicas assistirão a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro.

Durante o espetáculo, a plateia poderá ver o funcionamento de uma orquestra com as peculiaridades e sons de cada instrumento que os músicos utilizam - cordas, madeiras, metais, percussão e voz. O repertório vai da música clássica à popular, incluindo composições de Bach, Mozart, Vivaldi, Villa-Lobos, Carlos Gomes e Toquinho.

INSCRIÇÕES

As inscrições para as próximas duas apresentações, que acontecerão no dia 04 de setembro, estão abertas. As solicitações de escolas públicas do Ensino Fundamental de municípios do Estado devem ser feitas pelo site www.orquestratsp.com.br. A programação de 2018 consiste em 10 apresentações, durante os turnos da manhã e tarde.


13 de agosto de 2018

ratos de redação

REPRODUZO O TOPICO - IMPORTANTE - QUE ZH DEU DO MEU LIVRO QUE AUTOGRAFO HJ NO GAMBRINUS A PARTIR DAS 17 HORAS.

PUDERA, O QUE TEM DE HISTÓRIA DA PROPRIA ZH NO LIVRO NÃO É MOLE. REPRODUZO COM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL O TEOR DO MAIL QUE PENINHA E AUGUSTO SE MANDARAM NOS ANOS 90 MOTIVO DE MUITA CELEUMA E DE REPERCUSSÃO TANTO NACIONAL COMO INTERNACIONAL POR ENVOLVER LUCIAMEM CAIFAFFO WINCK E LUIS CAMINHA. (OLIDES)

MAS ATENÇÃO JÁ ME PERGUNTARAM. O LIVRO NÃO TEM APENAS RELATOS DE BASTIDORES DE ZH . TEM DA COOJORNAL, DA CALDAS JR. DOS RIBEIRO, DA VIDA DAS REDAÇÕES EM SI QUE FORAM ME CHEGANDO ENQUANTO EU TECIA LENTAMENTE O LIVRO. POR ISTO QUE NÃO ACREDITO EM LIVRO FEITO DO DIA PRA NOITE. UM LIVRO É O RESULTADO DE UM LONGO PROCESSO DE PESQUISA E DE REDAÇÃO.

autografo

estarei hj a partir das 17 hs no GAMBRINUS do mercado público autografando meu livro RATOS DE REDAÇÃO. compareçam!!!!"!

não vão se arrepender. ah, tem maquinhinha pra passar o cartão, quem não tiver grana ou cheque..paga de cartão, eu preciso pagar a serafinense...(OC)

exemplo de cortesia.

agradeci ao TULIO MILLMANN a nota que ele deu na zh de sexta sobre o lançamento do meu livro e recebi este texto. um exemplo de bom gosto,correção e gentileza. imagino que o informe - pela repercussão que uma notinha destas tem eu vi na sexta várias pessoas me falaram dela, assim que imagino que muita gente manda coisas pra lá. assim que as gentes merecem um retorno...nem que seja automático mas é um retorno...a pior coisa que tem é tu mandar alguma coisa prum meio de comunicação e o cara te ignorar totalmente. isto é como me contou uma amiga que o psiquiatra JAIME VAZ BRASIL mandou tempos atrás um trabalho pra MARIA KODAMA mulher do poeta argentino JORGE LUIZ BORGES.

- ELA NEM ME RETORNOU ME MANDANDO TOMAR NO CU SE FOSSE O CASO, COMENTOU ELE COM UMA SUA PACIENTE.
COMO PSIQUIATRA ELE ENTENDE A IMPORTANCIA QUE O RETORNO TEM. NEM QUE SEJA PRA XINGAR...(oc)

De: "Informe Especial"
Enviada: 2018/08/11 02:46:21

Obrigado por escrever! A sua mensagem será lida em breve. O volume de emails que a gente recebe é muito grande - ainda bem. Por isso, desculpe, mas não conseguimos responder a todos com a atenção que a gente gostaria e que cada leitor merece.
Um abraço,
Tulio.
O Grupo RBS pauta sua atuação por seu Código de Ética e Conduta, em conformidade com a Legislação Brasileira. Qualquer situação irregular deve ser informada via Canal de Ética pelo site https://www.contatoseguro.com.br/gruporbs ou 0800 602 1831. Este e-mail e seus anexos podem conter informações confidenciais. Se você recebeu esta mensagem por engano, por favor apague-a e notifique o remetente imediatamente.

cumprindo tabela

depois de ir a missa, comungar, Laurinho da Itaqui, foi almoçar com o filho, Guilherme.

Hj vai comprar meu livro RATOS DE REDAÇÃO,até pq está citado nele(OC)

sugesta . eu no lugar do SAUL JR. escrevia um livro sobre a historia dos clubes de porto alegre. ele sabe muito....e sabe estas coisas de bola preta....

ah,atenção é de veranopolis(OC)

NAO INSISTAM COM LAURINHO

MEU AMIGO - SIM É MEU AMIGO - SE NEGA A LER A ZH,CORREINHO E AFINS.

SO LE JORNAIS DE MADRI E PARIS.

AH, OPEROU OS OIOS E FOI BEM.....

PROMETE PAGAR UM CAFÉ NO MARGS. O QUE É DE BOM GOSTO.A NARINHA ADORARIA IR.

star system

engraçado que já dei entrevista na TV FUTURA mas não teve tanta repercussão como a notinha do millmann neste sexta....que é bom, é bom...como o caviar. como a fama é boa, eu curto

memória

1.

em janeiro de 82, eu tava hospedado no rio, na casa da irmã da avani Stein....se não me engano era em Copacabana.

o caco barcellos recém tinha começado na globo. morreu o garrincha....e o JEFFERSON BARROS -que tinhalevado o caco pra folhinha da manhã em 74 - quando foi editar a matéria que o caco fez em PAU GRANDE,interior do rio, onde garrincha nasceu, profetizou:

- CACO VOU TE COLOCAR NO STAR SYSTEM.....

Caco chegou em casa - seus pais, dona Antoninha e seu Nércio( falecido) estavam lá passando uns dias também - impressionado com a pobreza do quartinho onde garrincha o herói de 62 no chile tinha vivido seus últimos anos -e contou-me o comentário do seu editor.

2

foi + ou menos assim que me senti nesta sexta, depois da notinha que o informe da zh deu do meu livro.

- fui jogado no STAR SYSTEM, como disse o saudoso JEFFERSON!!!!

FALTOU DIZER....

O PIONEIRO QUE SEMPRE LEIO - PEGO NA RODOVIÁRIA - CRAVOU O NASCIMENTO DE UM PEQUENO EM 2019. EPA, O ANO ESTE AINDA NÃO CHEGOU. FOI NODIA 10 DE AGOSTO QUE DISSERAM ISTO. REVISÃO É BOM,SIM

comentário

A ' morte' da zh

Fui nesta quinta entregar um ex do meu livro RATOS DE REDAÇÃO pro Marcelo Rech na zh.Desci do t6 no terminal Azenha e caminhei pela Cabo Rocha( antigo local de rendez-vous) até a Erico Verissimo.Quando cheguei no prédio administrativo do jornal não senti raiva, ódio, desprezo frustação, nojo,despeito, tudo o que senti durante anos e anos depois que fui demitido em abril de 92 e que tinha que voltar lá. Quando ia parecia que tiravam um pedaço de mim. por isto conheço bem a letra daquela musica do chico, oh pedaço de mim, o metade afastada de mim....

na verdade, quando ia lá ficava sangrando dentro de mim.....lembro de uma x que fui lá falar com o Olyr que me dava espaços pros meus livros, meu querido amigo desaparecido(fui na sua despedida no crematório...)

mas nesta quinta cheguei no prédio administrativo e vi que ele está clean, não em mais nem o busto do mauricio,seu fundador. na verdade em outros tempos eu teria dado UM DISCURSO SOBRE ISTO PRA CIMA DA GURIA QUE ME ATENDEU. COMO SE ELA TIVESSE ALGUMA COISA A VER COM MINHA DOR.

passou, graças a deus. vivo muito melhor assim....em paz.

tive a tentação nesta 5 de ir até o porta, mas pensei. eu nada tenho a ver com aquele boteco. eu não o frequentava. eu saia da redação e ia pra casa ficar com minhas filhas pequenas e com minha companheira, mãe delas, morávamos num apezinho na antonio parreiras e era muito bom encontrar a família depois do dia separado. eu não ia a porta larga nenhum. isto não me pertence, por isto não vou ficar falando do porta.

eu sou caseiro, gosto de um lar.....

vi ali ainda onde os caminhões estacionam pra carregar os jornais pro interior....sem saudades, me lembrei que nas temporadas de verão eu ia pegar o caminhão quando vinha da praia porque passávamos longas temporadas lá....

vinha ver minhas filhas....

como não há buraco sentimental enquanto estivermos neste ' vale de lágrimas', quero dizer que preciso preencher o que ficou no passado o que feneceu. talvez de outra forma. ninguém vive sem paixão.pelo menos eu não consigo viver sem ela. quando pego a zh pra ler agora é uma coisa MORTA...pra mim a zh MORREU(oc)

 

HISTORIAS DO PORTA

1.

N DIA 9 PASSADO, UM GRUPO DE APOIADORES DA CANDIDATURA MM - MOISES MENDES - A DEPUTADO ESTADUAL PELO PT SE REUNIU NO PORTA....O PORTA É PROS INTIMOS PRA QUEM FREQUENTAVA AQUELE BOTECO(ATENÇÃO O BOTECO ERA UM ESTADO DE ESPIRITO DOS ANOS 60/70/80 QUE HOJE SÃO SÓ REMINISCENCIAS...MAS A NOSTALGIA É UM COMPONENTE DESTA NOSSA VIDINHA NESTE MUNDO DE DEUS NO QUAL SOMOS APENAS UM GRÃOZINHO DE AREIA....) ENTÃO LÁ PELAS TANTAS ANTONIO MANOEL DE OLIVERIA QUE CONHECEU O PORTA QUANDO ELE AINDA ERA ALI ONDE ESTÁ O PREDIO ADMINISTRATIVO DA ZH, CONTOU PROS OUVINTES QUE UM DIA MAURICIO SIROTSKY IA PASSANDO NUMA SEXTA DE TARDE ATRAVESSANDO A ERICO VERISSIMO,QUANDO AINDA ERA ARLINDO E ERA BEM INUNDADA POR SINAL - A ZH SOFREU UMA ENCHENTE QUE TOMOU conta das impressoras, uma história dos anos 60/70 que ninguém ainda contou -quando enfim o patrão viu aquele bando de seus funcionários tomando trago no porta e sugeriu que se colocasse a extensão de uma linha telefônica da redação direta pro boteco.

ng sabe se isto é verdade, ou lenda. o que se sabe é que naquele porta muita coisa interessante nasceu...discussões sobre politica, futebol,entre tantos outros assuntos. não fui frequentador do porta, nunca fui lá, mas ouvia o diabão, o xuvisco falando de coisas que nasciam no porta. o diabão é o Fernando saes, o xuvisco é o colega LUIS FONSECA.

2.

comentei com alguém que a reunião de colegas pra apoiar o MM é sinal de que este rapaz pode se eleger. tem a mente intelectual sua candidatura do tarso genro, cobra criada da politica.

3.
o MM fazia boas crônicas, saia da zh - como muitos outros saíram - e está fazendo sucesso como cronista avulso...

4.

mas claro que ele ainda está na poupança da fama que adquiriu no tempo da velha zh de guerra.

 

debates

agora começa esta chateação...não vejo nenhum. so o da rbs tv no ultimo dia possível.

mas foi vendo um deles que me f.....todo votei nela, na senhora que depois ....bom deixa pra lá...melhor nem mexer nisto....

 

DE SÃO BORJA

NEUZA PENALVO, FILHA DO FALECIDO PERCY PENALVO - VIVEU NO EXILIO TRABALHANDO COM JANGO E AMIGO DE LEONEL BRIZOLA( O EX LIDER FICOU NA SUA CASA QUANDO VOLTOU DO EXILIO EM SB) ESTA APOIANDO AFFONSO MOTTA.

2.

SB É TERRA QUE SE RESPIRA POLITICA.

3.

NEUZA LIGADA AO PDT LOCAL APOIA JULIANA BRIZOLA PRA REELEIÇÃO A DEP ESTADUAL.

4

DOIS DEPUTADOS ESTADUAIS DEVERÃO SE REELEGER. JULIANA E O DE STO ANGELO, FILHO DO FALECIDO GANSO LOUCO.

5

DÃO POR CERTO QUE O ' CURANDEIRO' FAZ 150 MIL VOTOS PRA DEPUTADO FEDERAL.

6

ENTÃO VAI SOBRAR O BOMBACHUDO....

7

NO MEIO DO PDT HÁ DUVIDAS DO POTENCIAL DE JG....

8

QTO A CIRO GOMES NG SABE O QUE PODE ACONTECER.

 

Garopaba

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/10 09:57:54

Garopaba antiga



Para ilustrar tuas reminiscências sobre Garopaba estou enviando a foto de uma tela que comprei em minha última ida até aquela praia, ela é assim mesmo, monocromática. É uma tela do pintor de rua Veppo Mattos, um são-borjense que ali aportou e ficou. A pintura deve ter sido feita inspirada em alguma foto antiga dos anos 50. Ali estão todos os itens que descreves em tuas memórias, os barcos e as casas à beira-mar. Quando fui até lá pela primeira vez em 1984 já era diferentes, muito urbanizada.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Mais Garopaba

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/10 10:20:14

Mais Garopaba



Como era no século 18, na visão do europeu Debret e hoje, tomada pela gauchada.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Transporte no RS

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/10 16:00:54



Duas fotos antigas do transporte de passageiros no RS,

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

"Influenciador digital"...

Enviada: 2018/08/10 18:13:44



...é isso aí.
É o q tu qué sê, né?

 

LIVRO

mazzarino ameaça não vir ao lançamento do meu livro. ai mandei pra ele esta ameaça:

sem ti o lançamento perde o brilho. inda + que vai o lfv, o anonimus gourmet...entre outras celebridades gaúchas. kolecza estará lá. mas sem ti o brilho baixa muito do meu evento que será modestamente a noite + brilhante da cultura gaucha

De: "Adriano Mazzarino"
Enviada: 2018/08/12 20:37:18

me manda a capa com a tua foto, não recebi.
Não sei se consigo estar aí na segunda.

m.

do Espaço Vital

Cármen Lúcia diz que “sociedade brasileira é machista, preconceituosa e violenta”

Durante a cerimônia de abertura da 12ª Jornada Maria da Penha, ontem (9), em Brasília, a presidente do CNJ e do STF, ministra Cármen Lúcia, alertou para o aumento no número de casos de assassinatos de mulheres vítimas de feminicídio no país.

Para a ministra, apesar da Lei nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha) ter modificado substancialmente o tratamento da violência contra a mulher, ainda falta descobrir as motivações desses crimes, que seguem causando milhares de vítimas unicamente por questões de gênero. Atualmente, tramitam no Judiciário brasileiro 10 mil processos de feminicídio.

“A violência contra a mulher não pode ficar em silêncio. O silêncio permite que a violência prossiga. Precisamos nos voltar para esse crime. A violência contra a mulher expõe uma sociedade machista, preconceituosa, agressiva. Violenta com suas crianças, com suas mulheres e com todos aqueles que sejam diferentes. Precisamos mudar para um patamar civilizatório de respeito aos direitos, de maneira contínua, coerente e necessária para que tenhamos democracia na sociedade e não apenas no Estado. Caso contrário, não sabemos onde iremos parar”, afirmou Cármen Lúcia.

A ministra lembrou que a sensibilização e a capacitação dos que lidam com violência doméstica devem ir além das mulheres vítimas, mas também alcançar as crianças, que assistem e participam das cenas de violência. “Nós, mulheres, queremos poder viver de maneira harmoniosa com os homens. Já era tempo de termos isso. É um sofrimento sermos tratadas de maneira desigual apenas por sermos mulheres. E o impacto disso em nossas crianças é terrível” - afirmou a ministra.

Na semana em que a Lei nº 11.340/2006, de combate à violência doméstica, completa 12 anos de existência, o número de mortes de mulheres causada por ódio do próprio companheiro chamou a atenção da ministra. “Espero que tenhamos júris que prestem à sociedade a resposta adequada” – arrematou a ministra.

O chacal feminicida

Acusado de, em Guarapuava (PR), ter assassinado a advogada Tatiane Spitzner, o marido Luiz Felipe Manvailer usava apelidos humilhantes ao se dirigir à esposa. Segundo a denúncia do Ministério Público, ele – em mensagens de celular – empregava, entre outras, a expressão “bosta albina” ao se dirigir à cônjuge.

A denúncia sobre “a prática de todas as formas de violência familiar e doméstica” detalha que o cônjuge “usava de pressão psicológica ao obrigar a mulher a fazer todos os serviços domésticos e não permitir a contratação de uma diarista”.

Em extensa reportagem publicada na quarta-feira (8) com o título “Cenas de abuso doméstico chocam o Brasil”, o jornal The New York Times cita dados de uma sua pesquisa: “Um terço das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de agressão”.

Páginas da vida

Não é só a violência e a discriminação que marcam a violência das pessoas trans. Um levantamento chamado “Pesquisa Divas”, promovido pela Unesco, esquadrinhou 12 capitais brasileiras, incluindo Porto Alegre.

A capital gaúcha é a de maior presença de “pessoas que têm uma identidade de gênero, ou expressão de gênero diferente de seu sexo atribuído” contaminadas com HIV: são 65,3%. E 35,3% têm sífilis.

Os menores números brasileiros são de Curitiba: 19,7% (HIV) e 22,9% (sífilis).

No Rio, todas as trans entrevistadas já foram agredidas – e contra 23% delas os ataques foram com armas de fogo.

Além disso, o professor Francisco Inácio - coordenador da pesquisa executada pela Fundação Osvaldo Cruz - lembra que “é neste tipo de ambiente hostil que as trans procuram pessoas não qualificadas para se tratar e fazer procedimentos estéticos e hormonais”.

Os sigilos legais do Tribunal de Ética da OAB-RS

Arte de Mila Cristal sobre foto Visual Hunt.com

Era março de 2016, numa das primeiras sessões ordinárias do atual Conselho Seccional da OAB-RS, quando o presidente Ricardo Breier (eleito com 78% dos votos válidos em 18 de novembro de 2015) ouviu o reclamo de um dos mais antigos conselheiros da Casa: “É necessário agilizar a atuação do Tribunal de Ética e Disciplina, punir advogados corruptos e dar publicidade aos nomes dos que, estando suspensos, seguem advogando impunes e sem controle”.

Outra voz no Conselho se levantou: “Precisamos informar claramente à sociedade a nominata dos que estão defenestrados por haverem desonrado a profissão”.

E um terceiro solicitou: “Eu gostaria de saber se é verdade, ou maldade, o que já escutei - que o TED tem algumas caixas pretas que conservam processos de alguns advogados que são acusados de delinquirem com reiteração, mas continuam regularmente aptos a seguirem no seu jeito de advogar”.

Breier não respondeu a essa pergunta, mas – imbuído das melhores intenções – prontamente informou que um dos “compromissos de nossa gestão será agilizar o TED”. Adiantou que já estava em contato com as corregedorias dos tribunais para “por em prática um sistema eletrônico, em tempo real, que iniba a distribuição de ações e a participação em atos judiciais de advogados que estejam cumprido punições”.

Tal compromisso, porém, não passou de promessa.

O acesso, no saite da Ordem, à nominata dos advogados excluídos (atualmente são 50) foi implementado um ano e meio depois, mas ainda precisa ser melhorado. Mas descobrir quem são os 3.000 ou 4.000 advogados que estão suspensos (ninguém sabe o número exato) ainda é uma gincana difícil para alguém da sociedade que tente se informar, antes de contratar um profissional da advocacia.

Nem é possível saber quantos processos éticos e disciplinares prescreveram nos últimos dois anos, nem quantos repousam nos armários da Ordem: o diz-que-diz fala em oito mil – outros mais críticos, citam vinte mil – em meados de 2017 teriam sido 30 mil.

A três meses e meio das eleições de novembro, ontem (9) foi um dia de tensão no setor administrativo do TED da OAB. Efetivaram-se oito demissões de funcionários, a pretexto de que, em função da próxima implementação da informatização do tribunal, será possível enxugar custos. Ficaram 22 empregados. Só que a Ordem gaúcha já começou o processo de recrutamento de novos funcionários para substituir os que foram demitidos.

A tarefa está sendo chefiada pela funcionária Luciana Fiorin. Oficialmente coordenadora do TED, ela na prática atua como uma superintendente executiva do tribunal, embora não seja advogada com regular inscrição na entidade, nem bacharel em Direito.

Viceja em favor dela, na Ordem, a versão oficial de “ser uma profissional competente e exigente”, muito embora ela enfrente reação de alguns dos demitidos, por – alegadamente - pressionar funcionários em busca de rígidos objetivos.

“Mas as metas do TED não são cumpridas basicamente porque, seguidamente, falta quórum de julgadores nas sessões que assim têm que ser suspensas, ou adiadas – e essa é uma das causas de ocorrerem tantas prescrições” - analisa uma das pessoas ontem demitidas.

O TED tem uma deficiência estrutural e legal. Não contam as Seccionais da OAB com as prerrogativas do Estado para a condução dos processos (poder de polícia), nem os julgadores recebem jeton, ou qualquer pagamento. O trabalho na entidade é gratuito e, muitas vezes fica em segundo plano na agenda de alguns advogados instrutores e/ou julgadores. Por uma questão de sobrevivência, eles dão natural preferência às suas atividades profissionais, de onde extraem seus ganhos.

“Enxugando gelo”

Fora do chamado “grupo oficial” do Conselho que apoia todas as iniciativas da gestão (a maioria exitosas e também as que fracassaram), seis conselheiros foram contatados ontem (9) pelo Espaço Vital. Três responderam e coincidiram numa avaliação: “No TED está sendo enxugado gelo”.

Instados pelo Espaço Vital a que melhor explicassem a avaliação, dois dos três conselheiros responderam.

Um definiu: “O enxugamento de gelo no TED é a realização de ações paliativas, que não alcançam os objetivos pretendidos”.

O segundo arrematou: “Não adianta lavar só a calçada enquanto alguns permanecem sujando”.

Contrapontos

A seu turno, o presidente da OAB gaúcha Ricardo Breier (favorito para as eleições de novembro) e o presidente do TED, conselheiro César Souza (que tem uma bela folha de serviços prestados à entidade) silenciaram à solicitação do Espaço Vital para que se manifestassem.

Assim, fica para mais tarde saber, afinal, quantos processos éticos e disciplinares repousam nos armários da Casa. Também se espera saber se é possível rebater versões de “rádios-corredores forenses” de que “alguns advogados notórios conseguem fazer com que certos processos se eternizem e alcancem a prescrição”.

A solicitação, agora, é feita publicamente pelo Espaço Vital.

 

Banrisul divulga o balanço financeiro do 1º semestre de 2018

O Banrisul divulga nesta terça-feira (14), às 10 horas, o balanço financeiro do primeiro semestre de 2018. Na oportunidade, a diretoria do Banco irá receber a imprensa no Salão Nobre da instituição (Rua Caldas Júnior, 108 - 4º andar), em Porto Alegre.

 

do Miron Neto

Agenda Estratégica quer atrair indústria tecnológica

Cerca de 350 pessoas compareceram ao evento promovido pela Prefeitura de Gramado para apresentar o Agenda Estratégica e o Plano de Mobilidade Urbana, quarta-feira (8), no final da tarde, no Centro de Eventos da Faurgs. Os dois instrumentos foram organizados pelo urbanista argentino Rúben Pesci e sua equipe, depois de várias reuniões com agentes públicos e comunidade.
É difícil resumir em poucas linhas da Agenda, mas um dos pontos principais é a definição de valorização da paisagem natural construída de Gramado, preservando a sua identidade cultural. Essa preservação passa pela valorização do turismo rural.
Outro ponto destacado diz respeito à diversificação da economia gramadense. O turismo continuará a ser o carro-chefe, mas a sugestão é de que os governantes procurem incentivar a vinda de indústrias tecnológicas, como a instalação de startups.

Taxa de Turismo bancará conclusão de pavilhão

A GramadoTur trabalha para concluir o terceiro Pavilhão da ExpoGramado até o início do Natal Luz. Há muitos anos apenas com as paredes laterais, o local já foi alvo de um incêndio em junho de 2012. “Estamos trabalhando para contar com este pavilhão no início do Natal Luz onde pretendemos colocar o espetáculo Natal Pelo Mundo”, conta Edson Néspolo, presidente da autarquia municipal de turismo.
Serão investidos R$ 3,1 milhões na obra, incluindo cobertura, esquadrias e piso em uma área de 4,29 mil metros quadrados. “Será um grande acréscimo aos eventos”, resume o empresário Josiano Schmitt, presidente do Conselho da GramadoTur.

 

Justiça Federal de Bento Gonçalves realiza leilão presencial e eletrônico

Bento Gonçalves, 10 de agosto de 2018 - A Justiça Federal de Bento Gonçalves em conjunto com a leiloeira oficial Joyce Ribeiro, realizam leilão presencial e eletrônico nos dias 15 e 29 de agosto de 2018, às 13:30 horas, na Justiça Federal e pelo site www.leiloesjudiciais.com.br/rs. No evento, serão leiloados imóvel industrial com pavilhão com 600m² em Bento Gonçalves e terreno com 5.571m² em Salto Grande/SP, veículos e outros bens. Interessados podem obter informações mais detalhadas pelo site www.leiloesjudiciais.com.br/rs ou então pelo 0800-707-9272.

 

da Folha Popular de Teutônia

 

Nota sobre proibição da venda de cerveja na Orla

A Prefeitura Municipal esclarece que o edital de licitação para funcionamento dos bares da Orla Moacyr Scliar, publicado no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa), tem regras claras sobre a proibição de venda de cerveja em lata e em garrafa nos estabelecimentos localizados no trecho 1. De acordo com o edital, a permissão é para a comercialização exclusiva de chope. A venda de garrafas e latas de cervejas foi proibida porque gera resíduos e insegurança.

Desde a publicação dos editais, as regras foram de amplo conhecimento dos concorrentes e dos permissionários vencedores. Além disso, foram feitas inúmeras reuniões entre representantes do Executivo, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e do Sindicato de Hospedagem, Alimentação de Porto Alegre e Região (Sindha), para definição das regras a serem adotadas.

Nos encontros, ficou claro e acordado que os permissionários que fossem vencedores da licitação venderiam chope e não poderiam oferecer cerveja em garrafa ou lata. Portanto, a prefeitura não liberou e nem vai liberar a venda desse tipo de produto.

Gabinete de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Porto Alegre

 

Prefeitura orienta população sobre cuidados com o frio

O frio intenso registrado nos últimos dias exige atenção especial com a saúde e com as pessoas em situação de vulnerabilidade social. Atenta a essa demanda, a Prefeitura de Porto Alegre amplia as vagas nos albergues e o número de profissionais de saúde para o atendimento à população, além de orientar quanto aos cuidados e prevenção de doenças respiratórias. A Operação Inverno, desenvolvida pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) e pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), visa a diminuir os efeitos nocivos causados pelas baixas temperaturas nesta época do ano.

A SMS faz a contratação temporária de profissionais por 120 dias. Há aumento de demanda por consultas devido aos agravamentos de problemas respiratórios que acometem principalmente crianças e idosos. Foram contratados temporariamente 135 profissionais de saúde, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos e auxiliares de farmácia, todos da lista de aprovados em concurso público.

De junho a setembro, os albergues têm acréscimo de 90 vagas, além das 355 disponibilizadas durante o ano. O serviço de acolhimento é das 19h às 7h - com o atendimento às necessidades básicas. Nestes espaços, são oferecidos um lugar para dormir, cuidados de higiene e alimentação. Além disso, são realizados encaminhamentos para serviços da rede socioassistencial e demais políticas públicas. Para garantir a segurança e organização das casas, algumas regras devem ser seguidas. As pessoas que buscam abrigo devem ter idade acima de 18 anos; estar em situação de rua no município de Porto Alegre; portar documentos com fotos (na ausência deste apresentar boletim de ocorrência de perda da documentação) e não apresentar sinais ou sintomas de doenças infecto-contagiosa na fase de transmissão nem depender de cuidados no leito.

“Neste período do ano, as baixas temperaturas e as chuvas deixam expostas as pessoas que se encontram em situação de rua em nosso município. A Operação Inverno é uma ação que objetiva minimizar os efeitos e danos a essas pessoas. Disponibilizar mais vagas e intensificar a abordagem noturna são formas de cuidado e atenção. Nem todos aderem, mas é responsabilidade do poder público a oferta do serviço. Nos últimos dias, a procura aumentou e a lotação tem sido completa”, afirma a diretora técnica da Fasc, Vera Ponzio.

Saúde - Para manter a saúde do organismo nesta época do ano, o pneumologista da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), João Antônio Bonfadini Lima, explica que é importante reforçar a imunidade com uma alimentação saudável, rica em frutas e verduras, além de hidratação adequada, com água e sucos.

O médico também destaca a importância de prevenir o contato com os diversos tipos de vírus. “Na prevenção, a medida mais impactante é reduzir o contato, evitando ambientes fechados, com grande número de pessoas, como centros comerciais, emergências hospitalares e festas, por exemplo. O ideal é manter a casa ventilada e fazer passeios ao ar livre”, avalia Lima.

No caso de gripe, uma medida simples e eficaz de prevenção é lavar as mãos com água e sabonete várias vezes ao dia, evitando o contato com olhos, boca e nariz quando não estiverem higienizadas, já que o vírus pode permanecer por pelo menos 30 minutos na pele. Ao espirrar ou tossir, a orientação é proteger a boca, para não espalhar o vírus. O uso de álcool gel também é indicado. Outra dica é sair de casa bem agasalhado, evitando mudanças bruscas de temperatura, como a troca de ambientes muito aquecidos direto para a rua.

Em quadros com febre acima de 38,5, tosse, dor de cabeça e indisposição, o indicado é procurar atendimento médico. A rede municipal de Porto Alegre disponibiliza 140 unidades de saúde, mas é importante procurar o local de referência, conforme o endereço de moradia do usuário. O atendimento é gratuito, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), inclusive com acesso a medicamentos, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A Capital conta ainda com três unidades de saúde em turno estendido, das 18h às 22h: Centro de Saúde Modelo, US São Carlos e US Tristeza.

Para casos mais complexos, que não podem ser resolvidos nas unidades de saúde, a SMS mantém os prontos atendimentos e hospitais do município abertos 24 horas, além dos demais hospitais da cidade que atendem pelo SUS: PA Cruzeiro do Sul, no bairro Medianeira, PA Bom Jesus, no bairro Bom Jesus, PA Lomba do Pinheiro, no bairro Lomba do Pinheiro, e UPA Zona Norte Moacyr Scliar, no bairro Cristo Redentor.

Onde buscar abrigo:
Albergue Municipal – Rua Comendador Azevedo, 270 - Bairro Floresta
Vagas: 150
Horário: 19h às 7h

Albergue Felipe Diehl - Praça Navegantes, 41 - Bairro Navegantes
Vagas: 205
Horário: 19h às 7h

Albergue Dias da Cruz - Av. Azenha, 366 - Bairro Azenha
Vagas: 90 vagas
Horário: 19h às 7h.

 

Semana da Juventude terá testes de HIV, sífilis e hepatite C

A prefeitura oferece testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite C na programação da Semana da Juventude, pela unidade móvel do projeto Fique Sabendo. Na próxima quarta-feira, 15, o ônibus estará no Largo Glênio Peres, das 10h às 18h, na atividade Estação Juventude. Já na terça-feira, 14, o ônibus estará no Crip Bom Jesus (rua São Felipe, 144), das 9h às 15h. A programação poderá ser alterada em caso de chuva forte. Oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o serviço inclui distribuição de preservativos, orientações e dicas de prevenção.

Com segurança e privacidade, o resultado dos exames sai em apenas 30 minutos, com dois consultórios para atendimento à população. Após a realização dos testes, as pessoas com casos confirmados de sífilis podem receber tratamento, com a aplicação da primeira dose de penicilina. A equipe é composta por servidores municipais da área da saúde. A forma mais segura de se proteger de doenças sexualmente transmissíveis é usar camisinha na relação sexual.

Fique Sabendo - De acordo com a coordenadora da área de Infeções Sexualmente Transmissíveis, HIV e Aids da SMS, Marina Dias, o objetivo do projeto é ampliar a prevenção e diagnosticar precocemente as doenças, além de aumentar o encaminhamento para tratamento, que deve começar o quanto antes. "A ideia ainda é que as pessoas diagnosticadas reagentes ao HIV não abandonem o uso da medicação antirretroviral, necessária à manutenção da qualidade de vida", comenta. A estrutura tem espaço para testagem rápida e acolhimento e é adaptada a pessoas com necessidades especiais.

Semana de Um Olhar para a Juventude de Porto Alegre - De sábado, 11, a 19 de agosto, a semana apresentará atividades em várias regiões da Capital, que serão realizadas por cerca de 70 organizações da sociedade civil e públicas, com oferta de serviços federais, estaduais e municipais. O evento é organizado pela prefeitura, por meio da Coordenadoria da Juventude da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE), em parceria com a Rede Juventudes de Porto Alegre.


