foto de Marcos Eifler


" As três coisas mais perigosas que eu conheço são:limpar arma de fogo,mulher de vizinho e croquete de botequim" .


O TERCEIRO TURNO


A VEREADORA SOFIA CAVEDON, DO PT, CRIOU UM CASO HOJE DE MANHA COM A VISITA DO PREFEITO FORTUNATTI A CMPA.

COMO AS CRIANÇAS SURDAS E MUDAS NÃO ESTARIAM SENDO RECEBIDAS PELA SECRETÁRIA DA EDUCAÇÃO, SOFIA LEVOU OS MENINOS PRA CAMARA PRA FALAR COM O PREFEITO.

MAS FORTUNATTI SE HOMIZIOU NA SALA DO PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL, MAURO ZACHER, DO PDT...

ELE IA PRA EXPLICAR A REFORMA ADMINSITRATIVA QUE FARÁ NO MUNICIPIO.

SOFIA LEVOU AS CRIANÇAS PRA LÁ E DEU UM REBU PORQUE FORTUNATTI COLOCOU O DEDO NA CARA DA VEREADORA, DIZENDO QUE ELA TINHA QUE FALAR COM SUA SECRETÁRIA DA EDUCAÇÃO.

memoria da imprensa!

O VENDEDOR DE AMENDOIN

NA PORTA DO CINEMA VIROU

DIRETOR DA "TRIBUNA GAUCHA"orgão oficioso do "Partidão"


Prometei que tentaria contar alguma coisa do Ophyr Pinheiro, irmão do ex-deputado Ibsen, que um dia sentou, como interino é verdade, mas sentou ,na cadeira de Presidente da República.Mas vamos ao Ophyr, que foi sim militante de "carteirinha" do Partidão, o PCB. Ibsen ao que se sabe sempre foi simpatizante, nunca tendo sido um quadro do PCB." O Ibsen era daquela turma que nós mais velhos achávamos meio 'porralouca',que faziam agitação e discursos" relembra José Nelson Gonzalez, que conheceu a ambos os irmãos Pinheiro.

Conheci Ophyr Pinheiro por uma daquelas coisas de repórter. Não lembro se foi em 1978 - quando Ibsen Pinheiro fez 40 mil e poucos votos e se elegeu deputado estadual, ou se foi em 1982, quando Ibsen se elegeu deputado federal(sempre pelo MDB,depois PMDB). NA ZH me mandaram entrevistar o novo deputado e me mandei pro escritório que Ibsen usava como mocó politico. Parece que o escritório era de Luis Carlos Madeira, e ficava,ou fica, na Praça da Matriz, num prédio onde funcionam ou funcionaram muitos escritórios de advogados, entre os quais dos ex-governador Amaral de Souza,Nereu Lima, Waldir Walter,e outros.

Na entrada do escritório dei de cara com um senhor que era quem tinha que falar pra chegar no Ibsen. Ali me disseram que aquele senhor era Ophyr Pinheiro,irmão do deputado recém eleito.
Vi que ele mandava e desmandava naquele ambiente.

Fiz minha entrevista e ponto final.


VENDEDOR DE AMEMDOIM

Anos depois vim saber que Ophyr Pinheiro fora um sargento do Exército e que foi mandado embora da instituição. Não se sabe bem o motivo.

Pra ganhar a vida, Ophyr vendia amendoim na frente do cinema Vitória, pros casais que iam ao cinema, ou que dele saíam. Mas como era próximo da Tribuna Gaúcha que então ficava na rua da Ladeira(General Camara) Ophyr foi pegando gosto pela coisa, foi chegando na redação, tramando conhecimento. Inteligente, aos poucos foi pegando o pico e volta e meia trazia notícias pro jornal.

Mas sua escrita, dizem os colegas que o conheceram ,era de péssima a pior.Ao contrário do irmão menor, que sempre teve fama de excelente redator.

Ophyr foi se enturmando dentro da redação da Tribuna Gaúcha e em pouco tempo, por méritos e por saber se mexer dentro do poder, virou diretor de redação do jornal:

Alguns colegas dizem que ele foi um meteoro pra chegar ao posto máximo do jornal, mas também foi um meteoro pra sair dele.

- Eu vou fazer tua cama pra direção do Partido, disse Ophyr a um colega da Tribuna.

Assim como subiu rápido, também sumiu da Tribuna Gaúcha.Seu tempo de trabalho lá dentro deve ter durado em torno de dois anos.

Depois comprou um caminhão e foi fazer carretos.

Quando Ibsen Walls Pinheiro se elegeu deputado estadual, em 1978, Ophyr foi seu chefe de gabinete.

Morreu há alguns anos.

Na História da tribuna Gaúcha, houve um vendedor de amendoim da frente do cinema que um dia foi seu diretor .


O PAPO DO ADELI

COM OS BLOGUEIROS AGORA AO MEIO DIA O PRESIDENTE DO PT DE PORTO ALEGRE SE ABRIU...

DISSE E OUVIU MUITO. QUEIXAS DE FALTA DE APOIO A IMPRENSA PEQUENA, DE BAIRROS. ADELI TEM UM CARINHO ESPECIAL POR ESTES VERDADEIROS BICOES QUE ANDAM A CATA DE ANUNCIOS...

NÃO ACHO QUE OS PEQUENOS SEJAM LIVRES, COMO O ADELI DIZ. MAS QUE ENFRENTAM MAIS DIFICULDADES ENFRENTAM. AGORA NÃO SÃO COITADOS. TÃO NESTA PORQUE QUEREM

E VAMOS A LUTA!

Adeli também fez umas criticas indiretas ao PT..mas isto a mim não me interessa. eu não sou politico, sou reporter.

como reporter e como noticia me interessam.

adeli disse que há um DESENCANTO com o PT em Porto Alegre. ele não usou esta palavra, mas eu entendi que ele disse isto, em outras termos.

Claro que há. é só entrar num boteco, como eu faço, e ver o que dizem do PT. quem não quer ouvir a voz dos butecos, um dia verá nas urnas. foi o que ocorreu com o adeli que de vereador mais votado que esperava ser, nem se elegeu.

O PAPO DO ADELI

OLHA O QUE ENTENDI PELA CONVERSA DO ADELI É QUE O PT ,OU SUA BANCADA NA CMPA, ESTARIA DIVIDIDA, OU RACHADA....

O PAPO DO ADELI

OLHA DE UMA COISA EU GOSTEI DO PAPO DO ADELI AGORA AO MEIO DIA...ACHEI QUE ELE ESTAVA SENDO SINCERO.

OS CUPINS DO BETTANIN

O chefe da publicade da ALRS , o Bettanin, de Dois Lajeados, gremistão fanático, nas horas vagas descobre cupins. foi o que ele fez na tarde de quarta ultima, embaixo de um aparelho de tevê na agencia de noticias da casa.

No próximo feriado, garanto que vão matar os bichinhos.


O Bettanin ainda avisou...olha que o Olides vai por no blog. pois ai estão os cupins a vivo e cores.

Treinador do Grêmio

ESTAVA NO CONSULTORIO DO BELMAR ANDRADE ONTEM E TINHA UM SUJEITO LÁ PRA VER O SEU OUVIDO....MAS ME PARECEU QUE CONHECIA...ERA O JULINHO CAMARGO, TRI SIMPATICO TREINADOR DO GREMIO...

ELE ESTÁ NO MOMENTO DESEMPREGADO.


QUANTO AO GREMIO, APENAS ME DISSE SOBRE SUA INTERINIDADE.:

- mE USARAM PRA TRAZER O CELSO ROTH..


ISTO É DA VIDA, NÉ.

MELANCIA PETISTA....

aTÉ A MELANCIA DE HOJE AO MEIO DIA NA SEDE MUNCIIPAL DO PT TINHA DNA PETISTA.
O PRESIDENTE ADELI SELL APONTA PRA SIGLA FEITA JUNTO A FRUTA.

ADELI CONVERSOU LONGAMENTE COM OS BLOGUEIROS, QUE ELE CHAMA DE IMPRENSA LIVRE - TENHO MEDO DESTA PALAVRA - E PROMETEU SE ESFORÇAR JUNTO AO PIRATINI PRA CONSEGUIR VERBA PRA JORNAL DE BAIRRO E PRA BLOGUEIROS.

AINDA BEM QUE ALGUÉM OLHA PROS PEQUENOS!

ATO QUER ' PALESTINA LIVRE'

Começou a concentração pouco depois do meio-dia na Praça Otávio Rocha. O movimento foi crescendo e depois das 15 horas partiu em direção a Praça Montevideo, em frente a prefeitura municipal.
Manifestantes de várias tendências incorporaram a marcha que chegou a ficar bem grande...

Jovens, camponeses, membros de entidades sindicais bradaram palavras de ordem de todo tipo.

AINDA A ' MARCHA DA PALESTINA LIVRE'

COLEGUINHAS DE CAXIAS DO SUL FOTOGRAFANDO ....

E MANIFESTANTES....

 

na praça OTAVIO ROCHA PARTIU A MARCHA DA PALESTINHA LIVRE, AGORA HÁ POUCO. FOI UM DIA 29 PRA SER LEMBRADO. GENTE PRA CARAMBA. ALGUNS LEMBRARAM DAS PASSEATAS PRO OLIVIO EM 1989, QUANDO O PT VIROU O JOGO E GANHOU AQUELA ELEIÇÃO PRA PREFEITO. CLARO QUE A DE HOJE TINHA OUTRO SENTIDO!

 

a passeata de agora há pouco na praça Otávio Rocha. partiu dali e foi terminar com um show na Usina do Gazometro.


EXCLUSIVO



Acho que estou dando em primeira mão....

O Anonymus Gourmet, personagem inventado pelo escritor José Antônio Gomes Pinheiro Machado foi incorporado ao seu nome OFICIALMENTE....

É assim pelo menos que está na sua ficha no sindicato dos jornalistas, onde José Antônio pagou em dia suas mensalidades pra tirar carteira de jornalista internacional porque precisou numa recente viagem ao México.

Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Comissão da Verdade quer acesso a dados do Exército no Rio Grande do Sul
Documentos, queimados em ato público, teriam sido microfilmados e, segundo historiador, estão no Comando Militar do Sul

A Comissão Nacional da Verdade quer ter acesso às microfilmagens de todos os documentos do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS), do Rio Grande do Sul, que, de acordo com Jair Krischke, estão em poder do Comando Militar do Sul. Os integrantes da comissão pretendem pedir a intermediação do ministro da Defesa, Celso Amorim, para que os documentos sejam entregues para serem analisados.
A informação de que os documentos estão em poder do Exército foi repassada hoje (26) por Jair Krischke, em depoimento à Comissão. De acordo com Krischke, acreditava-se que os documentos haviam sido queimado já que, dias após a extinção do principal órgão de repressão, em 1982, o então governador Amaral de Souza ordenou a queima de toda a documentação em um ato público.
"O Rio Grande do Sul foi o único Estado que fez isso, com toda pompa, chamando a imprensa para retratar. Mas o que queimou foi só a papelada. Tudo foi microfilmado antes e está no Comando Militar do Sul", disse o fundador Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH).
Leia mais: Historiador diz que Brasil foi protagonista na Operação Condor
Krischke informou que o Comando Militar do Sul já confirmou que tem os documentos, mas que eles são sigilosos. "Ele [o Exército] admitiu, disse que tinha dos documentos mas que só poderiam ser abertos após 25 anos. Ele confessou ao dizer isso e sua confissão está publicada pela imprensa. Essa publicação eu entreguei a Comissão da Verdade", disse.
"O que queimou foi a papelada. Os arquivos foram microfilmados. Foram modernizados", ironizou.
Os indícios da existência dos documentos partiu de uma pesquisa feita por Krischke nos arquivos de documentos do período ditatorial no Uruguai. Encontrei a ficha de depois brasileiros em Montevidéu com anotações feitas após a data da queimada. A partir desse documento chegamos aos arquivos", explicou Krischke.
Leia também: Comissão da Verdade vai investigar a Operação Condor
A coordenadora das investigações sobre a operação Condor (aliança entre as ditaduras de países do Cone Sul para captura de opositores dos regimes ditatoriais), Rosa Maria Cardoso da Cunha, explicou que legalmente a comissão pode ter acesso a documentos sigilosos. "Nos temos uma lei e, por essa lei, nós temos o direito de ter acesso a todos os documentos, mesmo os documentos secretos", explicou.
No depoimento de hoje, Krischke apresentou vários documentos que apontam que a Operação Condor é uma "criação brasileira".
"Esses documentos tem o dom de provar definitivamente que o criador da Operação Condor que há temos usava o nome de busca externa foi o Brasil. A prática de forma absolutamente ilegal, de retirar pessoas de um país, e trazer, no caso para o Brasil sendo que muitos deles, senão a maioria deles está desaparecida, isso foi uma criação brasileira", disse Krischke. Essas pessoas, se vivas forem, deverão dizer o que fizeram.
Rosa Cardoso disse ainda que os documentos apresentados por Krischke durante o depoimento servirão para embasar o relatório que será produzido. "Nós vamos contar uma história e temos que comprovar com documentos. Tínhamos notícias desses fatos relatados, mas hoje eles nos trouxe documentos que comprovam isso", disse.

Falando sobre o que vale a pena

PEDI AO LAURO UM COMENTÁRIO SOBRE O JOELMIR. ELE SE ABSTEVE. MANDOU ISTO. ENTÃO TÁ....COMO DO LAURO APROVEITO ATÉ BILHETE, VAI ESTE COMENTÁRIO DELE.O LAURO É O JUREMIR QUE NÃO VAI A PARIS...NÃO SEI PORQUE ESTES ' ELITISTAS' GOSTAM TANTO DE PARIS, LAURO, JUREMIR, TARSO GENRO, LFVERISSIMO,ENTRE OUTROS. MEU EX-SOGRO,QUANDO OUVI FALAR DELE PELA PRIMEIRA VEZ, O CONHECI PELO APELIDO DE ' FRANCESINHO'. VIVIA EM PARIS. DIZIAM ATÉ QUE ERA EXILADO EM PARIS, TUDO PORQUE ELE FOI EXPURGADO DA URGS E VIVIA INDO A PARIS.

ENTÃO TÁ, OS AMANTES DE PARIS QUE SE ENTENDAM.EU FORA. EU FICO NA PRAÇA DOS BURGUESES, A PRACINHA DA ENCOL, QUE ME BASTA.- O EDITOR


Olides, como não gasto chumbo com chimando magro, aí vai uma resenha sobre a morde recente de um grande jornalista francês:

Erik Izraelewicz, editor do Le Monde desde fevereiro de 2011, morreu terça-feira, 27/11, aos 58 anos vítima de um ataque cardíaco. Ele foi hospitalizado tarde de terça-feira depois de sofrer um mal-estar.
Antes de assumir o comando do Le Monde, Izraelewicz passou praticamente toda a vida atuando nas editorias de Economia dos jornais parisienses. Tabalhou no Les Echos, jornal essencialmente de Economia, e no La Tribune.
Natural de Estrasburgo e de brilhante carreira acadêmica (HEC, Centro de Formação de Jornalistas, PhD em economia) começou sua carreira na L'Expansion antes de participar na criação, em 1985, do A Tribuna.
A partir de 1986, passou quase 15 anos no Le Monde, onde editou Economia e também foi correspondente em Nova Iorque. De 2000 a 2008, ocupou cargos de chefia no jornal Les Echos, mas voltou para à La Tribune como diretor, descontente com a comprada do jornal por Bernard Arnaud (milionário controlador do Grupo LVMH).
Jornalista francês é assim, isso é tradicional, quando não concorda com o patrão ou se impõe a ele, patrão, ou pede as contas e vai embora.
O texto acima é baseado na notícia publicada pelo “concorrente” Le Figaro . A notícia do próprio Le Monde é muito mais longa e... amorosa.

Auto elogio

gostei da materia que fiz aqui sobre a Tribuna Gaúcha. é isto que me diferencia dos demais....lantejoulas pra mim...e tenho mais pela frente.

COLEGUINHAS

*ATENÇÃO SERGINHO. AQUI UM RECADO PEDE AO CHAGAS CONTATO COM O OTTO BEDE DA GUAIBA. QUER POR NO AR O CHAGAS COM O MENDELSKI.


*fOFOQUEIRO DE MARCA MAIOR, O MENDELSKI É MUITO BOM NA FOFOQUINHA E É AJUDADO NISTO PELO SEU SPARRING, O VLADIMIR QUE COMO TODO VEIO É FISSURADO EM SEXO...CLARO, FREUD EXPLICA...NÃO FAZ,ENTÃO FICA FISSURADO, APENAS.


*COLOQUEI AQUI QUE JÁ SE SABE O NOVO ASSESSOR DE IMPRENSA DO PREFEITO DE VIAMÃO, DO PP, QUE TIROU O PT DA PREFEITURA. O NOVO CARA FOI INDICADO POR UM COLEGUINHA DA RBS...

ESTE COLEGUINHA COSTUMA MADRUGAR. E TRABALHA REPORTEANDO DO ALTO.

NÃO PRECISO DAR O NOME , NÉ...

 

Prezado leitor Polaco...

mande fotos do coquetel dos filmes. na quarta vi um filme polaco no sindibancários. Não era uma brastemp, mas achei interessante. acho que fiz bem na terça ir ver BATISMO DE SANGUE....

Correções dos Polacos!

Olides, meu velho,
O vice consul está na foto que tu publicaste, e não sou eu... É o cidadào de gravata lá atrás..
Abraço!!

Em 28 de novembro de 2012 18:26, Estácio Nievinski Filho <estacio67@gmail.com> escreveu:
Tchê, as fotos que eu falei ali são as que tu fizeste, na rua. Se quiseres uma das minhas, ok... te envio. Tudo polaco! E uns outros que apareceram para o coquetel...

Quanto a Letícia, é mais fácil tentar o contato através da Sociedade Polônia. Faz anos que não falo com ela. Pode ser que eles tenham o telefone dela. Telefone da Sociedade 3342-1060.

Descobri teu site num comentário numa comunidade do ORKUT, que versa sobre rádio. Era chamada de comunidade do ódio. rsrsrs

Abraço

Comentário que mandei para o blog do Lauro Dieckmann

Este ' brog' tá me dando popularidade e nada de grana! acho que vou enterrá-lo! (o editor)

Fui eu que falei no Blog do Olides sobre os jornais da capital não darem NADA sobre a Argentina. Passam o tempo inteiro falando de Grécia, Coréia e outros paises a quilômetros daqui. Pô, meu, nem leio nossos jornais, a não ser quando filo um no barbeiro, vou no blog do Olides que fico sabendo muito sobre Porto Alegre e Argentina. Pô, se nossos jornais não estão falando nada sobre a CPI da Veja, vão falar sobre a Argentina onde a presidenta está colocando a mídia em seu lugar.

Remindo Sauim

Tudo certo e legal...

Olides. Minha filha me enviou agora à pouco, um email, falando sobre a matéria e seus pontos pessoas sobre a história da revolução. Mas, como ele diz no email: " Pai. Acredito que pude, por instantes, ter a gratuíta e feliz ideia de escrever meus pensamentos. Pai. Escrevi o que de fato passava em minha mente naquele dia. Achei sensacionallll", di\z ela, euforica! Veja, meu amigo Olides, que a juventude( os jovens de hoje) faz com euforia estes textos falando sobre a ditatura. Nós, que nela estivemos ligados como se fossemos um cassulo, como assim dizer, não temos muita animação em escrever tais recordações. Mas, pela força da profissão, temos de informar, assim mesmo. Se era, mais ou menos, isso que querias!!! Um abraço. Olides. Gelson


Gelson Farias

Bicheiros contra carlinhos cachoeira

Olides

Parece piada. Pois não é que os bicheiros do Rio e São Paulo,estão
furiosos com a imprensa que insiste em chamar Carlinhos Cachoeira de
"bicheiro". Eles alegam que o goiano,nunca mexeu com o jogo do
bicho.Mexe com outras coisa como
máquinas de caça ninquel.corrupção e outras vigarices. Mas com o jogo
do bixo,nem pensar. Os bicheiros então, estão pedindo que os
coleguinhas parem de chamar o Cachoeira de bixeiro...

Sergio

SERÁ QUE VÃO BRIGAR ?

ESTA SAIU NA FOLHA, OUTRO JORNAL DE NÍVEL
É MUITA GRANA PARA OS AMIGUINHOS
PARA FAZEREM PROGRAMAS QUE POUCA GENTE ASSISTE

- Reinaldo Azevedo
Mágoa no JEG – Namorada de Franklin Martins vence contrato para programa que estava a cargo de “blogueiro progressista”
Xiii, eles começaram a brigar por pão (com muuita manteiga, é verdade!), é? Informa Breno Costa, na Folha, o que segue.
Estatal contrata namorada de ex-ministro
Uma empresa da namorada do jornalista Franklin Martins, ex-ministro da Comunicação Social, assinou em fevereiro com a EBC (Empresa Brasil de Comunicação) o maior contrato já firmado pela estatal com uma produtora em quase cinco anos de existência. Franklin, que foi um dos responsáveis pela criação da estatal em 2007, ainda tem influência política na EBC, vinculada à pasta da Comunicação Social. O atual diretor-presidente, Nelson Breve, contou com a indicação do ex-ministro.
A BSB Serviços Cine Vídeo Ltda., da pernambucana Mônica Monteiro, 41, receberá R$ 2,39 milhões até outubro deste ano para produzir a série “Nova África”, veiculada pela TV Brasil. O programa prevê a produção de reportagens sobre a atualidade de países africanos. Cada um dos 26 episódios, de meia hora de duração, custará R$ 92 mil.
......
GOTEIRA
A Cine Vídeo ganhou, mas a empresa Baboon Produções, responsável pela primeira temporada do programa, apontou suspeita de favorecimento. Entre os problemas, o fato de a proposta da Cine Vídeo ter sido aberta antes da sessão de julgamento. De acordo com a EBC, isso aconteceu devido a uma goteira que molhou o envelope da empresa, obrigando a sua abertura. O departamento jurídico da estatal, então, decidiu sugerir, em março de 2011, a anulação do concurso, de forma a evitar “questionamentos que incidam sobre a parcialidade do resultado”. Cinco meses depois, em agosto passado, o edital foi relançado, e a BSB Cine Vídeo foi de novo a vencedora.
Além da relação com Franklin, Mônica é amiga e foi sócia de Evanise Santos, namorada do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, acusado pela Procuradoria-Geral da República de ser o chefe do esquema do mensalão. Elas chegaram a ser sócias, entre 2008 e 2009, em uma empresa chamada Valore Moçambique Limitada.
......
Mas esperem… Essa Baboon aí que está contestando o resultado não é aquela onde Luiz Carlos Azenha, um dos autointitulados “blogueiros progresistas”, era manda-chuva? Se não me engano, foi ele quem fez a primeira temporada do programa, inclusive com aditivo de contrato — que chegou a R$ 2,6 milhões. É. Eu não me engano. Achei no Globo.
“Suspeita de favorecimento”, é? A Baboon está insinuando que a moça venceu só porque mantém relações especiais com o ex-ministro?
Já vi tudo. Daqui a pouco vai ter gente do JEG tentando arrumar alguma peguete (ou algum, sei lá…) na Esplanada dos Ministérios na esperança de ser socorrido por alguma goteira certeira.


SERGIO OLIVEIRA/CHARQUEADAS/RS

Arena do Grêmio - Auditoria nas contas da Prefeitura

Diante da rejeição às contrapartidas no Termo de Compromisso assinado entre a OAS Empreendimentos, prefeito e secretários da capital, o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RS), está solicitando ao Ministério Público do Tribunal de Contas (MPC) a realização de auditoria no processo de aprovação do projeto da Arena do Grêmio. Ainda está para ser definida se a auditoria será nas contas da prefeitura deste ano, ou uma especial.

A informação é da vereadora Sofia Cavedon (PT/PoA), que junto com o deputado Raul Pont (PT/RS), reuniu-se com o presidente do TCE-RS, conselheiro César Miola, na segunda-feira (26/11). Sofia e Raul pediram prioridade na ação, “uma vez que obras importantes precisam ser feitas e o governo municipal sequer tem verbas para realizá-las”, salienta a vereadora afirmando que “isso já está causando problemas e prejuízos para a cidade e seus cidadãos”.

Para o deputado Raul Pont, a prefeitura de Porto Alegre não poderia ter liberado um empreendimento como a Arena sem a responsabilização por parte do empreendedor da realização das obras de mobilidade exigidas. “Como a Prefeitura libera um projeto que além da Arena possui shopping, centro de eventos, estacionamentos e 18 espigões de apartamentos e tudo isso será mercantilizado pelo empreendedor e esse não terá nenhum ônus na urbanização do local?”, questiona. Segundo o deputado, a OAS já recebeu vantagens do governo, como o acordo feito com o Estado, no governo Yeda, que inclui a troca do gravame público da área cedida para a Universidade do trabalho, avaliada em R$ 38 milhões, por outra, na Estrada Costa Gama, avaliada em torno de R$ 3 milhões.

Sofia e Raul reforçaram o pedido de agilização ao TCE para que a representação do MP, que cobra o cumprimento do Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) pela empresa, seja auditado. “O prefeito assumiu que vai fazer as obras, que custam em torno de 80 milhões de reais, e o Termo de Compromisso assinado pelo seu governo é a evidência fática do que a sociedade já conhecia através de nossas denúncias ou pelas notícias veiculadas na mídia”, destaca a vereadora.

No MPC a adjunta do Procurador-Geral, Dra. Fernanda Ismael, já esta com toda a documentação que comprovam a falta de compensações pela OAS. “O Governo Municipal, além dos incentivos dados a construtora, irá realizar com dinheiro público as compensações no entorno da obra, que são de responsabilidade da empresa”, ressaltam os parlamentares.

Fontes:
08 de novembro de 2012
Para Pont, governo municipal deveria ter exigido da OAS urbanização do entorno da Arena
http://raulpont.ptsul.com.br/t.php?id_txt=38997

09 de agosto 2012
Arena do Grêmio – MP solicita perícia dos danos ambientais a serem sanados pelo empreendimento
http://vereadorasofiacavedon.blogspot.com.br/2012/08/arena-do-gremio-mp-solicita-pericia-dos.html

28 de julho de 2012
Arena do Grêmio – Baseada em que Lei a Prefeitura pode doar espaços públicos para empresas particulares?
http://vereadorasofiacavedon.blogspot.com.br/2012/07/arena-do-gremio-baseada-em-que-lei.html

Fonte: Sofia Cavedon – 9953.7119

Foto: Divulgação Gabinete

Porto Alegre, 28 de novembro de 2012.

Jorn. Marta Resing/5405
96770941

Memoria da imprensa!

HOUVE UMA VEZ

UM JORNAL

QUE ERA

O PORTA-VOZ
DO "PARTIDÃO"

 


CARTEIRA DE TRABALHO DE JOSÉ NELSON GONZALES QUE FOI EMPREGADO NA TRIBUNA GAUCHA.

SEU NOME NO RIO GRANDE DO SUL FOI TRIBUNA GAÚCHA, OU simplesmente TRIBUNA. OS DOIS NOMES ERAM UM SUBTERFÚGIO QUE OS COMUNISTAS UTILIZAVAM. QUANDO UM ERA PROIBIDO PELA POLICIA PORQUE O PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO(pcb) ERA ILEGAL( OU CLANDESTINO, COMO QUEIRAM)O OUTRO NOME ENTRAVA EM CAMPO.

A Tribuna era diária. Distribuída pelos motorneiros de bonde em Porto Alegre, porque não havia infraestrutura para pagar jornaleiros. A coisa funcionava mais ou menos assim: o entregador( geralmente o Paixão, um funcionário da Tribuna quando a redação ficava na Ladeira(houve outros dois locais onde funcionou a redação)
deixava o fardão do jornal junto ao abrigo dos bondes na Praça XV de Novembro e os motorneiros pegavam o jornal e na medida do possível iam jogando os jornais junto as bancas ao longo das avenidas onde iam.

- Uns dias depois passava um funcionário pra recolher o encalhe e pra receber o dinheiro do jornal vendido, recorda o dentista José Nelson Gonzalez, que foi funcionário da Tribuna, tendo chegado a cargo de dirigente.


REDAÇÕES

A primeira redação da Tribuna Gaúcha ficava na Ladeira, quase esquina com Andrade Neves. Fica no andar superior, porque no porão,digamos assim, do prédio, ficavam as oficinas gráficas.

Neste local também trabalhou o militante Edmur Péricles Camargo, o "GAUCHÃO", como era conhecido no PCB. Edmur tinha UMA FUNção burocrática. Não era redator do jornal.

Na Ladeira, a Tribuna começou entre 1946 e 1947.Depois,em maio de 1952, a Tribuna Gaúcha(nome original,o outro era Tribuna)mudou-se pra Vigário José Inácio, 215, esquina com Voluntários da Patria(perto das Ferragens Gerhard).

Por fim, quando dirigia a Tribuna Ophir Pinheiro( cujo história umdia contarei aqui) a Tribuna mudou sua redação para Borges de Medeiros, a esquerda, perto da rua da Praia.

A circulação do jornal porta-voz do PCB deu-se na metade de 1958, praticamente 12 anos depois de sua fundação.

A Tribuna não existiu apenas no RS, onde manteve o nome original de Tribuna Gaúcha. Existiu em SP, com outro nome. Parece que foi Tribuna Paulistana.No RJ também funcionou com o sugestivo nome de Tribuna Popular.

Na Tribuna Gaúcha ficou célebre a foto de um vendedor na Praça Parobé, que gritava pelo nome do jornal. O nome dele é Eloy Martins.

As vezes a Polícia chegava e baixava o pau nos vendedores, que saíam correndo.

Alguns foram presos muitas vezes. Eram postos dentro do camburão, levados pra delegacia e depois soltos.

Entre os jornalistas que trabalharam na Tribuna Gaúcha contam-se José Nelson Gonzalez, Plínio Cabral, Ophir Pinheiro, Ibsen Pinheiro, João Baptista Aveline( na fase final da Tribuna) Norberto Silveira( ' acolherado' do Aveline) Ivo Correa Pires,entre outros.

MANCHETE ERRADA

EM 31 de outubro de 1949, a Tribuna Gaúcha tinha como dirigentes José Nelson Gonzales e Plínio Cabral. Ambos dançaram em função de uma manchete, que o PCB achou equivocada. Nelson, ao ouvir que a China Comunista tinha entrado em Xangai, mancheteou na Tribuna Gaúcha, do dia seguinte:

- XANGAI CAIU!

O PCB queria que fosse

XANGAI LIBERTADA.

fOI ALI QUE Ophir Pinheiro, um ex-vendedor de cachorro quente na saída do cinema Vitória, na Borges de Medeiros,assumiu a direção da Tribuna Gaúcha.

Filmes

TERÇA FOI DIA DO COQUETEL DE COMEÇO DE UMA AMOSTRA DE FILMES DA POLONIA NO SINDIBANCÁRIOS. ESTAVA PROGRAMADO PRA IR, MAS TIVE QUE OPTAR PRA VER O BATISMO DE SANGUE, A HISTÓRIA DO FREI TITO LIMA DE ALENCAR.

QUANDO IA DESCENDO A LADEIRA, OUVI UM CIDADÃO QUE ME CHAMOU E ME DISSE:
- SOU LEITOR DO TEU BLOG...

PAREI E ELE DEPOIS TEVE A GENTILEZA DE ME MANDAR SEU NOME. É O ESTACIO NIEVINSKI FILHO.

VICE CONSUL DA POLONIA EM PORTO ALEGRE.

EIS AI AS FOTOS QUE FIZ DELES NA FRENTE DO SINDIBANCARIOS. HOJE VOU PEGAR UM FILME POLONES.

Filmes II

Oi Olides
Sou teu leitor assíduo há um tempo. Bom, desde que publicaste que o previdi teve um probleminha com um cheque.
E, quanto aos filmes poloneses, pena que não ficaste pro coquetel. Tava bom. A sala ficou lotada. Teve gente que não conseguiu senha.
Na primeira foto (a que eu apareço) estou eu e o casal vice-presidente social do Polônia de Porto Alegre, Ademir e Elizara Grzesczak.
Na outra foto, creio que está o Vice- Consul polonês para Curitiba e Porto Alegre, Sr. Jacek Szczeniowski.

Um grande abraço...
--
Atenciosamente
Estácio Nievinski Filho

Filmes III

FUI REVER COMO DISSE, NA TERÇA, O BATISMO DE SANGUE...COMO DIZ O NOME, NÃO É FÁCIL AGUENTAR O FILME....A HISTÓRIA TODOS SABEM...

NA SAÍDA OUVI UMA GURIA QUE DISSE:
- QUE FILME HORROROSO...

FIQUEI IMAGINANDO NA SOLIDÃO DA NOITE ENLUARADA,ENQUANTO IA PRA CASA, O QUE AQUELA GURIA ESPERAVA DO FILME.

EM TEMPO. É A HISTÓRIA DA PRISÃO DOS FREIS DOMINICAMOS ENVOLVIDOS COM A GUERRILHA DO CARLOS MARIGHELLA. O LIVRO É DO FREI BETTO.

COLEGUINHAS

WILSON ROCHA MULLER AINDA SAI E VAI COMPRAR SEU JORNAL. ONTEM FOI COMPRAR O ESTADÃO. TÁ UM POUCO GAGÁ MAS AINDA SE FALA COM ELE NUMA BOA.

O WILSON É DE 1928. COMEÇOU NO JORNAL A SERRA, DE CRUZ ALTA OU PASSO FUNDO. NÃO LEMBRO COM CERTEZA.

*Julinho Pacheco é o novo manda chuva da REDE VIDA NO SUL.O Julio vai e volta pra direção da rede que v~e missa. Meu pai e minha mãe olham todas as manhã uma missa rezada em belém do pará que a Rede Vida passa.


*hoje tem almoço com o Adeli Sell na sede do PT municipal. Não sei o que o vereador, que ficou na primeira suplencia vai dizer.

Metro

atenção pauteiros do metro...não é apenas aquela senhora que saiu na capa de hoje que viu os 3 estádios do gremio. o serginho jogou em dois deles. procurem ele que dá uma baita mate´ria. só não sei se jogou mesmo. ele diz que sim.


TORCEDORA CONHECEU DOIS ESTÁDIOS.

AGORA QUER IR AO ARENA



Em materia assinada por Valter Junior, o Metro hoje apresentou a história da Helena Righi, de 87 anos, que conheceu todos os estádios do Grêmio.

Boa história, com direito a foto de capa e tudo.

Com o fechamento do Olimpico, nos próximos dias, teremos uma enxurrada deste tipo de materias.

Fortunati entrega projetos da Reforma Administrativa nesta quinta-feira


O prefeito de Porto Alegre José Fortunati entrega aos vereadores da Capital, nesta quinta-feira (29/11), projetos de lei da Reforma Administrativa do Executivo. Fortunati virá ao Legislativo acompanhado de diversos secretários municipais e será recebido pelo presidente da Casa, vereador Mauro Zacher (PDT). O ato ocorrerá às 11 horas, no Salão Nobre Vereador Dilamar Machado.


Vítor Bley de Moraes (reg. prof. 5495)

DEPUTADOS VÃO A MINAS

CONHECER NOVO SISTEMA PRISIONAL


deputado Jefferson Fernandes, do PT, da ALRS dá entrevista a Silvio Lara, na salinha JCTerlera.

Os deputados Mike Breier, do PSB e Jefferson Fernandes, do PT viajam dia 14 de dezembro a Itauna, interior de Minas, para conhecer um novo sistema prisional, onde o detento tem direito a trabalhar, estudar,atendimento médico e espiritual. Isto vale tanto para os de regime fechado como os de regime semi-aberto.

O convite, segundo a jornalista Cinara Baum, assessora do deputado Jefferson, partiu da Associação de Proteção e Apoio aos Condenados, a APAC.

Junto com os dois deputados, da Comissão de Direitos Humanos da ALRS, viajarão integrantes do Ministério Publico estadual e um representante da Susepe, além de assessores dos próprios deputados.

De Viamão

JÁ TEM NOME O FUTURO ASSESSOR DE IMPRENSA DO FUTURO PREFEITO DE VIAMÃO, vALDIR bONATTO, DO pp.

O assessor seria uma indicação de um coleguinha da RBS, que costuma acordar cedo pra trabalhar.


E que faz seus boletins do alto....

ENTREGUEM SUAS ARMAS

prezado cristhopher.

publico seu artigo mas não porque saiu na zh. que complexo de inferioridade é este...de mandar pros outros o que saiu na zh?


“Para que não se esqueça, para que nunca mais aconteça!” Não há motivos para acreditar que novas agressões ocorrerão por parte do Estado contra os cidadãos brasileiros, num momento em que teoricamente vivemos numa democracia ajustada. Mas sim, as agressões ocorrem diariamente, exemplificadas na ausência de educação e saúde. O próprio Estado é aquele que mais agride aos Direitos Humanos, no momento em que falha em áreas onde os erros são imperdoáveis. Mas nossa missão deve ser sempre a de solucionar e não lamuriar. O progresso da civilização bem que poderia estar fundamentado no conceito da verdade. Na busca incessante da conscientização popular. Jamais esquecer o passado é importante; olhar com alma leve para o futuro é fundamental.
Houve um período de nossa história recente onde se lia como propaganda oficial de Governo: “Brasil, ame-o ou deixe-o”. E assim, milhares de brasileiros foram perseguidos, exilados, cassados e muitos deles assassinados. Sim, assassinados por parte do Estado brasileiro. Foi o caso do Deputado do PTB Rubens Paiva, a quem todos nós devemos prestar nossas devidas homenagens. Hoje sabemos com certeza que Rubens Paiva não é um “desaparecido”. Conforme comprovam os documentos entregues pelo Governo do Estado do RS à sua família, Rubens Paiva esteve preso no DOI-codi do Rio, antes do seu “desaparecimento”. Vamos esclarecer. O Deputado foi barbaramente torturado antes de ser assassinado. Mas qual foi seu crime?
Participar ativamente de uma CPI criada na Câmara dos Deputados durante o Governo de João Goulart para examinar as atividades ilícitas do IPES-IBAD, que tinham como função principal financiar palestrantes, escritores, deputados e todos aqueles que tinham como meta acabar com a “ameaça comunista” no Brasil. Ao menos era essa a mentirosa justificativa dos setores conservadores da sociedade para bloquear a ascensão de um povo consciente. O país estava no caminho das Reformas de Base. Rubens Paiva, devido ao fato de ter participado da CPI do IBAD/IPES, teve seu mandato cassado no dia 10 de abril de 1964, editado no dia anterior, pela junta militar que assumiu o poder a partir da deposição de João Goulart.
E a importância da memória, verdade e justiça, no desenvolvimento salutar de nossas instituições? Entre tantas atribuições do Estado, uma delas deve ser a busca da verdade. Há que se dizer que Rubens Paiva, assim como milhares de brasileiros não aceitavam a Ditadura Militar e lutavam pela democracia. Lutavam por um Brasil de muitos e não de poucos. Então, em nome de sua memória e de tantos outros bravos brasileiros que tombaram, que tal uma reflexão sobre o que queremos para o nosso país? Que tal entregar nossas armas?

Christopher Goulart
Advogado e Militante de Direitos Humanos

O QUE A LAURA DEU DO CASO DO MAZZARINO

DIZEM QUE O ' CABEÇAO' DO NOSSO QUERIDO COLEGA TAVA PEDIDO POR UM DEPUTADO, UM SECRETARIO MUNICIPAL E POR UM COLEGA.

BOM,QUANTO AO SECRETARIO E O DEPUTADO TUDO BEM. ESTA GENTE SÓ GOSTA DE ELOGIO.ENTENDO E ME SOLIDARIZO COM O MAZZA.

O COLEGA QUE VÁ A PQP...DAR BOLA PRA COLEGA PEDIR A CABEÇA, PORRA ISTO É DOS TEMPOS DA DITADURA, QUANDO OS CHEGADINHOS NO PODER FAZIAM ISTO...NOS ATUAIS TAMBÉM FAZEM....JORNALISTA DE OPINIÃO TÁ SEMPRE COM A CABEÇA A PREMIO...SENÃO NÃO É JORNALISTA, É RP QUE VAI COMER E BEBER DE GRAÇA. PRONTO. TAMOS CONVERSADOS.O EDITOR.

Peraí....
Só publiquei isso sobre o caso:

http://lauramertenpeixoto.blogspot.com.br/2012/11/varal-no-palacio-salvo.html

ESQUECIDO

blog do Adeli Sell


Na próxima semana, Porto Alegre comemora a Semana do Viaduto Otávio Rocha. A data passou a constar no calendário oficial da cidade após proposição nossa, que deu origem à lei nº 10738/09. Mas, de uns anos para cá, não temos muito que comemorar. O viaduto está esquecido pelo poder público, maltratado pelo tempo, pelo entorno e por parte da população. Num dia desses, sonhei que encontrara Borges de Medeiros e Otávio Rocha numa banca de jornal. O sonho rendeu um texto, que virou meu mais recente artigo, o qual convido o amigo leitor a conferir no Blog Porto Imagem.

Contato

Serginho, tu que cuida da agenda do chefe, olha que barbadinha ...o homi vai ser entrevistado aqui nos Pampas...mas precisam fazer um contato. não te faz de rogado, serginho, como é do teu feitio...


Tomo a liberdade de fazer um pedido: os contatos do Jornalista Carlos Chagas.
O motivo é que o Mendelski gostaria de gravar uma entrevista com ele para o Programa Bom Dia, na Rádio Guaíba de Porto Alegre.
Sou produtor do mesmo.
Podem me ajudar?
Otto Bede
51 95041315

MOVIMENTO DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS/Brasil INFORMA:

NSA/ Brasil-DDHH: Operación Cóndor nació en Brasil, experto
Jair Krischke, investigador del tema, lo dijo a Comisión Verdad

Por Darío Pignotti BRASILIA, 27 (ANSA) - El titular del Movimiento de Justicia y Derechos Humanos de Brasil, Jair Krischke, afirmó ante la Comisión de la Verdad de la Presidencia de la República, que la dictadura brasileña ideó el Plan Cóndor a través del cual se coordinaron asesinatos y desapariciones de opositores en Sudamérica durante la década del 70.
Krischke, quien ha investigado a las dictaduras desde hace décadas, sostuvo que "Brasil creó a Operación Cóndor", algo prácticamente desconocido debido a la forma discreta con se ejecutaron varias acciones represivas internacionales, en contraste con las dictaduras de Argentina y Chile, cuya participación fue más evidente.
Lo señaló al participar en un evento organizado en Brasilia por la Comisión de la Verdad, creada en mayo de este año por la presidenta Dilma Rousseff, quien permaneció más de dos años presa bajo el régimen de facto que detentó el poder entre 1964 y 1985.
Junto a Krischke se encontraba la abogada Rosa Maria Cardoso, que es uno de los siete miembros de Comisión de la Verdad, y en la década del 70 fue defensora de la ex guerrillera Dilma Rousseff, cuando ésta enfrentó un proceso sustanciado por una corte militar.
Coordinadora del grupo de trabajo sobre el Plan Cóndor dentro de la Comisión de la Verdad, Rosa Maria Cardoso recibió los documentos obtenidos por el investigador Krischke, que serán anexados a los archivos del organismo.
Cardoso aseguró que la Comisión está empeñada en develar el accionar brasileño dentro del sistema Cóndor y comentó que desde hace algunos meses comenzó a trabajar en la "recolección de cuestiones fácticas y evidencias (que serán volcadas) en un informe final" que será presentado a la presidenta Rousseff. Krischke presentó, durante su reunión con Cardoso el lunes, documentos sobre operaciones realizadas por agentes brasileños a principio de los años 70 en la región, durante el período en que gobernó el dictador Emilio Garraztacú Médici, cuya gestión se prolongó de 1969 a 1974, años en los que varios países sudamericanos aún estaban gobernados por presidentes electos constitucionalmente.
Estos delitos perpetrados al comenzar la década del 70 contra dirigentes democráticos y guerrilleros prófugos de Brasil fueron previos a la creación formal de la organización criminal Cóndor, un dato "extremadamente importante", según sostiene Krischke.
En noviembre de 1975 la dictadura chilena comandada por el general Augusto Pinochet coordinó un cónclave con agentes de inteligencia y militares de América del Sur en que fue instituido el sistema Cóndor por el cual se coordinaron acciones represivas transfronterizas, además de ser creada una red de intercambio de informaciones.
Los representantes de Chile, Argentina y Uruguay firmaron las actas de la reunión clandestina realizada en Santiago de Chile algo que no hicieron los delegados del gobierno del general Ernesto Geisel (1974-1979) que siempre actuaron con mayor cautela que sus socios.
"Las dictaduras intercambiaban informaciones, prisioneros y (coordinaron) asesinatos realizando en operaciones altamente clandestinas sin respetar las normas internacionales y diplomáticas", aseguró ayer en Brasilia el experto Krischke, fundador del Movimiento de Justicia y Derechos Humanos de Brasil, una de las organizaciones humanitarias más reconocidas del país.
Krischke, luego de revisar centenas de documentos, haber viajado por la región y asesorar a la Justicia de Italia, afirma que si bien el Cóndor comenzó a operar como tal a partir de la cumbre secreta de 1975, la metodología represiva transnacional, con apoyo de agentes de varios países, es algo que los brasileños ya aplicaban por lo menos desde 1970.
"El Cóndor entre 1970 y 1974 no se llamaba así, no había sido creado aún, pero igualmente ya estaba en acción una red internacional que inventaron los militares brasileños con el apoyo de los diplomáticos que habían montado un sistema muy eficaz de espionaje", sostuvo Krischke meses atrás en diálogo con ANSA.(ANSA).


Sul 21
Documentos comprovam que Brasil criou e comandou Operação Condor, diz Krischke
http://www.sul21.com.br/jornal/2012/11/documentos-comprovam-que-brasil-criou-e-comandou-operacao-condor-afirma-krischke/

Presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), Krischke entregou à representante da comissão, Rosa Maria Cardoso da Cunha uma série de documentos secretos que relatam a perseguição e captura de dissidentes políticos além-fronteira, com a colaboração das ditaduras da Argentina, Bolívia, do Chile, Paraguai e Uruguai.

Da Agência Brasil
“O Brasil, definitivamente criou e comandou a Operação Condor. Os documentos que eu trouxe aqui provam”, disse o ativista em direitos humanos, Jair Krischke em depoimento prestado na segunda-feira (26) à Comissão Nacional da Verdade (CNV), que apura as violações de direitos humanos, praticadas por agentes públicos no período da ditadura militar.
Presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), Krischke entregou à representante da comissão, Rosa Maria Cardoso da Cunha uma série de documentos secretos que relatam a perseguição e captura de dissidentes políticos além-fronteira, com a colaboração das ditaduras da Argentina, Bolívia, do Chile, Paraguai e Uruguai.
De acordo com Krischke, a Operação Condor teve como objetivo reprimir e eliminar os opositores das ditaduras que vigoravam nesses países. “As ditaduras trocavam informações, prisioneiros e assassinatos, realizando operações conjuntas altamente clandestinas, sem respeitar as normas internacionais e diplomáticas existentes”, disse.
Durante seu depoimento, Krischke também contestou a versão oficial das autoridades militares brasileiras sobre a queima de arquivos do período. Ele disse que muitos arquivos estão nas mãos de chefes militares à época. “Sabemos que existem (arquivos) nas mãos do Major Curió e de tantos outros que são mais discretos. É preciso continuar na luta para abrir os do Exército e demais arquivos”, disse.
Krischke disse à Comissão da Verdade que a primeira evidência da Operação Condor relata a prisão do ex-coronel do Exército Jefferson Cardin Osório na Argentina, em dezembro de 1970, o primeiro alvo da operação. Em 1965, Osório comandou a Guerrilha de Três Passos, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a primeira contra o regime militar do Brasil e, por isso, era um militante visado. Um ano antes, ele teve os direitos políticos cassados pelo Ato Institucional 4, de 1964. Outro documento apresentado mostra a colaboração do Exército argentino com o governo brasileiro na prisão do militante Edmur Péricles Camargo, em 1971. Ele foi detido quando fazia escala em Buenos Aires, em um voo que partiu de Montevidéu em direção ao Chile.
A representante da Comissão da Nacional da Verdade, Rosa Maria Cardoso, disse que os documentos vão contribuir para resgatar a história do período. “Nós vamos caracterizar a operação, levantando questões factuais e evidências também. Vamos anexar no nosso relatório final a comprovação do que estamos dizendo”, disse.
Parte do material apresentado por Krischke foi recebido de autoridades argentinas etrazem os nomes brasileiros ou descendentes desaparecidos na Argentina por ações combinadas da repressão dos dois países. A Operação Condor é objeto de uma investigação na Justiça Federal daquele país, denominada Causa Condor.
“Lamento que as autoridades brasileiras não tenham nenhuma atitude com relação a esses casos. Acho que ao final dos trabalhos da comissão eles têm que ser encaminhados ao Ministério Público”, disse Krischke.
Nesta teça-feira (27), a Comissão Nacional da Verdade vai receber das mãos do governador do Rio Grande do Sul (RS), Tarso Genro, documentos que relevam detalhes sobre o episódio Riocentro (1981) e sobre o desaparecimento do ex-deputado Rubens Paiva (1971). O material foi apreendido pela Polícia Civil gaúcha na residência do coronel do Exército Júlio Miguel Molinas Dias, ex-comandante do Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi), assassinado no início do mês em Porto Alegre.
Terra Brasil

Movimento dos Direitos Humanos pede apoio da Comissão Nacional da Verdade para abrir documentos do Dops gaúcho

Em audiência em Brasília, presidente da entidade, Jair Krischke, também revelou documentos inéditos sobre a repressão militar
O presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos (MJDH), Jair Krischke, mostrou documentos e narrou à Comissão Nacional da Verdade, em Brasília, na tarde desta segunda-feira, fatos inéditos sobre os anos de Chumbo no Brasil, entre os anos de 60 e 80.

O manifesto de Krischke foi embasado em três pilares: a morte do coronel reformado do Exército Julio Miguel Molina Dias, ocorrida em 1° de novembro em Porto Alegre, e a necessidade de mais investigação sobre o assassinato; a revelação dos locais do País onde estão guardados documentos do antigo Departamento de Ordem Política e Social (Dops), que nunca vieram à tona, e a apresentação de documentos revelando que surgiu a partir do Brasil a iniciativa de criação da Operação Condor, que uniu as Forças Armadas na América Latina para combater os movimentos de esquerda no continente.

Durante a audiência, Krischke solicitou que a CNV requisite toda a documentação do Dops gaúcho que permanece ocultada pelo Comando Militar do Sul – hoje denominado Estado-Maior do Comando da 3ª Região Militar do Exército, responsável pela efetivo militar dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná – a fim de elucidar casos de repressão e tortura no regime militar ocorridos no Estado. O pedido ocorreu após o governador Tarso Genro declarar que investigações desta natureza não cabem ao órgão gaúcho, criado neste ano. “Como o governador Tarso disse que seria de competência da Comissão Nacional da Verdade (investigar casos sobre a ditadura militar) eu apresentei o pleito. Que se requisite todo este acervo, porque isso pertence ao Rio Grande do Sul. Este arquivo trata tanto da repressão quanto de aspectos históricos importantíssimos do Estado”, exclamou. Com isso, a possibilidade de repassar estes arquivos à Comissão Estadual da Verdade foi rechaçada pelo ativista.

Ainda sobre o assassinato do militar reformado, Krischke ponderou que cabe à polícia fazer a investigação, mas que a tese mais provável é a de que Molina Dias tenha sido morto em virtude de possuir um arsenal de cerca de 20 armas em casa. Para o ativista, não há indícios de que a execução tenha ocorrido em represália às ações praticadas pelo militar na época da Ditadura.

Nesta terça-feira, Tarso Genro entrega o material apreendido pela Polícia Civil gaúcha na residência de Molina Dias, que era comandante do Destacamento de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi) aos representantes da Comissão Estadual e Nacional da Verdade. Nos arquivos, há detalhes até então não revelados sobre o episódio do Riocentro, em 1981, quando uma bomba explodiu na Barra da Tijuca em meio a uma festa do Dia do Trabalhador. O Exército, que teve participação no atentado, nunca admitiu essa hipótese e, na época, atribuiu o atentado à "esquerda subversiva". Também havia, na casa de Molina Dias, documentos que podem esclarecer o desaparecimento do ex-deputado carioca Rubens Paiva, ocorrido em 1971. Até hoje, a morte do ex-parlamentar, que foi preso - e pode ter sido torturado - pelo regime militar nunca se esclareceu.

Brasil foi decisivo para Operação Condor, afirma ativista de direitos humanos

O presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos, Jair Krischke, prestou depoimento na Comissão Nacional da Verdade, nesta segunda-feira, 26, em Brasília. Ele apresentou documentos que comprovam que o Brasil encabeçou a montagem da Operação Condor, estratégia dos governos militares da América Latina para perseguir e matar ativistas de esquerda nesses países durante a ditadura. Krischke contesta a afirmação dos militares de que os arquivos sobre o período foram destruídos. Segundo ele, um dos documentos encontrados na casa do coronel Julio Molina, ex-chefe do DOI-Codi do Rio de Janeiro, assassinado recentemente, descreve os pertences de Rubens Paiva no momento de sua prisão. O Exército sempre negou a responsabilidade no desaparecimento do ex-deputado. Entrevista à repórter Lúcia Rodrigues.

PARA OUVIR:
http://www.redebrasilatual.com.br/radio/programas/jornal-brasil-atual/brasil-foi-decisivo-para-operacao-condor-afirma-ativista-de-direitos-humanos/view

MEMORIA DA IMPRENSA

O ' TOQUE' QUE FEZ AVANI FOTOGRAFA!

NO terremoto da Guatemala, em 1975, Caco Barcellos, Avani Stein e Licinio Silveira chegaram lá, por mero acaso.
afora avani,caco e licinio recém tinham saída da Folhinha da Manhã, da CJCJ.

Estavam subindo a América, como jovens aventureiros,atrás de emoções e de aventuras.

Mas que rendessem boas materias.

Avani, recém divorciada do primeiro marido, estava grávida de 3 meses do seu quarto filho, que nasceria em 1976, e que se chama Ian.

Antes haviam estado na Colombia, atrás de inspiração pros seus escritos, como se visitar as terras de Gabriel Garcia Marques fosse tomar talento emprestado. quem nasceu com ele, nasceu, o resto babaus.

Mas no aeroporto da Guatemala, lembra agora Avani, aos 72 anos,divorcidada do Caco desde 1988, ele recebeu um toque do marido de então:

- Chegamos no aeroporto e o país tinha sido destruído por um terremoto. Quando descemos no saguão, veio um senhor, que tinha um esparadrapo no rosto. Devia ser sequela do terremoto. lembro bem que o Caco não disse nada, apenas me deu um cutucão de leve com o cotovelo, como quem diz:

- Vai, faz esta foto.

Ali nasceu a fotógrafa que depois trabalhou em vários e importantes veículos do centro do pais, quando lá morou.

Bom, o resto da história é aseguinte: Avani hoje mora em Porto Alegre e hoje de manhã, partiu, cedo com seu maigo Sergio e seus dois cachorros pruma temporada na casa que comprou em Ibiraquera, no litoral de Santa Catarina.

Aos 72 anos, Avani hoje se dedica a outros trabalhos, menos e raramente a fotografia.

Memória da Imprensa

o premio ESSO se foi todo pros advogados!

O "CHIQUINHO", ou seja, Francisco Antônio de Oliveira, fez uma série de matérias pro ESTADÃO nos anos 80(começo deles) sobre o escandalo BNCC/CENTRALSUL.

Tomou vários processos, mas o Estadão segurou as pontas com seus advogados.

Aí ele publicou um livro, pela editora Mercado Livre, e teve que se defender. O dinheiro do Premio Esso que ganhou pelas reportagens em 1984 se foi todo pagando os juristas que o defenderam.

Chiquinho nasceu em Coruche, no Paraná, em 16.05.1955. Filhod e Francisco Germano Santos Oliveira e Maria de Lurdes Cruz Evangelista.

Na sucursal de O Estadão, foi o redator-chefe.

Quando chefiou a sucursal de O Globo, Kenny Braga, repórter ficou, numa feita, puto da vida com o seu chefe que não aceitou uma materia sua.

A COLUNA QUE DERRUBOU MAZZARINO DO INFORMATIVO DE LAJEADO



UMA PENA, É O QUE POSSO DIZER.

LI COM CUIDADO A MATERIA DO BACCI E NÃO VI NADA DEMAIS, A NÃO SER A OPINIÃO DO COLUNISTA. MAS COLUNISTA NÃO É PRA TER OPINIÃO???

SEI LÁ, DEVE TER MAIS ANGU EMBAIXO DESTE PIRÃO...

O MAZZARINO AGORA TÁ DESEMPREGADO. NÃO NÃO É ESTE O TERMO PRO MAZZA..

MAS VAMOS TAMBÉM COMBINAR...O MAZZA INCOMODA, APESAR DE TODO SEU TALENTO.

AGORA FAZER JORNALISMO SEM TER ALGUÉM QUE INCOMODE AÍ NÃO DÁ. AI É RP...

O MAZZARINO PUBLICAVA ESTA COLUNA AS TERÇAS, AS QUINTAS E NO SÁBADO, QUANDO TINHA DUAS PAGINAS . ELE DIZ QUE QUANDO TINHA FERIADÃO SE VIA MAL PRA PREENCHER AS DUAS PAGINAS DE SABADO.

- ELES VIAJAVAM E DESLIGAVA. NA VOLTA NÃO SABIAM DE NADA, COMENTOU ONTEM O MAZZARINO AQUI NA SALINHA JCTERLERA, QUANDO VEIO A PORTO ALEGRE PRA INTERESSES DO JORNAL ANTENA DE ENCANTADO , ONDE TAMBÉM COLABORA.

MAS NOS CONFORMEMOS. MAZZARINO VAI DE BLOG....

PRA NÓS QUE GOSTAMOS DE LER O QUE ELE ESCREVE...

POSTAL E A MARCHA PALESTINA


POSTAL , PRESIDENTE DA ALRS, TERIA NEGADO ESPAÇOS PROS PALESTINOS FAZEREM NA ALRS SEU FORUM SOCIAL...POR PRESSÃO DE OUTROS DEPUTADOS, ELE CEDEU.

O Alexandre Postal?Em relação aos espaços na ALRS?Teve que ceder


COMPANHEIRADA DO COMITÊ POPULAR MEMÓRIA,VERDADE E JUSTIÇA, VAMOS NOS EMPENHAR E JUNTOS PARTICIPAR DA 17ª MARCHA DOS SEM, OCASIÃO EM QUE TAMBÉM FAREMOS UMA MANIFESTAÇÃO CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DO LEVANTE POPULAR DA JUVENTUDE, CUJOS ESTUDANTES EM SERGIPE ESTÃO SENDO PROCESSADOS POR DENUNCIAR O MÉDICO/TORTURADOR JOSÉ CARLOS PINHEIRO.POSTERIORMENTE A MARCHA DOS SEM SE INCORPORA A MARCHA DO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL PALESTINA LIVRE, CONFORME PROGRAMAÇÃO ABAIXO. LEVEM AS BANDEIRAS DAS SUAS ENTIDADES, CAMISETAS, CONVIDEM AMIGOS, FAMILIARES E OUTROS COMPANHEIROS E, PRINCIPALMENTE, O DESEJO DE LUTAR POR UM "NOVO MUNDO POSSÍVEL".