10 de agosto de 2018

Coleguinhas

dia 13 a partir das 17 no rest gambrinus, no mercado publico, autografo o livro RATO DE REDAÇÕES.

levei anos fazendo esta pesquisa. as ' gaitadas' do pres do sind dos jor rs JOSE CARLOS TORVES contando um causo na sala da direção me faziam sair da minha salinha do sindicato e ir lá conferir. geralmente era um causo, uma piada que o torves acabara de contar. eu anotava mentalmente depois redigia.
levei anos num trabalho , num oficio de ourives tecendo estes detalhes....todos

cometi algumas indiscrições, mas neste caso omiti os nomes...

então vaõ lá na segunda comprar o livro. preciso pagar a gráfica. EU NÃO TIVE NEM LEI ROUANETT, NEM CORAG....FOI INVESTIMENTO DO MEU BOLSO E QUE PRECISO SALDAR AGORA.(oc)

no sind dos jorn rs muita apreensão entre os funcionários.haverá borderô pra pagamento dos salários nos próximos meses???

a coisa tá difícil, mas o sindicato vai levando....

escroto.....

alguns coleguinhas candidatos aparecem ao lado do prédio do congresso nacional...como se já fossem dep federais. que coisa mais escrota. so dizendo isto mesmo!!!!!!!!!!!!!!

ratos de redação...

a foto da bengala é do jornalista edison pires, o auto intitulado rei do furo...na folha da tarde esportiva...

já a outra foto é de uma churrascaria perto da farrapos nos ano s70. ali está beto bironha(roberto hirtz) ex zh,caldas, dn, uh entre tantos. depois foi pro dc e morreu em floripa. está lá meu amigo gelson farias que me deu a foto( foi da zh, da caldas e de tantos outros jornais) estão lá os delegados wilson muller e arno apolo do amaral, está lá dona francis ligada a justiça.

era comum reporteres e suas fontes repartirem uma lasca de carne pra trocar informações(olides)

velhjo mazza de guerra

recebi um fonema de mazarino, o desaparecido de encantado.

1.

esteve no lançamento do festi em serafina. mas que petulância. como ele entra naquela terra sacra sem minhas bênçãos???

2.

tb deu ordens pra mandar material do meulivro. já mandei.

3

espero que ele venha nos otografos na segunda. se não vier, terá outra chance depois.

4

lembrei a ele o susto que me deu uma x deixando na portaria do ca dei monti um recado de que a policia federal tava a minha procura. meu pai ficou puto com aquilo. que amigo que tu tens me disse o velho...(OC)

 

babado de atriz

temum babado ai rolando na net de uma atriz, cujo pai da criança seria o concuchado do concunhado de não sei quem. mas a quem interessa isto a não ser aos envolvidos. na verdade tudo isto é pra ver quem vai ficar com a mufunfa. por isto que eu digo que o amor émelhor que o caviar. o primeiro tu não compra, o segundo sim...

vao si catar, até dei uma olhada, e sabe que não entendi afinal de contas quem a moça esta teria ' traído' ...??

no fundo tudo isto é uma novelinha mexicana???

e é coisa comum alguém ter filho com cunhado? é um fetiche, né...

 

GAROPABA MON AMOUR, PARTE II

nÃO CONSIGO lembrar - e por isto peço escusas - a ultima x que fui a Garopaba naqueles loucos anos 70....

porém lembro de alguns detalhes de nossas viagens....

chegávamos na br-116 na altura de Imbituba e começávamos a controlar a entrada pra Garopaba - hoje tem ali um grande restaurante feioso pra cacete, que tem uma baleia como símbolo, porque as baleias francas aparecem em Garopaba numa certa época do ano...

ali na altura de uma estradinha de chão parávamos o caminhão que nos dava carona e esperávamos o dia amanhecer pra pedir carona a um caminhão que vinha de Imbituba e que ia a Garopaba buscar o peixe pescado d enoite pelos aldeões, ou nativos.

aquele caminhão nos conduzia de graça até a vila, digamos assim...

num livro de memórias que tenho escrito e que se deus quiser editarei brevemente - ele é o retrato de um tempo e de uma geração que vivia um sonho meio louco - escrevi sobre Garopaba:

-Uns menos pacientes como o decio Antunes caminhavam os 15 quilômetros da entrada de puro chão batido que separavam a br-101 de Garopaba. a caminhada era puxada mas aos 20 anos aquilo era fichinha pra nós.

outro registro que fiz.

- dormíamos nos barcos dos pescadores.

adriano bonaspetti, ligado a cultura italiana de porto alegre, foi um dos primeiros frequentadores de Garopaba.

outro que a descobriu desde sempre foi o médico MARCO AURELIO RAYMUNDO, O MORONGO QUE FUNDOU A MORMAY.

diz o bonaspetti que a ideia original desta proteção dentro da água veio de um italiano fugido de guerras extraviado por aquelas bandas. já vi o bonaspetti falando sobre o assunto em alguma rádia por ai.

este italiano se chamava PINO e foi sócio do morongo no começo, que depois ficou com tudo. ele, o italiano continua atuando artesanalmente por aquelas praias.

enfim, a história de sempre. Garopaba tb. é empreendedorismo....

Ilton saffer, da urgs, tb foi muito a Garopaba. ele tinha uma tese sobre a vila. existiam duas vilas. uma dos negros e outros dos brancos.

A MALUCA

na minha lembrança está uma louca varrida chamada maria helena. era do iapi, tinha uma Kombi e alguns filhos, uns 6...na hora de vir embora ela punha aquela filharada toda na Kombi e vinha embora. a Nazaré de almeida, colega de profissão, era outro que ia muito a Garopaba...

a vi muitas x por la´. mas eramos de ' turmas' diferentes.

se é que algum dia eu tive turma.

mas faço uma justiça. quem me levou pra lá pela x primeira - embora isto não tenha a mínima importância - foi o emilio chagas. e quem levou ele pra lá foi a helo judia, porque ela tinha uns amigos,entre eles o ernanni só, hj escritor, que frequentavam a praia. já disse que aquilo é hoje reduto de portoalegrense. se tu quer encontrar alguém de porto alegre de classe média no verão tu tem que ir a gbaropaba.

eu não fui mais....nos anos 80,quando tava casado, ia a floripa ou a porto belo...mas isto é outra história que contarei depois(OC)

 

Foto do Getúlio em Passo Fundo

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/09 12:29:17

Para o teu arquivo



Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

dos leitores

da nara barbosa.sim nara a gente comia um arroz misturado com areia e durante quase um mês eu e o caramez comíamos marisco que a gente pegava nas rochas. mas aquele mar de Garopaba não nos deixava vir embora(OC)

De: "Nara Barbosa"
Enviada: 2018/08/09 11:12:37

Gostei sim das lembranças de Garopaba, agora deve ter outro visual! A cena do Caramez, estendido no chão, escorado na coluna de madeira da casa, e tu, sentado no chão, com o radinho tocando carnaval, ficou límpida na minha memória... O Caramez parece um bode amarrado na estaca., mais ou menos isso que tu disse, o Caramez nem te ouviu...kkk A gente comia um arroz com guisado e areia, lembra? só sendo jovem mesmo...rsrs...

 

link - 1

este blog é saúde.....

De: "Adriano Mazzarino"
Enviada: 2018/08/09 07:05:05

https://www.periodismo.com/2018/08/04/los-cinco-mejores-alimentos-para-tu-prostata/

 

Leia

repercute lançamento do meu livro ratos de redação....prox dia 13 a partir das 17 hs no gambrinus...

rogério mendelsky falou no programa dele e felipe vieira deu no seu blog

De: "Otto Bede"
Enviada: 2018/08/09 14:50:36

http://felipevieira.com.br/site/porto-alegre-livro-ratos-de-redacao-conta-a-vida-das-redacoes/

 

Sessão do Clube de Cinema (Sábado, dia 11/08/2018)

Seguem as informações sobre a sessão do próximo Sábado (dia 11/08/2018) as 10:15 no Cine Santander (Santander Cultural) .

Será uma sessão comentada com a presença da Diretora Camila de Moraes e a Produtora Mariani Ferreira.

Título do filme: "O Caso do Homem Errado"
Ano de produção: 2017
Data de Lançamento Mundial: 11 de maio de 2017 (Première em Porto Alegre)
Direção: Camila de Moraes
Duração: 70 min
Elenco: Renato Dornelles, Ronaldo Bernardi, Juçara Pinto
Roteiro: Camila de Moraes, Mariani Ferreira, Maurício Borges de Medeiros

Produção: Camila de Moraes, Mariani Ferreira

Gênero: Documentário
Colorido
Nacionalidade: Brasil
Idioma: Português

Sinopse: Júlio César de Melo Pinto, o operário negro que foi executado em Porto Alegre pela Polícia Militar, nos anos 1980. A história do jovem é contada através de depoimentos como o de Ronaldo Bernardi, o fotógrafo que fez as imagens que tornaram o caso conhecido, o da viúva do operário, Juçara Pinto, e de nomes respeitados da luta pelos direitos humanos e do movimento negro no Brasil. A morte de Pinto foi desvendada a partir de fotografias feitas pelo repórter fotográfico Ronaldo Bernardi, do Zero Hora. Ele flagrou o momento em que o operário, confundido com um assaltante, foi algemado e colocado em uma viatura da Brigada Militar, na Avenida Bento Gonçalves. Pouco mais de uma hora depois, o mesmo jornalista registraria a chegada do corpo de Pinto no Hospital de Pronto Socorro.

De acordo com a produtora, a intenção inicial era fazer um curta-metragem. Porém, diante da complexidade do caso e da quantidade de material coletado, sobretudo a partir de entrevistas, decidiram transformá-lo em longa. O caso de Pinto foi julgado duas vezes pelo Tribunal de Justiça Militar do Estado. Na primeira, dois tenentes foram condenados a 14 anos de prisão e dois cabos e quatro soldados, a 12 anos. Na segunda, um dos tenentes foi absolvido. Os condenados foram expulsos da corporação e cumpriram apenas parte de suas penas. O documentário participou do Festival de Gramado, do 9º Festival Internacional de Cine Latino, Uruguayo y Brasileiro, em Punta del Este e em Salvador.

 

Potpourri Gauchesco

 

Música que serve de inspiração

WIZO irá celebrar os 70 anos do Estado de Israel com apresentação da Orquestra Villa-Lobos

Em comemoração aos 70 anos do Estado de Israel, a WIZO, entidade afiliada da Federação Israelita do RS (FIRS), promoverá um show emocionante. No dia 15 de agosto, quarta-feira, a Orquestra Villa-Lobos se apresentará no Teatro da AMRIGS (Av. Ipiranga, 5.311), às 20 horas, conduzida pela maestrina Cecilia Rheingantz Silveira. Informações sobre os ingressos podem ser obtidas pelo telefone (51) 3311-0869.

A WIZO é uma entidade de mulheres judias que trabalha em parceria com a sociedade. Já a Orquestra Villa-Lobos é formada por crianças e jovens com idades entre 12 e 20 anos da Lomba do Pinheiro. Há mais de 25 anos garante a inclusão social, através do acesso ao conhecimento musical e vivências artísticas, de forma a utilizar a música como meio de promover a autoestima, inserção cultural e cidadania.

 

SUGESTÃO DE PAUTA

O deputado Darcísio Perondi (MDB-RS), vice-líder do Governo na Câmara Federal, convida para solenidade, nesta sexta-feira (10 de agosto), às 10h, em Porto Alegre, quando será feita a entrega oficial do Anteprojeto da Ponte Internacional de Porto Xavier ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Trasnsportes (DNIT). A entrega será feita pela Prefeitura de Porto Xavier ao senhor Allan Machado, Superintendente do DNIT no Estado.

Segundo explica Perondi, com o documento pronto e entregue ao DNIT, aumenta a possibilidade de empenho dos R$ 81 milhões aprovados para a obra no Orçamento Geral da União de 2018, através de uma Emenda Impositiva da Bancada Gaúcha. O empenho significa que o dinheiro já está reservado pelo Governo. E, com o empenho, a ponte entra no grupo das obras prioritárias do Governo, o PAC. A ponte vai ligar Porto Xavier, no Brasil, a San Javier, na Argentina, sobre o Rio Uruguai.

O anteprojeto vai detalhar desde a localização da ponte e suas dimensões, até os acessos para a estrutura, tanto do lado brasileiro quanto do argentino. O modelo a ser adotado deverá ser o Regime Diferenciado de Contratação (RDC), por ser o modo mais ágil, uma vez que o projeto é realizado de forma simultânea à execução da obra, que deve começar já em 2019.

Local: DNIT/RS - Rua Siqueira Campos, nº 664 - Centro Histórico

O deputado Darcísio Perondi poderá ser contatado para eventuais entrevistas pelo seguinte telefone: (61) 98163-0003.

 

Banrisul atenderá a demanda por crédito rural na 41ª Expointer

O Banrisul anunciou que, durante a 41ª Expointer, estará atendendo a demanda por crédito rural dos agricultores familiares, médios produtores, agricultores empresariais, cooperativas e empresas do setor do agronegócio. A carteira de crédito rural do Banrisul receberá pedidos de financiamentos, tanto para a compra de animais, como de máquinas e equipamentos agrícolas.

Os clientes do Banrisul com interesse em adquirir máquinas e equipamentos agrícolas na Expointer, contam com a facilidade de solicitar o crédito diretamente na agência. Para encaminhar o pedido, podem procurar a agência do Banco onde são correntistas e solicitar a carta de crédito.

Para o produtor interessado em financiar a aquisição de animais, o Banrisul tem recursos para matrizes e reprodutores de bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos. O limite de financiamento é de até 100% do valor do animal.

Na Expointer, que será realizada no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio, o Banco estará atendendo com uma equipe de funcionários especializados em dois locais, no estande de Agronegócios e na agência Banrisul. A feira irá ocorrer de 25 de agosto a 02 de setembro.

 

Prefeito pede auxílio policial para garantir serviços essenciais

O prefeito Nelson Marchezan Júnior solicitou na manhã desta quinta-feira, 9, ao secretário Cezar Schirmer, auxílio de força policial da Brigada Militar para garantir que os serviços essenciais aos cidadãos de Porto Alegre não sejam afetados com protestos de servidores.

Na manhã desta quinta, o atendimento no Hospital de Pronto Socorro (HPS), na Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e no Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) foi comprometido devido a manifestações que impediam o livre acesso a esses locais.

No ofício, o prefeito lembrou da invasão à SMS no fim da manhã, quando um grupo de pessoas subiu até o pavimento onde fica o gabinete do secretário, forçando portas na tentativa de entrar ao local, provocando tensão e medo aos servidores que prestavam serviço público. Em outro ponto da cidade, obstruíram o acesso dos veículos e servidores do Dmae, impedindo a execução dos serviços essenciais de fornecimento de água e esgoto, “gerando insegurança e possibilidade iminente de agressão aos nosscolaboradores e prejuízo direto à população de Porto Alegre”, disse o prefeito no ofício. Em frente ao HPS o grupo prejudicou a chegada de pessoas que procuravam a instituição para atendimento de emergência, além de provocar tumulto e barulho em um local que deveria proporcionar tranquilidade aos pacientes.

O prefeito pediu expressamente apoio da Brigada Militar para “o livre acesso da população em todos os órgãos públicos, especialmente os de caráter essencial, e também para garantir o trabalho dos servidores públicos municipais, ameaçados pelos infratores invasores e pelo bloqueio”, diz a nota.

O Governo Municipal também emitiu uma nota oficial na manhã desta quinta falando sobre os transtornos gerados pelos manifestantes.


9 de agosto de 2018

UBS STA CECILIA...

FUI HJ MARCAR CLINICO NA UBS STA CECILIA. DE REPENTE A ATENDENTE DESATA NUM CHORO DE DAR DO...
O QUE HOUVE?

ELA TINHA IDO FALAR COM A DR. CRISTINA QUE TAVA ATENDENDO E QUE FICOU FURIOSISSIMA PORQUE A FUNCIONÁRIA ABRIU A PORTA SEM PEDIR LICENÇA....

- QUANDO ELA PRECISAR DE MIM, ELA VAI VER, AMEAÇAVA A FUNCIONÁRIA.

 

memoria

foto ILTON SAFFER

A GAROPABA QUE EU CONHECI

conversando com a narinha na terça, - não tive radio,então pude ir vê-la na aberta -ela lembrou de um episódio de GAROPABA. Lá nos anos em que íamos juntos pra lá. começo dos anos 70, deve ter sido 74, pelas minhas contas.

ela contou-me com seu jeitinho meio infantil e doce que uma das vezes em que estivemos lá o caramez(CARLOS EDUARDO) também estava e que eu dizia que ele tinha barba tipo de bode. tinha mesmo o carlinhos tinha. e lembrou narinha que eu ouvia um radio onde tocavam musicas de carnaval..(OC)

GAROPABA, MON AMOUR.....

a 1 x que fui garopaba fui levado pelo emilio chagas e pela helo judia. não a gringa. a gringa veio depois. a judia era a golpsban....que hj vive nos states, largou aqueles pobreton tipo emilio de lado e fugiu com a corda e tudo...

fumavamos unzinho dentro do hotel do LOBO. tinha o veio lobo que dava encima das gurias que iam pra garopaba. ele trocava o pernoite, um belo peixe, camarão, e aquela crush que tinha ou um tipo de refri em garrafinha por uma trepadinha com as gurias..eta mundo veio sem porteira...a vida é ansim mesmo...

bom lembro do cheiro da ' mARDITA' DENTRO DAQUELAS PAREDES DO LOBO HOTEL. tinha uns judeus aqui do bom fim que iam pra lá pra fumar, longe da policia, da paranoia. era o tempo da ditadura do médici...iamos de carona claro...bus ng tinha grana. acho que so tinha a empresa sto anjo. iamos de carona, pulando de pedaço em pedaço. paramos em torres, em tubarão havia um posto de gasolina que servia grandes quantidades de camarão, ve so.

a ' pobreza' como dizia gabo marques ainda permeava no meio de nós, mas a gente ia levando tudo de roldão, era tudo festa, era uma maçã comida na estrada era um banquete...lembro que em1974 quando a alemanha disputava a copa do mundo e o brasil jogava com a holanda o famoso carretel eu tava em osório pedindo carona em direção agaropaba.

( uma x me escapei de morrer em torres pq não era minha hora. fui me amocosar dentro do hotel furninhas e lá pelas madrugadas um guarda veio de revorver pra cima de mim...) fiquei tão assustado que caminhei de torres até a rodovia a pezinho no mas....quando amanhecia cheguie na rodovia e graças a deus vivo. que cagaço...nem no peru levei um igual. pra morrer basta tar vivo mesmo...

bom tenho tantas lembranças de garopaba, mas me marcou especialmente um verão em que eu e carlinhos caramez não vinhamos mais embora. moravamos num casebre, comiamos uns troços que pegavamos entre o mar e o rochedo que ferviamos e caminhavamos pela praia sem nada fazer. sabe o mar mudava de cor cada dia..um dia era azul, outro prateado, outro verde. e eu tomava banho nele 300 x ao dia com um velho calção todo rasgado. quando dou pra ser mulamb ento sou mesmo....

o carlinhos caramez me acompanhou naquela aventura. solitária. ficamos ali semanas e mais semanas. até que um dia viemos embora. lembro que as aulas do julinho já tinham empessado e que nos chegamos em porto ainda calorento. o diabo do porto ainda era um forno alegre, e porto alegre vivia aqueles periodos que a gente sempre via com as pessoas todas queimadas das ferias.

fui morar na velha juc 5 de onde só sai em 74 pro baião....(olides)

 

ABERTA...

LUCIANO, FILHO DA NARINHA E DO PAI DELE, me explicou que a aberta dos morros( que eu sempre achei romântico, o nome, antes de conhecer) era uma chácara rural. que aos poucos foi se urbanizando.

a casa do Luciano é muito boa. lá ele vive com a narinha, e as vezes é visitado pela filha Emily, que tem um aninho. mas o sonho do Luciano, que é formado advogado('cachimbo') pela puc, é ir morar numa praia de santa catarina.

- quero surfar com a Emily, me disse ele.

Luciano é da mesma geração dos nossos filhos. por influencia da LORENA PAIm, nossa colega e sua madrinha, ele ficou na CRECHE PE DE PILÃO ALI NA MARCILIO DIAS. A NARA SAIA CORRENDO DO SEU TRABALHO E QUANDO CHEGAVA - ELA MORAVA NA AVENIDA IPIRANGA, NA QUADRA ENTRE A ERICO VERISSIMO E A JOÃO PESSOA - O LUCIANO ERA O ULTIMO A SAIR DA CRECHE.

CONHEÇO BEM A HISTÓRIA DA PE DE PILÃO. QUEM A FUNDOU FOI A MULHER DO JORGE BUCHABCHI, A MARILIA PINHEIRO MACHADO, PRIMA DA MAE DAS MINHAS FILHAS. A ANGELA PM.

A BEATRIZ, MULHER DO RENATINHO PINTO, FOI OUTRA QUE FORJOU MUITO A PE DE PILÃO- O NOME FOI EMPRESTADO PELA SOBRINHA ELENA DO MÁRIO QUINTANA - E TEVE AUXILIO DE MUITA GENTE. O AFFONSO RITTER BOTOU OS FILHOS DELE LÁ, A JUSSARINHA PORTO BOTOU OS FILHOS DELA LÁ, EU NÃO BOTEI PORQUE A ANGELA, MAE DE MINHAS DUAS FILHAS, TINHA RELAÇÕES NA URGS E ESTUDAVA LÁ...ASSIM QUE MINHAS FILHAS FICARAM NA CRECHE FRANCESCA ZACCARO ALI PERTO DA FABICO. QUANDO EU IA PRA FABICO PASSAVA NA CRECHE E VIA MINHA FILHA ANA PEQUININHA BRINCANDO NO PATIO NA HORA DO INTERVALO. UM DIA INADVERTIDAMENTE A CHAMEI E A GURIA SE METEU NUM CHORRO DOS DIABOS E AS ATENDENTES TIVERAM QUE ACALMA-LA. A CRECHE DA URGS QUEM CUIDAVA ERA A TIA DA ROSINHA LOPES, A ZILA AZEVEDO, MULHER DO RENAN FALCÃO DE AZEVEDO, CUJO VELÓRIO EU ESTIVE COM O SENADOR SIMON EM 1998. ELE ERA AMIGO E COLEGA DO PTB DE SIMON.

TODAS ESTAS HISTÓRIAS ME VEEM A LEMBRANÇA PORQUE AGORA TODOS NOS DA NOSSA GERAÇÃO,EU,NARA,ANGELA, AFFONSO RITTER,JUSSARA PORTO E OUTROS SOMOS AVOS....
A MINHA NETA QUE FALA PERFEITAMENTE O CARIOCA JÁ TEM 10 ANOS. DESCONFIO QUE FICAREI APENAS NUMA NETA POR ISTO LHE DEDIQUEI MEU LIVRO RATOS DE REDAÇÃO*(OLIDES CANTON)

 

A FA DIANTE DO IDOLO

NARA MNE CONTOU NESTA TERÇA QUE UM DIA ELA FOI COM A LORENA PAIM NA ZH. NA SUBIDA A LORENA LHE APRESENTOU O MOACIR SCLIAR ELA literalmente ficou ESTATELADA DIANTE DO SEU IDOLO, A QUEM LIA AVIDAMENTE.

DESCONFIO QUE A NARA É MELHOR ESCRITORA QUE O MOACIR. MAS ENFIM, ISTO É EU QUE ACHO. SEMPRE ACHEI O SCLIAR QUE PESSOALMENTE ERA MUITO GENTIL, MEIO CHATINHO. NUNCA LI UM LIVRO DELE. AS X LIA A COLUNA DELE NA ZH.

 

DIARIO DA NARINHA

NESTA TERÇA VI QUE A NARINHA TEM UM PEQUENO DIÁRIO. ME ATIREI AVIDAMENTE PRA LER. ELA ME DISSE AQUI SO TEM TRISTEZA. QUASE LHE DISSE. É DISTO QUE GOSTO...SINCERAMENTE, AFORA OS MEUS EXAGEROS EU ACHO QUE A NARA ESCREVE TÃO BEM QUANTO A SYLVIA PLATH(1950-1962),CUJO LIVRO EU TENHO AQUI.

O MARIDO DA SYLVIA NÃO PERMITIU A PUBLICAÇÃO DE PARTE DOS DIÁRIOS INTIMOS DA POETISA NORTEAMERICANA QUE SE SUICIDIOU MAS QUE ESCREVIA COMNO GENTE GRANDE. É UM TIPO DE LITERATURA INTIMISTA.(OLIDES)

 

livros

ROGERIO MENDESKY COMENTOU AGORA HÁ POUCO MEU LIVRO DO GETULIO, O DA NUBIA SOBRE CLIPPING( ATENÇÃO PRA QUEM NÃO SABE, CLIPPING É TAXAÇÃO NADA DEMAIS, MUITO JORNALISTA GANHOU MUITO DINHEIRO COM ISTO) ELA E DO AUBER LOPES DE ALMEIDA, QUE EU DESCOBRI NO COMEÇO DOS ANOS 90 NA SECRETARIA DOS TRANSPORTES TRABALHANDO COM O PEDRO CHAVES. ALIAS ACHO QUE QUEM DESCOBRIU O AUBER FOI O PEDRO CHAVES MAIS DO QUE EU, MAS O AUBER ESCREVIA NO MEU JORNAL DE BORDO. TENHO AQUI OS ARTIGOS. ELE FEZ UM ARTIGO SOBRE O QUE SÃO BR, RS, RST E AFINS QUE TENHO PUBLICADO ATÉ HJ.

AH, O ROGERIO TB FALOU DE UM LIVRO DO DACANAL, QUE EU CHAMO DE ' BACANAL', ESTE PROFI FEZ UM LIVRO SOBRE OS BASTIDORES DA QUEBRA DA MERCADO ABERTO DO ROQUE JACOBY QUE TENOU PROCESSA-LO MAS QUE NÃO DEU PORQUE O DACANAL NÃO CITA O NOME DO JACOBY, AI NÃO DEU PROCESSO.

O DACANAL AGORA QUE ERA DA EDITORA DO PROF. GONZAGA PASSOU AGORA PRA BESOURO BOX. OS LIVROS DELE SÃO MEIO PROLIXOS....E QUEM GOSTA OU NÃO DELE É O PT....EX PADRE, ELE DÁ UM PAU DANADO NO PT.

 

JACOBY E EU

FUI EU QUE LEVEI O PRIMEIRO LIVRO DO CACO BARCELLOS PRA PUBLICAR. É A REVOLUÇÃO DAS CRIANÇAS. O CACO TINHA ESCRITO EM PINHAL - ALGUNS DIZEM QUE SUSTENTADO PELO SUA PRIMEIRA MULHER - O CACO TINHA IDO EM VÁRIAS EDFITORES TODAS TINHAM RECUSADO O LIVRO E EU FUI FALAR COM O ROQUE QUE TINHA A MERCADO ABERTO ALI NA STO ANTONIO. O LANÇAMENTO DO LVIRO FOI NO RESTAURANTE DO ZE FISSURA ALI NA LUCAS, E DO QUAL NAO FICOU UMA FOTO....A AVANI ENTÃO COMPANHEIRA DO CACO, NÃO FEZ FOTO OU SE FEZ FOTO DELETOU. FOI O LANÇAMENTO EM AGOSTO DE 1982 LEMBRO BEM, ERA LUGAR COMUM O NOME DO REST QUE DEPOIS SE MUDOU PRA ZONA CHIC DA INDEPENDENCIA, e onde funciou a tão faschon sala tão Jobim.

 

quando não dá certo...

encontrei no dia do lançamento da feira de esteio na sala da ospa o colega márcio pinheiro. lembro que o roque jacoby então sec da cultura de porto me mandou falar com ele pra lançar meu livro sobre a noite de porto alegre, uma grande pesquisa, que dá de relho em tudo o que se escreveu até agora sobre o assunto.

mas o márcio recém tinha lançado o livro do DISC JOQUEI com todo o respeito e so falava do livro do kara. então é como quando tu encontra alguém e o kara só dá valor a outro. o márcio não quis nada comigo...foi uma koisa que não andou. as x as coisas não andam e a esta algura da vida não faço mais força. se dá da se não da largo de mão. o márcio so me dizia. tu tem que me convencer do teu livro. eu dizia porra com um livro destes o kara ainda quer que eu o convença...(olides) mas nada de pessoal tenho contra o márcio pinheiro, filho de cobras criadas, o ibsen e a laila, que nunca conheci so de nome

 

cataratas...

Laurinho operou os oios no banco de olhos. das cataratas liguei pro cel dele e atendeu a rosinha....sempre educada e gentilíssima....quem tem berço é ansim...

 

Mauricio e seu serviço de alto-falantes

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/08 16:41:32



A foto é da inauguração do serviço de alto-falante na Praça Marechal Floriano, fundado por Maurício Sirotsky Sobrinho, em 1939. (Foto do acervo de FAPF)

Das irradiações do alto-falante do poste da Praça Marechal Floriano participavam, principalmente, Maurício Sobrinho, José Lamaison Porto, o Negro Porto, e Paulo Giongo. (Depoimento do historiador Ney Eduardo Possap d'Avila)

Maurício e Lamaison Porto também foram locutores da rádio Passo Fundo.



Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Tu ñ entendeu nada

lauro a foto que a nara me mostrou de ti no feice é de paris, eu conheço paris. não teima tu acha que eu não reconheço os telhadinhos de paris, aquelas mansardas que tem um nome. não é so tu que conhece paris(OLIDES)

Enviada: 2018/08/08 14:26:50

A foto da CAPA do feice é de Paris, mas a foto do PERFIL, o “boneco” é de Porto Alegre, naquela passagem q tem entre a Nilópolis e a Passo da Patria. Nos celulares uma fica posicionada sobre a outra. Mas como tu é muito grosso, cegueta e ñ manja dessas coisas, pensou q era foto em Paris. Ñ, são duas fotos diferentes.
A foto q tem no feice em Paris é mais antiga, de março, qdo tava caindo neve.

 

Que dupla!

De: selucao
Data: Qua 8/08/18 12:07

Bah! Boçalnaro e seu vice, o "cada uma das estacas mais grossas às quais se fixam horizontalmente as varas mais finas de uma cerca", foram feitos um para o outro, sob medida.

Sergio Oliveira - Charqueadas - RS

 

OAB/RS e FIRS promoverão evento sobre direitos humanos

Encontro ocorrerá na próxima quarta-feira (15/08), às 17h, no auditório da OAB/RS

Dentro da programação do Mês do Advogado da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Rio Grande do Sul (OAB/RS), a Comissão de Diretos Humanos da OAB/RS (CDH), em parceria com a Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS), realiza a palestra “Direitos Humanos: Necessário Combate ao Preconceito ‘Onde Estava a Justiça No Terceiro Reich?’”. O evento ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 15 de agosto, a partir das 17h, no auditório da OAB/RS (R. Washington Luiz, 1110 - 2º andar).

Para debater essas questões, participarão como palestrantes Ricardo Breier, presidente da OAB/RS; Carlos Reiss, diretor do Museu do Holocausto de Curitiba/PR; Luiz Carlos Levenzon, membro honorário da OAB/RS e coordenador da Comissão de Deveres e Direitos Humanos da FIRS; Ieda Gutfreind, professora; Jorge Terra, presidente da Comissão Especial da Verdade da Escravidão Negra no RS da OAB/RS; Gabriela Lorenzi, vice-presidente da Comissão Especial de Diversidade Sexual da OAB/RS; Neusa Bastos, coordenadora da Comissão de Diretos Humanos da OAB/RS; e Beatriz Peruffo, presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/RS. A coordenação do evento é de Luiz Carlos Levenzon.

Programação

17h: Depoimentos de sobreviventes

Debatedora: Professora Ieda Gutfreind

Presidente de mesa: Neusa Bastos, Advogada, conselheira Seccional da OAB/RS e coordenadora da Comissão de Diretos Humanos da OAB/RS

18h: Direito à memória

Palestrante: Carlos Reiss, Diretor do Museu do Holocausto de Curitiba/PR.

Presidente de mesa: Beatriz Peruffo, advogada, conselheira Seccional da OAB/RS e presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/RS

19h: Diálogos sobre a Justiça

Panelistas: Ricardo Breier, advogado e presidente da OAB/RS; Jorge Terra, advogado e presidente da Comissão Especial da Verdade da Escravidão Negra no RS da OAB/RS; e Gabriela Lorenzi, advogada e vice-presidente da Comissão Especial de Diversidade Sexual da OAB/RS

Presidente de mesa: Luiz Carlos Levenzon, advogado e membro honorário da OAB/RS e coordenador da Comissão de Deveres e Direitos Humanos da FIRS

MÊS DA ADVOCACIA

Capacitações, cursos, debates, eventos e homenagens são algumas das diversas opções da programação do Mês do Advogado, que ocorrem no mês de agosto na seccional e nas 106 subseções da OAB/RS.

O Mês do Advogado é promovido pela Ordem gaúcha, em parceria com a Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/RS), a Escola Superior de Advocacia (ESA) e as diversas Comissões da OAB/RS.

 

População já pode opinar sobre os serviços públicos municipais

Porto Alegre foi a primeira Capital a disponibilizar a Carta de Serviços, ferramenta no qual o cidadão pode consultar e qualificar os serviços públicos municipais. Desenvolvida pela Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria, o trabalho, que cumpre uma determinação prevista na lei 13.460/2017, está na etapa de avaliação com a aplicação de uma Pesquisa de Satisfação dos usuários.

Qualquer pessoa pode acessar o site http://alfa.portoalegre.rs.gov.br/carta-de-servicos, analisar a secretaria/órgão e dar sugestões. O processo leva em média 3 minutos e só precisa a identificação com o CPF. A pesquisa já está disponível para todas as atividades cadastradas na plataforma. A Capital também é a primeira do país a oferecer esse modelo de questionário à população.

O resultado da pesquisa será conhecido até o final deste ano. A responsável pela Carta de Serviços, Patrícia Norberta de Oliveira, explica que a partir desse retorno dos porto-alegrenses, a administração municipal poderá melhorar o atendimento à população. Hoje, 363 serviços estão cadastrados no site. “Esta lei vem para proteção de defesa dos direitos da população. Entre os benefícios está o empoderamento do cidadão e a qualificação dos serviços públicos municipais”, diz Patrícia.

A plataforma digital, que pode ser acessada também em smartphone e tablet, está disponível desde fevereiro e já conta com mais de 800 mil visualizações. Entre as informações mais acessadas estão a emissão da guia do IPTU, certidão de débitos imóveis e a segunda via da conta de água.

Além de ser acessada em todo o Rio Grande do Sul e país (mais de 27 estados), o site com informações de cada serviço municipal, requisitos de atendimento, etapas e prazos está sendo consultado em outros países. De acordo com os levantamentos efetuados, o documento teve acessos em 81 países.

Como participar:
A Pesquisa de Satisfação dos serviços municipais pode ser acessada no site da Prefeitura de Porto Alegre. Veja o passo a passo:

1. Acesse o site http://alfa.portoalegre.rs.gov.br/carta-de-servicos
2. Do lado esquerdo da tela selecione Cidadão, Empresa ou Servidor e a categoria de serviço a ser avaliada
3. Do lado direito escolha o serviço a ser analisado
4. Na página do serviço escolhido, você encontrará todas as informações disponíveis. À direita da tela clique no banner verde “Dê sua opinião sobre o serviço”
5. Você será direcionado para um documento do Google. Basta clicar, digitar o seu CPF , responder as perguntas e clique em enviar. Pronto, em menos de 3 minutos você terá contribuído para qualificação dos serviços municipais.

 

NOTA OFICIAL

sobre a tal da invasão....a prefa manda nota oficial(OC)

Hoje foi um dia triste para Porto Alegre. A direção do Simpa – composta por militantes políticos filiados ao PT, PSOL e PC do B – patrocinou uma invasão truculenta do Paço Municipal, no Centro Histórico da Capital. Nem de longe as duas centenas de militantes partidários, travestidos de sindicalistas, representam os servidores do município.

Um servidor foi agredido. O guarda municipal Ivan Marques de Oliveira recebeu atendimento no HPS, registrou ocorrência policial e passou por exame de corpo de delito no DML. Felizmente, passa bem.

Este é só um exemplo da postura covarde de um sindicalismo ultrapassado. O governo municipal já discutiu amplamente com a sociedade os projetos estruturantes. Agora, eles estão no local adequado para o debate - a Câmara de Vereadores. A Prefeitura não negocia com invasores. Muito menos com uma minoria radical que não representa a totalidade dos servidores municipais.

Agradecemos à Secretaria Estadual de Segurança e à Brigada Militar por cumprirem com o seu dever de garantir a ordem, a preservação da integridade física das pessoas e do patrimônio público. Agradecemos à Justiça, pela rápida e acertada decisão de reintegração de posse. A integração das ações entre o governo do Estado e a Prefeitura resultaram na melhor solução possível diante da leviandade dos invasores.

A democracia só é exercida com respeito às instituições. Infelizmente, vivemos neste dia 7 de agosto de 2018 um momento de exceção: autoritário e profundamente antidemocrático por parte da direção do Simpa. É preciso restabelecer a convivência pacífica, com respeito às opiniões contrárias. A violência e a baderna não levam a nada. Porto Alegre não merece este tipo de comportamento.

Nelson Marchezan Júnior
Prefeito de Porto Alegre
--
Prefeitura de Porto Alegre


8 de agosto de 2018

EXCLUSIVO

NANDO GROSS veta matéria sobre ORESTES ANDRADE JR.

1.

Fonte bem situada me passou o seguinte:ORESTES ANDRADE JR. atual assessor de imprensa do prefeito JR. vetou nesta segunda, uma matéria feita por um repórter da RADIO GUAIBA - vou preservar o nome do repórter -que seria veiculada ainda na segunda

2.

A reportagem muito bem abotoada - tanto que o repórter tentou OUVIR ORESTES JR. que se negou a falar -contava ,ou dava conta que o atual assessor de imprensa de Marchezan é filiado ao PARTIDO DOS TRABALHADORES EM STO ANGELO DESDE 2001.

3.
ASSIM QUE soube da matéria porque tentaram entrevista-lo ORESTES DE ANDRADE JR. -FILHO DE ORESTES DE ANDRADE NARRADOR ESPORTIVO DA GUAIBA - ligou pro NANDO pedindo pra não darem a matéria.

4

NANDO ACEITOU VETAR A MATERIA.
o repórter da GUAIBA QUE A FEZ ESTÁ MUITO FRUSTADO.

em tempo: colegas do repórter da Guaiba também ficaram de ' cara'.(OC)

A PRIMEIRA OPÇÃO DE NELSON MARCHEZAN JR PRA ASSESSOR DE IMPRENSA DEPOIS QUE O CARGO VAGOU FOI FELIPE VIEIRA. QUE NÃO ACEITOU

 

HISTORIAS DO PORTA

o porta larga aquele buteco do lado da zh mereceria um filme. ME CONTOU UM GRANDE FREQUENTADOR DOS ANOS SETENTA LÁ QUE ACONTECEU UMA SEXTA DE NOITE O SEGUINTE. UM , MOTORA DA RBS,ASSIDUO FREQUENTADOR DO PEDAÇO. FICOU SE CHAPANDO E TOMANDO TRAGO...LÁ PELAS CANSADAS, CARLINHOS O DONO, QUIS FECHAR.

O CARA ACORDOU E DE DEBAIXO DO CASACO ROLOU UMA FORMA DE QUEIJO QUE ELE HAVIA SURRUPIADO E QUE DURANTE O SONO ESQUECERA QUE ESTAVA LÁ.

 

coleguinhas

reencontrei a ex colega de zh, MARGARETH DE PAULA. está no gov. do estado. perguntei pela maria da graça rodrigues.

- a escritora?

- sim,disse eu, a escritora.

Parece que a maria da graça lançou outro livro. nem fiquei sabendo, vou procurar o nome. se não me engano o nome é milongueiros. algo assim, vi uma foto dela com o doroteo mostrando o livro no programa da gaúcha.

a marga, como nós a chamávamos colocou no pau o ex marido pq não pagava a pensão....ele é filho de um ex dep florisceno paixão tem uma editora, ou tinha que lida com livros jurídicos. se não tou enganado. sempre me dei bem com a marga.

a acho muito bonita. outras dizem que é charmosa. agora minha amiga era a mana dela que trabalhou na mesma época comigo no trenssurb. e era doidinha das que eu gosto...hehehhehe(OC)

felipe vieira

no tempo da guaiba, costumava mandar e desmandar nos produtores. bateu de frente com otto honorio bede.

 

CUIABÁ, 12

QDO PASSEI DOMINGO PASSADO EM DIREÇÃO A ABERTA NA REGIÃO DOS CEMITÉRIOS COMO NOS CHAMAVAMOS EM 1974 A ZONA DO BAIÃO -ERA ZONA SIM PQ TINHA UNS CABAREZINHOS COM LUZINHAS VERMELHAS NA FRENTE - ME LEMBREI DE TANTOS ANOS ATRÁS....AQUELE PREDIO QUE ESTÁ LÁ CONTA A HISTÓRIA DE UMA ÉPOCA. ALI, POR EXEMPLO, SO PRA EXPLORAR A FAMA COMEÇAVAM SUAS CARREIRAS DOIS HJ FAMOSOS. LICINIO AZEVEDO,CINEASTA EM MAPUTO, MOÇAMBIQUE E CACO BARCELLOS, QUE NÃO PRECISO APRESENTAR. O PREDIZOZINHO É MODESTO, DOIS ANDARE.S O ALUGAMOS, OU MELHOR LICINIO O ALUGOU PQ ELE PRECISAVA IR MORAR EU TB MEU FUI PRA LÁ PQ A JUC5 TINHA FECHADO.

ERAMOS UMA TURMA DA FOLHINHA. LICINIO EDITOR DE POLICIA, CACO EM COMEÇO DE CARREIRA, EU NA ZH,DEPOIS FOLHINHA DA MANHA-FIKEI APENAS 2 MSES NA FOLHINHA -CARTLINHOS MOSSMANN DA FOLHINHA TRABALHAVA JUNTO COM O JEFFERSON BARROS,E EMILIO CHAGAS - QUE NAQUELES ANOS NAMORAVA A HELO JUDIA, NÃO A HELO GRINGA QUE VEIO DEPOIS COM QUEM TEVE A JULIA. EMILIO NESTA EPOCA SONAHVA EM ESCREVER UM GRANDE LIVRO O QUE NUNCA PASSOU DE TEXTOS LITE´RARIOS NOS QUAIS ELE PUNHA FOGO...

JEFFERSON BARROS FEZ UMA NOITE LÁ UM FILME QUE O EMILIO PROCUROU MAS NUNCA FOI ENCONTRADO. FIZEMOS UM JANTAR, UMA GALINHADA COM VINHO DE GARRAFÃO E DEPOIS FILMOU O JEFFERSON. CARLINHOS CARAMEZ IA MUITO LÁ, LEVAVA UMA NAMORADA QUE NUNCA LEMBRO O NOME -AINDA BEM QUE É NANMORADA, PODIA SER OUTRO COISA, MUITA GENTE ACHAVA QUE O CARLINHOS ERA HOMO, NUNCA FOI E SE FOSSE ERA A MESMA COISA - ALGUNS TEM BOAS LEMBRANÇAS DAQUILO,OUTROS NÃO.QUANDO VOLTEI DO PERU DEPOIS DE TER VIAJADO POR ALGUNS LUGARES, BATI LÁ NO APEZINHO E OS VIZINHOS FORAM EMBORA. TINHAM SIDO MANDADOS EMBORA COM BATIDAS DA POLICIA.SIM DA POLICIA. CACO.LICINIO E MOSSAMANN TINHAM SE MUDADO PRA PRINCESA ISABEL,ONDE MOREI TB,DE CONVITE PQ EU NÃO TINHA ONDE CAIR MORTO, NARA TINHA SE MUDADO PRA SÃO LEO PORQUE CANTAVA NO BOOGALOO UM CONJUNTO DE LÁ, ELA TAVA COMEÇANDO SUA VIDA DE CANTORA, DE CROONER, E OS DEMAIS NÃO SEI ONDE TINHAM SE ATIRADO.
MAS ESTE DOMINGO PASSANDO POR LÁ NEM MAISSAUDADE SENTI DAQUELES TEMPOS E DAQUELES ANOS. FICOU APENAS A RECORDAÇÃO, O PREDIO TÁ LÁ.
CADA UM TEM SUAS MEMORIAS E CADA QUAL TEM MEMORIAS DIFERENTES UNS DOS OUTROS.(OLIDES)

 

do Centro

PASSEI AS 9 HS NA FRENTE DO PAÇO MUNICIPAL HJ. HAVIA ALI UMA MANIFESTAÇÃO. NADA FAZIA CRER O RUMO QUE TOMOU

 

VOZ DAS VILAS

A PATROLA PASSOU NA RUA OMAR PEREIRA, ESTA TARDE, NA ABERTA DOS MORROS....

OLHA LÁ O MOTOQUEIRO ESTENDIDO NO CHÃO.....

VINDO ONTEM DE NOITE DA ZONA SUL, NUMA AVENIDA UM MOTOQUEIRO ACIDENTADO.

 

de serafina

minha solidariedade.

cara adriana

Neste momento tão triste pra vcs,quero enviar meus sinceros pêsames pelo passamento do Luisinho,teu sogro. pouco o conheci. lembro dele apenas indo aos domingos ali no salão Paulo vi com sua vasilhame pegar o churrasco de domingo feito pelo giaretta...ele morava na frente, me parece e ia de carro ou a pé..não lembro bem.

serafina pra quem não vive lá tem o costume de no domingo ir pegar o churrasco que o giaretta faz. fiz muito isto quando meus pais eram vivos....

o Luisinho eu travei contato com ele quando editei em 2010 meu livro COSI LA ZE STATA que modéstia a parte =- as favas com a modéstia também- editei e que conta principalmente parte da história da capela san piero, onde nasci....ali se concentram os personagens do meu livro, personagens de minha infância.

bom adri, fica o legado do Luisinho....vcs todos vão tocar o legado dele....(olides)

aceite e estenda este abraço ao michel, teu marido...filho do agora sempre lembrado luisinho

 

dos leitores

sobre a morte do Luisinho alban, sócio da graf. serafinense ocorrida no domingo passado.

De: "Adriana Sabadin"
Enviada: 2018/08/07 10:15:35

Muito obrigada Olides, foi muito triste, mas a vida é assim! Todos iremos! Grata pelas palavras, passarei para o Michel!

 

RATOS VAI ESTOURAR AI....GENTE...

VINDO DA ABERTA ONTEM DE NOITE VI QUEO MEU LIVRO RATOS JÁ ESTÁ A CAMINHO DE SERAFINA PRA CÁ. QUE BELA HISTÓRIA ESTA MINHA COM SERAFINA. DE LÁ PARTI UM GURI POBRE EM 1969, NUM JANEIRO, DE CARONA E AGORA OS MEUS LIVROS IMPRESSOS NA GRAFICA DE LÁ VEM VINDO VIA CAMINHÃO.

NOS PRÓXIMOS DIAS ANUNCIO O LANÇAMENTO E O LOCAL. POR ENQUANTO UMA PALHINHA DA CAPA DO LIVRO(oc)

De: "Adriana Sabadin"
Enviada: 2018/08/07 13:05:33

Oiii, olha a foto que o meu marido mandou:

 

Foto

De: "Paulo canton"
Enviada: 2018/08/07 09:21:03

Bonita ficou a foto Olides,a do almoço domingo

 

do Espaço Vital

Improcedência definitiva da ação de Kenny Braga contra a Rádio Gaúcha

Arte de Camila Adamoli sobre foto Google Imagens (Coletiva.net - 10/04/2017).

Foi de improcedência o resultado da ação trabalhista ajuizada, na 6ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, pelo radialista Kenny Braga contra a Rádio Gaúcha S.A., emissora do Grupo RBS. A sentença de improcedência, proferida pelo juiz Max Carrion Brueckner, foi confirmada pela 1ª Turma do TRT da 4ª Região.A decisão transitou em julgado.

A desavença entre Kenny e Sant´Ana ocorreu no dia 10 de novembro de 2014. Após a abertura do programa com a participação de Luiz Carlos Silveira Martins, o Cacalo, que comentou sobre a vitória gremista no Gre-Nal, e a fala de Sant'Ana sobre o mesmo tema, Kenny Braga tomou a palavra e criticou Cacalo.

Sant'Ana o interrompeu, dando início à discussão. Kenny levantou a voz, ao que Sant'Ana respondeu: "Vai gritar com a tua mãe!".

Kenny rebateu: "A tua mãe, f-d-p !" (a expressão foi pronunciada por inteiro).

Os comerciais foram pedidos, houve imediata intervenção da direção da RBS e o programa prosseguiu cinco minutos mais tarde, já sem a participação dos dois brigões.

A discussão entre os dois comentaristas figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil inteiro, naquele dia. Em nota oficial, no mesmo dia, a RBS explicou a sanção aplicada aos dois profissionais e pediu desculpas ao público, aos anunciantes e aos seus profissionais. Relembre a íntegra abaixo:

"Em razão de o jornalista Kenny Braga ter utilizado expressão de baixo calão para ofender um dos participantes do programa Sala de Redação, durante a edição desta segunda-feira (10), o Grupo RBS decidiu desligá-lo de suas atividades profissionais tanto na Rádio Gaúcha quanto no Diário Gaúcho.

Por sua vez, o jornalista Paulo Sant’Ana, que se manifestou de forma inadequada na ocasião, foi afastado do programa por prazo indeterminado.

O Grupo RBS lamenta o episódio, pede desculpas ao público, aos anunciantes e aos seus profissionais".

Algumas semanas depois da demissão, Kenny Braga passou a atuar na Rádio Gre-Nal de Porto Alegre. E Paulo Sant´Ana não mais voltou ao programa Sala de Redação, mantendo-se como comentarista do jornal Zero Hora. Ele faleceu em 19 de julho de 2017, aos 78 de idade.

Na ação trabalhista, Kenny Braga comprovou ter sido admitido em 1º de dezembro de 1992, sendo demitido na data da desavença profissional. Pediu em juízo o pagamento de diversas parcelas supostamente impagas pelos seus trabalhos como comentarista esportivo e uma reparação por dano moral. Deu à causa o valor de R$ 576.380,00.

O julgado afirmou que a dispensa de Kenny não foi por justa causa, tendo a Rádio Gaúcha “exercido legalmente seu poder diretivo”. Foi indeferida a reparação por dano moral e afirmada a ocorrência de prescrição das demais parcelas indenizatórias.

O pedido de equiparação salarial de Kenny com Sant´Ana – apontado como paradigma salarial - foi indeferido. Para o juiz “a prova dos autos revela diferença de tempo de serviço entre o reclamante e o paradigma”. As custas processuais de R$ 11.527,60 foram dispensadas em função do benefício da justiça gratuita que já havia sido concedido a Kenny no início da ação.

O recurso ordinário

Na 1ª Turma do TRT-RS, o relator foi o desembargador Manoel Cid Jardon. No julgado, ele concluiu “inexistir ofensa aos direitos da personalidade do trabalhador no fato de ele ser despedido, sem justa causa, após severa discussão com um colega de trabalho, inclusive com o uso de palavras de baixo calão”.

O acórdão arrematou que “não afasta essa conclusão o fato de a reclamada ter mantido a relação de trabalho com o referido colega (Sant´Ana) pois, salvo nas hipóteses legais de estabilidade, encontra-se dentro do poder diretivo do empregador escolher qual empregado quer manter e qual quer dispensar”.

Não houve recurso de revista das partes.O advogado Guilherme Guimarães defendeu a Rádio Gaúcha. (Proc. nº 0020571-79.2016.5.04.0006).

Gilmar Mendes devolve ao TJRS ação de desembargador gaúcho contra vereador porto-alegrense

Arte de Camila Adamoli sobre fotos do TJRS (E) e Câmara Mun. Vereadores (D)

De volta ao TJRS

O ministro Gilmar Mendes, do STF, determinou a devolução ao TJRS dos autos de uma ação reparatória por dano moral ajuizada pelo desembargador Luiz Felipe Silveira Difini contra o vereador Adeli Sell (PT). A demanda já tem cinco anos e três meses de tramitação.

Na demanda cível – que tem quase a idade do incêndio da boate Kiss, em Santa Maria - o magistrado Difini diz ter sido ofendido por Adeli Sell. Na semana após a tragédia santa-mariense, numa entrevista à Rádio Gaúcha – conduzida pela jornalista Rosane de Oliveira – o vereador fez um “gancho” a um acontecimento porto-alegrense que, em 2003, liberou o funcionamento da boate Ice, na Avenida Mariland, ocorrido anos antes.

A abertura da casa noturna, deferida por Difini, teria sido – na ótica de Adeli Sell – “irregular”.

O juiz Paulo César Filippon, da 8ª Vara Cível de Porto Alegre, ao sentenciar a ação considerou o valor de R$ 10.860,00 (equivalente, à época, a 15 salários mínimos) "suficiente para aplacar o sofrimento do autor e penalizar o agir inconveniente e descortês do demandado".

Segundo o juiz, “antes que prestar um serviço de conscientização ao público acerca do fato, ao desencavar antigas mágoas, o vereador incluiu mais um réu na lista dos possíveis condenados pela tragédia Kiss: o desembargador Difini. E, não se levante excesso de sensibilidade ou exagero em tal assertiva: a própria contestação traz esta ideia ao referir jocosamente que ´tem gente que tem mais sorte que juízo´, repisando naquela página indignações contra a antiga decisão do desembargador”.

As duas partes recorreram. A 9ª Câmara do TJRS aumentou a reparação financeira e modificou o marco inicial dos juros legais, a serem contados da data das ofensas. Pelos comandos do julgado estadual, a condenação chega (cálculo extraoficial) a R$ 62 mil, incluída a honorária sucumbencial (20%), fora as custas processuais.

O caso chegou ao STJ, cuja conclusão foi a de ter havido “narração dos fatos com abuso do direito de informar, ocorrendo afronta aos direitos de personalidade”.

Manejado recurso extraordinário, ele não foi admitido pela presidência do STJ, seguindo-se agravo, com a remessa, então, dos autos ao Supremo. Ali, o relator Gilmar Mendes proferiu o seguinte despacho: “Verifico que os assuntos versados no recurso extraordinário correspondem aos temas 655 e 657 da sistemática da repercussão geral, cujos paradigmas são, respectivamente, o ARE-RG 743.771, e o ARE-RG 739.382, ambos de minha relatoria. Assim, determino a devolução dos autos ao tribunal de origem, para que observe o disposto no art. 1.036 do Código de Processo Civil”.

O artigo 1.036 do novo CPC assim estabelece: “Sempre que houver multiplicidade de recursos extraordinários ou especiais com fundamento em idêntica questão de direito, haverá afetação para julgamento de acordo com as disposições desta Subseção, observado o disposto no Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal e no do Superior Tribunal de Justiça.

§ 1º - O presidente ou o vice-presidente de tribunal de justiça ou de tribunal regional federal selecionará 2 (dois) ou mais recursos representativos da controvérsia, que serão encaminhados ao Supremo Tribunal Federal ou ao Superior Tribunal de Justiça para fins de afetação, determinando a suspensão do trâmite de todos os processos pendentes, individuais ou coletivos, que tramitem no Estado ou na região, conforme o caso.

§ 2º - O interessado pode requerer, ao presidente ou ao vice-presidente, que exclua da decisão de sobrestamento e inadmita o recurso especial ou o recurso extraordinário que tenha sido interposto intempestivamente, tendo o recorrente o prazo de 5 (cinco) dias para manifestar-se sobre esse requerimento.

§ 3º - Da decisão que indeferir o requerimento referido no § 2º caberá apenas agravo interno. (Redação dada pela Lei nº 13.256, de 2016)

§ 4º - A escolha feita pelo presidente ou vice-presidente do tribunal de justiça ou do tribunal regional federal não vinculará o relator no tribunal superior, que poderá selecionar outros recursos representativos da controvérsia.

§ 5º - O relator em tribunal superior também poderá selecionar 2 (dois) ou mais recursos representativos da controvérsia para julgamento da questão de direito independentemente da iniciativa do presidente ou do vice-presidente do tribunal de origem.

§ 6º - Somente podem ser selecionados recursos admissíveis que contenham abrangente argumentação e discussão a respeito da questão a ser decidida. (RE nº 1136490).

 

Prefeito encaminha ofício pedindo ação imediata da BM

O prefeito Nelson Marchezan Júnior encaminhou, no final da manhã desta terça-feira,7, ofício ao secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, solicitando, em caráter de urgência, a imediata convocação da Brigada Militar (BM) para detenção e identificação dos infratores invasores do Paço Municipal. Marchezan também pediu auxílio da força policial a desocupação do Paço Municipal, invadido por dezenas de pessoas ligadas ao Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa).

No texto o chefe do Executivo relata que os invasores estão impedindo e ameaçando servidores públicos municipais que sofrem inclusive cárcere privado, não podendo deixar suas salas em razão da possibilidade iminente de agressão.

O prefeito lembra que o Paço Municipal é um prédio histórico tombado dotado de valor patrimonial incalculável com sérios riscos de ter seu valioso patrimônio danificado.

 

Nota Oficial sobre invasão à Prefeitura de Porto Alegre

Em mais um ato de truculência, a direção do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), acompanhada por manifestantes em greve ligados à entidade, invadiram na manhã desta terça-feira, 7, as dependências do Paço Municipal. A ação ocorreu às 11h, pela porta principal, na Praça Montevideo, que estava aberta para o atendimento ao público, com monitoramento da Guarda Municipal.

Uma vez nas dependências da prefeitura, o grupo dirigiu-se ao segundo andar, forçando as portas dos gabinetes do prefeito e do vice-prefeito. O prefeito Nelson Marchezan Júnior estava em agenda externa, enquanto o vice-prefeito, Gustavo Paim, ficou fechado em seu gabinete, durante a invasão. Com utilização de mesas como barricadas, os servidores conseguiram evitar o acesso às salas. Os manifestantes concentraram-se nas escadarias e no Salão Nobre.

Tão logo ocorreu a invasão, a Guarda Municipal acionou a Brigada Militar (BM) solicitando reforço no esquema de segurança que funcionava desde a manhã em virtude da manifestação dos municipários. O comando da BM pediu um ofício do prefeito solicitando a ação da corporação. O documento foi enviado imediatamente e a ação autorizada pelo secretário de Segurança Públicas do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer.

O governo municipal considera a invasão um ato autoritário e um desrespeito flagrante à população de Porto Alegre. A prefeitura sempre esteve aberta ao diálogo com os servidores municipais. Todavia, ações como esta tiram a legitimidade de um sindicato que é conhecido por atos de baderna. A direção do Simpa - composta por militantes partidários - atua com base em interesses políticos, ideológicos e particulares. Pregam o caos, desrespeitam o patrimônio público e agem contra a maioria dos servidores.

Esperamos que a Brigada Militar identifique os invasores do Paço Municipal e desocupe o local, preservando a segurança de todas as pessoas.


7 de agosto de 2018

MOTORA BOLSONARISTA

DOM QDO PEGUEI O RESTINGA GLORIA AS 19.50 NÃO SABIA QUE O MOTORA ERA BOLSONARISTA. QDO CHEGAMOS NOS CEMITÉRIOS É QUE VI....ELE COMEÇOU AME PERGUNTAR SEU EU TINHA PEGO A DITADURA. PEGUEI SIM E ERA UMA MERDA. SABIA ONDE ELE QUERIA CHEGAR.

FIZ UM TERROR TÃO GRANDE, MENTI TANTO QUE ATÉ O COBRADOR SE METEU NO PAPO. EU FAZENDO TERROR DIZENDO QUE COM OS MILOICOS ERA HORRIVEL ELES TORTUVAM E TUDO O MAIS MAS ELES VIERAM COM AKELA CONVERSINHA QUE OUVEM DIZER QUE NO TEMPO DOS MILICOS TINHA SEGURNAÇA.

 

GOSTA TANTO DE FAMILIA...

QUE TEM 2....

UM POLITICO GAUCHO DE GRANDE VISIBILDIADE QUE APARECE NAS CONVENÇÕES DESTE ULTIMO DOMINGO TEM 2 FAMILIAS. COM FILHOS EM AMBAS. COM CASA NA PRAIA PRAS DUAS SIMULTANEAMENTE. NADA DEMAIS. PODE TER QUANTAS QUISER. A MIM NÃO ME IMPORTA...TOU APENAS FOFOQUEANDO...KK

POR ISTO QUANDO O COLARES LARGOU A DONA ANTONIA FOI VIVER COM A DONA NEUSA FOI TÃO CRITICADO. DIZEM QUE O BRIZOLA O TERIA ACONSELHADO:

- OLHA COLLARES A GENTE ATÉ PODE TER UMA AMANTE, MAS NÃO LARGA A MULHER SENÃO TU VAI PERDER OS VOTOS.

ESTE BRIZOLA TINHA OUTRO POR DENTRO. TANTO QUE DEPOIS QUE ELE MORREU UMA OUTRA ENTROU COM PEDIDO DE UNIÃO ESTÁVEL E LEVOU. TÁ GANHANDO QUASE 50 MIL POR MES DE PENSÃO DO EX GOVERNADOR. E NÃO FALO DA DEONA NEUSA NÃO FALOU DA OUTRO. O BRIZOLA PRA MIM PELO MENOS EM COMPORTAMENTO ERA O CLASSICO FAÇA O QUE EU DIGO, NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO....

QUE ENGRAÇADO....E LÁ EM SÃO BORJA AS PESSOAS DAS RELAÇÕES DELES TODO MUNDO SABIA DESTA OUTRA RELAÇÃO DELE, MAS NÃO TINHA PROBLEMA NENHUM. ELE JÁ ERA VIUVO. O QUE DIGO É QUE ELE SEMPRE MEIO QUE AMOCOZOU O SEGUNDO RELACIONAMENTO...QUE BOBAGEM....(OLIDES)

família

qdo dizem família querem dizer o que???

 

rigotinho

q pena que não pode desvincular o voto....senão ia de rigotinho. gosto dele. sempre foi simpático comigo. uma x tava no hotel ca dei monti em serafina e a Lucimar magon se desdobrando pra arrumar o quarto do rigottinho..ele quer assim assado. ele é simpático e uma pessoa simples. mas eu vou de aMARINA. sou marinheiro.

 

MARÇO DE 1988 RUMO A ANTOFAGASTA.

NESTA FOTO ESTOU EM SAN ANTONIO DE LOS COBRES A 4 MIL METROS DE ALTURA. TEVE UM LANCE INCRIVEL NESTA CIDADEZINHA FRONTEIRIÇA ENTRE ARG E CHILE. ALGUÉM NOS PERSEGUIU NO BOM SENTIDO, QUERIA SABER QUEM ERA AQUELA COMITIVA ESTRANHA ALI NAKELES CAFUNDOS DO JUDAS E NOS ENTRAMOS NUM RESTAURNTE. EM SEGUIDA ENTROU UMA TURMA DA POLICIA ALI. O VALDIR COCARO QUE CHEFIAVA A DELEGAÇÃO OU EXPEDIÇÃO MARCOPOLO COMO BARRIO A CHAMOU NO CORREINHO - ELES NÃO TINHAM MANDADO NG JUNTO E O FARACO ERA PERSONA NAO GRATA NA FAMILIA RIBEIRO POR MOTIVOS QUE CONTO OUTRO DIA -TINHA UMA NOIA FEDERAL. ENFIM FOMOS DORMIR AQUELA SEGUNDA PRONTOS PRA MANHA SEGUINTE ATRAVESSAR COM UMA CAMIONETONA TODA FUDIDA A CORDILHEIRA DOS ANDES. AQUI NA FOTO O COLEGA A. PACHECO FAZ FOTOS DE SAN ANTONIO DE LOS COBRES.....CIDADEZINHA PERDIDA NAS CORDILHEIRA DOS ANDES(OLIDES)

 

BALEIRO

NESTE DOM VIREI BALEIRO NO TERMINAL AZENHA. INDO PRA ABERTA FIKEI UMA HORA ESPERANDO O GLORIA RESTINGA.

MAS O QUE TEVE DE GENTE QUE VEIO COMPRAR BALAS COMIGO NÃO FOI POKO. É QUE FIKEI SENTADO NUM BANQUINHO NA FRENTE DAS BALAS DO BALEIRO ALI NO TERMINAL. O DONO DA BANCA, UM VAGABUNDO DE MARCA MAIOR, SO QUERIA CURTIR O SOLZINHO QUE TAVA BOM MESMO. E OS KARAS VINHAM ME PERGUNTAR QUANTO É A BALA, QUANTO É A BALA...

NADA DIZIA EU, PODE LEVAR. AI O BALEIRO VINHA CORRENDO.

SENTOU DO MEULADO UMA SENHORA QUE IA NA CLINA SÃO JOSÉ NA IDA PRA ABERTA...FIKEI TROVANDO COM ELA. OUTRO KOISA QUE ME XAMOU ATENÇÃO UM CASAL CHEIO DE CRACK QUE VIVE PELO TERMINAL ALI. A GURIA TODA XAPADA. NO FIM DEU 4 PILAS PRA ELA IR COMER ALGUMA COISA. QUE COISA A DROGA, ACABA COM QQ VIDA, NÉ...

E NG AJUDA ESTA GENTE...UMA RELIGIÃO, UMA IGREJA TALVEZ PUDESSE AJUDA-LOS.

 

relações

por isto tou cada x mais fão do deco almeida, de são borja. assumiu seu amor, passeia com ele pela praça, e não da bola pra ng que fale. deve tar FELIZ ASSIM. PARABENS DECO...POR QUE EM SB NÃO É MOLE....

lesbica

a mara me ensinou que não se diz sapatão . é pejorativo. elas não gostam. é melhor relação homossexual. não ofende. sapatão ofende.

 

de serafina

pela adri sabadin

MORREU LUISINHO ALBAN, PAI DO MICHEL, SOGRO DA ADRI SABADIN. DE CANCER. QUE TOMOU CONTA EM DIAS...ENTERRO FOI ONTEM AS 15 HORAS

"Bongiorno, faleceu meu sogro! Pensa a tristeza, 65 anos

Sem palavras, o câncer tomou conta em dias, ninguém esperava"

 

de rio claro, sp.

fiquei feliz da minha irmã NIKI me mandar esta foto. e mais contente ainda de ver minha mãe rindo...coisa rara.....(OC)

a esposa do meu irmão chico que tá na foto de rio claro do domingo dia 5 no almoço é Cristiane.

na foto está também a esposa do prefeito POLACO, valcir segundo reginatto....( o pai dele me deu carona pra mim vir morar em porto alegre num fevereiro de 1969 mas isto não tem a menor importância....)lodi, cujo nome é MARIA HELENA SANTIN, conhecida por lodi. ela e minha irmã ANA SÃO DO ANO DA LEGALIDADE 1961.....TAMBEM ACRESCENTO QUE O LOCAL É UM ALMOÇO HOJE DOMINGO NA ESTANCIA GAUCHA DOS MEUS IRMÃOS PAULO E CHICO.....EM RIO CLARO SÃO PAULO.