17ª Marcha dos Sem será dia 29 de novembro e se soma ao Fórum Social Mundial Palestina Livre


A 17ª Marcha dos Sem acontecerá no dia 29 de novembro (quinta-feira), a partir das 15h. A tradicional caminhada sairá da Praça Otávio Rocha (centro de Porto Alegre) e durante o trajeto os participantes vão se somar a Marcha de Abertura do Fórum Social Mundial Palestina Livre e juntos seguem pelas principais ruas de Porto Alegre até a Usina do Gasômetro para participar de um
ato show.
A 17ª Marcha dos Sem tem como eixo principal a luta pelo fim de todos os muros que geram desigualdades, injustiças, racismo, machismo e destruição do meio ambiente. Estes muros que impedem reformas estruturais e rupturas indispensáveis ao crescimento e ao desenvolvimento do Brasil e ao atendimento de reivindicações históricas do movimento democrático e popular, como a reforma agrária, a reforma urbana, a reforma política, direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, acesso à educação e a proteção do meio ambiente.

A Marcha dos Sem é organizada anualmente pela Coordenação dos Movimentos Sociais do Rio Grande do Sul (CMS-RS), desde 1996, tendo como principal objetivo unir os movimentos sociais para lutar por um Estado indutor do desenvolvimento econômico e social, sustentável e que promova a justiça social.

Com caráter reivindicatório, a Marcha também aponta alternativas de desenvolvimento às instituições públicas e privadas. Desde a sua criação são defendidos sete eixos principais: emprego, salário, saúde, educação, reforma agrária, política agrícola e moradia, questões básicas para a sobrevivência digna do ser humano.

Programação

Serviço
O que: 17ª Marcha dos Sem
Quando: Quinta-feira, 29 de novembro
15h – Concentração na Praça Otávio Rocha
16h – Início da 17ª Marcha dos Sem
17h – Encontro com o FSM Palestina Livre, no Largo Glênio Peres
18h – Ato show no Gasômetro

Com informações da CUT/RS

COLEGUINHAS

ULTIMAS

NEUSA TERESINHA NUNES ESTÁ MELHOR. AINDA ESTÁ NO BENEFICIENCIA PORTUGUESA....MAS JÁ RECEBE VISITAS E O PESSOAL DO SINDICATO DOS JORNALISTAS FOI LÁ VE-LA

NEUSA, QUE É ADVOGADA, NÃO PASSOU NA ORDEM DOS ADVOGADOS. MAS JÁ TRABALHAVA NO ESTADO.

E ELA TAMBÉM É ESFORÇADA COMO JORNALISTA


DEVE DEIXAR O HOSPITAL NOS PRÓXIMOS DIAS.

ESTÁ INTERNADA DESDE O SÁBADO DIA 17 ULTIMO . PRIMEIRO FOI PRO HPS E DEPOIS PRO BENEFICIENCIA PORTUGUESA.

NEUSA FICOU COM O LADO DIREITO PARALISADO. AGORA DURANTE 3 MESES FARÁ FISIOTERAPIA.

Laura

A LAURA FOI A CAZIAS VER OS BLUES TAMBÉM QUERIA IR...MAS NOIS NUM HAVE MONEY...A LAURINHA PODE, QUE BOM PRA ELA....OLHA QUE FOTOS BACANAS. VEJA SEU BROG.

Oie! Chegou hj.
E onde a faxineira-jornalista cursou? Qual faculdade?
abç
l

Daer

olha, o cara do DAER já bailou...e bailou não por ser arquiteto como disse o Mendelski na Guaíba. Ora Polaco, tudo pode mais!!!

SAIA JUSTA COM ALEXANDRE POSTAL


o PRESIDENTE DA alrs NÃO QUERIA MOVIMENTO DE PALESTINOS NESTA QUINTA NA CASA. mAS O RAUL CARRION, DO PCDOB E ALGUNS DEPUTADOS DO PT, CUJOS NOMES NÃO TENHO FORAM PRA CIMA DELE E ELE DEU LIBERAÇÃO.

ESTE ATO AINDA VAI DAR ENCRENCA...NÃO DO POSTAL, DOS PALESTINOS....OUVI DIZER QUE FORAM BOICOTADOS EM TUDO O QUE ERA MÍDIA...SEI LÁ, ESTA RONHA NÃO ME METO...

UMA MULHER ME CONTOU QUE OUVIU UM PROGRAMA DO LAURO QUADROS ONDE A QUESTÃO FOI DEBATIDA E ELA GOSTOU. NÃO OUÇO A GAUCHA, MUITO MENOS NESTE HORÁRIO.

A VEZ E A HORA DO LEGISLATIVO

Por Carlos Chagas

Não encerra o episódio a pronta reação da presidente Dilma ao demitir altos funcionários federais apontados como corruptos pela Polícia Federal. É preciso que a Justiça se pronuncie. E que a primeira instância siga o exemplo do Supremo Tribunal Federal e comece a distribuir penas de cadeia para os vigaristas, claro que dando-lhes todo o direito de defesa. Mais cedo do que se imaginava, com a Operação Porto Seguro, surgiu o contraponto da atuação da mais alta corte nacional. O exemplo tem que ser seguido.
Da mesma forma como o Executivo e o Judiciário participam dessa campanha contra a corrupção, torna-se necessário que o Legislativo faça a sua parte. Aí está a oportunidade para a Câmara dos Deputados demonstrar sua integração nesses novos tempos: Waldemar Costa Neto, patrono do PR, está condenado pelo Supremo e agora aparece com figura exponencial nas investigações e conclusões da Polícia Federal. Faz até o papel de ligação entre o mensalão e o mais recente escândalo investigado. Por que não abrir contra ele processo no Conselho de Ética da Câmara, se possível também contra os demais deputados condenados no STF? Por que não cassar seus mandatos?
O PUNHAL

Pela segunda vez o ex-presidente Lula declara ter sido apunhalado pelas costas. Primeiro foi quando, no exercício do poder, estourou a crise do mensalão. Agora, quando são surpreendidos em flagrante de corrupção a chefe do gabinete da presidência da República em São Paulo, mais a segunda autoridade da Advocacia Geral da União, diretores de Agências Reguladoras, empresários e penduricalhos.
No mínimo, o primeiro companheiro descuidou-se. Afinal, se não sabia, pelo menos poderia ter-se precavido contra o punhal de seus partidários. Ninguém se aproxima da vítima, mesmo pelas costas, sem dar alguns sinais de suas criminosas intenções.
VERGONHA NACIONAL
Sem interrupção, a matança continua em São Paulo. A cada dia, novas vítimas, tanto faz se executadas por grupos policiais de extermínio ou pelos agentes do crime organizado. Mata-se indiscriminadamente diante da impotência do governo estadual e dos pruridos de consciência das autoridades federais. Já era para as ruas da Paulicéia estarem repletas de soldados das Forças Armadas e da Força Nacional de Segurança, bem como de agentes da Polícia Federal, da Abin
e sucedâneos. Junto com as Polícias Militar e Civil, é claro.
ABRIU O JOGO
Por coincidência ou de propósito, quem abriu o jogo foi o marqueteiro João Santana, em entrevista publicada ontem pela Folha de São Paulo. Ele admitiu que pelo PT apenas o Lula teria condições de se eleger governador de São Paulo, em 2014. Há quem suponha estar em desenvolvimento uma operação para preparar a candidatura do ex-presidente ao palácio do Planalto. Começando pelo menor, chegar-se ao maior, se houver disposição. Não há, por enquanto, pois segundo o próprio Santana, o Lula nem admite conversar sobre o assunto. Impossível, porém, a hipótese paulista não é. Nossa crônica política registra casos de presidentes da República que se tornaram governadores de seus estados, como Rodrigues Alves, em São Paulo, e Itamar Franco, em Minas.

MEMORIA DA IMPRENSA

TENHO DUAS DO ESTEVAM ROMANO, PAI DO NOSSO COLEGUINHA VICENTE, DA ASSESSORIA DO PP...

1)

Estevam estava concentrado escrevendo um texto na rádio Difusora. Chegaram alguns 'elefantes' - gente grandalhona - do DOPS, o temido DOPS. Naqueles anos 60, quando o DOPS chegava era bronca certa...

Perguntaram pelo ARMINDO ANTONIO RANZOLIN....na época redator e locutor da Difusora AM.

Tudo porque o Ranzolin havia feito uma entrevista com Sereno Chaise, ex-prefeito da TURMA DOS CASSADOS . Sereno tinha até um bar na Cristovão chamado de BARCASSA( UMA ALUSÃO AOS CASSADOS, uma irreverência da época...). nÃO SE SABE SE ESTA ENTREVISTA existiu, se foi ao ar, todo o que se sabe era que teria sido feito esta entrevista. Imagina por no ar um CASSADO nos anos 60, plena época do endurecimento do regime.

Bom, Romano, como ia contando, estava concentrado ai nos seus textos, provavelmente tinha hora pra ir ao ar, e era sobre futebol, não sobre CASSADOS.

Deixou de prestar a atenção no teclado da máquina e furibundo de raiva, olhou pro ' tanque' que o inquiria na sua frente,querendo saber onde estava o Ranzolin e raivoso respondeu:

- Não sei, já disse que não se, porra!!!

A resposta braba, tomada de ira, deixou os caras do DOPS perplexos....

Quem sempre contou esta história, que a teria testemunhado era o colega de Estevem, Antônio Carlos Porto, o Portinho, já falecido.

Estevam vive aos 84 anos e depois de passar muitos anos narrando futebol, largou dos estádios. Não bota mais os pés neles. Está em casa, aposentado.


A segunda do ESTEVAM....

A rádio Difusora era dos freis capuchinhos e ficava na rua Uruguai, ali onde está o Banco do Brasil, onde está o BRDE.

( Existiu ali também o JORNAL DA SEMANA, num daqueles predios, que numa época foi dirigido pelo Valter Galvani). Lá por 66,67, Vicente Romano ainda um piá de alguns anos, ia pro centro pra fazer tratamento e depois seu pai o pegava na Borges.

Um dia, involuntariamente, Vicente assistiu uma discussão entre Estevam e o Frei Ozébio Borghetti, um dos diretores da Difusora naqueles anos.

- Ouvi aquela gritaria entre eles numa sala. Não sei o motivo, mas eu muito criança pensei que meu pai estava brabo comigo, por alguma coisa. Por isto não esqueço, relembrou o colega.

Hoje Ozébio Borghetti está na rádio São Francisco, em Caxias do Sul.

Mas ele não é de lá. Ozébio nasceu em Lajeado, RS, em 14.08.1936. Filho de Leopoldino Gomercindo Borghetti e de Assunta Borghetti.

Trabalhou na Rádio e TV Difusora, que fica e fica na Rua Defino Riet, 183, no Morro Santo Antônio. Lá Ozébio foi diretor-executivo.

Em 1973 Ozébio Borghetti participou da transmissão da Primeira Festa da Uva com televisão colorida, na época do Ministro das Comunicações, Higino Corsetti.

Também foi ligado ao Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, o IGTF.

A GUAIBA VAI DE LEMBRANÇAS...

Na Rádio Guaíba, tenho ouvido o noticiário dizendo que no domingo, dia 2/12, o Milton Ferretti Jung vai narrar parte do GRE -NAL...de despedida do Olimpico.

Pois o anúncio também diz que Ferretti narrou o primeiro jogo feito no Olimpico pela rádio CANOAS , DE CANOAS. ESTA RÁDIO DEPOIS PASSOU A SE CHAMAR RADIO CLUBE METROPOLE. ELE INGRESSOU NESTA RÁDIO EM 1954, ATRAVÉS DE CONCURSO.

Em 10 de abril de 1958,Ferretti ingressou na Guaíba.

Na Guaíba, Ferretti está há mais de 50 anos. Ele completou esta data em 2008.

Para o programa do professor Ruy Ostermann, Ferretti contou algumas passagens de sua vida dentro da Guaíba.

- Minha referência era o Lauro Hagemann. Ele foi o repórter Esso(, depois de Ruy Figueira, e foi com ele que terminou o programa. Eu cheguei a imitar o Lauro Hagemann.Acho que ele nem sabe disso. Eu o imitava de tanto que gostava. Eu sabia fazer isso, mas,depois,claro, pensei. E aí eu criei o meu estilo.

Outra que ele contou:

- " Capitão" Erasmo.

Também tinha uma edição do Correspondente Renner às onze horas. Foi o " Capitão" Erasmo Nascente que inventou esta edição- aliás foi ele que me inventou no Correspondente também, diga-se de passagem. Eu apresentava aquele noticiário anterior, o Rádio Manchetes.

Aí ele me passou para o Renner.

Era uma figura muito interessante, dessas que a gente guarda lembranças.
Tenho histórias maravilhosas dele corrigindo o noticiário.

Se a notícia estivesse muito mal escrita, ele assoava o nariz e jogava no lixo: " Faz de novo". Ou então, escrevia à mão. A noticia manuscrita feita por ele era melhor do que a da máquina, tão bem que ele fazia as letrinhas.

Hoje não tem quem faça isto.

Como narrador esportivo, Milton ficou conhecido pelo goooolllll...goooollll....gollll...

principalmente quando era o ' seu ' Gremio que marcava. Ferretti, nascido em Caxias do Sul em 29/10/1935 , nunca escondeu seu ' gremismo" como o plantonista AAugusto.


Daer

começou a fritura do diretor geral do DAER. Não deve ficar nem mais 24 horas no cargo. E o deputado Feltes (PMDB) quer convocá-lo pro parlamento!!!

ALRS

João Gilberto Lucas Coelho foi candidato ao senado pelo PMDB em 1986..Percorreu o estado num corcel, amarelo, que tinha.

Não se elegeu. Em 1990, ele já no PSDB se elegeu vice-governador de Collares, mas depois rompeu com o Governador.

Hoje está aposentado. Apareceu na ultima sexta pra consultar o caixa do Banco do Brasil, no caixa automático da ALRS

. A funcionária que aparece é a chefe das ascensoriastas da ALRS,Zenaide Terra Rodrigues.

Ela trabalha na ALRS há 12 anos.

DE SÃO BORJA

DE UMA MILITANTE HISTÓRICA DO PDT...

- Não sabemos quem serão os secretários...

O PDT não está sendo consultado pra isto...


Observação minha: o Farelo de Almeida, novo prefeito, tem raízes "EMEDEBISTAS"

Esconderijo do guarda chuva

OLHA ONDE GUARDARAM O GUARDA-CHUVA....NO TETO DA PARADA DO ONIBUS JUNTO AO VIADUTO DOS AÇORIANOS....

CHOVIA NA SEXTA E ENCAIXARAM LÁ O GUARDA CHUVA....ALGUÉM VAI PEGA-LO UM DIA?

Caixa d'água

NO DOMINGO DE SOL, AS MODELOS FOTOGRAVAM NA CAIXA DA AGUA DA 24 DE OUTUBRO...

Jornais no lixo

Neste domingo, na Quintino Bocaiuva, um montão de zeros estavam jogadas no chão. Peguei um exemplar, meio amarfalhado, mas peguei...

Me disse o guarda do prédio ao lado da esquina, que uma ' kombi' da ZH havia perdido um monte de zeros no sábado de tarde.

quem passou ali pode pegar exemplares sem problemas.

olha a zero ai gente, caida no chão da quintino com a 24 de outubro. quem quis, pegou....uma kombi perdeu, me disse o guarda do prédio vizinho ao local.

e a zero encalhou neste sábado na sala VIP da Planalto. de novo. Já o jornal de santa maria, que eu queria ler, nadica de nada. tinha esgotado....a zero encalha, o diário esgota....claro os dois são gratuitos.

 

Restinga

IDENIR CECHIN, DO PMDB, DISSE ONTEM DA TRIBUNA QUE O GOVERNADOR QUER FAZER UM PRESÍDIO NA RESTINGA PRA ' TRAZER OS MENSALEIROS PRA CÁ...'

E FOI OVACIONADO PELO ' POVO ' DA TINGA QUE FOI EM PESO AO PLENÁRIO TORCER CONTRA A INSTALAÇÃO DO PRESÍDIO NAQUELA LOCALIDADE.


*tinga com pres´dio...


Antônio De Marchi Chula, dono do EXpresso Cambará,costumava dizer que a RESTINGA era uma região muito privilegiada.

- O RESTO DA CIDADE PODE FICAR SEM LUZ, MAS LÁ SEMPRE ESTÁ TUDO ILUMINADO, cvostumava desabafar Chula.


*MInha memória me faz lembrar de 1989,quando Olívio Dutra encampou várias empresas de transporte coletivo de Porto Alegre.

A Tinga, ou Restinga, ficou com a Carris e os ônibus escasseavam. O povo da Tinga ia invadir a prefeitura e aí em poucos dias as empresas de ônibus montaram TINGA, atual empresa, que entrou no pacote da devolução das empresas encampadas aos antigos donos.

MALDADE

DO ASSESSOR

hOJE HÁ POUCO, O COLEGUINHA SILVIO LARA, PRECISAVA DE UM FONE DE UM GABINETE DA CAMARA MUNICIPAL. LIGOU PRO GABINETE DO VEREADOR JOSÉ FREITAS, DO PRB...A FUNCIONÁRIA QUE O ATENDEU DEU UM FONE TRI FÁCIL DE LIGAR...

SEVERO ROTH....

TOING....


Lara ligou depois pra lá dando chineladas na funcionária, mas sendo ouvido por outro funcionário.

Quem matou Luizinho de Grandi???


da esq p? dir Alberto André, presidente da ARI,LUIZIKNHO DE GRANDI,Alceu Collares,Jair Soares,Zaira DE Grandi e em pé Celito de Grandi.eM 1986, na sede da ARI.

Celito de Grande tem apresentado boas reportagens aos domingos na ZH sobre crimes do Estado. Fica aqui minha sugestão pra que ele conte como foi a morte do seu irmão, diretor e dono de " A Razão" de Santa Maria.

Memória da Imprensa

O ' TROCA-TROCA'

QUE MEXEU COM O JORNALISMO POLICIAL

NA ´DECADA DE 80

Como registrou o Jornal da ARI,de nov/dez de 1981, não foi apenas um " troca-troca". Mais do que substituição de nomes, registrou o jornal, representou uma mudança de critérios.

Primeiro na Folha da Tarde, depois na Folhinha,a reportagem policial da Caldas Jr. sempre foi muito agressiva( em tempo: foi nela que em 1972/73 começou um grande time de repórteres policiais, como Caco Barcellos, Osni Quaresma,Licinio Azevedo, entre outros que não me ocorre no momento). Em tempo: a agressividade aqui da reportagem policial provocou uma queda coletiva de cerca de 15 a 20 profissionais da Folhinha, em 1975, quando uma reportagem de Caco Barcellos dizia que numa delegacia de Polícia de Niterói, os policiais,ou brigadianos, jogavam bola com presos...isto mesmo, coisa inimaginável hoje em dia....)

A Caldas Jr vinha se caracterizando pela agressividade " contra" a Polícia, fato muito em voga naqueles anos. Visto hoje em dia, é um pouco difícil de se entender isto, mas na época era assim...

A Caldas se caracterizava por apresentar denúncias contra as "arbitrariedades" policiais durante os chamados longos anos do autoritarismo.

A Folha da Tarde, que tinha no seu corpo de redatores um Antoninho Gonzalez, Bachieri,- gente ligada a polícia, mas que imprimia um bom e vibrante ritmo a reportagem policial daquele vespertino de Porto Aelgre que muitas saudades deixou - foi o jornal que deu a morte do traficante " Lula" no xadrez do Palácio da Polícia e noticiou fartamente o sequestro dos uruguaios Universindo Diaz Lilian Celiberti e os dois filhos da segunda.

A ZH se notabilizava por furar a concorrência dando ' batidas policiais' . O que isto quer dizer é que a ZH tinha naqueles anos 70 e começo dos 80, um equipe de repórteres com boas fontes junto a Polícia.

O velho CORREIÃO, também chamado no meio estudantil de ARREIO DO OVO,sempre se manteve no papel neutro, ou equidistante entre os demais jornais.Se mantinha informado ' chupando' as matérias da Folha da Tarde e da Folhinha e dando uma garibada nelas, deixando-as o quanto mais ' insípidas e inodoras' possível.

NOMES

Tibério Vargas Ramos - hoje professor da Famecos - foi remanejado naquela ocasião da Central de Reportagem Policial da Caldas Jr.(estávamos na época da Central disto, Central daquilo, tudo era Central, na ZH havia a Central do Interior...Central foi uma invenção de Antônio Britto Filho, que adotou esta tática pra pegar notícias do interior do Estado)para a editoria de Polícia do Correio do Povo. Vilmo Medeiros, o Cabeção, assumiu a vaga de Tibério .

Vilmo, bem ao seu estilo passional, trouxe quase toda a equipe de ZH .Digamos que aplicava já naquela época a tática do treinador Wanderley Luxemburgo que leva consigo todos seus homens de confiança.

Do grupo antigo da Central de Reportagem da Caldas Jr. ficaram apenas 3 antigos funcionários.

Já na ZH, ficaram ainda menos da equipe antiga de Vilmo: só dois.Foram cinco novos funciona´rios da Caldas Jr pra " Zero". A crise era tãograve que puseram o todo poderoso Gaguinho(José Antônio Ribeiro) pra cuidar também da Polícia, ou seja, ser o editor. Wanderley ficou como sub e se contentou com o cargo.

Gaguinho ficou acumulando o Esporte, onde já era editor e a Polícia.

Era mais uma jogada dos diretores do jornal pra acalmar os ânimos, que estavam aquela altura, muito exaltados.

Velho conhecido da reportagem policial, Gaguinho conhecia todos seus meandros.

Ai houve uma mudança de rumo dentro dos veículos.

A Folha da Tarde passou a dar o ' furo" - uma coisa que hoje em dia ninguém mais dá bola com a internet - e a ZH passou a fazer até textos" literários" na reportagem policial. Aí começaram a se destacar os textos de Clóvis Ott (falecido)eLuis Alberto Scotto( hoje professor da UFSC, plantador de uvas num dos morros que arrodeiam Floripa e natural de Garruchos, ali onde o rio Uruguai faz a curva em direção a Terra dos Presidentes), Ott fez uma cobertura exemplar do caso FLAVIO ALCARAZ GOMES, de seu julgamento e prisão. Cobertura que até o próprio Flávio, depois que saiu da cadeia elogiou.Mesmo que quando ambos estavam na Caldas Jr. tivessem uma relação de ódio, porque Flávio considerava o pessoal da Folhinha, como Otti, tudo ' esquerdalha' como costumava dizer.

Magnamico e longe da disputa entre a Folha da Tarde e a ZH, o Correio ficou impávido e colosso(talvez por isto em 1984 fechou as portas....)

A reportagem que o jornal da ARI fez nãoe stá assinada...Mas foi muito esclarecedora. Uma pena que não tenha a pena de quem a redigiu. Porque um ' troca-troca' que mexeu com as redações na época ficou registrado na memória de um jornal de classe.

Perguntei ao Wanderley Soares, hoje colunista policial de O SUL, o que lembrava daquele episódio. Mandou dizer o seguinte:

- Houve alguma coisa sim, mas agora estou muito ocupado.Estou trabalhando. Vilmo Medeiros ninguém sabe onde anda...

Não se tem noticiais dele, mas ao que se sabe, - e isto o diz seus colegas - estaria vivo e morando em Canoas, algo assim

PT recebe mídia livre para almoço nesta quinta-feira

NESTA QUINTA ALMOÇO COM O ADELI ...NO MOCÓ DO PT...

O PT de Porto Alegre convida os representantes de jornais de bairro, segmentados e blogueiros para um bate-papo sobre eleições e demais ações do partido. A atividade acontece na próxima quinta-feira (29.11), na sede do Partido, que fica na Av. João Pessoa, 785.

Contamos com a presença de todas e todas.

Informações e confirmação das adesões podem ser feitas através do e-mail asscom@portoweb.com.br

Asscom PT-POA

DONO DO BARRANCO

COLOCOU "MARCA PASSO"


Elson Furini, no dia da festa dos seus 60 anos!


Elson Furini , dono de 60% da mais conhecida Churrascaria do Porto,o Barranco, ficou fora da empresa durante 60 dias há pouco tempo atrás por problemas de saúde. Furini teve problemas do coração e colocou um "marca passo".

nO PERÍODO QUE FURINI ficou fora da empresa, a churrascaria foi tocada pelo filho, Jr. e pelo sócio Chiquinho Tasca, que tem 40% das ações da churrascaria.

O Barrancvo, que quando começou em abril de 1969 não passava de uma tasca, é hoje a mais conhecida casa de comida de Porto Alegre.

Não é a mais cara, porque a Na Brasa - a preferida do Serginho Ros, nas poucas vezes que vem a Porto Alegre embora nosso conhecido bentogonçalvense, ex-jogador do Gremio, não coma e assim mesmo paga a conta - é muito mais cara que o Barranco.

Mas a churrascaria da Protásio Alves tem fama de carreira entre o público. Todo mundo fala, mas todo mundo, que pode, morre lá...

Furini, que se recuperou bem da cirurgida, deverá lentamente retomar as atividades em breve, informa um garção da casa.

Relatório inócuo

Carlos Chagas

Depois, dizem que é má vontade. Só que assim não dá. Os comandantes do PT exigiram do relator da CPI do Cachoeira, Odair Cunha, que incluísse em seu texto agressões ao Procurador Geral da República, a jornalistas e até ao governador de Goiás, do PSDB. Cumprida à risca, a ordem só desmoraliza o autor, além de revelar-se inócua. A Justiça jamais aceitará abrir processos de sentido nitidamente político contra as pessoas referidas.

No fundo dessa represália pueril está o mensalão, ou melhor, estão José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares e outros cardeais petistas. O ex-chefe da Casa Civil ainda manda nos companheiros que dirigem o partido. E muito. O relatório da CPI significa uma espécie de revanche ou vingança, além, é claro, de expor as falcatruas do Carlinhos Cachoeira e seus associados.
ADVERSÁRIOS, QUASE DESAFETOS
Pesquisa superficial nos trabalhos do Supremo Tribunal Federal, desde a posse de Joaquim Barbosa como ministro, revela que o atual presidente da mais alta corte nacional de justiça já se indispôs com pelo menos seis colegas. Com os ex-ministros Maurício Correia, Eros Grau e Ceza Peluso, e os atuais Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski, foram trocadas palavras ásperas, agressivas e pouco protocolares.
A pergunta que se faz é se, na direção do Supremo, Joaquim Barbosa vai mudar. Provavelmente não.
POR PRECAUÇÃO…
Voltaire passou a vida inteira dizendo a verdade e, por conta disso, rompido com meia Humanidade. Seu alvo principal foi a Igreja, naqueles idos aliada à aristocracia e beneficiando-se materialmente dela. Foi dele a exortação para “esmagar a infame”, que tanto rebuliço causou na França. O genial pensador acreditava em Deus, mas à sua maneira, desligado da liturgia e das práticas do catolicismo. Com mais de oitenta ano, já doente, surpreendeu os amigos ao mandar buscar um sacerdote. Queria confessar-se. Espantados, eles cobraram coerência em quem rejeitava em bloco os ensinamentos religiosos. A resposta foi singular: “Continuo não acreditando nessa história de céu e inferno, mas por via das dúvidas, não custa nada estar preparado, se a Igreja tiver razão…”
O episódio se conta a propósito da mudança do Secretário de Segurança Pública, em São Paulo. Não vai adiantar nada, em termos de combate ao crime organizado e à bandidagem que assola a cidade, mas por via das dúvidas…

SEM PULO - TÚNEL DO TEMPO

Rudimar Thomas

Cercamento do Araújo Vianna – MP pede inspeção
Da Camino acata representação de Sofia Cavedon



O procurador-geral do Tribunal de Contas do Estado, Geraldo Costa da Camino, respondendo a representação da vereadora Sofia Cavedon (PT-PoA) contra a tomada do Parque da Redenção, através do cercamento do Auditório Araújo Vianna pela Opus Promoções, encaminhou nesta sexta-feira (23/12), ao Tribunal de Contas do Estado, solicitação de inspeção no cercamento do Auditório.

Conforme Sofia, o Procurador considerou irregular a medida de fechar o espaço público. Também como medida cautelar, Da Camino determinou ao Governo Municipal, que não amplie a intervenção e que garanta o acesso à população na área cercada. “Importante ação de retomada do que deveria ser público”, destaca a vereadora.

Sofia entrou no dia 08 de outubro com uma representação no Ministério Público de Contas (MPC), solicitando providências para a retirada da cerca de grades ao redor do Araújo Vianna, afirmando que a área do cercamento avança para o espaço do parque, configurando indevida transferência, a ente privado, sem autorização legislativa, de bem público destinado ao uso comum da população, no caso, o Parque Farroupilha.

Fonte: Sofia Cavedon – 9953.7119

Foto: Marta Resing

Porto Alegre, 23 de novembro de 2012.

Jorn. Marta Resing/5405

PORTO ALEGRE LEITORA...

tENHO NOTADO MUITA GENTE LENDO DENTRO DE VEICULOS DE TRANSPORTE PÚBLICO....ESTA FOTO FIZ NA AV. JULIO. ERA QUINTA DE TARDEZINHA E A PASSAGEIRA LIA SOFREGAMENTE SEU LIVRO NO LOTAÇÃO!!!!!

QUATRO GRANDES DO TRANSPORTE PUBLICO, OS QUATRO JÁ FALECIDOS!


Antônio De Marchi Chula(morto em 23.10.2005) Coronel Ari Lampert(já falecido)Edgar Dutra Pinheiro( morto em 02.02.2008) e Innocêncio Michelon( morto em 20.11.2012)
Todos na Churrascaria Mosqueteiro


Esta foto feita na Churrascaria Mosqueteiro reuniu o então todo poderoso da Secretaria Municipal dos Transportes, Cel Lampert, e três dos principais transportadores de Porto Alegre: Michelon, da Gazometro, Chula, do EXpresso Cambará e Edgar Pinheiro da Belém Novo.

Os 4 estão mortos...o ultimo a falecer foi o Michelon em 20 ultimo...

DE SERAFINA

BICO BRANCO AINDA

NÃO DEFINIU SECRETARIAS



O prefeito de Serafina, Ademir Presotto, do PP, reeleito pra mais 4 anos de mandato, ainda não tem os nomes de quem ocupará as 9 secretarias do município.

" Até o momento não temos nenhuma definição para a ocupação das secretarias" disse a este site.

Informou ainda que o assunto será tratado junto aos partidos que compuseram a coligação vencedora(PP e PSB)

Oprefeito informou que algumas secretarias ele determinará quem será o titular.

- Tudo será visto e pensado durante os primeiros meses de 2013.

Bico Branco ainda disse que as três secretarias pelas quais responde, terão em 2013 titular.E conforme o prefeito o número de secretarias que o partido coligado, o PSB ocupará será avaliado junto ao proprio partido aliado.

O PSB entrou com o vice, no caso Chico Mezzomo.

Os próximos quatro anos de mandato serão importantes para o prefeito que segundo se comenta tem pretensões a uma candidatura a deputado federal.

UM PUTA CAMARADA: LFV


EM VENEZA, O narrador, Caco Barcellos . Momentos antes do embarque meu para Paris. Caco foi pra Iugoslávia, com sua companheira da época, Avani Stein, de quem é a foto.

Em Roma, onde o escritor morou um tempo com a família EM 1986

na fontana de Trevi, onde seria mais original?

Estava em Roma em 1986, fevereiro, e lembrei-me que o colega da ZH estava morando lá com a família. LFV sempre foi um trotoir...

Havia marcado com o Caco Barcellos e com sua mulher, Avani Stein, que nos encotraríamos na estação Termini, de Roma.

Acabamos todos nos hospedando num hotelzinho do centro de Roma, de onde de madrugada íamos buscar jornal na boca da gráfica que o imprimia.

Localizei um telefone e liguei pra Embaixada do Brasil pra saber como localizaria o escritor, colega de jornal que morava em Roma.

Queria fazer uma entrevista pro jornal pra saber como ele vivia na Europa. Tive sorte...

A Embaixada me informou que quem sabia do Verissimo em Roma era o Braga,então adido cultural do Brasil junto à Santa Sé. Liguei pro Braga e naquelas combinações que tudo dá certo, sem maiores delongas ele me deu o fone do Verissimo.Liguei pra casa dos Verissimo(estavam todos lá...)e uma das filhas, sinceramente não recordo o nome,me disse que o pai estaria em casa à noite.

Havia saído. Liguei à noite,sentindo que estava no caminho certo e falei com o colega.Ele marcou pra fazermos as fotos no dia seguinte.foi como sempre tri gentil com um colega.

Chegou no local que havíamos marcado ele , a Lúcia e o três filhos. Estavam indo ao cinema. A Avani Stein, fotógrafa arranjada de ocasião, sugeriu que o local fosse a Fontana de Trevi. Ao que o Verissimo, com sua fina ironia, retrocou pra colega:

- Não tinha um local mais original...
Fomos todos pra lá e a Avani fez seu trabalho fotografando o escritor e sua família junto a Fontana de Trevi e a algumas ruelas de Roma.Eles tinham o tempo contado porque em seguida iriam, como já disse ao cinema.

Notei ali que ele tinha seu tempo contadissimo e tudo era muito disciplinado.

Quando fomos fazer algumas perguntas, ele nos pediu que as mandássemos pelo correio que responderia. E foi o que fez.

A matéria saiu com belas fotos num domingo, no Caderno dominical da ZH, editado pelo Chico Reis. Foi ainda naquele ano que a matéria saiu...Me deem um tempo que a localizo e a reproduzo aqui.

DESAPARECE UM DOS ULTIMOS

PIONEIROS DO TRANSPORTE PÚBLICO DA CAPITAL.


Guido Raupp(da VAP) Francisco Rocha, gerente-geral da ZH( dos tempos do Ari de Carvalho) e Innocêncio Michelon, fundador da empresa Gazometro, em 1966.

Com a morte no dia 20 ultimo de Innocêncio Michelon, desaparece um dos últimos pioneoros do transporte público da capital. O vereador João Antônio Dib, que quando ocupou a Diretoria de Planejamento e Fiscalização da Secretaria dos Transportes nos anos 50 conheceu a todos eles me disse ontem de manhã, em entrevista, que ele manteve contato primordialmente com Michelon em 1956:

- Havia naquele ano três empresas organizadas, disse Dib, que tem 83 anos. A Gazometro, do Michelon, a Bianchi que ficava na Cristovão Colombo com a Nova Iorque e o EXpresso Guarani( dos Piccoli).

Os mais antigos lembram que os onibus da Bianchi eram verdes.

No meu livro " quem diria, tudo começou assim" editado pela ATP em dezembro de 1993 relatou um pouco da vida do Michelon.

Innocêncio contou que mesmo no dia do seu casamento trabalhou:

- Eu casei num sábado e trabalhei até o meio-dia, na Floresta,d epôs ele pro livro.

E Michelon conta como era a disputa de passageiros entre os primeiros transportadores da capital:

- O português Antônio Piedade que tinha 60 onibus ficou assustado conosco e nos abriu guerra. Ele pegava seu automóvel e no pique da manha ia para as paradas pra nos roubar os passageiros.

Chegamos atrabalhar com acha de lenha como mola mestra para não perder o pico da manhã, contou Michelon.

Michelon, que dirigiu muito ônibus, diz também as malandragens dos primeiros transportadores. Assim, na Praça XV de Novmebro, dos dois abrigos de bondes uns saíam pra Independência e Floresta e outros pro Partenon,Teresopolis,Gazometro e Menino Deus.

No outro lado saíam os da Independencia e Floresta e se cruzavam na frente das Lojas Guaspari.

- Quando apontava o bonde,nós-tchau-íamos embora. Se o cara fosse amigo do guarda, fazia-se sinal com o dedo e passava o sinal antes do bonde.

Quando faltava energia, era um filé mignon para nós: os ônibus andavam chinhos pra lá e pra cá...

OS UNICOS A

ESCONDER OS ONIBUS


Innocêncio Michelon e Antônio Chula, que foi presidente do sindicato da categoria, foram intransigentes na época em que o PT assumiu a prefeitura de Porto Alegre, em 1989 e fez a encampação dos õnibus.

Foram os dois únicos empresários - eles eram cu e calça como se diz - que retiraram seus veículos de circulação e os esconderam em locais ermos que ninguém sabe onde ficavam...

Ou seja, não os deixaram nas garagens.

Chula levou os veículos do Expresso Cambará prum sítio que tinha em Belém Novo, na zona sul da capital e Michelon deixou os seus, azuizinhos(ele era gremista fanático) num sítio que tinha em Viamão, escondidos de todo mundo.

Fui como repórter da ZH atrás dos mesmos. Os do Chula foi fácil descobrir onde estavam e os fotografamos...

Mas os do Michelon foi mais dificil até que levantei que tinham ido pro sítio. Pra lá me mandei com um fotógrafo e de longe conseguimos fazer uma foto onde se via apenas o ' teto' dos veiculos.

Não entramos no sítio e depois fiquei sabendo que o dono dera ordem ao capanga que tinha lá pra mandar bala caso algum repórter furunguento fosse invadir o sitio pra fotografar. Parece intuição, mas desta me escapei. Trouxemos a foto e fiz um relato na ZH de onde estavam escondidos os onibus do empresário. Sua empresa não era da smaiores, tinha porte médio.

Nunca fui amigo de Michelon, mas durante anos comprava as passagens escolares de minhas filhas na garagem da Gazometro, localizada na av. São Manoel, ou Santana, não recordo bem agora. Mas é por ali...a empresa sempre esteve por lá.

COMEÇO DIFICIL

No começo da empresa, nos anos 50 e 60 , tudo era dificil pra Gazometro. Quebravam muitos õnibus e Michelon se aborrecia.Os carros eram desgastados, umas caieiras brabas..

- Eu me aborrecia com isto de tanto carro quebrado que tinha.quebrava rolamento,quebrava a ponta do eixo dianteiro,quebrava tudo. Era o diabo, me disse Michelon no depoimento que me deu pro livro que editei patrocinado pela ATP, com o incentivo principal do seu presidente da época, José Alberto Guerreiro.

Daqueles biografados todos, se não me engano, ainda está vivo Alcides Calegaro, da Viação São João, mas que saiu do ramo há muitas de´cadas.

INFORMATIVO DE MANDATO (I)

do blog do Adeli Sell


O último boletim de 2012 reserva espaço central para tratar da nossa visão de futuro para a cidade, bem como referendar temas tratados ao longo deste último mandato na Câmara. Também se propõe a agradecer a todos aqueles que depositaram confiança no nosso trabalho pela ética e pela coragem. (Arte: Luciane Baldi)

INFORMATIVO DE MANDATO (II)
Estamos encerrando um ciclo que nos deixou por 16 anos na Câmara Municipal de Porto Alegre, mas não nossa trajetória na política. Sem essa cadeira parlamentar, mas com o mesmo vigor, continuaremos trabalhando pela cidade, pelo cidadão, pois a boa política não se faz apenas no espaço parlamentar. Saiba mais no Blog.

INFORMATIVO DE MANDATO (III)
Para melhor leitura, utilize o Issuu, visualizador online, e confira nosso boletim.

A VOADORA DO COTIA!



O fotografo Armênio Abascal, vulgo Cotia, em 1977,quando o Gremio foi campeão gaúcho,fez esta foto do André Catimba, comemorando um gol.


Cotia morreu num acidente em BH, lá por 1982/83..
Mas ele também pediu...Quando saímos a fotografar pro interior, ele enchia a cara de fumacê e depois pedia pra dirigir naquelas curvas que existiam,ou existem nas estradas gaúchas.

Não demorou...num trabalho que foi fazer, seu carro se estraçalou.

Cotia.ou Armênio Abascal foi protagonista, nos anos 70, de uma proeza. Fugiu com uma colega, casada, com um médico e a desculpa que ela deu em casa era de que ia visitar um tio que estava no exílio. Foram localizados numa paradisiaca, naqueles anos, praia de Santa Catarina, que a gaucholandia a adotou, ou seja Garopaba...

Foram busca-los e os dois voltaram.
Cotia foi admoestado pelo seu chefe, Telminho Curcio que lhe prometeu:
- Se contares tudo, não te demito.

Cotia dizem,contou e ficou. Mas ela saiu e a ZH nunca mais adotou fotografa mulher por um bom tempo. Hoje esta bobagem caiu e há muitas mulheres trabalhando no setor.

Mas o salto do André Catimba ficou IMORTAL, como o Gremio, na foto do saudoso COTIA.

O LEVANTE QUE TRAUMATIZOU tania regina



Tânia Regina da Silva ficou traumatizada em julho de 1994,quando um grupo de rebelados tentaram fugir do Hospital Penitenciário, ela foi feita refém junto com outros jornalistas.

Excelente e competente repórter, ela estava na rádio Gaúcha, naquele episódio. Mas fora da Guaíba também.

Tania Regina nasceu em 21.08.1948 em S.Paulo filha de Vicente Pedro da Silva e de Iria D. da Silva.
Trabalhou ainda na Assembléia Legislativa e na TV Gaucha, hoje RBS TV. Ficou conhecida principalmente pelo seu trabalho na Guaíba e na Gaúcha.

O que se conta é que com o trauma do episódio que está contado num livro de Diego Casagrande e do prof. Coiro, Tania perdeu a voz e se aposentou por incapacidade. Trabalhar em rádio sem voz não dá.

UTC

UM FUNCIONÁRIO DO GABINETE DO DEPUTADO LUCAS REDECKER COMPROU HOJE, DIA 22/11, UM FAROL QUE ALUMIA MIL METROS....TUDO POR CAUSA DE UM LEÃO BAIO QUE ANDA RONDANDO SEU SÍTIO EM SÃO CHICO DE PAULA....

CONSCIENCIA NEGRA

na terça e na quarta ultimas a alrs homenageou os negros, pela passagem do DIA DA CONSCIENCIA NEGRA..

na terça, dia 20, foi feita um ato na entrada do prédio e na quarta, houve sessão solene com discurso do deputados entre eles Frederico Antunes, do PP e Raul Carrion, do PCdoB.


MAIS FOTOS DO LANÇAMENTO DO EVENTO DA CONSCIENCIA NEGRA NO DIA 20 ULTIMO NO HALL DE ENTRADA DO PRE´DIO DA ALRS...

o bar do vila maria


Agora que saiu o filme ESPIA SÓ o renato, dono do bar do vila maria, na duque está todo prosa. saiu até na zh e ele mandou buscar a reportyagem pra colar na parede...


PIADINHAS

FLAVIO PEREIRA ACHOU 100 PIADINHAS E MANDOU PRO SERGIO ZAMBIAZI, NA FARROUPILHA. O RADIALISTA ADOROU PORQUE O QUADRO TEM PATROCINIO, OU SEJA, TEM QUE IR AO AR....


*outra piadinha que corria ontem:

MARADONA VEM INAUGURAR O ARENA...PRA TIRAR O PÓ DAS TAÇAS...


VALEU....

Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Documentos revelam detalhes de explosão no Riocentro
Arquivos do exército estão com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro

SÃO PAULO - Três folhas de papel contam em detalhes a explosão da bomba no Riocentro em 1981, numa espécie de minutagem escrita à mão por ninguém menos que o comandante do DOI-Codi do Rio na época, o coronel Júlio Molinas Dias. Outros dois documentos do Exército mostram a entrada e o retorno do que restou de explosivos plásticos para a feitura da bomba, que explodiu acidentalmente no carro com dois militares durante o show do Dia dos Trabalhadores, em 30 de abril daquele ano. Esta é uma parte do arquivo pessoal de Molinas Dias, morto no início do mês durante um suposto assalto em Porto Alegre.
Os documentos foram entregues à polícia pela família do coronel reformado e estão em poder do governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro. Na terça-feira, serão entregues para a Comissão Nacional da Verdade. Os documentos, que têm sido mantidos em sigilo, trazem ainda informações importantes sobre a prisão e morte do deputado cassado pela ditadura Rubens Paiva, desaparecido há 41 anos e cuja morte foi negada pelos militares.
O "acervo" de Molinas estava guardado em sua casa e foi entregue pela família depois de sua morte. O coronel reformado tinha um arsenal com mais de vinte armas e, segundo as investigações, foi atacado por ladrões que tentavam roubar esse armamento. Foi morto com 15 tiros.
Para o presidente do Movimento de Justiça e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, Jair Krischke, a "minutagem" e os despachos internos do Exército "oficializam" a ação do comando do DOI-Codi na explosão da bomba no Riocentro. A bomba seria atribuída pelos militares a uma ação de terrorismo de esquerda, mas acabou explodindo no colo do sargento Guilherme Pereira do Rosário. No ano passado, o GLOBO revelou que Rosário levava no bolso da calça uma pequena agenda telefônica, com os nomes reais de militares e civis que atuaram na tortura do regime militar.
-- Molinas passa a fazer o registro da ocorrência, com a contagem dos minutos, a partir da explosão da bomba, que foi acidental. Faz isso porque a estratégia fugiu do controle. Os outros dois despachos mostram que o próprio material da bomba foi fornecido pelo Exército e que a sobra foi devolvida para o quartel. São documentos muito reveladores, importantes para esclarecer como o episódio está ligado ao centro de comando do aparelho de repressão do estado -- disse Krischke.


Folha publica que governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), prepara para a semana que vem um ato político de entrega à Comissão da Verdade de cerca de cem folhas encontradas nos arquivos pessoais de um coronel que chefiou o DOI-Codi, um dos órgãos da repressão no regime militar. Conforme a Folha mostrou na terça-feira passada, material recolhido pela Polícia Civil na casa do militar reformado Júlio Miguel Molinas Dias pode elucidar o caso Rubens Paiva e o atentado ao Riocentro, em 1981. Dias foi morto a tiros no início do mês na capital gaúcha. Nos documentos, há um ofício de 1971 informando a chegada à sede do DOI-Codi no Rio do ex-deputado Rubens Paiva, um dos mais conhecidos desaparecidos políticos do regime militar. O Exército sempre negou a responsabilidade pelo desaparecimento. A única prova da presença de Rubens Paiva em dependências militares eram testemunhos. Segundo a Casa Civil do governo Tarso, os documentos não devem ser tornados públicos já no evento. Antes, eles passarão pela análise da Comissão da Verdade Estadual, criada para municiar com informações o grupo federal. Os papéis estão guardados reservadamente com a Polícia Civil. Tarso disse ontem em uma reunião que os documentos comprovam que Paiva foi sequestrado e "covardemente assassinado" pela ditadura, em suas palavras. O jornal "Zero Hora" reproduziu anteontem termos do documento, que informa com quais pertences o engenheiro chegou à divisão militar. O ofício, diz o diário, afirma que a equipe responsável por trazê-lo era do Centro de Inteligência da Aeronáutica. Contém ainda uma assinatura que pode ser do ex-deputado. O delegado Luís Fernando de Oliveira, responsável pelo recolhimento do material, diz que nada consta nos papéis que comprometa o coronel. No material também há relatórios sobre fatos após a explosão no Riocentro. Em 1981, uma bomba explodiu acidentalmente em um carro que levava dois militares durante um show do Dia dos Trabalhadores.

Paris e o Tour da França

Antonio Augusto Bandeira


Gosto muito de Paris. Já perdi a noção de quantas vezes estive e repetindo os lugares conhecidos, saborear o passado,serve, também, para descobrir surpresas agradáveis.

Este ano, só conhecia mais tres lugares na França , resolvi me aventurar na busca do mais.
Foi bom.

Tirando o guia, coitado, os lugares eram lindos e o pessoal da excursão muito agradável.

Foi uma caminhada, bonita, cansativa, mas que recomendo para todos.

No meu sozinho, ás vezes, me dou conta que muito pouco conheço e que tenho muito que aprender.

Repito uma frase: -estou sempre começando...

Quando o passado se mistura no presente. é grande a vontade de continuar.

Somar é melhor que diminuir.

Enquanto pudermos vamos viajar.

SORTE AO LFV

TREMENDO COLEGA. BOM CARÁTER, CARA SIMPLES E TANTO...VI O VERISSIMO PELA ULTIMA VEZ NUM DEBATE QUE TEVE NA FEIRA DO LIVRO, COM O MÁRIO PRATA E COM UM MEDIADOR QUE DEVE SER FILHO DE UM CARUSO PORQUE TAMBÉM SE CHAMA CARUSO...
MEIO SE ACHANDO, O CARA, DIGO O MEDIADOR.

NO MEIO DE TANTO PAPO, O MÁRIO PRATA CONTOU QUE UMA VEZ PEGOU UMA CRONICA DO LFV SOBRE O VERÃO DA MACONHA, AQUELE DE 1987 QUANDO TODO MUNDO FUMOU DA BOA.

O MARIO PRATA FOI FAZER UM LIVRO DOS 70 ANOS DE UM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA DE SÃO PAULO E ACHOU POR BEM SEPARAR POR DÉCADAS OU ANOS..ENFIM, LEMBROU DE UMA CRONICA DE 1987 SOBRE A MACONHA DA LATA MAS ELE ACHAVA QUE ERA DO JO SOARES. FOI VER E ACHOU QUE ERA DO LFV...CONTOU QUE USOU E QUE ESTAVA CONTANDO ISTO PELA PRIMEIRA VEZ.

NO FUNDO DA SALA, ESTAVA A LUCIA VERISSIMO...DEVE TER SIDO CHATO PRO LFV OUVIR QUE USARAM UMA CRONICA SUA,SEM CONSULTA-LO E QUE NÃO LHE DISSERAM NEM MUITO OBRIGADO...

LFV ESTAVA PARTICULARMENTO IRONICO...

RESPONDIA MONOSSILABICAMENTE E RARAMENTE RIA. AS VEZES ME PARECEU QUE SAÍA DO AR...
MAS DEVIA SER UM ESTRATAGEMA DELE PRA AGUENTAR ESTES COMPROMISSOS QUE PRA ELE DEVEM SER UM PÉ NO SACO.

TEMOS CERTEZA QUE ELE VAI SAIR DESTA....

MEMORIA DA IMPRENSA



HOJE EM DIA A ARI NÃO TEM MAIS IMPRESSO NENHUM. MAS HOUVE UM TEMPO QUE IMPRIMIA UM BOLETIM...SEU PRIMEIRO NÚMERO ocorreu em dezembro de 1965 e foi impresso numa grafica do centro da cidade. Muito modesto, tinha apenas um anúncio dos refrigeradores Admiral..que devia ser coisa do Paulo Velhinho...


Era editado em apenas 4 paginas e continha basicamente noticias sobre associados. Feito de uma forma modesta, mas era feito...


que voltem aqueles tempos, era o aconselhável!

Escritora

HOJE DE MANHÃ VI A MARTA MEDEIROS DESCENDO A NILO PEÇANHA, LÁ PELAS NOVE E POUCO. ESTAVA FAZENDO SUA CAMINHADA MATINAL...

NA QUARTA A MARTA FEZ UMA CRONICA MUITO BOA, ESTAVA IRRITADA COM A DERRUBADA DE UMA CASA E SEMPRE QUE ELA ESTÁ INDIGNADA ESCREVE BEM.ACABOU FALANDO DE TODOS OS LOCAIS ONDE MOROU EM PORTO ALEGRE...NO FIM DA CRONICA FICOU UMA CHATICE...

BOM, MAS NEM TUDO É PERFEITO....

NA CRONICA DA QUARTA, ELA FALOU QUE MOROU NA LAVRAS...POIS A LAVRAS É LOCAL QUE MORA GENTE FAMOSA...JÁ MOROU O ASSIS BRASIL, MORA LÁ O NILSON MARIANO, O ALBERTO BLUM, A COLUNISTA DENISE NUNES E SE NÃO ME ENGANO MOROU UM OUTRO ESCRITOR POR LÁ...
]
HOJE A LAVRAS VIROU UM MUQUIFO CHEIO DE ASSLATOS POR CAUSA DE UMA PIZZARIA- A NONO NÃO SEI DAS QUANTAS - ..VOLTA E MEIA, LÁ PELA MEIA NOITE E TANTO OUÇO TIROS E CORRERIA..É MAIS UM ASSALTO CONTRA UM CLIENTE QUE SAIU OU ESTAVA SAINDO DA PIZZARIA. UMA AMIGA, A NEUSA BARCELOS, MUDOU-SE DE LÁ ASSIM QUE A PIZZARIA SE INSTALOU PORQUE ELA MORAVA DO LADO E VIVIA DANDO FUDUNCHO POR LÁ.


HISTORIAS DE LA UNDEZE!

A CHURRASCARIA DA RODOVIA DOM PEDRO I

" mate amargo"!


OS QUE FORAM E VOLTARAM


Na debandada que foram os anos 70, do século passado, em direção a SP,MG,PR, os colonos das capelas do interior de Serafina, em procura de trabalho, principalmente em churrascarias, deixaram para trás as famílias e muitos não regressaram mais porque acabaram constituindo família com gente do local para onde se mudaram.

Mas ocorreram algumas exceções...

Quando os que se mudaram pro interior de SP saíram de Serafina casados, havia sempre a chance de voltarem, pois, principalmente do lado das mulheres, a mãe que ficara em Serafina, ficava sempre pressionado pra que a filha eo genro voltassem.


Houve o caso do Marcelino Gazola que casou com a parente deste redator, Cristina Canton , filha do meu primo e padrinho, Albino Luis Canton que foram levados pra Atibaia(SP), região pra onde se mudara o irmão mais velho deste redator, Renato Canton...

Depois de um tempo, Marcelino e Cristina trabalhando no " Mate Amargo" começou a se desentenderam com o dono da Mate Amargo, Renato Canton.

Principalmente a Cristina, que vem a ser parente do dono da Churrascaria.

Como Renato tinha levado pra la os irmãos caçulas, Paulo e Francisco, o Chico, e ele pessoalmente não queria comunicar a Cristina que não mais a queria trabalhando com ele, deu a missão ao Paulo, que politico como é, conseguiu a dificil missão com o menor estrago possível, se é que existe modo de se comunicar uma demissão sem quebrar os pratos...

E como decidir com parentes, que ele mesmo tinha levado pro interior de SPaulo?


Cristina e Marcelino( nome muito comum no meio italiano por causa da história de Marcelino Pan e Vino)moravam numa casinha perto do restaurante Mate Amargo. Ali nasceu um dos guris que hoje é dono de uma oficina em Serafina Correa(RS).

Depois que saíram do " Mate Amargo",Cristina e Marcelino foram botar um negócio próprio mas não ficaram mais do que dois anos...

Regressaram a Serafina, onde Marcelino foi ser guarda noturno da Perdigão e vivem até hoje.

Saudosismo do bondes....



NA SUBIDA OU DESCIDA DO BARRANCO ENCONTRARAM TRILHOS DE BONDE...

A PARADA DO CORREDOR PROTÁSIO, JUNTO A ESTAÇÃO EÇA DE QUEIROS, ONDE FICAVA o Porto de Elis - bar da noite de Porto Alegre onde por sinal Adriana Calcanhoto começou na noite,cantando, nos anos 90, do século passado - na tarde calorenta de quarta,dia 21/11, as escavadeiras encontraram trilhos de bondes...


A ZH e o Metro deram matéria disto, provando que Porto Alegre ainda não ' enterrou' sentimentalmente seu passado.

Um dia, numa crônica muito boa, Paulo Santana deu a palavra final sobre este assunto: não é dos bondes que se tem saudade, mas da juventude...

Pois imagina hoje a cidade andando com aqueles troços sem se mexer...melhor assim, de onibus, embora as vezes escasseiem como é o caso do meu, o 429-Iguatemi - mas pelo menos se anda.

Claro que com bondes modernos, isto não seria o problema. Mas não imagino a cidade andando com os bondes hoje em dia...Enfim, cada um com sua opinião....

LIBERTADO NO DIA DA CONDENAÇÃO

Por Carlos Chagas

Contando lá fora, ninguém acredita: no mesmo dia em que foi condenado a cinco anos de prisão, Carlinhos Cachoeira foi posto em liberdade. Explicações existem: sua pena será cumprida em regime semiaberto, não tendo chegado aos oito anos exigidos para prisão fechada. Já estava preso há 266 dias. Ganhou habeas-corpus e aguardará sua sentença em casa até que transite em julgado. Tudo de acordo com a lei, mas mesmo assim...

Mesmo assim, o que fica do episódio para quem não mergulha nos meandros da ciência jurídica é que um preso saiu da cadeia no dia de sua condenação a cinco anos. Uma contradição.

As coincidências não param, pois na mesma terça-feira inusitada o relator da CPI do Cachoeira divulgou seu relatório indiciando menos gente do que se esperava. O deputado Odair Cunha acusa a empresa Delta por dar aparência legal a um sistema de corrupção, mas deixa de incriminar seu presidente, Fernando Cavendish, ao tempo em que absolve os governadores Sérgio Cabral, do Rio, e Agnelo Queirós, de Brasília, mas investe sobre Marconi Perilo, de Goiás, os três supostamente ligados à Delta e a Carlinhos Cachoeira.

Em suma, é a confusão generalizada. Em termos legislativos, fica mais uma vez exposta a fragilidade das Comissões Parlamentares de Inquérito, sempre sujeitas a interesses políticos e partidários. O PT queria infernizar a vida de uns, o PSDB de outros. Resultado: a maioria foi para o céu. Seria preciso repensar o poder das CPIs, na realidade, nenhum. Encaminhar seus relatórios à Justiça revela-se iniciativa atrasada, já que em quase todos os casos os tribunais já estão atuando. Deixar a composição dessas comissões entregue aos partidos significa confirmar que os mais fortes sempre conseguirão impor sua vontade aos mais fracos. Ou então, como agora, dar empate.

É de Otávio Mangabeira a imagem sobre ser a democracia uma plantinha tenra que necessita ser regada todos os dias. Nada mais correto. Antes que ela cresça, vicejam as pragas. Os mensaleiros continuam soltos, Carlinhos Cachoeira volta aos seus negócios.

O FIM DO MUNDO

Ontem, dia 21, ficamos a um mês do fim do mundo, a dar-se crédito às profecias do Calendário Maia e de Nostradamus. Como os astrônomos não identificam nenhum asteróide em rota de colisão com a Terra, nem os médicos denunciam a existência da Peste Negra, melhor preparar as comemorações para o dia em que o planeta sobreviveu. Por via das dúvidas, porém, seria de cautela que aproveitássemos os próximos trinta dias para traçar novos rumos e resoluções. Que tal se o Congresso aprovasse a reforma política? E se o Supremo Tribunal Federal encerrasse o julgamento do mensalão? Por que a presidente Dilma não se diz logo candidata à reeleição e não reforma o ministério? Não seria hora de o PSDB entregar seu comando ao senador Aécio Neves? Agora que as chuvas chegaram, melhor seria reorganizar a agricultura, ao tempo em que todas as secretarias de Segurança e as delegacias de polícia deveriam empreender um mutirão de combate à bandidagem. Talvez a mobilização das Forças Armadas e da Polícia Federal para cortar em nossas fronteiras o contrabando de armas e da entrada de tóxicos. Se o mundo for mesmo acabar, é bom que acabe sem mazelas...

OS MÍSSEIS, DE ONDE VEM?

Em vez de ficar matando palestinos, Israel deveria investigar e interromper o fluxo de mísseis até a faixa de Gaza, pois naquela terra ninguém fabrica sequer um parafuso, quanto mais sofisticados instrumentos de morte. De onde vem os mísseis? Como entram? Quem está por trás desse comércio de horror?

Para uns, o principal fornecedor é o Irã. Para outros, a Rússia. Sem falar nos barões privados do contrabando de armas. Mas de algum lugar continuam chegando os mísseis. Mossad, CIA, MI-6 e congêneres devem explicações. Ou deixariam de existir se esse tipo de tráfico fosse interrompido?

HISTORIAS DE LA UNDEZE!

NO CEMITÉRIO MUNICIPAL HÁ UM CASO MUITO INTERESSANTE....

ESTÁ NA LAPIDE O DESABAFO DA FAMILIA CONTRA A MORTE ' ENJUSTA' COMO DIZ NA PLACA QUE COLOCARAM NA LAPIDE DO TUMULO DA VITIMA.