PRA TI VER COMO É AVIDA, EU HJ INDO DE BUSUN PRA ABERTA DOS MORROS ME ENCONTRAR COM A NARA ONDE PASSAMOS UMA TARDE TODA COMO VELHAS COMADRES CONVERSANDO E ELES NUMA NICE EM RIO CLARO....SO A NIKI COM SEU CENSO JORNALISTICO PRA ME MANDAR A FOTO.OBRIGADO MANA(olides)

identifiquei na foto da esq para dir

minha mae, ondina, o sempre prefeito polaco, ou poli, o ' senador'(Paulo canton) sua atual companheira, depois a mulher do chico, o chico com a filha helena(mesmo nome da minha neta) e ana maria...

me escusem os demais que não os identifiquei.(OLIDES)

De: "marines canton"
Enviada: 2018/08/05 22:24:51

Olides, olha a turma em Rio Claro.
Esta foto foi tirada hoje lá na churrascaria dos guris, na estância.
A Ondina, Lodi, Polaco, Paulo, Miriam.
Ana, Francisco, Helena, Cristiane e mais um casal amigo.
Almoço confraternizando a visita da Lodi e Polaco.

 

CALDO

de abadania, goias..

por marines canton

De: "marines canton"
Enviada: 2018/08/05 23:26:02

NÃO IMAGINA O CALOR QUE ESTÁ AQUI...
COISA DE DESERTO...
SECO, SECO...E VENTANIA QUE LEVANTA NUVENS DE POEIRA.
GOIÂNIA ESTÁ UM CALDEIRÃO.
BRASÍLIA ESTURRICADA.
A VEGETAÇÃO FICA TÃO SECA QUE QUALQUER FAGULHA
CAUSA INCÊNDIOS ENORMES...
UN CASINO...

 

Vice de Lula dispara

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/06 17:56:41

Vice de Lula dispara ma pesquisa para o mercado financeiro

Fernando Haddad cresce quase 600% quando citado como candidato apoiado pelo Lula.
Bolsonaro cai 10%, Marina e Alckmin também tem seus números rebaixados. E esta é a
pesquisa dos bacanas, da turma do dinheiro.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

do G1

PPL confirma João Goulart Filho como candidato à Presidência da República

Filho do ex-presidente João Goulart, candidato fundou instituto em homenagem ao pai e disputará o cargo pela primeira vez. Jango foi deposto pelo golpe militar de 1964

João Goulart Filho, candidato a presidente pelo PPL (Foto: GloboNews/Reprodução)

O Partido Pátria Livre (PPL) oficializou neste domingo (5) o nome de João Goulart Filho como candidato do partido à Presidência da República. É a primeira vez que o partido lança candidato à Presidência. A sigla não fez nenhuma coligação.

A legenda também anunciou o professor da Universidade Católica de Brasília (UCB) Léo Alves como candidato a vice-presidente.

Filho do ex-presidente João Goulart, o candidato do PPL fundou um instituto em homenagem ao pai e disputará o cargo pela primeira vez.

Segundo a revista "Época", Goulart decidiu deixar o PDT no ano passado, em razão de estar insatisfeito com o atual presidente da sigla, o ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi.

João Goulart é autor do livro "Jango e Eu: Memórias de um exílio sem volta".

A legenda afirmou que a candidatura "é a que melhor condensa a luta histórica do povo brasileiro, algo premente na situação atual de nosso país, exausto devido a uma política insana de destruição nacional, que conduziu ao desemprego de milhões de brasileiros; ao fechamento de milhares de empresas nacionais; ao malbaratamento dos bens públicos – e à corrupção absolutamente alucinada e sem peias, exposta vergonhosamente à nação nos últimos anos".

João Goulart Filho se diz totalmente contrário às reformas trabalhista e da Previdência. Uma das suas principais propostas é dobrar o valor do salário mínimo em quatro anos. E também pretende aumentar os investimentos públicos e "paralisar completamente" os processos de privatização de empresas etatais em curso.

"Estamos resgatando o sonho do trabalhismo, sonho de nação, de um projeto que foi impedido de continuar em 1964. O Pátria livre prega o desenvolvimentismo e nós sem dúvida queremos resgatar as reformas necessárias desse país em benefício do povo brasileiro, dos trabalhadores das pessoas mais humildes do Brasil", disse Goulart Filho.

"Não vamos só dobrar o salário mínimo em 4 anos, como fortalecer o Estado brasieliro para que tenha capacidade de investimento e expansão do mercado interno. Não existe possibilidade de corrigir déficits e o povo brasileiro ser subjugado a essa esfera de quase escravagismo que estamos passando com essas reformas neoliberais e globalistas", completou.

"Vamos domar a crise do Brasil", disse na convenção.

Propostas

Dobrar o valor do salário mínimo em até 4 anos
Contrário às privatizações, reformas trabalhistas e da previdência
Aumentar os investimentos públicos

Jango

Jango era o presidente do Brasil em 1964, quando foi deposto pelo golpe militar com apoio de setores da sociedade, que temiam que ele desse um golpe de esquerda, o que os partidários dele sempre negaram.

O ex-presidente morreu em Mercedes (Argentina) em 1976 e, segundo o site do Instituto Jopão Goular, "supõe-se que tenha sido envenenado".

Os restos mortais de Jango foram levados a Brasília em novembro de 2013 para exumação. Segundo o laudo pericial da Polícia Federal, não havia sinais de envenenamento.

 

do Blog do Ilgo Wink

Saco de pancadas vinga os titulares e bate o festejado Flamengo

Saco de pancadas no Brasileirão há duas temporadas, o time B do Grêmio, quem diria!, foi redimir-se justamente contra o Flamengo, talvez a melhor equipe que se apresentou na Arena nesta temporada, e apontado por muitos no centro do país como o melhor futebol do país no momento.

Os reservas do Grêmio bateram o misto (muito) quente do Flamengo por 2 a 0, sinalizando que, ao contrário dos mensageiros do apocalipse sempre de plantão proclamaram depois de do empate por 1 a 1, nada está decidido na Copa do Brasil.

No futebol, cada jogo é um jogo, tem sua história, suas circunstâncias e peculiaridades.

A vitória, de lavar a alma, deve estar preocupando os flamenguistas, sua ufanista crônica esportiva e, aqui no Texas, os secadores de todos os escalões, e deixando sem palavras os gremistas de pouca fé e muito fel que abundam nas redes sociais.

Confesso que não esperava mais que um empate, ainda mais que já vi esse time reserva jogar bem e mesmo assim ser derrotado. Conforme escrevi anteriormente, via o time abandonado pelos deuses do futebol.

Foi o primeiro pensamento que me ocorreu quando Jael errou o pênalti ainda no primeiro tempo. Sobre essa cobrança e seu cobrador: só o que espero de um jogador como Jael é que ele bata com força, nunca colocado. Que feche os olhos e bata o mais forte que puder. Sem essa frescura de bola colocada no canto, que é o que os goleiros mais querem.

Enquanto maldizia Jael, eis que ele se recupera de uma forma quase épica, no final do primeiro tempo: foi com tudo na bola perfeita cruzada pelo Leonardo (prova irrefutável de como é fácil, no futebol, morder a língua): marcou de cabeça, chocando-se com Marinho, e comemorando o gol com o sangue escorrendo pelo rosto. Assim também se forja um herói.

Pois Jael, do pênalti batido bisonhamente, fez um segundo tempo de primeira qualidade, inclusive fazendo o lançamento primoroso para Marinho, que começou a exibir um pouco do futebol que o consagrou no Vitória. Marinho desviou com categoria do goleiro.

Agora, o resultado foi ótimo sob todos os aspectos, mas o que me interessa mesmo é saber com quais reservas se pode contar, já que é importante ter um grupo de qualidade e quantidade para brigar por três títulos. Minhas conclusões sobre alguns jogadores sobre os quais pairavam, ou pairam, dúvidas.

– a afirmação de Paulo Miranda. Foi sua melhor partida desde que chegou ao Grêmio. Manteve o nível mesmo com a saída de Bressan e a presença de Jaílson, este um jogador realmente muito útil. Felizmente não foi negociado.

-Leonardo cresceu uma enormidade, provando que quem trabalha, se dedica e recebe boa orientação, pode evoluir. Léo Moura tem hoje um reserva confiável.

-Matheus Henrique, está aí não um novo Arthur, mas um jogador com características semelhantes e potencial a ser revelado jogo após jogo. A lamentar que não esteja na lista da Libertadores. Com seu toque de bola ajudou a dar mais qualidade ao time no meio, ao lado do mestre Douglas.

-Douglas jogou um futebol para dissipar todas as dúvidas sobre sua recuperação. Eu pensei que ele não poderia voltar ao futebol de alta performance, mas me enganei, felizmente. Ele vai ser muito útil.

Vale destacar também a volta de Alisson, jogador importante, uma espécie de 12º titular. Outro que voltou bem, apesar do pouco tempo, foi Thony Anderson.

Por fim, o grande acerto do técnico Renato com a bola rolando: a substituição de Bressan não por um zagueiro, mas pelo jovem volante Matheus Henrique, deslocando Jaílson para a zaga

Temos um time A de ponta, um técnico de ponta e um time B com jogadores em evolução.

O céu é o limite (permitam-se esse momento de euforia).

 

A vinda do Conselheiro que deu o nome a Brusque

Paulo Vendelino Kons*

&nbs p; Historiador

Há exatos 20 anos, quando os brusquenses celebravam o 138º. aniversário de fundação da Colônia que originou o Município, materializou-se uma antiga aspiração de nossa gente.

Após dez anos de articulação, como presidente da Comissão Organizadora do Traslado (decreto nº. 4.083/98), em 31 de julho de 1998, de Pelotas (RS) conduzimos a urna, contendo os restos mortais do Conselheiro Francisco Carlos de Araújo Brusque e familiares, até o quartel da 1ª. Companhia de Polícia Militar (hoje 18 º. BPM).

Na recepção do Conselheiro, que comandou a Marinha e o Exército brasileiro e que presidiu duas províncias do Império, com honras de Chefe de Estado, os soldados do Exército foram comandados pelo oficial Danilo Pacheco Escaramusa e a tropa da Polícia Militar chefiada pelo Coronel PM Edson Ivan Morelli.

Às 20h do dia 3 de agosto seguinte, solene recepção na Prefeitura. No dia 4, após encerrar o desfile na avenida Cônsul Carlos Renaux, que reuniu e emocionou milhares de brusquenses e visitantes, a urna foi conduzida para a Igreja Matriz São Luís Gonzaga. Às 16h, foi oficiado culto solene em ação de graças a Deus pela vida do Conselheiro Brusque e pelo município que recebeu seu nome.

Após a liturgia, os restos mortais foram depositados, sob os acordes do pistão de Pedrinho Knihs, no monumento construído junto à Casa de Brusque, com a lápide original, esculpida em mármore de Carrara há mais de um século.

Não tive o privilégio de participar de nenhuma cerimônia de recepção ao Conselheiro em Brusque. Gravemente enfermo, quando do retorno a Brusque, permaneci longos dias no Hospital Azambuja.

Transcorridos 112 anos de sua morte, de forma pública e solene, expressamos nossa gratidão pela vida, realizações e legado do presidente da província de Santa Catarina que determinou a instalação e acompanhou, em 24 de julho de 1860, o transporte das 10 famílias precursoras, lideradas pelo barão austríaco Maximilian von Schneéburg, que viriam a instalar o núcleo colonial hoje transmudado na nossa querida cidade de Brusque.

Ainda nos anos 80, após receber a visita do Dr. Paulo Brusque Maulaz (bisneto do Conselheiro Brusque), anotei diligentemente os contatos do responsável pelo acervo da família, Francisco José Brusque de Moraes, último neto vivo. Dentre outros contatos, na efeméride do 170º. aniversário de nascimento do Conselheiro, além de publicar artigo de página inteira no jornal O Município, enviei telegrama de congratulações a Família Brusque, assinado pelo idealizador da Casa de Brusque, historiador Ayres Gevaerd, e pelo prefeito Ciro Roza.

Chefe do setor jurídico do Paço Municipal, no início da gestão Danilo Moritz, Dr. Nathan Ben Hur Braga me entregou a última carta que recebemos de Francisco Brusque, que viria a falecer na véspera do Natal do Senhor de 1994.

Os contatos continuaram com a esposa de Francisco, a gentil senhora Hermínia Couto de Moraes.

Com Rubens Kormann obtendo franquia total junto à Varig para nossos deslocamentos no ar (eu, o Conselheiro e sua família), os irmãos Nelson e Pedrinho Sirotsky nos disponibilizando a mobilidade em terra (veículos da RBS) e o apoio do prefeito Hylário Zen e o quarteto formado pelos secretários municipais Antônio Cervi, Mauro Cadore, Rubens Aviz e Ricardo Vianna Hoffmann, passamos do sonho à realidade.

O evento teve tamanha repercussão que foi a principal notícia dos veículos de comunicação de Santa Catarina e, mesmo, no Rio Grande do Sul. Jornais do vizinho estado publicaram matérias de página inteira. Já o Diário Catarinense, na sua edição de 5 de agosto de 1998, ocupou toda a capa com a cobertura da vinda do Conselheiro.

Schneéburg e Teffé

Recebi de Francisco José Brusque, neto do Conselheiro, cópia fotostática de uma carta manuscrita em Lausanne, na Suíça francesa, pelo Barão de Teffé, analisando os acontecimentos por ele presenciados em 24 de julho de 1860, na Canhoneira Belmonte, que transportava, da capital Desterro à barra do rio Itajaí, o primeiro grupo de imigrantes que viriam a instalar a Colônia em 4 de agosto.

Segundo afirma o Barão de Teffé, na carta dirigida ao almirante Raphael Brusque (filho do Conselheiro), Schneéburg e os oficiais da Canhoneira Belmonte procuram homenagear o Presidente Brusque, dando seu nome à nova colônia. Araújo Brusque recusou terminantemente.

Entretanto, a teimosia de Schneéburg marcou mais que a determinação do Presidente Brusque. Apesar de oficialmente denominada Colônia Itajahy, o barão grafava ‘Itajahy-Brusque’ ou ‘Brusque’, isoladamente, nos sete anos que a administrou.

Com a criação da Colônia Imperial Príncipe Dom Pedro, no confluência do ribeirão Águas Claras com o rio Itajaí Mirim, a região passou a contar com uma segunda colônia, majoritariamente de língua inglesa.

Com a unificação administrativa das colônias, ocorrida em 6 de dezembro de 1869, a denominação foi alterada para colônias Itajahy e Príncipe Dom Pedro. Alçadas à categoria de Freguesia (paróquia) em 31 de julho de 1873, foi escolhido como orago São Luiz Gonzaga.

Criado o Município, em 23 de março de 1881, é adotada a denominação São Luiz Gonzaga.

Após proclamada a República, em 17 de janeiro de 1890, o governador Lauro Severiano Müller alterou a denominação de São Luiz Gonzaga para Brusque, em reconhecimento à honradez, justeza e desprendimento do Conselheiro e pelo fato de a região também ser conhecida por Brusque.

Marcando a efeméride dos 30 anos de falecimento do Conselheiro Brusque, o governador Felipe Schmidt sancionou a lei que elevou a Vila de Brusque à categoria de Cidade, em 23 de setembro de 1916.

Araújo Brusque

Francisco Carlos de Araújo Brusque nasceu em Porto Alegre da Capitania de São Pedro do Rio Grande, em 24 de maio "do Anno da Graça de Nosso Senhor Jesus Christo" de 1822, filho do Coronel Francisco Vicente Brusque e de Delphina Carlota de Araújo Ribeiro Brusque.

Seu avô, Nicolau Bruschi (somente em 1846 adotou-se, no Brasil, a grafia Brusque) era um nobre florentino que emigrou para Portugal no ano de 1762 e se casou com Ana Joaquina Vieira de Aguiar e Almada. Exerceu o elevado cargo de Mordomo-mor do Paço Real português.

A transferência da Família Real portuguesa para o Brasil, em 1807, determinou a separação dos Bruschi. Nicolau, que permanecera em Portugal, como administrador e intendente geral dos bens da Família Real, conservara em sua companhia a esposa e os filhos José Luís e Maria Amália. Os dois outros filhos, João e Francisco Vicente (pai de Araújo Brusque), militares, acompanharam a Real família no seu êxodo para o Brasil, aqui chegando em 1808. Francisco Vicente, após ocupar vários postos da hierarquia militar, é nomeado Ajudante de Ordens do Governador da Capitania de São Pedro do Rio Grande, em 1814. É promovido a Coronel de Milícias efeti vo, em 1818. Após, casou-se com Delphina Carlota de Araújo Ribeiro.

Araújo Brusque passou sua infância com a família, em Porto Alegre. Aos 18 anos, matriculou-se na Academia de Direito de São Paulo, onde obteve o grau de bacharel, em 17 de novembro de 1845. Regressando ao Rio Grande, foi eleito para a Assembleia Provincial nas legislaturas de 1849, 1854 e 1856. Nomeado auditor de guerra, em 1851, pelo Governo Imperial, obteve, no ano seguinte, a medalha de ouro do mérito militar e as honras do posto de Coronel do Exército Imperial.

Presidente Brusque

Para presidir a Província de Santa Catarina, Brusque foi nomeado, em 6 de setembro de 1859, com o texto "Francisco Carlos de Araújo Brusque - EU, o Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil, vos envio muito saudar. Tendo atenção ao vosso distinto merecimento e patriotismo, HEI por bem Nomear-vos Presidente da Província de Santa Catharina". Prossegue o documento: "E vós, depois de prestardes o juramento nos termos da Carta de Lei de 3 de outubro de 1834, entrareis no exercício do dito cargo, e fareis manter a religiosa observância das Leis, para liberdade, segurança e prosperidade dos povos da Província, transmitindo à respectiva Secretaria d&# 39; Estado os esclarecimentos exigidos na Circular de 11 de março de 1.848, no Palácio do Rio de Janeiro, em seis de setembro de mil oitocentos e cinqüenta e nove, trigésimo oitavo da Independência e do Império. IMPERADOR".

Assumiu a administração da Província, solenemente, em 21 de outubro de 1859, após uma década de administração do seu antecessor, João José Coutinho. Apesar das desavenças políticas internas entre os partidários do Partido Liberal e do Conservador, Brusque teve boa acolhida no início de sua gestão. Lembro que Brusque era membro do Partido Liberal, mas fora indicado para o cargo por um Ministério Conservador, liderado por Ângelo Muniz da Silva Ferraz.

Na sua gestão, além da Colônia Itajahy (Brusque), foram instaladas as colônias Teresópolis e Angelina, todas em 1860, o que acentua o caráter empreendedor do Presidente Brusque.

Em 20 de março de 1861, atendendo a apelos do Imperador, concordou em assumir a Presidência da Província do Gram-Pará, a maior de todas, constituindo-se de áreas hoje compreendidas pelos estados do Amazonas e o Pará. Deixou Santa Catarina, acompanhado de sua família, a 22 de abril de 1861. Foi substituído no Governo de Santa Catarina pelo Dr. Inácio Galvão, interinamente e, em novembro do mesmo ano - em caráter efetivo - pelo Padre Vicente Pires da Mota.

Na Província do Gram-Pará dedicou-se, além de implementar melhoria na infraestrutura pública, ao estudo de hábitos e costumes das tribos indígenas. O trabalho de Brusque resultou na evangelização, proteção e na fundação de uma aldeia com os índios Tambés, que encontravam-se dispersos, com a denominação Santa Leopoldina. Propiciou bases para o desenvolvimento econômico e social desta aldeia. Incentivou, também, os núcleos da aldeia de Araraudena.

Foi durante sua gestão que os vapores de guerra peruanos Morona e Pastaza tentaram violar a soberania brasileira no Gram-Pará. O Presidente Brusque respondeu com enérgico protesto e com as armas.

Conselheiro Brusque

Após deixar a presidência do Gram-Pará, assumiu o Ministério da Marinha, durante a Guerra do Paraguai. Exerceu, em caráter interino, a função de Ministro da Guerra do Império.

Até 1875, foi um dos colaboradores de maior proximidade com o Imperador Dom Pedro II, sendo seu Conselheiro. Após desiludir-se com práticas políticas vigentes, transfere-se da Capital do Império para a cidade sul riograndense de Pelotas.

Entre outras honrarias, o Conselheiro Brusque foi condecorado com o Oficialato da Ordem da Rosa, Hábito de Cristo e Gran Cruz do Leão Neerlandez.

Na Pelotas, da então Província de São Pedro do Rio Grande do Sul, faleceu Araújo Brusque em 23 de setembro de 1886.

A Família Brusque

O Conselheiro Brusque, além de proeminente estadista, que marcou a história brasileira através da dignidade, honradez e desprendimento com que exerceu os mais altos cargos do Império, soube ser exemplo dignificante de esposo e pai. Compulsei documentos que comprovam esta dimensão do Conselheiro e que são guardados como verdadeiras relíquias pela Família Brusque.

Araújo Brusque era casado com Cecília Amália de Azevedo Brusque e teve como filhos Francisco Carlos, José, Arthur, Raphael, Emma, Heráclito, Cecília e Francisca.

Em 28 de outubro de 1874, quando a esposa Cecília completava 40 anos, Araújo Brusque ofereceu-lhe, em nome dos seis filhos que o casal já possuía (nasceriam mais duas meninas, uma em dezembro seguinte e a outra em 1877), um lindo e perfumado álbum, com capa de sândalo, artisticamente esculturada, com a dedicatória: “À nossa cara Mãe - ‘O homem não deve existir só’ - dice Deos na Bíblia, e creou a mulher. Porém se esta mulher tivesse sido o que Sócrates queria que fosse, em tudo semelhante ao homem, dotado absolutamente das mesmas qualidades, partilhando os mesmos exercícios, os mesmos deveres, com tal companhia o homem teria ainda ficado só. Que esta solidão a dois tenha sido evitada, não duvidamos. Porém a obra da civilização, a obra fecunda havia precisamente enriquecer o homem e a mulher, com uma multidão de oposições e de contrastes, que os tem unido, separando-os. Aqui, pois, o que o homem precisa na mulher não é uma sombra que lhe duplique a vida, mas um ser que o complete. Eis a razão do casamento. Complemento da vida de nosso Pae, e primeiro elo da cadeia de nossa existência. Somos seis, que comemoramos hoje mais um aniversário natalício, saudamos o dia em que veio ao mundo a mulher que nos deu seu ser, pedindo a Deos que a conserve para nosso amparo e consolo de nosso Pae.” Assinam: Francisco Carlos (15 anos), José (12), Arthur (11), e o próprio pai por Raphael (4), Emma (3) e Heráclito (1 ano).

Em julho de 1886, dois meses antes de sua súbita morte, a filha Emma completava 15 anos. Brusque presenteou a filha com um quadro de Nossa Senhora do Carmo, em cujo verso escreveu: “Emma! Crê querida filha, que te rodearão perigos na vereda que seguires por entre a multidão das paixões que cercam a vida por toda a parte, nos festins da mocidade, nos encargos de família e nos exemplos que ficam à beira do sepulcro ... À Maria, Mãe de Deos, entrega tua alma, na peregrinação por este mundo. Ama a Deos, ama a virtude. Lembrança de teo Pae”.

Uma espécie de premonição estava consubstanciada na sentença “... nos exemplos que ficam à beira do sepulcro”. O Conselheiro Brusque falecia dois meses após. Mas sua vida, sua dignidade, seu amor, estavam indelevelmente gravados nas almas de seus filhos, tão jovens, mas com caráter forjado na têmpera do bem. Faleceu pobre o Dr. Francisco Carlos de Araújo Brusque, Conselheiro Imperial. Deixou, porém, imensurável riqueza de lições para o Brasil, como homem público de visão, de talento, de realizações, todos exercidos com o máximo de capacidade, dinamismo e honradez. Sua família, toda ela impre gnada de sua diretriz firme e ao mesmo tempo transbordante de amor, herdou as vigorosas sementes plantadas nos jovens corações de seus filhos que, embora enfrentando sérias dificuldades financeiras, mas com determinação, ajuda mútua, solidariedade para custear as despesas com a educação dos mais jovens, conseguiu alçar patamar singular nas áreas do Direito, Medicina, Farmacêutica, Marinha, Odontologia e outras.

De estatura pequena, magro, olhos pretos e vivos, cabelos escuros ao tempo de estudante, mas que se tornaram brancos já aos 40 anos, o exemplo do Conselheiro Francisco Carlos de Araújo Brusque continua a marcar a geração presente e as vindouras. Salve Brusque imortal!

*Paulo Vendelino Kons, 49, é historiador. Articulou, durante uma década, a vinda dos restos mortais do Conselheiro Brusque e familiares e presidiu a Comissão Organizadora do Traslado (Decreto nº 4.083/98).

 

Convite - Medalha da 54° Legislatura

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul e Fundação Theatro São Pedro convidam:

Cerimônia de outorga da Medalha da 54º Legislatura alusiva aos 160 anos do Theatro São Pedro, a realizar-se dia 9 de agosto, às 16h.

Local: Memorial do Theatro São Pedro.

Traje: passeio completo

 

Concertos Banrisul para Juventude promove duas apresentações nesta terça-feira (07)

A 18ª edição do Concertos Banrisul para Juventude promove duas apresentações nesta terça-feira (07), às 10h e 15h, no Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/nº), em Porto Alegre. No total, cerca de mil alunos de escolas públicas assistirão a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro.

Durante o espetáculo, a plateia poderá ver o funcionamento de uma orquestra com as peculiaridades e sons de cada instrumento que os músicos utilizam - cordas, madeiras, metais, percussão e voz. O repertório vai da música clássica à popular, incluindo composições de Bach, Mozart, Vivaldi, Villa-Lobos, Carlos Gomes e Toquinho.

INSCRIÇÕES

As inscrições estão abertas para as duas apresentações do mês de setembro, que irão ocorrer no dia 04. As solicitações de escolas públicas do Ensino Fundamental de municípios do Estado devem ser feitas pelo site www.orquestratsp.com.br. A programação de 2018 consiste em 10 apresentações, durante os turnos da manhã e tarde.

 

Prefeitura tem mais aposentados e pensionistas do que ativos

Inativos já representam 50,8 % do total de servidores da prefeitura de Porto Alegre

Pela primeira vez na história, o número de aposentados e pensionistas superou o de servidores ativos da Prefeitura de Porto Alegre. Os dados do 1º semestre de 2018 foram divulgados nesta segunda-feira, 6, pelo Previmpa. A prefeitura registrou, no mês de junho, 15.343 servidores aposentados ou pensionistas e 14.878 servidores ativos. O déficit foi de R$ 377 milhões somente no 1º semestre do ano, crescimento de 61,8% desde 2015.

O total de aposentados cresceu 65% desde 2010, alcançando 10.703 no final de junho de 2018, o que piora a situação da Previdência. “Esses dados apenas reforçam a necessidade de mudanças na previdência municipal”, afirmou o secretário municipal da Fazenda, Leonardo Busatto.

Segundo dados do Previmpa, o número de aposentadorias tem crescido significativamente desde 2013. Eram 599 por ano (média de 50 por mês) e em 2017 foi de 1.081 no ano, aumento de 80,5%. Em 2018, já foram 685 aposentadorias até a metade do ano (média de 114 por mês), a maior da história.

 

Ação educativa alerta sobre riscos do uso do celular na via

Agentes de educação para o trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) iniciaram, na manhã desta segunda-feira, 6, uma campanha de orientação aos motoristas sobre os riscos de acidentes relacionados ao uso de celular ao volante. A ação, com distribuição de material informativo e performances com malabares, ocorreu no cruzamento da Ipiranga x Azenha, ponto de intensa circulação de veículos. As abordagens também foram direcionadas aos pedestres com foco no fone de ouvido, pela preocupação de atropelamentos em razão da distração nas travessias.

O instrutor de idiomas, Marcos Vilar, apoiou a iniciativa da EPTC. “Os carros e motos chegam rápidos junto aos pedestres. Muitos não respeitam o sinal vermelho. Com o fone de ouvido, então, os riscos de acidentes ficam bem maiores. A ação é importante para conscientizar sobre este problema”, disse. Para o Relações Públicas em Pesquisa de Mercado, André Pontes, as pessoas precisam ouvir o som das ruas. “Todos devemos estar atentos ao som das ruas, para evitarmos acidentes, atropelamentos. O celular ao volante e o fone de ouvido certamente são fatores de distração, abafam o barulho externo. E precisam ser evitados”. O consultor de empresas, Fernando Campello, que acompanhou a ação, afirmou que o celular deve ser usado no momento adequado. “Todos usamos celulares, mas devemos ser críticos sobre o momento adequado do uso dos aparelhos, ao volante, nem pensar”, concluiu.

Dirigir falando ao celular é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Artigo 252 VI, infração média, quatro pontos na carteira, multa de R$ 130,16. Pode ser infração gravíssima no caso do manuseio/digitação de celular, equivalente a sete pontos na carteira, multa de R$ 293,47. A questão do celular ocupa o terceiro lugar no ranking de infrações em Porto Alegre, com 23.105 multas registradas no primeiro semestre deste ano. Excesso de velocidade lidera com 91.603 autuações, à frente de estacionamento em local proibido, 32.313. Os dados são da Equipe de Controle de Infrações (ECI) da EPTC.

O diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti, afirma que as ações terão continuidade durante este mês. “Em julho, priorizamos as questões das motos, agora, em agosto, nosso foco nas atividades educativas serão direcionadas para o uso do celular ao volante e também sobre a questão do fone de ouvido pelos pedestres na circulação da cidade, principalmente o público mais jovem, com riscos de atropelamentos. É um trabalho permanente da EPTC de conscientização para uma circulação mais segura, envolvendo condutores e pedestres. Felizmente Porto Alegre tem avançado nesta missão, com redução geral em acidentes, mortes e feridos no nosso trânsito”, observou.

O perigo da distração - A falta de atenção em razão do uso do celular é uma das mais perigosas, segundo o Instituto de Transportes e Tecnologia da Virgínia (VTTI), ligado ao National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), autoridade de trânsito americana. O risco de acidentes aumenta 23 vezes se o motorista enviar mensagens de texto ao dirigir. Quando o condutor atende uma ligação, a atividade cerebral ligada à direção reduz 37%. Para comprovar o perigo, um simulador de condução de automóveis foi desenvolvido pela Universidade de Ohio, em parceria com a divisão de pesquisas da Honda. A ferramenta calcula quanto tempo, e quantos metros, o motorista conduz o carro com o olhar e atenção no telefone.

Ler mensagens de texto

Tempo de desatenção = 2 segundos

Distância percorrida

60 quilômetros por hora: 34 metros

100 quilômetros por hora: 56 metros

Digitar números para fazer ligação

Tempo de desatenção = 2 segundos

Distância percorrida

60 quilômetros por hora: 34 metros

100 quilômetros por hora: 56 metros

Escrever mensagem de texto

Tempo de desatenção = 2,5 segundos

Distância percorrida

60 quilômetros por hora: 42 metros

100 quilômetros por hora: 69 metros

Próximas Ações

Nesta quarta-feira, 8, das 9h às 10h, no cruzamento da Azenha com Ipiranga, Dia Internacional do Pedestre, a equipe de Educação para Mobilidade da EPTC alerta para os riscos do uso do celular na via. Na sexta-feira, 10, na Estação Rodoviária, operação Viagem Segura Dia dos Pais, em parceria com DetranRS, Lions Club International, Agencia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Polícia Rodoviária Federal.

 

Marchezan decide priorizar quatro projetos na Câmara

O prefeito Nelson Marchezan Júnior decidiu, nesta segunda-feira, 6, priorizar quatro projetos que tramitam na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Estão mantidos, em regime de urgência, o projeto que propõe a atualização da planta do IPTU (PLCE 05/2018) e o que institui a Previdência Complementar Municipal (PLCE 07/18). Também permanece a urgência da proposta regularizando a situação de fundos municipais (PLCE 10/18) e a extinção da licença-prêmio (PELO 07/17). Os outros seis projetos têm o regime de urgência retirado, mas o prefeito afirma que espera que sejam apreciados imediatamente após as eleições de outubro. “Outras propostas se somarão a essas, sempre buscando o equilíbrio financeiro, a justiça social e o crescimento da Capital”.

Do conjunto de 16 projetos estruturantes apresentados ao Legislativo desde o ano passado, seis já foram votados pelos vereadores, que aprovaram cinco propostas. “Temos uma série de projetos importantes para a sociedade a serem analisados pela Câmara de Vereadores. No período eleitoral vamos focar nos que têm reflexo mais imediato na vida das pessoas”, destacou, em sua conta do Twitter, o prefeito da Capital.

Conforme Marchezan, é necessário votar a Previdência Complementar (PLCE 07/18) para os novos servidores e também para os atuais que assim optarem, como já foi feito pelos governos federal (Dilma) e estadual (Sartori) e em outras 19 capitais.

Para o chefe do Executivo municipal, a atualização da planta do IPTU (PLCE 05/18) é fundamental para corrigir distorções históricas. Porto Alegre é a capital que tem o IPTU mais defasado do país. A proposta do governo municipal é em favor de quem mais precisa, pois isenta pessoas com imóveis até R$ 60 mil. “Por justiça social, tributária, econômica, por mais saúde e serviços essenciais, queremos atualizar o valor dos imóveis, para que seja justo, corrigindo as injustiças históricas”, reiterou o prefeito.

Com o objetivo de minimizar os reflexos negativos na contabilidade, a prefeitura pretende regularizar a situação dos fundos municipais (PLCE 10/18) que tiveram seus recursos utilizados para outras finalidades. Aprovando esta proposta, a ideia é investir mais recursos na cultura da cidade.

O quarto projeto que permanece em regime de urgência é que extingue a licença-prêmio (PELO 07/17). “No atual contexto, a licença-prêmio é insustentável. É moralmente injustificável para os cidadãos que, a cada cinco anos, os servidores tirem três meses de licença remunerada, ao custo de centenas de milhões em serviços não entregues à população”, defendeu Marchezan.

O prefeito ressaltou que os quatro projetos que seguem em regime de urgência na Câmara tratam do presente e do futuro de Porto Alegre. “Precisamos virar o jogo. Não sou eu quem está dizendo. É Porto Alegre que precisa de ajuda. Queremos devolver ao porto-alegrense uma cidade que funcione melhor, uma cidade melhor de se viver”, concluiu.


6 de agosto de 2018

APOSTAS

UM AMIGO DESTE BLOGUEIRO, QUE EU RESPEITO ME DEU O SEU PALPITE.

EN BSB VAI PRO SEG TURNO ALCKMINN, PICOLÉ DE CHUCHU, E BOLSANARO...

NO RS. LEITE X SARTORON DAS MASSAS.

EU ACHO QUE NO RS VAI UM KARA DA ESQUERDA. PODE SER ROSSETTO OU JJ CONTRA LEITE. NÃO VEJO SARTORI NO SEGUNDO TURNO E NÃO SOU MAE DINA....

JA EM BSB, APOSTO QUE VAI ALCKMINN CONTRA MARINA. PODE SER ATÉ BOLSONARO, CONTRA MARINA MAS NUNCA DOIS DA DIREITRA. A ANA AMELIA NA CHAPA DO ALCKMINN É PRA MOSTRAR QUE A DIREITA TEM GUARIDA ALI....TUDO BEM, MAS ALCKMINN É DA OPPUS DEI.ENTÃO TU QUER MAIS CHAPA PURO SANGUE DO QUE ESTA. MEMEIA/PICOLE DE CHUCHU???

esta eleição tb vai sepultar a tal da mídia tradicional. tv....acho que a eleição se decidirá pela net. pra mim vai dar ou bolsa ou marina. aposto na marina. vou de novo nela.

 

SO 5 ZERO E TEM QUE VENDER.

NUMA BANCA ALI NA AZENHA, A ZH DEIXAVA APENAS 5 EX. E SE NÃO VENDE-SE O BANQUEIRO TINHA QUE ENTUPIR COM ELAS. ELAS LARGOU NÃO VENDE MAIS. a empresa deve ter suas razões pra isto. como em toda noticia. há mão e contramão como dizia fagomes, que deus o tenha na santa gloria

 

MORTE E DESTRUIÇÃO EM CAXIAS...

PRA QUEM LE O PIONEIRO QUE NEM EU, NENHUMA NOVIS....

 

REKERN ESPIÃO

CORRIA UM ROMANCE DENTRO DA REDAÇÃO DA ZH - IH, EXISTIRAM TANTOS....- E O REKERN ESTAVA NAS CERCANIAS DO BERA-RIO, PERTO DA CASA DO OLYR ZAVASCHI, DE SAUDOSA MEMÓRIA....

VIU OS DOIS PROTAGONISTAS POR LÁ. ELA ERA CASADA NA ÉPOCA COM UM COLEGA EDITOR DA ZH...QUE NO CASO ERA O CORNO MANSO...MANSINHO..BAH ESTE ERA MANSINHO MESMO. TODOS NÓS ESTAMOS SEMPRE DE UM LADO DO BALCÃO.


- IH, OS DOIS FORAM NA CASA DO OLYR, PENSOU REKERN, COM SUA SANTA INOCENCIA.

QUE NADA, TAVAM ERA A PROCURA DO MOTELZINHO ONDE SE ENCONTRAVA. NÃO DAREI O NOME PQ SÃO MEUS AMIGOS AMBOS OS DOIS. ELE ATÉ FOI QUEM ME FILIOU NA ARI.

*

QTO AO MARIDO CORNO, QUE QUANDO SE SEPAROU DEIXOU DE SER CORNO...OLEVOU UM BAQUE QUANDO FICOU SABENDO QUE SUA MULHER ANDAVA COM UM COLEGA DENTRO DA REDAÇÃO.

- FOI TRAVBALHAR DOIS MESES DE ÓCULOS ESCUROS, LEMBRA REKERN.

*

E A DIREÇÃO DOJORNAL FOI SE METER NESTE ASSUNTO. JOGARAM O AMANTE PROS CAFUNDOS DO JUDAS, COMO SE ELE FOSSE O CULPADO NESTA HISTÓRIA. ATÉ QUE ELE SAINEDO OU CHEGANDO PRO TRABALHO SE ACIDENBTOU FEIO DE MOTO PORQUE MORAVA NA LOMBA DO PINHEIRO. AI DERAM UM JEITO. ELA FICOU INCOLUME. NÃO MEXERAM NELA. ERA MUITO BONITINHA MESMO....

FOI UMA DAS PRIMEIRAS QUE CUIDAVAM DA TAL DA MESA REDONDA QUE UM FAMOSO EDITOR DE ECONOMIA FAZIA.(oc)

AGORA VIDA PRIVADA É VIDA PRIVADA. ATÉ PQ OS QUE ERAM AMANTES CLANDESTINOS SE TORNARAM LIVRES LEVES E SOLTOS E FORAM MORAR JUNTOS E BEM QUE FIZERAM....

ligações clandestinas.

deve ter mais graça, mas o amante da zh que ligava pra namorada dele, ia na sala do COMERCIAL pra fazer com ela o contato via fone interno. não o fazia da redação pra não dar na vista. só que todo mundo já sabia a aquela altura. ela era muito bonita, imagina se O FOFOQAIEDO NÃO TAVA JÁ NA BOCA DO POVO..AQUELA REDAÇÃO ERA O CENTRO DE FOFOCA ...

reker santo

o aqu esse sabe o rekern nunca ciscou fora do circulo ...kkkk

tem um medo da patroa que só vendo. mas tb com akele ' empregão' que ela dá pra ele....kkkk desculpe amigo, mas não resisti a piadinha....

DEPUTADO SANTO

NESTE NEGOCIO DE 2 OU 3 FAMILIAS ME LEMBROU UM DISCURSO NA ALRS. UM DEPUTADO DEFENDIA A FAMILIA VEEMENTEMENTE ,DIGAMOS HIPOCRITAMENTE. UM COLEGA PEDIU APARTE E LASCOU:

- O SR. DEFENDE TANTO A FAMILIA QUE TEM DUAS......TOING....( E QUE PECADO TEM NISTO DE TER 2 OU 3....SE PODE SUSTENTAR PODE TER QUANTAS QUISER)

 

bicudo.

quando fui editar meu livro RATOS DE REDAÇÃO mandei pro BICUDO pra ele escrever um prefácio. ele disse que o faria mas queria ver o livro....mandei, fiquei vendo navios, como se diz.

hj o encontrei na rua da praia.

- bicudo vou lançar o livro

- que livro?

- aquele que tu não escreveu o prefácio.

-ah, mas tem que me cobrar, disse o ' rapido' colega.

( TEM MUITAS HISTÓRIAS DO BICUDO NO LIVRO, INCLUSIVE DE SUA PRISÃO NA COOJORNAL,ENTRE OUTRAS)

 

ARRISCA MEL....

CONTOU HJ SEX NA CAIÇARA QUE TÁ DANDO AULAS DE TEATRO PRA CRIANÇAS DE 4 A 18 ANOS.

 

diário do findi

o ' custódia' é uma paulada nos cornos(OC)

depois do filme custodia peguei carona do bruno m.costa e passamos na pr da matriz neste sab. tava lotadão. o bruno perguntou o que era?

- ora a convenção do pp. lhe disse eu. bruno ex preso politico não quer nem ouvir falar da ex arena. com razão teve preso no presidio Tiradentes nos anos negros da ditradura

e na rua da praia tava lá o ewaldo....

nesta 6, depois da minha radio encontrei-me com a narinha e seguimos a pé pela rua da praia, indo devagar, passando pela praça argentina, local de muitos protestos,no tempo da ditadura. quando chegamos na rua da praia, fomos indo devargasinho, quem estava lá, ele o ewaldo, meu ex colega de JULINHO , do clássico, e ex colega da nara no posto zona sul da vila cruzeiro do sul.

ewaldo seguiu pro itau, onde ia pegar uma grana nara e eu fomos no café a brasileira tomar um café....

depois livraria pra comprar borracha - muito cara, nara comprou na azenha, onde é mais barato - e depois seguimos pra aberta., tava bonita a aberta, o por do sol, peguei o bus restinga-glória das 6 pra voltar, deixar nara com pituca e pitoco na parada e vim embora.

7 e meia da noite tava na minha casa, fazendo 3 baldeações. ng entende tanto de pegar onibus como eu em porto alegre, salto de um faço conexão com outro. adorava fazer isto em cidade grande. como gostaria que tivesse metro aqui só pra andar pra lá e pra cá. personagens na cidade é que não faltam...ah, sim, de noite, me ligou o cesar tasca, com quem não falava desde ele antes de ir se operar do bobo. pelo que vi tá bem. marcamos de almoçar no sábado(OC)

 

LEMBRANÇAS DO J.IGLESIAS

NESTE DOMINGO PEGANDO O T6 PRA FIKAR NO TERMINAL AZENHA E ACESSAR O RESTINGA GLORIA PRA IR NA ABERTA DOS MORROS, (OLHA SE O NOME NÃO É POETICO????O CESAR TASCA IDENTIFICA A ABERTA COMO ' ZONA RURAL')ME LEMBREI DA HAYDEE PORTO, -FIZEMOS ANOS NO MESMO DIA,ELA É 10 ANOS PIO VIEJA QUE YO -ME DIZIA SEMPRE. MEUS AMIGOS ME VISITAM DE T6. É QUE O JESUS IGLESIAS, AKELE PUBLICITÁRIO MALUCO E DGRANDES IDEIAS MORAVAM PELA PROTASIO E QUANDO IA NAHAYDEE IA DE T6 PORQUE ELA MORA ALI .PERTO EU TB IA DE T6 PQ MORO NA PETROPOLIS DESDE 1990.

 

gremio

o grêmio jogou bem no sábado....

apenas 14 mil pessoas viram o gremio fazer o que no meu entender foi uma das suas melhores partidas nos ultimos tempos. fazia tempo que eu não via o gremio disputando taco por taco uma bola. era outro gremio. não sei que santo baixou na arena na tarde/noite do ultimo sabado.enfim, c'est la vie....(OC)

 

MORTE

ARTHUR CORREA PAI DO DADO BIER, MORREU DOMINGO RETRASADO. ERA GRANDE AMIGO DO CESAR ANGELO TASCA. TASCA ESTAVA NO CARDIOLOGIA OPERADO DO BOBO E RECEBEU UM FONEMA DO ARTHUR:

- VEM ME VER NO MOINHOS?

- COMO VOU,SE TOU NO CARDIOLOGIA.

ARTHUR FOI UM DOS PRINCIPAIS NOTÍVAGOS DE PORTINHO...FOI CASADO COM NORMA BIER, MAE DO DADO BIER.

FREQUENTADOR DO ENCOURAÇADO BUTIKIN, ALI ELE APANHOU ALGUMAS X DO SCHULLAS, QUE O HAVIA COMPRADO.

- QUANDO BEBIA, FICAVA XAROPE E TIVE QUE DAR UMA PORRADAS NELE, ME CONTOU SCHULLAS, NUM DEPOIMENTO PRUM LIVRO MEU A VIR A LUME.

reencontrei hj o cesar tasca, depois de sua operação. tá bem, mas se cuidando na alimentação. comeu muito pouco no almoço....e sem coca....

não se assustem, câncer, um dia vc ainda vai ter UM....

qdo falavam na palavra câncer,EUFUGIA MAIS QUE O DIABO DA CRUZ. hj tou totalmente familiarizado. ah, e não se assuste porque no começo é bem assim mesmo...
medico começa que não diz câncer, a não ser o meu que me deu o diagnostico. cravou logo a palavra maldita...câncer.

dizem neoplasia, ai entendia a palavra. neo quer dizer novas células....

dizem tumou, ou dizem CA, que é o termo abreviado pra câncer.

com o tempo vc vai tomando tanta intimidade, que tudo parece normal...

ah e não se assuste. na sala de espera tanto da URO como da radioterapia, só falam do tipo de câncer que tem que tão tratando. no começo ng gosta dos que vão ali falar, mas depois ficam amigos pq se veem todos os dias e passam até a fazer chazinhos um na casa do outro.(OC)

 

de serafina

LUCIANO FOLLETTO TEVE SUA APOSENTADORIA DO INSS CASSADA NO PENTE FINO. AGORA VOLTOU. STRESS PRA ELE.

TB CASSARAM A CART DE MOTORA DELE. TA TENTANDO VOLTAR COM UM ADVOGADO.

BB RANCO ESTÁ EM CAMPANHA JÁ. VAI BUSCAR PRA VICE UM KARA FORA DA POLITICA. E TRARA DE VOLTA O OLDONI PRO PP

FOI O QUE ELE DISSE A UMA PESSOA PROXIMA DELE QUE ME PASSOU O DADO.

*

SERGIO GHELLLER, SOGRO DA PREFEITA, LEVOU CHUTES E PONTA PÉS. ESTÁ INTERNADO NO HOSPITAL DE P.FUNDO

*

A BRF TEVE DIAS ATRÁS 5 MAQUINAS INTERDITAS PELO MP DO TRABALHO.

 

Lula é candidato

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/04 15:05:24

Lula é candidato
Em encontro nacional ocorrido neste sábado (4), em São Paulo, centenas de delegados do Partido dos Trabalhadores (PT) indicaram, por unanimidade, o nome de Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à presidente da República.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Ibope em São Paulo para presidente

rekern, por favor o LULA NÃO É CANDIDATO.(oc) ATÉ AS PEDRAS DO RIO CARREIRO SABEM DISTO.

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/04 13:06:37



Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

dos leitores

De: "marines canton"
Enviada: 2018/08/05 00:25:20

Olides, como vai?
Comigo tudo bem.
Li hoje teu blog...parabéns pela coragem de ter exposto tua questão de saúde. Um belo exemplo para quem também tem esta questão de saúde.
E teu corpo está aceitando bem a radioterapia ?

 

da Folha Popular de Teutônia

 

do Miron Neto

Entidade cria um cartão de descontos para policiais

A Visão Agência de Desenvolvimento da Região das Hortênsias, está lançando um cartão de descontos que irá beneficiar os policiais que atuam na Região das Hortênsias. A ideia tem por objetivo incentivar a permanência dos profissionais da segurança na região, considerada um dos maiores custos de vida do Rio Grande do Sul.
Atualmente mais de 350 profissionais trabalham na região. O cartão de descontos será regulado pelo Mocovi, em parceria com os comandos regionais da Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Locomotiva revitalizada será entregue em setembro

Está em fase final uma das etapas mais aguardadas da Estação Campos de Canella: a revitalização da histórica locomotiva La Meuse, que, por 40 anos, ficou desativada junto a antiga Estação Férrea em Canela. Iniciado em novembro de 2017, o processo de renovação é assinado pela empresa MKR, que deve entregar até setembro a locomotiva, já pronta para ocupar o complexo idealizado pela Incoporadora Novalternativa.
O projeto de recuperação foi detalhista, como conta Antônio Carlos Teixeira de Souza Júnior, da MKR. “A locomotiva estava muito deteriorada. Desmontamos tudo que era possível para realizar um trabalho minucioso de revitalização: limpamos, lixamos, soldamos, retiramos ferrugem e tivemos que refazer partes corroídas”, explica Júnior, que divide o trabalho com Márcio Roberto Krummenauer. No início da revitalização, cerca de 50% dos materiais estavam inutilizados em função de enferrujamentos, corrosões e outras circunstâncias.

 

Ação gastronômica no viaduto é avaliada de forma positiva

O primeiro fim de semana de ocupação pública do Viaduto Otávio Rocha foi avaliado de forma positiva pelos organizadores, público e empreendedores. No sábado e domingo, 4 e 5, foods trucks, bike foods e trailers comercializaram mais de 450 porções de alimentação. A iniciativa da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), tem como objetivo fortalecer a relação dos moradores com Porto Alegre. E o esforço para manter o espaço livre para população segue nesta segunda-feira, 6, quando vendedores de flores estarão na avenida Borges de Medeiros. (fotos)

O diretor de Promoção Econômica da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Luis Antonio Steglich, explica que a intenção é ocupar o viaduto também nos dias de semana. "Já nesta segunda-feira, 6, vamos realizar uma feira de floricultura. Vamos trabalhar para consolidar o local, para que seja mais um atrativo a empreendedores e visitantes”, disse Steglich.

O evento agradou empreendedores e visitantes. Para o consultor de tele-marketing, Augusto Viale, a iniciativa, além de proporcionar opções de gastronomia, trouxe segurança ao viaduto. “Trabalho aos domingos no Centro. Minha parada de ônibus é próxima ao viaduto e era bem complicado passar por este local, hoje pude passear e almoçar no viaduto tranquilamente”, comentou Viale. Já o casal de empreendedores Neno Guterres e Kazuki Dói, proprietários do Insano Old Truck, celebrou os resultados da ação. “A recepção foi muita boa e, certamente, este local tem tudo para ser mais um ponto de food park na cidade, inclusive nos dias de semana. Parabenizamos a prefeitura pela iniciativa”, destaca Neno.

Plano Municipal - A ação piloto neste final de semana no Viaduto Otávio Rocha, no Centro Histórico, faz parte do Plano Municipal de Superação da Situação de Rua, que tem como objetivo criar áreas de convivência para os porto-alegrenses, incentivando a gastronomia itinerante, o empreendedorismo produtivo da cidade por meio da ocupação dos espaços públicos. A determinação do prefeito Nelson Marchezan Júnior é realizar iniciativas que fortaleçam a relação dos porto-alegrenses com os espaços públicos da cidade. “Esta é mais uma iniciativa de revitalização destes locais com o intuito de mostrar a cidade sob novos ângulos”, destacou o prefeito.

 

Campanha alerta para os problemas com o uso de óculos falsificado

Para alertar a população sobre os riscos do uso de óculos falsos, o Procon Porto Alegre e o Sindicato do Comércio Varejista de Material Óptico, Fotográfico e Cinematrográfico do RS (Sindióptica) lançarão nesta segunda-feira, 6, às 8h30, na sede da Fecomércio-RS (av. Alberto Bins, 665 – Centro Histórico) a campanha "Saúde dos Olhos". A proposta da ação tem como objetivo conscientizar a população para que não adquira produtos sem procedência, pois deste modo, além de prejudicar sua saúde, o consumidor financia o crime organizado, a evasão de divisas e crimes financeiros. A campanha trará anúncios nas mídias digitais, em estabelecimentos comerciais e também em dezenas de busdoors na frota de coletivos pela Capital.

Em uma primeira etapa, serão adesivados 95 ônibus na parte traseira que circularão na Capital de um total de 180 peças programadas para o transporte público. Cartazes para alertar os consumidores estarão fixados em lojas e estabelecimentos ópticos, bem como repartições públicas municipais. "Também faz parte das relações de consumo saudável que o consumidor assuma a responsabilidade por não adquirir produtos falsificados. No caso dos óculos, a questão é de saúde, o que deve ser informado à população como está sendo feito nesta campanha", enfatiza a diretora executiva do Procon Municipal de Porto Alegre, Sophia Martini Vial

Os óculos estão no quinto lugar entre os produtos mais comercializado ilegalmente em Porto Alegre, com 62% para venda de óculos solar, movimentando volumes não contabilizados pela Receita Federal, tipificado também como contrabando. Para o presidente do Sindióptica RS, André Roncatto, a divulgação da campanha neste momento é fundamental para alertar a população com caráter de prevenção e saúde pública. “A crescente comercialização de lentes, armações e óculos falsificados já atinge níveis alarmantes. Neste momento, é preciso conscientizar o consumidor que óculos falsificados podem causar riscos cumulativos e irreversíveis, podendo levar até a cegueira”, destaca.

Riscos à saúde - O uso de óculos falsificados expõe a saúde dos olhos a diversos riscos. No caso dos óculos de sol, além de não protegerem os olhos contra os raios ultravioletas, estas lentes fazem com que as pupilas fiquem dilatadas como acontecem em ambiente escuro, o que potencializa os efeitos nocivos da radiação nos olhos, tais como a queima de retina, desenvolvimento de pterígio, degeneração macular, além de estimular a catarata precoce.

Óculos de grau falsos com lentes igualmente irregulares, que apresentam variações de graus e eixos, podem gerar prismas e alterações visuais que levam a lesões, dores de cabeça e náuseas. Desta forma, em vez de corrigir a visão, estas lentes prejudicam a saúde visual.

 

Rigotto é candidato a vice-presidente

O ex-governador gaúcho Germano Rigotto foi anunciado como candidato a vice-presidente na chapa emedebista ao lado de Henrique Meirelles nesse sábado, 4.

Em reunião em Brasília, os dois candidatos, juntamente com a executiva nacional, fecharam a chapa que vinha sendo costurada desde a Convenção Nacional do MDB.

Rigotto afirmou que a candidatura própria à presidência da República sempre foi defendida pelo MDB gaúcho e que agora o partido terá a chance de apresentar um projeto com cara própria.

 

MDB lança Sartori à reeleição para o Estado seguir avançando

Também foram formalizadas as candidaturas de Fogaça e Beto ao Senado, de Rigotto e Meirelles à presidência e vice, e os candidatos à chapa proporcional

A Convenção Estadual do MDB-RS oficializou neste domingo, 5 de agosto, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, as candidaturas de José Ivo Sartori e de José Paulo Cairoli à reeleição ao Governo do Estado, respectivamente a governador e a vice. Também foram homologados os nomes de José Fogaça (MDB) e de Beto Albuquerque (PSB) ao Senado Federal.

Foram indicados como suplentes de senador Pedro Almeida de Oliveira (PSC) e Ana Lucia de Oliveira (MDB), respectivamente, primeiro e segundo suplente de Fogaça e Adriane Cerini (PR) e Daiane Dias (PSB), primeira e segunda suplente do candidato Beto Albuquerque (PSB).

Na convecção também foi formalizada a chapa proporcional, composta por 49 candidaturas à Assembleia Legislativa e 28 à Câmara dos Deputados.

O processo eleitoral interno contou com a participação de 95% dos convencionais e um público de mais de 3 mil militantes oriundos de 417 cidades. A participação representa 83,9% do território gaúcho.

Dos 510 delegados aptos, 485 votaram, sendo 461 votos favoráveis, 14 brancos e 10 nulos. O resultado foi anunciado às 13h25 pelo presidente Alceu Moreira.

 

Anunciados os vencedores do Prêmio AGES Livro do Ano 2018

Livro "Não há amanhã", do escritor Gustavo Melo Czekster, foi o mais votado pelos associados da AGES.

Em cerimônia realizada neste sábado (4/8) à noite, no auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, a Associação Gaúcha de Escritores (AGES) anunciou os vencedores do Prêmio AGES - Livro do Ano 2018. O escritor Gustavo Melo Czekster, autor de "Não há amanhã" (Editora Zouk), livro mais votado pelos associados da AGES, recebeu também o troféu Pre^mio AGES/Sintrajufe-RS e R$ 1 mil.

O Prêmio AGES foi conferido aos melhores livros publicados em primeira edic¸a~o por autores gau´chos ou residentes no Rio Grande do Sul no ano de 2017. Todos os escritores premiados receberam um trofe´u criado pela artista pla´stica Li´lia Manfro´i. Nas oito categorias concorrentes ao Prêmio, os escritores escolheram, em votação, os seguintes livros e autores como vencedores do Livro do Ano:

Categoria Infantil: Muito esquisito, Alexandre Brito, Pulo do Gato

Categoria Especial: Ave, água, Cleonice Bourscheid, AR do Tempo

Não ficção: As três mortes de Che Guevara, Flávio Tavares, L&PM

Narrativa curta: Não há amanhã, Gustavo Melo Czekster, Zouk

Narrativa Longa: Roupas sujas, Leonardo Brasiliense, Cia das Letras

Crônica: Essências e geografias, Berenice Sica Lamas, Casa Verde

Juvenil: Guanabara Real: A Alcova da Morte, Enéias Tavares, Nikelen, Witter e André Zanki Cordenonsi, Avec

Poesia: João & Maria, Leonardo Antunes, Patuá

A noite de premiação, que foi conduzida pela vice-presidente cultural da AGES, Milene Barazzetti Machado, e pelo vice-presidente administrativo, Antônio Schimeneck, teve também uma apresentação especial da artista e escritora Liana Timm e do músico Gilberto Oliveira, que interpretaram canções que se tornaram clássicos da música popular brasileira.

Resistência ao desmonte na área cultural

Ao dar início à cerimônia de premiação, o presidente da AGES, escritor Christian David, agradeceu a parceria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do RS (Sintrajufe-RS) e do Centro Cultural CEEE-Erico Verissimo, e destacou o momento crítico pelo qual passa a área cultural em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e no país, com o desmonte de políticas públicas na arte e na literatura. "Vamos continuar resistindo", garantiu o presidente da AGES, ao comentar a atuação que a entidade tem desenvolvido contra o descaso dos governos em relação à cultura.

Concorrentes

No final de junho, a AGES havia divulgado os três livros escolhidos como finalistas em cada uma das oito categorias do Prêmio. Integrada pelas professoras Alessandra Flach (doutora em Literatura Brasileira pela UFRGS), Ana Paula Cecato (mestre em Letras pela UniRitter) e Caio Riter (doutor em Literatura Brasileira pela UFRGS), a comissão julgadora indicou três livros finalistas em cada uma das oito categorias.

Também concorreram como finalistas ao Prêmio os seguintes livros e autores: Alfabeto poético dos nomes, Pablo Morenno, Physalis; Pra que serve um dedo?, Paula Taitelbaum, Piu; A bandeira do elefante e da arara: Livro de interpretação de papéis, Christopher Kastensmidt, Devir; Menina do circo Tibúrcio e outros causos desenhados, Santiago, Libretos; Flavio Koutzii – Biografia de um militante revolucionário, Benito Biso Schmidt, Libretos; Brasil pequeno, Genifer Gerhardt, Libretos; 20 relatos insólitos de Porto Alegre, Rafael Guimaraens, Libretos; Azaleia para erva de passarinho, Andréia Pires, Concha; Correr com rinocerontes, Cristiano Baldi, Não Editora; Pra amanhecer ontem, Anna Mariano, L± Demônios Domésticos, Tiago Germano, Le Chien; O amor errado mais certo do mundo, Daniela Mace Altmayer, Concha; O debate, Fábio Gai Pereira, Universo Expandido; Sherlock e os Aventureiros: O Mistério dos Planos Roubados, André Zanki Cordenonsi, Avec; Frêmito – Genitália, Pedro Dziedzinski, Le Chien; e Grafiteiro do avesso, Jorge Rein, Patuá.

 

Palestrantes divergem sobre medidas contra a criminalidade

Especialistas da Ufrgs, do Ministério Público e da OAB/RS participaram de painel em evento internacional sobre segurança na Câmara

Painel "Como combater a criminalidade: a teoria e a prática" no Seminário Internacional Um Pacto Brasileiro pela Segurança.José Vicente Tavares (e); o presidente da Câmara, vereador Valter Nagelstein; Eugênio Amorim e Ricardo Breier, no Plenário Otávio Rocha(Foto: Andielli Silveira/CMPA)

Dando continuidade ao seminário internacional Um Pacto Brasileiro pela Segurança, promovido pela Escola do Legislativo Julieta Basttioli, da Câmara Municipal de Porto Alegre, nesta sexta-feira (3/8), os palestrantes do segundo painel - Como Combater a Criminalidade: A Teoria e a Prática - debateram medidas para solucionar o aumento de casos de violência no Estado. No início da segunda parte do evento, mediado pelo presidente do Legislativo, vereador Valter Nagelstein (MDB), o professor e coordenador do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania da Ufrgs, José Vicente Tavares, destacou a importância de um novo paradigma para a segurança pública.

De acordo com Tavares, aconteceram muitas transformações relacionadas às questões de segurança no mundo contemporâneo. Segundo ele, essas mudanças ocorreram com o surgimento do crime cibernético, que desencadeou outros tipos de crimes. Para o professor, são fatores como esse que exigem repensar um outro modo de segurança no sentido social. “A violência é um fenômeno tão complexo, portanto exige soluções dimensionais”, disse.

Tavares citou que há um debate social sobre o que é segurança, que aborda temas como a descriminalização das drogas e mudanças no modelo atual de combate à violência. Sobre os estudos relacionados à criminalidade, o professor contou que houve uma avaliação dos sistemas de segurança pública, afirmando que hoje o orçamento para a área é maior do que o de 20 anos atrás, mas ainda carece de muitos recursos. “Temos a necessidade de um planejamento de segurança, com participação social e de conselhos municipais, e de um sistema de estatísticas”, disse. Ele também falou que a questão não envolve apenas a polícia, por ser também uma questão cultural.

O professor ainda defendeu medidas para melhorar a eficácia das polícias, a desarticulação do atual sistema prisional e o respeito à dignidade humana. "Acho que podemos aprender com os erros do passado e fugir do discurso fácil, para termos realmente um modelo de segurança que possa dar esperança às novas gerações", finalizou.

Punição e repressão

O promotor de Justiça do Ministério Público/RS Eugênio Paes Amorim classificou a fala do palestrante anterior como "retórica burocrata, de laboratório, distanciada da realidade das ruas". Segundo Amorim, não se deve "brincar com a segurança pública": o assunto deve ser tratado principalmente pelos policiais, pois são eles os profissionais que lidam cotidianamente com o assunto. O promotor afirmou que os números e as estatísticas devem ser tratados com "honestidade intelectual, sem demagogia" e sem a interferência de ideologias que considera destrutivas.

Amorim criticou o discurso de que a opção pelo crime não é uma escolha, que explica a insegurança como plena consequência de problemas sociais. Para ele, o que falta é punição e repressão. O promotor justificou seu ponto de vista citando como bom exemplo a atuação do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani, que, em poucos anos de sua gestão, por meio da aplicação de um programa de segurança que ficou popularmente conhecido como “tolerância zero”, diminuiu drasticamente os números da violência.

No caso do Brasil, Amorim entende que a solução para segurança pública passa por mudanças nos três poderes republicanos. A seu ver, cabe ao Executivo a responsabilidade de construir presídios e aparelhar as forças policiais; ao Legislativo cabe a atualização das leis penais, que considera muito permissivas e aquém das reais necessidades sociais; e o Judiciário também precisa de uma postura mais coerente, deixando de aplicar decisões por vezes muito brandas.

Solução distante

Para Ricardo Breier, presidente da Ordem de Advogados do Brasil no Estado (OAB/RS), o tema debatido parece distante de uma solução. Ele informou que a OAB tem trabalhado na questão, ouvindo todas as instituições e associações de bairros da cidade, com o objetivo de entender, na prática, o fenômeno do crime e suas consequências. “Todos nós somos vítimas da violência deste país”, lamentou.

Na convicção de Breier, não há como dissociar a segurança pública da política. Em sua análise dos governos estaduais, nenhum até então fez minimamente o que propôs nos planos de governo. Breier afirmou também que o sistema criminal é complexo, e que, por muitos anos, foi seletista. Por fim, ele frisou a importância da prevenção aos casos de homicídio, a melhora na rede de atendimento às vítimas de violência e maior envolvimento político, com construção conjunta entre instituições públicas e plano de governo, não partidária.

O seminário prossegue até a noite. Confira os painéis seguintes:

16h15min – Painel: DO JULGAMENTO, DA ACUSAÇÃO E DA DEFESA NO DIREITO BRASILEIRO

Palestrantes:

Cláudio Pacheco Prates Lamachia, Presidente Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil;

Alexandre Isbarrola, Superintendente da Polícia Federal/RS;

Leandro Paulsen, Prof. Dr. e Desembargador Federal TRF 4ª Região;

Bruno Amorin Carpes, Promotor de Justiça – MP/RS.

18h – Painel: O MODELO AMERICANO E O MODELO BRASILEIRO DE JUSTIÇA, VIOLÊNCIA E CRIMINALIDADE

Palestrantes:

Michael Parker, ex-chefe de Segurança da Polícia de Los Angeles, Consultor em Segurança da The Parker Group/EUA;

Marcelo Rocha Monteiro, Procurador do Ministério Público/RJ;

Nelson Jobim, Ex-Ministro do Supremo Tribunal Federal;

General Carlos Bolivar Goellner, representando o Ministro de Estado e Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência do Brasil


3 de agosto de 2018

câncer em mim

há dois anos atrás tinha virado um veio mijão....saia do cineminha da urgs e qdo chegava no banheiro do aplicação já tava todo mijado.

essa koisa não t´aboa, pensei...

fui na UBS do clinicas, pedi pra médica que me atendeu um uro....queria fazer toque

no dia 11 de out de 2016 - lembro bem era véspera de feriado. fui no psto partenhon, onde o dr. Jorge me fez o toque

(tinha lá um mon~tão de pessoas pra fazer, ele fez tudo em 5 minutos) foi meu primeiro contato com este assunto.

-VOLTE DAQUI A 3 ANOS, DISSE ELE APRESSADO PQ ERA VESPERA DE FERIADO.

*

lembro que briguei com a atendente pq eu não tinha celular(agora a narinha me deu um...que falta ativar...)

dai eu voltei pra medica da UBS e disse. dotora eu tyou virando um veio mijão. ela pediu psa no clinicas, deu quase 12 mandou fazer de novo 3 x sempre a mesma coisa, num mês...

ai falei pro meu irmnão. ele pagou uma biopsia particular. fui num medico particular - não darei nome - e qdo veio resultado da biopsia deu neoplasia NEGATIVA...me disse ele.

- não terás câncer de próstata.

tive, sim. tou tratando.

dai me chamaram no STA RITA, a pedido da UBS....

fui, o dr. me disse.