' ENJUSTAMENTE ASASSINADO' DIZ O QUE ESCREVERAM LÁ...

AO QUE ME INFORMARAM HOJE EM DIA NÃO PERMITEM MAIS QUE SE FAÇA ESTE TIPO DE DESABAFO NO TUMULO DOS QUE FORAM MORTOS POR ESTE OU POR AQUELE MOTIVO.

histórias de la Undeze!

as parteiras

de la undeze!

UMA DAS PRINCIPAIS PARTEIRAS DE SERAFINA CORREA, LEONORA BELLENZIER MORREU EM 1980 E ESTÁ ENTERRADA NO CEMITÉRIO DE SERAFINA. MUITOS SERAFINENSES VIERAM AO MUNDO PELAS MÃOS DELA. INCLUSIV E ESTE QUE ESCREVE AQUI NA MANHÃ DO DIA 16 DE JANEIRO DE 1952.

NELSON ASSONI CONTA QUE AS PARTEIRAS ERAM BUSCADAS EM CASA QUANDO AS MÃES QUE IRIAM GANHAR O FILHO SENTIAM AS PRIMEIRAS DORES DO PARTO. O MARIDO IA BUSCAR A PARTEIRA A CAVALO. ELA IA PRA CASA DA GESTANTE E LÁ FICAVAM ATÉ A MÃE GANHAR O FILHO OU FILHA...DEPOIS DE TUDO FEITO, ERAM LEVADAS DE VOLTA E FESTEJADAS PELA FAMÍLIA.

HÁ UMA ESCOLA EM SERAFINA COM O NOME DESTA PARTEIRA. EXISTIRAM OUTRAS DUAS OU TR~ES EM SERAFINA. UMA DELAS FOI A DONA ERCÍLIA FONINI GASPARIN QUE MUITAS COLONAS ATENDEU NAS ROÇAS DE SERAFINA.

 

SALA DE IMPRENSA DO PTB

A SALA DE IMPRENSA DO PTB NA ALRS RECEBEU INFORMALMENTE O NOME DE NILTON SANTOS...

PENSEI QUE FOSSE O LATERAL ESQUERDO DA SELEÇÃO BRASILEIRA. QUE NADA NO DIA SEGUINTE JÁ TINHAM RETIRADO A PLACA...

NILTON SANTOS TRABALHA COM O DEPUTADO JOSÉ SPEROTTO(ptb)

SINDICATO DO ODIO


*Ouvi o Edghar Schmidt na Guaíba dizer que o Koff ia dar uma coletiva pra anunciar o Luxemburgo. Minha ingenuidade não tinha permitido imaginar como andam as coisas no Olimpico.


SINDICATO DO ODIO II

Liguei pra lá e consegui falar com um colega da imprensa. Não darei o nome. O cara simplesmente quis me dizer

- vai pedir pro Koff..

ele disse ...não sei, não sabemos e nem sei quem é que fala pelo Koff, quem é que cuida da imprensa dele.


SINDICATO DO ODIO III

Não imaginei que as coisas andassem assim pelo Olimpico. Pior do que imaginei.


Engraçado que ninguém da chamada grande midia dá uma linha sobre isto. estão de rabo preso com os clubes? até parece. eu pensei que fosse com o leitor.

SINDICATO DO ODIO IV


aNDRADE, QUE CUIDA, OU CUIDAVA DA informática do Gremio, já sabe que ele não apitará nada no ARENA...talvez seja despedido, sei lá. mas muitos funcionários do Gremio serão mandados embora junto com o fehcamento do Olimpico.


SINDICATO DO ODIO V

restaurantes em volta do Olimpico que viviam dos dias de jogos, como o Metropolis,t erão que se reciclar. ou fecharão as portas.


SINDICATO DO ODIO VI

O metropolis tinha feito umg rande estoque de cerveja pra ver se desovava no jogo Gremio e Sao Paulo, pela sulamericana. com a saída do time, ficou tudo pro Grenal.

AOS COLEGAS FOTOGRAFOS E CINEGRAFISTAS - DIFERENCAS ENTRE O DIREITO AUTORAL E O DIREITO DE IMAGEM

enviado por Márcia Lunardi Flores

clique aqui para ler

PREZADO MAURO...

O CASO AREBALO SIMPLESMENTE DEU UMA CPI NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA. O PEDRO SEELIG, VULGO PEDRÃO ENTRE OS COLEGAS - ALIAS O CARA QUE CONSEGUIR UM DEPOIMENTO DESTE CARA ESTÁ CONSAGRADO COMO JORNALISTA, MAS ACHO POUCO PROVÁVEL QUE ALGUÉM CONSIGA - - JÁ TENTEI, NEM PERTO CHEGUEI - MANDOU DAR UM ' CALDO' NO FILHO DE CRIAÇÃO E O GURI MORREU. ISTO FOI EM 1972,OU 1973, PORQUE QUANDO INGRESSEI NA ZH EM 1973 O LICINIO SILVEIRA AZEVEDO, HOJE CINEASTA DE MAPUTO, ERA UM DOS QUE COBRIAM O CASO. O PEDRO SEELIG QUERIA O FIGADO DO MEU COLEGA, POR ISTO. O FERNANDO GOULART QUE AINDA ESTÁ AI SERIA UMA BOA FONTE DISTO. O MILTON GALDINO E O WANDERLEY SOARES TAMBÉM. O ' DENTINHO' DO ALEGRETE TAMBÉM, QUERO DIZER O TIBERIO VARGAS, TEM MUITO REPORTER AINDA VIVO QUE COBRIU ESTE FAMOSO CASO.

TUDO ME LEMBREI AGORA PORQUE O MAURO SEM SABER ANDOU SENDO MEIO QUE TESTEMUNHO OCULAR DA HISTÓRIA...NUNCA IMAGINEI QUE MEU COLEGA DE GINASIO TIVESSE CONHECIDO O PIÁ QUE TANTAS PAGINAS NA IMPRENSA VEIO PRODUZIR DEPOIS A MORTE DELE, UM TRAGICO AFOGAMENTO QUE TERIA SIDO ORDENADO PELO PAI DE CRIAÇÃO.

E NAQUELE TEMPO O QUE ME RECORDO NÃO ERA QUE ELE TIVESSE VIRADO REBELDE NÃO, ERA QUE ANDAVA EM MÁS COMPANHIAS, ALGUMA COISA ASSIM..

EU CONHECI O FILHO DO SEEELIG QUANDO MENINO. ERA DE CRIAÇÃO. DEPOIS A
IMPRENSA REPERCUTIU O FALCIMENTO DO MESMO, DIZEM, EM FUNÇÃO DOS MAUS
TRATOS QUE TERIA RECEBIDO NO PALÁCIO DA POLÍCIA, A PEDIDO DO PAI, POR
TER SE TORNADO UM JOVEM REBELDE. CREIO QUE TU ESTAVAS NA ZH NA ÉPOCA,
LOGO, SABES DO CASO ARÉBALO.

UMA PESQUISA NA ZH OU UM PAPO COM OS JORNALISTAS MAIS ANTIGOS E DAS
TUAS RELAÇÕES, TE PORÃO AO PAR.

REPITO. CONHECI O MENINO, QUE ACOMPANHAVA O DELEGADO NA OCSIÃO EM QUE
EU E MEU ENCONTRAMOS COM ELE, NO MORRO SANTA TEREZA( NAQUELA ÉPOCA -
1969- ERA FREQUENTÁVEL ).

O EPISÓDO É DE DOMÍ NIO PÚBLICO.

MAURO.

O QUE É SQUIFOSO ? MENTIROSO É QUE NÃO É !

Serginho

OLHA A DELICADEZA DO SERGINHO. EU SEMPRE DIGO...ESTES CARAS ASSESSORES DO PODER,TANTO MILITAR COMO CIVIL, GERALMENTE ESCONDEM OUTRO, OU OUTRA POR BAIXO. POR ISTO EU GOSTO DOS SINCEROS, DOS NÃO ENGRAVATADOS(FALEI E DISSE)

Olides

Recebi os dois livros. O do Mercado,li numa tarde, O outro sobre os
bares da Sarmento Leite,vou ler neste final de semana.
Quanto a não ser minha empregada,tens razão: tu não tens competencia
para trabalhar na minha casa...

Sergio

E o teu time vai continuar a usar a camisa da seleção argentina°???????

Burd

MUITO BOM O PROGRAMA DO BURD NO SABADO DAS 7 AS 9 NA PAMPA AM...E NÃO É EM COMPOTA...OU SEJA, É AO VIVO. CLARO, ESTOU DIZENDO ISTO PORQUE NUM SÁBADO ME MANDOU UM ABRAÇO.

O BOM DA FESTA

TINHA TUDO PRA TER SIDO UMA GRANDE FESTA, UM FESTERE,MAS ALGUNS NÃO QUISERAM PORQUE SÓ TINHA UM BANHEIRO, NÃO SEI O QUE MAIS. PELO QUE VI OS JORNALISTAS QUE PARTICIPARAM DO FABICAÇO NA NOITE DO DIA 10 DE NOVEMBRO NUMA CASA ALUGADA NA AVENIDA ASSIS BRASIL SE ABURGUESARAM TOTALMENTE. INCLUSIVE A BETE PORTUGUAL QUE OUTRORA FOI COM TODA HONRA UMA GRAND EMILITANTE DA LIBELU...( A MELHOR DAS TENDENCIAS TROSTSKISTAS, AQUELA QUE NUNCA CONFIOU NO LULA E QUE TINHA RAZÃO A MEU VER...MAS ISTO SÃO OUTROS QUINHENTOS)

OQUE QUERO DIZER É QUE UM DOS MEMBROS DO FABICAÇO OFERECEU UM SITIO QUE TEM UM BELÉM NOVO, OU POR AQUELAS BANDAS PRA COMEMORAR O REENCONTRO DOS EX-ALUNOS DA FABICO.

TERIA TUDO A VER. NÃO UMA CASA ONDE SE PAGOU 90 REAIS POR PESSOA. COISA DE PAULISTA, COISA DE NOVO RICO, ATRÁS DO CONFORTO.


MAS FICA PRA PRÓXIMA, QUE EU NÃO SOU TROUXA EM MEMETER NUMA BRONCA DESTAS.

Saia justa

O ALFONSO ABRAHAM, O ESPANHOL NÃO SABE EM QUE NINHO DE MARIMBONDOS -PERDÃO JOSÉ SARNEY - FOI SEMETER.

NA TERÇA ULTIMA, ESTE REPÓRTER CONVERSAVA COM O OSCAR DONAT MATZENBACKER, VINDO DE PORTO BELO-SC- NA ENTRADA DA ALRS QUANDO O ESPANHOL PASSOU, PAROU E DEU O SEGUINTE RECADO,DIRETO COMO UMA FLECHADA.

- OLHA AI O CARA QUE DEU ENCIMA DA MULHER DO PRESIDENTE DA CEEE...

PRA QUE....


O MATZ FICOU DEPOIS DUAS HORAS REMOENDO AQUELE CASO DELE, QUE NÃO DEU EM NADA E QUE PASSOU PRO FOLCLORE COMO UMA GRANDE CONQUISTA DELE. NA VERDADE,SEGUNDO ELE, SEMPRE FORAM BONS AMIGOS DESDE OS TEMPOS DE LUJTA ESTUDANTIL

PEQUENAS QUESILHAS

PRA QUEM SABE LER NAS ENTRELINHAS, NOTOU-SE QUE O FEICE DO JOSÉ CARLOS TORVES AO ANUNCIAR UM AVC NA SUA EX-COLEGA DE DIRETORIA DO SINDICATO DOS JORNALISTAS-RS CONTINHA UMA PEQUENA CRITICA NA ATUAL DIRETORIA QUE NÃO SE MANIFESTOU SOBRE O OCORRIDO COM A ATUAL MEMBRO DO CONSELHO FISCAL.

NEUSA NUNES , QUE SOFREU UM AVC NO SABADO PASSADO, ERA ' PEIXINHO' DO TORVES, NÃO DA ATUAL DIREÇÃO

GAFE DE FREDERICO NA HOMENAGEM A DIB

foto de agencia Edison Castencio



O DEPUTADO FREDERICO ANTUNES, DO PP, QUE PROPÔS A HOMENAGEM FEITA ONTEM A NOITE NA ALRS AO VEREADOR JOÃO ANTONIO DIB, DO PP, COMETEU UMA GAFE EM SEU DISCURSO O QUE PROVA QUE ANDA ' MAL DE ASSESSORIA.

ANTUNES, NETO DE LEOCÁDIO ANTUNES, DISSE QUE DIB TIVERA DEZENAS DE MANDATOS. ISTO SOOU MAL AOSW OUVIDOS DE UM PROFESSOR DE MATEMATICA PRESENTE AO ATO.

DIB TEVE 11 MANDATOS, NÃO DEZENAS DE MANDATOS...

CUIDADO ...DEPUTADO, SUA ASSESSORIA TEM QUE SE INFORMAR MELHOR...
TEM TEMPO. A HOMENAGEM FOI BONITA. APARECERAM INUMEROS AMIGOS DO VEREADOR,ENTRE ELES REGINALDO PUJOL QUE SAIU DE LÁ E FOI VER UM FILME SOBRE O GREMIO...

PREZADO MAURO. SABES O QUE ACONTECEU COM O FILHO DO SEELIG????

CONTE PROS LEITORES. SENÃO EU TEREI QUE CONTAR...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

OLIDES !

POIS O DELEGADO PEDRO SEELIG, ATUOU EM SERAFINA CORRÊA, NA DÉCADA DE
60, CREIO EM 1967. VINDO DA CAPITAL, EX-ATETA DO RENNER( NÃO DA ARENA,
EMBORA ESTIVESSE A SERVIÇO DELA).

CLARO QUE, NA ÉPOCA DA GLORIOSA DITADURA, OS DELEGADOS ERAM ENVIADOS
COM A FINALIDADE DE SEREM OBSERVADORES, NO SENTIDO DE DETECTAR
POSSÍVEIS SUBVERSIVOS, O QUE, ACREDITO, IN LAUNDEZE, NÃO EXISTIAM.
TINHA , SIM, UAM OPOSIÇÃO FIRME E PEQUENA, REPRESENTADA PELO RICARDO
VIVAN DA LINHA 12,BERTO ALBAN, LINO ALBAN, PEDRO ROTTA, LAURINDO
MAROCCO TAMBÉM DA 12, PAGLIARINI E O ZATOR. EM MONTAURI E SILVA JARDIM
, HAVIAM NÚCLEOS OPOSICIONISTAS, ATRAVÉS DOS NARDI E DALLIGNA.

O SEELIG, COMO ATLETA QUE FOI E JOVEM AINDA, ENTROSOU-SE COM O PESSOAL
DO BOTAFOGO, ONDE O PATROLA , MEU IRMÃO O JOÃO GRANDO E OUTRAS
FIGURAS JOGAVAM. COSTUMAVA PARTIICIPAR DE "PELADAS", AOS SÁBADOS À
TARDE, NO GAÚCHO, ONDE EU, COM 14 ANOS E NENHUMA QUALIDADE
FUTEBOLÍSTICA, COMPARTILHAVA DA EMOÇÃO DE JOGAR COM O DELEGADO,
ZAGUEIRO TÉCNICO DE BOA ESTATURA.

POSTERIORMENTE, EM 1969, NO DIA EM QUE O TEU GRÊMIO GANHOU DA HUNGRIA,
COM GOL DE HELIO PIRES, NO FESTIVAL DE INAUGURAÇÃO DO BEIRA-RIO( NÓS
SOMOS DIPLOMÁTICOS E CONVIDAMOS O TRADICIONAL ADVERSÁRIO PARA
INAUGURAR NOSSO ESTÁDIO, JÁ VOCÊS.............), ENCONTRAMOS, EU E MEU
PAI, NO MORRO SANTA TEREZA, O DELEGADO SEELIG E SEU FILHO-LUIS ALBERTO
ARÉBALO, PASSEANDO. A CONVERSA FOI RÁPIDA, CORDIAL ENTRE ELE E MEU
PAI, COM MINHA PARTICIPAÇÃO, ENTRETANTO, CONVENCI MEU PAI A ME DEIXAR
NO GIGANTE, ONDE PUDE ASSISTIR INTER E PENHAROL, QUE LEVOU QUATRO A
ZERO.

DEPOIS SÓ FUI SABER DE SUAS ATIVIDADES PELO SEQUESTRO DOS URUGUAIOS EM
1978, CUJO LIVRO ADQUIRI, AINDA EM 2008, INCLUSIVE, TENDO LIDO O
MÉSMO, OU PARTES DELE, PARA MEU PAI, QUE SE ENCONTRAVA HOSPITALIZADO.

NÃO REPARE, QUANDO QUISER SABER ALGUMA COISA DE ESPORTES( DUPLA), FALE
COM O cLÁUDIO dIENSTEMANN E DEPOIS COMIGO.


continue perguntando !!!!

MAURO

Livros

DEVEM TER CHEGADO OS LIVROS QUE MANDEI PRO SERGINHO ROSS. ONTEM ELE NÃO TORROU O SACO PEDINDO ELES. MAS NÃO MANDOU DIZER SE CHEGARAM OU NÃO. EU SEI PORQUE O CORREIO ME INFORMOU QUE FORAM ENTREGUES.

DE SERAFINA


prefeito ocupa

3 secretarias!


Além do cargo, o prefeito BICO BRANCO - ademir antonio presotto - ocupa atualmente a titulariedade de 3 secretarias municipais, a saber:Educação,Planejamento e Agricultura.

Nestas 3 secretarias, os titulares foram substituidos e o prefeito não nomeo ninguém. Puxou pra si o cargo.

Na Agricultura estava Idenor. A exoneração teve como explicação a redução de custos da prefeitura.

Na Educação, ivete Soccol saiu antes da eleição por causa do rompimento do PT com o partido de Bico branco, o PP.

E no Planejamento, Olderez Piazza Santin deixou o cargo pra concorrer a vereadora. Ela fez mais de 500 votos mas não conseguiu vaga pra Camara Municipal.Olderez sempre foi o PMDB mas passou pro PP antes da primeira eleição de Bico Branco, tendo ocupado depois a Secretaria do Planejamento, onde distribuiu muitos terrenos a novos moradores da cidade.

As demais secretarias - são 9 ao todo - estão sendo ocupadas por José Carlos Betinardi, na Saude, Gerson Giamir Mattos, na Assistencia Social, Genoir Comunelo, na Adminsitração, Inelves Carnavali na Secretaria da Industria e Turismo, Valter Benonha, na Secretaria de Obras

URUGUAY


Antonio Augusto Bandeira


Recém chegado de um tour pela França, Antonio decidiu voltar a Montevideo (a última vez que estivera lá fora com seu amigo Guido Ferla e esposa) deixando de retornar a Buenos Aires.

Já estivera de ônibus e carro, pois bem iria agora de avião.

Examinadas as proposta de vôo, optou por ir numa segunda-feira (feriado quinta) e voltar sexta.
Assim deixou o nosso Aeroporto Salgado Filho( cada vez com mais lojas fechadas) e depois de uma hora e cinco minutos, desembarcou em Montevideo.

O Aeroporto de Carrasco encanta pela modernidade e conforto. Tomando uma caminhonete foi para o Balmoral Plaza hotel.
No mesmo vôo estavam Aldo Pinto ( foi candidato ao governo do Estado) e Tyrone (ex Governador do Rotary) que por sinal ficou hospedado, ia á serviço, no mesmo hotel.




Antonio começou a caminhar tentando se localizar no presente, buscando o passado. Na Praça da Independência viu o hotel do reverendo Moon ( Raddisson) onde estivera com seu amigo Guido, colega do CPOR, dentista, grande sujeito, já falecido.

Entrando na cidade velha retornou a um restaurante que ia sempre com o Guido...

Depois volta ao hotel...


Alternarei com o Tour da França, esta caminhada rápida em Montevideo.

E A CASA DOS RODRIGUES, O QUE SERÁ FEITO??

tAMBÉM OUTRA CASA, CARACTERISTICA DOS ANOS 60, DO SECULO PASSADO,ainda está de pé na av. Otávio Rocha. Mas esta agora que a mulher que ainda morava lá faleceu pouco tempo atrás, ninguém sabe o que os Rodrigues, os donos, vão fazer.

A casa pertence a Fredy Rodrigues, que tem uma porção de irmãos, alguns ainda residentes em Serafina.

DE SERAFINA

HISTÓRIAS DE LA UNDEZE!

VÃO DERRUBAR A

a casa do Euzébio Dondoni...

Misto de cabelereiro, alfaiate, promoter( como disse sua neta, tempos atrás) Eusébio Dondoni morreu aos 88 anos alguns anos atrás....

Sua casa na av. Otávio Rocha é uma das poucas dos tempos de uma Serafina que não existe mais....das casas de madeira, tipicamente produzidas pelas serrarias da região.

A filha de Eusébio - sua esposa morreu há menos tempo atrás - me disse que a casa será destruída para dar lugar a um outro pre´dio...

- Vamos derrubar e fazer uma casinha, desconversou ela quando lhe perguntei se a casa seria tombada, ou não.

A filha também me confessou que os cupins lhe dão muito trabalho e despesa.

Enfim, é mais uma característica de uma Serafina que só existe na memória de alguns saudosistas. O demais não há nem mais vestígio. Prédios e mais prédios substituem o que foi outrora uma pequena vila.

Na antesala do prefeito Bico Branco ouvi um casal que esperava pra ser atendido na manhã da ultima segunda olhando pruma foto que tem na parede:

- Quem diria que daquela pequena vila fosse dar nisto aí...

Nada mais resta daqueles anos do século passado..algum que outro pequeno vestígio. Serafina não tem nem museu...o único que havia foi desmanchado e não se sabe porque motivo nunca mais foi reerguido. O que se diz a boca pequena é que muito do acervo que tinh alá dentro teria sumido. inclusive muita coisa de um ex-prefeito, reeleito e que por ter morrido não cumpriu seu segundo mandato.

Com a palavra a secretaria do turismo de serafina, que tem o controle do que havia dentro do Museu que foi desmanchado.

Neuza Nunes está no

UTI DA BENEFICIENCIA PORTUGUESA!


A integrante do Conselho Fiscal do Sindicato dos Jornalistas RS,Neusa Teresinha Nunes está desde terça ultima internada na UTI do Hospital Beneficiência Portuguesa. Ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral(AVC) e foi levada por uma amiga pro HPS. As duas estavam andando de carro quando Neusa se sentiu mal e foi socorrida pela amiga.

Neusa estava preparando uma festa surpresa pros 80 anos do seu pai - sua mãe é falecida - pro próximo sábado.

Formada em Jornalismo pela Famecos, Neusa Nunes formou-se dois anos atrás em Direito pela Uniritter.Esforçada, trabalhava, dava expediente no Sindicato dos Jornalistas e estudava de tarde e de noite na faculdade de Direito.

Nuesa Nunes tem 49 anos e é solteira.

Seu único irmão vive em Curitiba, no Paraná.

A notícia do AVC sofrido pela integrante do Conselho Fiscal do Sindicato dos Jornalistas-RS não foi divulgada pelo site do órgão. Apenas o ex-presidente da entidade, José Carlos Torves, que mora em Brasília e integrante a Fenaj, postou em seu feici o AVC sofrido pela colega.

DEpois do AVC sofrido no sábado, Neusa apenas na tarde da ultima terça, perguntou as enfermeiras o que estava acontecendo com ela.

Os médicos disseram a colegas que o AVC de Neuza não foi muito forte mas a fala dela ficou prejudicada e parte do seu corpo também sofreu sequelas.

As visitas ao Hospital da Beneficiência Portuguesa no setor de UTI estão restritas as 17 horas até 17 e 30 minutos e pode ser feita apenas por uma pessoa de cada vez...

FABICAÇO CUSTOU O OLHO DA CARA!!!!!!!


AGORA ESTÃO APARECENDO OS PRIMEIROS TOPICOS DO RECENTE ENCONTRO DOS EX-FABICOS, DA URGS....

FORAM 90 PAUS POR PESSOA, O QUE AFASTOU MUITA GENTE DO CONVESCOTE, QUE POR

o encontro, um jantar, reuniu muita gente ligada a FABICO...desavenças, como sempre, foram deixadas de lado durante o encontro que foi organizado por um colega conhecido por GORDO, que não veio ao convescote.


Já está pensando em reunir novamente os quase 100 participantes do jantar realizado numa casa alugada na av.Assis Brasil

Cada participante pagou 90,00 reais.

Carlos Augusto Bissón, escritor do livro do bairro Moinhos de Vento, não foi ao encontro e alegou muito alto o valor cobrado. Há quem ache que o Bissón não foi porque tinha que pagar pra ele e para namorada, aí sairia salgado mesmo.

de qualquer forma o encontro foi altamente meritório e parabenizo quem o organizou. Fazer um convescote destes dá muito trabalho.

Demissões

Caro Olides
Como gremista, venho por intermédio deste blog isento de cores clubisticas, demonstrar publicamente minha desconformidade com as demissões do Fernandão e do Bolivar, uma rodada antes do Grenal.
Atenciosamente
Rekern

Do Mauro Rocha!

E JÁ IA ESQUECENDO, NESTA DATA, 21.11.2012,O ZATOR COMPLETARIA 87
ANOS, IRONICAMENTE, ONTEM, COMPLETARAM-SE QUATRO ANOS DE SUA PARTIDA.
COM CERTEZA ESTÁ NA OMPANHIA DO GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO, RODEADO
DE POLÍTICOS E AMIGOS POIS, COMO NINGUÉM, SABIA FAZÊ-LOS. UM GRANDE
RELAÇÕES PÚBLICAS, UM GENTELMAN, DO QUAL,APAIXONADO PELO SABER, MESMO
SENDO FILHO, NÃO SOU NEM A SOMBRA !!!, COMO DIZ A MÚSICA; PRECE , DE
OSVALDIR E CARLOS MAGRÃO !!!!!!


DEVANEISO, DEVANEIOS !!!!!!!!CARO OLIDES, NÃO REPARES. VÊ SE PÕE A
FOTO DELE NO TEU BLOG, ATÉ PARA FAZER UM GANCHO COM A PRESENÇA DO
SEELIG.

UM ABRAÇO.

Edição 20.11

OLIDES !

PODIAS RESPEITAR MAIS A MEMÓRIA DO FINADO FIORAVANTE. COMO TU VAIS
DIZER QUE DO TÚMULO DELE, VERTE AGUA !!!!! SÓ A MALDADE PODE EXPLICAR
TÃO ABSURDA VERSÃO !!!!

SEI QUE O SR. FIORAVANTE TEM MUITAS HISTÓRIAS E ESTÓRIAS, SOBRE SU
VIDA MAS, NÓS, NEGRI DE SÃO CHICO,NÃO TEMOS NADA CONTRA SUA HISTÓRICA
FIGURA,ALIÁS, PELO CONTRÁRIO, FOI O PRIMEIRO A NOS DAR CRÉDITO QUANDO
CHEGAMOS IN LA UNDEZE, CUJA DATA, LEMBRO-ME , COMO SE FOSSE HOJE - 11
DE MARÇO DE 1966 -.CERTA OCASIÃO, O SR. CERVIERI, EM UM ENCONTRO DE
COMERCIANTES EM POA, DEU-SE A CONHECER COM O EX-PREFEITO DE SÃO CHICO,
TAMBÉM COMERCIANTE- SR. PODALYRIO ALVES, O QUAL, DISSE AO SR.
FIORAVANTE QUE , MESMO ADVERSÁRIO POLÍTICO- MEU PAI FOI VEREADOR DO
PTB EM DOIS MANDATOS-, PODERIA DAR CRÉDITO PARA O ZATOR QUE ELE
GARANTIA. NUNCA FOI PRECISO, MAS TAL DECLARAÇÃO NOS ABRIU PORTAS.

QUANTO AO CASTRO QUE TEM A HISTÓRIA DOS TÍTUOS DO GRÊMIO NAS PAREDES
DE SEU BAR, LEMBRO-TE QUE TAL COLEÇÃO ESTÁ DEFASADA POIS, HÁ DEZ ANOS
QUE AS PAREDES DO ESTABELECIMENTO NÃO RECEBEM QUALQUER ADORNO. AS
RAZÕES , CERTAMENTE, VOCÊS GREMISTAS SABEM............NÃO PUBLICAM DE
VERGONHA !!!!!!!!!!!

FAZ TANTO TEMPO QUE O GREMIO NÃO GANHA UMA TAÇA, QUE O ARMÁRIO DA SALA
DE TROFÉUS DO TRICOLOR- DIGA-SE COM UMA COMPLETA COLEÇÃO, INCLUSIVE
TAÇAS QUE O INTER NÃO TEM..............E NEM DESEJA TÊ-LAS-, NÃO
CONSEGUIU SER ABERTO, RECENTEMENTE, QUANDO DA TRANSFERÊNCIAS DA
COLEÇÃO PARA A ARENA, PORQUANTO , NINGUÉM SABIA DA CHAVE, POIS TODOS
OS FUNCIONÁRIO QUE LÁ TRABALHAM NO SETOR, ESTÃO LÁ A MENOS DE DEZ ANOS
, LOGO, NUNCA VIRAM O ARMÁRIO SER ABERTO. FINAL DA HIS(ES)TÓRIA :
QUEBRARAM OS VIDROS , PARA PODER RETIRAR OS TROFÉUS. É RECOMENDÁVEL
QUE OS COLOQUEM EM UNS ESTRADOS, ISOLADOS POR CORRENTE, PARA EVITAR
CONSTRANGIMENTOS !!!!!!!!!!!!!! A SORTE DE VOCÊS É EXISTIR UM FÁBIO
KOFF E UM LUXEMBURGO(NO GA MIA SOLDI PARA RENOVAR!!!), DO CONTRÁRIO,
ESTARIAM NA SEGUNDONA OUTRA VEZ.

E O FENÔMENO DAS PEQUENAS IGREJAS, GRANDES NEGÓCIOS, SE MULTIPLICAM,
INCLUSIVE IN LA UNDEZE QUE, HÁ 40 ANOS ATRÁS, SÓ TINHA UMA PEQUENA
IGREJA DA ASSEMBLÉIA DEUS, PRÓXIMO À SAÍDA PARA O GRAMADINHO( BAIRRO
ONDE O ZATOR TERÁ UMA RUA COM SEU NOME!!!!!A SALETE VAI PROPOR !!!!),
BEM PERTO DO SÃO CRISTÓVAN !

HOJE, PELO JEITO, TEMOS IGREJAS PARA TODOS OS GOSTOS !!!!!!E VÊ SE
DEIXA AS PESSOAS CAMINHAEM COM LIBERDADE!!!!!!PARA QUE CONSTRANGER A
IRMÃ QUE SE DIRIGIA PARA O CULTO ?......E PELA RUA OTÁVO ROCHA
!!!!!!ONDE MOREI !!!!!!ONDE MOROU O sILVESRE SOCCOL, PAI DO PATROLA, E
POR ONDE TU RETORNAVAS DA AULA( NA ÉPOCA TU ERAS BOM ALUNO, A VIDA QUE
SE ENCARREGOU DE TE ESTRAGAR- LETRA EXCELENTE TINHAS E HOJE PARECE
SEMI-ANALFABETO, OU COMO DIRIA FREIRE: ANALFABETO FUNCIONAL !!! )-
TI TE SA MIA NHIENTE DE LAS CHIESAS IM LA UNDEZE !!!!!!MOVE-TE ZIO
CANELA !!!!!

PORQUE NÃO COLOCAS ALGUMAS HISTÓRIAS DA MARINA CAMPANEIRA ? SOLQUE
CERVIERI PORQUE TINHA SOLDI ?

Prof. Mauro Santos RochaTA
Diretor - UPF Sarandi

Legendária Palmeira


Eu boboca achei que o livro tava pronto. pura balela. esta eu conheço. aplicou até no Simon....

DIZ O IVALDINO QUE SAIRÁ EM 2013 , TENDO COMO TEMA PALMEIRA DAS MISSÕES.

SOBRE A CRÔNICA, TE AVISO EM BREVE.

ATT.

MAURO

Coleguinhas

*Jurema Josefa está meio no pau...seu menisco está estourando. vai ter que operar.


* Jurema vai me conseguir um livro sobre o Inter, de Lages(SC)

DO GUSTAVO MOTTA

NO SEU FEICE SOBRE A SAIDA DE BETO ALBUQUERQUE!

Tuitadinha Manicure:BetoAlbuquerque foi atingido pelas imensas unhas de J.Vitor Domingues.O atravessador geral do Piratini.Com apoio de @tarsogenro. J.Vitor substituiu(??) Flávio Koutzii na Secretaria Executiva e sempre interferiu em ações de várias secretarias-prinicipalmente na Seinfra.Ele tambem foi o coordenador das duas CPIS nas Alergs contra o governo Yeda.È considerado muito espaçoso política e administrativamente.È bem relacionando na mídia.Sabe "usar" bem as informações que possui.

Notícia

Recebi uma noticia ruim hoje a tarde: A jornalista e advogada Neusa Nunes, diretora do Sindicato dos Jornalistas do RGS sofreu um AVC no sábado e está internada no Pronto Socorro de POA. Saiu da UTI e deve ser transferida para o Hospital Ernesto Dornelles.

Dificuldades ostensivas e subterrâneas


Carlos Chagas
A posse de Joaquim Barbosa na presidência do Supremo Tribunal Federal, amanhã, envolve algumas dúvidas, certos problemas e determinadas coincidências.

De início, saber se o ministro será mais presidente e menos relator do mensalão, ou vice-versa. Sempre que como relator propuser surpresas no cronograma do processo, como fez há pouco, antecipando a dosimetria para José Dirceu e outros, despertará resistências em parte de seus colegas. Como presidente, precisará dirimir a questão. Manterá a postura anterior, inflexível, ou cederá à argumentação oposta? Sempre haverá a hipótese de colocar em votação matéria controversa, mas seu temperamento admitirá recuos? Afinal, um presidente pode muito, mas não pode tudo.
Problema fundamental Joaquim Barbosa enfrentará se o Ministério Público, como parece provável, tentar abrir novos processos envolvendo governantes e ex-governantes. Caso enviada denúncia contra outros deputados que, além dos nove processados, também meteram mão e boca no melado, começaria tudo de novo na mais alta corte nacional de Justiça? Porque parece pueril que apenas nove representantes do povo se tenham locupletado com a mesada organizada no palácio do Planalto. Tem mais: e se o Procurador Geral da República, por informações porventura liberadas por Marcos Valério, vier a denunciar o ex-presidente Lula? Deve o chefe do Poder Judiciário decidir apenas em função das leis penais ou terá responsabilidades políticas em suas decisões?
As coincidências também se fazem presentes. É o primeiro negro a ocupar a direção do Supremo, mas no seu exercício, privilegiará a raça até agora ainda discriminada? A presidência da corte não tem cor, dirão muitos, apesar de apenas brancos a terem exercido desde a fundação. A vigilância sobre Joaquim Barbosa será milimétrica, tanto pelos racialmente ressentidos por sua ascensão quanto pelos que o imaginam um messias capaz de corrigir de uma só vez históricas e centenárias discriminações.
Em suma, o novo presidente do Supremo estará diante de duas ordens de dificuldades: as ostensivas e as subterrâneas.

FALTA UMA CONFIRMAÇÃO
De modo espontâneo, de público, a presidente Dilma não se animará tão cedo a anunciar-se candidata à reeleição. Os fatos comportam-se nesse sentido, mas não será dela a antecipação. Sendo assim, tem faltado aos sucessivos jornalistas que a vem entrevistando, coragem para formular a pergunta simples mas esclarecedora: “A senhora pleiteará o segundo mandato?”
Aos colegas do “El País”, últimos a entrevistá-la, teria faltado perspicácia para a indagação? Ou como habitantes do outro lado do Atlântico, acharam pouco importante para os espanhóis saber sobre nosso futuro? Apesar de tudo, a busca da confirmação não quer calar, mesmo faltando dois anos para o término do atual período administrativo. Até porque, enquanto isso, os ressentidos do PT com o fato de não se terem tornado condôminos do poder andam espalhando sementes de discórdia ao sustentarem a imediata volta do Lula…

MEMORIA DA IMPRENSA

ninguém se excedeu em maldade na reportagem do que o repórter Rogério Mendelski...

hoje apresentador do Bom dia, na Guaíba


Uma vez, na redação da Folha da manhã, ele ligou pro telefone que ficava do lado do Hilário Honório, temido colunista e bem informado, que sabia tudo das Forças Armadas...

Rogério sussurava nos ouvidos do detestado(pelos esquerdistas) jornalista.


- Já descobriram tudo, já descobriram tudo.

HH só ouvia sem reagir.


Outra do Polaco..


Jorge Moojen, engenheiro de Alegrete, pai do apresentador Gabriel andava encrencado com alguns probelmas da CEEE onde foi presidente no Gov. de Pedro Simon(PMDB).

Rogério ligou pra casa do mesmo e falou com a mulher..

- Olha,sou fulano de Rosário, estou apenas passando aqui e indo pro Rio, mas quis ligar pra vocês porque sei que tudo isto que estão dizendo é mentiro. quero emprestar minha solidariedade ao Jorge.

Enquanto isto a esposa do mesmo ' desovava' tudo o que Mendelski precisava pra sua reportagem.

COLOCANDO UREIA NA PLANTAÇÃO


na segunda, um colono colocava uréia na sua plantação lá perto da casa dos meus pais.

fazia um tempo nublado em serafina, mas assim mesmo deu pra bater a foto. ...


e o pessoal faz o serviço cedo ....

MORRE A MÃE DA FRANCIOLSI...



FALECEU A MÃE DA COLEGA ADRIANA FRANCIOSI.

FOTOGRAFA DE MUITOS ANOS E DE RARA SENSIBILIDADE!

O CHURRASCO DO GIARETTA.....



Comemos umboa churrasco doGiaretta no domingo e na segunda os restos, que é quando ficam ainda melhor. Minha mãe fez uma sopa de anholine maravilhosa e a carne lessa ( é a carne fervida pra fazer o cado do anholini) ficou ainda mais estupenda....tudo isto na segunda.

mas o ' mala' domeu irmão foi comprar o churras que ficou no ponto. aqui o dono do restaurante colocando a carne no espeto e o local onde eles botam a carne no fogo todos os domingos. se alguém quiser encontrar parte de serafina é só ir lá no domingo de meio dia, queu é quando eles vão buscar a carne. mas isto é um costume do interior, ninguém mais asssa em casa.

Onde vai esta mulher?

AINDA NO DOMINGO DE MANHA SEGUI ESTA MULHER DE GUARDA CHUVA PRA SE PROTEGER DO SOL, QUE NÃO ESTAVA ASSIM TÃO FORTE AS 7 DA MANNHÃ. PORQUE NO HORÁRIO DO VERÃO OITO É SETE NO SOLAR.

VOCES VERÃO ONDE ELA IA..........SUSPENSE.........!!!!!!!!!!!!!!!

 

na igreja PENTECOLSTAL, que fica bem na frente do Cemitério Municipal....




sEGUI A MULHER DE GUARDA SOL E QUANDO VI ELA PAROU NA FRENTE DA IGREJA PENTECOSTAL .....quem estava abrindo a porta da casa era um senhor que descera de um carro com placas de NOVA ALVORADA, que fica ali perto de Serafina...


Igrejas é que não faltam tanto em Serafina, como em todas as redondezas..........amulher ficou me olhando intrigada pelas fotos que estava fazendo...eu segui meu caminho e eles devotos foram rezar.....cada um na sua..........

 

Esta materia poderia se chamar...

OS 4 DEVOTOS DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ....


todos numa nice.........

 

DE SERAFINA

NA MISSA DAS OITO DO DOMINGO ULTIMO LA CHIESA( A IGREJA) ESTAVA LOTADA.




MAS TAMBÉM SE NÃO LOTAR ESTA DAS OPITO QUE É DIGAMOS QUANDO OS COLONOS VINDOS DO INTERIOR, DAS CAPELAS VÃO A IGREJA, AI A COISA FICA DIFICIL.

mais fraglantes da igreja nossa senhora do rosário cheia no domingo de manhã e um aspecto da mesma visto da praça Pio XII...



era uma manhã luminosa e calorenta a do domingo ultimo e isto deu pra que as fotos ficassem melhores.


Acidente na estrada



no sabado, quando subiamos pra serafina, pegamos este acidente, pouco depois de Muçum....


Opai da moça que se acidentou já estava no local e informou que ela disse ter sido atrapalhada pelo sol.


Detrás dela vinha o namorado,ou marido, com a mota que deve te-la socorrido.



ela foi levada pra encantando, mas nada de grave lhe aconteceu.....ainda bem....foi salva pelo air bag...


quem viu o estado que ficou o carro pensou que o pior lhe tivesse ocorrido.

Coleguinha

A HENRIQUETA ESTÁ LÁ, MAS ACHO QUE O ACRISTINA KIRCHNER NÃO TERMINA ESTE MANDATO.....PARECE UM FILME QUE A GENTE JÁ VIU......COM A PALAVRA A COLEGA QUE ESTÁ MAIS POR DENTRO DO QUE A GENTE.

Alberto Blum se recupera de um AVC



nO SÁBADO, QUANDO VOLTAVA DOSUPER, me aprontando pra ir pra serafina, ouvi uma voz conhecida que me chamava...mas ela vinha de uma cadeira de rodas que era conduzida por um enfermeiro. Na hora identifiquei a voz do meu vizinho Alberto Blum, que fazia um bom tempo que não via caminhando na rua.

Havia até pensando em procurá-lo, mas a roda viva do dia a dia nãome deixou e fui deixando pra lá.........

O Alberto teve um AVC foi hospitalizado no São Francisco e agora se recupera em casa. Está bem, falando quase que normalmente, mas ainda precisa de uma cadeira de rodas pra dar seus passseios, que ele tanto gosta.

Da minha janela indiscreta, fotografei ele quando voltava do seu passseio matinal.


Boa sorte,Betinho.....

( em tempo, o Jorge Olavo e o João Souza o visitaram ....) em casa.

O GREMISTA QUE NÃO VIRA

NA INAUGURAÇÃO DO ARENA



PAULO CASTRO TEM UM BAR na rua Arthur Rocha, esquina com a rua Apertada, em Serafina.

Nas paredes tem quase a história do Gremio, porque ele tem praticamente todos os posters em que o time ganhou algum titulo nas últimas décadas.


Mas o engraçado é que o Paulo foi a Toquio em dezsembro de 1995 quando o GREMIO QUASE TROUXE O BI MUNDIAL. FICOU NO QUASE....


perguntei a ele na segunda, como quem está confiante de ouvir um SIM se vinha na inaguuração do ARENA...Me disse que não. tem um casamento(nem sei de quem....)

Pensei comigo...o cara vai a Toquio, gasta 10 mil dólares como o Paulo gastou mas não vai na inauguração do Arena.

Gremistas da região estão se aprontando pra vir no evento.

Em tempo: Paulo éimrão do vereador Zinho Castro, do PT, dono de duas boites e que não concorreu a reeleição. Zinho esteve agora oito dias pescando no rio Amazonas. Está com o burro amarrado na sombra, como se diz.

O Paulo ainda dá duro no seu bar...


Olha, estou pra te dizer que a casa onde funciona o bar do Paulo é aquela onde nos anos 60 houve um crime que está contado no meu livro Cosi La Ze Statta. O marido pegou a mulher em fraglante adultério e a matou com 18 ou 20 facadas. O amante fugou, como diz a giria policial, mas antes se fez de morto.

BUENOS AIRES FUE LA MAÑANA HOY EN EL INFIERNO


Se realizan varios piquetes en Capital y el Conurbano. Hay demoras en Aeroparque y Ezeiza, en cuanto al servicio de trenes sólo funciona el Belgrano Norte y el Urquiza. No funciona la línea B de subte y el Premetro.


De Buenos Aires
Enriqueta Sollares


Tres piquetes se realizaban esta mañana en las localidades bonaerenses de General Pacheco, Isidro Casanova y el centro porteño, en el marco del paro de las centrales obreras opositoras contra el Gobierno. El primer corte comenzó a las seis en el kilómetro 21 de la ruta 3 y las vías del ferrocarril, por parte de militantes de la Corriente Clasista y Combativa (CCC) que lidera Juan Carlos Alderete.



El Puente Pueyrredón, completamente cortado por el paro nacional del sindicalismo opositor.


El Puente Pueyrredón.


A las 6.20, agrupaciones estudiantiles interrumpieron el tránsito en Corrientes y Callao, mientras que diez minutos después trabajadores de empresas alimenticias cortaron la autopista Panamericana, en el kilómetro 35, a la altura de Henry Ford.
En tanto, de todas las líneas de trenes sólo el Belgrano Norte está prestando servicio. Los subtes también presentan problemas: no funcionan las líneas A y B.
En cuanto a los vuelos, los servicios se ven afectados principalmente los de cabotaje de todas las líneas aéreas. Debido a las dificultades, LAN decidió cancelar todos sus vuelos internos que partían hasta las 16. También los vuelos regionales que tenía previstos con destino a San Pablo, Lima y Santiago de Chile.
En cuanto a los colectivos, la mayoría está prestando servicio, como es el caso de la línea 60.


Gran acatamiento al paro convocado por Moyano y Micheli, Corrientes y Florida.

Imágenes...

Buenos Aires presentaba esta mañana un movimiento similar a un feriado, con numerosos negocios cerrados, colectivos con menor cantidad de pasajeros y un tránsito reducido, a raíz del paro convocado por la centrales obreras opositoras al Gobierno. En el microcentro porteño había muy poca actividad, ya que los empleados bancarios se adhirieron a la medida de fuerza por lo que las entidades crediticias no atendían al público. Además, los habitantes del conurbano bonaerense que habitualmente utilizan el tren para trasladarse a sus trabajos en Capital Federal no pudieron viajar, ya que la mayoría de las líneas ferroviarias se encontraban paralizadas por la huelga. En tanto, en diferentes organismos públicos y privados, la cantidad de personal era escasa como consecuencia del paro organizado por la CGT de Hugo Moyano, la CTA de Pablo Micheli, y la central obrera Azul y Blanca, que lidera Luis Barrionuevo..



Gran acatamiento al paro convocado por Moyano y Micheli, Vista de la avenida 9 de Julio.

Centro de La ciudad Federal...



Desde hace días Aeroparque muestra la misma imagen, con vuelos cancelados ...




Postos cerrados...



Um conflito trabalhista entre o governo de Buenos Aires e os sindicatos dos trabalhadores da coleta de lixo, deixou inúmeras montanhas de resíduos espalhadas por toda capital argentina. Segundo as autoridades, cerca de 20 mil toneladas de lixo estão se acumulando nas ruas de Buenos Aires, uma situação que “põe em risco a salubridade de 14 milhões de pessoas”, advertiu o ministro de Espaço Público da Argentina, Diego Santilli. O conflito começou no início do mês quando trabalhadores da coleta de lixo declararam uma greve de dois dias. A capital argentina enfrenta greves de coleta de lixo desde 2010, e organizações ambientalistas denunciam que o governo descumpre a lei de “Lixo Zero”, criada com a intenção de reduzir a quantidade de lixo por meio da reciclagem.

PT recebe mídia livre para almoço na próxima quinta-feira

midia livre,prezado vereador adeli, é meio dificil de encontrar. quando existe é tão inexpressiva que ninguém nota. ( o editor)

O PT de Porto Alegre convida os representantes de jornais de bairro, segmentados e blogueiros para um bate-papo sobre eleições e demais ações do partido. A atividade acontece na próxima quinta-feira (29.11), na sede do Partido, que fica na Av. João Pessoa, 785.
PROTESTO DO REKERN!

Caro Olides
Como gremista, venho por intermédio deste blog isento de cores clubisticas, demonstrar publicamente minha desconformidade com as demissões do Fernandão e do Bolivar, uma rodada antes do Grenal.
Atenciosamente
Rekern

Talian

Eu e meu irmão Paulo temos uma brincadeira. sempre quando um recorda de um termo em talian, liga pro outro pra ' desafiar' o cara pra ver se ele lembra o que quer dizer. ontem no laguinho, quando desciamos de serafina - descer é um termo que eles, os nativos usam, quando vão a porto alegre - paramos no Laguinho e ali ele me perguntou o que era funcho em talian. Não lembrava mais...ele se lembrfava: CENOCHO....e era um peste que dava em tudo o que era canto e que ficava muito bom na graspa...dava um sabor maravilhoso na graspa depois de dias dentro da mesma....

EL TUMULO QUE PIANDE( O TUMULO QUE CHORA)

Se tivesse um pouco o talento do grande escritor Gabriel Garcia Marques me debruçaria sobre a Sociedade Estrela Guaporense e faria dali um romance inventivo( meu pai sempre diz que de una fregola'( migalha) te fe una nuvola) porque o assunto mereceria, sem duvidas. O problema e que o bom disto seria ler todo o processo que os oito filhos - agora o Nestor e falecido o que ocorreu este ano) movem na partilha dos bens que a Sociedade Estrela deixou. Ao subir diariamente pro hotelzinho onde me hospedo, o Ca dei monti, sempre passou pelo matagal dentro da cidade que e o terreno da sociedade estrela ...o valor que isto tem em Serafina, poucos devem saber...mas ha quem diga que ja estaria todo penhorado em funçao dos impostos nao pagos nestes anos todos.

Como digo, precisaria um romancista e dos bons pra decifrar este enigma...

Mas vamos aos fatos.

Depois de morto em 1973, de um cancer -Fioravante virou uma lenda, mais viva do que quando ele proprio vivia.

E que na lapide de marmore que fizeram pro seu tumulo no cemiterio municipal, sempre verte agua. e a imaginaçao popular ja inventou que ali esta o pagamento da ' pena' do Fioravante Cervieri, de tudo o que ele ' teria' feito em vida...

E uma estranha reaçao esta do povo...vingam-se em morte de um sujeito que foi um baita empreendedor, que construiu uma socieade estrela, mas que paga por ter tido o monopolio na cidade de praticamente tudo.


Ele comprava e vendia tudo dos colonos. Era o que se chama de comerciante forte. No seculo passado, no interior, tinha este costume de se referir ao principal comerciante da cidade.

LENDA POPULAR

Neste domingo estava sentado esperando meu irmao Paulo que iria buscar o churrasco no Giaretta, quando comecei a conversar com o Aquilino Costela - que foi testemunha de uma discussao entre o Fioravante e o Dionisio Assoni, por uma pequena diferença de dinheiro que os dois tiveram entre si num final de tarde - e um amigo dele que estava do lado , me atalhou dizendo que pra ver o tumulo do Fioravante chorar vinham gente ate do Caçador.

O Caçador e um distrito de Nova Bassano, que fica a uns 20 kms de Serafina... Por causa desta boataria toda, o tumulo onde esta enterrado Fioravante Cervieri nao tem nenhuma foto, nem dele, nem de sua esposa, recentemente falecida, Luisa Marin Cervieri.

Da esposa,pelo menos conta o nome. Do Fioravante, nem o nome existe. Foi tirado devido a esta lenda toda, que trazia gente ate de longe pra ver o choro do tumulo..

Claro, o que o povo queria dizer era que o morto estaria pagando agora o que fez em vida...

Mas os tecnicos deram uma explicaçao pra agua que as vezes verte do marmorte. Seria uma retençao que o material faz em dias de chuva e que depois ' solta' digamos assim.


Mas e impressionate a força da imaginaçao popular...Fazer vir gente do Caçador pra ver 'as lagrimas' do Fiorvante Cervieri, tantos anos depois de falecido.

Por este e por outras que quando fiz meu livro COSI LA ZE STATA, onde conto esta historieta do tumulo, a filha mais velho, Teresinha me disse que os filhos estao com vontade de trazer os restos mortais dos pais para Porto Alegre.

Pelo visto, ate agora tudo esta onde sempre esteve! No cemiterio de La Undeze!


COLEGUINHAS

BATISTA FILHO, PRESIDENTE DA ARI, SE RECUPERA DEUMA DIVERTICULITE

DE LA UNDEZE

O DIA QUE REINAUGURAREM O MUSEU DE SERAFINA TEM QUE CHAMAR O FIOL DEL ZATOR. ELE SABE TUDO...MAS SE VAI LÁ HOJE EM DIA NINGUÉM MAIS SE LEMBRA NEM DELE, NEM DE SEU VELHO PAI...PASSOU MUITO TEMPO, MEU CARO. SEMO VINHESTE VECI...(FICAMOS VELHOS) oLIDES CANTON


O RANSAN TINHA UM ALFAITARIA NA FRENTE DO ARTUSI, DO LADO ANTONINHO
TOSI, PAI DI JUAREZ TEU COLEGA. CREIO QUE ERA DE MONTAURI, DEPOIS FOI
PARA O PARANÁ COM O FINADO BRUNO .

O DONDONI(bochon ou bochão, com queiram), FOI MOTORISTA DO PREFEITO-
AMANTINO E GUERINO-, É CASADO, DEPOIS DE UM NAMORO DO 20 ANOS, COM A
FILHA DO LAURINDO MAROCCO, DA LINHA 12, PAI DO MÁRIO , QUE FOI GRANDE
ZAGUEIRO DO GAÚCHO E PREFEITO DE GUAPORÉ PELO PDT.

O IRMÃO DO LALO É CASADO COM A IRMÃ DELE E MORAVA NA OTÁVIO ROCHA, DE
FRENTE PARA SALA DE CURA DO FRIDEAL !!!!!!!!!!!!!COMO PERCEBES, EU
CONHEÇO A HISTÓRIA DE LA UNDEZE E TI ? TI TE SA MIA NHIENTE !!!!!!!!


MAURO

Tempo rural

Como estou pleiteando meu tempo rural pra minha aposentadoria, o Mauro acho que de enxada eu entendo pouco. ai vai ele dizendo então:

ENXADA ERA LUXO PARA TI. SÓ CONHECESTES QUANDO IAS AO ASSONI FAZER
COMPRAS, OU NA SOCIEDADE ESTRÊLA.

MAURO.

Deletéria e abominável proposta

Carlos Chagas

Suponhamos um banqueiro, um empreiteiro, um ministro ou um parlamentar instalados em seus gabinetes refrigerados, tramando e operando contra os cofres públicos e contra a sociedade. Um envia para o exterior montanhas de dólares amealhados de forma criminosa, mancomunado com clientes privilegiados, igualmente bandidos. Outro multiplica os preços das obras contratadas e pouco executadas, distribuindo propinas para altos e baixos funcionários estatais aceitarem suas propostas. Este favorece quadrilhas empenhadas em burlar o Direito e o interesse público em troca de polpudas comissões. Aquele vota leis imorais em favor de grupos aos quais está ligado ou até chefia, beneficiando aglomerados partidários.

Vamos que sejam todos flagrados, identificados, investigados e punidos pela Justiça. Hipótese, aliás, muito remota, não obstante os trabalhos do Supremo Tribunal Federal em torno do mensalão. A pergunta refere-se a quantos cidadãos e quantas instituições viram-se prejudicados por tantos crimes praticados sem que seus responsáveis tenham movimentado mais do que suas canetas e seus computadores. Sem qualquer violência física. Importa verificar que a nação inteira perde com a roubalheira. Que todo mundo é sacrificado.
Por conta disso, devem receber só penas alternativas, jamais de privação da liberdade? Cadeia, segundo linha de pensamento agora em discussão, deve restringir-se aos que utilizam a violência, sequestrando, assaltando, matando e depredando?
Convenhamos, se isso acontecer, será mais uma evidência daquilo que desde os filósofos pré-socráticos vem sendo denunciado como a grande farsa das elites: a lei é feita por elas como forma de dominarem as massas, impondo suas benesses e suas prerrogativas. Coisa dos fortes para dominarem os fracos. Numa palavra: prisão para os ladrões de galinha, liberdade para os ladrões da sociedade.
O que assusta, mais até do que indignar, é ver essa corrente engrossada nos últimos dias pela palavra de juristas e de pensadores. Claro que estão, uma vez mais, blindando-se e seguindo na tradição milenar de que a lei serve para protegê-los, se são eles os seus autores. Transcendem da discussão sobre a finalidade da pena, se ela deve existir para reparar o passado ou para prevenir o futuro. Para os poderosos, nem uma coisa nem outra.
Pagando multas, ficarão imunes a qualquer outra condenação. Prontos para continuar na mesma atuação abominável e deletéria. Por isso, não se incomodavam com a lastimável condição de nossas penitenciárias. Agora que a sombra do encarceramento cobre uns poucos mensaleiros, surge o debate sobre a animalidade das prisões, mas apenas como chamariz da iniciativa fundamental: para que destinar à cadeia banqueiros, empreiteiros, ministros ou parlamentares, se eles não colocaram em risco a integridade física de ninguém? Melhor deixá-los em casa…

PARA NÃO ENTRAR EM FRIA
Não apenas os consultores palacianos de política externa estimulam a presidente Dilma a inserir o Brasil na crise do Oriente Médio. Até o presidente do Egito apelou para que ela se dirigisse ao secretário-geral das Nações Unidas, o que fez prontamente, para uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança.
O ego da presidente pode estar perigosamente inflado a ponto de aceitar sugestões para nossa atuação como força capaz de impedir o conflito entre palestinos e israelitas. Seria bom saltarmos de banda, sob pena de quebra do equilíbrio que faz judeus e árabes conviverem pacifica e até amistosamente entre nós, da rua da Alfândega à rua 25 de Março.
O choque é muitas vezes milenar entre os primos, num território longínquo. Qualquer dia desses, apoiados nas próprias forças, eles chegarão a um entendimento. A interferência do Brasil, agora, só despertará amuos de um lado e de outro. Poderão ambos ressentir-se de nossa atuação, imaginando estarmos defendendo o adversário. Com reflexos em suas comunidades brasileiras. Sem a menor dúvida, estas despretensiosas considerações vão gerar críticas entre os mais acirrados defensores das duas posições. Já é um avanço…

DE Serafina


*Choveu aqui esta manhã...de segunda, como em todo o EStado. Um alívio na seca que vinha fazendo.


*O trigo já começa a amadurecer...e o milho estava mesmo precisando de chuva


*Novidades por aqui não existem. a política baixou o tom...


*Agora o comércio se volta todo pro Natal, como no resto do mundo....

Porto Alegre que não sai no jornal

fotos e texto: Marcio de Almeida Bueno

A nova onda são os brechós beneficentes para ONGs de proteção aos animais.
Em espaços cedidos, em praças ou na rua, roupas, livros e outros são vendidos
a partir de 1 real.

Em canteiros da Cristóvao Colombo, agrotóxico na grama. Cachorros, crianças
e pessoas com deficiencia visual que se cuidem...

O Shopping Floresta, depois de anos parado, voltou aos poucos ao ritmo de
obras, embora timidamente.

Obras na Rodoviária

No feriadão de 15 de novembro, uma última e valente banquinha ainda
resistia, com toda a Feira do Livro já desativada.

Semana da Consciência Negra

Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos realizou cavalgada

O Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos realizou neste domingo, 18/11, uma cavalgada pelo trajeto dos territórios negros, locais de referência histórica do povo afrodescendente em Porto Alegre A iniciativa faz parte da programação da Semana da Consciência Negra, que se estende até a próxima terça-feira, 20/11. As fotos da cavalgada e mais informações estão disponíveis no site www.igtf.rs.gov.br e no facebook (Instituto Gaúcho Igtf).

A Semana da Consciência Negra é uma promoção da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), através da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Secretaria de Educação (Seduc), Associação dos Amigos do IGTF (AATF) e Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos. Patrocínio do Ministério da Cultura e Sulgás. A execução do evento é da Mar Doce Produções.

Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos

É uma organização não governamental formada por negros que se identificam com o gauchismo, não necessariamente com o tradicionalismo - que é uma construção da sociedade moderna mais recente (1948) - mas com a cultura gaúcha que foi construída desde o início do século XV, por espanhóis, índios, portugueses e negros. O Piquete respeita os negros que expressam sua negritude usando o cabelo rastafári; a colorida bata tipo africana; que curtem ou não um ?reggae?, um samba ou pagode; participam do movimento hip-hop; praticam a capoeira, ou ainda procuram a sua identidade em outras matrizes culturais, mas também que querem ser respeitados como negros gaúchos ou gaúchos negros. O Piquete acredita que tudo o que foi construído neste Estado tem o braço e a participação do negro, inclusive essa cultura gauchesca que se impõe hegemonicamente no Rio Grande do Sul.
.


Programação


18/11 ? Domingo

9h30min - 10ª Cavalgada da Consciência Negra - Homenagem aos Lanceiros Negros.

13h30min ? Show do Grupo Status.

15h ? Domingueira.


19/11 ? Segunda-feira

Durante o dia ? Formação de professores (CREs) no Parque Estância da Harmonia.

9h30min ? Palestra sobre a contribuição do negro na formação cultural do Estado ? diretor técnico da FIGTF, professor Claudio Knierim

20h - Entrega do Troféu Lanceiros Negros Contemporâneos.

21h - Apresentação de Escola de Samba.


20/11 ? Terça-feira

17h ? Marcha da Consciência Negra.

20h ? Ato Encerramento do Acampamento da Consciência Negra com a extinção da Chama da Liberdade.

Roteiro da Cavalgada (organizado pelo historiador da FIGTF Giovani Mesquita)

1. Parque Estância da Harmonia
2. Av. Loureiro da Silva.
3. Rua Vasco Alves.
4. Rua Washington Luiz.
5. Rua dos Andradas até o Largo da Forca, atual Praça Brigadeiro Sampaio e Pelourinho, em frente à Igreja da Dores .
6. Rua Caldas Junior.
7. Rua Siqueira Campos até o Mercado Público.
8. Rua Otávio Rocha.
9. Rua Dr. Flores até a Igreja do Rosário.
10. Rua dos Andradas.
11. Av. Independência.
12. Rua Miguel Tostes.
12 . Rua Castro Alves até a Colônia Africana.
13. Rua Mariante.
14. Rua Vasco da Gama.
15. Rua Fernandes Vieira
16. Av. Osvaldo Aranha.
17. Rua Ramiro Barcelos.
18. Rua Jerônimo de Ornelas.
19. Rua Santana até a Redenção.
20. Av. José Bonifácio.
21. Rua Santa Teresinha.
22. Av. Venâncio Aires.
23. Av. Érico Veríssimo até o Centro desportivo Tesourinha.
24. Praça Lupcínio Rodrigues - Ilhota
25. Rua André Belo.
26. Rua Baronesa do Gravataí - Quilombo Urbano Guaranha - Areal da Baronesa
27. Rua Dezessete de Julho.
28. Av. Praia de Belas.
29. Av. Aureliano de Figueiredo Pinto.
30. Rua João Alfredo.
31. Rua Joaquim Nabuco
32. Travessa dos Venezianos.
33. Rua Joaquim Nabuco.
34. Rua João Alfredo.
35. Av. Loureiro da Silva - Largo Zumbi dos Palmares
36. Rua José do Patrocínio.
37. Rua Sarmento Leite.
38. Rua Gen. Lima e Silva.
39. Av. Loureiro da Silva
40. Rua Ibanor José Tartarotti.
41. Parque Harmonia

Locais históricos da cavalgada
1. Largo da Forca, atual Praça Brigadeiro Sampaio - Local onde eram enforcados escravos e libertos por crimes, sendo a lei, evidentemente, mais severa com os escravos. Por roubo, um escravo podia ser enforcado. Nessa ocasião os professores tinham que trazer seus alunos para a execução. O povo de maneira geral era chamado e os senhores levavam seus escravos para aprenderem a lição. Após o enforcamento, o corpo ficava pendurado por vários dias a vexação pública póst-mortem.

2. Pelourinho, em frente à Igreja da Dores - Para um arraial se transformar em vila, a lei obrigava que fossem tomadas as seguintes providências: inaugurar o Pelourinho e convocar os cidadãos locais (chamados na época de "homens bons"), para eleger os primeiros vereadores. O nome pelourinho tem sua origem na bola que encimava a coluna de alvenaria (em latim denominada de "pirorium"). Era construído sobre um pedestal, com escadaria feita de pedras. Erguido na praça principal da vila, o pelourinho era uma espécie de marco ou emblema da administração, servindo também como local de castigo de escravos fugidos ou que cometiam algum ato de rebeldia.
Uma das lendas urbanas da nossa Cidade surgiu da construção da Igreja das Dores, que teve lançada sua pedra fundamental em 1807. Os ilustres senhores ofereciam seus escravos para trabalhar na construção. Em 1832, Domingos José Lopes, grande proprietário de escravos e comerciante, mandou seu escravo Jósimo para o trabalho de construção. Por esse tempo começou a desaparecer materiais da construção. O próprio comerciante se apressou em denunciar Jósimo, que, segundo a lenda, tinha seu especial desafeto. Jósimo foi sumariamente julgado e mandado para a morte no Largo da Forca. No momento do seu enforcamento lançou o seguinte desafio: se realmente eu tiver culpa ele há de ver a conclusão das obras da Igreja, mas, do contrário, ele não verá o seu termo. Só 95 anos depois a Igreja pode ser inaugurada.

3. Mercado Público - Mercado Público ? lugar de reunião dos negros no dia a dia, onde trabalhavam de vendedores, carregadores, construtores. Esses trabalhadores em geral eram os negros de aluguel, que vendiam sua mão-de-obra no centro da Cidade para diversas tarefas e, no fim do dia, levavam seu rendimento ao Senhor. Até hoje o mercado é referenciado por adeptos de religiões Afrobrasileiras. Diz-se que embaixo da Banca Central foi enterrado, no momento da construção do Mercado, um Bará. Essa é mais uma construção de trabalhadores negros escravizados.

4. Igreja do Rosário - Em 1786 foi fundada a maior Irmandade Negra da Capital: a do Rosário. As irmandades negras tinham como principal finalidade arrecadar dinheiro para financiar enterros, sustentar crianças órfãs e para apoio as alforrias. Essas irmandades faziam um difícil jogo entre agradar a Igreja Católica (e a classe senhorial) e manter suas tradições e suas religiões. Em função desse jogo, a Irmandade do Rosário mandou construir em 1817 a Igreja dos Pretos de Nossa Senhora do Rosário, que foi inaugurada em 1827. Esse local ficou, então, sendo centro de atração para os negros cativos ou libertos. Sob o manto de cultos católicos sobreviviam os ritos negros.

5. Colônia Africana ? Rua Castro Alves - Originariamente, no século XIX, o bairro Rio Branco era conhecido como ?Colônia Africana?, abrigando escravos alforriados e, mais tarde, os libertos pela Lei Áurea. Diferenciada da maioria dos bairros, a Colônia Africana não se desenvolveu ao redor de uma igreja. Ali, como em toda parte em que lhe fosse possível, os negros costumavam praticar seus cultos e festas. Os limites da ?Colônia? eram demarcados pela rua Castro Alves, Casemiro de Abreu, Venâncio Aires (atual Vasco da Gama), Boa Vista (hoje, Cabral) e Rua Liberdade. Com o tempo, a área foi se valorizando. Originariamente ficava muito longe dos muros da cidade, e a ganância e o preconceito empurraram o povo negro cada vez mais para longe. A nossa caminhada pelo bairro começa com a rua que leva significativamente o nome do grande poeta abolicionista Castro Alves.

O Navio Negreiro (Tragédia no mar)
Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura... se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Ó mar, por que não apagas
Co'a esponja de tuas vagas
De teu manto este borrão?...
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão!
Quem são estes desgraçados
Que não encontram em vós
Mais que o rir calmo da turba
Que excita a fúria do algoz?
Quem são? Se a estrela se cala,
Se a vaga à pressa resvala
Como um cúmplice fugaz,
Perante a noite confusa...
Dize-o tu, severa Musa,
Musa libérrima, audaz!...
São os filhos do deserto,
Onde a terra esposa a luz.
Onde vive em campo aberto
A tribo dos homens nus...
São os guerreiros ousados
Que com os tigres mosqueados
Combatem na solidão.
Ontem simples, fortes, bravos.
Hoje míseros escravos,
Sem luz, sem ar, sem razão...
São Paulo, 18 de abril de 1869.
O Poeta, nascido em 14.03.1847, tinha apenas 22 anos de idade.
O poeta morreu em Salvador, em 6 de julho de 1871, aos 24 anos de idade. Recebeu de todo o País a consagração de maior poeta do seu tempo e um dos iniciadores da literatura nacional.

6. Redenção - Os Campos da Várzea sempre estiveram no caminho da história dos negros de nossa Cidade. Em pleno período de escravidão, os negros tinham permissão de juntar-se aos domingos à tarde para ?brincar?. Nesse momento era que celebravam suas tradições, batendo tambores ? os Cucumbis, Candombes, Cordões, blocos, batuque e macumba. Um ano antes da alforria, muitos senhores, prevendo a inevitável liberação dos escravos, antecipavam-se ao Império. Em cerimônias públicas, para mostrar sua suposta bondade, os senhores libertavam escravos nos Campos Várzea. Por esse motivo, o lugar foi batizado como ?Campos da Redenção?. Esse também foi o primeiro lugar que abrigou esses negros forros, que não tinham para onde ir. É necessário lembrar que esse lugar ficava fora dos murros da cidade na época.

7. Centro desportivo Tesourinha - Osmar Fortes Barcelos, o famoso Tesourinha, em 1945 foi considerado o melhor ponta direita das Américas. Em 1949 foi para o Vasco da Gama. Em fevereiro de 1952, por ato do Presidente Saturnino Vanzelotti, o Grêmio acabou com um preconceito de cor que já durava 49 anos: o de não aceitar negros em seu time de futebol. Tesourinha quebrou esta tradição germânica ao ser contratado. Em novembro de 1955, Tesourinha encerrou suas atividades no futebol com uma festa promovida pelo Grêmio.
Hoje recebe homenagens da cidade. Seu nome batiza o campo suplementar do Estádio Beira Rio e o Ginásio Municipal leva seu nome. Segundo especialistas da mídia esportiva ele pode ser considerado o maior jogador gaúcho de todos os tempos.

8. Ilhota - Outra localidade habitada pelo povo negro de Porto Alegre após a abolição foi a ?Ilhota?. Área distante do centro da cidade, era chamada assim porque ficava entre as margens do Riacho Dilúvio e do Arroio Cascatinha. A área era alagadiça, sujeita a inundações e, por isso, pouco valorizada. Tornou-se um bairro popular de grande tradição do samba. E ali, na Travessa Vidal, nasceu e viveu por muitos anos o maior compositor gaúcho de todos os tempos: Lupicínio Rodrigues. Lupicínio, conhecido nacionalmente por seus sambas-canções é também compositor de, pelo menos, dois temas campeiros: Mate Amargo e Felicidade.

9. Quilombo Urbano Guaranha - Areal da Baronesa - Em pleno Areal da Baronesa, outro reduto negro pós-escravidão, situa-se a Comunidade do Areal - Vila Guaranha, que foi considerada ?Quilombo Urbano? pela Fundação Palmares em 30 de abril de 2004. Seus moradores são os remanescentes de uma comunidade muito maior. A exemplo da Colônia Africana, muitos moradores da Ilhota foram expulsos de suas terras para lugares distantes do centro da Cidade. Entre outros, Neri Caveira, um dos maiores nomes da história do carnaval de nossa Cidade, com passagem por escolas como Areal da Baronesa e Imperadores do Samba, é filho do Areal.

10. Travessa dos Venezianos - A atual Joaquim Nabuco chamava-se Rua dos Venezianos, hoje reduzida a uma Travessa tombada pelo Patrimônio Histórico do Município em 1980. Ali nasceu, em 1873, uma das primeiras agremiações carnavalescas da Cidade, que deu origem às modernas escolas de samba de Porto Alegre. Dessa mesma rua, nos anos cinqüenta, um grupo composto por seis guris fundou o Grupo Carnavalesco Imperadores do Samba. Luiz Carlos Amorim Borges, em depoimento disse: ?A gente era guri. Naquela ocasião, nós tínhamos um grupo de Carnaval, os Venezianos. Os Venezianos já existiam antes de termos nascido?.

11. Largo Zumbi dos Palmares - Zumbi dos Palmares - Líder do Quilombo dos Palmares (1655-1695). Símbolo da resistência negra contra a escravidão, adotou o nome ?Zumbi?, que significa ?guerreiro?. Assumiu o comando político e militar de Palmares em 1678. Liderou a resistência contra a escravidão e o sistema monárquico colonial dos portugueses. Palmares era uma multidão de gente, que, além de pôr em xeque o projeto colonial, ameaçava fisicamente a sociedade escravista. Era preciso esmagar Palmares, custasse o que custasse. A tarefa de destruir Palmares foi confiada pelo governador de Pernambuco ao mercenário Domingos Jorge Velho, um bandeirante paulista sem escrúpulos, especialista na caça aos índios e líder de uma tropa de assassinos profissionais. Em 20 de novembro de 1695 era morto Zumbi, o Grande Chefe da "primeira República verdadeiramente livre das Américas".

12. Rua José do Patrocínio - José Carlos do Patrocínio, jornalista e escritor fluminense, filho de escrava, dono do jornal Gazeta da Tarde, escrevia sempre, de maneira impetuosa, a favor da abolição da escravatura e pela República.
"Contra a escravidão todos os meios são legítimos e bons. O escravo que se submete, atenta contra Deus e contra a civilização; o seu modelo, o seu mestre, o seu apóstolo deve ser Spartaco".
Participou de várias manifestações violentas contra capitães de mato e capatazes. Seu jornal foi fundamental para a divulgação da propaganda abolicionista e serviu como um veículo poderoso para que a voz de escritores, professores e profissionais negros fosse ouvida.

Rita Escobar
Assessoria de imprensa FIGTF
(51) 3228.1711 / 9327.5434

Semana da Consciência Negra

Palestra aborda contribuição no negro ao RS

O diretor técnico da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), instituição vinculada à Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), professor e historiador Claudio Knierim, fará uma palestra tendo como tema a contribuição dos negros na formação da identidade gauchesca. O evento inicia às 9h30min, no galpão da Record/Correio do Povo, no Parque Estância da Harmonia, e faz parte da programação da Semana da Consciência Negra.

A agenda da Semana, que se estende até a próxima terça-feira (20/11), inclui diversas atividades como apresentação de uma escola de samba e do grupo Status; entrega de troféu a personalidades afrodescendentes e oficinas de formação de professores. O encerramento será com a extinção da Chama da Liberdade, na presença de autoridades políticas, culturais e representantes da comunidade negra.

Para a agenda desenvolvida ao ar livre no Parque Estância da Harmonia e dentro do Piquete são disponibilizadas cadeiras para pessoas portadoras de necessidades especiais e idosos. As ações são realizadas em local plano, sem necessidade de rampas de acesso. Todas as atividades previstas nesse projeto são gratuitas. Os organizadores da Semana também estão preocupados com o impacto ambiental no parque e, por isso, distribuíram lixeiras com separação de lixo durante o evento.

A Semana da Consciência Negra é uma promoção da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), através da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Secretaria de Educação (Seduc), Associação dos Amigos do IGTF (AATF) e Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos. Patrocínio do Ministério da Cultura e Sulgás. A execução do evento é da Mar Doce Produções.

Programação

19/11 ? Segunda-feira

- Durante o dia ? II Seminário de formação e boas práticas pedagógicas

- 9h30min ? Palestra sobre a contribuição do negro na formação cultural do Estado ? diretor técnico da FIGTF, professor Claudio Knierim

- 20h - Entrega do Troféu Lanceiros Negros Contemporâneos.

- 21h - Apresentação de Escola de Samba.

20/11 ? Terça-feira

- 17h ? Marcha da Consciência Negra.

- 20h ? Ato Encerramento do Acampamento da Consciência Negra com a extinção da Chama da Liberdade.

Mais informações sobre a Semana da Consciência Negra no site www.igtf.rs.gov.br


Rita Escobar
Assessoria de imprensa FIGTF
(51) 3228.1711 / 9327.5434

DEMISSÕES NA RECORD

FORAM SEM NENHUM AVISO


DE fonte exclusiva informo que as demissões dentro da Record News que atingiram principalmente a redação foram sem que nada vazasse..

Os caras chegaram pra trabalhar e simplesmente a senha deles não abria mais o computador.

Pode? Pode sim, nas empresas do Bispo não tem moleza..ou voces acham que tinha???

Pensando

Antonio Augusto Bandeira


Reli Caio Fernando de Abreu, que morreu jovem de AIDS. Sargento Garcia foi um conto marcante deste escritor que manejava com facilidade seus pensamentos em letras.

Escrever não é simplesmente desenhar letras.Necessário imaginação e como saber descrever os locais,como aprendi com Cintia,esta excelente escritora.

Sinto o peso da idade, a quantidade de pessoas que me cumprimentam e das quais muitas não lembro, tudo na naturalidade do que não é natural.

Estou sempre aprendendo a viver, buscando focar a beleza das coisas, sendo ou querendo ser o guri da rua Esperança.

Difícil, mas não impossível.

Tudo isto penso agora nesta manhã de domingo, sentado defronte ao computador, buscando conversar com ele.

Precisamos continuar sempre.

“Memórias – No Transcurso do Século”, do líder Kim Il Sung terá lançamento em Porto Alegre


Por Vânia Barbosa


A Associação Cultural José Marti/RS, em parceria com o Instituto de Amizade Brasil – Coreia e a Editora Alfa Omega promovem, no próximo dia 20 de novembro (terça-feira), às 19h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, o lançamento do livro Memórias – No Transcurso do Século – vol.1, escrito pelo ex- presidente e fundador da República Popular Democrática da Coreia, Kim Il Sung. A obra já teve lançamento em São Paulo, Pernambuco e Brasília.

O evento marca as comemorações do Centenário de nascimento do líder comunista e terá a presença da presidente do Instituto da Amizade Brasil-Coreia e tradutora do livro, Rosanita Campos, Nelson Chaves, do instituto Cláudio Campos, e os coreanos Paek Tong Um, Conselheiro Político da Embaixada da Coreia no Brasil, e MA Kiong Ho, funcionário da Embaixada e intérprete.

A obra relata a trajetória revolucionária de Kim Il Sung, nascido em 15 de abril de 1912 e falecido no dia 8 de julho de 1994. Ao longo de sete décadas, dos 13 aos 82 anos, comandou a luta pela independência da Coreia, primeiro contra a dominação do império japonês, expulsando os invasores em 1945. Após, combatendo a invasão norte-americana e impondo, em 1953, a primeira derrota da história dos Estados Unidos.

Mesa Redonda debate “A arte de curar com a homeopatia”
no dia 21 de novembro

No dia 21 de novembro, às 19h, no Plenarinho da Assembléia Legislativa (Sala João Neves da Fontoura), a Liga Homeopática do Rio Grande do Sul (LHRS) promove a Mesa Redonda “A arte de curar com a homeopatia”. A data celebra o Dia Nacional da Homeopatia.

Estarão presentes o cirurgião dentista Maurício Fernando Nunes Teixeira, a engenheira agrônoma Agda Regina Yatsuda Ikuta, a farmacêutica Maria Isabel de Almeida Prado, a médica Angela Lanner Vieira e o médico veterinário Paulo Antônio Casa Nova.

O evento conta com o apoio institucional da Assembléia Legislativa, tendo como apoiadores: ABCDH - Associação Brasileira dos Cirurgiões Dentistas Homeopatas, ACDHRS - Associação dos Cirurgiões Dentistas Homeopatas do Rio Grande do Sul, SOBRACID - Sociedade Brasileira de Cirurgiões Dentistas - Departamento de Práticas Integrativas e SGH - Sociedade Gaúcha de Homeopatia. O patrocínio é do Laboratório Boiron.

O evento aberto ao público terá ainda a apresentação do Coral CantaVentos , com regência de Simone Rasslan.

A arte de curar
“A homeopatia é a terapia que proporciona ao indivíduo o alívio de sintomas, aumento da imunidade e reequilibro do corpo e da mente em um único medicamento”, ressalta a presidente da LHRS, médica veterinária Elisandra Pezzetta. Complementando, Elisandra afirma que o medicamento homeopático não produz efeitos colaterais ou tóxicos. “Inclusive, a medicação é testada e retestada em pessoas saudáveis, fortalecendo assim as evidências científicas. Que outra terapia proporciona tamanho bem estar ao indivíduo? “, questiona, acrescentando que os homeopatas tem muito a comemorar.
Para o dentista Maurício Fernando Nunes Teixeira, mais do que comemorar a data, é importante refletir sobre o papel da homeopatia no quadro de saúde atual “como ciência que promove uma melhor qualidade de vida para as pessoas e que pode nos ajudar muito a reafirmar os princípios do nosso sistema de saúde”.

Dia Nacional da Homeopatia - O dia 21 de novembro de 1840 é a data da chegada ao Brasil de Benoit Jules Mure (médico francês, 1809 - 1858), considerado um dos introdutores e grande incentivador da homeopatia no país.
No mês em que se celebra o Dia Nacional da Homeopatia, proposto por David Castro em 1959, por meio de moção da Liga no 7º Congresso Brasileiro de Homeopatia (CBH), a inserção do Dia da Homeopatia no Calendário de Datas Comemorativas e de Conscientização do Município de Porto Alegre é uma vitória para a LHRS. A Lei Nº. 11.347, de 13 de setembro de 2012, que institui a data, foi de autoria do vereador Professor Garcia (PMDB), que acolheu a iniciativa da entidade.

Informações e entrevistas:
Elisandra Pezzetta, médica veterinária, presidente da LHRS
Cel.: (51) 98 15 94 75
E-mail: epezzetta@bol.com.br
www.ligahomeopaticars.com.br

Assessoria de imprensa:
Jornalista Gelcira Teles, 6790/RS
On Mídia Comunicação Integrada
Cel.: (51) 92 04 16 69
E-mail: jorngelcirateles@yahoo.com.br

SEM PULO - TÚNEL DO TEMPO

Permita-me remeter a Sem Pulo e Túnel do Tempo deste sábado,
que escrevo na Folha Popular de Teutõnia.
Abraço
Rudimar

MEUS ÚLTIMOS DIAS EM BUENOS AIRES CHEGARAM!

O GELSON MAIS PARECE UM PADRE.TÁ SENDO TRANSFERIDO A TODA HORA. CHILE, AGORA MADRI. MAS ESPERO CONTAR COM UM CORRESPONSAL EUROPEU. PRA NÓS SEUS LEITORES NADA MELHOR!

Olides. Desculpa-me pelo axegero. Posso dizer que agora a sitauação muada de figaura. Ir morar aqui em Buenos Aires é uma coisa simples. Espanha não deve ser mole não. Mas vou ter de encarar. Me deram um grau de chefia e uma boa grana. Não pude dizer não. Falo contigo outra hora melhor, ok. Um abraço gelson .
Gelson Farias

De Buenos Aires
Gelson Farias


Vivi mais de dois bons anos da minha vida aqui, em Buenos Aires. Perdi vários amigos esse ano, e quando estava começando a conhecer alguns, chegaram meus últimos dias vivendo aqui, por causa de um emprego, e agora devo me mudar para a Espanha. Ao contrário do que eu pensava e esperava a minha vida deu outra volta, ao saber sobre minha transferência para a Espanha.
Novo trabalho, novos colegas, novos horários, nova cidade... E conhecer outra vez tudo e andar outra vez à descoberta das coisas e dizerem-me "Olham... Isso fica na Rua X, sabes”?”E eu “Não”,” sabes onde é...?”e eu “Não”! ““... É disto que eu gosto ter de novamente voltar a descobrir tudo! Depois de duas semanas onde praticamente não parei a tratar de tudo, deixei Santiago do Chile e já estou no me preparando para fazer a travessia do mar, ou seja, ir para a Espanha.
Parece-me que tudo passou muito depressa por aqui que nem tive tempo para pensar nessa transferência agora! Há sempre aquela indecisão "vou, não vou, vou, não vou!
E pronto chegaram as despedidas.
A pior de todas foi a de deixar as pessoas que conhecemos e que nos são prazerosas, em todos os sentidos... Eu já esperava que assim fosse a partir do dia em que lhe disse que ia trabalhar na Espanha... A primeira reação de La Chica foi terrível!
“Não podes morar em Madre" não estás falando sério?”-- Estou traduzindo toda a minha conversa com ela. “Enriqueta pensa melhor”. Podes viajar para lá, sem problemas e não se fala agora mais nesse assunto! ““... Este tipo de reação foi o suficiente para saber que o último dia seria complicado...
Comecei então a pensar em tudo o que tinha passado com a minha amiga Enriqueta que me acolheu em Abril de 2010.
Como tal na despedida não faltaram alguns choros e olhos inchados, etc, etc, e tal. No final voltei a ouvir "La Chica dizer... Não vás!"... Sabe Deus o que me custou a dar o essa notícia para os meus amigos aqui de Buenos Aires.

É engraçado. Às vezes nem nos apercebemos da sorte que temos em trabalhar com determinadas pessoas... E só com situações destas é que verificamos essa realidade. Deixarei Buenos Aires com uma profunda tristeza, como se parte de mim fosse arrancado sem dó nem piedade, e viajo para a Espanha consciente das dificuldades que me esperam. Primeiro porque novamente terei de começar tudo de novo.
E por favor, não me digam "agora é que vais ver o que é trabalhar dia e noite!", não me digam isso, por favor. É que por trás de todas as matérias que escrevi, com peripécias caricatas, com curiosidades e outras coisas, ficou muito por contar. História que eu vivi que não tiveram finais felizes, que me fizeram pensar várias vezes se não era melhor deixar isto tudo, e histórias que nunca aqui contei nem contarei.

Jamais me arrependerei da decisão que tomei em 2010... Quando aceitei o convite para trabalhar em Buenos Aires. Tudo o que aprendi aqui na Argentina, tudo pelo qual tive que passar e tudo o que consegui neste país foi extraordinário, às vezes paro para pensar nisso e lembro-me apenas das palavras de um amigo, (o jornalista Olides Canton ) a quem contei de como vim parar aqui em Buenos Aires. No final de nossa conversa ele disse-me... "Admiro a tua coragem e vontade", de fato é isso mesmo, coragem, vontade e determinação. Com isto tudo é possível!

Mas apesar de ver agora tudo de uma perspectiva completamente diferente, há coisas que simplesmente não mudam... Não foi uma decisão fácil, aliás, uma mudança nunca é uma decisão fácil.
Foi uma decisão muito bem ponderada, muito pensada e mais do que isso muito trabalhosa com uma boa conversa com minha família.
Há alguns meses que sabia que por esta altura (mais ou menos) deixaria Buenos Aires. O mês de Novembro para mim foi um autêntico vendaval que ainda não terminou e só terminará quando já estiver no com as malas prontas para enfrentar o Chek-in para viajar de fato para a Espanha. Posso dizer que a segunda pior coisa deste tipo de decisões é a mudança propriamente dita, se preparar, desmembrar-se de coisas que já não preciso... Etc, etc, porque a pior verdade seja dita, são as despedidas... Isso sim custa.
Sempre que estava em Porto Alegre e vinha para Buenos Aires, passava por isso, custava (como é normal!), mas cheguei a um ponto em que pensava "tem de ser, um dia isto acabará”... As despedidas nunca acabam, passamos a vida nisto, a questão é que nem percebemos... Vou encarar as despedidas como um "Até já", acho que é a melhor coisa a fazer.
Já sei que Madrid está já aqui/ali ao lado, mas nunca será a mesma coisa... Mas a vida é mesmo assim! “(...) Fico a pensar agora como os aeroportos já não têm grandes segredos, e como o problema do idioma se resolve estando no país em que se fala e como a vida é o que fazemos dela”... Mas uma coisa não mudou no meu pensamento...•.
“Por mais voltas que dê,
por mais gente que conheça,
por mais tempo que passe
Por mais que goste da vida que levo, o meu país e a minha casa serão sempre (...) eternos".
Despeço-me de todos, para qualquer informação/dica (ou qualquer outra coisa) o e-mail Gelson.aargentina@hotmail.com continuará a existir!
Um grande abraço.

O ' TRABALHADOR DO IVALDINO TASCA

BAH, O IVALDINO VAI LANÇAR UM LIVRO SOBRE PALMEIRA DAS MISSÕES. DELE TENHO UMA BOA. EM 1998, QUANDO O BACHIERI DUARTE E O PEDRO ' BABÃO' DIGO SIMON CONVERSAVAM SOBRE O PRIMEIRO DIA DA CAMPANHA EM SOLEDADE - O CHUVISMO ME CHAMOU PRA TRABALHAR COM O SENADOR CANDIDATO A REELEIÇÃO - O BACHIERI SENTADO NA SALA DO SENADOR, NA PROTASIO, DISSE A SIMON, AMIGOS QUE ERAM COMO EU ESTARIA CONVERSANDO COM O CESARTASCA,POR EXEMPLO, QUE EM SOLEDADE ESTARIA POR ELE UM PEEMEDEBISTA DE 4 COSTADOS, COMO DIRIA O PROFESSOR EGYDIO CHIARELLO, DE LA UNDEZE.

POIS QUEM QUIS SABER SIMON

- SIMON, REAGIU BACHIERI,O IVALDINO TASCA QUE TRABALHO NO TEU GOVERNO NA EMATER.

SIMON NEM REAGIU


VAI VER JÁ SABIA QUE ERA CANO CERTO.


FOMOS DE HELICOPTERO NAQUELE DOMINGO PRA SOLEDADE E LÁ CHEGANDO ERA PERTO DO MEIO DIA, UMA PUTA CERRAÇÃO LÁ EMBAIXO E O PRIMEIRO TELEFONEMA QUE O CHUVISCO RECEBEU FOI DO TASCA, DE PASSO FUNDO, DESCULPANDO-SE POR NÃO PODER ESTAR PRESENTE. SURGIRA UM COMPROMISSO DE ULTIMA HORA.


NÃO CONHEÇO PESSOALMENTE O IVALDINO,SEI APENAS QU E´CASADO COM UMA IRMÃ DO TARSO DE CASTRO. ME DOU COM O IRMÃO DELE, O CHIQUINHO MAS SENDO TASCA TUDO É UMA BRIGAÇADA...ELES DERAM DE ' PRESENTE' NO COLO O BARRANCO PRO ELSON FURINI DE TANTO QUE BRIGAVAM ENTRE SI.

CLARIN: CLIMA DE ABSOLUTA INCERTEZA SOBRE O FUTURO DAS EMPRESAS


O Gelson deixou aquelas mulheres maravilhosas de santiago do chile( nunca vi mulheres tão bonitas como lá...)e voltou pra pacata buenos aires.pra aquelas castelhanas que não se depilam, como eram as da LIbelu...


O kirchnerismo já está organizando festivais populares e manifestações em todo o país para comemorar a queda do Grupo Clarín.

De Buenos Aires
Gelson Farias

O ano está terminando, e a Argentina continua às voltas com dramas sociais como a insegurança, principal preocupação da população segundo pesquisas recentes, e a escalada da inflação, que deverá superar 20%. Essas são as dores de cabeça que sofrem a maioria dos argentinos. No entanto, para a presidente Cristina Kirchner e todo o seu gabinete, a prioridade nos últimos dois meses de 2012 será obter uma vitória contundente na disputa com o grupo de meios de comunicação Clarín, o mais importante do país. Enfraquecer o Clarín – conseguir que o grupo seja obrigado a vender dezenas de licenças de rádio e TV aberta e a cabo, tornou-se uma das maiores obsessões da presidente argentina.
Sem adversários de peso na oposição, Cristina, seus ministros, secretários e membros de movimentos políticos como os Unidos e Organizados – integrado por ultracristinistas –, dedicam-se a reforçar estratégias para enfrentar o que consideram seu maior adversário. Na prática, isso significa fazer tudo o que estiver ao alcance do governo, incluindo pressões sobre a Justiça, para garantir que a partir de 7 de dezembro o grupo seja obrigado a adequar-se à Lei de Serviços Audiovisuais, aprovada no Congresso em 2009 e, desde então, questionada pelo Clarín na Justiça.

Cristina Kirchner: Estou contando os dias...

Em 22 de maio, a Corte Suprema de Justiça determinou que, no dia sete de dezembro deste ano, entrasse em vigência o artigo 161 da polêmica lei, que prevê um “processo de desinvestimento” para que todos os grupos com operações no país respeitem as novas regras, entre elas, as que limitam a quantidade de licenças permitidas por empresa. Antes, era possível ter uma licença de TV a cabo em cada cidade do país – até 2.200 licenças por empresa. Com a nova lei, o limite caiu para 24, e o grupo Clarín tem hoje mais de 250. A mudança também impede que uma empresa possa administrar, na mesma cidade, uma TV aberta e outra a cabo. Ou seja, em Buenos Aires, o grupo deverá optar entre o canal 13, um dos líderes de audiência, e a Cablevisión, que controla quase 60% do mercado de TV a cabo nacional.

Clarín e governo argentino de olho no dia 7 de dezembro

A meta do governo é clara: acabar com o que chama de um “monopólio midiático” que todos os dias transmitem, segundo afirmou a própria Cristina, “a rede nacional do desânimo”. Em conversas informais, funcionários da Casa Rosada admitem, sem rodeios, as intenções do Executivo. Se o Clarín não respeitar a lei estará atuando na ilegalidade, e só um golpe de Estado poderá salvá-lo – diz uma fonte kirchnerista, que pediu anonimato. Em meio a fortes rumores sobre a possível intervenção estatal em empresas do grupo, a fonte afirmou que “não passa pela cabeça do governo programar uma intervenção física, enviando forças de segurança para ocupar meios de comunicação”. Como seria uma intervenção não física? O governo pensa em bloquear contas bancárias, do grupo.


O embate da presidenta Cristina Kirchner com o Grupo Clarín

Nos corredores do Clarín, o clima é de absoluta incerteza sobre o futuro de suas empresas. Nem mesmo as mais altas autoridades dos principais canais de TV e jornais do grupo sabem o que acontecerá a partir do sete de dezembro. A decisão, até lá, é continuar esperando que a Justiça determine se os artigos questionados são ou não inconstitucionais. Para o Clarín, eles violam direitos adquiridos – várias licenças foram renovadas por dez anos em 2005, no governo do ex-presidente Néstor Kirchner. Nas últimas semanas, diversos juízes designados para atuar no processo iniciado pelo grupo em 2009 foram afastados ou renunciaram. No Congresso, deputados da oposição acusaram a Casa Rosada de exercer fortíssimas pressões sobre os magistrados para obter uma resolução contra o Clarín. Paralelamente, a bancada kirchnerista no Senado conseguiu avançar na discussão sobre um projeto de lei que, se aprovado, deixará a decisão final sobre a constitucionalidade ou não dos artigos nas mãos da Corte Suprema. O projeto, que será votado na próxima quarta-feira no Senado, estabelece um mecanismo que permitirá ao Executivo pedir a ação da Corte Suprema em processos que representem “riscos institucionais”.
O kirchnerismo já está organizando festivais populares e manifestações em todo o país para comemorar um triunfo que, para o governo, será histórico. A campanha contra o Clarín começou em 2008, quando a Casa Rosada acusou o grupo de favorecer os produtores rurais em meio a uma onda de protestos que paralisou o país durante meses. Antes de morrer, o ex-presidente Kirchner (2003-2007) declarou que o relacionamento entrou em crise anteriormente, quando seu governo negou ao grupo a possibilidade de investir no mercado telefônico. A realidade é que há quatro anos o Clarín tornou-se inimigo público da Casa Rosada e da família Kirchner. A queda de braço está entrando na reta final, e o governo parece perto da vitória.

Palmeira

Bah, mas um cara citado aqui como reserva moral...bah, mais não digo nem me foi perguntado. Parece que ele andou no tal do adubo papel...bom, já vi falei demais(olides canton)

OLIDES ! APÓS O FERIADO-15.11, EM QUE COMPLETEI A IDADE MÁGICA E
EMBLEMÁTICA DE 60 ANOS, SENDO 34 DELES NA ESPARTANA PALMEIRA,
DEPAREI-ME EM TEU BLOG, COM A RELAÇÃO DOS TRABALHISTAS HISTÓRICOS, QUE
ASSINARAM A"CARTA DE LISBOA", COMO COLOCASTE COM MUITA PROPRIEDADE ;
"A CERTIDÃO DE NASCIMENTO DO PDT".

NESTE HISTÓRICO E IMPORTANTE DOCUMENTO, CERTAMENTE BEM GUARDADO NA
SEDE DO PDT EM POA", ESPERO, CONSTAM NOMES QUE ME SÃO FAMILIAR, TAIS
COMO: DA CENTENÁRIA PALMEIRA, TEM A SUBSCRITÁ-LO, O COMPANHEIRO ALDO
PINTO DA SILVA, EX-PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA EM 1978, EX-DEPUTADO
FEDERAL,EX-SECRETÁRIO DA AGRICULTURA, RESERVA MORAL DO RS . TAMBÉM CABE
DESTACAR, A FIGURA DE "JOSINO DE QUADROS ASSIS", EX-PREFEITO E, CREIO,
EX-DEPUTADO, SEMPRE LEMBRADO POR SEUS CONTERRÂNEOS- À ÉPOCA TINHA UMA
FAZENDA EM SEBERI,ANTIGO DISTRITO DA PALMEIRA, DENOMINADA DE
FORTALEZA. FAZENDA ESTA, ADQUIRIDA, A POSTERIORI, POR JUSTO
DAMO(ADIVINHA DE ONDE ERA ?).


VALE RESSALTAR, TAMBÉM, PELO QUE REPRESENTARAM PARA O TRABALHISMO,
WILSON VARGAS DA SILVEIRA, GRANDE DEPUTADO E, AINDA POR CIMA VALENTE,
TENDO ATINGIDO SEU COLEGA DE LEGISLATIVO, ADVERSÁRIO POLÍTICO, HERMES
PEREIRA DE SOUZA, TAMBÉM PALMEIRENSE, COM UM TIRO NO PÉ, QUE LHE
VALEU, "AD ETERNUM" UM DEFEITO FÍSICO.TEMPOS DEPOIS
RECONCILIARAM-SE, SEGUNDO ME CONTOU MEU SAUDOSO PAI-ZATOR.

POIS WILSON VARGAS, COMPADRE DE BRIZOLLA, FOI GRANDE AMIGO DE MEU PAI
QUE, QUANDO VEREADOR EM SÃO CHICO( GRINGO NÃO ELEGE PELO DURO, DO
CONTRÁRIO TINHA SIDO PREFEITO NA TUA TERRA), FOI SE U CABO ELEITORAL E,
POSTERIORMENTE, CONVIDOU-O PARA SEU CHEFE DE GABINETE NA EXTINTA CAIXA
ESTADUAL.

NÃO PODEMOS ESQUECER DE NEY ORTYZ BORGES, DA SOLEDADE , TERRA DE
GAÚCHO FORTE, CUJO FILHO FOI ASSESSOR(ESTAGIÁRIO) DE MEU PAI NA CAIXA
ESTADUAL.

QUE PENA QUE SÓ TE INTERESSAS PELO PDT DE SÃO BORJA( DEVES DAR
ASSESSORIA PARA O CELSO CAMUNDONGO, SÓ PODE), POIS PALMEIRA TEM RICA
HISTÓRIA DA ESQUERDA BRASILEIRA. APOSTO QUE, DO ALTO DA TUA SABEDORIA
POLÍTICA, DIGA-SE TENDENCIOSA, POIS NASCESTE E TE CRIASTE EM BERÇO
ARENOSO, DESCONHECES QUE, EM 1976, FORAM CASSADOS, APÓS DISCURSAREM EM
HISTÓRICO COMÍCIO NO CINEMA NA LEGENDÁRIA PALMEIRA, ENTRE OUTROS,
NADIR ROSSETTI E AMAURY MULLER. E TU NÃO ÉS CAPAZ DE VALORIZAR ESTE
PATRIMÕNIO HISTÓRICO DA PALMEIRA. ENTREVISTA O DR. ALDO PINTO E
SABERÁS MUITO MAIS. MOVE-TE , ZIO CAN !!!!!!!!!

CONVERSEI EM PASSO FUNDO, DIA 13.1 1, COM O IVALDINO TASCA, QUE LANÇARÁ
UM LIVRO SOBRE PALMEIRA, ONDE MOROU COM SEU PAIS E IRMÃOS, ANTES DE
IREM PARA POA, MONTAREM O BARRANCO- O CEZAR PODE TE INFORMAR-.

QUANDO QUISERES SABER MAIS SOBRE PALMEIRA, CONVERSE PRIMA COM O DR.
ALDO PINTO, DOPO COM MI.

UM ABRAÇO.

MAURO


P.S.: SÓ UM GÊNIO COMO O PINHEIRO MACHADO PARA TE ATURAR !!!!!!!


Prof. Mauro Santos Rocha
Diretor - UPF Sarandi

Obras na rodoviária

as obras na rodoviária estão andando...finalmente furadeiras abrindo asfalto. Parece que vão fazer uma alça por cima - só poderia ser - pra desafogar o transito o famoso XIS da rodoviária.

O CONFORTO DAS SALAS VIPS

PODEMOS VER AQUI A SALA VIP DA PLANALTO NA SEXTA ULTIMA. CHIMA, UM JORNAL, TODO O CONFORTO. A UNESUL, A PLANALTO E A OURO E PRATA TAO DANDO MAIS CONFORTO PRO PASSAGEIRO. QUE A MODA PEGUE....

JORNAL QUANDO NAO E BOM, NEM DE GRAÇA!

Pois olha a pilha de zeros que tinha na sexta na sala VIP da Planalto na rodoviaria local. Um so diario de santa maria, do mesmo grupo. Eu acho que isto e porque o pessoal que la vai e do interior e prefere o jornal do interiro. Nao tem outra explicaçao. Nao pegam nem de graça. ta ruim a zero hein!

MEMORIA DO

AVELINE

TENGO HAMBRE, TENGO HAM BRE...

sE HOUVE ALGUÉM que sabia colocar um apelido nos coelgas este foi o desaparecido JBAveline. E sabia também inventar uma história maldosa, que as vezes pegava ecomo...

Não sei quem lhe contou - eu acho que foi o Dulphe Pinheiro Machado, outro baita fofoqueiro da paroquia - que contou pro Aveline que quando eu voltei do Peru fiquei na casa de uns amigos durante dias e que so sabia dizer TENGO HAMBRE, TENGO HAMBRE...

O saudoso Aveline espalhou esta história dentro da redação da ZH e os colegas ficam perplexos ouvindo aquele relato do velho...

Na realidade os fatos foram estes: quando regressei do Peru, em 1974, na primeira vez que fui ao país andino, fiquei num apartamento da Princesa Isabel onde lembro bem moravam o Caco Barcellos, o Licinio Silveira de Azevedo, e se não me engano,tenho quase certeza, o Carlos Mossmann. Todos haviam morado juntos anteriormente no chamado " baião" uma experienca que conto num livro de memórias a vir a lume proximamente( já sei que trará polemicas, muitos não vão gostar de se ver retratados ali como foram os fatos, no meu modo de ver,é claro...)localizado na av. Cuiabá, nos altos dos cemitérios, onde em volta havia vários ' inferninhos'...

Pois realmente me homiziei no apê dos colegas e de lá durante muitos dias não saía. Estava regressando de uma viagem que me havia baratinado a cuca - a realidade da Argentina, da Bolívia e do Peru me haviam deixado muito atordoado, principalment sua pobreza,algo inimaginavel -e eu poucosaia. Tinha pedido demissao da Folhinha da Manha pra viajar, o que pra muitos era uma lou cura de quinto grau...

Mas os amigos me acolheram..Pobre que nem rato de igreja, a companheira do Licinio na ocasiao reclamava muito que eu comia( ora ia viver de que???) e lembro que o Licinio me livrava a barra, sempre dando uma desculpa, ate que um dia ele realmente me intimou a ir trabalhar...me convidou pra voltar pra Folhinha mas minha cabeça atordoada, nao racional, naquele momento nao me permitiu. Foi ai que fui fazer ume stagiona radio da UFRGS, onde meu chefe foi o Carlos Urbim, que sempre foi bacana comigo...E lembro que nesta epoca fiz uma entrevista muito boa com a Elis Regina, que estava no Teatrro Leopoldina fazendo um show...


Digo tudo isto e ja me alongue i um pouco de mais, porque dois motivos me levaram a isto:

1) os sete anos da morte do Joao Batista, completadis 13 ultimo e porque tempos atras enviei o original do meu livro onde conto algumas coisas e o Licinio me mandou uma carta muito restritiva sobre o conteudo do livro, dizendo que se publicar tomarei muitos processos.

E deadvertiu de outrss implicaçoes, caso vier a sair em livro, alem do que segundo ele, o livro nao tem nem pe nem cabeça. Mas isto a gente resolve.

Bom, no final da longa e carta do amigo que hoje vive em Moçambique e que me parece e o autor da frase ESQUINA MALDITA, pelo que se fosse eu pediria direitos autorais ou danos morais pelo sua utilizaçao por uma editora local ele encerra lembrando o episodio do apartamento da Princ esa Isabel, onde transcrevo o que meu amigo disse;
- PS. esqueceste de contar a tua volta do Peru, quando ficastes na minha casa e do Caco, te fechaste num quarto e so saistes de la depois de semanas, deixando todas as paredes e mesmo o teto cheio de escritos incompreensiveis, ao ponto de termos mandando repintar o quarto inteiro"

 

MEMORIA DA IMPRENSA

Ataides Miranda cobria a Assembléia pela rádio Guaíba nos anos 90,quando o governador era Alceu de Deus Collares. E Ataídes ,malandro velho da reportagem, aprendeu como tirar farinha do saco do governador, que quando alguém o chamava de negrão , ele corrigia e dizia:
- Dr. Negrão!!!!

Pois dois deputados atazanavam a vida de Collares. Pelo PPB-atual PP - era Jarbas lima, muito atuante ,seria também depois presidente por BREVE PERIODO, TANTO QUE NO INTER O CHAMAM DE ' JARBAS, O BREVISSIMO', do Glorioso S.C.INTERNACIONAL.

e pelo PSB BETO ALBUQUERQUE, QUE A LINGUA FERINA DO REPORTER JOÃO CARLOS TERLERA ALCUNHOU DE ' O CHIARELLI DAS ESQUERDAS" - numa alusão a sua devoção midiática ...

Pois Miranda sabia que se ele fosse ao Palácio repercutir alguma coisa que os deputados tivessem dito dentro do parlmaneto, Collares reagia sempre assim:

- Não vou dar pedestal pra eles aparecerem as minhas custas.

Beto principalmente tinha pegado muito no pé do governador por críticas ao famigerado calendário rotatitivo, aquele que dona Neusa Canabarro,esposa do governador Collares e secretária estadual da educação tentara implantare acabando com a mamata das professores de ter tres meses de férias por ano(remuneradas, é claro...)

e uma outra coisa doía na alma do governador, principalmente.era quando Beto Albuquerque, principalmente criticava as reformas que Collares mandara fazer, por insistência de dona Neusa, a reforma de um banheiro que custara algo em torno de 5 a 6 mil reais. Como o banheiro era de marmore, o custo foi alto porque tiveram que ir buscar o material original. Aquilo era uma bobagem, mas na mão do Beto Albuquerque rendeu muito e principalmente na mídia que repercutiu muito aquilo.

COLLARES era sempre instado pelos repórteres a falar deste assunto, mas ele se negava. Ata?ides Miranda entendeu então que o melhor eraprovocar o governador, que ele vinha com dois,tres tijolos pra cima do repórter e aí acabava dando a respos5ta que a materia exigia, já que a Guaiba sempre queria os dois lados da versão- Eu fazia assim,relembra Miranda, chegava no negrão e dizia:

- Olha o Jarbas lima disse isto...o Beto aquilo. ele fica puto da vida e acabava responde e me dando da versão do governador que eu precisava pra redirig minha noticia.a vida de reporter também tem disto.

RESSACA TRICOLOR


*A SEXTA É DE RESSACA NA TORCIDA DO GREMIO...A DO INTER TÁ TÃO POR BAIXO QUE NEM DIZ NADA. LÁ PERTO DE CASA. APENAS OUVI UNS FOGUETES LÁ PELAS 7 E POUCO DA MATINA.DE MADRUGADA, NADA.


PREJU

*O BAR METROPOLIS, AO LADO DO OLIMPICO, TINHA SE ABASTECIDO DE UNS 10 MIL REAIS DE CERVEJA PRA VENDER NUM PROVAVEL JOGO ENTRE GREMIO E SAÃO PAULO PELA SUL AMERICANA....AGORA SÓ DESOVAR NO GRENAL, SE DER...É O ULTIMO JOGO DO OLIMPICO.

FEIRA DO LIVRO

So li aogra o que o Laurinho escreveu sobre a feira do livro. Nao entendi o que ele quis dizer...conhecendo como o conheço, nao acredito que ele seja contra os pobres frequentarem a feira do livro. cultura nao e so pra rico, ou e....ou uma coisa implica na outra. no fundo, no fundo, tudo isto e de uma raiz elitista sem tamanho. coitados os pobres. no dia do ecnerramento eu propus que o ultimo dia da feira seja de passe livre. eles gostaram...porque os pobres nao podem ser visto no meio dos claudinho pereira da vida...(olha nada contra o claudinho...) e que esta turma acha que livro tem a ver com meia duzia de babacas, pretensos intelecutias que fazem trotoir na frente do salao dos autografos. so nao dou o nome para nao dar pedestal pra eles. eles nem merecer ser citados aqui....(olha ai o elitismo, de novo...)

Coleguinhas

*Danilo Ucha viajou no domingo pra

*Montevideo. Visita a familiares,segundo o mesmo...


*Vou A serafina neste fim de semana. estou pensando seriamente em colocar um jornal lá...

claro que se isto vier a acontecer, alguma coisa vai mudar na minha vida profissional.


*Blog [é muito bom, mas grana que é bom e faz rir eu não vi em 5 anos.


*e os leitores, alguns, tem o desplante ainda de reclamar disto e daquilo.

Semana da Consciência Negra

Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos realiza cavalgada

O Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos realiza neste domingo, 18/11,a partir das 9h30min, uma cavalgada pelo trajeto dos territórios negros, locais de referência histórica do povo afrodescendente em Porto Alegre.

A programação da Semana, que se estende até o dia 20, inclui diversas atividades como apresentações de danças de matriz africana, Escola de Samba e do grupo Status; entrega de troféu a personalidades afrodescentendes; bailes; roda de samba e oficinas de formação de professores.
O encerramento será com a extinção da Chama da Liberdade, na presença de autoridades políticas, culturais e representantes da comunidade negra.

Para a agenda desenvolvida ao ar livre no Parque Estância da Harmonia e dentro do Piquete são disponibilizadas cadeiras para pessoas portadoras de necessidades especiais e idosos. As ações são realizadas em local plano, sem necessidade de rampas de acesso. Todas as atividades previstas nesse projeto são gratuitas. Os organizadores da Semana também estão preocupados com o impacto ambiental no parque e, por isso, distribuíram lixeiras com separação de lixo durante o evento.

A Semana da Consciência Negra é uma promoção da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), através da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Secretaria de Educação (Seduc), Associação dos Amigos do IGTF (AATF) e Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos. Patrocínio do Ministério da Cultura e Sulgás. A execução do evento é da Mar Doce Produções.

Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos

É uma organização não governamental formada por negros que se identificam com o gauchismo, não necessariamente com o tradicionalismo - que é uma construção da sociedade moderna mais recente (1948) - mas com a cultura gaúcha que foi construída desde o início do século XV, por espanhóis, índios, portugueses e negros. O Piquete respeita os negros que expressam sua negritude usando o cabelo rastafári; a colorida bata tipo africana; que curtem ou não um ?reggae?, um samba ou pagode; participam do movimento hip-hop; praticam a capoeira, ou ainda procuram a sua identidade em outras matrizes culturais, mas também que querem ser respeitados como negros gaúchos ou gaúchos negros. O Piquete acredita que tudo o que foi construído neste Estado tem o braço e a participação do negro, inclusive essa cultura gauchesca que se impõe hegemonicamente no Rio Grande do Sul.
.


Programação


18/11 ? Domingo

9h30min - 10ª Cavalgada da Consciência Negra - Homenagem aos Lanceiros Negros.

13h30min ? Show do Grupo Status.

15h ? Domingueira.


19/11 ? Segunda-feira

Durante o dia ? Formação de professores (CREs) no Parque Estância da Harmonia.

9h30min ? Palestra sobre a contribuição do negro na formação cultural do Estado ? diretor técnico da FIGTF, professor Claudio Knierim

20h - Entrega do Troféu Lanceiros Negros Contemporâneos.

21h - Apresentação de Escola de Samba.


20/11 ? Terça-feira

17h ? Marcha da Consciência Negra.

20h ? Ato Encerramento do Acampamento da Consciência Negra com a extinção da Chama da Liberdade.

Roteiro da Cavalgada (organizado pelo historiador da FIGTF Giovani Mesquita)

1. Parque Estância da Harmonia
2. Av. Loureiro da Silva.
3. Rua Vasco Alves.
4. Rua Washington Luiz.
5. Rua dos Andradas até o Largo da Forca, atual Praça Brigadeiro Sampaio e Pelourinho, em frente à Igreja da Dores .
6. Rua Caldas Junior.
7. Rua Siqueira Campos até o Mercado Público.
8. Rua Otávio Rocha.
9. Rua Dr. Flores até a Igreja do Rosário.
10. Rua dos Andradas.
11. Av. Independência.
12. Rua Miguel Tostes.
12 . Rua Castro Alves até a Colônia Africana.
13. Rua Mariante.
14. Rua Vasco da Gama.
15. Rua Fernandes Vieira
16. Av. Osvaldo Aranha.
17. Rua Ramiro Barcelos.
18. Rua Jerônimo de Ornelas.
19. Rua Santana até a Redenção.
20. Av. José Bonifácio.
21. Rua Santa Teresinha.
22. Av. Venâncio Aires.
23. Av. Érico Veríssimo até o Centro desportivo Tesourinha.
24. Praça Lupcínio Rodrigues - Ilhota
25. Rua André Belo.
26. Rua Baronesa do Gravataí - Quilombo Urbano Guaranha - Areal da Baronesa
27. Rua Dezessete de Julho.
28. Av. Praia de Belas.
29. Av. Aureliano de Figueiredo Pinto.
30. Rua João Alfredo.
31. Rua Joaquim Nabuco
32. Travessa dos Venezianos.
33. Rua Joaquim Nabuco.
34. Rua João Alfredo.
35. Av. Loureiro da Silva - Largo Zumbi dos Palmares
36. Rua José do Patrocínio.
37. Rua Sarmento Leite.
38. Rua Gen. Lima e Silva.
39. Av. Loureiro da Silva
40. Rua Ibanor José Tartarotti.
41. Parque Harmonia

Locais históricos da cavalgada
1. Largo da Forca, atual Praça Brigadeiro Sampaio - Local onde eram enforcados escravos e libertos por crimes, sendo a lei, evidentemente, mais severa com os escravos. Por roubo, um escravo podia ser enforcado. Nessa ocasião os professores tinham que trazer seus alunos para a execução. O povo de maneira geral era chamado e os senhores levavam seus escravos para aprenderem a lição. Após o enforcamento, o corpo ficava pendurado por vários dias a vexação pública póst-mortem.

2. Pelourinho, em frente à Igreja da Dores - Para um arraial se transformar em vila, a lei obrigava que fossem tomadas as seguintes providências: inaugurar o Pelourinho e convocar os cidadãos locais (chamados na época de "homens bons"), para eleger os primeiros vereadores. O nome pelourinho tem sua origem na bola que encimava a coluna de alvenaria (em latim denominada de "pirorium"). Era construído sobre um pedestal, com escadaria feita de pedras. Erguido na praça principal da vila, o pelourinho era uma espécie de marco ou emblema da administração, servindo também como local de castigo de escravos fugidos ou que cometiam algum ato de rebeldia.
Uma das lendas urbanas da nossa Cidade surgiu da construção da Igreja das Dores, que teve lançada sua pedra fundamental em 1807. Os ilustres senhores ofereciam seus escravos para trabalhar na construção. Em 1832, Domingos José Lopes, grande proprietário de escravos e comerciante, mandou seu escravo Jósimo para o trabalho de construção. Por esse tempo começou a desaparecer materiais da construção. O próprio comerciante se apressou em denunciar Jósimo, que, segundo a lenda, tinha seu especial desafeto. Jósimo foi sumariamente julgado e mandado para a morte no Largo da Forca. No momento do seu enforcamento lançou o seguinte desafio: se realmente eu tiver culpa ele há de ver a conclusão das obras da Igreja, mas, do contrário, ele não verá o seu termo. Só 95 anos depois a Igreja pode ser inaugurada.

3. Mercado Público - Mercado Público ? lugar de reunião dos negros no dia a dia, onde trabalhavam de vendedores, carregadores, construtores. Esses trabalhadores em geral eram os negros de aluguel, que vendiam sua mão-de-obra no centro da Cidade para diversas tarefas e, no fim do dia, levavam seu rendimento ao Senhor. Até hoje o mercado é referenciado por adeptos de religiões Afrobrasileiras. Diz-se que embaixo da Banca Central foi enterrado, no momento da construção do Mercado, um Bará. Essa é mais uma construção de trabalhadores negros escravizados.

4. Igreja do Rosário - Em 1786 foi fundada a maior Irmandade Negra da Capital: a do Rosário. As irmandades negras tinham como principal finalidade arrecadar dinheiro para financiar enterros, sustentar crianças órfãs e para apoio as alforrias. Essas irmandades faziam um difícil jogo entre agradar a Igreja Católica (e a classe senhorial) e manter suas tradições e suas religiões. Em função desse jogo, a Irmandade do Rosário mandou construir em 1817 a Igreja dos Pretos de Nossa Senhora do Rosário, que foi inaugurada em 1827. Esse local ficou, então, sendo centro de atração para os negros cativos ou libertos. Sob o manto de cultos católicos sobreviviam os ritos negros.

5. Colônia Africana ? Rua Castro Alves - Originariamente, no século XIX, o bairro Rio Branco era conhecido como ?Colônia Africana?, abrigando escravos alforriados e, mais tarde, os libertos pela Lei Áurea. Diferenciada da maioria dos bairros, a Colônia Africana não se desenvolveu ao redor de uma igreja. Ali, como em toda parte em que lhe fosse possível, os negros costumavam praticar seus cultos e festas. Os limites da ?Colônia? eram demarcados pela rua Castro Alves, Casemiro de Abreu, Venâncio Aires (atual Vasco da Gama), Boa Vista (hoje, Cabral) e Rua Liberdade. Com o tempo, a área foi se valorizando. Originariamente ficava muito longe dos muros da cidade, e a ganância e o preconceito empurraram o povo negro cada vez mais para longe. A nossa caminhada pelo bairro começa com a rua que leva significativamente o nome do grande poeta abolicionista Castro Alves.