-faremos biopsia aki....lembro bem. ai deu positivo. câncer de próstata, o maligno....

no começo fikei paralisado. não sabia como trataria. faltou o chão...mas depois o chão volta.

e tou tratando..com tudo o que precisa.

a narinha tem ido comigo na radio terapia, o que gosto muito....

na saída nós dois vamos na maior leveza tomar coffee no esquina bendita, conversamos a tarde interira como duas velhas comadres.

depois ela pega obusun dela pra aberta e eu venho pra casa.

qui bom...ter uma amiga deste tamanho numa hora tão difícil.

no primeiro dia que ela foi comigo fazer um exame, eu pesnei

- CAIU DO CEU....

qui nada, caiu da terra mesmo....os anjos salvadores tão aki do nosso lado.

e no ultimo dia 1 depois de mais exames e consultas medicas eu cortei o cabelo a barba no xoping joão pessoal.
num salão que me deixou tri bem avontade.
até dormi durante o corte.

no fim do procedimento, corte do cabedlo me lembre de um malouco que em 1974,quando eu tive uma bad trip em cusco pq tinha comido peiote e tinha ido passear nas ruinas, voltei de lá assustado, em bad trip, e lembre da musica que akele maluco a quem contei meu drama do momento me cantou NEW ARE MEN.....lembro daquele louco que vivia no vale do sol em cusco e que falou comigo. ele dizia que nos eramos o HOMEM NOVO DA MUSICA DOS BEATLES. FECHOU (OC)
QH,QUANDO AO MEU CANCER, EU TRATO ELE NA MAIOR DIGNIDADE.

na radio que tou fazendo - serão 40 sessões - fiz amizade com o tiago, o tecnico. ele é rapido e eficente. já sei que é de cachoeira do sul

- tu conheceu o WILNEY HERBSTRITT DE LÁ, PERGUNTEI.

- NÃO ME DISSE ELE.

é que o vilney no tempo da alrs falava tanto de cachoeria que parecia que o mundo começava e termianva lá.

mas o atiago não é de dar muita balaca. faz o trabalho dele, e te manda adiante. tem muita gente pra atender.

Uma x quando o GILBERTO SCHWASTEMANN lançou aquele livro dele maravilhoso sobre doentes terminais fui num debate com ele na fera do livro. e um medico ACUMPUTURISTA o dr. tarso, tinha me DITO uma x que O CANCER É A DOENÇA DA TRISTEZA...eu fikei tri intrigado. perguntei ao dr. GILBERTO QUE CONHEÇO DE OUTROS CARNAVAIS, se isto era vero.

ele, sorrateiramente não disse nem sim nem não. disse que na quela plateia ali ou se morreria de avc,ou câncer ou ataque cardíaco.

FIKEI SABENDO DO MEU DIAGNOSTICO NO DIA 14 DE MARÇO DESTE ANO. O MEDICO PUXOU O RESULTADO DA BIOPSIA E DISSE.

VEIO COM CANCER. ASSIM SEM TIRAR NEM POR. MEDICO TEM QUE FALAR.

AI VEIO O SUPERVISOR TB PRA CONVERSAR.

AI JA ME DERAM INJEÇÃO PRA COMBATER A TESTOSTERONA - ATENÇÃO TOU APRENDENDO MUITO COISA DE MEDICO E JÁ DISSE PRA MINHA FILHA QUE QQ DIA LEVO UMA CAMA DE CAMPANHA E ACAMPO ALI NO STA RITA ,ALIÁS PQ ELA É A PROTERORA DOS QUE TEM CANCER, PERGUNTAR NÃO OFENDE...-NAQUELE DIA NÃO QUIS TOMAR. DEIXEI PRO DIA SEGUINTE. ERAM MUITAS EMOÇÕES NO MESMO DIA.

ENFIM A GENTE VAI LUTANDO COMO PODE. COM A AJUDA DOS AMIGOS QUERIDOS.

 

vai pra casa, Sartori....

veneno antimonotonia

com o apoio do PP ao PSDB ao gov. do estado, está sacramentado ou rifado o sartoron das massas. deu pra ti....pode arrumar a mudança pra caxias. pra choro e ranges de dentes de muitos ' britistas' encastelados no Piratini...

MEMEIA TROCOU UMA QUASE NÃO ELEIÇÃO AO SENADO POR UMA POSSIVEL VICE PRESIDENCIA. A ISTO SE CHAMA SABER VENDER SEU PEIXE...ALIAS SEMPRE FOI, DESDE O TEMPO DA ERRIBIESSE.

 

PERUANOS

FUI VER NA URGS AGORA ANOITE UM CONJUNTO DE PERUANOS NEGROS CANTANDO. SAMBANDO, NO FUNDO COMO NO BRASIL.ENGRAÇADO NÃO TENHO LEMBRANÇA DE NEGROS QUANDO VIVI EM LIMA ...

MAS ELES ENFIM CANTARAM E DANÇARAM E NOS FUNDOS DO PALCO O PERU NU E CRU, CORDILHEIRA DOS ANDES, COM NEVE, COM PENHASCOS E MUITAS LHAMAS, AQUELE BICHO QUE TE OLHA QUANDO TU PASSAS AO LADO....

MAS FAZ TANTO ANOS QUE NEM MAIS EMOÇÃO ME TROUXERAM....

 

cumprindo pena

faz um ano agora que o sind dos jor rs pena....a falta de grana....

falar nisto o ex gerente CRISTIANO NUNES TÁ USANDO OCRULOS....

*

TENHO IDO POKO AO SINDIRS....

*

tratamento da próstata me toma tempo,sim....

*

mas o tratamento tá indo bem, fui com a narinha na médica uro e ela me disse que o psa tá baxando

- vamos aguardar a radioterapia, me disse ela.

*

como todos sabem tou ttratando um câncer de próstata, que eu me ajudei a descobrir. um dia conto com mais detalhes(OC)

 

Foto de avó e neta

DIARIA DA ABERTA

A VOVO É VISITADA PELA NETINHA. COISA MAIS LINDA AS DUAS....

De: "Nara Barbosa"
Enviada: 2018/08/02 20:16:29

Hoje recebi a visita da minha neta, veio andando até mim toda sorrisos, adorei; (NARA BARBOSA)

 

Macumba

o rekern tá faendo MACUMBA PRA QUE O LULA SEJA SOLTO(oc) TRABALHOS OCULTOS DO REKER PRA SOLTAR LULA...

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/02 10:54:25



Quando fui ao Super encontrei na esquina (uma encruzilhada)uma cesta de macumba cheia de frutas, tudo de primeira. Quando voltei já tinham limpado a cesta.

 

Lavada do Lula no Piauí

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/02 12:30:20

Lavada do Lula no Piauí

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Lula é candidato, como pessoa física ou por um indicado

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/02 10:25:25

Lula é candidato, como pessoa física ou por um indicado

Tanto faz, se não for ele o candidato, vai governar de dentro da cela. Mas uma batalha jurídica vem aí. Com todos os recursos que o direito brasileiro concede, não vejo como não ser candidato. Tanto a Globo, Estadão e Folha estão publicando entrevistas com juristas que dizem sim que Lula pode ser candidato. Se derem outro golpe, lhe negando fieira de recursos possíveis, vai abrir um precedente e em caso do PT ganhar as eleições pode virar uma arma contra a oposição e os acusadores de Lula.Se a Dilma tivesse usado o poder da Presidência da República contra os golpistas tudo teria sido diferente, mas quis ser democrata de mais.

Se for o Lula leva no primeiro turno, se for o Haddad e os candidatos forem estes vai para um segundo turno com o Bolsonaro que não tem o voto feminino e não vai sobreviver a uma campanha onde vai valer de tudo. O hitlerzinho carioca vai ser acusado até de não gostar de mulher.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Programação do Clube de Cinema para o próximo Sábado e 3ª feira .

Seguem as informações sobre a sessão do próximo Sábado (dia 04/08/2018) as 10:15 na Sala Paulo Amorim.

Título do filme: "Custódia" (Jusqu´à la Garde)
Ano de produção: 2017
Data de Lançamento Mundial: 8 de Setembro de 2017 (Festival de Cinema de Venice)
Direção: Xavier Legrand
Duração: 93min
Elenco: Denis Ménochet, Léa Drucker, Mathilde Auneveux
Gênero: Suspense, Drama
Colorido
Nacionalidade: França
Idioma: Francês
Distribuidor: Supo Mungam Filmes

Sinopse: Separados, Miriam e Antoine buscam a justiça para decidir sobre a guarda de Julien, o filho pré-adolescente. Miriam acusa o ex-marido de violento, enquanto este se diz vítima de perseguição. Refém do crescente conflito entre seus pais, Julien é levado ao limite para evitar que o pior aconteça. Prêmio de melhor direção no Festival de Veneza, o filme integrou o Festival Varilux de Cinema Francês.

Seguem as informações sobre a sessão da próxima 3ª feira (dia 07/08/2018) as 19:00 na Sala Redenção (Campus Central da UFRGS).

Título do filme: "Nos Bastidores da Notícia" (Broadcast News)

Ano de produção: 1987
Data de Lançamento Mundial: 13 de Dezembro de 1987 (Première em Nova York)
Direção: James L. Brooks
Duração: 2h13min (informação divulgada pelo IMDB) - 2h07min (informação divulgada pelo site Adorocinema) existem versões diferentes para cinema e dvd (com durações diferentes)
Elenco: William Hurt, Albert Brooks, Holly Hunter
Gênero: Roamcne, Comédia
Colorido
Nacionalidade: USA
Idioma: Inglês, Espanhol, Francês e Alemão
Distribuidor: Fox Film do Brasil

Sinopse: Em Washington D.C. Jane Craig (Holly Hunter), produtora do telejornal de uma grande rede, tenta manter o alto padrão de qualidade, mas precisa lidar com a promoção do charmoso novo talento da emissora, Tom Grunick (William Hurt), que representa tudo o que ela mais odeia. O desprezo e a desconfiança, porém, logo transformam-se em outra coisa, destruindo a autoestima de Aaron Altman (Albert Brooks), competente e dedicado profissional que nutre uma paixão secreta pela melhor amiga Jane.

Jane Craig foi escrita para Debra Winger, mas a atriz ficou grávida e acabou substituída por Holly Hunter, que foi contratada apenas dois dias antes do início das filmagens. Entre as atrizes cogitadas para o papel estavam Sigourney Weaver, Christine Lahti, Elizabeth McGovern, Judy Davis e Elizabeth Perkins. Jack Nicholson não aparece nos créditos e nem foi pago por sua participação no filme. Este foi um pedido feito pelo próprio ator, que não queria que seu nome distraísse o público em relação aos protagonistas. Peter Hackes, que interpreta o diretor da divisão de notícias Paul Moore, trabalhou como correspondente jornalístico do canal NBC até um ano antes do início da produção do filme. Vários jornalistas conhecidos nos Estados Unidos fazem pequenas participações no decorrer do filme.

 

Cinemateca Paulo Amorim

PROGRAMAÇÃO DE 2 A 8 DE AGOSTO DE 2018

SEGUNDA-FEIRA NÃO HÁ SESSÕES

SALA 1 / PAULO AMORIM

15h15 – CUSTÓDIA

(Jusqu´à la Garde - França, 2017, 90min). Direção de Xavier Legrand, com Denis Ménochet, Léa Drucker, Mathilde Auneveux. Supo Mungam, 14 anos. Drama.

Sinopse: Separados, Miriam e Antoine buscam a justiça para decidir sobre a guarda de Julien, o filho pré-adolescente. Miriam acusa o ex-marido de violento, enquanto este se diz vítima de perseguição. Refém do crescente conflito entre seus pais, Julien é levado ao limite para evitar que o pior aconteça. Prêmio de melhor direção no Festival de Veneza, o filme integrou o Festival Varilux de Cinema Francês.

17h – NOS VEMOS NO PARAÍSO

(Au revoir là-haut - França, 2018, 115min). Direção de Albert Dupontel, com Nahuel Perez Biscayart, Albert Dupontel, Laurent Lafitte. Pandora Filmes, 14 anos, Drama.

Sinopse: Nos dias finais da Primeira Guerra Mundial, Édouard salva a vida de Albert em um bombardeio. Os dois soldados franceses seguem juntos em pequenos trambiques para ganhar a vida - e têm um objetivo em comum: desmascarar o tenente Preadelle, que tenta fazer fortuna com as vítimas da guerra. Exibido no Festival Varilux, o longa é uma adaptação do premiado romance de Pierre Lemaître.

19h15 – 50 SÃO OS NOVOS 30

(Marie-Francine - França, 2018, 95min). Direção de Valérie Lemercier, com Valérie Lemercier, Patrick Timsit, Hélène Vincent. CineArt Filmes, 12 anos. Comédia.

Sinopse: Aos 50 anos, Marie-Francine perde o emprego ao mesmo tempo em que o marido a troca por uma mulher mais jovem. Sem muita alternativa, ela volta a morar na casa dos pais. Não demora muito para que a protagonista conheça Miguel, um sujeito que vive uma situação muito semelhante a dela.

SALA 2 / EDUARDO HIRTZ

15h – O TERCEIRO ASSASSINATO

(Sandome no Satsujin - Japão, 2017, 125min). Direção de Hirokazu Kore-eda, com Masaharu Fukuyama, Koji Yakusho, Suzu Hirose. Imovision, 16 anos. Drama.

Sinopse: Acusado pela morte do seu patrão, um crime com muitas testemunhas, Misumi está no banco dos réus. Seu advogado, Shigemori, tem algumas dúvidas sobre a real autoria do crime e tenta livrá-lo da pena de morte. O problema é que Misumi muda seu depoimento algumas vezes, trazendo à tona fatos do passado que ajudam a compreender a motivação do crime e a própria natureza humana.

17h15 – LÁMEN SHOP

(Ramen Teh - Japão/Singapura, 2018, 90min). Direção de Eric Khoo, com Takumi Saitoh, Seiko Matsuda, Tsuyoshi Ihara. Imovision, 12 anos. Drama.

Sinopse: Depois da morte do pai, o jovem chef japonês Masato decide ir em busca da história da sua família, que tem uma longa tradição gastronômica. Sua viagem passa pela China, Japão e Singapura e envolve uma passagem triste e reveladora sobre a batalha de Singapura nos anos 1940. Mas ele resolve enfrentar os fantasmas do passado e reatar alguns laços que ficaram para trás.

19h – CACHORROS

(Los Perros - Chile, 2018, 95min). Direção de Marcela Said, com Antonia Zegers, Alfredo Castro, Rafael Spregelburd. Imovision, 12 anos. Drama.

Sinopse: Apesar de ter uma vida confortável, Mariana não se sente feliz no casamento e muito menos na relação com o pai autoritário. Ela gosta mesmo de animais, como cachorros e cavalos, e desenvolve uma relação mais intensa com seu professor de equitação. Mas ele tem problemas com seu passado - relacionados aos anos da ditadura do general Pinochet.

SALA 3 / NORBERTO LUBISCO

15h30 – OH LUCY!

Japão/EUA, 2017, 95min). Direção de Atsuko Hirayanagi, com Shinobu Terajima, Kaho Minami e Shioli Kutsuna. Imovision, 14 anos, Comédia dramática.

Sinopse: Setsuko leva uma vida sem grandes expectativas, em um emprego que não gosta e à espera de um namorado. Mas tudo muda quando ela resolve estudar inglês com um professor nada convencional, que tem várias técnicas para desinibir os alunos.

* Não haverá sessões no sábado e domingo (dias 4 e 5 de agosto)

15h30 – O REI LEÃO (Sessão Pais e Filhos)

(EUA, 1994, 90min). Animação de Roger Allers e Rob Minkoff. Livre. Apoio: MPLC. Ingressos a R$ 4,00.

Sinopse: Herdeiro do rei Musafa, o jovem leão Simba precisa enfrentar um tio malvado, que quer ocupar o trono em seu lugar.

* Sessões somente no sábado e domingo (dias 4 e 5 de agosto)

17h15 – HANNAH

(França/Bélgica/Itália, 2018, 95min). Direção de Andrea Pallaoro, com Charlotte Rampling e André Wilms. Zeta Filmes, 12 anos. Drama.

Sinopse: Prêmio de melhor atriz no Festival de Veneza, a inglesa Charlotte Rampling, de 72 anos, interpreta uma mulher de terceira idade que precisa seguir com sua vida após a prisão do marido. Além do trabalho, ela encontra forças nas aulas de teatro e em banhos de piscina – mas um segredo do passado impede que ela fique em paz.

19h – MAMMA MIA – O FILME

(EUA, 2008, 110min). Direção de Phyllida Lloyd, com Meryl Streep, Amanda Seyfried e Pierce Brosnan. Musical, Livre. Apoio: MPLC. Ingressos a R$ 4,00.

Sinopse: Adaptado de um dos musicais populares da Broadway e embalado por canções do grupo Abba, a história gira em torno de Donna e seus três amores do passado. Às vésperas do casamento, Sophie, a filha de Donna, deseja finalmente saber quem é seu pai. O filme acaba de ganhar uma continuação nos cinemas.

PREÇOS DOS INGRESSOS:

TERÇAS, QUARTAS e QUINTAS-FEIRAS: R$ 12,00 (R$ 6,00 – ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).

SEXTAS, SÁBADOS, DOMINGOS, FERIADOS: R$ 14,00 (R$ 7,00 - ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).

CLIENTES DO BANRISUL: 50% DE DESCONTO EM TODAS AS SESSÕES.

ESTUDANTES DEVEM APRESENTAR CARTEIRA DE IDENTIDADE ESTUDANTIL. OUTROS CASOS: CONFORME LEI FEDERAL Nº 12.933/2013.

A MEIA-ENTRADA NÃO É VÁLIDA EM FESTIVAIS, MOSTRAS E PROJETOS QUE TENHAM INGRESSO PROMOCIONAL. OS DESCONTOS NÃO SÃO CUMULATIVOS.

 

Vencedores do Prêmio AGES Livro do Ano serão conhecidos no sábado, dia 4

Associados da AGES escolheram os livros premiados em cada uma das oito categorias.

A Associação Gaúcha de Escritores (AGES) realizará no dia 4 de agosto (sábado), a partir das 20 horas, no auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, a entrega do Prêmio AGES - Livro do Ano 2018. Durante a cerimônia, serão conhecidos os livros escolhidos pelos associados da AGES como vencedores em cada uma das oito categorias do Prêmio: narrativa longa (romance ou novela), narrativa curta (conto ou miniconto), poesia, literatura infantil, literatura juvenil, cro^nica, na~o ficc¸a~o e especial.

Os vencedores do Livro do Ano receberão um trofe´u criado pela artista pla´stica Li´lia Manfro´i. Ao livro mais votado, independentemente de categoria, serão concedidos o Pre^mio AGES/Sintrajufe-RS e R$ 1 mil. O Prêmio AGES conta com a parceria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do RS (Sintrajufe-RS) e do Centro Cultural CEEE-Erico Verissimo e sera´ conferido aos melhores livros publicados em primeira edic¸a~o por autores gau´chos ou residentes no Rio Grande do Sul no ano de 2017.

Concorrentes

No final de junho, a AGES havia divulgado os três livros escolhidos como finalistas em cada uma das oito categorias do Prêmio. Integrada pelas professoras Alessandra Flach (doutora em Literatura Brasileira pela UFRGS), Ana Paula Cecato (mestre em Letras pela UniRitter) e Caio Riter (doutor em Literatura Brasileira pela UFRGS), a comissão julgadora indicou três livros finalistas em cada uma das oito categorias.

A seguir, a lista de livros escolhidos como finalistas em cada categoria:

Categoria Infantil

?Alfabeto poético dos nomes, Pablo Morenno, Physalis.

?Muito esquisito, Alexandre Brito, Pulo do Gato.

?Pra que serve um dedo?, Paula Taitelbaum, Piu.

Categoria Especial

?A bandeira do elefante e da arara: Livro de interpretação de papéis, Christopher Kastensmidt, Devir.

?Ave, água, Cleonice Bourscheid, AR do Tempo.

?Menina do circo Tibúrcio e outros causos desenhados, Santiago, Libretos.

Não ficção

?As três mortes de Che Guevara, Flávio Tavares, L&PM.

?Flavio Koutzii – Biografia de um militante revolucionário, Benito Biso Schmidt, Libretos.

?Brasil pequeno, Genifer Gerhardt, Libretos.

Narrativa curta

?20 relatos insólitos de Porto Alegre, Rafael Guimaraens, Libretos.

?Azaleia para erva de passarinho, Andréia Pires, Concha.

?Não há amanhã, Gustavo Melo Czekster, Zouk.

Narrativa Longa

?Correr com rinocerontes, Cristiano Baldi, Não Editora.

?Pra amanhecer ontem, Anna Mariano, L&PM.

?Roupas sujas, Leonardo Brasiliense, Cia das Letras.

Crônica

?Demônios Domésticos, Tiago Germano, Le Chien.

?Essências e geografias, Berenice Sica Lamas, Casa Verde.

?O amor errado mais certo do mundo, Daniela Mace Altmayer, Concha.

Juvenil

?O debate, Fábio Gai Pereira, Universo Expandido.

?Sherlock e os Aventureiros: O Mistério dos Planos Roubados, André Zanki Cordenonsi, Avec.

?Guanabara Real: A Alcova da Morte, Enéias Tavares, Nikelen, Witter e André Zanki Cordenonsi, Avec.

Poesia

?Frêmito – Genitália, Pedro Dziedzinski, Le Chien.

?Grafiteiro do avesso, Jorge Rein, Patuá.

?João & Maria, Leonardo Antunes, Patuá.

 

do Blog do Ilgo Wink

Grêmio recua demais e sofre empate nos acréscimos

Pelo que se viu nesta noite, na Arena, o Flamengo tem mais time que o Grêmio. Não significa que a vaga à próxima fase da Copa do Brasil é dos cariocas. Quer dizer apenas que o Grêmio terá que jogar bem mais do que jogou, principalmente no segundo tempo, quando, na verdade cruel e assustadora, quase não jogou.

O que se viu foi um Flamengo pressionando, encurralando o Grêmio. O que se viu foi um Marcelo Grohe salvador, a dupla de área se desdobrando para afastar a bola da área, os laterais esforçados e abnegados, e o restante do time completamente perdido, correndo atrás da bola e, ao tomá-la, ficou sem saber o que fazer com ela.

É impressionante o números de bolas afastadas da área que não tiveram continuidade ofensiva, um contra-ataque, para assustar um pouco o rival que se impunha de forma avassaladora e destemida. A maioria dos rebotes era do Flamengo.

Nesse aspecto, o de manter a bola e puxar contra-ataque, defino a atuação de Jael de constrangedora. Com todo aquele corpo, conseguiu ser neutralizado. Foi desarmado facilmente. E quando teve a bola, em vez de tentar o passe, preferiu se enrolar esperando a falta, que o juiz sonegou pelo menos em duas oportunidades.

O mesmo vale para Marinho, que desta vez entrou para jogar no lado esquerdo. Não conseguiu uma vitória pessoal sequer. Em nada contribuiu no momento em que o time mais precisava de sua velocidade e de seus dribles.

Em termos de camisa 9, o Grêmio, decididamente, não está bem. Jael e André ficam abaixo da média do time. Brocador ainda não foi devidamente testado.

Há um caminho aberto para Douglas para repetir o esquema do time na conquista do penta. Desconfio que Renato já está preparando o maestro para mais adiante. Teremos, então, a volta daquele ataque móvel que muito me agrada.

Agora, há um problema, assunto já levantado aqui por mim e por outros analistas do blog tantas vezes: o Grêmio tem um ótimo time titular. Mas um time que sangra na razão direta da entrada de reservas.

O Flamengo mostrou muita qualidade, mas só quando começaram a entrar reservas. O start foi a saída de Léo Moura, que cansou. Vieram outras alterações e o time afundou. Não sei se Jaílson estava no banco, mas era jogo para ele entrar em meio aquele sufoco nos 15 ou 20 minutos finais, filme de terror para a torcida que enfrentou o frio e foi à Arena.

Mas assim como o Flamengo conseguiu seu empate aos 48 minutos, nada impede que o Grêmio faça o mesmo no Maracanã, cenário de grandes vitórias do tricolor. Nada impede também que vença, apesar do grupo de mais qualidade do Flamengo.

Agora, ficou muito claro que o Grêmio terá de jogar bem mais do que jogou para continuar na Copa do Brasil.

DESGASTE

Ah, e o preparo físico do Flamengo, que, ao contrário do Grêmio, não poupou o time titular na rodada do final de semana?

Não está na hora de discutir a preparação física?

EDINHO

Lamentável o comentarista da SporTV, que viu um pênalti na área do Grêmio, que teria sido cometido por Geromel. Ele insistiu. Até que Leonardo Gaciba deu a real: lance normal. Edinho também cobrou um cartão amarelo para Geromel em outro lance. Lamentável.

VAR

O primeiro jogo oficial com o VAR no Brasil entra para a história. E ali estão Grêmio e Flamengo. Não é pra qualquer um.

O VAR, porém, não apareceu. Não foi chamado. Nem foi necessário.

Foi um jogo limpo, sem jogadas violentas, tanto que o juiz, salvo engano, não tirou o cartão do bolso.

Em campo as duas equipes de melhor futebol no país.

 

Prefeitura divulga vencedores dos bares 2 e 3 da Orla do Guaíba

A prefeitura divulgou nesta quinta-feira, 2, os vencedores da licitação dos bares 2 e 3, localizados próximos à Usina do Gasômetro, no trecho 1 do Parque Urbano da Orla. O nome das empresas foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre. A permissão de uso do Bar 2, ficará sob a responsabilidade de Bonan Picon Pizzeria Ltda., que apresentou melhor oferta no processo licitatório, no valor de R$ 16.750, acima do preço mínimo de R$ 15.700 (ágio de 6,5%). O permissionário vencedor do Bar 3 é a empresa Bar do Espartano, que ofertou valor de R$ 18.650, superior ao preço mínimo de R$ 15.700 (ágio de 18.8%). Os valores são referentes à outorga mínima inicial (dois meses de permissão de uso). O contrato deverá ser assinado entre a prefeitura e os permissionários em cerca de 15 dias. As empresas terão o prazo de 60 dias para início da operação.

O secretário-adjunto de Parcerias Estratégicas, Fernando Dutra, disse que “estas iniciativas empreendedoras nas relações entre o poder público e o setor privado são uma forma da cidade maximizar os seus principais atrativos, criando um círculo virtuoso para a economia local”. Nesse caso, complementa ele, a devolução da orla do Guaíba à população representa um ganho não somente para aquela região mas para todos que estão no entorno da área revitalizada, seja nos segmentos comercial, hoteleiro, gastronômico, entre outros.

Pregão eletrônico - Em junho, foi assinado o termo de permissão do bar 1 e do restaurante panorâmico, cujos permissionários vencedores foram, respectivamente, SMRS Alimentação e Eventos Eireli e Boteco do Sol Eireli.

A licitação para os bares e o restaurante da Orla Moacyr Scliar foi na modalidade pregão eletrônico, com prazo contratual de 36 meses prorrogáveis por igual período. No total, são quatro bares e um restaurante que compõem as atividades comerciais do local e contam com espaço gastronômico, balcão de atendimento, salão para o público, sanitários, vestiários, depósitos, e áreas externas, voltadas para o Guaíba.

O lançamento do último edital de licitação para os equipamentos comerciais da orla será o do Bar 4, nas próximas semanas, nos mesmos moldes de pregão eletrônico. Localizado no meio do caminho entre a rótula das cuias e o Gasômetro, o bar 4 conta com as mesmas instalações e facilidade que os demais. “É uma vista privilegiada, de onde vai ser possível avistar no espelho das águas do lago Guaíba, o sul da cidade e também a área central”, ressalta o secretário Fernando Dutra. Ali, os freqüentadores terão acesso a um dos mais magníficos visuais de Porto Alegre.

Para poder participar do pregão do bar 4 da Orla, em data ainda ser divulgada, as empresas interessadas deverão realizar o seu cadastramento no website www.portaldecompraspublicas.com.br.

 

Viaduto Otávio Rocha receberá food trucks neste fim de semana

A partir deste sábado, 4, o Viaduto Otávio Rocha, no Centro Histórico, receberá a presença de diversos food trucks. A ação é uma realização da Prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, e tem como objetivo criar uma área de convivência para os porto-alegrenses, incentivando a gastronomia itinerante, o empreendedorismo produtivo da cidade e também a ocupação do local. Os food trucks funcionarão neste final de semana, sábado e domingo, 4 e 5, das 9h30 às 21h, em caráter experimental.

A prefeitura vem incentivando o comércio de food trucks na Capital. No mês passado, foi iniciado o projeto Gastronomia Ambulante, programa que qualifica e autoriza o comércio de ambulantes na Orla Moacyr Scliar. O objetivo da ação é estabelecer parâmetros de qualidade para os vendedores ambulantes que irão trabalhar na nova orla do Guaíba. Durante quatro finais de semanas serão avaliados pela prefeitura em critérios como segurança alimentar, qualidade dos produtos, infraestrutura e higiene. Fazem parte do projeto 44 vendedores que já atuavam na antiga orla.

 

Trânsito: número de mortes até julho é o menor em 20 anos

De janeiro a julho deste ano foi o período menos violento no trânsito desde 1998 em Porto Alegre. Durante os primeiros sete meses do ano, 45 pessoas perderam a vida em razão de acidentes na Capital, um número ainda elevado e preocupante, mas que representa menos da metade das 108 mortes de 1998.

Julho de 2017 x Julho de 2018: redução de 71%

Julho encerrou com uma redução de 71% em acidentes fatais no trânsito da Capital, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Foram registradas duas mortes, contra sete casos em julho de 2017. Houve redução de 19% em acidentes (1.127 a 906); menos 23% em feridos (508 a 390). Não houve registro de mortes envolvendo motos, contra um caso em julho do ano passado. Foi registrada uma redução de 80% em vítimas fatais por atropelamentos (5 a 1). Em 2018, julho e fevereiro foram os meses com o menor número de vítimas fatais no trânsito (2). Antes disso, foram três mortes em dois meses nos últimos 20 anos: janeiro de 2018 e março de 2016.

Janeiro até julho 2017 x Janeiro até Julho 2018

Se compararmos os dados do início do ano até agora com relação ao ano anterior, houve diminuição de 8% em acidentes (7.162 a 6.573); menos 10% em feridos (3.119 a 2.803); menos 16% em mortes (54 a 45). Os acidentes fatais envolvendo motos reduziram 20% (20 a 16) e os por atropelamentos 35% (28 a 18). Os dados são da Coordenação de Informações de Trânsito (CIT) da EPTC.

O diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti, avalia as razões da redução geral da acidentalidade. “Esta redução ocorre em razão de um trabalho integrado entre a EPTC, Brigada Militar, Guarda Municipal, Polícia Civil e Detran, além de outros órgãos de segurança, com envolvimento cada vez maior da sociedade na missão pela segurança no trânsito. É o resultado de ações contínuas de educação para o trânsito, medidas de fiscalização e também de obras de engenharia viária. O trabalho não para, sempre pela preservação da vida.”


2 de agosto de 2018

CONTRA O ABORTO...

AHI, SIM FIM DA MISSA DE HJ, 31.7 NA IGREJA SÃO SEBASTIÃO, o padre oficiante pediu orações pq na semana que vem ou por estes dias o STF - ele falou na ministra ROSA WEBER - vai analisar a liberação do aborto durante os primeiros tempos de gestação.

o padre, que não tenho o nome, disse que a IGREJA CATÓLICA É CONTRA PELAS RAZÕES DE SEMPRE.

A IGREJA CATÓLICA NUNCA VAI APROVAR O ABORTO...E NO BRASIL A IGREJA CATÓLICA AINDA PESA...

ENTÃO O STF NEM SABE EM QUE ABELHEIRO VAI SE METER...(oc)

- PARTICULARMENTE, ACHO ESTE ASSUNTO MUITO COMPLICADO....

 

SIMON ACHA QUE ELA NÃO CHEGA LÁ....

Na saída da missa das seis na IGREJA SÃO SEBASTIÃO,hj, dia 31.7 encostei no senador Pedro simon e lhe perguntei se ele ainda vai de MARINA.
- vou me disse ele, que fugia rapidamente do frio da já noite desta terça-feira.

- mas, acrescentou, ela é muito PURA PRA ENFRENTAR ESTA VIGARICE TODA QUE ESTÁ AI....

E SEGUIU PRO SEU APE.

*

na missa de hj, o oficiante disse que o PADRE DÉCIO JÁ ESTÁ UM POUQUINHO MELHOR...ELE ANDA ADOENTADA.

E HJ ME SENTI TÃO BEM DENTRO DA IGREJA. FAZIA UM SILENCIO...

ME RECOLHI COMO SE DIZ....

IGREJAS PRA MIM SEMPRE FORAM LOCAIS DE PENSAR NA VIDA, DAS COISAS EM GERAL, ENQUANTO LÁ FORA O MUNDO PARECE QUE ENLOUQUECE ATRÁS DE TUDO....QUE MUNDO LOUCO EM QUE FOMOS NOS METER. ACHO QUE FUGIREI PRO MATO DE ITAPOA A OUVIR O RONCO DOS BUGIOS NOS DIAS EM QUE VAI CHOVER..(oc)

 

rekern...

mas tu insiste,hein. quem disse que o LULA é candidato????

 

SHOW DE BOLA....

ESPERO MUITO DO MEU PRÓXIMO LIVRO, RATOS DE REDAÇÃO....

HJ FIQUEI DEVERAS EMOCIONADO COM O RECADO DA GRAFICA SERAFINENSE QUE MANDOU DIZER QUE DIA 8 DE AGOSTO FICARÁ PRONTO.

IMAGINEM É A DATA DA MORTE DO FALECIDO COLEGA ANTONINHO GONZALEZ, QUE MORREU EM 1996. QUEpor acaso está NO LIVRO TEM TODA A HISTÓRIA DO APE QUE ELE PERDEU POR TER SIDO FIADOR DA COOJORNAL NUM EMPRÉSTIMO DA CX ECONOMICA ESTADUAL. QUEM LER,VERÁ....

TEM ATÉ A CARTA QUE A LENORA VARGAS ME MANDOU AQUELES ANOS DE maputo, dando um pau no falecido Antoninho por ter ele dado vazão publica aquele episódio da vida do jornalismo gaúcho.

pois meu livro trará alguma coisa, não tudo, daquele episódio de tantos anos atrás

 

crônica

A ' MANGUEADA' DA VELHINHA NA NARINHA

sucedeu assim: nesta 3, depois da minha radio, fui com a narinha que me acompanhou no exame, até a BENDITA ESQUINA TOMAR UM COFFEE....

de lá o objetivo era ir até o shopping João Pessoa. Pegamos o T-7 e saltamos no HPS.

De lá tomaríamos o T-5 que nos deixariam perto do nosso objetivo.

Na parada, o T-5 demorou. Sentada no banco ali dos passageiros, uma senhora, já de idade adiantada, viu a Nara soltar a palavra mágica pra ela, velhota: ' Jesus"
- Tu é de alguma religião,quis saber a velhota, enturmando na Narinha.

( eu que tenho horror a que me abordem na ruafiquei quieto a ' diplomata' da narinha desempenhar )

- não disse a Narinha.

Mas já tinham quebrado o gelo..

E ficaram trovando. a narinha vive dando trela pro povaréu, ela da ' consulta sentimental' pro povão de graça( se eu visse lhe arrumava um empresário e começava a cobrar...kkkk)

ai a velhota viu que era hora do bote. contou sua triste história( o povo sempre tem uma triste história) de que ela cuida de uma senhora no hospital sta rita( tu ve a gente vinha justamente de lá...)e que a filha desta senhora não a pagava. claro, deixou subentendido que tava na maior dureza...

discretamente, como é do seu feitio, narinha puxou 5 pilas e os alcasou pra ela, que sorriu satisfeita...

ela ganhou seu dia, ali sentada, sem trabalhar. mas com 5 pilas tb não se faz muita coisa.

- imagina se não vou dar trela, dou trela pra todo mundo do povo que me procura, disse-me a nara depois..(OC, testemunha ocular desta historia)

 

não vou

ta loko meu, com este FRIO TODO IR NO JOGO DO GREMIO. NÃO ME PEGAM....SO SE FOSSE 19 HS E OLHE LÁ. COM ESTE FRIO LÁ NO HUMAITÁ TU MORRE....NÃO SEI QUANDO VÃO RESOLVER O PROBLEMA DA SAÍDA DAQUELE ESTÁ. FICA UMA TRANQUEIRA DANADA NA SAÍDA.

 

de Serafina

COISA + LINDA SERAFINA NOITE DE ULTIMA 3, DIA 31.7

 

PT já levou a presidência de 2019

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/08/01 10:20:30

PT já levou a presidência de 2019

‘Não são só os altos números que Lula ostenta nas pesquisas, mas também os baixíssimos índices dos candidatos da direita. A perseguição midiática/jurídica aos políticos fez a população ficar com um pé atrás e fazer as contas, afinal quem lhes deu alegrias nestas últimos 20 anos? O PSDB, o MDB, a Lava Jato? Não, quem quase acabou com a fome e o desemprego foi o PT e Lula foi o campeão destes anos. Marina, Alckimin, Ciro e o pequeno Hitler Bolsonaro, nenhum deles conseguiu até agora um vice para suas chapas, o que dá a dimensão a que estão confinados.

Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

Câmara promove seminário de segurança com autoridades nacionais e internacionais


O evento, que terá tradução simultânea, ocorre nesta sexta-feira, das 9h às 19h, no Plenário Otávio Rocha

Seminário Internacional sobre Segurança PúblicaEvento ocorre nesta sexta-feira no Plenário Otávio Rocha

Cláudio Pacheco Prates Lamachia, Nelson Jobim, João Henrique Martins, general Carlos Bolivar Goellner são algumas das autoridades em segurança pública que irão palestrar nesta sexta-feira (3/8), no Seminário Internacional Um Pacto Brasileiro pela Segurança, promovido pela Escola do Legislativo Julieta Battistioli da Câmara Municipal de Porto Alegre. O encontro, que contará ainda com referências internacionais como o americano Michael Parker e o belga Luc Boulon, ocorrerá no Plenário Otávio Rocha, das 9h às 19h, com tradução simultânea.

O evento tem o objetivo de compartilhar a experiência de especialistas na área de segurança pública e a busca pela adaptação de medidas utilizadas com sucesso na luta pela diminuição dos índices de violência em outras cidades do mundo. A inscrição é gratuita e deve ser feita via formulário disponível no site da Escola do Legislativo. Outras informações também podem ser obtidas pelo Facebook (escoladolegislativocmpa), e-mail escola@camarapoa.rs.gov.br ou pelo telefone (51) 3220-4374. Para entrevistas com os palestrantes, contato pelo (51) 3220-4199 ou (51) 3220-4384.

Michael Parker

Ex-chefe de Segurança da Polícia de Los Angeles e consultor em Segurança da The Parker Group, o americano atuou como supervisor no North America County Correctional Facility, uma prisão de segurança máxima; foi xerife de West Hollywood; e foi comandante da Unidade de Transição Comunitária encarregada de implementar a Polícia Comunitária de Los Angeles. Premiado em diversas oportunidades, criou o curso de formação sobre comunicação de crise, mídia social e policiamento para a comunidade e oficiais de paz de 58 países, tendo realizado mais de 50 grandes conferências, como a National Sheriffs 'Association (NSA) e o Harvard Law School Labor e Worklife Program.

Hoje, Michael Parker é um veterano com 32 anos de experiência no Departamento de Polícia de Los Angeles. Recentemente, de 2014 a 2015, ele foi designado como comandante na Divisão de Patrulha do Condado do Norte, que inclui mais de mil funcionários das estações de patrulha como Lancaster, Palmdale, Santa Clarita, West Hollywood e Malibu / Lost Hills. Aposentou-se como comandante do Comando de Pessoal e Treinamento, cargo que inclui recrutamento, contratação, testes, investigações de antecedentes, processo de promoção e bem-estar dos funcionários, bem como a academia de treinamento avançado para funcionários e profissionais.

Luc Boulon

Engenheiro Eletromecânico pela Universidade de Liège, mestre em Ciências na área de Engenharia industrial e robótica pela Universidade de Cranfield, Boulon é diretor de Projetos e Processo em Tecnologia de Informação e Soluções em Segurança da Bélgica. Foi gestor de projeto, gerente e coordenador do Escritório de Gerenciamento de Projetos da empresa de Segurança Eletrônicos Sécuribel, projetando alarmes, sistemas de vídeo, rede e controle de acesso para grandes bancos, e atuou na multinacional Gunnebo, especializada em soluções de segurança. Em 2013, esteve no Rio Grande do Sul para tratar dos sistemas de comunicação, inteligência e gerenciamento da polícia belga.

Programação completa:

9h – CERIMÔNIA DE ABERTURA

9h30min – Painel: TECNOLOGIA APLICADA À SEGURANÇA: DESAFIOS E SOLUÇÕES

Palestrantes:
Luc Borlon, Diretor de Projetos e Processo em Tecnologia de Informação e Soluções em Segurança/Bélgica;
João Henrique Martins, Coordenador do Observatório de Mercados Ilícitos da FIESP/SP.

Debatedores:
Delegado Emerson Wendt, Chefe da Polícia Civil/RS;
Coronel Mario Ikeda, Comandante Geral da Brigada Militar de Porto Alegre/RS.

14h – Painel: COMO COMBATER A CRIMINALIDADE: A TEORIA E A PRÁTICA

Palestrantes:

José Vicente Tavares, Professor e Coordenador do Grupo de Pesquisa Violência e Cidadania, UFRGS/RS;
Eugênio Paes Amorim, Promotor de Justiça do Ministério Público/RS;
Roque Soares Reckziegel, Coordenador-Adjunto da Comissão de Direitos Humanos Sobral Pinto da OAB/RS.

15h45min – COFFEE-BREAK

16h15min – Painel: DO JULGAMENTO, DA ACUSAÇÃO E DA DEFESA NO DIREITO BRASILEIRO

Palestrantes:

Cláudio Pacheco Prates Lamachia, Presidente Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil;
Alexandre Isbarrola, Superintendente da Polícia Federal/RS;
Leandro Paulsen, Prof. Dr. e Desembargador Federal TRF 4ª Região;
Bruno Amorin Carpes, Promotor de Justiça – MP/RS.

18h – Painel: O MODELO AMERICANO E O MODELO BRASILEIRO DE JUSTIÇA, VIOLÊNCIA E CRIMINALIDADE

Palestrantes:

Michael Parker, ex-chefe de Segurança da Polícia de Los Angeles, Consultor em Segurança da The Parker Group/EUA;
Marcelo Rocha Monteiro, Procurador do Ministério Público/RJ;
Nelson Jobim, Ex-Ministro do Supremo Tribunal Federal;
General Carlos Bolivar Goellner, representando o Ministro de Estado e Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência do Brasil.

 

Jogo Limpo, Bairro Limpo terá nova edição nesta quarta na Arena

A Prefeitura de Porto Alegre promove nesta quarta-feira, 1º, mais uma edição da iniciativa de responsabilidade socioambiental intitulada Projeto Jogo Limpo, Bairro Limpo, que acontecerá no entorno da Arena do Grêmio, durante o jogo entre Grêmio e Flamengo (início às 21h45, válido pelas quartas-de-final da Copa do Brasil). A iniciativa tem como objetivo a redução do acúmulo de resíduos no entorno da Arena e conscientização de moradores e torcida sobre a manutenção da limpeza das ruas, calçadas e praças do local.

Na rampa Sul do estádio haverá uma unidade da Estação Recicla Poa, de onde partirão os voluntários. No local, os torcedores poderão aprender sobre a correta segregação dos resíduos pós-consumo. Haverá também, além de contêineres nas demais rampas de acesso, banheiros químicos distribuídos no entorno do estádio.

O projeto é uma ação conjunta das Secretarias de Relações Institucionais (SMRI), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Smams) e Serviços Urbanos (SMSURB), por meio do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), em parceria com a Associação dos Empresários dos Bairros Humaitá e Navegantes (AEHN), Departamento de Responsabilidade Social do Grêmio (DRS) e Arena, Cooperativa Sepé Tiarajú, Centro Universitário IPA Metodista, Saneban, Hotel Laghetto e Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abhipec), com o apoio da comunidade, parceiros e voluntários que residem nos bairros do entorno do estádio.

Conforme uma das coordenadoras do projeto, Denise Souza Costa, a ação prevê conscientizar o público envolvido no jogo sobre o descarte correto dos resíduos e a devida utilização dos sanitários públicos à disposição dos torcedores. “Todos aqueles que não residem no bairro e vêm para assistir o jogo devem ter consciência de que depois que a partida acaba a vida segue nos bairros. A responsabilidade de depositar os resíduos no lugar correto é de cada um, assim como utilizar os banheiros e não as vias públicas. O objetivo é que os arredores da Arena estejam cada vez mais limpos após os jogos”, explica Denise.

Ações consolidadas - Duas ações do projeto já foram realizadas. A primeira aconteceu no jogo contra o Barcelona de Guayaquil, em 2017, e a segunda na final diante do Lanús, ambas na Libertadores.

 

Primeira fase do Hospital Santa Ana é entregue em Porto Alegre

A Prefeitura Municipal entregou na manhã desta quarta-feira, 1º, 28 leitos da primeira fase do Hospital Santa Ana, localizado ao lado do Hospital Espírita, no bairro Teresópolis, na zona Sul. Os leitos são destinados a adolescentes masculinos de 12 a 18 anos com dependência química. O ato contou com a presença do prefeito Nelson Marchezan Júnior, o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, a presidente da Associação Educadora São Carlos (Aesc), irmã Elena Ferrarini, além de autoridades e responsáveis pela execução do projeto.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior lembrou que a entrega reverte uma série histórica de déficit de leitos em Porto Alegre, e será até o final desse ano a maior entrega de leitos em saúde mental desde o fechamento do Hospital São Pedro. "Não é apenas a entrega de uma obra, mas de um caminho de racionalidade de todo sistema. É uma parceria em nome do interesse público para atingir o maior número de pessoas", disse.

Com a abertura dessa ala, a saúde mental passa a ser destaque no atendimento de Porto Alegre. Em 2017 foram abertos 25 leitos no Hospital São Pedro, por meio Secretaria Municipal de Saúde.Em 2018 a prefeitura lançou editais para contratualização de residenciais terapêuticos e centros de atenção psicossocial, o que não acontecia na Capital deste 2012. Atualmente a cidade tem dois residenciais terapêuticos e serão abertos mais dez até o ano que vem.

"As parcerias nos permitem condições de uma rede saudável e organizada. Este é um momento de mobilização em prol da saúde de Porto Alegre. Comemoramos algo importante e estratégico", destacou o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim. Nesta quinta-feira, 2, o primeiro paciente já será transferido para o Santa Ana. A expectativa é que até o dia 1º de novembro deste ano esteja em funcionamento pleno.

No total serão 56 leitos de saúde mental, 55 leitos de longa permanência, 83 leitos clínicos e 10 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Com a nova unidade calcula-se 680 internações mensais, 1775 consultas em reabilitação, 1377 exames ambulatoriais e mais de 500 colaboradores diretos, além de 150 indiretos. O acesso ao hospital será 100% Sistema Único de Saúde (SUS) e regulado pela central de leitos. Não haverá emergência no local, todos os pacientes serão encaminhados via ambulância. A diretriz mais importante do hospital Santa Ana será a assistência a pacientes que necessitam cuidados prolongados. A expectativa da SMS é de que o hospital ofereça cerca de 600 novas vagas em hospitais gerais de alta complexidade ao mês, com a transferência de pacientes internados há mais de 30 dias para o Hospital Santa Ana.

 

Dmae vai incluir inadimplentes em cadastro do SCPC

O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) passa a utilizar, a partir desta quarta-feira (1º), uma ferramenta que vai contribuir para a eficiência na cobrança de contribuintes inadimplentes. A empresa Boa Vista SCPC (CDL Brasil), especializada em serviço de proteção ao crédito, vencedora da licitação, fará a inclusão de devedores da tarifa de água e esgoto no cadastro de inadimplentes.

Todos os usuários que tenham conta em atraso ou parcelamentos de dívidas anteriores não pagas receberão uma correspondência do SCPC com um prazo para regularização. Caso o pagamento não ocorra, o nome do usuário é encaminhado para negativação em serviços de proteção ao crédito e, posteriormente, para protesto extrajudicial.

Segundo o diretor-geral do Dmae, Darcy Nunes dos Santos, a inadimplência está hoje em 18%. A maioria (70%) é da categoria residencial. “Esta é a primeira vez que o Dmae promove este tipo de ação com o objetivo de reduzir a inadimplência”, afirma Santos.

Como regularizar:
Os contribuintes negativados pelo CDL Brasil devem procurar o Dmae nos Postos de Atendimento Comercial para verificar seus débitos. Após a negociação e pagamento, o Dmae providenciará a retirada do registro de inadimplente.

Os usuários podem acompanhar seus débitos e pagamentos pelo site do Dmae www.dmae.rs.gov.br, menu Serviços On-line > Histórico de Pagamentos ou através do telefone 156, opção 02.

 

Nota oficial sobre a greve do Simpa

A Prefeitura de Porto Alegre esclarece que, durante um ano e meio de gestão, sempre manteve o diálogo aberto com o Sindicato dos Municipários (Simpa). Foram inúmeras reuniões, sem que nenhuma sugestão de alternativa tenha sido apresentada para evitar o parcelamento de salários já anunciado por governos anteriores e de conhecimento público.

Ao contrário do diálogo construtivo, o Simpa escolheu agir de forma agressiva, com interesses partidários e eleitorais acima dos interesses dos municipários. Essas ações desqualificam o debate e são repudiadas pelo governo e pela sociedade, não contribuindo para a solução dos reais problemas da cidade, que é o nosso maior compromisso.

O atraso do salário dos servidores é o último reflexo de decisões equivocadas, cuja maquiagem para que fossem pagos em dia levou os cidadãos mais carentes a defasagem de décadas em investimentos em drenagem (R$ 3,5 bilhões), vagas em creches, saneamento (44% de esgoto não tratado), pavimentação de vias, entre outros serviços básicos não entregues à população da capital gaúcha. Os números da prefeitura são públicos e estão dentro da política de transparência da atual gestão, sendo atestados por análises reiteradas do Tribunal de Contas do Estado.

Apresentamos à Câmara de Vereadores as únicas soluções para esse problema estrutural do município. O Simpa, por outro lado, mostrou ao Legislativo e a sociedade a face mais egoísta e radical de um sindicalismo ultrapassado. Por isso, o governo municipal só voltará a receber representantes do Simpa quando a greve for encerrada e o respeito, restaurado.

Neste momento, Porto Alegre precisa de união. Os problemas são de todos e devem ser resolvidos em harmonia. Quem mais sofre com a falta de recursos é a população mais pobre, que com a greve fica carente de serviços essenciais, como o atendimento à saúde. Vivemos um período crítico, de frio intenso, e vidas podem ser colocadas em risco com esta paralisação irresponsável.

Enfim, desejamos, em nome da população de Porto Alegre, o encerramento imediato da paralisação e a volta de um debate racional sobre o desequilíbrio financeiro, que é um problema estrutural da cidade.

Prefeitura Municipal de Porto Alegre


1º de agosto de 2018

exclusivo

Chg. aos ouvidos atentos deste repórter o seguinte fato; o poeta JAIME VAZ BRASIL fez um trabalho, um poema, sobre JORGE LUIS BORGES. E mandou uma cópia a Maria kodama, a viúva do poeta argentino. Até hj ele aguarda uma resposta do que ela achou.

- poderia ter me mandado como resposta um ' palavrão' confidenciou ele, a pessoas de suas relações, mas poderia ter mandado dizer algo.E não mandou.

Como sempre se diz, o silêncio doi mais que uma resposta....aliás, o silencio já é uma resposta.

*

sobre este tipo de relação poeta,escritor/fã sou testemunha ocular de um episódio ocorrido alguns anos em São Borja. Depois de uma feira do livro, fomos para um restaurante/bar árabe no centro de SB. Era 6 feira. Um poeta de Santa Maria tinha lançado um livro e nele homenageou, não injustamente, o agora falecido poeta MARIO DORNELLES BARBARÁ, filho de SB e autor entre outros de DESGARRADOS JUNTO COM SERGIO NAPP....

- mário,disse o autor, mostrando o livro a Barbará que chegava no restaurante, te homenageei no meulivro.

Barbará simplesmente fez cara DE PAISAGEM, nem perguntou onde tinha um exemplar pra ele comprar. não disse nada e seguiu pra sua mesa com uma acompanhante...

eu fiquei decepcionado com o autor de desgarrados, mas quem manda a gente querer que nossos ídolos tenham este ou aquele comportamento. Uma x vi o prof. FISCHER dizendo que a gente não confunde AUTOR/OBRA. é que eu tava num debate sobre NELSON RODRIGUES ,de quem FISCHER é ' especialista' e começaram a descer o cacete no famoso escritor....(OC)

 

janaina

mas que ' noiva' dificil esta dr. janaina paschoal????

 

manchetes

1.

PT CONVOCA JEJUM NACIONAL PRA LIVRAR LULA DA CADEIA.

nessa eu vou. tou precisando perder uns 20 kg....

HISTORIAS DO ' FUMAÇA, DIGO FOGAÇA

ME CONTARAM QUE QUANDO ERA PREFA DA CAPITAL, FOI REELEITO, FORAM FAZER UMA REUNIÃO PRA CONSERTAR OU MELHORAR O POSTÃO DA VILA CRUZEIRO, REBATIZADO POR COLLARES SOLENEMENTE DE HPS ZONA SUL, OU ALGO SEMELHANTE. NA VERDADE É O POSTÃO DA VILA CRUZEIRO.

POIS OS CHEFES DEUM SETOR QUE LIDA COM AS MELHORIAS FORAM SE REUNIR COM FOGAÇA. ELE SIMPLESMENTE CORTOU OS ' MALES PELA RAIZ'.

- PRA QUE FAZER MELHORIAS NO POSTO DA CRUZEIRO SE LÁ OS CARAS QUEBRAM TUDO!!!!!!!!!!!!!!!

FICOU TUDO POR ISTO MESMO.

CONHEÇO VÁRIAS HISTÓRIAS DO FUMAÇA, OU FOGAÇA. AO CONTRÁRIO DO QUE PARECE, O AUTOR DE VENTO NORTE, NA HORA DO PEGA PRA CAPAR, NÃO É TÃO POETA ASSIM, NÃO. JOGA DURO....(oc)

 

Média das quatro últimas pesquisas

De: "Renato Kern"
Enviada: 2018/07/31 15:36:33



Renato Kern
rekern@me.com
http://rekern1.blogspot.com.br/
http://rekern.blogspot.com.br/

 

RECEITA DO SETOR DE MÁQUINAS CRESCEU 23% EM JUNHO

A receita líquida total dos fabricantes de bens de capital mecânicos do País totalizou R$ 7,1 bilhões em junho último, num incremento de 23,0% em relação a maio. O balanço foi divulgado hoje (31) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ).
Segundo a entidade, após a paralisação das atividades produtivas, em função da greve dos caminhoneiros, ocorrida no final de maio, no mês de junho o setor recuperou aquela perda. Já em relação a igual mês de 2017 também houve crescimento da receita de 13,1%.
Com tal resultado, o primeiro semestre de 2018 encerrou com crescimento na receita de 4,2% em relação a igual período de 2017, permitindo que a entidade mantenha suas estimativas de crescimento ao redor de 7% em 2018.

 

Rede Vero disponibiliza conta de pagamento por meio de cartão pré-pago

A rede de adquirência Vero, da empresa Banrisul Cartões, disponibiliza aos seus credenciados a opção de receber os valores das vendas em conta de pagamento, por meio do cartão pré-pago Banrisul Visa Vero, com vistas a beneficiar, principalmente, os pequenos empreendedores e autônomos.

O cartão pré-pago Banrisul Visa Vero é destinado tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas, e permite a utilização como meio de pagamento em lojas físicas e e-commerce nacionais, onde a bandeira Visa é aceita. O cartão também permite saques em dinheiro nos caixas eletrônicos do Banrisul, na rede Banco24Horas e na rede Plus Visa.

A Vero oferece, ainda, condições exclusivas para credenciamentos pela internet, por meio do site www.sejavero.com.br . “Essas são as primeiras novidades de uma série de inovações que a Vero está preparando para expandir a sua atuação nacionalmente”, destaca o diretor Comercial da Banrisul Cartões, Antônio Carlos Antunes.

 

As infecções pelo vírus tipo 2 da Diarreia Viral Bovina (BVD) devem ser consideradas risco para as fazendas?

Por Roulber Silva, médico- veterinário e gerente técnico de grandes animais da Boehringer Ingelheim Saúde Animal

Infecções pelo vírus da Diarreia Viral Bovina (BVD) são endêmicas na maioria dos países com atividade pecuária, causando prejuízos econômicos significativos para a cadeia da carne e do leite.

Baseado em propriedades antigênicas e genéticas, dois grupos do vírus causador da BVD podem ser diferenciadas: BVD tipo 1 e BVD tipo 2. As prevalências para estas espécies variam em todo o mundo, sendo que a BVD tipo 2 representa cerca de 50% dos isolados na América do Norte, enquanto a BVD tipo 1 prevalece na Europa, com mais de 90% dos isolados.

No Brasil, segundo revisão publicada por Matheus Weber e colaboradores em 2014, a prevalência de BVD tipo 1 e BVD tipo 2 é quase igualmente distribuída com frequência de 47-50% de BVD tipo 1 e 42-45% de BVD tipo 2. Essa porcentagem varia de acordo com a localidade, finalidade (gado de corte ou gado de leite) e o tipo de sistema produtivo da fazenda. A maioria dos isolados de ambas as espécies do vírus de BVD são bem adaptadas aos bovinos, sendo que infecções agudas (isto é, transitórias) com cepas de baixa virulência geralmente não são observadas e/ou reportadas, a não ser que outros fatores agravantes estejam relacionados.

Conforme mencionado, as diferentes cepas do vírus da BVD apresentam grande variabilidade de virulência. Nas infecções agudas, devido a um período de imunossupressão transitória, frequentemente haverá a presença de infecções secundárias, levando ao agravamento da doença. Esta é a maneira pela qual esse vírus participa no aparecimento de outras síndromes, incluindo casos de doenças entéricas e respiratórias. Este efeito sobre o sistema imunológico também pode levar ao desenvolvimento dos casos fatais de doença hemorrágica.

O vírus da BVD também interfere extensivamente nas funções reprodutivas, nas quais, dependendo do momento da infecção, poderá ocorrer redução significativa nas taxas de concepção e aumento na incidência de abortos, malformações, natimortos ou o nascimento de animais persistentemente infectados (PI), que são animais imunotolerantes ao vírus. Devido à constante eliminação do vírus por estes animais, eles representam a principal fonte de disseminação do vírus no rebanho. Dessa forma, sua identificação torna-se ponto fundamental em programas de controle ou erradicação da BVD.

Prevalência para BVD – Nos últimos 40 anos, a BVD tornou-se endêmica em todos os países europeus onde não foram implementados programas de controle sistemático da doença. Nessas condições, aproximadamente 50% de todos os rebanhos possuíam animais PI, assim como 90% de todos os animais sofreram exposição ao vírus durante sua vida. Adicionalmente, foi observada alta correlação entre prevalência para BVD e densidade de animais em áreas endêmicas.

Até agora, a presença de BVD tipo 2 foi reportada em diversos países, como Alemanha, Bélgica, França, Holanda, Áustria, Eslováquia, Itália, Reino Unido, América do Norte e Brasil.

De acordo com relatório do Laboratório de Saúde Animal e Veterinária (AHVLA) no Reino Unido de 2013, foram identificados surtos de BVD tipo 2 na Alemanha e isso foi posteriormente relatado no ProMed1. Até aquele momento, 16 rebanhos na North Rhine Westphalia e na Baixa Saxônia relataram surtos causados por BVDV tipo 2. Tais surtos foram caracterizados por sinais de dificuldade respiratória, depressão, febre alta, fraqueza, diarreia sanguinolenta e alta mortalidade (30-50%), que afetaram tanto bezerros quanto animais adultos.

A BVD é notificável na Alemanha e os rebanhos afetados foram inicialmente submetidos a restrições no trânsito de animais (a não ser que fossem diretamente para o abate) e vacinação do rebanho. Os rebanhos próximos também foram vacinados como medida preventiva. A Holanda reportou cinco rebanhos de bezerros infectados, provenientes de importações diretas da Alemanha. A infecção teve grande impacto nesses rebanhos, com casos de mortalidade de até 90% dos bezerros. A Bélgica também importa bezerros da Alemanha, mas não houve relatos de nenhum surto. O vírus de BVD tipo 2 já foi previamente isolado na Alemanha, mas sem a presença de sinais clínicos severos. A prevalência permanece muito baixa em ambos os países afetados e a disseminação entre fazendas vizinhas e países importadores ainda parece ser muito limitada.

Infecções pelo vírus de BVD tipo 2 também foram reportadas no Reino Unido, mas representam fração muito pequena de todas as cepas identificadas, sendo isolado muito raramente. Adicionalmente, a subtipagem das cepas não é rotineiramente realizada. Portanto, ainda não se sabe o quão significativa é a presença deste genótipo.

Com prevalências do BVD tipo 2 variando de 42-45% demonstra a existência de desafio muito maior desse grupo antigênico no Brasil e fica evidente a importância da BVD tipo 2 e seus riscos para propriedades de corte e de leite em nosso país.

Sobre a Boehringer Ingelheim Saúde Animal

Segunda maior empresa de saúde animal do mundo, a Boehringer Ingelheim conta com mais de 10 mil funcionários no mundo, tem produtos disponíveis em mais de 150 mercados e presença global em 99 países.

A Boehringer Ingelheim

Medicamentos inovadores para pessoas e animais têm sido, há mais de 130 anos, o foco da empresa farmacêutica Boehringer Ingelheim. A Boehringer Ingelheim é uma das 20 principais farmacêuticas do mundo e até hoje permanece como uma empresa familiar. Dia a dia, cerca de 50.000 funcionários criam valor pela inovação para as três áreas de negócios: saúde humana, saúde animal e fabricação de biofarmacêuticos. Em 2016, a Boehringer Ingelheim obteve vendas líquidas de cerca de 15,9 bilhões euros e investiu 19,6% do faturamento em pesquisa e desenvolvimento (mais de € 3 bilhões). A responsabilidade social é um elemento importante da cultura empresarial da Boehringer Ingelheim, o que inclui o envolvimento global em projetos sociais como o “Mais Saúde” e a preocupação com seus colaboradores em todo o mundo. Respeito, oportunidades iguais e o equilíbrio entre carreira e vida familiar formam a base da gestão da empresa, que busca a proteção e a sustentabilidade ambiental em tudo o que faz. No Brasil, a Boehringer Ingelheim possui escritórios em São Paulo e em Campinas e fábricas em Itapecerica da Serra e Paulínia. Há mais de 60 anos no país, a companhia estabelece parcerias com instituições locais e internacionais que promovem o desenvolvimento educacional, social e profissional da população. A empresa recebeu, em 2017, a certificação Top Employers, que a elege como uma das melhores empregadoras do país por seu diferencial nas iniciativas de recursos humanos. Para mais informações, visite www.boehringer-ingelheim.com.br ou em nosso relatório anual: http://annualreport.boehringer-ingelheim.com.

 

Exibição de filme sobre embaixador brasileiro durante a Segunda Guerra chega à Capital

Luiz de Souza Dantas salvou a vida de milhares de judeus europeus. Exibição em Porto Alegre tem o apoio da FIRS.

Entre os dias 2 e 15 de agosto, o filme “Querido Embaixador” será exibido de forma promocional em 20 cinemas brasileiros. A película conta a história do embaixador Luiz de Souza Dantas, que emitiu vistos para milhares de judeus europeus, para que viessem construir suas vidas no Brasil, durante a Segunda Guerra Mundial.

A exibição porto-alegrense do filme tem o apoio da Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS). No estado, o Cinemark Barra Sul, em Porto Alegre, exibirá o filme dentro do projeto “Projeta às 7”. As sessões terão ingressos por R$ 12 (entrada inteira) e R$ 6 (meia-entrada), e ocorrerão de segunda a sexta-feira, às 19h.

Após a exibição por meio do “Projeta às 7”, o filme “Querido Embaixador” entrará em circuito nacional, em outros cinemas e cidades do Brasil.

 

Doações por meio de aplicativo viabilizam obra viária na zona Sul

Reduzir em até 50% o tempo de deslocamento nos horários de pico, com mais segurança na circulação, previsão de redução de 25% em acidentes e feridos, no eixo da Wenceslau Escobar, Cel. Marcos e Tramandaí, um dos gargalos no trânsito da Capital. Este é o objetivo da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade (Smim), através da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), com as obras de engenharia viária que iniciaram nesta terça-feira, 31, na zona Sul. É o primeiro projeto desenvolvido a partir de doações da ferramenta ConstruaPOA, disponível no aplicativo #EuFaçoPOA. A ordem de início foi marcada por um ato, realizado na sede da Associação dos Servidores do Banco Central de Porto Alegre (Asbac).

Entre as diversas medidas a serem implantadas, já debatidas com as comunidades envolvidas, como remoção de canteiros centrais, postes, retiradas de semáforos, ordenação de acessos e qualificação de conversões, está a implantação de uma faixa reversível semaforizada para circulação dos veículos na Wenceslau Escobar. Com extensão de aproximadamente 450 metros, a faixa com alterações no fluxo ficará localizada no trecho entre a interseção da Wenceslau Escobar com a rua Professor Xavier Simões (via de acesso ao bairro Sétimo Céu) e a curva da Sociedade de Engenharia (fim da avenida Wenceslau Escobar).

As obras acontecerão nos trechos 1 e 2, com serviços realizados prioritariamente à noite e aos finais de semana. O serviço no trecho em obras terá apoio dos agentes da EPTC, com acompanhamento de imagens por câmeras. “A faixa reversível, somada às demais ações de engenharia viária, é uma medida que visa a otimizar a circulação em áreas que enfrentam limitações de porte, como é o caso daquela região da zona Sul. A faixa terá indicação semaforizada, funcionando em três pistas. Duas delas terão sentido único nos horários de pico, manhã (bairro-Centro) e à tarde, fluxo do Centro para o bairro. É um investimento da prefeitura, mas também com apoio privado”, explica a diretora técnica da EPTC, Carla Meinecke.

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, que participou do ato, parabenizou a iniciativa. Destacou que o ConstruaPOA é uma evolução do aplicativo da prefeitura, que tem como objetivo aproximar os serviços, aproximar as entregas da sociedade, com transparência: “Através da ferramenta, a sociedade tem a segurança de que está doando algo, vendo onde chega e quem beneficia com a doação. Com certeza a iniciativa será aplicada em outras regiões, após o sucesso desse projeto”.

O presidente da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), Renato Zimmermann, relata que o aplicativo deu a segurança necessária para a associação, junto com outras empresas, colaborar com a comunidade: “A gente conheceu o ConstruaPOA e percebeu, pelo que está detalhado, pelo projeto, os detalhes, os investimentos a serem feitos e, desta forma, a AABB e as outras empresas tiveram a segurança, por essa transparência, e pelo resultado, em fazer a doação.”

Através do aplicativo, o município recebeu a doação de 3.500 kg de cimento asfáltico e 416 kg de cola para fixação de tachões, o que representa 15% do material necessário para o projeto. O secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Luciano Marcantônio, parabenizou os envolvidos no projeto, em especial a participação da sociedade civil, que, junto com o município, encontraram uma solução para melhorar a mobilidade da região.