O Navio Negreiro (Tragédia no mar)
Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura... se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Ó mar, por que não apagas
Co'a esponja de tuas vagas
De teu manto este borrão?...
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão!
Quem são estes desgraçados
Que não encontram em vós
Mais que o rir calmo da turba
Que excita a fúria do algoz?
Quem são? Se a estrela se cala,
Se a vaga à pressa resvala
Como um cúmplice fugaz,
Perante a noite confusa...
Dize-o tu, severa Musa,
Musa libérrima, audaz!...
São os filhos do deserto,
Onde a terra esposa a luz.
Onde vive em campo aberto
A tribo dos homens nus...
São os guerreiros ousados
Que com os tigres mosqueados
Combatem na solidão.
Ontem simples, fortes, bravos.
Hoje míseros escravos,
Sem luz, sem ar, sem razão...
São Paulo, 18 de abril de 1869.
O Poeta, nascido em 14.03.1847, tinha apenas 22 anos de idade.
O poeta morreu em Salvador, em 6 de julho de 1871, aos 24 anos de idade. Recebeu de todo o País a consagração de maior poeta do seu tempo e um dos iniciadores da literatura nacional.

6. Redenção - Os Campos da Várzea sempre estiveram no caminho da história dos negros de nossa Cidade. Em pleno período de escravidão, os negros tinham permissão de juntar-se aos domingos à tarde para ?brincar?. Nesse momento era que celebravam suas tradições, batendo tambores ? os Cucumbis, Candombes, Cordões, blocos, batuque e macumba. Um ano antes da alforria, muitos senhores, prevendo a inevitável liberação dos escravos, antecipavam-se ao Império. Em cerimônias públicas, para mostrar sua suposta bondade, os senhores libertavam escravos nos Campos Várzea. Por esse motivo, o lugar foi batizado como ?Campos da Redenção?. Esse também foi o primeiro lugar que abrigou esses negros forros, que não tinham para onde ir. É necessário lembrar que esse lugar ficava fora dos murros da cidade na época.

7. Centro desportivo Tesourinha - Osmar Fortes Barcelos, o famoso Tesourinha, em 1945 foi considerado o melhor ponta direita das Américas. Em 1949 foi para o Vasco da Gama. Em fevereiro de 1952, por ato do Presidente Saturnino Vanzelotti, o Grêmio acabou com um preconceito de cor que já durava 49 anos: o de não aceitar negros em seu time de futebol. Tesourinha quebrou esta tradição germânica ao ser contratado. Em novembro de 1955, Tesourinha encerrou suas atividades no futebol com uma festa promovida pelo Grêmio.
Hoje recebe homenagens da cidade. Seu nome batiza o campo suplementar do Estádio Beira Rio e o Ginásio Municipal leva seu nome. Segundo especialistas da mídia esportiva ele pode ser considerado o maior jogador gaúcho de todos os tempos.

8. Ilhota - Outra localidade habitada pelo povo negro de Porto Alegre após a abolição foi a ?Ilhota?. Área distante do centro da cidade, era chamada assim porque ficava entre as margens do Riacho Dilúvio e do Arroio Cascatinha. A área era alagadiça, sujeita a inundações e, por isso, pouco valorizada. Tornou-se um bairro popular de grande tradição do samba. E ali, na Travessa Vidal, nasceu e viveu por muitos anos o maior compositor gaúcho de todos os tempos: Lupicínio Rodrigues. Lupicínio, conhecido nacionalmente por seus sambas-canções é também compositor de, pelo menos, dois temas campeiros: Mate Amargo e Felicidade.

9. Quilombo Urbano Guaranha - Areal da Baronesa - Em pleno Areal da Baronesa, outro reduto negro pós-escravidão, situa-se a Comunidade do Areal - Vila Guaranha, que foi considerada ?Quilombo Urbano? pela Fundação Palmares em 30 de abril de 2004. Seus moradores são os remanescentes de uma comunidade muito maior. A exemplo da Colônia Africana, muitos moradores da Ilhota foram expulsos de suas terras para lugares distantes do centro da Cidade. Entre outros, Neri Caveira, um dos maiores nomes da história do carnaval de nossa Cidade, com passagem por escolas como Areal da Baronesa e Imperadores do Samba, é filho do Areal.

10. Travessa dos Venezianos - A atual Joaquim Nabuco chamava-se Rua dos Venezianos, hoje reduzida a uma Travessa tombada pelo Patrimônio Histórico do Município em 1980. Ali nasceu, em 1873, uma das primeiras agremiações carnavalescas da Cidade, que deu origem às modernas escolas de samba de Porto Alegre. Dessa mesma rua, nos anos cinqüenta, um grupo composto por seis guris fundou o Grupo Carnavalesco Imperadores do Samba. Luiz Carlos Amorim Borges, em depoimento disse: ?A gente era guri. Naquela ocasião, nós tínhamos um grupo de Carnaval, os Venezianos. Os Venezianos já existiam antes de termos nascido?.

11. Largo Zumbi dos Palmares - Zumbi dos Palmares - Líder do Quilombo dos Palmares (1655-1695). Símbolo da resistência negra contra a escravidão, adotou o nome ?Zumbi?, que significa ?guerreiro?. Assumiu o comando político e militar de Palmares em 1678. Liderou a resistência contra a escravidão e o sistema monárquico colonial dos portugueses. Palmares era uma multidão de gente, que, além de pôr em xeque o projeto colonial, ameaçava fisicamente a sociedade escravista. Era preciso esmagar Palmares, custasse o que custasse. A tarefa de destruir Palmares foi confiada pelo governador de Pernambuco ao mercenário Domingos Jorge Velho, um bandeirante paulista sem escrúpulos, especialista na caça aos índios e líder de uma tropa de assassinos profissionais. Em 20 de novembro de 1695 era morto Zumbi, o Grande Chefe da "primeira República verdadeiramente livre das Américas".

12. Rua José do Patrocínio - José Carlos do Patrocínio, jornalista e escritor fluminense, filho de escrava, dono do jornal Gazeta da Tarde, escrevia sempre, de maneira impetuosa, a favor da abolição da escravatura e pela República.
"Contra a escravidão todos os meios são legítimos e bons. O escravo que se submete, atenta contra Deus e contra a civilização; o seu modelo, o seu mestre, o seu apóstolo deve ser Spartaco".
Participou de várias manifestações violentas contra capitães de mato e capatazes. Seu jornal foi fundamental para a divulgação da propaganda abolicionista e serviu como um veículo poderoso para que a voz de escritores, professores e profissionais negros fosse ouvida.

Rita Escobar
Assessoria de imprensa FIGTF
(51) 3228.1711 / 9327.5434

Semana da Consciência Negra

Chama da Liberdade marca inicio das atividades

Objetivo do evento é mostrar as várias expressões dos afrodescendentes através de atividades culturais e educativas e promover a identidade do negro que construiu junto com outras etnias a diversidade do povo do sul do Brasil.

Agô,meu pai, Agô minha mãe, com essa expressão do idioma iorubá ,que significa Licença, a mãe de santo Vera Soares abriu na noite dessa quarta-feira (14/11) a Semana da Consciência Negra, no galpão da Record/Correio do Povo, no Parque Estância da Harmonia, em Porto Alegre.

Após esse pedido, os integrantes do Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos tiveram permissão para trazer a centelha farroupilha ? que foi retirada antes da extinção da chama farroupilha no dia 20 de setembro, no Palácio Piratini ? e colocar na fogueira montada na frente do galpão. Com esse ato, a centelha transformou-se em Chama da Liberdade, em homenagem aos lanceiros negros mortos no massacre de Porongos, no dia 14 de novembro de 1844, durante a Guerra Farroupilha. A Chama também é um tributo a todos os negros que até hoje lutam por justiça e dignidade.

Para o diretor técnico da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), historiador Claudio Knierim, o 14 de novembro é uma data importante para o movimento negro do Rio Grande do Sul. Ele explica que, antes de terminar a Guerra Farroupilha, um grupo de lanceiros negros, desarmados por Davi Canabarro, foi massacrado pelas tropas dos imperiais no Cerro de Porongos, hoje município de Piratini. Knierim ressalta também a importância do legado histórico do negro, que chegou aqui no período do Brasil Colônia e que, desde então, vem deixando a sua marca.

Já o patrão do Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos, Fernando Centeno, lembra que a Chama da Liberdade serve para homenagear os heróis negros que morreram lutando por liberdade, igualdade e justiça na história do Estado?.

Atividades culturais e artísticas

A programação da Semana, que se estende até o dia 20, inclui diversas atividades como apresentações de danças de matriz africana, Escola de Samba e do grupo Status; entrega de troféu a personalidades afrodescentendes; bailes; roda de samba; oficinas de formação de professores e cavalgada com 100 cavalarianos pelo Museu do Percurso do Negro, locais de referência histórica do povo afrodescendente em Porto Alegre. O encerramento será com a extinção da Chama da Liberdade, na presença de autoridades políticas, culturais e representantes da comunidade negra.

Para a agenda desenvolvida ao ar livre no Parque Estância da Harmonia e dentro do Piquete serão disponibilizadas cadeiras para pessoas portadoras de necessidades especiais e idosos. As ações serão realizadas em local plano, sem necessidade de rampas de acesso. Todas as atividades previstas nesse projeto são gratuitas. Os organizadores da Semana também estão preocupados com o impacto ambiental no parque e, por isso, distribuirão lixeiras com separação de lixo durante o evento.

A Semana da Consciência Negra é uma promoção da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), através da Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF), Secretaria de Educação (Seduc), Associação dos Amigos do IGTF (AATF) e Piquete Lanceiros Negros Contemporâneos. A execução do evento é da Mar Doce Produções.

As fotos da abertura estão no site www.igtf.rs.gov.br e no facebook (Instituto Gaúcho IGTF).

Programação


15/11? Quinta-feira

Durante o dia - Atividade Campeira no Piquete Lanceiros Negros, com exibição de vídeo comemorativo dos 10 anos da Cavalgada da Consciência Negra.


16/11 ? Sexta-feira

22h - Baile da Consciência Negra.


17/11 ? Sábado

17h - Roda de Samba com a participação de diversos sambistas gaúchos.


18/11 ? Domingo

9h30min - 10ª Cavalgada da Consciência Negra - Homenagem aos Lanceiros Negros.

13h30min ? Show do Grupo Status.

15h ? Domingueira.


19/11 ? Segunda-feira

Durante o dia ? Formação de professores (CREs) no Parque Estância da Harmonia.

9h30min ? Palestra sobre a contribuição do negro na formação cultural do Estado ? diretor técnico da FIGTF, professor Claudio Knierim

20h - Entrega do Troféu Lanceiros Negros Contemporâneos.

21h - Apresentação de Escola de Samba.

20/11 ? Terça-feira

17h ? Marcha da Consciência Negra.

20h ? Ato Encerramento do Acampamento da Consciência Negra com a extinção da Chama da Liberdade.


Roteiro da cavalgada (organizada pelo historiador da FIGTF Giovani Mesquita)

1. Parque Estância da Harmonia .
2. Av. Loureiro da Silva.
3. Rua Vasco Alves.
4. Rua Washington Luiz.
5. Rua dos Andradas até o Largo da Forca, atual Praça Brigadeiro Sampaio e Pelourinho, em frente à Igreja da Dores .
6. Rua Caldas Junior.
7. Rua Siqueira Campos até o Mercado Público.
8. Rua Otávio Rocha.
9. Rua Dr. Flores até a Igreja do Rosário.
10. Rua dos Andradas.
11. Av. Independência.
12. Rua Miguel Tostes.
12 . Rua Castro Alves até a Colônia Africana.
13. Rua Mariante.
14. Rua Vasco da Gama.
15. Rua Fernandes Vieira
16. Av. Osvaldo Aranha.
17. Rua Ramiro Barcelos.
18. Rua Jerônimo de Ornelas.
19. Rua Santana até a Redenção.
20. Av. José Bonifácio.
21. Rua Santa Teresinha.
22. Av. Venâncio Aires.
23. Av. Érico Veríssimo até o Centro desportivo Tesourinha.
24. Praça Lupcínio Rodrigues - Ilhota
25. Rua André Belo.
26. Rua Baronesa do Gravataí - Quilombo Urbano Guaranha - Areal da Baronesa
27. Rua Dezessete de Julho.
28. Av. Praia de Belas.
29. Av. Aureliano de Figueiredo Pinto.
30. Rua João Alfredo.
31. Rua Joaquim Nabuco
32. Travessa dos Venezianos.
33. Rua Joaquim Nabuco.
34. Rua João Alfredo.
35. Av. Loureiro da Silva - Largo Zumbi dos Palmares
36. Rua José do Patrocínio.
37. Rua Sarmento Leite.
38. Rua Gen. Lima e Silva.
39. Av. Loureiro da Silva
40. Rua Ibanor José Tartarotti.
41. Parque Harmonia


As fotos da abertura estão disponíveis no site www.igtf.rs.gov.br e no facebook (Instituto Gaúcho IGTF). Fotos de Rita Escobar


Rita Escobar
Assessoria de imprensa FIGTF
51 3228.1711 / 9327.5434

Grêmio

COMO TODO EX- O SERGINHO TEM HORROR AO GREMIO. NÃO SEI BEM PORQUE....ACHO QUE COMO ACONTECEU COM A IVETE BRANDALISE, ELE TAMBÉM LEVOU UM MEMBRO INFERIOR NO GLUTEO DO GREMIO. TAMBÉM ELE SÓ QUERIA TRABALHAR, IR VIAJAR E FAZER FOTO. A IVETE DEU UM PÉ NO TRASEIRO DELE. E O PIOR PRA ELE É QUE QUE ELA É APAIXONADA PELO MARIDO, TEMPOS ATRAS EU A VI DE MÃOS DADAS NO CINEMA. MULHER DE MÃOS DADAS NO CINEMA É FODA. É AMOR. ENTÃO SERGINHO, ESQUECE PRA SEMPRE.

ISTO ACONTECEU NA REDAÇÃO DA ZH..O PILLA VARES, TALENTOSO, MAS QUE NÃO TINHA UM PIO DE CARATER ANDAVA ENVOLVIDO COM UMA MULHER CASADA - NOME NÃO DOU, MAS SEI QUEM E.- ELE FOI PASSEAR NA REDENÇÃO NO DOMINGO E A VIU DE MÃOS DADAS COM O MARIDO. AMBOS TRABALHAVAM NA ZH, MARIDO E MULHER E O PILLA TAMBÉM. NA SEGUNDA O PILLA DEU UM ESCANDALO DENTRO DA REDAÇÃO. NÃO SE AGUENTOU E TEVE UM ATAQUE DE CIUMES. COMEÇOU A BERRAR PRA ELA NA FRENTE DE TODOS.

- DE MÃOS DADAS COM ELE NÃO, QUE TU TREPES COM ELE, TUDO BEM, MAS DE MÃOS DADAS É AMOR...

E DEVOLVEU AS CARTAS DELA, TIROU XEROX E DISTRIBUIU PRA ALGUNS COLEGAS.....O QUE FAZ O CIUME, HEIN!!!!!

Olha aquele dois livros de merda não vou perder meu tempo lendo. liga pro correio que eles devem ter noticias deles.

e por favor me paga o asas...tá. quanto ao Gremio, deixa estar, somos vice do Brasil. tá bem assim. hoje de manhã um puto colorado soltou foguetes lá perto de casa. mas que vá chupar um prego, o morto filho da puta.

Olides

Estou vendo o jogo doGrêmio. Mas que ridiculo a camisa que o teu time
esta usando... Desde quando o Grêmio usa camisa igual a da seleção
argentina???????

Sergio


E os meus livros??? Recebi o Asas do passado. E os outros dois????´Já
seis, estas lendo...

Roteiro do findi

PERC POA - FESTIVAL DE PERCUSSÃO DE PORTO ALEGRE

Apoio: Secretaria Municipal da Cultura
Realização: A Produtora, Maestra Comunicação e Cultura, Preto Produtora Cultural

Nos dias 16, 17 e 18 de novembro (sexta, sábado e domingo) acontece o grande encontro de percussionistas no sul do Brasil, o PercPoa 2012 - Festival de Percussão de Porto Alegre. Na programação, shows, oficinas de percussão, exposições de arte, além do seminário Música nas escolas, que discutirá o papel da percussão na educação musical, além da construção teórica em torno dos ritmos, usos e costumes da música percussiva. Todo o evento tem entrada franca com retirada de senhas uma hora antes das atividades, realizadas no Centro Municipal de Cultura (Av. Erico Verissimo, 307), Afro-sul Odomodê (Av Ipiranga 3850), Parque da Redenção (Jardim Europeu) e Usina do Gasômetro (Av Presidente João Goulart, 551).

Este festival abrange as diversas manifestações rítmicas da cultura brasileira e os tambores fundamentais e alicerces da cultura, tais como: o tambor de sopapo, o tambor de candombe, o tambor de maçambique, o tambor de religião afro-brasileira e o tambor atabaque. O PercPoa 2012 terá como atrações os pernambucanos Esdras Bedai e Reppolho (com 40 anos de carreira acompanhou Gilberto Gil, Ednardo, João Bosco e hoje toca com Moraes Moreira), o argentino Ernesto Naishtat, Odomodê Tambor e Tonho Crocco, Mestre Giba Giba e Nação Periférica. Destacam-se também, Tambores do Povo Charrua, Maracatu Truvão, Mestre Saraiva Band, Pingo Borel, Ernesto Fagundes, Zé da Terreira, Anibal May & Familia, Clube do Pandeiro de Porto Alegre, Mestre Paraqueda e Mestre Paulo Romeu, Richard Serraria, Turucutá Batucada Coletiva e Nilo Cruz (inventor do instrumento de percussão Tanajura).


Contemplado com o Prêmio Procultura de apoio a festivais e mostras de músicas da Funarte (Ministério da Cultura), o Perc Poa possui curadoria dos músicos Elojac e Zé Evandro. A realização é da A Produtora, Maestra Comunicação e Cultura e Preto Produtora e apoio da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Confira a programação completa no www.percpoa.com

Programação
Dias 16,17 e 18 de novembro de 2012

Shows e seminário:
Teatro Renascença
Centro Municipal de Cultura Lupicínio Rodrigues
Oficinas:
Sala Alvaro Moreira
Afro-Sul Odomodê
Parque da Redenção

Exposições de arte – de 16 a 18/11
Centro Municipal de Cultura
Hidalgo Adams - " A Pedra em Processo”
Cassio Tambor “ Tambores Ancestrais ”
Mestre Moa “ Arte e Capoeira ”
Mestre Paraqueda “ Pinturas Temáticas”

SHOWS
16/11 – Sexta
19h - Teatro Renascença
Retirada de senhas a partir das 18h
Tambores do Povo Charrua
Maracatú Truvão
Nilo Cruz
Mestre De Santana
Mestre Pingo Borel
Odomodê Tambor e Tonho Crocco

17/11 – Sábado
19h - Teatro Renascença
Retirada de senhas a partir das 18h
Ernesto Fagundes
Zé da Terreira
Jakka Kombo
Ernesto Naishtat e Eduardo García
Anibal May e Família
Clube do Pandeiro de Porto Alegre
Esdras Bedai e Reppolho Percurtindo

18/11 – Domingo
19h - Teatro Renascença
Retirada de senhas a partir das 18h
Mestre Giba Giba
Mestre Paraqueda e Mestre Paulo Romeu
Mestre Saraiva Band
Richard Serraria
Sandro Gravador
Mestre Môa do Katendê
Turucutá Batucada Coletiva
Nação Periférica
OFICINAS
16/11 - SEXTA
13h - Oficina Nilo Cruz - Tanajura
SALA ÁLVARO MOREIRA
Distribuição de Senhas: 12h
17/11 - SÁBADO
09h30 - Oficina Zé da Terreira
Participação: Thiago de Souza
A Caixa de guerra nos carnavais de Porto Alegre
TEATRO RENASCENÇA
Distribuição de Senhas: 8h30
09h30 – Oficinas de djembé y candombe c/ Ernesto Naishtat e Eduardo García
SALA ALVARO MOREIRA
Distribuição de Senhas: 8h30
10h - Oficina p/ Tamboreiros Mestre Pingo Borel
AFRO SUL/ODOMODÊ
Distribuição de senhas 09h

10h - Oficina de Pandeiro Popular com Zé Evandro
e o Clube do Pandeiro de Porto Alegre. Aberta. htt://clubedopandeiro.blogspot.com
USINA DO GASÕMETRO (Sala 505)
Distribuição de senhas 09h

13h - WorkShow Reppolho
Música sem fronteiras
TEATRO RENASCENÇA
Distribuição de Senhas: 12h

13h - Oficina de Sopapo – Prof.Wado (Afro-Sul Odomodê)
SALA ALVARO MOREIRA
Distribuição de Senhas: 12h
13h - Oficina p/ Tamboreiros Mestre Pingo Borel
AFRO SUL/ODOMODÊ
Distribuição de senhas 09h

16h – Oficina Esdras Bedai - Percurtindo
TEATRO RENASCENÇA
Distribuição de Senhas: 15h
16h – Oficina Maracatú Truvão
Jardim Europeu
PARQUE DA REDENÇÃO
Distribuição de senhas 15h


18/11 - DOMINGO
09h30 – Oficinas de djembé y candombe c/ Ernesto Naishtat e Eduardo García
SALA ÁLVARO MOREIRA
Distribuição de Senhas: 8h30
13h – Oficina de Berimbau – Mestre Môa do Katendê
TEATRO RENASCENÇA
Distribuição de Senhas: 12h

13h - Oficina poesia e ritmo para crianças c/ Mario Pirata
SALA ÁLVARO MOREIRA
Distribuição de Senhas:12h

14h – Oficina de djembé y candombe c/ Ernesto Nahistat e Eduardo Garcia
AFRO SUL/ODOMODÊ
Distribuição de senhas 09h


Seminário PercPOA 2012
16/11 – Sexta
Teatro Renascença
Das 13 às 18h
Temática “Música nas Escolas ”
Pronunciamento de Abertura: Zé Evandro
Coordenação: Prof. Mateus de Carvalho Leite
Distribuição de Senhas: A partir das 12h
Programação do Seminário PercPoa
GRUPO TÉCNICO MÚSICA NA ESCOLA:
CONCEPÇÃO, AÇÕES E INTERFACES COM A PERCUSSÃO

1º MOMENTO
16/11 -13h GRUPO TÉCNICO MÚSICA NA ESCOLA:
TRAJETÓRIA, AÇÕES E EIXOS DE ATUAÇÃO

13h30 Debatedores
Profa. Dra. Jusamara Souza
Prof. Me.Graciano Lorenzi
Prof. Matheus de Carvalho Leite

Mediação: Prof. Luiz Jakka
Intervenção rítmica e poética: Luiz Jakka e Mario Pirata

2º MOMENTO
EIXOS DE ATUAÇÃO DO GRUPO TÉCNICO MÚSICA NA ESCOLA
E AS INTERFACES COM A PERCUSSÃO

14h30 Eixo 1: Mapeamento/diagnóstico: quem são os profissionais; quais são as escolas que trabalham com percussão; recursos materiais; materiais didáticos.
Debatedor
Prof. Ms. Sandro Cartier
Mediação: Profa. Dra. Jusamara Souza

14h50 Eixo 2: Ações formativas: papel das universidades (o que já existe, quais as necessidades); Percussão na formação inicial e continuada.
Debatedor
Profa. Dra. Luciana Prass
Mediação: Prof. Matheus de Carvalho Leite

15h10 Eixo 3: Ações Político articulativas: PercPoa; as propostas em relação a música na escola; desdobramentos e ações integradas (Mais Educação, Redes de Ensino, Universidades).
Debatedor
Prof. Dr. Eduardo Pacheco
Mediação: Prof. Graciano Lorenzi
Intervenção poética: Raul Selva e Zé Evandro

15h30 Intervalo – BANDA MIRIM DA ESCOLA ESTADUAL ALBERTO BINS - Vila Cruzeiro

3º MOMENTO PERCUSSÃO E EDUCAÇÃO MUSICAL EM DEBATE
16h Debate com palestrantes e público
17h Desdobramentos e encaminhamentos
18h Encerramento
Contatos de Imprensa: Maestra Comunicação e Cultura - Simone Lersch (51) 3029-6390 / 9803-4420
Financiamento:
FUNARTE Fundo Nacional de Cultura
Ministério da Cultura
Projeto contemplado pelo prêmio Mostras e Festivais

Apoio Cultural:
Secretaria Municipal da Cultura - Prefeitura de Porto Alegre , TVE, FM Cultura, ABEM – Associação Brasileira de Educação Musical, Comissão de Educação da Assembléia Legislativa, Grupo Técnico Música na Escola, Procempa, Rozini, SBACEM, Valcareggi, Tirage Serigrafia, Rádio Pirada, Coletivo Catarse, Afro-sul Odomode e Combo Art.

Realização:
A Produtora
MAESTRA Comunicação e Cultura
PRETO Produtora Cultural
Informações:
www.percpoa.com
Contato:
percpoa2012@gmail.com

58ª Feira do Livro de Porto Alegre
Balanço Final


Uma Feira mais aberta, com mais espaço. Assim o público encontrou a 58ª Feira do Livro de Porto Alegre. Totalmente adaptado ao traçado original de uma Praça da Alfândega renovada, o evento de 2012 foi ainda mais valorizado depois da conclusão das obras do projeto Monumenta.
Dias de sol, céu de brigadeiro. O tempo bom trouxe o público para reencontrar os livros e para ler sob a sombra dos jacarandás. Segundo a Brigada Militar, mais de 1.300.000 pessoas passaram pela Feira do Livro deste ano, desvendando o conteúdo das barracas e da programação diversificada, que contemplou todas as idades e todos os interesses.

Mais espaço para todos - A Feira do Livro teve sua estrutura projetada para que todos pudessem aproveitar as atrações dos 17 dias de evento com conforto e tranquilidade. A acessibilidade foi prioridade com as instalações adaptadas para o trânsito de deficientes físicos. Por meio de um convênio entre a organização da Feira e a Secretaria de Acessibilidade, foram realizadas melhorias em diversos pontos das instalações na Praça e no Cais do Porto. Os estandes e os locais das principais atrações contavam com rampas de acesso, além de diversos banheiros adaptados espalhados pelo complexo.

No Cais do Porto, monitores receberam e conduziram deficientes visuais por atividades especificas, como o Espaço Braille, no qual equipamentos especiais auxiliavam os portadores de deficiência visual na leitura. A parceria com a Confraria das Letras em Braille rendeu a apresentação de 10 títulos em braille, que foram distribuídos para escolas e bibliotecas públicas do interior do Estado e entidades de atendimento ao deficiente visual. Em outro espaço, coordenado pela Associação dos Cegos do Rio Grande do Sul, eram disponibilizados audiolivros no formato MP3.

O futuro da Feira - O evento de 2012 nem bem termina, e a 59ª edição da Feira entra em pauta. A continuidade vem acompanhada de novos desafios. O principal deles será acompanhar e interagir com a transformação do Cais do Porto, que abriga a área Infantil e Juvenil. A parceria com a concessionária que administra as obras do complexo do Cais do Porto, já sinaliza que a Feira não perderá esse espaço.

Principais números referentes à 58ª Feira do Livro de Porto Alegre:

VOLUME DE VENDAS DE LIVROS

Total de exemplares: 411.056 livros vendidos

Comparativo de Vendas

Ano Área Geral Área Infantil e Juvenil Área Internacional Total
2012 315.743 78.374 16.939 411.056
2011 338.566 101.509 19.514 459.588
2010 300.762 89.059 21.698 411.519

Forma de obtenção dos números referentes às vendas: diariamente, cada um dos expositores da Feira preencheu um formulário informando o número de livros vendidos no dia anterior. Os formulários foram recolhidos por funcionários da Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL), que contabilizou os números. Durante a Feira, foram divulgadas duas parciais de vendas nos dias 29 de outubro e no dia 6 de novembro.

A pequena redução em relação ao volume de vendas do ano anterior pode ser justificada pelo fato de a Feira ter tido dois dias a mais (19) em 2011 e, ainda, no mesmo ano, ter incluído o dia 15 de novembro (mais um feriado).

PÚBLICO
De acordo com estimativas da Brigada Militar, o número de visitantes da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre chegou a 1 milhão e 300 mil pessoas.

AUTÓGRAFOS
No total, foram realizadas 702 sessões de autógrafos, assim distribuídas:
- Praça de Autógrafos: 513
- Deck dos Autógrafos/Área Infantil e Juvenil: 59
- Memorial do RS (sessões coletivas): 113
- Autógrafos em outros locais: 17

**Maior fila: Martha Medeiros

NÚMEROS DA PROGRAMAÇÃO

* Área Geral/Adulta
A equipe da programação da área Adulta contava com 25 participantes quando a Feira começou (coordenação, produtores, assessoria, monitores). Muitos a ela se juntaram no percurso para colocar a programação na rua.

Num total de 327 atividades na área Geral, a Feira contou com a parceria de 153 instituições e entidades. Foram 194 mesas-redondas; 85 apresentações artísticas, 31 oficinas e 17 sessões de cinema, envolvendo 652 participantes: 25 convidados internacionais, 53 nacionais de outros estados e 574 gaúchos, que encontraram nos espaços da Feira atentos ouvintes e fãs.

Exatas 13.080 pessoas assistiram aos encontros com o livro e escritores. Às programações artísticas, 7.436 pessoas tiveram acesso. Outros 1.395 oficinandos usufruíram das tantas possibilidades apresentadas.

Total = 21.911 pessoas participando, numa média de 1.289 pessoas/dia, ou seja, um acréscimo de 12,44% com relação ao público de 2011.

* Área Infantil e Juvenil

Atividade Quantidade Total
Encontros de autores com alunos
Autor no Palco (para alunos do ensino fundamental) 30

94
Casa do Pensamento (para público jovem) 22
Território das Escolas (para alunos do ensino fundamental) 12
QG dos Pitocos (para pré-leitores) 15
Ateliê da Imagem 8
Sala de Vídeo 7
Encontros em escolas 200 200
Atividades artísticas
Concertos (Ospa, Orquestra Villa-Lobos e Concertos Comunítários Zaffari) 3
54
Saraus 3
Espetáculos para alunos da EJA 8
Espetáculos infantis (Teatro, QG dos Pitocos, Pórtico Central e Território das Escolas) 40
Contações e cantações de histórias no QG dos Pitocos
Contações/cantações de histórias com equipe da Feira
85 sessões

Ciclo A Hora do Educador
Seminários e ciclos de atividades 9, totalizando 73 atividades, como segue:
Seminário A Arte de Contar Histórias - 16
Seminário Confraria Reinações - 4
Seminário Aeilij - 10
Programação parelela Trançando Histórias - 9
Mutação na Feira: Hz, zines e cultura pop - 7
Ciclo Informática na Educação - 3
Ciclo Acessibilidade e Inclusão Social - 5
Encontro Agapasm - 11
Atividades independentes - 9

Exposição
Traçando Histórias - Mostra de Ilustração de Literatura Infantil e Juvenil 1
A Arte Levada a sério - atividades propostas por escolas ou pela comunidade
Sessões de autógrafos e apresentações artísticas de escolas

SITE E MÍDIAS SOCIAIS

Durante os 17 dias de Feira do Livro, foram produzidas mais de 390 matérias para o site. As visitas somaram 89.781, uma média de 5.281 por dia. Foram 571.987 visualizações de páginas, com duração média da visita de 05m06s.

Nas redes sociais, tanto o Twitter quanto a fan page do evento no Facebook tiveram significativo crescimento de seguidores e fãs. Destaque para a página no Facebook que começou a Feira (dia 26/10) com 4.311 fãs e chegou no dia 11/11 com 7.043.

O maior índice de pessoas falando sobre postagens feitas na fan page, durante a Feira, se deu na semana de 28 de outubro a 02 de novembro. O pico foi de 6.812 pessoas, com um alcance viral (registra o número de amigos que viram as interações dos fãs) de 147.084 pessoas.

A ação destaque - de fotografar pessoas na feira 'entre parênteses', símbolo da campanha "Abra espaço para a literatura na sua vida" - colocou mais uma rede social em operação na Feira, o Instagram, que rendeu 272 fotos de personalidades e pessoas do público em geral do evento, com 1740 curtidas no Facebook.

DEPOIMENTOS

"A 58ª Feira do Livro de Porto Alegre passou, abrindo espaço para o livro, a leitura e a literatura na vida de todos aqueles que a ela se juntaram nestes dezessete dias de festa para o livro. Escritores ganharam rosto e voz na memória de seus leitores: abriu-se espaço para a divulgação de seus livros.
Novos escritores ganharam a possibilidade de aprimorar sua escrita com outros escritores: abriu-se espaço para as oficinas. As palavras ocuparam seu lugar também fora dos livros: abriu-se espaço para as apresentações artísticas e para a transversalidade da literatura com outras artes.
Como em qualquer outra Feira, nosso produto, o livro, esteve em exposição, foi matéria de comentários, avaliações, críticas e elogios. Lotaram-se salas. Outras, nem tanto. Consagraram-se escritores, outros iniciaram suas vidas literárias. Debates ganharam voz e continuarão pelas ruas da cidade. Prateleiras de nossas casas e bibliotecas ganharam novos livros, que foram ou serão lidos por tantos leitores. Fica na memória o conselho: abra espaço para a literatura na sua vida." - Jussara Rodrigues, coordenadora de programação para o público adulto.

"Eu gostei muito desses 17 dias, mas o mais importante é o plural: Porto Alegre adorou sua 58ª Feira do Livro. As pessoas aproveitaram muito a Praça da Alfândega tomada por livros e corredores literários, todos os ambientes que abrigaram palestras e oficinas. A área Infantil e Juvenil, no Cais do Porto, estava um espetáculo. E presenciamos, acima de tudo, paz. Não vimos uma briga, uma confusão, nada. Isso prova que a cidade está sempre no espírito da Feira. Vivemos um grande momento!" - Luiz Coronel, patrono da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.

"Após o encerramento da 58ª Feira do Livro e ainda sem muito tempo para fazer uma avaliação detalhada, constatamos que alcançamos nosso principal objetivo, que é de divulgar a leitura, consolidando ações e projetos de estímulo à formação de jovens leitores. De fato, abrimos espaço para a leitura na vida de muitos.
A reforma da Praça da Alfândega - além de ter tornado a Praça ainda mais bonita - trouxe como grande ganho uma melhor circulação para as pessoas e uma nova distribuição das bancas, fazendo com que a convivência e a integração entre leitores, autores e expositores ficassem ainda melhor.
Destaco os seguintes pontos:
- o novo layout da Praça de Autógrafos: o espaço foi muito elogiado tanto pelos autores quanto pelas pessoas que lá estiveram para buscar seus autógrafos.
- a programação deste ano, também qualificada, surpreendeu com a quantidade de participantes, que acabou sendo acima do previsto.
- a ausência de chuva foi mais um fator que contribuiu para o sucesso do evento
Concluímos que a feira foi bastante satisfatória.
Aos nossos patrocinadores, apoiadores, associados, colaboradores e, principalmente, aos veículos de comunicação pela bela cobertura que nos foi dada durante estes 17 dias, em meu nome e em nome da Câmara Rio-Grandense do Livro, nossos agradecimentos." - Osvaldo Santucci Junior, presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL).

A CARA DA JUSTIÇA
Raul Longo

Dizer que a Justiça Brasileira tem duas caras seria impróprio, apesar de permitir a fuga de escroques e estupradores enquanto se faz zelosa com os que se esforçam pela construção de um país.
A Justiça Brasileira não encara o país e o mundo com cara alguma e não adianta tentar cogitar com que cara vai ficar perante os anais da história.
A Justiça Brasileira nunca poderá tomar vergonha na cara e não é pela falta de pejo, de dignidade, ou qualquer outro senso.
Pelo acinte a qualquer senso que lhe justifique a função, a Justiça Brasileira não pode sequer ser apontada como cara de pau.
Não há possibilidade de ficar ruborizada e também não faz cara de safada. Apenas reflete o policrômico poder de seus donos. A Justiça Brasileira se mija de medo de seus donos aos quais abana-se como animalzinho de corda ou de pilha.
No Brasil só se age e se comporta corretamente, de acordo com a civilidade e as leis, por decisão pessoal, por caráter próprio ou foro íntimo. Pois o que erra, o criminoso, o fraudador não tem a quem ou o que encarar.
A Justiça Brasileira não tem venda nos olhos e não há carapuça que lhe sirva.
Vejam a declaração do jornalista Raimundo Pereira no link do vídeo. Depois leiam o texto do cronista Lula Miranda e tentem imaginar que cara a Justiça Brasileira tem.


http://youtu.be/3c9pKoyoRX0


Mostre as algemas, Zé!
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/85019/Mostre-as-algemas-Z%C3%A9!.htm

Condenado, sem passaporte e prestes a ser sentenciado a uma das mais duras penas da história judicial brasileira, José Dirceu não tem alternativa a não ser exibir, com orgulho, as algemas preparadas por Joaquim Barbosa, assim como fez quando foi preso pelo regime militar; leia o texto inédito do poeta Lula Miranda, exclusivo para o 247
9 de Novembro de 2012 às 19:03

Por Lula Miranda
Mostre as algemas, Zé!
Foi o que teria dito a José Dirceu, em Setembro de 1969, um dos presos políticos naquele histórico momento de resistência à ditadura militar em que 15 prisioneiros do regime de exceção e arbítrio, que se instaurara no Brasil, foram libertados em troca do embaixador americano – na fotografia aparecem 13, apenas uma mulher.
Exceção e arbítrio. Palavras malditas. Palavras-emblema de tempos sombrios.
Segundo relato de Flavio Tavares, hoje jornalista e escritor, ele teria sussurrado aos companheiros na ocasião: “Vamos mostrar as algemas”. Fez isso num insight “de momento” ao notar que os presos que estavam ali perfilados, alguns agachados, como um time de futebol campeão, numa forçada pose para uma foto que viria a se tornar histórica, escondiam as algemas. E por que escondiam as algemas aqueles jovens? Talvez por vergonha. Talvez porque estivessem preocupados em como aquela imagem poderia machucar ainda mais seus familiares e parentes mais próximos. Ou talvez, simplesmente, porque já estavam por demais combalidos e abalados moral e emocionalmente para se preocuparem com aquele peculiar adereço do arbítrio. Não se sabe ao certo, tampouco importa. Mas, insistiu Tavares, naquele “insight” que, ao contrário,em vez de esconder, as exibisse.
Mostre as algemas, Zé! Exorto-lhe nos dias que correm hoje. Dias de incipiente e vilipendiada democracia.
Na foto, podem verificar, percebe-se nitidamente o Zé Dirceu exibindo, intrépido, as malditas algemas.
Eu que não fui amigo daquele jovem idealista algemado de outrora, tampouco conheci o suposto homem “todo-poderoso” do governo; logo eu que o combati na disputa política, até com palavras duras, eu que nunca o vi mais magro, ouso lhe fazer a mesma súplica: Mostre as algemas, José Dirceu!
Não tenha vergonha de nada; tenha orgulho. Você ainda será, por vias transversas, um preso político. Sim, orgulho! Em que pese a maledicência covarde daqueles que, assim como naqueles dias sombrios de 1969, hoje lhe apontam o dedo, xingam e condenam. São os mesmos – “imortais”, “eternos” porta-bandeiras da (falsa?) moral. Ora se são!
Mostre as algemas, Zé!
Exiba a todos, daqui e para o resto do mundo! Mostre a todos o que se faz aqui no Brasil a homens como você, que prestaram valorosos serviços à pátria; que lutaram com destemor contra a ditadura; que ajudaram a eleger o Lula; que empenharam a sua vida e juventude no afã de mudar um pouco a feia face desse país tão injusto com seus filhos, ajudando a implantar políticas públicas que tiraram milhões da miséria e do desalento.
Mostre a p* dessas algemas, cara! Para o bem e para o mal. Para o orgulho dos amigos e regozijo dos inimigos.
Confesso que esperava que o julgamento do STF fosse “emblemático”, justo. Não “justo” pelo mesmo metro, critério ou “premissas” com que a imprensa insuflou e ensandeceu as galerias. Mas justo “de verdade”: que fossem condenados os culpados, aqueles que tivessem suas culpas efetivamente comprovadas. Sim, que fosse uma firme sinalização rumo ao fim da impunidade no Brasil. Mas não foi isso exatamente o que se viu. Não foi isso que testemunhamos. Houve erro e exagero. Do Supremo. Da mídia grande em geral. Uma caricatura. Entre erros e acertos, a injustiça foi soberana.
Os ministros demonstraram-se, desgraçadamente, um tanto tíbios, vaidosos e suscetíveis à pressão e clamor da turba, de modo irresponsável manipulada e insuflada pela opinião publicada.
Você foi condenado sem provas. Isso é fato, irretorquível. Foi condenado sem provas, repito. Foi condenado com base em suposições e suspeitas, com bases em capciosos “artifícios” jurídicos, tais como a hoje célebre “teoria do domínio do fato”. Uma excrescência, uma espécie de “licença poética” do golpismo – com o perdão dos poetas, por aqui aproximar as palavras “poética” e “golpismo”.
Eu poderia “achar” que você era culpado. O meu vizinho poderia achar que você era culpado. O taxista poderia achar. Todo mundo poderia “achar” que Zé Dirceu era culpado. Mas um juiz, seja do Supremo ou de 1ª instância, não pode, em absoluto, “achar” que você ou qualquer outro é culpado. Isso é uma ignomínia – como você tem se cansado de dizer, reiteradas vezes, em suas manifestações. Não nos cansemos de, indignados, exclamar: uma excrescência, uma ignomínia!
Zé,mostre as algemas! Elas são o espúrio troféu que lhe ofertam os verdugos!
Nunca pensei em sair do meu país, Zé, agora já penso com carinho e desconforto nessa possibilidade. Como posso viver num país em que minhas garantias fundamentais de cidadão não são respeitadas?!
Que país é esse?! Que Justiça é essa?!
Quebrou-se a pedra fundamental de toda nossa estruturação jurídica: a presunção da inocência. Em seu lugar colocaram a presunção da culpa. Parece piada, de mau gosto, decerto, mas não é. Como já disse antes, repito: não se é permitido fazer graça com a desgraça alheia. E sua vida foi desgraçada, Zé.
Mostre as algemas!
Veja bem, se você – insisto, reitero – um homem que tantos serviços prestou ao país, um homem respeitado por intelectuais, políticos e autoridades do mundo todo foi enxovalhado dessa maneira, submetido à execração pública pela mídia. Desonrado, chamado de “quadrilheiro”, “mensaleiro”, “ladrão”, o que fariam com um “poeta marginal” como eu? Um homem qualquer, sem galardão algum, sem cânone, sem mérito. Parafraseando certa atriz de cenho angelical, “namoradinha” desse mesmo Brasil: tenho medo.
Não sei que monstro o STF e a grande imprensa estão ajudando a criar. Mas uma coisa eu lhe asseguro: é assustador.
Para aqueles que, sem questionar, acham justa a sua condenação e prisão eu pergunto; para os “inocentes úteis” que aceitam sem titubear esses consensos forjados e essas verdades absolutas que a grande mídia sopra, todos os dias, em nossas consciências nos telejornais e nas manchetes dos jornais estampadas nas bancas; faço-lhes a pergunta que não quer calar: porque criminalizam e prendem somente os petistas e mais alguns “mequetrefes” da chamada “base aliada” do governo Lula?
Por que essas práticas de sempre na política, hipocrisia à parte, agora “ilícitas” e “criminosas”, só são permitidas aos “de sempre”? Por que os sessenta e tantos investigados no chamado “mensalão mineiro” [não é tucano?!] não foram acusados/denunciados? E não serão jamais – pois para estes o crime é eleitoral; é caixa 2, já prescreveu [“Dois pesos, dois mensalões” – by Jânio de Fritas]. Já quando são petistas os agentes da ação... é corrupção; é “golpe”; são “práticas espúrias”, “criminosas” de um partido, digo de uma “quadrilha”, em “sua sanha de se perpetuar ad eternum no poder”. Não, essas palavras não vieram da tribuna do Senado ou da Câmara dos Deputados, não saíram da boca de algum político da oposição, mas – pasmem! – foram proferidas por ministros do Supremo. Por ministros do Supremo, repito! Juízes na Ação Penal nº 470. Vejam a que ponto chegamos!!!
Mostre as algemas, Zé! Mostre as algemas!
Essas tais “práticas ilícitas” ou “criminosas” não deviam ser permitidas a ninguém - não é mesmo? A Justiça não deveria ser igual para todos?!
Qual a resposta a esse singelo por quê?
Por que só os petistas são condenados, execrados e presos?
A resposta também é simples: para que o poder permaneça nas mãos dos "de sempre", nas mãos dos eternos “donos do poder”. As chamadas “regras do jogo”, até as bastardas, servem apenas para a parte podre das nossas elites; quando é para os “do lado de cá” aí deixa de ser “regra do jogo”, passa a ser crime; “práticas espúrias”; “compra de voto”.
Faço um singelo convite a todos: vamos pensar o país, no qual a gente vive, um pouco além da hipocrisia, do partidarismo, do "falso moralismo" e dos "manchetismos grandiloquentes" de uma imprensa que serve aos interesses de determinada classe social e ideologia. Mais temperança e equilíbrio aos juízes Supremos e nem tão supremos assim, o chamado “cidadão comum”.
Não podemos nos dobrar a esse estado de coisas. Não podemos nos calar e assim sermos cúmplices e testemunhos silentes dos erros dos tribunais. Repito: o Supremo exagerou; a mídia exagerou.
Quadrilha?! Onde? Compra de votos?! Penas de reclusão superiores a 30 anos! Há aí um nítido erro na tipificação dos crimes, nas condenações e exagero na dosimetria das penas. O que é uma pena. Pois isso poderá até favorecer aos condenados, pois essas condenações injustas e essas penas exageradas certamente serão revistas algum dia, por esse ou por outro tribunal. Espero, sinceramente, que sejam revistas por esse mesmo colegiado, pois ali também estão homens de valor. E que essa vergonha, esse grave equívoco não se perpetue.
Nesse momento, só me resta dizer...
Mostre, com orgulho, as algemas, José Dirceu!

Lula Miranda é poeta, cronista e Economista.

Feira do Livro

Olides,
fazer uma Feira do Livro para o mais vendido ser um lixo da "industria cultural" e o evento em si uma espécie de quermesse do pessoal periferia (se escrevo pobredo, como em bilhete anterior, a Rosa reclama), É O FIM DA PICADA!
Quando é que essa turma do comércio livreiro vai tomar jeito?
Abraço,
Laurinho

Fotos premiadas

A FOTO DO FOTÓGRAFO WILTON JUNIOR, DA AGENCIA ESTADO, PUBLICADA NO ESTADÃO EM 20.AGOSTO DE 2011 GANHOU O PREMIO NACIONAL ESSO DE FOTOGRAFIA.A PRESIDENTE PRESIDIA UMA ENTREGA DE ESPADIAM AOS OFICIAIS DA ESCOLA MILITAR DE AGULHAS NEGRAS, QUANDO O FOTOGRAFO SACOU ESTA FOTO QUE LHE DEU O GALARDÃO MÁXIMO DO JORNALISMO BRASILEIRO.

JÁ ERNO SCHNEIDER, COM A FOTO DO JANIO,TAMBÉM PRESIDENTE, DE PÉS TROCADOS, TAMBÉM GANHOU O ESSO DE FOTOGRAFIA EM 1961 COM A FOTO SAINDO NO JORNAL DO BRASIL. A FOTO DE JANIO FOI FEITA EM ABRIL DE 1961, QUANDO DO ENCONTRO DE JANIO COM O PRESIDENTE ARGENTINO ARTURO FRONDIZI NA PONTE INTERNACIONAL QUE LIGA URUGUAIANA COM LIBRES.


A FOTO DE JANIO FOI PUBLICADA NO JB SOB O TITULO DE ' QUAL É O RUMO'?

tINHA A HAVER COM O MOMENTO POLITICO DO PAIS, POIS JANIO QUADROS ESTAVA ' ENROLADO' EM SUAS PRÓPRIAS PERNAS,. 1961 ERA UM ANO EMBLEMÁTICO. A ALEMANHA ORIENTAL ERGUERA O MURO DE BERLIM(DERRUBADO EM 1988) SIMBOLO DA GUERRA FRIA.OS USA ROMPEM COM A CUBA REVOLUCIONÁRIA DE FIDEL CASTRO E INVADEM A BAÍA DOS PORCOS.

O SOVIÉTICO IURI GAGARIN É O PRIMEIRO HOMEM A FAZER UMA VIAGEM ESPACIAL.

É CRIADA EM LONDRES A ANISTIA INTERNACIONAL.

JANIO QUADROS CONDECORA ERNESTO DE LA SIENA, MINISTRO CUBANO, CONHECIDO POR EL CHE.

JANIO LHE DÁ A MAIS ALTA CONDECORAÇÃO DA PÁTRIA, OU SEJA, A MEDALHA DA ORDEM DO CRUZEIRO DO SUL.

AS ELITES ENTENDEM O GESTO COMO UMA PROVOCAÇÃO.

ABRE-SE UMA CRISE POLITICA:

EMPROTESTO VÁRIOS MILITARES DEVOLVEM SUAS CONDECORAÇÕES.


NO FRAGLANTE DE ERNO SCHNEIDER, UM O MUNDO CONGELA.

ENROLADO EM SUAS PROPRIAS PERNAS JANIO É O RETRATO DA INCERTEZA E DA CONFUSÃO.


ERNO É UM GAÚCHO NASCIDO EM 22 DE OUTUBRO DE 1935 EM FELIZ, NA REGIÃO DE COLONIZAÇÃO ALEMÃ, FILHO DE PAI AGRICULTOR.

ERNO VAI PARA CAXIAS DO SUL ONDE FOI LABORATORISTA E TRABALHOU NO JORNAL O PIONEIRO.


EM 1954 MUDA-SE PARA PORTO ALEGRE E DEPOIS DE PROCURAR EMPREGO É ACONSELHADO A PROCURAR UM ' JORNALIZINHO QUE ESTÁ SAINDO AI'.

ESTE JORNALIZINHO É O CLARIM DO ENTÃO POLITICO LEONEL BRIZOLA. EM 1962, ERNO SCHNEIDER, O ALEMÃOZINHO DE FELIZ, RECEBE A MAIS ALTA DISTINÇÃO DO JORNALISMO BRASILEIRO.

ERNO VIVE AINDA NO RIO DE JANEIRO. DOIS ANOS ATRÁS ESTEVE EM PORTO ALEGRE E ENCONTROU SEU OUTRORA COLEGA E AMIGO ASSIS HOFFMANN QUANDO RECORDARAM MUITOS EPISÓDIOS DE REDAÇÃO.(OLIDES CANTON)


Novos tempos na CRL


Olha, desde que eu cubro a feira dolivro, nunca tinha sido tão bem tratado...


Durante toda a feira sempre fui muito respeitado pelas gurias da assessoria de imprensa. gurias aqui é carinhoso, são tri profis.

Outra coisa. Hoje não foi nem uma merreca de cafezinho como nos anos anteriores. teve um almoço, tri legal, sem constrantimentos. Parece que os ' distribuidores ' tão mal falados pelos donos de livrarias e que estão mandando na CRL sabem que tratar bem aos outros pega legal.(falei e assino embaixo, como dizia o saudoso Claudio Cabral. em tempo: nem todo jornalista é masoca que gosta de maus tratos, como parece ser a lógica...)

O AUTOR DO SLOGAN VETADO

Na foto Roberto Pintaude, da Nova Forma, com Paulo Ledur,então presidente da CRL e o professor Donaldo Schuller.



Conforme contei no meu boletim, o Guaxo, em 2.000 o slogan da campanha da Feira do Livro daquele ano era VALORIZE SUA CABEÇA. Como a França era o país homenageado, puseram uma guilhotina...quando a campanha foi apresentada aos patrocinadores, Gerdau e Copesul, durante um evento no Gattopardo, eles vetaram o desenho...A CRL gostou do lema, mas teve que trocar pra LER É PRAZER...

A CRL gostou do VALORIZE SUA CABEÇA, ficou de usar o lema numa outra campanha, mas nunca ocorreu, doze anos depois.

SETE ANOS DA MORTE DO VELHO AVELINE



Completou hoje, dia 13/11 sete anos da morte do colega e amigo João Baptista(assim mesmo, mas ele tinha horror que o chamassem de Baptista e por isto o Lauro Schirmer, seu amigo e diretor do jornal onde compartilhamos muito trabalho se referia a ele pelo segundo nome só pra implicar com o colega)Aveline. Engraçado, que minha primeira experiencia com o velho João Baptista não foi muito legal...Ficamos amigos depois que ambos estávamos fora da ZH.

Mas conheci o Aveline em 1973,quando na redação, eu , ele e a Marliene( cujo sobrenome, infelizmente não sei lembrar) ficamos junto ao telex que jorrava notiicas das agências internacionais, esperando que um general chileno estivesse liderando um contragolpe contra Pinochet. Estamos esperando até hoje.

DEpois daquilo, eu fui embora pro Peru,onde vivi quase 3 anos e na volta fui ser chefiado pelo Aveline, na Geral. Mas eu sempre desconfiei que ele não gostava muito de ser meu chefe, até hoje não sei porque, embora tenha feito boas matérias com o velho.

Lembro de um pequeno e atribulado episódio que aconteceu comigo e com ele na chefia de reportagem. ..quando voltei do Peru, minha mulher, na época, filha do Luis Carlos Pinheiro Machado, que fora seu patrão na revista GRANJA, onde Aveline trabalhou numaépoca em que estava proscrito da grande imprensa por causa do seu vinculo com o Partido Comunista.

Bom, meu ex-sogro andava por aqui comigo....por motivos que aqui e agora não vem ao acaso.

Mas tão logo cheguei do Peru, com minha primeira filha pronta pra nascer fui trabalhar na ZH e o falecido Gaguinha(José Antônio Ribeiro) me botou lá dentro. Me passaram pra editoria de Geral, onde o chefe era o Aveline. Meu sogro ligou pra lá e deu-se este diálogo:

- Aveline, meu genro esteve aí hoje trabalhando contigo?

Aveline ficou sem ter o que dizer...mas foi sincero

- Não, Pinheiro, não esteve.


Quando cheguei em casa aquela noite eu vi que havia um mal estar. Me perguntaram onde eu estivera e respondi:

- Na ZH trabalhando a tarde toda.

Ficou tudo em silêncio.

DEpois vim a saber que o Aveline não sabia que eu no Peru tinha me casado( juntado as escovas de dente) com a filha mais velha do seu ex-patrão. O mal-entendido se desfez.


Pois recordo hoje, passados sete anos, este pequeno episódio só pra lembar com saudade do nosso amigo que nos deixou.

COMITIVA DE SERAFINA VISITA POSTAL - GOVERNADOR



Liderados pelo ex-prefeito Luis Antônio Gheller, o então governador interino do Estado, o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Alexandre Postal(PMDB) recebeu comitiva de Serafina Correa, na sexta passada, dia 9/11.

Gheller lidera em Serafina uma corrente do PMDB ligada ao atual presidente do legislativo estadual.

A foto é do Edison Castêncio( o Paparazzo)

O ALMOÇO DA CRL NO COPACABANA



PRUMA INSTITUIÇÃO COMO É A FEIRA DO LIVRO, TRADICIONAL, SÓ UM ALMOÇO NUM LOCAL TRADICIONAL DE PORTO ALEGRE, COMO É O COPACABANA

FOI TUDO MUITO SIMPLES, CORRETO,E O VENTURA MANDOU ESTAS FOTOS PRA GENTE. ORBIGADO, COLEGA...ATÉ A PROXIMA!


Furo do voltaire porto

nA SEGUNDA, O VOLTAIRE PORTO DA GUAIBA FUROU TODO MUNDO, NO CASO DOS DELEGADOS. OS COLGUINHAS FORAM EMBORA, ELE FICOU E O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DEU GANHO DE CAUSA AOS DELEGADOS QUE O GOVERNADOR TINHA MANDADO PRA CASA. PONTOPRO VOLTAIRE, QUE E BOM REPORTER.

Camara do livro não quer mais este tipo de coisa



ESTA SITUAÇÃO CONSTRANGEDORA SENSIBILIZOU O PATRONO DA FEIRA DO LIVRO DESTE ANO...O ESCRITOR FICAR ALI ESPERANDO OS ELEITORES E NÃO PINTAR NINGUÉM, COMO É O CASO DESTA FOTO. MUITO TRISTE PRO AUTOR. LUIZ CORONEL E A CAMARA DO LIVRO QUEREM DISTRIBUIR CONVITES OU FAZER UMA FORMA DE QUE NENHUM ESCRITOR FIQUE SEM NENHUM LEITOR DURANTE A SESSÃO DE AUTOGRAFOS NA FEIRA DO LIVRO. NA VERDADE, ISTO DEPÕE CONTRA A PROPRIA FEIRA DO LIVRO.

FOTOS DA APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS DA FEIRA DO LIVRO



CINQUENTA TONS DE....LIDERA VENDA NA 58 FEIRA DO LIVRO

O ANO DE 2012, PELO MENOS LITERARIAMENTE FALANDO, MARCOU PORTO ALEGRE, PELA MAIOR VENDAGEM NA FEIRA DO LIVRO DE UM LIVRO ESCRITO POR UMA INGLESA, QUE EXPLORA EROTICAMENTE UMA RELAÇÃO DE UM MILIONÁRIO COM UMA MENINA TIMIDA.

O PRESIDENTE DA CAMARA RIOGRANDENSE DO LIVRO, OSVALDO SANTUCCI JR DISSE QUE PELO QUE SE OUVIR DIZER ' ESTE FOI O LIVRO MAIS VENDIDO. MAS ESCLARECEU QUE A CRL NÃO DIVULGA MAIS RANKING DE VENDAS DE LIVROS, APENAS O TOTAL DAS VENDAS.

ALGUNS NUMEROS DA FEIRA DO LIVRO QUE TERMINOU DOMINGO PASSADO

*mAIOR FILA DE AUTOGRAFOS. MARTHA MEDEIROS, NO SÁBADO,DIA 10.11


VENDIDOS 411.056 AREA GERAL 315.743 AREA INFANTIL E JUVENIL 78.374 E INTERNACIONAL 16.939

circulação. calculos da Brigada Militar dão conta que nos 17 dias da feira dolivro - 26 out a 11 de nov passarãm pela Pr. da Alfandega 1.300 mil pessoas.

SUBSTITUTO PRA FIGURA DO JULIO LA PORTA

A CAMARA RIOGRANDENSE DO LIVRO AINDA NÃO FALA ABERTAMENTE MAS PROCURA SILENCIOSAMENTE UM SUBSTITUTO PRA FIGURA DO JULIO LA PORTA, QUE MAIS UMA VEZ FEZ O PAPEL DO XERIFE NA ULTIMA FEIRA DO LIVRO.

SEM GOVERNO


o ATUAL PREFEITO DE CAXIAS DO SUL, JOSÉ IVO SARTORI, NÃO QUER NEM OUVIR FALAR DE CANDIDATURA A GOVERNADOR EM 2014, PELO PMDB

- SOU APENAS CANDIDATO A GOVERNADOR DO LYONS,DISSE ONTEM, QUANDO CIRCULOU PELA ALRS.

Guampada de boi manso

Carlos Chagas

Apesar de o Lula já ter declarado mil vezes que a vez é da Dilma e que ela deve ser candidata à reeleição, em 2014, registra-se no PT uma corrente favorável ao lançamento do ex-presidente. A explicação é simples: sustentam esse objetivo os companheiros desiludidos com a expectativa de ocupar o ministério e comandar as decisões políticas e administrativas da presidente da República. Imaginaram tornar-se no mínimo condôminos do poder, para não dizer seus condutores. Quebraram a cara, desde o primeiro dia.