A área beneficiada envolve uma população de 110 mil habitantes (censo IBGE/2010). Os moradores estão distribuídos, basicamente, nos seguintes bairros da região: Cristal, Vila Assunção, Tristeza, Vila Conceição, Ipanema, Jardim Isabel e Pedra Redonda. De acordo com levantamento técnico da EPTC, 26 mil veículos/dia fazem seus deslocamentos pela rota de 2,2km da Wenceslau / Cel. Marcos / Tramandaí, entre 7h e 19h, além de 40 mil passageiros do transporte coletivo por sentido. Tempo médio de viagem entre 18 e 24 minutos. Os principais gargalos estão localizados nos seguintes pontos: acesso ao Sétimo Céu, área da AABB, canteiros e travessias, Travessa Pedra Redonda, acesso ao Colégio Marista Ipanema, semáforo em três tempos na Tramandaí x Dea Coufal e o ponto da rotatória da Tramandaí x Comendador Castro.

ConstruaPOA, ferramenta do aplicativo #EuFaçoPOA:

A ferramenta ConstruaPOA foi desenvolvida pela Procempa, em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim) e EPTC. “É mais uma funcionalidade, das mais de 20, que temos hoje disponíveis no #EuFaçoPOA, o aplicativo de serviços e participação da sociedade junto à administração municipal”, destaca o presidente da Procempa, Paulo Miranda. O diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti, explica que a ferramenta é uma resposta do município a um pedido da sociedade para realizar doações, com amparo legal e de forma transparente. “Quem faz a doação sabe onde será aplicado. É possível consultar o diagnóstico e objetivo de cada projeto, recebimento de sugestões, doações de materiais e insumos, apresentação dos recursos que serão investidos em serviços e sinalização, etapas concluídas e, após a conclusão, os resultados” comenta Soletti.

No aplicativo, os projetos estão separados por categoria:

- Saúde

- Educação

- Inovação

- Mobilidade

As doações podem ser realizadas apenas através de material a ser usado na obra/projeto. Fica vedada a doação em dinheiro, exceto na hipótese de se tratar de doação destinada a projeto ou atividade relacionada à educação para mobilidade. Os doadores podem indicar a destinação específica do bem ou serviço doado, desde que atendido o interesse público. Fornecedores da prefeitura não podem realizar doações. Mais informações no aplicativo, #EuFaçoPOA, aba ConstruaPOA.

Para baixar o #EuFaçoPOA

App Android

App iOS

 

Primeira fase do Hospital Santa Ana será entregue nesta quarta-feira

Os primeiros 28 leitos do Hospital Santa Ana serão entregues à cidade nesta quarta-feira, 1º, às 10h. Os leitos serão destinados a adolescentes masculinos de 12 a 18 anos com dependência química. O Hospital Santa Ana é resultado de parceria entre a prefeitura e a Associação Educadora São Carlos (Aesc). O funcionamento pleno está previsto para 1º de novembro. Até o final de outubro, os 204 leitos devem ser entregues em três etapas.

Será um hospital 100% SUS e totalmente regulado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), sem serviço de emergência, para servir como retaguarda para os grandes hospitais que prestam serviço ao SUS na cidade. O Santa Ana ocupará área ao lado do Hospital Espírita. Serão dois prédios. O anexo, que será entregue nesta quarta, e o principal, cujas obras estão em andamento, com previsão de finalização para final de outubro.

A diretriz mais importante do hospital Santa Ana será a assistência a pacientes que necessitam cuidados prolongados. A expectativa da SMS é de que o Santa Ana ofereça cerca de 600 novas vagas em hospitais gerais de alta complexidade ao mês, com a transferência de pacientes internados há mais de 30 dias para o Hospital Santa Ana.

O Hospital Santa Ana está localizado na Praça Simões Lopes Neto, nº 175, bairro Teresópolis.

ATENÇÃO:

Pauta: Cerimônia de entrega da 1ª fase do Hospital Santa Ana
Data: quarta-feira , 1º de agosto
Horário: 10h
Local: Praça Simões Lopes Neto, nº 175, bairro Teresópolis

 

Partido da República decide apoiar coligação com o MDB

Crédito: Luiz Chaves

Convenção do PR ocorreu na segunda-feira, 30 de julho

O governador José Ivo Sartori participou, nesta segunda-feira, 30, da convenção do Partido da República (PR) que definiu apoiar, por unanimidade, a coligação do MDB nas eleições de outubro. O congresso estadual, realizado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, reuniu dirigentes, apoiadores e militantes. O PR também definiu as coligações para a eleição de 2018 e a nominata com os sete candidatos a deputado federal e 26 a deputado estadual.

Sartori afirmou que o PR vem para dar continuidade na construção de dias melhores para a sociedade e destacou que o partido, com seus deputados, sempre ajudaram a criar as mudanças estruturais necessárias no Rio Grande do Sul.

“Sei que o PR pode contribuir com um olhar diferente. Seja para a educação das escolas agrícolas, seja também para avançar na questão do cooperativismo, ou seja na área da saúde com práticas integrativas”, destacou.

O governador também ressaltou que é preciso objetividade e clareza para construir essas novas práticas que devem servir para a modernização do Estado e do poder público. “Só a abnegação é que faz com que o Rio Grande seja maior. Se a pessoa estiver pensando só em si e em seus interesses pessoais, não vai construir aquilo que é o desejo de todos os gaúchos e de todas as gaúchas”, afirmou.

O presidente estadual do PR, deputado federal Giovani Cherini, disse que o partido está muito feliz com a caminhada que está sendo construída. “Estamos começando com o pé direito para que possamos fazer uma boa caminhada. E A boa caminhada é aquela que você pode fazer de cabeça erguida, de ter feito o que podia, o que era possível e viável. Mas acima de tudo, de ser honesto. E essa é a palavra que a gente mais escuta do governador. Ele é um homem honesto”, ressaltou.

O vice-presidente nacional do PSB, Beto Albuquerque, que foi aclamado candidato ao Senado no dia 21 de julho, durante convenção que confirmou a aliança com o MDB nas eleições, falou que esta é mais uma aliança que vem somar e dar continuidade ao projeto que já vem sendo construídos desde 2015 para superar as dificuldades.

“Hoje o Rio Grande do Sul não está mais prostrado, de joelhos. O Rio Grande está de pé e agora com a mobilização de todos vamos fazer esse Rio Grande andar e ajustar aquilo que ainda não conseguimos fazer”, enfatizou.

O presidente do MDB gaúcho, deputado Alceu Moreira, também participou da Convenção do PR.

O MDB realiza a convenção estadual no próximo domingo, 5 de agosto, às 8h30, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa. Nessa data, será decidido se o partido lança o governador José Ivo Sartori como candidato à reeleição. Além disso, também serão oficializadas as candidaturas da chapa proporcional.

 

Paróquia São Luís Gonzaga completa 145 anos hoje

Paulo Vendelino Kons

Historiador

Há exatos 145 anos, em 31 de julho de 1873, a lei provincial nº. 693 criou a Freguesia (Paróquia) São Luiz Gonzaga.

“É feliz quem gosta de se lembrar de seus ancestrais, que fala com alegria de seus feitos e de sua grandeza e quem, no final da bonita fila, vê colocado, silenciosamente, o seu próprio nome.” Johann Wolfgang von Goethe

A memória e o conhecimento da própria história, além de instigar nossa atitude crítica perante a vida e nós mesmos, são patrimônios singulares e muito preciosos de uma comunidade. São formadores da matéria-prima essencial e insubstituível à construção do amanhã. A consciência do que fomos e do que somos é que nos permite, dia a dia, moldar o que seremos, ou do que poderíamos vir a ser. Assim entendemos relevante deixarmos os "fatos falarem", ressaltando o traço humano nos episódios históricos e compartilhamos o pensamento do teólogo Dietrich Bonhoeffer (enforcado pelos nazistas) de que “o respeito pelo passado e a responsabilidade pelo futuro dão à vida a direção certa”.

A Lei Provincial nº. 693 criou a Freguesia (Paróquia) São Luiz Gonzaga em 31 de julho do ano da graça do Senhor de 1873, na festa de Santo Iñigo López de Oñaz y Loyola, mais conhecido no Brasil como Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus, ordem a qual São Luís Gonzaga integrou até ser vitimado precocemente em função de sua dedicação aos atingidos pela peste, na noite de 20 para 21 de junho do ano de 1591, em Roma. No tempo presente o mais eminente integrante da Ordem Jesuíta é o Papa Francisco.

Desde a chegada dos imigrantes pioneiros, que em 4 de agosto de 1860 instalaram o núcleo colonial Itajahy (Brusque), o diretor da Colônia, Barão austríaco Maximilian von Schneéburg, reivindicava junto ao governo provincial um sacerdote católico. Em 9 de junho de 1861 a colonia Itajahy (Brusque) recebeu a primeira visita eclesiástica. Proveniente da freguesia (paróquia) São Pedro Apóstolo de Gaspar, Padre Francisco Maximiliano Alberto Gattone permaneceu sete dias com os colonos.

Em 1.862, Schneéburg oficia ao presidente da Província de Santa Catarina, Padre Dr. Vicente Pires da Mota, reivindicando a criação da Freguesia. Até aquele ano, quatro capelas foram instaladas no núcleo colonial, sendo que três já haviam sido abençoadas pelo Padre Gattone. A primeira delas foi a igrejinha construída em fins de 1861, dedicada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - "Maria Hilfskapelle"- na Guabiruba Norte.

Na sede da Colônia, as funções religiosas eram realizadas, inicialmente, num galpão que abrigava imigrantes e, posteriormente, numa frágil capelinha.

Após infrutífera espera, Pedro José Werner e Pedro Jacob Heil, em 21 de maio de 1864, solicitaram a administração da Colônia permissão para construírem - com recursos próprios e de outros fiéis - uma igreja na sede, sob a invocação de Nossa Senhora do Socorro, "por ser esta a padroeira escolhida pelos colonos", conforme atesta o Barão von Schneéburg em documento remetido ao presidente da Província. Medindo aproximadamente oito metros de largura por 15 de comprimento, o templo contava com 28 bancos, um confessionário, o altar mor envernizado e um sino de sete arrobas.

Festiva e solenemente abençoada nos dias 17 e 18 de novembro de 1866, pelo Padre Gattone, a igreja localizava-se onde atualmente encontra-se a imponente Matriz São Luís Gonzaga.

O referido sino foi doado ao Museu Arquidiocesano Dom Joaquim, em Azambuja, e é conhecido por "Ana Suzana".

Em 16 de abril de 1.867, através de Portaria Imperial, foi criada a Capelania, sendo o padre Alberto Gattone transferido para a Colônia.

A criação da Paróquia

A freguesia de São Luiz Gonzaga, reivindicada por Schneéburg desde 1862, foi criada em 31 de julho de 1873, através da Lei Provincial nº. 693. Engenheiro civil graduado pela Universidade do Brasil, o Dr. Luís Betim Pais Leme constitui-se no mais profícuo administrador das Colônias Itajahy e Príncipe Dom Pedro – formadoras da Freguesia de São Luís Gonzaga. Paes Leme foi diretor das Colônias de 1º. de janeiro de 1872 a 1º. de dezembro de 1875. Além da conclusão da ligação rodoviária com o porto de Itajaí, na sua gestão foi construída a Casa da Diretoria e deu início a construç&ati lde;o da Igreja Matriz.

Com pedra fundamental lançada no Dia de São Luís Gonzaga de 1974 (21 de junho), "o mais belo templo da Província de Santa Catarina", segundo o Presidente da Província, foi solenemente abençoado em 1877, pelo padre Gattone. O gótico templo foi demolido somente em 1953.

Além de Padroeiro, o protetor mundial dos jovens - por sua tenacidade e perseverança em perseguir o ideal de santidade, desde a mais terna idade - vitimado precocemente em função de sua dedicação aos atingidos pela peste, no ano de 1591, em Roma, São Luís Gonzaga também deu origem à primeira denominação de nosso Município, quando criado a 23 de março de 1881, através da Lei Provincial Nº 920. A instalação do novo Município deu-se somente em 8 de ju lho de 1883, com a posse dos primeiros vereadores, que administravam os municípios no período imperial. A denominação São Luiz Gonzaga foi alterada para Brusque em 17 de janeiro de 1890. São Luís Gonzaga é também intercessor das pessoas acometidas da Síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

Padre Gattone permaneceu em Brusque até 1882. Seus sucessores foram os Padres Arcângelo Gananini, João Fritzen e Antonio Eising (Frei Capistrano).

Padre Antônio Eising, nomeado em 18 de agosto de 1892 cura da Paróquia São Luís Gonzaga, teve uma atuação decisiva para a consolidação da Paróquia. Comprou uma área de 92.956 m², onde a paróquia está sediada e adjacências em 14 de novembro de 1893. Crescendo o número de romeiros e vendo a importância espiritual que alcançava Azambuja, Padre Antônio Eising iniciou a construção de uma nova igreja em 1892. Com 12 metros de comprimento e 10 metros de largura, fora o presbitério, a obra foi concluída em 1894.

Em 4 de abril de 1884, a Lei Provincial nº 1074 criou o Curato de Nova Trento, vinculado a Paróquia São Luís Gonzaga.

A primeira Visita Pastoral, realizada por Dom José Camargo de Barros, Bispo de Curitiba, ocorreu em 25 de agosto de 1895. Foram dois dias e meio de muitas atividades.

A Paróquia de São João Batista esteve anexa a Paróquia São Luís Gonzaga de 1899 até 1902.

Em abril de 1900, Padre Eising comprou para a paróquia São Luís Gonzaga o lote nº. 16 da linha Azambuja, pertencente a Pietro Colzani. Em 1901, foi construída uma casa de madeira, onde foram colocados doentes: metade para doentes gerais e metade para doentes mentais. Quando da inauguração oficial, na solenidade dos apóstolos São Pedro e São Paulo, em 29 de junho de 1902, a Santa Casa de Misericórdia já englobava um hospital, um asilo, um orfanato e um hospício. Também de iniciativa do Padre Eising, a fundação da Escola Paroquial, a primeira Escola Católica de Brusque, que localizava-se na antiga casa do imigrante alemão Carl Marcus Peiter (ferreiro) e que depois pertenceu aos Krieger (alfaiataria) onde funcionou de 1903 a 1908.

Padres Dehonianos assumem a Paróquia

Em 1904 os Padres do Sagrado Coração de Jesus assumiram a Paróquia. O Padre Gabriel Lux, assume os trabalhos como Vigário de Brusque de 1904 a 1905. Em 1º. de setembro de 1905, Dom Duarte Leopoldo e Silva (Bispo de Curitiba) separou da Paróquia, o Santuário de Azambuja, que permaneceu como curato.

Fundador da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, Padre João Leão Dehon visitou Brusque em 10 de novembro de 1906. Na ocasião Padre Dehon declarou a casa de Brusque "Notre Maison", casa central de sua fundação missionária.

Primeiro Bispo de Florianópolis, Dom João Becker realizou sua Visita Pastoral a Brusque de 22 a 27 de maio de 1909. Durante sua visita, Dom João inaugurou a nova sede do Colégio Paroquial, posteriormente Santa Antônio. Hoje Colégio São Luiz.

Em 31 de julho de 1912, através de Decreto Episcopal, foi desmembrado de Brusque a Paróquia de Porto Franco (hoje Botuverá), tendo por orago São José, esposo da Virgem Maria.

Padre Germano Brand, em 12 de setembro de 1923, lançou a pedra fundamental do primeiro Seminário Menor, que foi denominado de Colégio Sagrado Coração de Jesus. Também sob a liderança do sacerdote houve a criação de um engenho de serra e uma oficina de fabricação de móveis. Em 24 de março de 1929 ele fundou a Tipografia Leão Dehon, que além de atender às encomendas do comércio, editou a Revista "Der Wegweiser", que em português significa "Rumo da Vida". O periódico chegou a contar com oito mil assinantes. Em 1930 a paróquia de Brusque conseguiu adquirir um órgão de tubo e quatro sinos de bronze, provenientes da Alemanha. Padre Germano foi o responsável também pela construção da Casa São José e a criação da Escola de Agricultura e Comércio, a pioneira em Santa Catarina.

Em 23 de abril de 1953, após a transladação da imagem de São Luís Gonzaga para a Casa São José, previamente preparada para funcionar como Igreja Matriz, foi dado início a demolição do templo utilizado para o culto divino durante mais de sete décadas. Em 25 de abril de 1955 foi procedida a benção da pedra fundamental da nova Matriz, projeto arquitetônico do arquiteto alemão Gottfried Boehm. As Missas passaram a ser celebradas no novo templo no ano de 1962. Totalmente construído de blocos irregulares de granito, possuindo 16 colunas a sustentar a abóboda de 26,40 metros e um imponente pórtico, que abriga os sinos, a Igreja Matriz S& atilde;o Luís Gonzaga marca o centro de Brusque.

Idealizada pelo Padre professor doutor Orlando Maria Murphy-SCJ, a Fundação Educacional de Brusque - FEBE foi criada em 1973.

A Freguesia (Paróquia) de São Luiz Gonzaga é a paróquia mãe das Paróquias São José (de Porto Franco, hoje Botuverá, e desta a Paróquia de São Sebastião, de Vidal Ramos), a Paróquia São Virgílio de Nova Trento, a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Guabiruba), as paróquias São Judas Tadeu, Nossa Senhora de Azambuja, Santa Catarina e Santa Teresinha (Brusque). A Paróquia São João Batista esteve anexa à Paróquia São L uís Gonzaga de 1899 até 1902.

Nota: Até a gestão do Pároco Padre Eli Lobato dos Santos – SCJ (sobrinho neto de Monteiro Lobato), a grafia do nome da Paróquia era São Luiz Gonzaga, sendo alterada então para São Luís Gonzaga.

Contato: paulo_kons@yahoo.com.br e 47 9 9997 9581

Igreja São Luís marca o Centro de Brusque

Paulo Vendelino Kons

Historiador

Parte integrante da magna mobilização da comunidade para comemorar o primeiro centenário de fundação da colônia que originou Brusque, a Igreja Matriz São Luís Gonzaga é merecedora de admiração dos que visitam nossa Cidade, destacando-se imponente no centro da cidade. Mas ainda está inconclusa, segundo e entendimento do saudoso Padre Eloy Dorvalino Koch, SCJ.

As manifestações religiosas sempre foram acentuadas em Brusque. Presentes desde a gênese da colonização oficial no vale do Itajaí Mirim, protagonizada pelos 55 pioneiros alemães liderados pelo barão von Schneéburg no ano da graça do Senhor de 1860. Foi a fé em Jesus Cristo que fortaleceu nosso imigrante nas enormes dificuldades e toda sorte de privações materiais.

Os alemães - tanto os católicos, quanto os luteranos - muito zelosos para com as Igrejas. Os italianos deram início ao complexo religioso, sócio-cultural, educacional e de saúde de Azambuja. Amábile Lucia Visintainer, a Madre Paulina, chegou com nove anos, em 1875, e estabeleceu-se provisoriamente na rua das "Carreiras" (Hercílio Luz).

O próprio Município, quando criado, recebeu a denominação São Luiz Gonzaga.

A primeira homenagem oficial a Santa Paulina deu-se com a sessão solene da Câmara Municipal, na Casa de Brusque, em 8 de agosto de 1991, na qual foi outorgada a Comenda do Mérito Municipal ao historiador Ayres Gevaerd (representado pelo Arcebispo emérito Dom Afonso Niehues) e instalada a fotografia de Madre Paulina na galeria de personalidades da história regional.

E para celebrar o primeiro centenário, uma singular Igreja Matriz foi projetada. Partícipe dos encaminhamentos para a construção do novo templo e da Comissão Organizadora dos festejos do Centenário, Padre Eloy Dorvalino Koch, SCJ (*15 de novembro de 1920 + 21h40min de 15 de fevereiro de 2011) entendia que a Igreja ainda está inconclusa:

A IGREJA MATRIZ DE BRUSQUE

Eloy Dorvalino Koch, scj.

Doutor em Educação -USP

A primeira igreja-matriz de Brusque, de alvenaria, com uma torre, e em estilo gótico-, foi inaugurada em 1877, com a bênção litúrgica do seu primeiro pároco: o Pe. Alberto Gattone. Igreja que, na época, era considerada “o mais belo templo de Santa Catarina” (Álbum do Centenário”, p. 263).

1- Projetos da Nova Igreja

Pe. Luiz Gonzaga Steiner, scj foi nomeado pároco aos 13/03/1949. Pe. Vicente Schmitz, seu antecessor, já dera um início de ampliação ao templo, de cada lado da torre. Mas Pe. Luiz acabou preferindo a construção de uma igreja nova, até porque já se respirava uma atmosfera de 1º centenário de Brusque.

O prestígio do arquiteto alemão, Simão Gramlich, estava em alta com suas igrejas em estilo gótico: em Azambuja, Gaspar, Itajaí, Rio do Sul, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e em outras cidades; e do agrado da respectiva comunidade. O pároco, todo empolgação, logo encomendou, ao referido arquiteto, um projeto para a “sua” igreja; que seria de duas torres. E teria dois pisos: o inferior, seria uma cripta, destinada às missas cotidianas; o piso superior ficaria reservado para as missas dominicais e festividades maiores.

Assim que o Pároco recebeu o projeto, colocou-o, cheio de otimismo, em exposição na secretaria paroquial. Mas os Superiores de sua Congregação não confiavam na sua capacidade administrativa, alertando, pois, o Sr. Arcebispo no sentido de lhe exigir uma Comissão Construtora.

Obediente, o Pároco nomeou uma Comissão, assim constituída: Dr. Guilherme Renaux (Presidente), Sr. Otto Schaefer (Vice Presidente), Sr. Érico Contesini (Tesoureiro), Dr. Ivan Walendowski (Engenheiro) e Dr. Carlos Moritz. Comissão que foi aprovada pelo Sr. Arcebispo.

A 1ª reunião (1952) teve lugar no tradicional Salão São José, e com alguma afluência de paroquianos. No palco, tomaram seus lugares os membros da Comissão, e também o Pároco. Ao lado, destacava-se o referido projeto - Gramlich.

Em poucas palavras, embora educada e diplomaticamente, Dr. Guilherme derrubou o projeto – Gramlich, e levou a Comissão a optar por um novo projeto, desta vez a cargo do alemão Gottfried Böhm, o arquiteto da nova igreja de Blumenau.

Ao Pe. Luiz G. Steiner, apenas restou-lhe dizer “sim”, e empalidecer de frustração e humilhação, provocadas, bem se vê, pelo Presidente da Comissão.

2 – A falta de Acabamento

Houve grande empenho da parte dos párocos, e generosos sacrifícios da população brusquense, para erguer tão colossal monumento de Fé. Mas falta-lhe ainda, ao templo, a concreção de alguns elementos previstos no projeto original:

a) As estátuas de madeira dos quatro evangelistas, em tamanho natural, e que podem ser pintadas com as cores vigorosas (não berrantes) do “bordô” e do “azul”, e cujos suportes já se acham embutidos nas paredes centrais;

b) As 14 estações da via-sacra, a serem esculpidas em madeira, e instaladas em nichos, abertos aos pares em ambos os paredões do campanário.

3 – Problemas Artístico – Pastorais

De posse de razoáveis noções de estética, permita-me o benévolo leitor tecer algumas considerações a respeito.

O problema está em pintar ou não pintar o interior do templo. Do material empregado na construção da igreja, destaco a pedra e o concreto armado.

A pedra, arrancada de natural pedreira, é material nobre. A merecer, pois, respeitada em sua original pureza. Já com o concreto armado não se dá o mesmo. Pois é um compacto bruto e artificial de construção. Não tendo nada que ver com material nobre.

Ora, a mesma realidade ocorreu, anteriormente, na construção da igreja de Blumenau. Seu pároco, o arrojado e inteligente Frei Braz Reuter, não teve dúvidas: tudo quanto fosse de concreto armado (colunas, arcadas e detalhes), ele o mandou pintar com tinta clara (não branca); só deixando ao natural as pedras, que compõem as paredes. De sorte que o próprio arquiteto acabou aprovando a iniciativa do Sr. Pároco.

Com o apoio de Frei Braz e do exímio arquiteto Böhm, creio estarmos autorizados a aplicar as mesmas medidas ao acabamento da igreja – matriz de Brusque. E com mais fortes razões, dado que as pedras da nossa igreja são cinzentas, e nada artisticamente trabalhadas. Sua cor é inexpressiva, sem calor para um ambiente de funções religiosas.

Quando o Sr. Arquiteto esteve em Brusque (1953) para examinar a localização da nova igreja, ousei fazer-lhe a pergunta sobre se o projeto estaria de acordo com os requisitos da Liturgia Católica. A resposta veio direta e precisa: “Ich zeichne nur was ich glaube” (Só projeto o que eu creio).

Mais adiante, fiz-lhe a sugestão de importar pedras rosáceas de Blumenau para a construção de nossa igreja. Não aceitou a proposta. Guiado por senso litúrgico, dava preferência ao nosso material, para melhor traduzir, disse ele, uma oferta da comunidade a Deus, mediante “dons naturais” da própria região.

E assim ficamos com as nossas inexpressivas pedras cinzentas. Por outro lado, o arquiteto mostrou-se de pleno acordo com a feliz idéia das pinturas acima indicadas. E até sugeriu algumas pinturas a mais. Segundo ele, e apesar das pedras cinzentas, também poderia pintar-se a parede do presbitério; bem como, na largura de um metro, a parte inferior das paredes centrais. Sendo que esta faixa poderia ser ilustrada com o simbolismo da videira e do trigo -, trabalho esse que seria efetuado com o auxílio de “spray”, sob a orientação de um técnico da Alemanha, gratuitamente por ele posto à disposição da Comunidade.

Quer-me parecer, no entanto, que esta última sugestão do arquiteto esteja beirando o exagero, por desrespeito ao natural das pedras.


Conclusões

De pouco ou nada nos servem avaliações de curiosos turistas. Mais interessados no exótico da arte, e sem perceberem os entraves psicológico-pastorais. Mais voltados para a distribuição de gentilezas e agrados à população.

Com longa e larga experiência de vida brusquense, sabe-se que bom número de fiéis preferem freqüentar o santuário de Azambuja. A dizer-nos, por sua preferência, que o templo deve primar pelo acolhimento, a começar pelos atrativos de suas condições ambientais. A dizer-nos, outrossim, que teria sido preferível o projeto- Gramlich da igreja-matriz.

Até porque a cultura catarinense, já meio tropicalizada, pende mais para o tom aprazível das cores alegres do que para o das cores austeras das regiões nórdicas. Ao que tudo indica, também o Sr. Arquiteto vinha de aprender essa lição tropical. Permita-me um gracejo: ele até apreciou uma feijoada que lhe ofereci em Balneário Camboriú...

Sem nada dramatizar com o proverbial “leite derramado”, creio valer a pena aplicar estratégias adequadas a melhorar, psicológica e pastoralmente, também o ambiente físico do nosso espaço eclesial.

No mês de maio de 1988, a Paróquia teve a última visita do arquiteto Böhm, que vinha de Blumenau. Esteve conosco por vários dias. O pároco, Pe. Nelson Tachini, deu-lhe todas as atenções. Do novo diálogo sobre o acabamento e os melhoramentos do templo, foram incumbidos os padres Valberto Dirksen e Dorvalino Eloy Koch. Acompanhou-os o engenheiro Orlando Schaefer, do Conselho Pastoral. Tudo foi relatado ao Pároco Tachini. De lá para cá, tudo continua imexível.

 

do Espaço Vital

Advogado com 18 de idade é o mais jovem do Brasil

Foto: Jabes Barros de Souza / OAB-DF

Com apenas 18 anos de idade, Mateus Costa Ribeiro se tornou na última sexta-feira (27) o advogado mais jovem do Brasil, ao prestar compromisso e receber sua carteira da seccional do Distrito Federal da OAB. Aos 14 anos, o jovem foi aprovado em Direito na Universidade de Brasília (UnB) e conseguiu iniciar os estudos após obter uma liminar.

"É uma honra para mim. A advocacia é a profissão de grandes personalidades, e saber que sou o mais jovem dessa profissão tão grandiosa significa muito para mim. O que contribuiu para que eu conseguisse chegar até aqui foi a bagagem que eu criei com os ensinamentos dos meus pais" - disse Mateus, durante a cerimônia.

Emocionados, o pai, João Costa Ribeiro, e a mãe, Rosilene Costa Ribeiro, homenagearam o filho. "A pressão para que fizesse Direito foi implícita, é um sentimento que está no DNA de todos nós. Esse momento é a coroação de um trabalho feito de sonhos" - ressaltou Rosilene.

Vindo de uma família de advogados, Mateus teve contato com o Direito desde a infância. Assim como ele, os irmãos também seguem a profissão. Até então, era de João Neto Costa Ribeiro, hoje com 27 anos, o posto de advogado compromissado mais novo de Brasília, aos 22.

A irmã, Clarissa Costa Ribeiro, de 20 anos, está no último ano do curso na UnB e já foi aprovada no Exame de Ordem. Se não sair do fluxo, deve se tornar este ano a mais jovem advogada da capital.

Durante a entrega do certificado, o secretário-geral da OAB/DF, Jacques Veloso, disse estar "honrado em entregar esta licença para o advogado mais jovem do Brasil". Ele também parabenizou os pais pela conquista.

Mateus passou no vestibular na metade do 8º ano dos seus estudos e, por decisão da Justiça, precisou concluir os estudos básicos antes de ingressar na universidade. Conseguiu o feito em 24 horas, por meio de testes aplicados por um curso supletivo.

Indenização para desembargadora lesada por calúnia jornalística

Sentença proferida, na 20ª Vara Cível do Rio de Janeiro salienta que “o dever de informar dos jornais e jornalistas deve ser exercido com extrema cautela". Para o juiz Josimar de Miranda Andrade, “os jornalistas têm o dever de checar a veracidade de informações e evitar a disseminação de notícias falsas".

Com base nessas teses, o julgado monocrático condenou o Jornal da Cidade Online, de Rio Claro (SP), e seu editor, José Pinheiro Filho, a indenizar a desembargadora Inês da Trindade Chaves de Melo, do TJ carioca em R$ 120 mil por calúnia.

A reportagem que motivou a ação reparatória por dano moral incluía a desembargadora numa quota de influência da ex-primeira dama do Rio, Adriana Ancelmo, que é advogada e foi condenada à prisão por lavagem de dinheiro. Inês seria indicada por Adriana para o cargo em troca de favorecer seus interesses no tribunal.

A petição inicial afirma que a desembargadora Inês da Trindade nunca teve contato com Adriana Ancelmo e foi nomeada ao TJ-RJ por antiguidade. É juíza de carreira desde 1980 e chegou à corte em 2010. Segundo Inês, a promoção por antiguidade "ultrapassa as competências do Poder Executivo".

O jornal condenado, ao contestar, sustentou que apenas reproduziu informação divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo de que o raio de influência de Adriana Ancelmo no TJ-RJ era de 90 desembargadores. Conforme a contestação, “assim que tomou conhecimento sobre o equívoco das informações, publicou nota corrigindo o erro, sem intenção de ofender a honra da desembargadora ou dos demais magistrados citados pela Folha”.

O juiz sentenciante concluiu que a publicação da errata só deu mais razão à desembargadora, comprovando que o jornal e seus editores foram negligentes com a informação que divulgaram “tendo sido a notícia veiculada de forma leviana pelos réus, sem o mínimo de constatação quanto à veracidade, o que se comprova com a própria alegação defensiva de que os réus teriam publicado uma errata logo após apurarem o equívoco da informação”.

Os advogados Eduardo Biondi e Fernando Orotavo Neto atuam em nome da autora da ação. Não há trânsito em julgado. (Proc. nº 0180782-04.2017.8.19.0001).


 

ARQUIVO
 
2007
           
 Set
 Out
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014

Abr01
Abr02

2015
Mar01
Mar02
Dez01
Dez
2016 Jan01
Jan02
Fev01
Fev02
Mar01
Mar02
Abr01
Abr02
Mai01
Mai02
Jun01
Jun02
Jul01
Jul02
Ago01
Ago02
Set Out01 Nov Dez
2017
2018
Ago
Set
Out
Nov
Dez

 

 

 

 

 

 

 



OLIDES CANTON - JORNALISTA

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor © "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.


EDIÇÕES DE O GUAXO

Edição 03
Edição 02

EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 212 - abril 2018
Edição 211 - fevereiro 2018
Edição 210 - dezembro 2017
Edição 209 - setembro 2017
Edição 208 - agosto 2017
Edição 207 - julho 2017
Edição 206 - junho 2017
Edição 205 - maio 2017
Edição 203 - março 2017
Edição 204 - fevereiro 2017
Edição 203 - janeiro 2017
Edição 202 - dezembro 2016
Edição 201 - novembro 2016
Edição 200 - outubro 2016
Edição 20 - agosto 2016
Edição 19 - julho 2016
Edição 187 - maio 2016
Edição 186 - abril 2016
Edição 185 - fevereiro 2016
Edição 184 - janeiro 2016
Edição 183 - outubro 2015
Edição 182 - setembro 2015
Edição 181 - agosto 2015
Edição 180 - julho 2015

Edição 179 - maio 2015
Edição 178 - março 2015
Edição 177 - feverero 2015

Edição 176 - janeiro 2015
Edição 175 - dezembro 2014
Edição 174 - novembro 2014
Edição 173 - outubro 2014
Edição 172 - agosto 2014
Edição 171 - junho 2014
Edição 170 - maio 2014
Edição 169 - março 2014
Edição 168 - janerio 2014
Edição 167
Edição 166
Edição 165
Edição 164
Edição 163
Edição 162
Edição 161
Edição 160
Edição 159
Edição 158
Edição 157
Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149

Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142
Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124
Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99

ANUNCIE NO SITE

Entre em contato conosco

Edições Anteriores do Blog