Mesmo dispondo de tratamento especial, o partido é apenas mais um, na aliança que no Congresso dá sustentação ao palácio do Planalto. Ainda mais depois que Antônio Palocci foi defenestrado do governo. Imaginam que com o retorno do Lula voltarão os dias felizes quando realmente mandavam.
Desde a queda de José Dirceu e a ascensão de Dilma à Casa Civil que começaram a desconfiar, mas acreditaram que a presença do antecessor poderia dobrar a futura sucessora. Ledo engano, porque hoje, apesar de funcionar como consultor privilegiado da presidente, o Lula sabe manter a distância necessária para não sufocá-la. Agora, certos quadros buscam a fórmula mais radical, que seria o retorno do chefe.
Dilma não avançou uma palavra sequer, de público, a respeito do segundo mandato. Mas age como se já tivesse sido lançada, claro que com o respaldo do ex-presidente. Seus adversários, no PT, apenas agem para ser identificados, entre governadores, dirigentes e parlamentares insatisfeitos. Por isso, até tentam sabotar ministros e auxiliares palacianos, empenhando-se em criar dificuldades para a presidente.
Ignoram estar sendo detectados, mesmo sem revanchismo por parte dela. Se valesse para Dilma buscar no passado exemplos desse tipo de comportamento, bem como de comentários que poderia fazer, seria bom lembrar o que disse Getúlio Vargas quando soube estar o governador Benedito Valadares conspirando com generais para derrubá-lo: “Guampada de boi manso…”

DOBRAR, NÃO DOBRA
A poucos dias de assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal, o ministro Joaquim Barbosa esforça-se para se manter o mesmo, ou seja, não perder as características de ferrenho e inflexível cultor da lei. Rejeita a hipótese de que, ao acumular a presidência da corte com a relatoria no processo do mensalão, poderia tornar-se mais ameno e até leniente para com os réus. Postura, aliás, mantida pelo ainda presidente Ayres Britto, que entre sorrisos e atenções redobradas para com os advogados dos mensaleiros, vem votando de modo duro e inflexível, concordando sempre com o sucessor na dosimetria praticada.
Numa palavra, Joaquim Barbosa não parece disposto a se dobrar, como Ayres Britto não se dobrou.

TENTATIVAS INÓCUAS
Nem o deputado Julio Delgado nem o senador Jarbas Vasconcelos mostram-se dispostos a ser lançados como candidatos dissidentes às presidência da Câmara e do Senado. Não tem vocação para mártires e sabem muito bem que, com o apoio do palácio do Planalto, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros podem considerar-se eleitos.
A concessão da presidente Dilma ao PMDB, que preencherá os dois cargos, envolve mais valores do que a simples renovação do comando do Congresso. Mesmo com o PT alijado, significa a manutenção da aliança estabelecida em 2010 com a dobradinha Dilma-Michel Temer.
O governador Eduardo Campos, uma hipótese futura de embaralhar as cartas, nem de longe pretende interferir nas eleições para as duas mesas parlamentares. Se tiver que quebrar cristais, não será agora.


POR VALDIR DOS SANTOS

O NOVO SECRETARIADO DE HADDAD!

Já são 5, só conheço o Antonio Donato, vereador reeleito, que coordenou a campanha do Haddad, o de finanças é sócio da Mckinsey, uma consultoria que presta serviço ao governo federal, entre outros órgàos, o de planejamento urbano é uma fera, professor da Poli que planejou o arco do futuro, da campanha. O secret. de Assuntos jurídicos também é da USP.Tem uma economista mulher, amiga do haddad, que é do Planejamento econômico. Segundo a folha, essa era a cota pessoal dele, agora começam a ser escolhidos ou indicados os nomes das coligações, do PC do B, PSB, PP e PT, lógico.
Abra o site da Folha de SP, que tem a matéria completa.

MIRA-SERRA apresenta resultados dos Planos de Mata Atlântica
do RS, SC, PR e MS na reunião do CERBMA de 13 de novembro

A ONG MIRA-SERRA faz a apresentação dos resultados dos “Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMAs)” no Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica/RS (CERBMA/RS), no dia 13 de novembro, a partir das 15h30, na Rua Carlos Chagas, 55, 11º Andar, Sala 1107 (Espaço Verde da Sema), em Porto Alegre.

O período de execução do Projeto 536, selecionado na chamada 09 do Ministério do Meio Ambiente (MMA), foi de 20 meses. Em Curso de Capacitação realizado entre os dias 4 e 6 de outubro de 2011, que reuniu representantes de 22 municípios de quatro estados em Porto Alegre, foram selecionados para receberem os PMMAs: Igrejinha (RS), Curitiba (PR), Dona Emma (SC) e Jardim (MS).

Conforme Lisiane Becker, coordenadora-presidente da MIRA-SERRA, os Planos Municipais de Mata Atlântica são essenciais para os municípios que pretendem acessar o Fundo Nacional da Mata Atlântica. O PMMA é uma exigência constante na Lei nº 11.428/2006, regulamentada pelo Decreto nº 6.660/2008, que dispõe sobre a conservação, proteção, regeneração e utilização da vegetação nativa, tanto nas formações florestais quanto nos ecossistemas associados que integram o Bioma Mata Atlântica. Além disto, o PMMA é uma ferramenta importante para a gestão ambiental. Três ONGs foram selecionadas neste edital: MIRA-SERRA (regiões Sul e Centro-Oeste), ISA (Sudeste) e GAMBÁ (Nordeste).

Pioneirismo
No decorrer do projeto, quatro Planos foram aprovados e diversos eventos foram realizados, entre cursos, oficinas, reuniões e encontros de intercâmbio e nivelamento entre as empresas de consultoria, ONGs selecionadas, consultores, MMA e GIZ.
No dia 30 de julho, o município de Dona Emma (SC) aprovou seu PMMA, pioneiro no Estado de Santa Catarina e o terceiro do Brasil. A consultoria Bio Teia Estudos Ambientais e a ONG MIRA-SERRA, após intenso trabalho junto à comunidade, e alterações sofridas durante a própria apresentação final no Conselho de Meio Ambiente, aprovou o primeiro Plano dentro da chamada 09, do PDA/MMA.

Em 31 de agosto, foi a vez de Curitiba (PR) aprovar o seu Plano, segundo PMMA do Paraná e também do Projeto da MIRA-SERRA. A Maraibi Consultoria Ambiental e a ONG parceira local, Mater Natura, foram essenciais na obtenção deste resultado para o Estado.

Com a presença do prefeito e da ONG IASB, parceira local da MIRA-SERRA, o Conselho Municipal de Jardim aprovou seu Plano de Mata Atlântica no dia 4 de setembro. O PMMA do município foi elaborado pela consultoria Fundação Neotrópica do Brasil (FNB).
No dia 17 de setembro, o Conselho de Meio Ambiente de Igrejinha (RS) adequou as metas, ações e prazos indicados pela Equipe Multidisciplinar (EMD) da MIRA-SERRA e aprovou o primeiro PMMA do Estado, desenvolvido pela consultoria Tecnicy Ambiental.

Com este resultado, a ONG MIRA-SERRA conclui os quatro PMMAs previstos (RS, SC, PR e MS) no trabalho selecionado em edital do PDA/MMA.

Projeto da MIRA-SERRA
O projeto 536-MA, chamada 09, item III, refere-se à Capacitação para Elaboração e Implementação de quatro Planos Demonstrativos de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica na Região Sul do Brasil, para um município em cada Estado (RS, SC, PR e MS), de forma integrada com as entidades parceiras. Inclui a capacitação de técnicos de prefeituras e de conselheiros municipais ambientais, visando a elaboração e a aprovação dos planos, com consequente fortalecimento dos Conselhos Municipais do Meio Ambiente (CMMA), bem como a edição de um manual de capacitação específico para a Região Sul do País.

O edital selecionou três ONGs no país, sendo que a MIRA-SERRA foi a selecionada para trabalhar com quatro municípios das regiões Sul e Centro-Oeste. A Equipe Multidisciplinar (EMD), composta por entidades parceiras da MIRA-SERRA neste projeto, selecionou as quatro consultorias por meio de licitação pública e efetuou as revisões técnicas a cada etapa atingida. Além disto, a MIRA-SERRA elaborou o primeiro manual de capacitação dentro deste edital, sendo específico para a Região Sul do País.

Os quatro PMMAs, elaborados no Projeto da MIRA-SERRA; um documentário foto-filmográfico e o Manual para Elaboração e Implementação dos PMMAs serão disponibilizados em DVD, sendo que o Manual, editado pela jornalista Gelcira Teles, também selecionada por edital público, será distribuído em formato impresso. As cópias digitais e impressas terão distribuição gratuita.

São parceiros (as) da MIRA-SERRA: ANAMMA - Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente, APREMAVI - Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida, CERBMA-RS - Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, FAMURS - Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul, FUJAMA - Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente, IASB - Instituto das Águas da Serra da Bodoquena, Mater Natura - Instituto de Estudos Ambientais, RMA - Rede de Organizações Não Governamentais da Mata Atlântica, SEMA/RS - Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul.

O apoio financeiro é doPDA, GIZ, KfW, Ministério do Meio Ambiente, Governo Federal.

MIRA-SERRA – Fundada há 12 anos, a Organização Não Governamental (ONG) MIRA-SERRA tem caráter científico e cultural e visa a preservação da biodiversidade e dos ecossistemas do Rio Grande do Sul. É Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (PARB/MA/Unesco), conselheira no Conselho da Mata Atlântica do Rio Grande do Sul (Consema-RS) e no Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Também é filiada à Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA) e à Assembleia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente (APEDeMA-RS). Qualificada como entidade de utilidade pública estadual – RS (2008 a 2011), a ONG é co-gestora de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), situada na encosta do Cerro do João Ferreiro, Alto Padilha, São Francisco de Paula. Nesta área, conseguiu o reconhecimento como Zona Núcleo da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica – MaB-UNESCO, aprovado em reunião na Coréia/2009. São ações da Mira-Serra: levantamento da fauna e flora; translocação de animais silvestres; estudo sócio-econômico-ambiental da comunidade local; estudo da cultura indígena; ações em educação ambiental; atuação em políticas públicas; monitoramento dos mananciais hídricos.

Entrevistas e Informações:
Bióloga Lisiane Becker
Coordenadora-presidente da MIRA-SERRA
E-mail: miraserra@miraserra.org.br
Cel.: 54 9189.7731 / 51 9267.4201
www.miraserra.org.br
Assessoria de Imprensa:
Gelcira Teles, jornalista, 6790/RS
Tel.: (51) 33 31 79 41
Cel.: (51) 92 04 16 69
E-mail: jorngelcirateles@yahoo.com.br

CHILE: FORTE PATRIOTISMO


De Santiago do Chile
Gelson Farias


Algo marcante aqui no Chile, é que a gente pode sentir um forte patriotismo chileno, e também a conscientização dos jovens pelos seus direitos. Andando pelo centro de Santiago percebemos um intenso sentimento de idealismo, protestos de todas as formas são ostensivos por toda cidade. Protestos realizados por jovens, meninos de 15, 16 anos. Fiquei imaginando que tamanha conscientização social seja resquício da época da opressão da ditadura de Pinochet. Os jovens parecem que saíram de um filme, todos uniformizados com suas camisetas com estampas dos respectivos protestos e bandeiras, correndo de uma rua à outra para administrar a manifestação, ao som de um rock. É até lindo de se ver a conscientização pelos direitos, fiquei com inveja da cidadania deste povo.

Protesto de estudantes em Santiago.

“Chi, chi, chi, le, le, le; viva Chile!”, dizem os patriotas chilenos quando torcem pela sua seleção de futebol. Mas não somente. Os discursos e as saudações patrióticas estão presentes até no recente e bem sucedido resgate dos mineiros aprisionados em uma mina de cobre no norte do país. Vê-se que, mesmo em um contexto diverso, o Chile também busca um acerto de contas com o passado autoritário. Todos os direitos, verdade, justiça, reparação e punição das violações, bem como as reformas institucionais, também ocorrem na justiça transicional chilena, apesar de todos os percalços e das críticas de muitos autores quanto à excessiva parcimônia nas condenações a partir da utilização de institutos penais como a “prescrição gradual”


A língua oficial do Chile é o espanhol. Mas mesmo quem conhece bem o idioma de Cervantes estranha um pouco o jeito de os chilenos falarem. É que o espanhol falado no Chile é muito marcado pela informalidade e por influências estrangeiras e mapuches (indígenas). Além de eles falarem rápido, comerem os "d" e "s", etc... O sotaque chileno varia muito pouco entre as regiões do país. As diferenças são mais marcantes entre pessoas de diferentes classes sociais. Ainda assim, há os chilenismos, que são expressões e palavras usadas diariamente por toda gente. Mas, ¡no te preocupes! Abaixo, vai uma lista de sobrevivência para que o visitante. Hoje houve uma réplica por volta das 17 horas, aqui em Santiago, de cerca de cinco na escala Ricther. Aqui o sol demora a sair pela manhã e ilumina a cidade até 20 horas e 30 minutos.


Um pouco da história do Chile

Bernardo O'Higgins libertou o país da dominação espanhol. Isto tudo ocorreu em 18 de Setembro de 1818. O'Higgins, ditador até 1823, fundou o estado moderno com o sistema de bipartidarismo e um governo centralizado. Diego Portales, ditador que governou o país de 1830 a 1837, lutou contra o Peru entre 1836 e 1838, expandindo o território chileno.
Ontem estive em uma comemoração de boas vindas para novos funcionários da Aerolíneas Argentinas. Aqui no Chile é comum que, quando uma pessoa começa em um novo trabalho, ela convide seus companheiros de trabalho e suas respectivas famílias para uma comemoração e pague a comida e bebida, chamado aqui de “pagar el piso”. Embora a Desi e o Durran não sejam novos na empresa, eles se mudaram dos EUA para o escritório do Chile, então, é como um novo trabalho. Fizemos um assado (churrasco) na casa de Carmem, uma chilena muito simpática, e solteira com 20 anos, uma mulher maravilhosa que trabalho conosco. De madrugada, a festa ficou boa... e Quem estava casado ficou numa boa e quem não estava arrumou uma De madrugada, a festa ficou boa... e Quem estava casado ficou numa boa e quem não estava arrumou uma cara metade para...


A foto de nossa “ boa” colega de trabalho, Carmem, bem alta e com uma vontade louca de... Foi feita por um colega que já nos havia previnido de que ela, carmem, iraia nos brindar com uma bela srpresa.

De madrugada, a festa ficou legal ... Quem estava casado ficou como numa boa e quem não estava arrumou uma cara metade. Foi ela, Carmem que de repente sumiu e algum tempo depois, surgiu com o “Fenix” das cinzas, toda diferente daquele jeito de moça... Recatada? Olha meus amigos leitores deste blog. Tenho algum tempo de voo e nesta noite vi que este mundo vai acabar mesmo no mês que vem! Podem crer que depois do que a Carmem nos brindou com a sua exuberante e estonteante beleza natural, além de subir numa mesa da cozinha de sua casa, fez poses e malabarismo de deixar qualquer mortal de água na boca...

Assim como se diz que o pastel do “ Choclo” é “o prato da cozinha chilena”, o Mote, bebida não alcoólica é a mais popular e consumida nas ruas de todo o Chile. É uma bebida, para muitos, saborosa, -- eu não gostei nada – e refrescante feita à base de água de caramelo, trigo cozido e pêssego. O Mote é vendido em bancas, e em carrinhos pelas ruas de Santiago.



Carrinho de Mote.

ALFANDEGA VOLTA A SER TERRA DAS PUTAS..

EPA, NEM TANTO. MAS JURO ONTEM ENQUANTO CAMINHAVA NELA, UMA GURIA, DE UNS TRINTA ANOS ME SEGREDOU:

- Paizinho, vamos brincar um pouquinho....

era um convite sedutor...

 

MULTIDÃO DEU ADEUS A FEIRA


VI MULHERES CHORANDO EM BARRACAS, QUANDO OS GAITEIROS PASSAVAM COM A TROUPE DA CAMARA SE DESPEDINDO DA FEIRA DO LIVRO DESTE ANO...SEMPRE ACOMPANHO ESTE ATO...ACHO DE UMA EMOÇÃO SÓ.

DURANTE 17 DIAS OS ' VIZINHOS DE OCASIÃO FICAM LADO A LADO DURANTE OITO OU 9 HORAS DIÁRIAS E ALGUMAS AMIZADES,ATÉ NAMOROS, ACABAM SURGINDO.

DEPOIS NO DIA DE FECHAR ALGUNS NÃO SEGURAM A EMOÇÃO..

ENTÃO É ATÉ O ANO QUE VEM...SE DEUS QUISER E ELE HÁ DE QUERER, COMO DIZIA O FINADO MENDES RIBEIRO.

hoje ao meio dia em almoço no copacabana - que chic - a CRL v ai dar os numeros da feira. ontem era dia de encaixotamento na praça da alfandega...faina e mais faina...dos do baixo clero....

ERAM POUCO ANTES DAS 20 HORAS DE DOMINGO, ULTIMO DIA DA FEIRA E EU VI ESTA ESCRITORA SOZINHA, APENAS COM A EDITORA DO SEU LADO E COM UM FOGOGRAFO. NÃO APARECEU NENHUM LEITOR....HEHEHEHE


E AS CAIXAS DE LIVROS ONTEM FORAM SENDO CARREGADAS DE VOLTA....

LIVROS E MAIS LIVROS...ADEUS FEIRA DE 2012. SENDO LEVADOS PRA ONDE? O QUE PERGUNTEI ONTEM VENDO TANTO LIVROS FOI: ONDE FICAM DURANTE O ANO TANTOS LIVROS?

AS GARIS DERAM UM TEMPO PRA DESCANSAR UM POUCO. ERA MUI9TO LIXO PRA SER ECOLHIDO, DEPOIS DA FAINA DA FEIRA DO LIVRO.

NUMA BARRACA AS ROSAS DISTIBUIDAS NO DOMINGO DE NOITE AINDA DORMIAM AO RELENTO...

LIVREIROS DÃO ADEUS A FEIRA ESTE ANO

ONTEM FOI DIA DE INTENSO TRABALHO NA PRAÇA DA ALFANDEGA...LIVREIROS, MAS PRINCIPALMENTE O BAIXO CLERO TRABALHOU DESDE AS 10 E 11 DA MANHÃ ENCAIXOTANDO LIVROS, RETIRANDO TUDO O QUE SOBRE. O DONO DA MARTINS, IVO ALMANSA COORDENOU O TRABALHO DIRETAMENTE DE SUA BARRACA, COLOCANDO EM SEU CARRO.
AGORA, SÓ O ANO QUE VEM.

dia de faina na praça da alfandega...

ontem foi dia de retirar caixotes e mais caixotes da praça da alfandega...os livreiros tao levando a mercadoria. eles tem dois dias pra tirar os livros - depois cessa a segurança e uma semana pra desfazer as barracas. Muitas delas sao alugadas.Tem um que e o principal fornecedor e este ano deu varias delas(melhor dizer,alugou) em madeira, muito legais. foi o caso da ladeira livros, perto darbs


*Varias da feira dolivro,ainda

*Me disseram ontem que deurolono na palestra do MIA COUTO, na noite de domingo...uma mulher, negra, nao sei porque motivo, se levantou e reclamou:

- e, eu tenho e que voltar pra senzala...
sera que isto tem a ver com o palestrante, que vem de uma terra de 99 por cento de negros?

*Outra: alguns dizem que o mediador Rui Ostermann estava bem desligado. Nao pode ser. encontrei ele depois passe4ando com sua esposa, no meio das barracas, numa nice..nao notei nada diferente.

*O que sei e isto eu vi e que a sessao de4 autografos do Mia Couto foi cancelada. Motivos? nao sei.

*E que na feira do livro nao tem so livros, tem PRINCIPALMENTE VAIDADES....


O Tempo em Santiago, Chile


TEMPO MUITO QUENTE EM SANTIAGO DO CHILE É O QUE MANDA DIZER O GELSON

As condiçoes do tempo e a Temperatura no Chile
Condições Atuais (Segunda, 12 novembro 2012 às hora 17:00 fuso horário América/Santiago)
Temperatura: 27°C
Umidade: 32%
Vento: A partir de SSW a 21 mph
Pressão: 1012
Ponto de orvalho: 9°C
Panorama da Previsão do Tempo
Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo Segunda

33°C 10°C, 32°C 10°C, 30°C 10°C , 27°C 9°C, 30°C 8°C, 31°C 9°C, 31°C 10°C.

A BARRAQUINHA DA ARI


ESTA BARRACA DA ARI ERA DO TEMPO QUE FICAVA AO LADO DO SANTANDER. ESTE ANO A BARRACA DA ARI FOI LA PROS FUNDOS, PERTO DO CAIS. MAS ESTA E DE 2008, QUANDO NO FINAL DO EXPEDIENTE ROLAVA SEMPRE UMA CACHACINHA TRAZIDA PELO GOULART E COM AMENDOINS E OUTRAS GULOSEIMAS QUE O CERUTTI LEVAVA PRA LA. SEMPRE REGADO A CHIMARAO...


ESTE ANO NAO TEVE ESTE CONGRAÇAMENTO. VAMOS TORCER PRA QUE NO PROXIMO ELE ACONTEÇA.

PT E O SINDICALISMO (I)


A relação do movimento sindical com o PT - e com as administrações petistas - foi o tema do almoço temático realizado na última sexta-feira (09/11), na sede municipal do Partido. Os petistas Celso Woyciechowski, ex-presidente da CUT-RS, Juberlei Baes Bacelo, bancário, e Isabelino Garcia dos Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Pesada no RS (Siticepot), palestrantes do dia, afirmaram que o movimento sindical gaúcho não conseguiu acompanhar os avanços do mundo do trabalho e cobraram uma maior proximidade com o PT. (Foto: Tatiana Feldens)
do blog do Adeli Sell

FABICAÇO FOI SUCESSO


Segundo o colega Vicente Romano, foi um sucesso o Fabicaço realizado no sábado,dia 10 ultimo. Realizado na Nossa Casa Garden, na v. Assis Brasil, 1144, muita gente saiu da casa somente lá pelas 3 da matina.

Muitas recordações rolaram durante a noite, que teve até a projeção de um filmete.

Sugeri ao Romano que cada um dos presentes faça um pequeno depoimento: A FABICO QUE EU FIZ....

dai dá um livro, né. se deixarem rolar muito, passa o tesão e aí adeus tia chica.


Estiveram lá a Eleonora de Lucena, o marido Rodolfo, o " magro macacão", o KGBão, hoje no Globo-quando compro sempre leio sua boa coluna política - a Milena( quando minha filha morava já no Rio eu ia fazer a matricula dela na Fabico e a Milena quebrava todos os galhos possíveis e imagináveis que a Renata me aprontava)- as vezes ela nem sabia as cadeiras que tinha que fazer a Milena ajeitiava tudo - ..Não foram Wladimir Ungaretti,o " Canasvieiras", Matzenbacher( não saiu de Porto Belo) e o agitador de tudo, o " gordo Ricardo Torres" que mora no Ceará.


Pantera , ou Sérgio Saraiva, também veio de Garopaba pro encontro.

Prometem um segundo, em Floripa...

Por Valdir dos santos, de são paulo.sobre lançamento de um livro do audálio dantas, sobre wladimir herzog.


Eu não vou, não gosto do Audálio, não só pq é tucano, mas porque se aproveita da desgraça dos outros pra ganhar dinheiro. Ele ficou conhecido com um livro sobre a Clementina de Jesus e agora ressucita o Vlado. Eu era do sindicato na época e ele se borrava de medo dos militares. Se não é a categoria e D. Paulo empurrá-lo ele não teria enfrentado a situação. Agora pousa de herói!!!!
valdir

A situação de sampa vista por uma moradora de lá...

Por Valdir dos santos!


A coisa tá feia, a polícia está vingando as mortes de policiais, matando inocentes e viciados em drogas, pequenos traficantes, gente pobre, preta e feia, que ninguém reclama. Essas comissoes nao vão dar em nada. Tá todo mundo com medo de sair nas ruas à noite.

O ULTIMO DIA DA FEIRA DO LIVRO, NO DOMINGO, DEU 110 MIL VISITANTES...

EU MESMO QUANDO PEGUEI O BUS DO MORRO SANTANA - OUTRORA APELIDADO DE ' NAVIO NEGREIRO' - VI UMA MULHER, COM SUAS DUAS CRIAS, CONVERSANDO ASSIM:

- deixamos o mala do teu pai em casa vendo tevê e nós vamos pra feira do livro. Juro que aquela mulher me comoveu. Com um calor dos diabos, ela tava levando seus filhos pra passear e conhecer afeira do livro. engraçado que o guri, meio gorducho, desceu do onibus e já foi pedindo um cachorro quente.

Pois o povo também vai a feira, sim....como não...sugiro aqui que o ultimo dia da feira do livro seja passe livre em Porto alegre. Porque não????


O povo vai a feira,sim, não apenas a classe média....que fica badalando o claudinho pereira nos seus embalos do butikin. isto nada tem a ver com o povo, embora o claudinho seja um cara legal.

O balanço final da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre será divulgado na próxima terça-feira (13).

Veja como foi o último dia na Feira do Livro

Balanço de Público

De acordo com a Brigada Militar, passaram pela Feira hoje (11) cerca de 110 mil pessoas.

Um até breve. Feira do Livro se despede com suas rosas

A aglomeração de quem fez parte da equipe denunciava semblantes cansados, porém muito felizes. O ex-governador Olívio Dutra acessa a área do QG dos Pitocos e recebe a primeira rosa. Luiz Coronel repete o gesto e entrega a segunda rosa para a esposa de Olívio, Judith."Minha amiga de tanto tempo!", diz o patrono. É o momento em que os gaiteiros Vitor Hugo e Paulo Gomes empunham seus instrumentos na tocante e já tradicional melodia.
...Quem parte leva a saudade de alguém que fica chorando de dor...

Mia Couto: um homem que mudou a literatura

O sucesso da última mesa-redonda da Feira do Livro sintetizou o que foi todo evento. Setecentos lugares, no Teatro Sancho Pança, foram insuficientes para o público que almejava assistir e aprender com o escritor moçambicano Mia Couto. Diante de tantas pessoas, ele brincou que "uma conversa com mais de três pessoas para mim já é uma multidão". Ao seu lado, os escritores e ex-patronos Jane Tutikian, Ruy Carlos Ostermann e Donald Schüler se encarregaram de promover as questões e a medição ficou por conta de Bia Corrêa do Lago. A Luiz Coronel coube a abertura e apresentação dos participantes. Segundo ele, Mia "devolveu a inocência ao idioma português".

CELSO LOPES PREGA A REFUNDAÇÃO DO PDT BASEADA NOS PRINCÍPIOS DA CARTA DE LISBOA

O Vereador Celso Lopes, do PDT de São Borja, usou a tribuna da Câmara Municipal na data de hoje (06/11/2012), para pregar a refundação de sua sigla, baseada no legado histórico da Carta de Lisboa, documento este tido como certidão de nascimento do novo Trabalhismo no Brasil, em 1979.

Em seu discurso, Celso colocou que o PDT deve voltar às suas origens e encarar o “grande desafio que os Trabalhistas se defrontam hoje, que é o de nos situarmos no quadro político brasileiro para exercer o papel renovador que desempenhávamos antes de 1964 e em razão do qual fomos proscritos”, conforme diz o documento histórico da sigla.

Segundo o Vereador pedetista, o PDT deve se voltar às suas bandeiras, tais como: as reformas institucionais indispensáveis ao desenvolvimento soberano do Brasil, a defesa das liberdades democráticas, além da atenção prioritária aos trabalhadores e às crianças abandonadas e famintas, muitas vezes condenadas à deliquência.

Somos o único partido político que se constitui do chamado “fio da história” como afirmava o Governador Leonel Brizola, pois somos os portadores do legado dos governos de Vargas e Goulart, que realmente transformaram o Brasil em uma Nação livre e soberana.

“Esta refundação do PDT deve partir do Rio Grande do Sul e São Borja tem um papel preponderante neste aspecto pois é o Berço do Trabalhismo, e daqui deve sair um documento voltado para nossos compromissos programáticos e ideológicos para a preservação de nossa sigla”, finaliza Celso Lopes.

SERENO, O SOBREVIVENTE DA CARTA DE LISBOA

UM DOS SOBREVIVENTES DA CARTA DE LISBOA, ASSINADA EM 1979, EM LISBOA, É SERENO CHAISE. ELE NÃO ESTÁ MAIS NO PDT, ESTÁ NO PT, DEPOIS DE SEU ROMPIMENTO COM LEONEL BRIZOLA.]
ONTEM ELE TIRAVA UM DESCANSO NA HORA DO ALMOÇO DO SEU TRABALHO DIÁRIO NA CGTEE.

OS QUE FIRMARAM A CARTA DE LISBOA.


O vereador Celso Lopes, do PDT de São Borja, ganhou o noticiário político estadual com a distribuição do seu discurso em que prega a refundação do PDT baseado no que aconteceu em Lisboa, em 1979.

Aí estão os nomes dos que firmaram a Carta de Lisboa, datada de 17 de junho de 1979.

1)A M. Doutel de Andrade(falecido)
2) Ajadil de Lemos(falecido)
3) Alberto Martins da Silva

4) Aldo Pinto

5) Almir Dutton(falecido)

6)Alvaro Petracco da Cunha


8)Anatailde de Paula Cresp

9)Anselmo Francisco Amaral(falecido)

10) Antonia Gonçalves da Silva Oliveira

11) Antônio Alves de Moraes

12) Antônio Sérgio monteiro

13) Artur José Poerner

14)Augusto Calmon Nogueira da Gama

15) Benedito Cerqueira(falecido, foi um líder metalúrgico)

16) Calino Pacacheco

17) Carlos Augusto de Souza

18) Carlos Cunha Contursi(falecido)

19) Carlos Fayal

20) Carlos Franco

21) Carlos Minc Baumfeld

22) Cédsar Behs


23) Chizuo Osawa 24) Cibilis da Rocha Viana


25) Claudio Augusto de Alencar Cunha


26) Claudio Brigagão

27) Danilo Groff(falecido)

28)Darcy Ribeiro(falecido)

29) Derli M. Carvalho

30) Domingos Fernandes

31) Edmundo Gopfert

32) Eduardo de Azevedo Costa

33) Erasmo Chiapetta

34)Eric Nepomuceno

35) Eunice de Souza

36) Eva Ban

37) Fernando Perrone

38) Flávio Tavares39) Francisca Brizola Rotta(falecida)

40.Francisco Barreira

41) Francisco Dal Pra

42) Francisco goulart lopes de almeida(coi lopes, falecido)

43) Francisco julião(falecido)

44)GenivalTourinho

45) Georges Michel Sobrinho

46) Geraldo Lopes Burmeister

(falecido)

47) Getulio Pereira Dias(falecido)

48)Gil Cunegatto Marques

49) Haroldo Sanford Barros50) Helio da Fontoura51)Herbert de Souza(falecido) - O betinho, da turma do México

52) Hilderico Pereira de Oliveira

53) Indio Vargas

54) Irany Campos 55)Irineu Garcia56)Isaac Ainhorn(falecido)

57) J.G. de Araujo Jorge(foi deputado federal)

58)Jacson Lago(do maranhão)

59) João Vicente Gouart(filho do Jango)

60) José Wanderley

61) José Carlos de Oliveira

62) José Macedo de Alencar

63) Joseé Maria Rabelo

64) José Maurício65) Jorge Roberto da Silveira

66) José Carlos Rolo Venâncio

67) José Gomes Talarico

68) José Guimarães Neiva Moreira

69) Josino de Quadros Assis(falecido)70) Landa Maria Lopes de Almeida Ainhorn

71) Leonel de Moura brizola(falcido)

72) Lúcio Rigo Marques

73)Luiz Alberto Moniz Bandeira

74) Luiz Carlos Soares Severo

75) Lygia de Azevedo Costa(falecida)

76) Lysâneas Dias Maciel(falecido)

77) Magnus Francisco Antunes Guimarães

78) Manoel Sarmento Barata79) Marcelo Carvalho,falecido, foi presidente do Banerj, é pai do ex-presidnte do Inter, Marcelo)

80) Márcio W. de Almeida

81) Marco Antônio de Andrade Leão

82) Maria do Carmo Brito

83)Maria Margarida Parente de Oliveria.

84) Maria Zélia Costa Lima85) Martha Viana

86)Matheus Schmidt(falecido)87)Maurilio Ferreira Lima

88)Mauricio Vieira de Paiva89) Miguel Bodea(falecido)

90)Mila Cauduro()falecida)

91) Moema San Thiago


92) Murilo Rocha \Mendes

93)Neusa Goulrt Brizola(falecida)

94) Ney OPrtia Borges

85) Nielsen de Paula Purês

96) Norma Marzola97) Olga Martins

98) Orlando Maretti
]
99)Oswaldo Lima Filho

100)Oswaldo Pimentel101)Otávio Goulart Brizola(filho de Leonel)102) Paulo Cesar Timm

103) PauloCesar Timm

104)Pedro Celso Ulhoa Cavalcanti Neto

105) Pedro Dietrich Jr.

106) Pedro Veroneze

107)Raimundo Arroio

108) Ronaldo Dutra Machado(falecido) 109) Saulo Saija)

110)Sebastião nery

111Sereno Chaise

112)Tania Lyra

113Tertuliano de Passos(falecido)114)Theotonio dos sants)115) Trajano Ribeiro 116) Tuffik Mattar

117) Vânia Bambira

118) Vera Mathias

119)Wilson Vargas da Silveira( falecidodo)

120) Zoé Rodrigues Dias.

CHILE: ONDA DE REPRESSÃO CONTRA JORNALISTAS

A tropa de choque avançava pela direita, disparando escopetas de gás lacrimogêneo. Do lado oposto, manifestantes atiravam paus e pedras. No fogo cruzado, os fotógrafos tentam de proteger de todas as maneiras as agressões da Polícia.

De Santiago do Chile
Gelson Farias

Um relatório publicado pela ONG Repórteres Sem Fronteira mostra que 2012 entramos para história como um dos anos mais sangrentos e difíceis aos profissionais da área de comunicação – repórteres, radialistas, foto jornalistas, cinegrafistas, blogueiros e afins. Ao todo, 76 jornalistas foram assassinados (16 a mais que em 2008); 33 acabaram sequestrados; 573, detidos; 1456, ameaçados. Desde março do ano passado até hoje, 12 repórteres que registravam manifestações de rua a serviço de agências internacionais de notícias foram vítimas de ameaças, agressões, torturas, detenções arbitrárias e atos de censura cometidos pela polícia chilena. Pelos menos cinco jornalistas de emissoras, jornais e produtoras locais sofreram agressões semelhantes no mesmo período. A maioria dos casos está concentrada nos últimos seis meses, período que os estudantes chilenos foram às ruas pedir educação pública e de qualidade. O recrudescimento da repressão também ocorre no momento que o presidente do Chile, Sebastián Piñera, atinge a pior avaliação entre todos os presidentes das Américas, apenas 22%.

O fotógrafo da agência espanhola de notícias Efe Victor Salas (foto) perdeu o olho direito depois de ser agredido com um golpe de cassetete por um policial da cavalaria que reprimia um protesto de rua, na cidade de Valparaiso.


Aqui no Chile, O repórter brasileiro, Victor Farinelli, colaborador em Santiago do Opera Mundi e do Diário da Liberdade, teve sua câmera fotográfica apreendida pela polícia chilena, que apagou as fotos do cartão de memória e jogou o equipamento no chão Farinelli contou que outros repórteres também foram alvos da repreensão, como Esteban Sanchez, da Rádio ADN, que foi preso, espancado dentro de um carro policial sem saber a razão e ainda teve seu material destruído.


Reunião com representantes do governo Chileno.

Num outro caso, o fotógrafo independente Francisco Maturana, que fazia imagens de uma manifestação estudantil em Santiago, no mês passado, teve um fuzil enfiado dentro das calças por um membro da tropa de choque, enquanto era segurado, por outros policiais. Maturana está processando a polícia por detenção ilegal e tortura. Embora a capacidade de buscar e receber informação sejam um direito humano individual, há um interesse coletivo em garantir que a informação circule livremente. Afinal, o ataque a um jornalista inibe a capacidade das pessoas de todo o mundo de receber a informação que o jornalista teria fornecido. Por outro lado, todo sistema totalitário baseia-se no controle e na manipulação da informação, o que permite aos líderes governar sem fiscalização. A situação atual se assemelha mais a uma sociedade totalitária, sem uma estrutura legal que assegure a livre circulação da informação entre as fronteiras.

Polícia detém fotógrafo brasileiro durante manifestação contra o governo em Santiago.

Jornalistas e outros que se dedicam a coletar informações nas linhas de frente operam em um vazio jurídico. Ainda que o direito de todos a "buscar e receber informação por meio de qualquer mídia e independentemente de fronteiras" seja consagrado no Artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos e em outros instrumentos legais internacionais, a realidade é que existem poucos mecanismos jurídicos efetivos para o combate à censura em escala internacional. De fato, o Artigo 13 da Convenção Interamericana de Direitos Humanos proíbe expressamente a censura prévia, um veto reafirmado em uma decisão de 2001 pela Corte Interamericana, com sede na Costa Rica.
Sobre liberdade de expressão, jornalistas do mundo defendem que ameaças e ataques violentos cometidos por indivíduos constituem uma forma de "censura indireta" e, assim, também violam o Artigo 13. "A proibição explícita da censura no Artigo 13 não existe na Convenção Europeia dos Direitos Humanos nem na Declaração Universal dos Direitos Humanos".

Acostumados a tratar jornalistas, que questionam o governo da ilha, como inimigos de Estado e achar que repórteres são assessores de imprensa do governo, Cuba está iniciando uma campanha para calar a imprensa "dissidente" fora das fronteiras nacionais. O primeiro alvo foi o grupo Repórteres Sem Fronteiras (RSF), organização de alcance mundial voltada a defender e proteger o direito de liberdade de imprensa, mesmo em locais nos quais tal liberdade seja ilegal.. Em sua estratégia para acabar com "os incômodos" da imprensa, Cuba requisitou formalmente ao Comitê de Organizações Não Governamentais da Organização da Nações Unidas, a suspensão do status de organização consultiva do grupo francês, devotado a defender a liberdade de imprensa no planeta. Segundo os Repórteres Sem Fronteira, o que espanta não é o pedido de Cuba (aliás, típico de qualquer ditadura), mas o fato do comitê ter aceitado o pedido de Cuba e requisitado que a RSF fique um ano suspensa: "isso mostra a erosão da reputação dos Conselhos da ONU", afirmou em comunicado oficial. Para que este pedido seja aprovado pela ONU será necessário o endosso da Assembleia Geral do Conselho Econômico e Social da Organização das Nações Unidas.

"Tudo isso seria engraçado", afirma a RSF, "se os piores violadores dos Direitos Humanos não estivessem dando lições para aqueles que denunciam suas ações e defendem suas vítimas".

Lima. Reunião, da Sociedade Interamericana de Imprensa.

No dia 18 de outubro, a SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa) esteve reunida em Lima, com representantes dos principais jornais das Américas. A organização emitiu um comunicado alertando para os ataques contra a imprensa, mas não no Chile, em Cuba, Venezuela, Bolívia e Equador, principalmente. O principal jornal do Chile, El Mercurio de Santiago, publicou na sequência um editorial intitulado... “A Imprensa agredida na América Latina”. Nas edições do jornal, não foram sequer mencionadas às agressões sofridas pelos jornalistas dentro do Chile.

Blog

A LAURINHA COLOCOU A CAPA DA REVISTA ONDE CONTA A HISTORIA DELA NO SEU BLOG...VAI ESGOTAR LOGO A EDIÇÃO. ELA COMPROU TODOS OS EXEMPLARES.


ACESSE

http://lauramertenpeixoto.blogspot.com.br/

VARAL GENTEQUEFAZ
GENTE QUE FAZ NAS BANCAS
GIRO PELA EXPOVALE
REI CARIOCA
DO MEU BLOQUINHO: SÃO CRI X CORVO
BOMBOU NO FEICIBUKI

 

Minha neta fez 4 anos e fizeram uma festinha. eis ai uma foto

ZH

NÃO SE ILUDAM....TODO O ESPAÇO QUE O ZH CULTURA DE SÁBADO, 10/11 DEU PRO MIA COUTO NÃO FOI MESMO PRA FEIRA DO LIVRO...MAS ME DISSERAM QUE TEM A VER COM O FRONTEIRAS DO PENSAMENTO QUE COUTO FALA HOJE DE NOITE.

Roubo

LUIS VENTURA, FOTOGRAFO, FOI ROUBADO HOJE, DOMINGO ,DIA 11/11 DENTRO DA SALA DE IMPRENSA DA FEIRA DO LIVRO...

PO,ASSIM É DEMAIS....

GREMIO JOGA UM PARTIDÃO, NO SEGUNDO TEMPO


eSTOU CHEGANDO DO OLIMPICO. O GREMIO FEZ UM PARTIDAÇÕ, NO SEGUNDO TEMPO, PORQUE NO PRIMEIRO O SÃO PAULO DOMINOU TANTO QUE SAIU DE CAMPO VITORIOSO POR 1 X 0 GOL FEITO POR ROGÉRIO CENI, COBRANDO PENALIDADE MARCADA POR MAICON...

NO SEGUNDO TEMPO, NÃO SEI QUE DIABOS HOUVE -ENTROU O ANDRÉ LIMA NO GREMIO - E O TIME DO OLIMPICO CRESCEU. ANDRÉ LIMA FEZ O GOL E DEPOIS MAIS NO FINAL MORENO FEZ OUTRO. MAS O CENI TAPOU O GOL, O GREMIO PODERIA TER FEITO MAIS, NO SEGUNDO TEMPO. E O JUIZ TAMBÉM NÃO DEU UM PENALTI CLARO A FAVOR DO GREMIO. COMO ELA JÁ TINHA DADO UM NO PRIMEIRO TEMPO FICOU COM MEDO DE DAR DOIS NA MESMA PARTIDA.

OUVI O JOGO E ACOMPANHEI NO ESTÁDIO,CLARO...OUVI O HAROLDO AUDIENCIA DE SOUZA NA RÁDIO GRENAL COM COMENTÁRIOS DO FARINHINHO QUE CHAMAVA O JUIZ DE GATO...TERMO MEIO FORTE, MAS DA BOCA DO FARIDINHO SAÍ TUDO.

Ainda o jogo do gremio e são paulo


fOI A melhor partida que vi o gremio jogar no sultimos anos. quero dizer, o segundo tempo....

No fim a torcida pediu pra Luxemburgo ficar.

Palpite meu aqui, depois que li no Reche, cara bem informado , que o Luxa ganha 600 mil no Gremio. Não fica. é muita grana.

LANÇAMENTO DO LIVRO LÍBIA- BARRADOS NA FRONTEIRA E DEBATE COM O AUTOR,O JORNALISTA MÁRIO JAKOBSKIND

ACJM/RS PROMOVE O LANÇAMENTO DO LIVRO LÍBIA- BARRADOS NA FRONTEIRA E DEBATE COM O AUTOR,O JORNALISTA MÁRIO JAKOBSKIND



QUANDO: TERÇA -FEIRA, 13 DE NOVEMBRO DE 2012

HORÁRIO: 19H

LOCAL: PLENÁRIO JOÃO NEVES DA FONTOURA, 3º ANDAR, DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RS


Além de analisar os acontecimentos naquele país do Norte da África, o autor mostra como os meios de comunicação manipularam fatos com a edição de imagens e textos que tiveram o objetivo de convencer a opinião pública sobre a “missão humanitária” exercida pelos bombardeios da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), fator determinante para a definição de um dos lados da disputa entre adeptos e opositores do regime líbio, capitaneado por Muammar Kadhafi.

O presidente da ABI, Maurício Azêdo, no texto de apresentação, assim se refere sobre o livro e o autor:“Com extremado senso de oportunidade jornalística, já demonstrado em outros trabalhos publicados pela mesma editora, Mário Augusto Jakobskind nos oferece neste seu mais novo livro não apenas o relato episódico de relevante acontecimento histórico, mas um amplo e circunstanciado painel da tragédia que se abateu sobre a Líbia e seu povo após a união de poderosas forças do Ocidente – Estados Unidos, Grã-Bretanha e França – para a derrubada de um dirigente nacional, Muammar Kadhafi, que durante mais de quatro décadas foi protagonista de destacados momentos da vida internacional”.

O autor, experiente repórter, com passagens por diversas redações, também fez parte da delegação brasileira à Líbia, que ficou barrada na fronteira da Tunísia e a Líbia. E atualmente é conselheiro da ABI e o representante da entidade junto à EBC (Empresa Brasileira de Comunicação). Dois dos seus livros também foram publicados com o selo da BOOKLINK: Parla! e Cuba: apesar do bloqueio.

Sindicato pede garantias aos jornalistas demitidos da Record News

A direção do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) esteve reunida na tarde de segunda-feira (dia 5) com representantes da Rede Record de TV que anunciou a demissão de cerca de 40 trabalhadores, entre eles 25 jornalistas, responsáveis pela produção da Record News. As dispensas envolvem as praças do Distrito Federal e Santa Catarina.

A empresa anunciou uma “reformulação na grade de programação” que na prática significa demissão. Na reunião, o SJSP solicitou que a empresa informe o número exato de jornalistas demitidos, quais as praças efetivamente atingidas, que se realize rescisões com um abono salarial, manutenção do plano de saúde e acompanhamento pelo Sindicato do processo de reestruturação.

A direção do Sindicato protestou contra as demissões e solicitou a sua revisão. “Trata-se de um corte drástico e o Sindicato acompanhará de perto todo o desenrolar da dita reestruturação, fazendo prevalecer todos os direitos previstos no acordo coletivo. Os empresários precisam negociar com os Sindicatos toda demissão”, disse o presidente do SJSP, José Augusto Camargo (Guto).

Esta é a íntegra do comunicado divulgado pela Rede Record
"A Record informa que a Record News, após 5 anos de atividades, passará por uma reformulação em sua grade de programação. A experiência do primeiro canal de notícias em televisão aberta totalmente gratuito demonstrou que o formato precisa se adequar ao novo momento de comunicação no País. Assim, a nova Record News terá conteúdo estritamente jornalístico e sua programação vai priorizar as principais informações do dia.

A Record News manterá o Jornal da Record News sob o comando de Heródoto Barbeiro, com a participação de comentaristas como os jornalistas Ricardo Kotscho e Nirlando Beirão. Os principais telejornais da TV Record também serão reexibidos em horários alternativos.

Com esta reformulação, a Record vai atender aos telespectadores que buscam informação 24 horas por dia em televisão aberta e gratuita em todo o território nacional."

Como assim?
"Como assim, dizem que o canal terá conteúdo estritamente jornalístico e demitem grande parte da redação?", reagiu Sérgio Murillo de Andrade, diretor da FENAJ e do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, à nota oficial da direção da Record News. Ele informou que o Sindicato catarinense também acompanhará este processo na defesa dos interesses dos trabalhadores.

Para o presidente da FENAJ, Celso Schröder, o processo demissionário na Record News, aliado ao fechamento do Jornal da Tarde, do Grupo Estado, compõe um cenário de crise de gestão e irresponsabilidade nas empresas de comunicação, principalmente num momento em que os dados econômicos do setor são favoráveis. "Não podemos admitir estes processos de demissão em massa, que expressam um descompromisso social das empresas e uma agressão à Convenção 158 da OIT", disse. Adiantando que esta situação merecerá uma manifestação do 35o Congresso Nacional dos Jornalistas, que se inicia nesta quarta-feira (7/11), em Rio Branco (AC).

Com informações do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e da FENAJ

FEIRA TERMINA EM RITMO LENTO

ESTÁ LENDO O RITMO DA FEIRA DO LIVRO NESTE COMEÇO DE DOMINGO. ESTOU APENAS DISTRIBUINDO O NUMERO 17 DO GUAXO E ME MANDO PRO JOGO DO GREMIO, NO OLIMPICO. VOLTO DEPOIS PRA FOTOGRAFAR O ENCERRAMENTO,CASO NÃO CHOVA.

DESTA FEIRA, RECOLHI O SEGUINTE:

1) TEM MUITA COISA BOA, MAS TEM MUITA PORCARIA TAMBÉM. QUE É PRA ENCHER LINGUIÇA. A SABEDORIA ESTÁ EM SELECIONAR O QUE A GENTE PEGA.

2) TENHO OUVIDO MUITA OPINIÃO SOBRE A FEIRA QUE ELA CRESCEU MUITO QUE ISTO E QUE AQUILO. MAS FAZER O QUE. NÃO DARIA PRA VOLTAR A TER 16 BARRACAS COMO EM 1955, DATA DA PRIMEIRA EDIÇÃO.

3) PELO QUE PESQUISEI, A FEIRA NASCEU DANDO CERTO. NA EDIÇÃO DE 1966, VENDEU 30 MIL LIVROS. O PRIMEIRO FOI COMPRADO PELO ENTÃO GOVERNADOR DO ESTADO, ILDO MENEGHETTI.

4)FREQUENTO A FEIRA TODOS OS ANOS. ESTÁ NO MEU DNA...

ANOS MAIS, OUTROS MENOS...


5) NESTE ANO FIZ UMA EXPERIENCIA. PUBLIQUEI UM PEQUENO FOLHETO,DIÁRIO PRA DISTRIBUIÇÃO GRATUITA. TEVE BOA ACEITAÇÃO PORQUE NO SLOCAIS ONDE O DEIXEI NO OUTRO DIA PRATICAMENTE NÃO TINHA MAIS NADA.

6) NA PRÓXIMA EDIÇÃO, SE TIVER PARCERIA, VOU FAZER UM PROJETINHO UM POUCO MAIOR. MAS ESTE FOI LEGAL. TIREI 3.600 EXEMPLARES.


7) cOISAS SIMPLES E BARATAS, ÁS VEZES DÃO MAIS CERTO DO QUE GRANDES PROJETOS E CAROS.

8) MEULIVRO DA FEIRA É O DIÁRIO DE UMA DEMITIDA..É DA ..BOM ESQUECI O NOME. PROCUREI O DA MARIANA KALIL E NÃO ACHEI. A PEREGRINA DE ARAQUE É O NOME DO LIVRO DA EDITORA DO DONNA

9) NESTE SÁBADO FUI BUSCAR O DIÁRIO DE SANTA MARIA NA SALA VIP DA PLANALTO. PASMEN...TUDO SÓ UM EXEMPLAR E UMA PILHA DU...C....DE ZH...PO A ZERO TÁ TÃO RUIM QUE NÃO PEGAM NEM DE GRAÇA? ME ESQUECI DE FAZER UMA FOTO PRA PROVAR ISTO...

O DIÁRIO TB É DA RBS.


10) GOSTO DO DIÁRIO DE SANTA MARIA. TEUM UMA COLUNSITA SOCIAL MUITO LEGAL.

Montevidéu


Antonio Augusto Bandeira



Pois o caminhante não pode parar!.Segunda , de avião, estou indo para o Uruguai onde pretendo passar uma semana.
Já fazem alguns anos que tenho trocado a capital de Província Cisplatina por Buenos Aires.
Este ano decidi voltar á terra de Juana de Iparburu, la poetisa de la America": " Tomame e las manas , vamos a la lluvia descalzos e sin paraguas.."

Realmente é importante, enquanto se pode, viver intensamente.

Minha irmã , Maria Helena ,vai apagar o que para mim vier.

E eu vou, descalço e sem guarda chuva, caminhar pela cidade antiga, misturando tudo, sentindo o sabor do conhecido desconhecido.

Um grande abraço á vocês, meus amigos, e até a volta!

SEM PULO - TÚNEL DO TEMPO



Rudimar Thomas

Coleguinhas

EDGAR SCHMIDT HOJE,911 NA GUAIBA. LUIGI SE ELEGEU PREFEITO, AI CORRIGIU RÁPIDO,PRESIDENTE DO INTER....


*GUAIBA FEZ BOA COBERTURA DA ELEIÇÃO DO INTER....SEM O RECHE...


*a ELEIÇÃO DO lUIGI FOI BOA PRA ELE E RUIM PRO INTER...PALAVRAS DO ZÁCHIA, INTEGRANTE DO IMPERIO OTOMANO, POUQUINHO ANTES DO RESULTADO DA ELEIÇÃO NO INTER, NA QUINTA DE NOITE.


*ZH DEVE VIR COM UMA MATERIA SOBRE O JOGO DO BICHO. DO CARLOS ALBERTO WAGNER, O GAGO.

UMA HERANÇA PARLAMENTARISTA

Por Carlos Chagas

Herdada do presidente Lula, mas com raízes na doutrina do parlamentarismo, lança-se a presidente Dilma uma vez mais na retaliação de seu próprio governo para contentar forças partidárias capazes de apóia-la. Acaba de ser criado o trigésimo nono ministério, agora para abrigar o PSD do prefeito Kassab. Será o ministério da Micro e Pequena Empresa, com um ministro extraordinário, um secretário-executivo e 66 cargos em comissão.
Como o governo vai bem e a presidente é popularíssima, existirão outros pequenos partidos de goela aberta para ganhar benesses e integrar o bloco oficial. Receberão ministérios?

O resultado, com todo o respeito, é uma balbúrdia administrativa dos diabos, aliás, característica dos últimos governos. Aparece um problema, ou abre-se a chance de mais alguns votos no Congresso? Novos ministérios como solução.

Quem remou contra essa maré dispersiva foi Fernando Collor, na primeira fase de sua gestão. Reduziu os ministérios a seis, fora os três militares, já que não havia sido criada a pasta da Defesa, por ironia uma tradição parlamentarista. Depois, em meio à crise, o caçador de marajás cedeu a sugestões para contemplar possíveis aliados, coisa que não deu certo.

A disposição da presidente Dilma de ampliar o número de ministros pode ir consolidando sua maioria no Congresso, mas é prejudicial ao bom desempenho da máquina administrativa. São muitas as funções redundantes. Há ministros batendo cabeça por conta de suas atribuições, como há ministros em férias permanentes, daqueles que só entraram uma vez no gabinete presidencial. Se não criam problemas, já é bom.

De qualquer forma, sofre a eficiência governamental, ainda mais porque boa parte dos titulares dos ministérios só no dia da posse foi apresentada às questões que precisaria gerir. É constrangedor dar exemplos, quase todos dispõem de boa vontade, mas cuidar de empresas sem nunca ter sido empresário não deixa de ser estranho. Vamos aguardar a nomeação do novo ministro para indagar se ele já dirigiu uma quitanda, um botequim ou uma carrocinha de cachorro-quente...

VIOLÊNCIA DESNECESSÁRIA
“Não apenas razoável, como imperativo”, escreveu o ministro Joaquim Barbosa em seu despacho ao determinar o confisco dos passaportes dos 25 réus do mensalão. O relator alega a necessidade de medida cautelar, já que os acusados estão condenados e que só com autorização jurisdicional poderiam ausentar-se do país.

O problema é a truculência da medida, além de tudo inócua. Porque se tivessem querido fugir, os mensaleiros já teriam fugido, e jamais pelos principais aeroportos, senão pelas vastas fronteiras do país. Hipótese ainda em aberto, na teoria, claro que sem o passaporte oficial. Disfarçado e com papéis falsos, qualquer um consegue escafeder-se sem dificuldade.

Acresce que se for para impedir os condenados de escapar de avião ou navio, com sua própria personalidade, basta distribuir seus nomes e fotografias para os postos da Polícia Federal.

A SOMBRA DA PRESCRIÇÃO
Depois, o ministro Ricardo Lewandowski sente-se agredido, fica magoado e se diz injustiçado. Mas não dá para deixar de relacionar seu voto para a aplicação da pena mínima para Ramon Hollerbach no caso da acusação de evasão de divisas. Porque se tivesse sido vitorioso, o advogado do réu logo apresentaria pedido para que se aplicasse o princípio da prescrição, absolvendo-o desse crime. Importa menos que o sócio de Marcos Valério já tenha sido condenado a 25 anos de prisão pela prática de outros crimes, somados. Prescrição, hoje, é palavra rejeitada não apenas pelo ministro-relator e pelo Ministério Público, mas pela voz rouca das ruas...

A LAURINHA NA TERRA SANTA

UM PERDIGUEIRO ME CONTOU QUE A LAURINHA SE ATRAPALHOU PRA CARAMBA NUMA RECENTE IDA A CHAMADA TERRA SANTA...TANTO QUE ELA FOI PRA LEVAR A MÃE, QUE TEM QUASE 80 E QUEM TEVE QUE CUIDAR FOI A GENITORA DA FILHA, NÃO AO CONTRÁRIO.

A LAURINHA SE METEU NUMA DISCUSSÃO DE PREÇO, SEI LÁ PORQUE COISA E VIVIA ESQUECENDO O PASSAPORTE NO HOTEL.

MULHER INTELIGENTE AS VEZES É AVOADA...HEHEHHEH

Impactantes imágenes de la inundación en toda La Grande Buenos Aires

Por Enriqueta Sollares



La calle donde se reside el Gelson fue alcanzado debido a la obstrucción de los residuos generalizada bocas de los desagües.



En Luján, más de 500 evacuados por la crecida del río, si no se registran nuevas precipitaciones, la zona inundada se liberaría en los próximos dos días”

 

Otra vez....


A 10 días del temporal que inundó la Capital y el Gran Buenos Aires, otra lluvia torrencial vuelve a tapar de agua las calles. El agua en San Miguel, José León Suárez, Mercedes.

Por Enriqueta Sollares



Cayeron 66,7 mm de agua en dos horas y se repitió la historia de la semana pasada: calles inundadas en Capital y el conurbano bonaerense.


Efecto de la lluvia ya comenzó a sentirse también en forma de alivio: la temperatura bajó 8 grados en una hora. Calles inundadas en Belgrano.


La tormenta ya anegó calles en Bella Vista.

SEXTA TARDE DE ABANOS NA FEIRA DO LIVRO

MUITO CALOR, MUITO MORMAÇO..FOI A TARDE DOS LEQUES IMPROVISADOS COM QUALQUER PAPEL.

E de-lhe abanos na tarde quente da sexta...35 graus em porto...na pr. da alfandega, o caloron tomou conta...todos queriam tomar agua e se refrescar. na praça dos autografos, muita gente nao aguentou.

ROTEIRO DO FINDI

TEM A FEIRA QUE TERMINA NO DOMINGO COM A PRESENÇA DO ESCRITOR MIA COUTO, DE MOÇAMBIQUE.


TEM UM JOGÃO DO GREMIO E SÃO PAULO, NO DOMINGO, AS 17 HORAS.


ENFIM, ESTAMOS AI....

Roteiro do findi

Um por Todos e Todos por Plauto Cruz

Um por Todos e Todos por Plauto Cruz é o nome do show beneficente que acontecerá dia 12 de novembro, às 19h, no Teatro Renascença (Av. Érico Veríssimo, 307) reunindo mais de 40 grandes músicos gaúchos listados abaixo.

Os ingressos a R$ 15,00 e podem ser adquiridos antecipadamente no Bar do Lupi, quinta e sexta das 8h30 às 21h, sábado e domingo das 15h às 21h. Endereço: Avenida Érico Veríssimo, 307 - Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues.

Os apresentadores serão Cláudio Brito, Tânia Carvalho e Juarez Fonseca.

A iniciativa é realizada pela Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura e sua arrecadação será integralmente doada ao decano da flauta.

Atrações:
Ayres Potthoff
Cláudio Sander
Clube do Choro
Cristian Sperandir, Cattulo de Campos e Brenda Netto
Cristiano Quevedo
Daniel Wolff
Darcy Alves e Silfarnei Alves
Dionara Schneider e Celestino Paz (Tino do Bar Odeon)
Gelson Oliveira
Graça Garcia e Maestro Zé Prediger
Hique Gomez
Ivone Pacheco
João de Almeida Neto
Juliana Rosenthal e Elias Barboza
Juliano Barreto
Loma e Catuípe
Lucio Yanel
Luiz Carlos Borges
Luiz Machado
Luizinho Santos
Nelson Coelho de Castro e Giovani Berti
Paulinho Cardoso Quarteto
Paulinho Fagundes
Paulo Pinheiro, Vera Marizza, Jefferson Marx e Henry Lentino
Pedrinho Figueiredo, Lucian Krolow, Artur Elias, Leonardo Winter
Rafael Ferrari - Bandolim Campeiro
Regional Laranjal
Renato Borghetti
Samuca do Acordeon
Sema Gorini e Wanderlei Falkenberg

Serviço
- Show: UM POR TODOS E TODOS POR PLAUTO CRUZ
- Local: Teatro Renascença
- Data: 12/11/12
- Horário: 19h
- Valor do ingresso: R$ 15,00 (destinados a Plauto Cruz)
- Ingressos antecipados: Bar do Lupi - quinta e sexta: 8h30 às 21h / sábado e domingo: 15h às 21h - Endereço: Av. Érico Veríssimo, 307

- Estacionamento: - Gratuito: no local - acesso pela rua lateral
- Pago: convênio com estacionamento do Ecoposto

- Realização: SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA, através da COORDENAÇÃO DE MÚSICA

- Apoio: Nazari Studio, Silvia Abreu Consultoria Integrada de Marketing, Fotografia Luiz Eduardo Robinson Achutti

Coordenação de Música
Secretaria Municipal da Cultura
Prefeitura de Porto Alegre

Feira

s4egunda começa o desmanche das barracas. ficam estas fotos pra lembrar4 a feira dolivro deste ano.O colega Lara sentado num banco da praça da Alfandega le O GUAXO....

FEIRA DO LIVRO

TRES LANCES DA FEIRA.

O CLAUDINHO PEREIRA COM SEU LIVRO DA NOITE - NÃO VI MUITA VENDA, NÃO...DO LIVRO

O PATINETE COM O BAIANO NO LANÇAMENTO DO LIVRO DO CLAUDINHO

E A SALA VAZIA NO SANTANDER NO BATE PAPO COM O JOÃO GILBERTO NOLL, NUM SÁBADO, QUANDO ELE LEU DOIS DOS SEUS LIVROS...

Feira do livro

Alguns livros que receberam generosa midia estao esgotando na feira do livro. e o caso do esquina maldita, do PCTeixeira, que esgotou os mil exemplares que a Libretos tirou. O livro, feito com verba publica, Funproarte, custa 20,00 reais.

E um retrato da contracultura portoalegrense, mais do que da esquina maldita.

feira

Um pequeno balanço da feira, sem pretensões, nem nada.

gostei do papo do cara do verão da lata, da mariana kalil e da claudia tajes..

Não me amarrei muito no Mário Prata...sai antes do fim.

Achei esta feira do livro grande, interminável mas é assim que ela aconteceu...

Tem muita coisa legal, livros bons, tem que ter tempo pra pesquisar, procurar com tempo.

Eu não compro lançamentos, mas mesmo assim tem no sbalaios livros bons ebaratos.

Pra mim foi elgal porque editei um pequeno folhetim distribuido diariamente. Aprendi alguma coisa na feira.

Vi muitas bobagens, mas isto já até esqueci...

Enfim, no ano que vem tem mais...

mazzarino visita salinha

A salinha JCTerlera ontem -dia 8/11 recebeu a visita do ilustre colega Adriano Mazzarino.

Ele veio a Porto Alegre pra posse do deputado Alexandre Postal (PMDB) no Governo do Estado.

Expliaca-se: Postal fica no governo enquanto os titulares estão fora.

Mazzarino deixa um abraço pro seu conterrâneo JCTerlera( os dois são do Vale do Taquari, que fica pouco antes de Serafina...)

Mazzarino promete editar novamente o GUAXO...Os leitores aguardam sua decisão...Particularmente, acho meio difícil que isto aconteça.

Conversa

SÉRGIO SEPPI E LAURA PEIXOTO EM CONVÉRSIA PRA LÁ DE SÉRIA.

ME PARECE QUE O LOCALÉ NO EXTERIOR!

ASSALTO NA AGENCIA DO SEO GEANARINO

A agencia fortuna, na rua Uruguai, foi assaltada ontem depois do almoço. É a fortuna, uma das mais antigas de porto alegre. pertence ao seo Geanarino....umitaliano boa praça. ninguém se feriu, junto povo em volta, só.

FOI ASSALTADA AGORA HA POUCO A AGENCIA FORTUNA,DO SEU GEANARINO..ELA FICA NA URUGUAI.

AO QUE PUDE VER ALI, NAO HOUVE FERIDOS.

DEVEM TER LEVADO A FERIA...APENAS.


Chorinho

Um conjunto de chorinho de são leo apareceu agora há pouco - dia 8/11 - na feira dolivro. junto um povo em volta.


Porque estamos em novembro

Carlos Chagas

Três datas marcam novembro em nosso calendário político. Começam pelo dia 15, em 1889, pela Proclamação da República, até hoje feriado nacional. Noves fora um bando de monarquistas que agora caberiam numa kombi, reverencia-se o fim do regime aristocrático e sua substituição pelo que, na teoria, significou a implantação de um governo do povo, ou quase, pois nossa primeira administração republicana foi provisória, com um marechal exercendo o poder discricionário por um ano e três meses, até a Constituição de 24 de fevereiro de 1891, que o reelegeu.

registrar inúmeras convulsões em seqüência, da renúncia de Deodoro da Fonseca, da revolta da Armada, da Revolução Federalista, de Canudos, do Contestado, da insurreição dos 18 do Forte, da primeira revolução de São Paulo, da Coluna Prestes, da Revolução de 1930, da segunda Guerra Paulista e do golpe do Estado Novo, quando o mês singular aparece outra vez.
Foi no dia 10 de novembro de 1937 que Getúlio Vargas tornou-se ditador, ele que tinha sido presidente provisório, de 30 a 34, e era presidente constitucional em final de mandato. A data foi antecipada, o golpe estava marcado para coincidir com a Proclamação da República, mas como no Brasil ninguém guarda segredo, o país inteiro aguardava e comentava o fim da efêmera democracia estabelecida três anos antes.
Apesar de a sucessão presidencial estar na rua, com José Américo de Almeida e Armando de Salles Oliveira candidatos, até a música popular os desmentia. Silvio Caldas fazia sucesso com “O Homem, Quem Será?”, cujo último estribilho era: “Entre os dois meu coração balança porque, na hora “H” quem vai ficar é seu Gegê…”
E ficou mesmo, com Getúlio Vargas apoiado pelo Exército, editando uma nova Constituição, fascista de alto a baixo, de acordo com os ventos que sopravam da Europa. Ele justificava a reviravolta alegando atender às legitimas aspirações do povo brasileiro, referindo-se “à paz política e social profundamente perturbadas por conhecidos fatores da desordem (…) que procuram desnaturar em luta de classes e na extremação de fatores ideológicos tendentes a resolver-se em termos de violência, colocando a nação sob a funesta iminência da guerra civil.”
Falou de remédios de caráter radical e permanentes, dada a infiltração comunista, e em assegurar a unidade, o respeito à honra e à independência.
O país amanheceu naquele dia 10 como se nada tivesse acontecido, mas com o Congresso fechado, os partidos políticos extintos, a imprensa censurada e a Federação revogada. Os estados passaram a ser geridos por interventores federais e suas bandeiras estaduais foram queimadas.
Daquele 10 de novembro de 1937 até a queda de Vargas, em 1945, derrubado pelos mesmos generais que o haviam apoiado, comemorava-se a data com fanfarras, tiros de canhão, festas e monumentais desfiles militares. Veio a derrota da Alemanha nazista na II Guerra Mundial, para a qual contraditoriamente o país colaborou com a Força Expedicionária. Nunca mais o dia fez parte de nosso calendário cívico. Pelo contrário, e com toda justiça, saiu pelo ralo.
Outra marca fundamental desse penúltimo mês do ano irrompeu em 1955. Desde a queda do ditador, mesmo aos trancos e barrancos, o Brasil vivia sob um regime democrático. Havia sido eleito presidente da República, em outubro, Juscelino Kubitschek de Oliveira. Tentaram impedir sua posse as mesmas forças da reação responsáveis pelo suicídio de Vargas, quando de novo presidente constitucional, escolhido pelo povo.
No dia 11, levantou-se um general apolítico, mas legalista, que ocupava o ministério da Guerra. Henrique Teixeira Lott insurgiu-se contra o golpe tramado por políticos sem voto e por generais sem tropa. Teve o Exército com ele e, apesar de os golpistas se terem refugiado num encouraçado na Marinha, obrigou-os à rendição. JK tomou posse e o país respirou um de seus melhores momentos.
A ironia da História está em que, das três datas fundamentais de novembro, apenas o dia 15 conseguiu atravessar o tempo. Ganhou as profundezas o dia 10, do estabelecimento da ditadura fascista, como perdeu-se no espaço um dos momentos mais sublimes de afirmação democrática, o dia 11.
Por que essas lembranças desalinhavadas e incompletas para a compreensão do Brasil atual? Porque estamos em novembro…

Mala

EU TENHO QUE ATURAR UMA MALA DESTAS...MAS ELE VALE A PENA. VAI SER ATÉ MINHA TESTEMUNHA PROVANDO QUE EU TRABALHEI NA ROÇA O QUE É VERDADE. ENQUANTO ELE IA DE TARDE NO RIO CARREIRO TOMAR BANHO, EU IA PRA ROÇA SUAR NO FORTE DO VERÃO COMO DIZ O TEIXEIRINHA....

OLIDES !

ESTAVA EU A LER TEU BLOG, ALIÁS, COMO FAÇO DIARIAMENTE, EMBORA TU NÃO
CITES UMA LINHA SEQUER SOBRE MEU NOBRE GESTO-,E PRONTO PARA DESTILAR
ALGUMAS CRÍTICAS, NÃO À FORMA, MAS AO LINGUAJAR USADO PELO ILUSTRE
JORNALISTA, PARA RETRATAR OS TEMAS, COM OS QUAIS, BRINDA SEUS
LEITORES, QUANDO DEPARO-ME COM UMA EXPRESSÃO SUI GENERIS, DIRIA,
ANTOLÓGICA, ATÉ ENTÃO-CLARO QUE TENHO QUE DESCONTAR MINHA IGNORÃNCIA-,
PARA MIM INÉDITA, AO TE REFERIRES AO MODOS OPERANDI DA MARIANA KALIL,
ENFATIZANDO QUE ELA VAI SE MOSTRANDO AOS POUCO, REALIZANDO UM "STREP
TEASE INTELECTUAL".FANTÁSTICA EXPRESSÃO, NEM TU TE DESTE CO NTA DO QUE
ESCREVESTE.

SÓ UMA MENTE TALENTOSA PARA USAR TAL EXPRESSÃO, EM QUE PESE NÃO TERES
NENHUMA PREOCUPAÇÃO COM O VOCABULÁRIO E COM A ESCRITA. PARA QUEM FOI
CONSIDERADO O MELHOR ALUNO DE PORTUGUÊS DO CIOTOLA, É UMA AGRESSÃO
PARA NÓS, RELES MORTAIS DO GINÁSIO N.S. DO ROSÁRO, SABER QUE HOJE, NO
LIMIAR DA TERCEIRA IDADE, O SESSENTÃO INTELECTUAL DA CAPELA SAN PIERO,
NÃO DEMOSTRA NEHUMA PREOCUPAÇÃO


FREQUENTEI A FEIRA DO LIVRO ESTE ANO, ATRAVÉS DE TUAS MAL TRAÇADAS
LINHAS, PORTANTO, SEI QUE VAIS FICAR BRABO-, DEVERIAS "CAPRICHAR"
MAIS, EM RESPEITO A NÓS QUE TE PRESTIGIAMOS. CLARO, O PESSOAL DE SÃO
BORJA TEM DESTAQUE ESPECIAL E NO ÚLTIMO TEXTO , AS MULHERES SÃO
BORJENSES SÃO DESTACADAS........É PROQUE NÃO CONHECES O PLANTEL E O
CONTIÚDO, DAS PALMEIRENSES. NÃO PERDEM EM NADA PARA OUTRAS CIDADES.


JÁ TE CONVIDEI PARA VIRES À ESPARTANA PALMEIR A -SEI QUE NÃO GOSTAS DE
NEGRI-, MAS RENOVO O CONVITE, INFORMANDO QUE TE AVISAREI, EM BREVE, DE
UMA FESTA , ORGANIZADA PELA Dona CHICA, DIA 15 DE DEZEMBRO-NA QUAL,
GOSTARIA QUE O ILUSTRE JORNALISTA ESTIVESSE PRESENTE.

BOCA LIVRE NA OURO E PRATA, PODES PEGAR O EXECUTIVO ÀS 18H30MIN, E
ESTARÁS NA PALMEIRA À MEIA NOITE. TE RESERVAREI O WILSON PARK HOTEL-
AS ESTRÊLAS TU MESMO PODERÁS CONTÁ-LAS.

UM ABRAÇO.

MAURO ROCHA

ENSOPADO DE VEREADOR (I)



Prestigiei, ontem à tarde, a 10ª edição do Hallowlixo, tradicional festa de Halloween do DMLU que aproveita o mês das bruxas para conscientizar a população sobre questões ambientais, de forma diferente. É também uma ótima oportunidade para a criançada se divertir aprendendo. Participei das atividades, das brincadeiras, e até virei ingrediente para algum tipo de poção mágica ou ensopado de vereador. (Foto: Tatiana Feldens)

do blog do Adeli Sell

Mas como, o santana elogiando ninguém. ele só elogia a si mesmo...hehehehe


"Olides,
a crônica do Paulo Santana, na ZH de hoje, "Os brilhantes e os aplicados", na parte em que ele se refere aos "brilhantes", me pareceu um retrado do (falecido) Delmar Marques.
Com um abraço do
Laurinho"

Buenos Aires num apagón...

Buenos días Olid. Sólo hoy pude hacer contacto con usted por correo electrónico, ya que ayer se produjo un apagón de Buenos Aires y fue casi totalmente en la oscuridad durante horas. Pero hoy me estoy mostrando estos contactos la tapa de Clarín de hoy sobre el tema. Un fuerte abrazo. Enriqueta.

Hasta las 18 de ayer se habían detectado cortes “puntuales” en algunos barrios de Capital y el Gran Buenos Aires. Las compañías prestadoras del servicio eléctrico habían confirmado que la sobredemanda de energía era la causante de esas fallas, que habían afectado, sobre todo al barrio porteño de Villa Crespo y algunos otros barrios porteños y del Conurbano. Pero pasadas las seis de la tarde los cortes dejaron de ser puntuales y se apagó literalmente media Ciudad: Barracas, Puerto Madero, el Microcentro, Caballito, Villa Devoto, Palermo, Villa Crespo, Once, Colegiales, Coghlan, Recoleta. Y también el GBA: Avellaneda, Banfield, Lanús, Vicente López, entre otros. Todos estos barrios y otros más sufrieron apagones en algunas de sus zonas y cortes de semáforos, que se agregaron en algunos casos a la falta de agua. No había subtes y algunos ramales del Ferrocarril Mitre quedaron interrumpidos.


En horas del mediodía la temperatura alcanza los 37 grados, para lo cual el Servicio Meteorológico lanzó un alerta amarillo ante la ola de calor.

Según reconocieron tanto Edesur como Edenor, las dos empresas prestadoras del servicio en el área metropolitana, que aglutinan a casi 5 millones de usuarios (20 millones de personas), el corte se debió a la caída de “dos líneas de alta tensión de 220 kilovoltio s que vinculan la subestación Hudson con la Central Costanera”. Eso provocó la interrupción de grupos de generación de las centrales Costanera, Dock sud y Central Puerto. Edesur admitió que como consecuencia se cayeron 12 subestaciones de esa compañía. Fuentes del sector agregaron además que le pasó lo mismo a 6 subestaciones de Edenor, que trabaja sobre zonas de mayor poder adquisitivo (y se supone que en su jurisdicción hay más equipos de aire acondicionado) había tenido ayer un pico de consumo a la misma hora que Edesur superior a los 4.000 mw, pero no había alcanzado el record histórico, registrado el 7 de febrero pasado con 4.469 mw.

 

MARIANA KALIL E CLAUDIA TAJES

DÃO UM SHOW DE BELEZA,SIMPLICIDADE E BOA CONVERSA...


fOI UM prazer ver agora há pouco a Mariana Kalil, ao vivo e a cores...eu que sempre leio ela...na donna aos domingos. só não leio aquele blog dela que não entendo. mas adoro aquele testinho de abertura da dona..

E descobri na lata. ela é timida pra caralho...pessoas timidas geralmente tem muita farinha no saco....

Elas vão se demonstrando pra gente, qual um grande strep tease intelectual. Não foi diferente...Mas eu me engatei mais na Mariana do que na Tajes, que também sempre leio, na coluna, não no slivros. nunca tive saco de ler um livro dela.

A platéia começpou a rir pouco antes do debate. Ah, o assunto era humor. Não sei porque tem que enquadrar estas gurias no Humor. Acho que elas escrevem tão sério, ambas as duas, como diria o grosso.

Mariana contou de uma viagem de peregrinos que lhe rendeu um livro. Muito simples, ela viajou, não estava dentro do espirito da viagem - tinh apadres freiras e não sei mais o que e já no aeroporto viu que não era su apraia. Não tinha mais como voltar atrás. A viagem era pro Oriente Médio, Egito,JOrdânia e Israel..

Engraçado de tudo isto é que seu livro - não tenho nem o nome - nasceu de emails que ela foi mandando pra familia. Tirem o cavalinho da chuva porque a Mariana tem marido,sim...( que aproveite porque mulher interessante assim não é todo dia que aparece....) e quando seu pai começou a ler as peripécias da viagem que ela estava enfrentando, mandou dizer pra continuar narrando a viagem que eles estavam adorando ler seus mails.

Quando ela seu deu conta, tinha um livro sim....e pretende agora dar vazão a outro contando suas experiencias com são paulo, rio, Barcelona e outra cidade que morou. de são paulo ela disse que as mulhres lá vivem pra " dar choque no abdomen" e colocar ' agulha no culote".

- No Rio a gente vai a praia, toma chopinho e come batata frita, sorri.

O melhor da tal viagem ao Oriente Médio, não foram os camelos que ela andou, mas o caso de ter ficado retida na entrada em Israel. Tudo porque é Kalil, adivinharam, né.

- Meus peregrinos(ela assim se refere aos companheiros de viagem) ficaram me esperando. De vez em quando elas abriam a porta de onde eu estava detida e me diziam: não te preocupe, nós estamos aqui orando por ti...

Risos e mais risos.

Até que viram que a Kalil não era nenhuma terrorista que ia soltar bombas


- Não podia nem passar torpedo. Fiquei com medo de que achassem que eu estava convocando um ato terrorista, sorri a editora do caderno DoNNA DE ZH.

TAJES ABOLIOU NY

Engraçado que a Claudia Tajes, rece´m chegada de uma viagem a nY -frustada porque foi intimada a voltar antes pela agencia onde trabalha - não tocou no assunto. Disse que tem uma certa fixação em personagens masculinos. Será uma declinação de seu complexo de feiura...ela tem sim, tanto que tem até um livro com este nome. Não que a Tajes seja feia, mas pra miss ela não dá...

Agora, brilham seus olhinhos com suas tiradas sarcásticas e eu diria até maldosas. Ela é muito mais má que a Mariana, disto fiquei com toda a certeza.

Pois a Tajes declarou que daria "praquele negrão do Zé Roberto" pois com ele casaria. Seus leitores sabem que ela é gremistona fanática..

Pois outro que ela casaria seria Woody Allen...

- No sabado passado, botei 3 filmes dele e fiquei vendo passagens contou narrando sua fixação pelo autor de Hanna e suas Irmãs.

Teria muito mais a contar das duas. Que a Tajes tem dois personagens a criar, podem dar um livro.

FEIRA

CARLOS ANDRÉ MOREIRA ESCLARECE QUE NÃO FUGIU DE FOTO NENHUMA COMO PUBLIQUEI AQUI. ELE SIMPLESMENTE SE VIROU PRA FAZER OUTRA COISA, ME DISSE. OK.


*Na feira acontecem muitos dissabores. é que algumas pessoas surtam de ' CELEBRIDADE'. até as gurias - pessoas simples, comuns do povo - que vão apresentar quem vai debater, as vezes se ' ENBANDEIRAM' de celebridade. Menos, gente...menos

*Luis Coronel, ontem-7.'11 - já demonstrou que está com saudades dos dias em que saiu muito na mídia. Pavão como é, deve ter curtido mesmo toda esta exposição. Na segunda voltarei a vala comum, disse ele ontem enquanto apresentava seus causos numa sala da feira.

- Serei na segunda igual a um personagem de Woody allen. ele acorda sem fama e se pergunta porque que ficara tão famoso. Este filme parece que é 15 segundos de fama, ...mas Coronel que não se queixe, seu slivros devem ter vendido muito com isto. e vão vender. E tgodos eles estão ali pra vender os livros, não é pela glória, não....

Educação

educação é bonito em todos os locais. até nos elevadores do Santander. Agora há pouco 7.11 - não estou aqui pra ensinar moral pra ninguém - o Canini acompanhado de um chargista gaúcho - furou afila do elevador porque tinha sessão de autógrafos. Isto pega mal pra caramba....principalmente pro Canini....é que alguns se acham mais " importantes" que outros.


*Dentro do Santander , ninguém tem segurança particular. Nem o governador. Lá quem manda são os seguranças do banco.

LIÇÕES DE JOSÉ MARIA ALCKMIN


Por Carlos Chagas


A história já foi contada mas merece ser repetida. Em 1957, José Maria Alckmin era ministro da Fazenda de Juscelino Kubitschek. Debaixo de intensa campanha, aliás, injusta, envolvendo sua participação na condução da política econômica, a mais felpuda das raposas do PSD almoçava no Bife de Ouro, do Copacabana Palace, com um empresário então metralhado pela imprensa, Antônio Sanchez Galdeano. Na mesa ao lado estava o mestre de todos nós, Pompeu de Sousa, diretor de redação do Diário Carioca, que em dado momento ouviu do ministro que necessitava retirar-se, pois devia depor na Câmara. O jornalista lembrou-se de também ter compromisso no ninho dos deputados e pouco depois saiu.
Qual não foi sua surpresa ao entrar no plenário e ouvir José Maria Alckmin, na tribuna, interpelado por Aliomar Baleeiro, da UDN, responder:
“Antônio Sanchez Galdeano? Não conheço. Nunca vi. Se passar por ele na rua, não saberei quem é...”
Pois é. O ministro da Secretaria Geral da presidência da República, Gilberto Carvalho, negou ter sido vítima de chantagem por um empresário que, nos tempos do governo Lula, queria dinheiro para não revelar detalhes do assassinato do prefeito Celso Daniel. A revelação foi feita por Marcos Valério, dias atrás.
“Nunca vi Marcos Valério, nunca falei com ele, nem por e-mail. Por nada. Nunca soube dessa história de chantagem em Santo André” – disse o hoje auxiliar da presidente Dilma.
Naqueles idos do primeiro governo do Lula, Valério era assíduo freqüentador do gabinete de José Dirceu, no quarto andar do Planalto, contando que não raro desciam para a sala do presidente da República, no terceiro andar. Ao lado da sala de Gilberto Carvalho...
ASSUNTO RESERVADO
É óbvio que no jantar de ontem à noite, no palácio da Alvorada, tudo foram confetes e lantejoulas entre a presidente Dilma, o ex-presidente Lula, o vice Michel Temer e diversos líderes e dirigentes do PT e do PMDB. Tanta gente junta presta-se apenas para comemorações e exortações em favor da unidade da base governamental. Nem de longe se terá falado no julgamento do mensalão e nas recentes ameaças de Marcos Valério.
Parece provável, porém, que antes da refeição, numa conversa a dois, no máximo três, o tema tenha sido tratado. O Procurador Geral da República já rejeitou a hipótese de incluir o Lula no processo e ainda ontem repetiu não ver motivo para dar proteção a Marcos Valério. Mas que há nervosismo entre os companheiros, ninguém pode negar. Tanto que até José Dirceu, do fundo de seu bunker, anda pregando a volta do projeto que regulamenta a mídia, assunto para os trabalhos do Congresso no próximo ano.
OPINIÕES DISTINTAS
Se não tiver havido atraso, o Supremo Tribunal Federal retoma hoje o julgamento do mensalão. Entre os ministros, há quem defenda a redução da pena de 40 anos de prisão para Marcos Valério, não apenas pela inusitada extensão da perda de liberdade quanto pelo fato dele haver contribuído para identificar deputados envolvidos no escândalo. Resta saber se o relator Joaquim Barbosa concorda com a diminuição do tempo de cadeia ou se insistirá na necessidade de punições exemplares, para o operador da arrecadação de recursos e para os outros. Como os trabalhos vão entrar pelas próximas semanas, tudo parece possível.

praça da Alfandega terá café,sorveteria e banheiros.


ALI PERTO DE ONDE FICA A ' CAIXA', OU SEJA, A CEF, a praça da Alfandega terá dois banheiros- um gratuito e outro pago - cafés,sorveteria e a área deixará de ser uma área úmida durante o inverno,tornando-se um recanto aprazível da praça da alfandega.

A revelação foi feita pela arquiteta Briane Panitz Bicca que foi assessorada pelo historiador Pedro Vargas. Apalestra de ambos ocorreu dentro da programação da 58 feira do livro ..

Quem esteve presente pode ficar sabendo por exemplo, porque existe a travessa Sepúlveda.

- Sepúlveda foi um ex-governador gaúcho. O nome dele não era este, mas assim era conhecido, explicou Pedro.

O bate-papo dos dois com o público foi uma passeio pela história da capital gaúcha, principalmente de séculos atrás quando era praticamente uma mini vila e a vida da cidade se reduzia ao centro de porto alegre.
Durante a conversa ficou-se sabendo que na Pr. da Alfandega, onde hoje está a feira do livro, existia muito comércio e por ali transitavam todos os escravos.

Tanto que dentro do projeto Monumnta, serão inaugurados pegadas"""uma forma de resgatar a importância dos negros no desenvolvimento da capital gaúcha.O projeto Monumenta contemplou 26 cidades brasileiras, é um programa do Governo Federal e é coordenado pelo IPHAN. A reconstrução, ou embelezamento da Pr. da Alfandega, que durante muitos anos ficou também conhecida pela alcunha de senador Florêncio.

As obras de restauração da pr. da Alfandega começaram em fevereiro de 2001. Mas os responsáveis pelas mesmas encontraram muitos obstáculos pelo caminho.Como por exemplo, a intermediação da SMAM que exigiu todo o cuidado do arranque e translado das palmeiras que estavam na Travessa Sepúlveda.

- Não foi fácil. Eu nunca imaginei que transportar uma palmeira exigisse tanto cuidado, revelou, em conversa informal a arquiteta Briane.

Segundo ela, a SMAM exigiu todo tipo de cuidado com as árvores que foram transplantadas. É que na Sepulveda ficava o terminal dos ônibus de Viamão e por cima dos paralelepípedos havia sido colocado uma camada de asfalto. Foi preciso arranca reste asfalto e por sorte os mesmos paralelepípedos originais estavam ainda no solo,intocáveis. Estão lá agora.


Pra ver o que havia no subsolo da Praça da Alfandega, foi usado o sistema de GPS, uma forma moderna de ve ver o que tem por dentro da terra.

POLVORA

E a surpresa maior,segundo Briane, foi que ao contrário de vestígios indígenas, foi detectado a presença de polvora.
- Ficamos certos que havia ali polvora enterrada. E que foram encontrados indicios de explosoes, disse ela.Briane nao se mostrou muito ' amiga' dos jornalistas e dos reporteres em geral que fazem perguntas segundo ela um pouco inconvenientes.

- Um jornalista quis saber hoje porque demorou tanto. Mas, com todo o cuidado e com tudo o que tivemos que fazer, e como envolveram-se no projeto varios orgaos - SMAM,DEP,entre outros - a burocracia foi lenta, explicou ela.

Poucos antes da conversa com quem foi ouvir o que ela e o historiador Pedro tinham a dizer sobre a restauraçao da Pr. da Alfandega, uma reporter de uma emissora de teve queria uma entrevista, mas foi aconselhada a procura-la so depois da conferencia com o publico.

Briane disse ainda que durante as escavaçoes foram encontrado buraco cheio de lixo.

Ossos de indios, ao contrario do que os arqueologos torciam pra encontrar, nao foram vistos.Os onibus que antes tinham como terminal o Sepulveda foram transferidos pra pe4rto do predio da Mesbla, numa operaçao que demorou 2,5 anos envolvendo a Fundaçao Metropolitana de Planejamento(Metroplan).

- Havia muitos ' baleiros' envolta do terminal que viviam disto. Nao podemos do dia pra noite tirar os onibus dali e mudar tudo de repente, explicou a coordenador do Projeto Monumenta.Ela disse ainda a estatua do General Osorio, na Praça da Alfandega, foi posta no tempo que Flores da Cunha era governador.

- -Foram uns militares que colocaram aquela estatua. Mas eles nao tinham dinheiro suficiente e o Flores ajudou, explicou o historiador Pedro.

Briane informou que a placa original da estatua de Osorio que esta na Pr. da Alfandega foi posta la e disse ela "esperemos que os vandalos nao a roubem tao cedo".

Logo apos a palestra este reporter passou la e a fotografou e esta aqui reproduzida.


Pedro, que ficou mais com a parte digamos historica e humana da Pr. da Alfandega, disse que o ponto sempre foi um local de " socialibidade".

- Aqui, nos anos 40,50 e 60 existiam os principais cinemas e o pessoal vinha pra cá.

Os automóveis lembrou ele, ainda podiam transitar pela rua da Praia. Hoje, pelo trecho, passam,conforme a EPTC(Empresa Publica Transporte Coletivo) entre 90 a 120 mil pessoas dias e a volta dos veiculos pelo local está totalmente descartada.

Mas a Pr. da Alfandega ganhará novos contornos a partir do próximo ano quando serão inaugurados os módulos com banheiros(pago e não pago) a banca do Mel, que tem 21 anos e pertence a Associação dos Apicultores Gauchos - será retirada do lado do prédio do Banrisul e posta junto ao corredor perto da CEF e haverá café e sorveteria. A licitação para a colocação dos cafés e sorveteria e para exploração do banheiro pago será feita pela SMIC e está previsto para o começo de 2013.

cOLEGUINHAS

A JORNALISTA E RADIALISTA ANTONIO CARLOS CORTES - EX-FABICANO - ESTAVA A PROCURA DO BAR NOTA SETE NA TARDE DE 6.11, MAS TEVE QUE IR PRO TUIM FAZER UM TEMPO ENQUANTO ESPERAVA ASESSAO DE AUTOGHRAFOS DE UM CONHECIDO.

- A FEIRA ERA BOA NO TEMPO DO BAR NOTA SETE...RECLAMOU ELE.

AUTOGRAFOS NA BARRACA DA PALMARINCA...

A FEIRA DO LIVRO MUDOU E PRA MELHOR..ANOS ATRAS, AI DE QUEM FOSSE DAR AUTOGRAFO, OU FAZER SESSAO DE AUTOGRAFO FORA DO PALCO...AGORA ESTA MAIS DESCONTRAIDO...AQUI NA BARRACA DA PALMARINCA NA TARDE DO DIA 6.11 UM AUTOR IMPROVISA UMA SESSAO DE AUTOGRAFOS.

NO DIA ANTERIOR, RUI OSTERMANN TAMBEM TINHA AUTOGRAFADO LIVROS DO ' ENCONTRO COM O PROFESSOR'

O PREFEITO

DIGO EX, FUMAÇA, ALIÁS JOSÉ FOGAÇA, COMPARECEU NA SALA DE PASÁRGADA, NA NOITE DE 6.11 PRA VER O PATRONO LUIZ CORONEL DECLAMAR FERNANDO PESSOA. E O FEZ BEM...JUNTO COM O EX PREFA DE POA, ESTAVA SUA ESPOSA, ISABELLA, QUE NÃO POR ACASO É DE BAGÉ, COMO O ATUAL PATRONO DA FEIRA E SUA SOBRINHA, SE NÃO ME ENGANO.

DA MINHA JANELA INDISCRETA...

Todo santo dia dá uma batida na esquina da Lavras, com Ijuí, em Petropolis. Da minha janela, já estou acostumado a fazerf tgos. as vezes é um motoqueiro que tomba longue, estes dias bateram dois carros, na frente da padaria Mercopan. Acho que a EPTC tem que pensar numa sinaleira naquele cruzamento...sei lá se isto vai resolver....

mariano se desentende com Tremea

e deixa a Geral de ZH!


Oficialmente, Nilson Cesar Mariano deixou a Geral porque estava enfarrado do tema. Ele disse a este site:

- Aprender novas coisas. São mais de 30 anos de Geral com assuntos que estavam se repetindo como Navegantes,clima,Enem et...

Mas nos bastidores sabe-se que Nilson se desentendeu com a nova editora de Geral, Rosane Tremea. E foi pra Econima, da Bella, de quem ele foi colega na Folha da Tarde, na CJCJ(Companhia Jornalistica Caldas Jr.) Nilson é um dos mais premiados repórteres gaúchos, tendo inúmeros prêmios em sua coleção.

Mas é também um mão fechada de primeira linha...em 1988, ele conquistou o primeiro lugar do prêmio Badesul, e lhe propus, que fizéssemos um pequeno convescote pros colegas. Não saiu um puto daquela mão de mulita...

PEGUEI AGORA HÁ POUCO - 7.11

OCOBRADOR DO BUS DA VILA BONJA, OU SEJA BOM JESUS, PEGANDO UMA BAITA PESTANA ..ESTAVAMOS NO VIADUTO DA CONCEIÇÃO C-B E O CARA PEGOU NAQUELE SONO. TAMBÉM ESTES CARAS COMEÇAM AS CINCO DA MATINA...AI NO MEIO DA MANHA DA SONO, NÉ.

de gratis, vai tudo, ne.

fui buscar um jc na banca deles na feira, no dia 6.11 e pouco depois do meio dia esgotou ...e o que digo. de graça o povo pega tudo.


*por isto que o Lula se consagrou, com bolsa familia, farmacia popular e afins...

*falar em feira, ouvi esta manha, um bom conselho de um velho que mora em capela santana e que quer vir a feira do livro. ele sugere que façam um dia pros veios, que abram uma manha. ta ai uma ideia pro pessoal da camara adotar...o patrono deste ano INVENTOU UM CAUSODROMO, na beira do rio gauiba...porque nao uma manha pros veinhos virem comrpar. sem o tumulto da tarde.
ai o laurinho iria ao centro comprar seus livros...

*falar em invençao, faz tempo que nao inventam nada...ta sempre a mesmice...os tres grandes inventores da feira foram o Luizelli, que botou o bar nota sete( hoje os bebuns vao todos pro TUIM, onde tem acento cativo o nosso coleguinha wanderley soares, que capitaneia sempre uma mesa de altas inteligencias), o julio zanotta vieira, que trouxe grandes nomes pra feira do livro- va la que depois teve alguns probelmas em fechamento de contas, mas isto todo se arreglo - e o tambem livreiro MAURICIO ROSENBLATt, QUE DEDICOU MUITO DO SEU TEMPO, nos primordios pra trazer nomes e fazer a feira se firmar.

CHILE: AUMENTA A VIOLÊNCIA E REPRESSÃO CONTRA OS MAPUCHE
O silêncio da imprensa internacional sobre a “ Lei Antiterrorista ” ao povo Mapuche chilenos.


De Santiago do Chile
Gelson Farias

O governo de Sebastián Piñera assinou, no dia 8 de outubro, um Decreto supremo que estabelece a Área de Desenvolvimento Indígena (ADI) na comuna de Ercilla, decreto que foi aceito por 37 das 42 comunidades da zona. As ADI foram estabelecidas pela Lei Indígena de 1993, e são definidas como "espaços territoriais nos quais os organismos da administração do Estado focalizarão sua ação em benefício do desenvolvimento harmônico dos indígenas e de suas comunidades”. De acordo com o definido pelo governo, as ADI contemplam programas de aquisição de terras, assessorias para plantações agrícolas, apoio para o desenvolvimento de empreendimentos, recursos para melhorar a infraestrutura viária e de saúde. Piñera assinalou à imprensa que com o ADI cumpre-se a promessa de gerar caminhos para o diálogo como única via para solucionar o conflito Mapuche.

"Esse é o caminho que nos dará frutos, o caminho do diálogo, o caminho da ação, não o da violência, e nem dos atentados”, disse Piñera. "Por isso, com a mesma força, reitero meu compromisso de lutar com todas as armas do Estado de Direito contra os delinquentes e os violentos que, longe de favorecer, somente causam dano e dor à causa do povo Mapuche e à causa de nosso país”.



Mapuches chilenos.


No entanto, cinco comunidades de Ercilla, a uns 600 km ao sul de Santiago, não aceitaram fazer parte da nova institucional idade proposta pelo governo, entre as quais estão a Comuna Tradicional de Temucuicui e a comunidade Wente Winkul Mapu. Nessa última localidade de onde são originários os comuneros presos Erick e Rodrigo Montoya, Paulino Levinao e Daniel Levipan, que estiveram em greve de fome na prisão de Angol de 27 de agosto até 25 de outubro. Levinao e Levipan foram condenados em agosto passado a de 10 anos e um dia de presídio pelo delito de homicídio frustrado de Carabineros e 541 dias por porte ilegal de arma de fogo na comuna de Ercilla, em novembro de 2011, enquanto que os outros dois comuneros estão sendo processados por outros delitos.


Com a greve de fome, os presos políticos Mapuche, em Angol, buscaram a anulação dos julgamentos por parte da Corte Suprema e demandou também a "aplicação do Convênio 169 sobre povos Indígenas e Tribais da Organização Internacional do Trabalho, a devolução total do território que hoje está sendo ocupado por empresas florestais e pelos latifundiários, e a desmilitarização das comunidades”, segundo informaram em comunicados emitidos desde a prisão.

A etnia mapuche, milenar na região sul do Chile, lutou contra a invasão dos impérios inca e espanhol durante séculos. Desde 1990, os mapuches estão tentando reaver terras que consideram ancestralmente de suas poses.

Após manter por mais de dois meses essa medida de pressão, a Corte Suprema resolveu deixar sem efeito o julgamento contra Levinao pelo delito de homicídio frustrado contra o general de Carabineros, Iván Bermalinovic e ordenou realizar um novo julgamento oral desse processo atendendo a falta de fundamentação do falho do Tribunal de Julgamento Oral no Penal de Angol, mantendo-se a condenação de 541 dias de presídio por porte ilegal de arma. A sentença contra Levipan foi anulada, determinando uma pena de três anos de presídio menor em seu grau médio pelo delito de maltrato de obra a Carabineros em serviço, outorgando-se o benefício da remissão condicional da pena e se ordenou sua libertação após a notificação da sentença ao tribunal de primeira instância.


Centro de Santiago. A repressão contra o povo Mapuche continua extrema...

Os cinco comuneros que mantinham a greve no penal de Temuco suspenderam sua medida de pressão uns dias antes do que os comuneros de Angol, uma vez que a diretora do governamental Instituto Nacional de Direitos Humanos, Lorena Friés, conseguiu um acordo com o Ministério da Justiça e Gendarmería para trasladar os comuneros a cárcere de Angol onde se encontram os demais presos Mapuche.

"Há quatro irmãos Mapuche na prisão de Angol [a 45 km de Ercilla], na qual dois deles foram condenados injustamente por testemunhas pagas pelo Ministério Público, mais dois que estão esperando julgamento oral, no qual, com testemunhas protegidas, querem condenar a nossa gente. Ao governo não lhe convém falar sobre essa situação”, denunciou Jorge Huenchullán, werkén (porta voz) da comunidade de Temucuicui.

Para Huenchullán, o ADI "é parte da estratégia do Executivo para ocultar o verdadeiro conflito que se enfoca na devolução total dos terrenos demandados pelas comunidades e para ocultar uma série de atropelos de violência e de negação das mobilizações que as comunidades Mapuche de Ercilla estamos realizando. Os Mapuche não estão lutando para receber uma série de assistencialismos por parte do governo; por isso, repudiamos a ADI; não tem validade para nós”.

História do conflito

O conflito entre o Estado e o povo Mapuche se aprofundou em 1974 com a promulgação por parte da ditadura militar 1973-90 do Decreto 711, para a promoção da indústria florestal que pôs fim à propriedade comunitária indígena. Os sucessivos governos utilizaram uma lei antiterrorista de 1984 para responder à resistência do povo Mapuche.



Lei de Pinochet que enquadra povo Mapuche como terrorista em potencial ainda não foi revogada.

Em 1997, em um momento histórico em que o povo Mapuche se encontrava debilitado, o que impedia avançar na recuperação territorial, um grupo de comunidades e lonkos (autoridades tradicionais) conformaram a Coordenadora de Comunidades em Conflito Arauco, Malleco e Cautín, que, posteriormente, assumiu o nome de Coordenadoria Arauco Malleco (CAM).

"Nesse sentido, a CAM dá um passo adiante ao definir uma nova forma de fazer política, que tem a ver com a passagem de uma ação institucional para uma ação direta de sabotagem como arma política. Dão um salto no sentido de que não se deve esperar nada de um Estado que nos condenou a 100 anos de ocultamento e discriminação, avançando para a criação de um projeto político próprio e autônomo”, assinala o werkén da CAM, que, por segurança, manteve-se no anonimato.

"O território e a autonomia passam a ser os eixos fundamentais da CAM”, agrega o werkén. "Esses dois eixos são conjugados na prática de exercer o controle territorial: recuperando os territórios e trabalhando-os, gerando aí práticas culturais, políticas e econômicas como Mapuche. A autonomia é uma ordem e uma forma de trabalhar disciplinadamente. E como projeto político tem que ver com como o povo Mapuche se desenvolve à margem do Estado”.

Em 2002, começou uma etapa do movimento Mapuche que o historiador Fernando Pairican denomina entre a "pressão e a sombra”, período em que comuneros Mapuche foram presos. "Até esse ano, não havia presos políticos sentenciados nem sobre eles havia sido aplicada a lei antiterrorista. Assim, começou um momento –que ainda está em vigor- onde, por demandas políticas do movimento Mapuche [os comuneros] terminaram presos e isso gerou a resposta óbvia que é a resistência desde a prisão, como a greve de fome”, explica. "A fronteira que historicamente separava o Chile das zonas Mapuche ao sul do rio Bío-Bío tem outros códigos e a justiça se aplica de outra forma, há uma aplicação racista da lei na Araucanía, onde seus habitantes não são seres humanos, são índios; é a continuidade do Século 21”.


Do Chile

RECEBI UM FONEMA NA NOITE DE TERÇA, DO GELSON, DE SANTIAGO DO CHILE. JURO QUE ME LEMBREI DAQUELA CIDADE ONDE VI AS MULHERES MAIS BONITAS DO MUNDO. PODES CRER...NÃO VI ATÉ HOJE EM OUTRO LUGAR. SÓ EM SÃO BORJA, MAS GUARDADAS AS PROPORÇÕES.

BOM, O CLEMAR ME PEDIU PRA NÃO ESPALHAR MUITO QUE AS MULHAS DA TERRA DOS PRESIDENTES SÃO TÃO BONITAS.

MAS O GELSON LIGOU DANDO O QUE SE PASSA EM SANTIAGO DO CHILE...PEDI PRA MANDAR UMA NOTA. EIS AÍ:

Santiago: Miércoles 7 de Noviembre de 2012 | Actualizado 07:15 h

Revise las proyecciones de los resultados, estado por estado Sigue estado por estado los resultados de las elecciones en Estados Unidos.
Fotos HD

Frase
We're all in this together. That's how we campaigned, and that's who we are. Thank you. -bo Barack Obama

Obama celebra su reelección: "Lo mejor está por venir""Los estadounidenses nos recordaron que aunque el camino ha sido duro y nuestro camino largo, nos hemos sobrepuesto, hemos luchado por nuestro retorno", sostuvo el Mandatario.

Conoce el detalle de la jornada electoral de Estados Unidos
Romney reconoce oficialmente su
derrota y felicita a Barack ObamaLuego de larga espera, el postulante republicano expresó sus agradecimientos a su equipo de campaña. También pidió que "no se imponga la politiquería" en EE.UU.
Un Kennedy vuelve a ingresar al
Congreso de Estados UnidosJoseph Kennedy III ocupará un escaño en Massachusetts y pone una vez más este apellido en la primera esfera política.
Congreso: Polémica por dichos sobre aborto "cobra la cuenta" a dos republicanosRichard Mourdock, del ultraconservador Tea Party, y Todd Akin, adquirieron fama antes de las elecciones por sus duras declaraciones. Hoy perdieron la batalla por escaños legislativos.

Fotos: Las elecciones en Nueva York


Sergio Jadue avisa que se querellará contra presidente del Sifup por "acusaciones graves"
23:58 | El timonel de la ANFP calificó como "injurias" las denuncias realizadas por el presidente del Sifup, quien señaló que el dirigente presionó a jugadores de La Calera para firmar planillas impagas.


VIRALES PORTADA


Presidente Obama pone fin a su campaña en Iowa


Romney cierra campaña en Ohio


Votantes inquietos por elecciones en EE.UU.


Carlos Vives | Volver a Nacer


La película biográfica de Lincoln


Test de selección
Columna de Eugenio Tironi sobre los métodos que debería usar el gobierno para elegir a sus colaboradores.
Primeras lecciones del voto voluntario
Tribuna de Álvaro Fischer sobre los aspectos positivos de la nueva forma de sufragar en Chile.

Bomberos logra controlar intenso incendio que consumió hotel en Puerto Montt
07:02 | Producto de la acción del siniestro, tres personas resultaron con heridas leves, mientras que un voluntario de Bomberos resultó con una fractura en su nariz.

Incendio de grandes proporciones se desata en Puerto Montt
Allamand fue proclamado oficialmente
como candidato presidencial de RN
06-11-2012 | El ex titular de Defensa tendrá como vocera a la también ex integrante del gabinete, Catalina Parot.
Bomberos logra controlar intenso incendio que consumió hotel en Puerto Montt
07:02 | Producto de la acción del siniestro, tres personas resultaron con heridas leves, mientras que un voluntario de Bomberos resultó con una fractura en su nariz.

Incendio de grandes proporciones se desata en Puerto Montt
Allamand fue proclamado oficialmente
como candidato presidencial de RN
06-11-2012 | El ex titular de Defensa tendrá como vocera a la también ex integrante del gabinete, Catalina Parot.

Zalaquett estudia candidatura parlamentaria

Pellegrini va por más: "El objetivo es acabar primeros de grupo"

Málaga sigue haciendo historia: Pasó a octavos de la Champions

Reviva el empate entre italianos y españoles

Real Madrid alcanzó a rescatar un empate ante Borussia

Resultados de la Champions League
Nuevo Comité Central que dirigirá el PC
chino se conocerá el 14 de noviembre
06:57 | Confirmaron que el vicepresidente chino, Xi Jinping, fue nombrado secretario general del XVIII Congreso, lo que confirma su nuevo estatus al interior del partido.
Cameron y Merkel se reúnen para tratar
el próximo presupuesto comunitario
05:57 | El Primer Ministro británico recibirá a la canciller alemana en su residencia oficial donde ambos políticos conversaran sobre varios aspectos de la región.
Michelle Bachelet es galardonada con
el premio "Trayectoria Humana 2012"
07:31 | Fue destacada por la defensa de la mujer y la infancia y por el impulso que dio a "reformas políticas y económicas innovadoras en el sistema social" durante su gobierno.

Trasandino y Unión igualaron en la ida de los 8vos de la Copa Chile

Resultados y programación de los octavos de final de la Copa Chile
Beneficio de Telefónica sube un 26,4%
en los nueve primeros meses de 2012
06:17 | La empresa española ha obtenido durante este año 3.455 millones de euros, mientras que los ingresos fueron de 46.519 millones.
Grecia sigue paralizada por segundo día de huelga contra las medidas de austeridad
05:11 | El paro afecta principalmente a la industria, los bancos, la administración pública, las escuelas y los centros de salud, así como al transporte terrestre y marítimo.
Diez hombres mueren ahorcados
en Irán por tráfico de drogas
06:07 | Según una agencia de noticias iraní, se trata de una condena contra importantes narcotraficantes.

Twitter y Facebook anuncian sus propios filtros para fotografías
Grupo ING anuncia que despedirá
a 2.350 empleados hasta 2015
06:32 | El grupo bancario y asegurador holandés anunció un plan de ahorro que contempla la supresión de los puestos de trabajo.
DGAC inicia investigación por avioneta
que cayó sobre patio en La Reina
06-11-2012 | El organismo realizará una revisión correspondiente para determinar las causas del accidente que dejó a dos personas lesionadas.

Dos heridos al caer avioneta cerca del aeródromo Tobalaba

Un Viagra femenino saldría en versión aerosol
Está a punto de entrar a ensayos clínicos en Australia y Canadá.
Banco Falabella nombra a Juan Manuel
Matheu como gerente general en Chile
06-11-2012 | En los últimos años, la entidad logró duplicar las ventas y disminuir los tiempos de respuesta a solicitudes y reclamos de clientes.
Aceite de oliva chileno es elegido
nuevamente como el mejor del mundo
06-11-2012 | El producto nacido en Curicó, tiene una producción que llega a los 10.000 litros anuales y que hoy exporta a Brasil, Japón, Singapur, Bélgica y Estados Unidos.
Panoramas

"Agosto Condado Osage"
Participa para ver la adaptación chilena de la exitosa obra de Tracy Letts, ganador del Premio Tony y Pulitzer.

Concierto: Rata Blanca
Celebran 25 años de trayectoria el 23 de noviembre en Santiago.
"Hotel Transylvania"
Drácula es dueño de un exclusivo resort para monstruos.
Fiesta: Just For Fun
Cuenta con una selección de lo mejor del funk, rock y pop.
Música: The Killers
Comienza la venta de entradas para ver el show de la banda.

Magazine

Kate Moss continúa con su destape: "Nunca me he sentido sexy"
Aseguró que no creía tener material para ser modelo.
Deftones reagenda para mañana su suspendido show de esta noche
La banda actuará este miércoles en Santiago y no hoy como estaba previsto, debido a que sus equipos no lograron arribar al país.

Codirector de "Matrix" se refiere a su difícil infancia como transgénero
Lana Wachowski confesó que sufrió violencia psicológica cuando era niña.
Publican capítulo inédito de novela autobiográfica de Truman Capote
El borrador del capítulo "Yates y cosas", perteneciente a "Plegarias atendidas", fue descubierto por el editor de Vanity Fair.
Baterista de Coldplay participará en la tercera temporada de "Game of Thrones"
Además del cameo que hará Will Champion, también se confirmó la participación del líder de Snow Patrol, Gary Lightbody.

Tendencias y Mujer

7 opciones terapéuticas que sirven para prevenir y tratar las estrías
La ciencia respalda su efectividad en el combate de esta alteración de la piel. Conócelas aquí.
La famosa dieta de las infusiones no te matará de hambre

Horóscopo: Se inicia una semana buena para bajar de peso
Conoce lo que te deparan los astros para esta semana.
La lista de los alimentos afrodisíacos que despiertan el erotismo y el por qué
En teoría aumentan el apetito sexual por sus cualidades; conozca cuáles son e inclúyalos en su dieta.

Las 10 conductas que espantan a las mujeres en la cama
Que te babosee, te apriete demasiado y que solo se preocupe por su placer son algunas

Deportes

Sigue escándalo de arbitrajes: Acusan a profesor de árbitros
Cristián Basso, árbitro en ejercicio, atacó al ex mundialista. Además, confirmó la existencia del "Club de Póker", donde se realizaban las nominaciones.

La U cayó al tercer lugar del ranking mundial de clubes de la IFFHS
Vargas pierde piso en Napoli: No será titular
en Europa League
El entrenador Walter Mazzarri le pidió a los directivos traer un delantero de experiencia, para no repetir la mala experiencia que tuvieron con el chileno.
Berdych y Stepanek liderarán a Rep. Checa en final de la Davis
El duelo ante España se disputará en Praga entre el 16 y el 18 de noviembre.
NBA: Miami vapulea a Phoenix de la mano de sus tres estrellas
Con gran actuación de LeBron James, Dwyane Wade y Chris Bosh, el Heat venció por 124-99 al elenco de Arizona.

Masivo adiós a Leonardo Favio

Arte en el subsuelo italiano

Málaga pasa a octavos de la Champions

Wednesday / November 7th, 2012

Cómo votar después de un desastre: las elecciones en Nueva York
Los habitantes de uno de los estados más golpeados por la supertormenta ´´Sandy´´ no dejaron que las labores de ayuda y reconstrucción afectaran el desarrollo normal de las elecciones. Foto: AFP.

Economía Real: Las consecuencias del huracán "Sandy"
Alejandro Urzúa y Libardo Buitrago analizan las repercusiones del huracán "Sandy" en las próximas elecciones norteamericanas.


Especial: Elecciones en EE.UU.

Especial: Elecciones municipales 2012

Juego: Pon a prueba tus conocimientos en el crucigrama de Emol

Especial: Clasificatorias Brasil 2014

Especial: Torneo de Clausura


Revista Ya
Piñera abre la carrera presidencial de la Alianza y ajusta su equipo político
Director del Servel enfrenta críticas y plantea avanzar hacia el voto electrónico
Obama y Romney se enfrentan hoy en reñida elección presidencial
La economía crece 4,6% en septiembre y Hacienda prevé expansión sobre el 5% para 2012
Mansión de Michael Jackson es vendida por menos de la mitad del precio original

 

DESEMBARGADOR GAÚCHO FAZ PALESTRA SOBRE O QUE VIU NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS NA VENEZUELA

Rui Portanova participou, como observador internacional, das últimas Eleições Presidenciais da República Bolivariana da Venezuela, no último dia 7 de outubro.

Foto EBC: Observadores internacionais fomalizam inicio da fiscalização
Na próxima quinta – feira (8), a Associação Cultural José Marti/RS promove a palestra “As eleições na Venezuela e o aprofundamento da Revolução Bolivariana”, com o Desembargador Rui Portanova, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, que participou como observador internacional convidado, do Programa de Acompanhamento Internacional Eleitoral, nas últimas Eleições Presidenciais do último dia 7 de outubro, naquele País. A palestra terá participação gratuita e ocorre a partir das 19h, no Plenário João Neves da Fontoura, no 3º andar da Assembleia Legislativa do Estado.
Por Vânia Barbosa

Com a autoridade de observador internacional Portanova vai fornecer informações e esclarecer dúvidas sobre o processo eleitoral no país sul-americano e avaliar o alto índice de 80% dos 18,8 milhões dos eleitores venezuelanos que compareceram às urnas – apesar de o voto não ser obrigatório -, além do baixo percentual de votos nulos.
Entre os dias 2 a 12 de outubro o Desembargador foi um dos 200 observadores internacionais que participaram das atividades preparatórias do pleito, incluídas um Seminário sobre as eleições e visitas em 10 regiões do país para observar os centros móveis de votação e verificar a instalação das mesas receptoras dos votos. Desde a madrugada das eleições e ao longo de todo o dia acompanharam o desenvolvimento do pleito até o encerramento e sua posterior apuração.

O grupo de observadores foi composto por autoridades e representantes de órgãos eleitorais internacionais e instituições internacionais com reconhecida trajetória, bem como por personalidades acadêmicas, da política e da cultura. Também estiveram presente missões de observadores da União de Nações Sul-Americanas- Unasul, da União Africana e da União Europeia.

O Programa de Acompanhamento Internacional Eleitoral nas Eleições Presidenciais, conduzido pelo Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela – CNEfoi criado de acordo com o ordenamento jurídico daquele país e, segundo os organizadores do Programa, visa a promover internacionalmente o sistema automatizado de votação venezuelano.

Desembargador Rui Portanova
Rui Portanova é reconhecido pela sua atuação e apoio nas lutas em defesa dos direitos humanos e pela soberania e autodeterminação dos povos.Em junho de 2011 participou do Tribunal da Consciência, evento organizado pela Associação José Marti e a Frente Parlamentar de Solidariedade ao Povo Cubano da Assembleia Legislativa. O evento visava o julgamento do caso dos Cinco antiterroristas cubanos sequestrados e presos, há 14 anos nos Estados Unidos, quando monitoravam informações para evitar ataques terroristas contra Cuba por parte de comunidades anticastristas radicadas em Miami e incentivadas pelo governo norte-americano.

Portanova foi um dos advogados de defesa em um júri que contou, ainda, com a participação de representantes dos Três Poderes do Estado, das universidades e de entidades sociais e sindicais, e a presença do Embaixador cubano no Brasil, Carlos Zamora Rodríguez.

Livros

O SERGINHO TEM ERIZIPELA QUANDO SE FALA EM MILICOS. E EU FAÇO DE PROPOSITO SÓ PRA VER A REAÇÃO DELE. É QUE PRA SER JUSTO ELE SEMPRE SE DIZIA BRIZOLISTA...EU NEM TOU AI....NUNCA VOTEI N O BRIZOLA, NEM O FARIA. SEMPRE ACHEI O TIO BRIZA O CARA QUE DIZ UMA COISA E FAZ OUTRA. E PONTO FINAL. ALIÁS COMO 99 POR CENTRO DOS POLITICOS.SÃO TODOS MALANDROS,INCLUSIVE UM BIGODE QUE ANDA POR AÍ.

Olides

Gostaria que me mandasses dois livros

Esquina Maldita - de Paulo Cesar Teixeira. Segundo a Zero Hora,ele
escreve sobre alguns bares que ficavam na Osvaldo Aranha com a
Sarmento Leite.Frequentei muito aquela área...
Mercado Público - de Clô Barcellos.
Mande dizer o preço que eu pago até adiantado como sempre faço...

Quanto a história do Gremio,não temos mais nenhuma duvida,néééé´?
Quanto a ser porta voz dos milicos,isso só na tua cabeça.Alias,tu
aproveitou bastante a minha estada no cargo.Quantas viagens o
cumpanheiro fez a meu convite,neééééé´´?

Sergio

RECEBO DO VEREADOR ADELI

QUE FOI A MEDIANEIRA E LÁ MATOU UMA GALINHA CAIPIRA E A ASSOU PRA FAMILIA. CALMA, GENTE É UMA GALINHA MESMO, CAIPIRA. NÃO FAÇAM NENHUMA ILAÇÃO....COMO O CRITIQUEI PUBLICAMENTE ELE ME RESPONDEU, SEM NENHUM PROBLEMA. EIS O QUE O ADELI DIZ.

Olides,
As duas coisas.
Fiz a galinhada.
Gosto dos veganos.
Mas eles me acham um “criminoso” por matar bichos.
Adeli

FEIRA DO LIVRO

BOA DESCULPA ESTA DO NOSSA...PERDEU O AVIÃO PRA VIM DEBATER SEU LIVRO SOBRE O CURIÓ. CLARO QUE O CAR ANÃO QUIS SE ENVOLVER EM DEBATE ONDE ESTAVA O JAIR KRISTCHE COMO MEDIADOR...ELE SABIA QUE NÃO TERIA FUTURO DEFENDER SEU PERSONAGEM, O MAJOR CURÍO NUM MEIO QUE LHE SERIA ALTAMENTE HOSTIL PORQUE NO PUBLICO TINHA MUITO EX-GUERRILHEORO, COMO O RAUL ELWANGER. NÃO QUE O CANTOR SEJA MAL EDUCADO, NEM NADA...MAS SEGURAMENTE O NOSSA NÃO SERIA TRATADO A PÃO DE LÓ

feira do livro

A ASSESORIA DE IMPRENSA DA FEIRA DO LIVRO ONTEM ESTAVA EXULTANTE...A VEJA LIGOU PEDINDO DADOS DO EVENTO....

TOING....

O LIVRO DO MARIGHELLA

Mário Magalhães, jornalista da FSP esteve ontem lançando o livro sobre Carlos Marighella que em 5 de dezembro próximo completaria 101 anos.

Um dado chamou a atenção dos que ouviram sua breve palestra da tarde: Marighella é um dos cinco nomes de brasileiros mais conhecidos no EXterior do s´´eculo 20, fora os artistas e desportistas.

Leonêncio Nossa, que deveria debater com Magalhães não chegou a tempo pro evento porque perdeu o avião. Ele é autor do livro Mata, sobre o Major Curió.

Magalhães pesquisou 800 documentos pra montar seu livro que tem 550 paginas e que nafeira do livro está sendo vendido a 45,00 reais.

O autor ficou 9 anos e alguns meses neste trabalho, dos quais 5 anos de dedicação exclusiva.
A primeira impressão de 12 mil exemplares já esgotou e o livro chegou aapenas 5 estados brasileiros. Ontem começou uma reimpressão.

Caetano Veloso, num programa de tevê junto com Jorge Mautner revelou que no seu próximo disco homenageará seu conterrâneo -ambos são baianos - com uma musica chamada ' UM COMUNISTA"!

Elmar Bones autografa O caso do jornal JÁ

“Uma Reportagem, Duas Sentenças – O Caso do Jornal JÁ” é o título do livro que o jornalista Elmar Bones autografa dia 7 de novembro, às 19 horas, na 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.

O livro é a versão resumida de um relatório enviado ao Article 19, organização internacional que se dedica à proteção e promoção da liberdade de expressão e informações. Eles viram o caso do JÁ na internet e se interessaram – parece um caso exemplar de censura. O recurso a uma corte internacional é a última possibilidade que resta à empresa que edita o Jornal JÁ para reparar um dano que se torna irreversível, o estrangulamento da JÁ Editores - uma experiência jornalística de 25 anos.

Este estrangulamento decorre de dois processos por causa de uma reportagem publicada em 2001. Um processo penal acusou Bones dos crimes de calúnia, injúria e difamação. Foi absolvido, até elogiado pelo promotor e pela juíza. Uma ação civil, pela extinta Lei de Imprensa, que chegou a ser arquivada, acabou por condenar a empresa JÁ Editores por dano moral, por ter publicado... a mesma reportagem!

A reportagem tratava da maior fraude já ocorrida no Rio Grande do Sul envolvendo uma empresa pública, a CEEE. O livro reproduz a reportagem, relata os processos judiciais, descreve resumidamente a trajetória do jornal, exibe os documentos que serviram de fonte ao trabalho e registra a indignação de Elmar Bones com este caso, que ganhou repercussão nacional três anos atrás, quando a empresa sofreu intervenção judicial.

“(...) um Tribunal de Justiça resgatar uma ação que já está arquivada para punir um pequeno jornal porque ele cumpriu o seu papel de não deixar cair no esquecimento fatos de interesse público... Isso um jornalista não pode aceitar calado”, escreve Bones.

O jornalista dedica o livro aos colegas que perguntam “O que aconteceu com o JÁ?”. “Não dá pra explicar num encontro fortuito. O que ‘está’ acontecendo com o JÁ é algo inacreditável, não comporta simplificações. Por isso escrevi o livro”.

Serviço:
Uma Reportagem, Duas Sentenças – O Caso do Jornal JÁ
Autor: Elmar Bones
Editora: JÁ Editores
144 páginas, 2012
Lançamento dia 7 de novembro, às 19 horas, na Praça de Autógrafos da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.

Cleber Dioni Tentardini
Jornalista

O PIANISTA


Angelin Loro é professor e pianista, graduado em Piano, Licenciado em Música (UFRGS) e Pós-Graduado em Educação Especial (PUCRS). Atualmente, harmoniza atividades de recitalista com o magistério público e particular. Sua atuação como docente inclui ainda regência de coros, formação de conjuntos vocais e instrumentais, aulas de técnica vocal e canto, ensino de instrumentos, apresentação de projetos didáticos, atuação em congressos e eventos artísticos e/ou educacionais, inclusive como palestrante.
do blog do Adeli Sell

A FATALIDADE NAS QUEIMAS DE ARQUIVO

Por Carlos Chagas


São milhares os casos de queima de arquivo em nossa história. Aliás, da história do mundo inteiro. Vamos ficar em três exemplos recentes. Em 1962 Gregório Fortunato estava para ser libertado em poucos dias, por ato do presidente João Goulart. Em 1954 mobilizara a Guarda Pessoal da presidência da República, que chefiava, para tentar assassinar o jornalista Carlos Lacerda, responsável por impiedosa campanha contra o presidente Getúlio Vargas. Identificado, Gregório viu-se condenado a mais de vinte anos de prisão. Jamais abriu a boca para revelar se havia um mandante ou se o atentado onde morreu um oficial da Aeronáutica fora de sua iniciativa. Prestes a ganhar a liberdade, teria manifestado o desejo de contar tudo e revelar a quem obedecia, ou quem o havia estimulado. Morreu esfaqueado na Penitenciária Lemos Brito por um preso meio débil mental, incapaz de revelar o porque de seu ato.
Um corte na história nos leva ao assassinato de PC Farias, o caixa de campanha de Fernando Collor, responsável pelas contas pessoais e familiares do então presidente da República, óbvio achacador dos meios econômicos e financeiros da época. Poucos empresários escaparam de sua coleta milionária. Denunciado e condenado, conseguiu sair clandestinamente do país, passando a viajar pelo mundo. Identificado na Tailândia, foi recambiado para o Brasil, ficando algum tempo na prisão, beneficiando-se em seguida para estabelecer-se em Alagoas. Lá, foi morto por uma namorada recente, que suicidou-se em seguida. Pairaram dúvidas sobre os policiais militares encarregados de sua segurança, mas nada foi apurado. Crime passional, concluíram.
Não faz pouco mataram o prefeito de Santo André, Celso Daniel, um dos companheiros mais chegados ao Lula, recém-eleito presidente. O caso foi dado como crime comum, ele teria sido vítima de latrocínio, um assalto seguido de morte. Ampla cortina de fumaça envolveu o episódio, inconcluso como os outros dois referidos. Cheio de buracos, como agora levanta Marcos Valério, operador do mensalão e já condenado a 40 anos de prisão. A República vai tremer, se o publicitário vier a falar o que sabe e o que viu, como anuncia num dia para desmentir no seguinte.
É preciso tomar cuidado com as coincidências. Mesmo estando em liberdade, pois sua sentença ainda não transitou em julgado, Valério assemelha-se a um arquivo vivo. Não pela lei, mas pela natureza das coisas, o Supremo Tribunal Federal é responsável por sua segurança. Adianta pouco imaginar que se já estivesse preso, estaria imune a atentados. Basta lembrar o que aconteceu com Gregório Fortunato. De qualquer forma, cabe ao poder público zelar pela vida dos cidadãos. Depois, quando as coisas acontecem, e como acontecem, a palavra fica com os ingênuos e com os outros, para os quais tudo não passou de fatalidade.

CONFUSÃO

A confusão é geral no acampamento dos companheiros, ora inclinados a declarar guerra ao Supremo Tribunal Federal, ora contidos pelo bom-senso do ex-ministro Márcio Thomas Bastos. Chegaram a sustentar que a presidente Dilma Rousseff não deveria comparecer à cerimônia de estado da posse de Joaquim Barbosa como presidente da mais alta corte nacional de justiça. Prevaleceu o bom-senso, ela cumprirá o protocolo, mas nem por isso acalmou-se o PT. O alvo agora é a mídia, que estaria estimulando os julgadores do mensalão a não pouparem os mensaleiros, como se fosse possível influenciá-los. Pensam em ressuscitar a proposta de controle estatal sobre os meios de comunicação, apesar de excessos aparecerem diariamente nas primeiras páginas dos jornais. Jogam os petistas, pela janela, montes de serviços prestados ao país, o maior dos quais foi surgirem como valor diferente dos demais partidos. Estão ficando iguais, ou já ficaram...

ATENÇAO PROS NUMEORS


ATE DOMINGO, DIA 4.11 A CRL COMPUTOU A VENDA DE 225.008 NA 58 FEIRA DO LIVRO...DE PORTO ALEGRE.

GERAL 172.416

INFANTIL 42.472

INTERNACIONAL 10.120


PUBLICO ESTIMADO PELA BM ATE O DIA 5.11 700 MIL PESSOAS. SURPREENDEU A IMPRENSA DA FEIRA QUE A BM DEU QUE NA SEGUNDA PASSARAM 60 MIL PESSOAS PELA FEIRA, MESMO SENDO DIA UTIL.

feira do livro


não é apenas livroque atrai o público...

no sábado, 3.11 alguns populares pararam pra ler A CARTA TESTAMENTO DO GETULIO....


feira do livro

Na segunda, 5.11, nosso ex-governador folheava, no fim do expediente, o livro do Marighella, que hoje, 6.11 terá tarde/noite de autógrafos. Olívio estava sério e não estava muito pra conversa,não...


Uma entrevista de
GILMAR DE LIMA MARTINS

74 Perguntas
a Adão Faraco

*Temos a satisfação de
convidá-lo (a) para
apresentação oficial
dessa obra.

*LANÇAMENTO:

Em Porto Alegre:
58ª Feira do Livro
Dia 6 de novembro de 2012
Praça da Alfândega, às 19 horas

*Em Alegrete:
Dia 9 de novembro de 2012
Museu Oswaldo Aranha, às 20 horas


Trata-se de depoimento sobre fatos relacionados aos últimos decênios em Alegrete. Integra aspectos pessoais relacionados à cidade; viagens por nosso País e fora dele - do Chile à República da China; fatos políticos; cassação de mandato de Vice Prefeito; suspensão de direitos políticos por dez anos; consequências políticas e econômicas; o retorno à atividade política; Partidos Políticos antes, durante e depois da ditadura; Prefeitura; Governo Simon; Trens Urbanos de Porto Alegre S.A.; algumas realizações locais e no Estado; discussão sobre a atualidade e futuro do Alegrete e da Fronteira Oeste.
O trabalho é acompanhado de documentos e fotos de época, em 2 volumes, constituídos de 250 páginas cada um.
A montagem e diagramação ocorreu na Agência Bumerangue Comunicação Total, de Sílvio Balestra.
Por disposição dos Autores o resultado integral da venda, está destinado à Campanha de Apoio ao Hospital da Santa Casa de Alegrete.

SEM PULO - TÚNEL DO TEMPO - 02.11.2012


Rudimar Thomas

Nasce uma estrela? Concertezamente!

Primeiro, foi a professora da quinta série,identificando nela sua “alma de artista”; depois, o professor da oitava série, quea convidou para acompanhar um grupo de teatro formadopor colegas da escola. O passo seguinte, então, só poderia ser a busca por uma experiência um pouco mais formal. Em janeiro deste ano, Laura Ferrary, 15 anos, participou do curso de formação de atores oferecido pelo Teatro Zé Rodrigues. A formatura foi a apresentação da peça “Roda Viva”.
A partir dali vieram “A Páscoa do Ursinho Puff”, “A Bela Adormecida”, “As Aventuras de Tigrão e a Turma do Ursinho Puff” e a atual “A Verdadeira História dos Três Porquinhos”, todas encenadas no mesmo teatro.
Dona de um temperamento mais contido, é surpreendente a transformação em cena. “É tudo!”, resume. “A gente fica nervosa, antes, mas em cena tudo muda. É como o Zé (Rodrigues) mesmo diz, é uma vontade de quero mais, que o próximo fim de semana chegue logo”, explica. Talvez o incidente em pleno palco – estourou o joelho, lesão que resultou em 30 sessões de fisioterapia – seja o melhor exemplo dessa paixão e da seriedade com que encara esse desafio ainda tão pouco valorizado: apesar da dor excruciante, seguiu em frente até o fim do espetáculo.
Como a fada Fauna em “A Bela Adormecida”, fotografada por João Freitas
Os personagens Leitão, fada Fauna e Prático, de personalidades tão diversas entre si, parece que caem como uma luva na jovem atriz. E o público não poderia ser mais adequado, pois a empatia com as crianças é inquestionável, haja vista os abraços, beijos e até colo que oferece aos pequenos ao final de cada apresentação.
Agora, é esperar por novas peças, mesmo que isso signifique encarar ensaios até tarde da noite, conciliados com as atividades escolares, e perder todos os fins de semana do ano.
Se nasce uma estrela? Como diria o Leitão em “As Aventuras de Tigrão”, “concertezamente!”

Maria Regina Moraes - Jornalista

FEIRA

FUI OUVIR ONTEM DE NOITE UM DEBATE SOBRE LITERATURA GAUCHA COM A LETICIA CASA DAS SETE MULHERES, A ANA MARIANO E O XAROPÃO DO ALCY CHEUICHE QUE FALOU O TEMPO TODO. QUE CARA QUE NÃO SE TOCA....PO ERAM TRES NA MESA, SÓ ELE FALOU. DOIS TERÇOS DO TEMPO FOI ELE QUE FALOU. E AINDA NO FINAL CONVIDOU PRUMA PALESTRA DELE HOJE, 6.11...PO TE MANCA,CARA!

BALAIO

ONTEM DE NOITE, SEGUNDA, 5.11, FOI OUVIDO ISTO PERTO DA TENDA DE PASARGADA...

UM ESTRANGEIRO DIZIA AO CELULAR...NÃO SEI ONDE ESTOU, SÓ SEI QUE ESTOU PERTO DA TENDA DE PASSARGADA.....(TOING)

PESSIMO TRABALHO DA PROCEMPA...

NINGUÉM MAIS ATURA O PÉSSIMO TRABALHO DA PROCEMPA....NA FEIRA DO LIVRO...UM DIA TEM INTERNET, OUTRO NÃO. OS BARRAQUEIROS TÃO DE SACO CHEIO. E ISTO QUE NÃO CHOVEU. A PROCEMPA TEM TRES POSTOS NA FEIRA DO LIVRO, MAS ALGUNS BARRAQUEIROS COMO DO IGTF QUE ONTEM NÃO TINHAM INTERNET ESTAVAM COM PREGUIÇA DE ATRAVESSAR TODO O ESQUADRÃO QUE OS SEPARAM DO POSTO DA PROCEMPA. UM PÉ NO SACO...ESTE TIT6ULO A PROCEMPA JÁ TEM NESTA FEIRA DO LIVRO.

Olhai, um parente que mora na Ilha do Governador. Ele me pediu quatro livros sobre Serafina. Vou vender mais que na feira do livro....

O cara tem fotos de um tio que tinha um FNM e que vinha carregar no frigorifico Ideal. espero as fotos.

ALMOÇO TEMÁTICO:Movimento sindical será pauta do próximo evento

A relação do movimento sindical com o PT - e com as administrações comandas pelo partido - será o tema do próximo almoço temático, a ser realizado nesta sexta-feira (09.11) na sede municipal do PT. Os petistas Celso Woyciechowski, presidente da CUT-RS, Juberlei Baes Bacelo, bancário e Isabelino Garcia dos Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Pesada no RS (Siticepot) serão os palestrantes do dia.

Na avaliação do presidente municipal do PT, vereador Adeli Sell, a ação partidária nos movimentos sociais deve ter lugar obrigatório na vida interna do PT. “Não se trata apenas de discutir a situação dos movimentos e a solidariedade do Partido para com eles; nem se trata somente da discussão das pautas reivindicatórias dos movimentos. O PT deve ter como meta dirigir politicamente a ação dos petistas nos movimentos sociais, assumindo, como Partido, o que hoje é feito pelas tendências do PT, principalmente no movimento sindical”, afirmou.

Cabe ao PT construir essa agenda. Para isso não basta que as reivindicações de cada movimento sejam unificadas em bandeiras nacionais, que tenham ampla visibilidade e capacidade de mobilização. É preciso que o Partido seja capaz de propor aos movimentos objetivos que, mesmo não fazendo parte das suas reivindicações específicas, possam ser capazes de articular suas necessidades com as necessidades do conjunto dos setores democráticos e populares.

A atividade ocorre por adesão. Informações com Fátima Hasan 3211 4888 e secretariaexecutivaptpoa@gmail.com

Asscom PT-POA

PLAYBOY DO CHILE


De Santiago do Chile
Gelson Farias

Olides...
Já tínhamos visto em teu blog algumas mulheres de capa da PLAYBOY Argentina. Agora, pude folhear a edição de outubro da Playboy, aqui do Chile e fiquei de boca abeta... Mulheres e mais mulheres bonitas. Segundo me informaram aqui, a edição de outubro da Playboy foi em comemoração aos 20 anos da revista por aqui. E nessa edição o tema foi " Musas” dos clubes de futebol do Chile... São oito paginas bem produzida... Claro que procurei as musas mais deslumbrantes para o deleite dos leitores...



Micaela Breque desnuda Playboy, Musa do Magallanes...


Dizem que o mundo vai acabar no mês que vem...Micaela Breque, nem pensa nisso!!!


Carmem Moreno Musa do Universidad de Chile...




Dissirre Mollina, Musa do Desportivo Equipe...



Janmes Figueroa, Musa do Cobreloa do Chile...


Alianne Romera, Musa do Colo Colo...



Debora Comba, Musa da Universidad Católica ...

TODT / SINBORSUL

O município de Capela de Santana aderiu ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A comunicação foi feita pelo prefeito Wilson Capaverde, durante encontro com autoridades municipais, lideranças e representantes de entidades. O programa, recém lançado pelo governo federal, vai permitir, em 2013, a qualificação da mão de obra local através de cursos de qualificação profissional que atendam a demanda de setores já instalados e de outros em desenvolvimento. Conforme os participantes da reunião, as principais necessidades de qualificação de mão de obra no município são: operador de máquinas para transformação de borracha, padaria e confeitaria, agente de inspeção e qualificação, auxiliar administrativo, costureiro e almoxarife. A adesão ao Pronatec atendeu ao pleito de empresas como a FRENZEL Indústria de Borracha e Plásticos Ltda., fundada e dirigida por Tânia Finkler. Antes instalada em Novo Hamburgo, a FRENZEL transferiu-se para Capela de Santana e já está em plena operação. Com 18 anos de atuação, a indústria é focada na produção de peças de borracha de engenharia, possuindo clientes como GKN, DHB e Magnéti Marelli, do setor automobilístico, além da fabricante de motoserras Stihl, e também fabrica mantas de borracha para diversos clientes. Representaram a FRENZEL no evento Tânia Finkler e Felipe Borba, estando presente, igualmente, a Assessora Executiva do Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha do Rio Grande do Sul (SINBORSUL), Daniela Felix.
Todt

CASO HERZOG...

NO DOMINGO, NA FEIRA DOLIVRO, O EX-PRESIDENTE DO SINDICATO DOS JORNALISTAS DE SAMPA, AUDÁLIO DANTAS, FALOU SOBRE O CASO HERZOG. ELE TEM AUTORIDADE PRA ISTO, PORQUE ERA O PRESIDENTE DO SINDICATO DOS JORNALISTAS NA ÉPOCA...dANTAS JA TRABALHOU NA REVISTA REALIDADE E HOJE EDITA A SEGMENTO.

cONTOU QUE A CENSURA AINDA SE FAZ PRESENTE HOJE NA IMPRENSA BRASILEIRA E CONTOU O CASO DO JORNALITA LUIZ FLÁVIO PINTO QUE TEM O JORNAL PESSOAL, EDITADO PELO PRÓPRIO DURANT EOS ULTIMOS 25 ANOS.ESTE JORNALISTA SE ENVOLVEU NUM CASO JUDICIAL COM O EMPREITEIRO CECILIO REGO DE ALMEIDA QUE TERIA,SEGUNDO A REPORTAGEM DE PINTO ' GRILADO 5 MILHÕES DE HECTARES NO PARÁ".
E NA REPORTAGEM PINTO CHAMOU O EMPREITEIRO - EM OUTROS TEMPOS DONO DA PODEROSA CRALMEIDA, DO PARANÁ - DE ' PIRATA FUNDIÁRIO'. BASTOU PRA TOMAR UM PROCESSO E SER CONDENADO AO PAGAMENTO DE 8 MIL REAIS.

ELE RECORREU E HOUVE UMA CORRENTE VIA INTERNET CHAMADA DE ' TODOS SOMOS LUCIO FLÁVIO PINTO' PRA ARRECADAR FUNDOS PRO PAGAMENTO DA DIVIDA JUDICIAL.


Audálio Dantas veio falar na feira do livro sobre o caso Herzoz...


DANTAS, UM COLEGA MUITO RESPEITA- FOI TAMBÉM DEPUTADO FEDERAL PELO MDB - FALOU NO JORNALISMO DE RESISTENCIA DOS ANOS 70 E CITOU ENTRE ELES O JORNAL OPINIÃO, DE FERNANDO GASPARIAN, O MOVIMENTO...

AUDÁLIO QUE COMEÇOU NA ANTIGAREVISTA REALIDADE - DA EDITORA ABRIL - RELEMBROU QUE ESTE LIVRO QUE VEIO LANÇAR NA FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE SOBRE O CASO HERZOG LHE CUSTOU 30 ANOS DE TRABALHO.ELE EMENDOU:

- JÁ HAVIAM OCORRIDO OUTRAS MORTES NOS PORÕES DO DOI-CODI, MAS O DO HERZOG FOI O PRIMEIRO CASO EM QUE HOUVE UMA SEPULTAMENTO ACOMPANHADO.

DANTAS RECORDOU DO FAMOSO ATO ECUMENICO EM FAVOR DO MORTO ONDE NA CATEDRAL DA SE EM SÃO PAULO OITO MIL PESSOAS SE REUNIRAM PRA ORAR E PEDIR O FIM DAS MORTES NOS PORÕES DO DOI-CODI.COM UMA MEMÓRIA AFILADA, RECORDOU QUE O JORNALISTA WLADIMIR - CUJO NOME DE ORIGEM NA IUGUSLÁVIA É WLADO, MAS QUE NO BRASIL, COMO NÃO SABIAM PRONUNCIAR, PASSOU A SE CHAMAR WLADIMIR - ESTIVERAM PRESENTES NO ATO ECUMENICO PELA MEMÓRIA DO FALECIDO JORNALISTGA O CARDEAL DOM PAULO ARNS,, O RABINO HENRI SOBLEL E O REVERENDO JAIME WEINGART, DA IGREJA PRESBITERIANA.

EM 2005, QUANDO SE COMPLETARAM 30 ANOS DA MORTE DE HERZOG HOUVE OUTRO ATO EM LEMBRANÇA DELE, MAS ESTE REUNIU APENAS 3 MIL PESSOAS, RECORDOU DANTAS.

COM A MORTE, TR?S MESES DEPOIS DE HERZOG DO OPERÁRIO MANOEL FIALHO FILHO, O PRESIDENTE ERNESTO GEISEL RESOLVEU DESTITUIR O COMANDANTE DO II EXÉRCITO, GENERAL DÁVILA MELLO.

FIALHO TAMBÉM MORREU NAS MÃOS DO DOI-CODI.


DANTAS EXPLICOU QUE 12 JORNALISTAS FORAM PRESOS, NA ÉPOCA, TODOS ACUSADOS DE REORGANIZÇAÃO DO PCB, O CONHECIDO ' PARTIDÃO'. ELE ATRIBUIU O FATO AO SEGUINTE:

- COMO DESDE 1973 NÃO HAVIA MAIS GUERRILHA, AS FORÇAS DA REPRESSÃO TINHAM QUE INVENTAR UM INIMIGO.


EGLEA FRATTI, NA ÉPOCA CASADA COM PAULO MARKUN,FOI UMA DAS JORNALISTAS PRESAS. NO SINDICATO DOS JORNALISTAS DE SÃO PAULO, ELA DISSE QUE FOI ' DESMONTADA', SEGUNDO RELATO DE DANTAS.

O DEBATE COM DANTAS TEVE A PARTICPAÇÃO DE OUTROS CONVIDADOS E MEDIADO PELO JORNALISTA ELMAR BONES DA COSTA, CONHECIDO NA CATEGORIA POR ' BICUDO'.

Visitas ao site

ESTE SITE TEVE 20.236 VISITAS EM OUTUBRO. AGRADEÇO A PREFERENCIA. O EDITOR

BABAQUICES DA ZEAGA...

como o amor é lindo


ontem a zero hora que cuida da feira do livro entrou em panico a tarde toda. torraram o saco dos caras da feira atrás de umc asal babaca que no sábado jurou casar durante uma feira do livro. só que ninguém da zero fez fotos, eles sempre tratados com pão de lá ontem,domingo, decidiram que seria a capa do caderno da feira e botaram todos a trabalahr prea eles...


deram o ppenino pra LARISSA ROSO fazer a matéria. bom ela é paga pra isto e pronto.

oh, como o amor é lindo

esta pauta, deveria, como castigo ser dada a umr eporter como o LAURINHO0 pra ele se deliciar no deboche...ou pro falecido DELMA RMARQUES...

Babaquices da ZEAGA

o CASAL ESTE QUE VAI CASAR DURANTE UMA FEIRA MERECIA ERA SER JOGADO NO RIO GUAICA, A BORDO DO CATAMARÃ...OU MANDA PENDURAR UM PEPINO NO PESCOÇO PRA APARECER. E A ZEAGRA, A PRINCIPAL PUBLICAÇÃO DO ESTADO DÁ HOJE CAPA DA EDIÇÃO DA FEIRA DO LIVRO SOBRE ISTO. PORQUE NÃO VAO LOGO TRABALHAR NA CONTIGO.

NOVO PRESIDENTE DO

SINDICATO ESTÁ ESCOLHIDO!

Menos, calma...estou apenas conjeturando.. mas me cobremSER Á O SIMAS, atual diretor...quem me disse...ora um perdigueiro, segundo me informam.

 

NAO APARECEU NINGUÉM ONTEM, DIA DA PALESTRA DO AUDÁLIA DANTAS NA FEIRA DO LIVRO DO SINDICATO DOS JORNALISTAS PRA DAR QUALQUER COBERTURA...UÉ, O CARA NÃO FOI PRESIDENTE DA FENAJ E DO SINDICATO DOS JORNALISTAS DE SAMPA...

APARECEU UM DIRETOR, MAS PRA IR PRA MESA. PRA CANETEAR E TRABALHAR, NINUGÉM....

 

De são borja


COMO ANDARÁ A SITUAÇÃO DO ITAQUI QUE NA VESPERA DO FERIADÃO OS CARAS DO JARBAS. DO PP, TINHA ENTRADO EM LUTO E ESTAVAM QUERENDO NOVA ELEIÇÃO AI NO MUNICIPIO VIZINHO.


FALAR EM SÃO BORJA...O EDSON ARCE DEU UMA PAULADA NO SANTANA DIAS ATRÁS NA COLUNA DA FSB QUE NUNCA TINHA VISTO UM CARA COM COLHÃO ROXO PR4A FAZER ISTO....SIMPLESMENTE CHAMOU O COLUNISTA DE ' MAu carater"!!!!

FEIRA DO LIVRO

*eSTÁ MUITO MAIS ZEN TRABALHAR NA FEIRA DO LIVRO. A CRISTIANE OSTERMANN QUE É DO OFICIO - QUERO DIZER, JORNALISTA - SABE4 QUANDO UM REPÓRTER PRECDISO DE UM COMPUTADOR.


*hOUVE FERIAS DO LIVRO QUE EU SINCERAMENTE NÃO SABIA O QUE FAZIAM LÁ AQUELAS BOSTAS QUE ATENDIM. COM TODO O RESPEITO. NO ANO PASSADO, POR EXEMPLO, A EXCEÇÃO DE DUAS GURIAS - NÃO DOU O NOME - AS DEMAIS NÃO SABIAM NEM O QUE ESTAVAM FAZENDO.

*pOR ISTO QUE EU GOSTAVA QUANDO O EDISON PUNTEL - FALECIDO COELGA - ME CONVIDAVA PROS EVENTOS DELE. ELE DEIXDSAVA A GENTE TRABALHYAR. ASSE3SSOR QUE NÃO ENTENDE NADA DO RISCADO É UM PÉ NO SACO...

DESCOBRINDO SANTIADO DO CHILE
Para os amigos, leitores do teu blog, Olides, vou dar relatos e dicas de um roteiro que fiz por Santiago do Chile, lugares que não dá para deixar de visitar nessa cidade incrível. Algumas das fotos são minhas.

De Santiago, do Chile,
Gelson Farias


Além da capital argentina – onde trabalho -- existe outra capital também muito interessante na América do Sul: Santiago do Chile. Santiago não é o tipo de cidade que desperta uma paixão no primeiro momento, é preciso tempo para descobrir suas qualidades. A cidade fica a poucos quilômetros do Oceano Pacífico e literalmente aos pés da Cordilheira dos Andes. Essa posição geográfica proporciona uma vista linda da cidade, com as montanhas ao fundo.

Santiago do Chile: arte, beleza e história.
Se você planeja uma viagem para conhecer Santiago, vou te passar um roteiro, mas com os pontos que tem que conhecer. Eu fiquei uma semana aqui e deu para conhecer muitos locais. Mas atenção: a noite, evite sair com joias e outros adornos para locais que você não conhece pela cidade. È sim perigoso. Tenha sempre cautela. Inicie seu roteiro na Praza das Armas, (linha 5 verde do Metrô), lá você encontrará a Catedral, o Correio, o Museu Histórico e a Prefeitura. Atente-se ao chão em frente do Museu Histórico, lá você encontrará três mapas feitos de ferro que mostram a evolução da cidade. Um deles, com uma visão mais religiosa, mostra o centro histórico a partir da Catedral. Outro, com visão mais administrativa, mostram as ruas principais do centro de Santiago. Entre na Rua Catedral com direção a Cordilheira dos Andes, atenção que esta rua troca de nome para Rua Monjitas, caminhe até a Rua José Miguel de La Barra, vire à esquerda para chegar até o Museu Bellas Artes.

Foto. Gelson

Praza das Armas.

No centro tudo se inicia na Plaza de Armas. Rodeada de prédios históricos, contrastando com construções modernas, é o lugar ideal para sentar em um banco e ficar somente observando o movimento dos locais. Além de museus, jardins, pessoas vendendo artesanatos e a sede da prefeitura, o viajante tem a oportunidade de conhecer a Catedral de Santiago, que é muito bonita. O prédio atual é de 1748, depois de destruições devido a vários terremotos. Repare nas imediações o prédio do Correio Central, pois era originalmente a casa de Pedro Valdivia, fundador da cidade. Colado a Plaza de Armas, não deixe de conhecer o Mercado Central. Devido ao vasto litoral chileno, frutos do mar são uma das especialidades do país e é possível comer as coisas mais diferentes e esquisitas. No mercadão, o turista tem diversas opções de restaurantes a preços convidativos, isso sem contar que o lugar é muito atraente para um passeio.

Foto. Gelson

No Mercado Central de Santiago há diversas opções de restaurantes.

Há alguns bairros que não podem passar despercebidos para o turista que vai a Santiago do Chile. Um deles é o Providencia, que abriga o Parque Metropolitano e tantas outras atrações. Ele tem também uma grande variedade gastronômica, comercial e vida noturna intensa. É uma região, sobretudo, para ser conhecida a pé e margeada pelo Rio Mapocho. Abriga parques como o Balmaceda e o Uruguay. Outro passeio clássico é visitar a Drugstore, uma galeria comercial com lojas de desenho, livrarias, roupas e um café que reúne intelectual e artistas.
Perto de Providencia, entre o Rio Mapocho e o Cerro Sán Cristóbal, outro bairro merece ser desvendado. É o Bellavista, com áreas de maior concentração de pessoas e outras com ruas tranquilas e casas luxuosas. Gastronomia, arte e entretenimento também não faltam nessa localidade. E, passeio quase obrigatório é visitar a Casa Museo La Chascona, residência construída pelo escritor Pablo Neruda para seu amor, Matilde Urritia. Ele a batizou de “La Chascona”, que quer dizer desgrenhada, porque esse era o apelido de Matilde, já que tinha uma grande cabeleira.


O bairro Bellavista reúne bares e restaurantes com mesas nas calçadas.

Durante muitos anos, o amor de Matilde e Pablo foi secreto. Ele começou a construir a casa para ela em 1953. A própria mulher plantou todas as árvores dos jardins. A residência tenta imitar a forma de um barco. Hoje em dia, a casa é um museu que dá acesso aos ambientes íntimos nos quais o casal viveu e também a obras de pintores chilenos e estrangeiros. Uma das coisas mais importantes ao chegar a Santiago é se familiarizar com a moeda, o peso chileno. Você pode estranhar os valores altíssimos, como 500 pesos um café. Mas R$ 1 equivale a cerca de 280 pesos chilenos. Com essa conta em mente, pode aproveitar e comprar seus bilhetes de metrô, maneira rápida e fácil de conhecer os principais pontos turísticos e bairros da cidade. Na capital, a passagem fica mais cara o mais barata dependendo do horário. Durante quase todo o dia, custa $560, nas horas mais cheias (07h00 às 08h59 e 18h00 às 19h59) fica por $620 e das 06h00 às 06h59 e 20h45 às $510. Se comprar um cartão do transporte e carregar para diversas viagens, quando passar na roleta o desconto será de acordo com essas regras.


Palácio de La Moneda.

Construído para ser uma casa da moeda, foi primeiro casa da moeda, depois foi simultaneamente palácio presidencial e casa da moeda… Até finalmente ser exclusivamente palácio presidencial. A construção do prédio terminou no meio do conjunto de guerras de independência do Chile e dos outros países da região. Nesse prédio, em 1814 foram cunhadas as primeiras moedas do Chile independente. Em 1845 a imensa construção começou a ser utilizada também como sede do governo da República e residência dos presidentes chilenos (antes disso, desde 1817, a sede do governo havia sido o edifício da Real Audiência, na Praça de Armas de Santiago, hoje transformada no Museu Histórico Nacional). A Casa da Moeda funcionou – junto com os escritórios presidenciais – no Palácio de La Moneda até 1924. Isto é, durante quase um século foi simultaneamente palácio presidencial e casa da moeda chilena. Nesse ano a função de cunhar moedas passou para outro edifício. E o Palácio de La Moneda ficou somente como palácio presidencial. Em 1973 o Palácio de La Moneda foi bombardeado pelas forças do general Augusto Pinochet. Os foguetes lançados pelos aviões Hawker Hunter e os canhões do Exército destruíram grande parte do palácio e destruíram obras de arte, além da ata da independência chilena, documento que foi destruído pelas bombas de Pinochet.


O calçadão da Ahumada ,aqui é bem na região da "muvuca".

O calçadão da Ahumada é o centro comercial de Santiago, onde você vai encontrar de tudo, desde casas de câmbio, supermercados, os tradicionais cafés com piernas (garçonetes usam microvestidos) e grandes lojas No domingo ( Paseo a Ahumada) tem uma feira de artesanato que começa lá pelas 11h da manhã e vai até às 20h, lugar para comprar souvenirs e artesanato típico.

Nesse país tão conservador --- exemplo, a lei do divórcio, que só foi aprovada em 2004. Até ai o país era um dos únicos três do mundo a proibir o divórcio legal -- em pleno centro da cidade o famoso café com piernas. São cafeterias no centro da cidade onde apenas mulheres servem e sempre em micro vestidos ( foto) muito curtos, e ficam passando ali se mostrando para os senhores e engravatados que frequentam o local: o piso onde elas ficam é mais alto que o dos clientes, assim as partes avantajadas delas ficam na altura dos olhos dos clientes.

Olides, e que piernas, La Chicas , tienes, una beleza...

Nesse país tão conservador em pleno centro da cidade o famoso café com piernas. São cafeterias no centro da cidade onde apenas mulheres servem e sempre em micro vestidos ( foto) muito curtos, e ficam passando ali se mostrando para os senhores e engravatados que frequentam o local: o piso onde elas ficam é mais alto que o dos clientes, assim as partes avantajadas delas ficam na altura dos olhos dos clientes. Todas elas andam com isqueiros dentro da manga do vestido, prontas a prover fogo aos fumantes. E então os homens ficam nesse ritual de chegar, acender um cigarro, conversar um pouquinho com elas enquanto tomam um café. Algumas poucas mulheres também frequentam o local. Eu, como gosto muito de café, fiquei sabendo da ousadia destas mulheres, e fui verificar de perto a situação.


A foto, eu entrando no café, feita por um colega da Aerolíneas Argentinas, é do Café Caribe, na rua de pedestres mais famosas do centro de Santiago do Chile, o Paseo Ahumada. Do lado dele fica outro do mesmo tipo, o Café Haiti, onde o uniforme das atendentes é um pouco mais comportado (estilo aeromoças, mas com saia mais curta). E nos subterrâneos do centro existem outros mais ousados.
*****
Outro ponto turístico de Santiago é a Estação central de Trem. Na realidade eu queria ficar bem mais tempo, mas o meu trabalho me consumia quase dez horas por dia. Na terça-feira, acabei passando um dia pela cidade, aproveitei o pouco do tempo que tive. Assim mesmo, nestas poucas horas, deu pra ter algumas boas experiências e conhecer a bela Santiago do Chile. A Estação Central de Santiago, um lugar fora de série – muito parecida com a estação do Metrô Plaza de Mayo, de Buenos Aires, Linha A, também identificada como Linha Azul, foi aberta ao público em primeio de dezembro de l913, tornando-se o primeiro sistema metroviário da América latina – há um centro de compras no complexo da estação, onde se pode comprar muitos artesanatos baratos.
Aqui em Santiago, achei interessante, é que no metrô, o preço varia de acordo com o horário. Nos horários de pico é mais caro. E se você passar da estação, não tem como simplesmente descer e pegar o trem no sentido contrário tem que dar a volta, sair pelas catracas e pagar outra passagem. Pelo menos nas estações que passei era assim.

TAM
Para chegar a Santiago do Chile, algumas companhias aéreas têm voos com saídas de diversas cidades, tanto de Buenos Aires, como do Brasil. Um exemplo: De São Paulo, a Tam tem voos par Santiago do Chile diretos. As passagens ida e volta custa, juntas, US$ 482. Informações: www.tam.com.br e (11) 4002-5700

Lan
A Lan, empresa que viajei de Buenos Aires para Santiago, tem igualmente voos de outras capitais do Brasil. Exemplo: De São Paulo para Santiago do Chile, a passagem de ida e volta custa a partir de US$ 639. Já Rio/ Santiago sai por US$ 650. Informações. www.lan.com e 0 300 788 0045

Fiquei sabendo que a Varig, está oferecendo passagens áreas para Santiago do Chile, com tarifas especiais para acompanhante. As partidas de Belo Horizonte (Confins), Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Manaus, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador. O titular da passagem pode levar um acompanhante por apenas US$ 120, em viagem internacional na Classe Econômica, ou US$ 240, na Classe Executiva. As tarifas para aquisição das passagens, tanto na ida quanto na volta, abrangem a rota completa nos trechos. Informações www.varig.com , mas vou ficar devendo telefone. Um forte abraço. Gelson Farias.

Sergio Vargas Ross no Grêmio? SIM

eis a prova de que o serginho realmente jogou no Gremio. achei que era mais um embuste dele, que quando era assessor dos ministros da ditadura, in ventava fatos pra ter cobertura da imprensa. nâo ele jogou mesmo...Sem brincadeira, o serginho é o maior marqueteiro que conheço. dá de rebenque erguido nestess santanas e mendonça que andam ai. mas ele nasceu antes da hora....veio num outro tempo. senão teria ficado milionário. ah, e quase in ventou uma biografia do Brizola. se deixam ele in venta mesmo

 

Prezado Olides
Sobre aquele teu amigo de Brasília, Sergio Vargas Ross: consta na relação de atletas de futebol do Grêmio, tendo jogado de 1952 a 1954.
Como o Olímpico foi inaugurado em 54, realmente deve estar falando a verdade: jogou no estádio Olímpico.
Att.
David Kura Minuzzo

 

SERGINHO, MEU CARO DAVID, NÃO SÓ JOGOU NO OLIMPICO COMO DIZ QUE FOI O SEGUNDO CARA A PISAR NO GRAMADO, OU NAS 4 LINHAS COMO SE DIZIA NO TEMPO DELE...DAVID, O SERGINHO NÃO DEIXA POR MENOS...MODÉSTIA NÃO É PROPRIAMENTE UMA VIRTUDE DELE...COMO É DE BENTO, TCHO, PRA ELE, TUDO FOI O MAIS IMPORTANTE....

 

De gelson

Olides. Boa dica! Se puder, edita aquela matéria que mandei sobre Salvador allende, que voi inscrever no prêmio MJDH. Um forte abraço. Gelson

Atenção o troféu BABA OVO DE SUPERIOR JÁ ESTA GANHO PELO JULIANO TONIAL...


Na manhã do feriado, o que este guri puxou o saco do Cascatinha no Jornal Gente não tá no gibi. Me deu nojo, mudei pra Farroupilha...

*Ah, acreditem aconteceu...lás pelas 7 e pouco da matina do feriado o Mendelski e o Zambica estava criticando ao mesmo tempo- parecia combinado - um cara que foi pego a 172 km por hora no dia anterior...eles leem tudo o mesmo informe..

*Por estas e outras que pulo da prádio da UFRGS...

POR LAURO DIECKMANN!

aquilo virou um mafuá, um muquifo, uma amiga do face comentou que tem até estande da cerveja 'devassa'. aí é brabo.
estes eventos que, agora, são apoiados pela mídia e por grandes empresas acaba virando uma espécie de parque de diverções gratuito para o pobrerio. para eles, feira do livro é a mesma coisa que festa dos navegantes, uma grande quermesse.
para moralizar a feira do livro tinham, primeiro, que só vender literatura, acabar com esse negócio de vende livro técnico e didático. do jeito que está, fica o pessoal que nem o meu filho, chuleando que chegue a feira para comprar livros, no caso dele de direito, com desconto. ora, façam-me o favor!
menos mal que o guri, ultimamente, nem tem ido na feira, porque anda só comprando livro pela internet, que é mais barato que nas lojas.
a feira do livro é para ser um evento CULTURAL, não um evento apenas COMERCIAL, de compra e venda, de pechincha.
a feira do livro tem um vício de origem, foi criada sob a pele de cordeiro de evento cultural, mas o objetivo era mesmo melhorar a grana dos comerciantes do setor às vésperas do natal, já que o grosso do movimento do acontecia em março, com as vendas para o retorno às aulas. daí, passavam o resto do ano na pindaíba. chegava o natal, batia aquele desespero: como comprar os presentes de fim de ano? foi assim que surgiu a idéia da feira.
não foi por outro motivo que criaram o prêmio ari, também no fim do ano, para botar uma grana extra na mão do pessoal.
mas eram outros tempos, hoje, a burguesia está muito bem abonada e até o pobrerio melhorou de vida, com todo o tipo de "bolsa" e quota e isenção e ajuda que existe por aí. portanto, iniciativas como estas da feira do livro e do prêmio ari quase não fazem mais sentido atualmente.

em tempo: tens registrado a situação de decadência da ari, mas, vê bem, tem ela sentido para existir hoje em dia? sua única função,atualmente, tem sido lançar notas de apoio às empresas dos patrões quando elas são ameaçadas por alguma forma de censura. o que mesmo ela teria para fazer? talvez, se não houvesse sindicato ela tivesse alguma utilidade. e, enfim, como pode subsistir uma entidade com o objetivo de associar jornalistas, uma categoria profissional que essencialmente tende à desunião em função das múltiplas vaidades que implodem tudo ou dos preconceitos ideológicos que fazem uns considerarem os outros como inimigos figadais? sem falar que, por nossas plagas, o que mais dá é mesmo desunião, divergência, rixa, esse espírito belicoso dos pampas.
abraço


Do itaqui

a velha arena - hoje no PP - está inconformada com a perda da eleição no Itaqui...na noite de quarta, saíram as ruas vestidos de preto, batendo de casa em casa e acamparam na cidade querendo nova eleição. Mas se perderam no STE o que querem mais...

A arena tem saudades do tempo como 1964 quando ela criou até um campo de concentrção em Itaqui. quem se interessar pelo assunto vide o livro Nuvens de chumbo sobre o Cambui, do dr. Iberê...

 

As vigaristas das ciganas


Elas ficam na Praça Montevideo e ficam pegando quem está emocionalmente enfraquecido. Pegam as mulheres, mas pegam homens também. Na vespera do feriado, a ' clientela' tava alta....

MULHERES BONITAS DE SANTIAGO...

O GELSON ESTÁ ESCREVENDO SOBRE ISTO.CONFESSO QUE NAS VEZES QUE ESTIVE LÁ, FIQUEI EMBABASCADO....FUI NUM SHOW NUM CERRO DESTES DELE, NÃO LEMBRO AGORA O NOME E EU NÃO SABIA SE FICAVA ESCUTANDO O MÚSICO, UM CARA FAMOSO DE LÁ, OU SE OOLHAVA PRAS MULHERES. DE UMA BELEZA ESTONTEANTE. CADA LOIRA DE CAIR O QUEIJO. EU ACHO QUE É A MISTURA DO ALEMÃO - QUE TEM MUITOS LÁ COM INDIO, SEI ....

SÃO BORJA TAMBÉM TEM MULHER BONITA. O POETA CLEMAR DIAS, ENTENDIDO DISTO, DIZ QUE É O ISOLAMENTO QUE PROVOCA A SELEÇÃO E A BELEZA NAS MULHAS...


E UMA DELAS AINDA ME AMEAÇOU COM MALDIÇÃO. OLHA ESTA TUA MÁQUINA NÃO SEI O QUE. MANDEI ELA CATAR COQUINHOS....

A MISTERIOSA MORTE DE SALVADOR ALLENDE NO SILÊNCIO OBSEQUIOSO DOS ANDES
"O legado de Salvador Allende está vivo na memória do povo"

De Santiago do Chile
Gelson Farias

Após 39 anos da morte de presidente do Chile, Salvador Allende se desdobra em mistérios da morte, sobre a qual ainda pairam as sombras da ditadura. O presente Salvador Allende morreu durante o golpe de Estado de Augusto Pinochet, em 23 de setembro de 1973, quando o Palácio La Moneda, foi bombardeado por ordem do general Pinochet. No ano passado, portanto, alguns meses antes da determinação de exumação dos restos mortais do ex-presidente Salvador Allende, durante um programa de entrevistas da televisão, de Santiago do Chile, o médico legista Hugo Rodríguez apontou a possibilidade de o ex-presidente Salvador Allende ter sido assassinado.


Corpo do ex-presidente Salvador Allende.
Rodríguez analisou um relatório de autópsia do corpo de Allende que estava na Promotoria Militar e concluiu, por meio de uma "autópsia histórica” (quando os restos mortais não estão disponíveis para perícia), que o ex-presidente, foi atingido por dois tiros, um de arma de baixo calibre, e outro de um fuzil, ( do mesmo tipo e calibre 762, que tinha recebido de presente de Fidel Castro). Este último teria sido disparado contra a cabeça, provocando a morte de Allende. Com isso, Rodríguez contrapõe-se à versão oficial, que sustentou durante 38 anos que Allende cometeu suicídio para não se entregar com vida aos militares durante o bombardeio ao Palácio de La Moneda, em setembro de 1973.


Salvador Allende no Palácio de La Moneda, durante o golpe militar.

Segundo a versão oficial, foram encontrados dois buracos (de tiros) diferentes, um que costuma ser deixado por uma bala de efeito explosivo, disparado por uma arma de guerra, e outro que é provocado por uma bala de menor velocidade", disse. Ele considerou "perfeitamente possível” que o disparo do fuzil tenha matado o ex-presidente, antes alvejado pela arma de menor calibre. O legista Luis Ravanal já havia chegado à mesma conclusão em 2008, ao comparar a autópsia feita pelos militares, logo após a morte de Allende, e a perícia policial. Agora, segundo Rodríguez, um fragmento ósseo, descrito na autópsia dos militares, é a chave do mistério. Contudo, é provável que tenha se perdido, junto a outros fragmentos importantes, durante a primeira vez em que o corpo de Allende foi exumado, em 1990, quando funcionários transladaram os ossos para outro caixão.


Exumação, e sepultamento dos restos mortais do ex-presidente chileno, Salvador Allende.

A senadora Isabel Allende Bussi, filha do Salvador Allende é determinada em afirmar que existem prova de que seu pai foi morto por ordem de Fidel Castro. E quem executou o serviço foi um cubano que era membro de sua guarda oficial. Segundo Isabel, o general Augusto Pinochet, tinha conhecimento de que Allende seria morto. Ano passado, depois de três meses de trabalho de exumação, os restos mortais do ex-presidente chileno, Salvador Allende, foram enterrados em uma cerimônia privada. Isabel Allende diz que o assassinato de seu pai, lembra o caso do ex-presidente Eduardo Frei Montalva (1964-1970), que faleceu em 1982 na clínica, a Santa María, em Santiago, quando liderava uma incipiente oposição ao regime. Oficialmente, sua morte foi atribuída a uma septicemia, mas, desde 2009, a justiça investiga se na realidade houve um homicídio por envenenamento.

Durante uma entrevista para uma televisão chilena, Isabel Allende Bussi conta que todo o corpo de guarda-costas de Allende era constituído de cubanos experimentados. Os principais eram os gêmeos Patricio e Tony de La Guardia. Com a derrubada e morte de Allende, esses cubanos retornaram a Cuba e foram tratados como heróis por Fidel. Até hoje, Isabel Allende não compreende como os dois cubanos da guarda oficial de seu pai tinham saído com vida do Palácio de La Moneda. Na entrevista, a senadora conta que um amigo de seu pai de infância, manda sob a responsabilidade dele, dois investigadores para Cuba. Semanas depois, os investigadores acabam descobrindo, que Patrício, num encontro no bar do hotel Habana Libre, já alto, conta que, por ordem de Fidel, ele executara Allende. Após matar Allende, os cubanos conseguem abandonar o palácio antes do assalto final de Pinochet. Aliás, Pinochet só chefiou o exército chileno por indicação de Fidel, que o julgava com tendências comunistas.


"O passado ainda dói", diz filha de Allende, Isabel Allende Bussi.

Isabel Allende Bussi, diz que o passado não está superado no país, como sustenta a direita. Ela contesta a visão segundo a qual o país deve esquecer as feridas da ditadura. Como podemos esquecer se pode tudo que aconteceu com nosso país... Será que de fato, podemos dizer olhando nos olhos de parentes de desaparecidos que ainda não sabem onde estão seus entes queridos. Claro que não! O passado é indispensável. Os povos não têm futuro se não são conseguem olhas para o seu passado. Ela pretende levar adiante os ideais do pai.
“Em qualquer lugar do planeta onde há injustiça social é importante o pensamento de Allende. A razão de sua vida foi lutar pelos que tinham menos.” Disse ela.

O Caso do Jornal JÁ, agora em livro

“Uma Reportagem, Duas Sentenças – O Caso do Jornal JÁ” é o título do livro que o jornalista Elmar Bones autografa dia 7 de novembro, às 19 horas, na 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.
O livro é a versão resumida de um relatório enviado ao Article 19, organização internacional que se dedica à proteção e promoção da liberdade de expressão e informações. Eles viram o caso do JÁ na internet e se interessaram – parece um caso exemplar de censura. O recurso a uma corte internacional é a última possibilidade que resta à empresa que edita o Jornal JÁ para reparar um dano que se torna irreversível, o estrangulamento da JÁ Editores - uma experiência jornalística de 25 anos.
Este estrangulamento decorre de dois processos por causa de uma reportagem publicada em 2001. Um processo penal acusou Bones dos crimes de calúnia, injúria e difamação. Foi absolvido, até elogiado pelo promotor e pela juíza. Uma ação civil, pela extinta Lei de Imprensa, que chegou a ser arquivada, acabou por condenar a empresa JÁ Editores por dano moral, por ter publicado... a mesma reportagem!
A reportagem tratava da maior fraude já ocorrida no Rio Grande do Sul envolvendo uma empresa pública, a CEEE.. O livro reproduz a reportagem, relata os processos judiciais, descreve resumidamente a trajetória do jornal, exibe os documentos que serviram de fonte ao trabalho e registra a indignação de Elmar Bones com este caso, que ganhou repercussão nacional três anos atrás, quando a empresa sofreu intervenção judicial.
“(...) um Tribunal de Justiça resgatar uma ação que já está arquivada para punir um pequeno jornal porque ele cumpriu o seu papel de não deixar cair no esquecimento fatos de interesse público... Isso um jornalista não pode aceitar calado”, escreve Bones..
O jornalista dedica o livro aos colegas que perguntam “O que aconteceu com o JÁ?”. “Não dá pra explicar num encontro fortuito. O que ‘está’ acontecendo com o JÁ é algo inacreditável,não comporta simplificações. Por isso escrevi o livro”.

Serviço:
Uma Reportagem, Duas Sentenças – O Caso do Jornal JÁ
Autor: Elmar Bones
Editora: JÁ Editores
144 páginas, 2012

Lançamento dia 7 de novembro, às 19 horas, na Praça de Autógrafos da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre.
O livro só chegará na Feira no dia do lançamento..

EXCLUSIVO

DE PAI PARA FILHO


PEDRO SIMON VAI CONCORRER E QUER COLOCAR O FILHO DE SUPLENTE


Aos 82 anos - completados em 31.01.2012, o senador Pedro Jorge Simon, quer deixar um grande presente pro seu filho mais velho, Tiago...a vaga no senado da República. Tudo indica que o senador vai concorrer em 2014 novamente e estaria trabalhando para colocar o filho de suplente.

É oq euse comenta nas hostes peemedebistas. Claro que ninguém vai vir a público dizer uma coisa destas.

Na quarta,dia 31/01, o jornalista João Carlos Terlera conseguiu bater um pequeno papo com o senador que saía da Assembléia Legislativa, lá pelas 7 da noite.

Mas às perguntas de Terlera, Simon apenas maneava a cabeça, enigmaticamente.

CERRO SANTA LUCIA: VIAGEM HISTÓRICA PELO MIRANTE DOS ANDES
O Cerro de Santa Lucia possui 69 metros sobre a cidade e 629 metros ao nível do mar. Tem uma área de 65.300 metros quadrados. Sua entrada principal ao sul fica na Avenida Libertador Bernardo O'Higgins. No topo do morro há uma bela vista do centro da cidade de Santiago.

De Santiago, Chile
Gelson Farias

O Cerro Santa Lucia situa no coração de Santiago de Chile. Seu nome atual vem desde o dia em que Pedro de Valdivia tomou posse do monte, em 13 de dezembro de 1540, um dia que lembra a Santa Lúcia de Siracusa. Até 1870 as melhorias foram construídas sobre o turismo de montanha, fontes de água e um edifício chamado Castle Hill. Situado na região central de Santiago, é o lugar ideal para quem quer visitar um parque com arquitetura diferente, fazer exercício subindo 70 metros de escadas e rampas e - como recompensa pelo esforço- ter uma visão panorâmica de 360 graus da capital do Chile com a cadeia de montanhas dos Andes ao fundo.


Cerro Santa Lucia e a Fonte de Netuno - subindo escadas e caminhos entre árvores, lá em cima, uma excelente vista panorâmica de Santiago.

Localizado no bairro Lastarria, na região central da cidade, o pequeno morro andou mal-freqüentado nos últimos anos, teve problemas de segurança, mas se recuperou e voltou a ser um ponto querido de santiaguinos e turistas. Em 1983, ele foi declarado monumento histórico nacional. A cidade de Santiago foi fundada aos pés do Santa Lucía, em um acampamento indígena mapuche às margens do rio Mapocho, em 13 de dezembro de 1541, pelo conquistador espanhol Pedro de Valdivia. Ele foi batizado em homenagem a Santa Lucía de Siracusa. Antes, chamava-se Huelén, que significa "dor, sofrimento" na língua dos índios.



Olides. Eu, neste quiosque, na entrada do Cerro, comprando água mineral, com gás da marca Puychiquye, e ainda peguei bastante no copo grande de papel.

O cerro era, no início, um mirante e ponto de reconhecimento da cidade para os conquistadores. No início do século 19, transformou-se em uma fortaleza das tropas leais ao rei de Espanha. Sua configuração atual, como parque público, com bosques, parques, monumentos, mirantes e jardins, foi criada pelo intendente Benjamín Vicuña MacKenna nos anos 1870, como parte de um projeto urbanístico para a cidade, semelhante ao aplicado pelo barão de Haussmann em Paris ou por Pereira Passos no Rio de Janeiro. Os projetos urbanísticos da época previam a demolição de cortiços, a abertura de amplas avenidas e a criação de parques públicos - como o Santa Lucía. Tudo para preparar as capitais para a então anunciada modernidade. A capela (que infelizmente fica fechada), os prédios e os caminhos foram construídos naquela época é muitas vezes comparado às construções do arquiteto catalão António Gaudí. Hoje, para visitar o parque de 65.300 m², é necessário apresentar um documento de identidade na entrada, por questão de segurança. Há dois caminhos principais para subir, um mais íngreme, outro mais suave. Ao longo da subida, vários monumentos, praças, bosques e vistas merecem atenção.

Visão privilegiada da cidade de Santiago do mirante do Cerro Santa Lucia.

Enfim, quem consegue chegar ao mirante tem uma visão privilegiada da cidade. Com um pouco de sorte, a vista não será nublada pela poluição. Com um pouco mais de sorte, o cume das montanhas dos Andes vai estar coberto de gelo. Mas, em todo caso, o caminho até lá já vai ter valido a pena.

Arquivo do Blog

2007
             Set  Out
2008
2009
2010
2011
2012
Out    
                         
                         
                         
                         



Espaço dos Leitores

 


Olides Canton - Jornalista e Escritor

Nascido em 16 de Janeiro de 1952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pela FABICO/UFRGS em 1982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Possui 9 livros publicados. Ganhou quatro prêmios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
© "de Olhos e Ouvidos"  -  Todos os direitos reservados
Os textos e imagens publicados neste site são de inteira responsabilidade de Olides Canton.

charge do HOF


 
 



EDIÇÕES DO FITNESS

Edição 156
Edição 155
Edição 154
Edição 153
Edição 152
Edição 151
Edição 150
Edição 149
Edição148
Edição 147
Edição146
Edição145
Edição144
Edição143
Edição 142

Edição 141
Edição 140
Edição 139
Edição 138
Edição 137
Edição136
Edição135
Edição134
Edição 133
Edição132
Edição 131
Edição 130
Edição129
Edição128
Edição127
Edição 126
Edição125
Edição 124

Edição 123
Edição 122
Edição 121
Edição 120
Edição 119
Edição 118
Edição 117
Edição 116
Edição 115
Edição 114
Edição 113
Edição 112
Edição 111
Edição 110
Edição 109
Edição 108
Edição 107
Edição 106
Edição 105
Edição 104
Edição 103
Edição 102
Edição 101
Edição 100
Edição 99



ANUNCIE NO SITE!

Entre em contato conosco


Edições Anteriores do Blog



LINKS QUE RECOMENDAMOS



Aceg
Agência Edison Castêncio
Assembéia Legislativa
RS

BlogdoPlanalto
Cloaca News
Comuniquese
Correio Do Povo
Claudio Humberto
Diário da Fronteira

DAiário Popular
Ecoagencia.com.br
Enfato
Folha de São Borja
Governo do Estado do RS
Informativo
RedeCidade
RSUrgente
RenePT
KaduNew
Jornal A Hora
Jornal do Comércio
Jornal do Mercado
Jornal O Sul
Jornal Panorama Regional
José Luiz Prévidi

Laura Peixoto
Lauro Dieckmann
Políbio Braga
Política para Políticos
Prefeitura de P.Alegre
Prefeitura Serafina
Correa

Ricardo Noblat
Rogério Mendelski
Rosane Oliveira
Sindicato dos Jornalistas
SUL21
Tijolaço
Transparência na copa
TijoladasDoMosquito

Via Política
VidaSustentável
Vide Versus
Zero Hora

REPORTAGENS
ESPECIAIS


Veja em "Memória"