Estradas, ônibus, restaurantes e histórias familiares, são parte da literatura do autor Noticias e comentários sobre política, Gafes, episódios e causos dos que fazem a notícia
 


ARQUIVO: EDIÇÃO DE SETEMBRO DE 2007

O Livro

"Pauta – O avesso das redações", que contém episódios, gafes e depoimentos sobre jornalistas gauchos, terá sessão de autógrafos na 53ª Feira do Livro de Porto Alegre, no dia 03 de Novembro às 20:30 – Local: Palco dos Autógrafos. O autor, Olides Canton, convida os interessados porque muitos deles estão citados no livro.
Veja abaixo um dos inúmeros artigos:

Caco Barcelos

O repórter Caco Barcelos - hoje na Globo - quando estava em começo de carreira na Folha da Manhã da Cia Jornalística Caldas Junior. No início dos anos 70 (não sei precisar se foi em 71,72 ou 73). Ele foi designado pra fazer o perfil do colega Archimedes Fortini que trabalhara cerca de 60 anos  no Correio do Povo e que se aposentara. Acompanhado do fotógrafo Olívio Lamas (falecido dias atrás em Garopaba), Caco esteve na Rua 24 de Outubro onde residia Fortini. Ao subir pro seu apartamento, Fortini indignou-se com a barba e o cabelo comprido do repórter:
" - Pra comunista eu não dou entrevista,disse irritado."
E acrescentou, ameaçando Caco:
" - Comunista eu jogo pela janela."
Fortini morava num andar bem elevado. É bom lembrar as atuais gerações que no começo dos anos 70, em plena era Médici, qualquer barbudo ou cabeludo era visto como " subversivo" isto é , inimigo do regime militar. Nesta foto, do arquivo pessoal de Celso Velusa, Caco aparece como era na época, acompanhado da namorada Goretti Pio dos Santos, de Viviana Araujo na Fazenda do Carapuça, em Taquari.
Contatos com o autor

Bombardeio de mídia
O lançamento do livro Transasom- no dia 4/10 ( nome de um programa de rock que Pedrinho Sirotsky teve na Itapema FM, na Atlântida e na TV Gaúcha )  editado pela LPM Editores e escrito pelo repórter Marcelo Ferla teve um verdadeiro " bombardeio" de mídia: De manhã foi divulgado pelo Macedão, na Gaúcha, no horário cedo, ao meio-dia pelo Jornal do Almoço, na RBSTV, depois no Cafezinho na rádio da Atlantida e de tarde por Ruy C. Ostermann, no programa das l6 horas na rádio Gaúcha. Se depender de mídia já está eleito o best seller da próxima feira do livro de Porto Alegre. Não há quem concorra com ele, nem “O Segredo” ...  


"El Che"
A morte do comandante Ernesto CHE Guevara ocorrida em  8 de outubro de 1967 na selva boliviana terá comemorações dos 40 anos na segunda-feira, dia 8,  às 18 h 30 min no teatro Dante Barrone, da Assembléia Legislativa do Estado.Vão se apresentar vários cantores entre eles Nei Lisboa e Raul Ellwanger. Entrada Franca. No dia 10 de outubro, a data da morte de Che Guevara será comemorada no Julinho, (Col. Est. Júlio de Castilhos) no auditório  Luiz Tejera (nome do irmão de Nei Lisboa desaparecido durante a ditadura militar) com uma esquete teatral do Grupo de Teatro Caixa de Pandorra e no dia 11 no plenarinho da Assembléia Legislativa haverá um debate com Sérgio Martinez, Conselheiro da Embaixada de Cuba no Brasil.


" El Che" I
No começo dos anos 70, da década passada, ninguém se afrontava ir às ruas com uma foto do Ernesto CHE Guevara. Mas o ex-vereador Pedro Ruas foi assistir em novembro de 1971 à peça Hair, no Teatro Leopoldina (hoje da Ospa) com uma gravura do Che na camiseta. Publicamente, lembro que havia apenas num local uma foto do guerrilheiro morto: no auditório do Centro Acadêmico da Faculdade de Arquitetura da UFRGS, onde, além de um pôster do Che na parede, havia colchões pelo chão pros alunos deitarem e fazerem rodas de som. 


"Cala a boca... bêbado... filho da p..."
Esta historinha política quem conta é o colega Serginho Araujo e vem a calhar com a notícia(4.10) da morte do ex-prefeito de S. Borja e ex-deputado estadual, Jucão Alvarez. Ele era muito popular na cidade e por isto todo candidato do Partido Progressista lhe pedia ajuda quando precisava ir fazer comício na cidade. Jucão tinha prometido levar água para uma vila da cidade quando prefeito e não o havia feito...


"Cala a boca...bêbado... filho da p..." I
Em 2002, o candidato a governador do Estado pelo PP, Celso Bernardi foi a São Borja e o comício era justamente nesta vila onde a água não fora levada pelo Jucão Alvarez. Armou-se o cenário do comício de Bernardi. Uma rua sem saída nesta vila ( que o Serginho não lembrou do nome) e nos fundos um enorme taquaral.Um caminhão foi improvisado como palanque com a frente voltada pra rua onde estava o povo. Na frente do caminhão vários “bebuns” tomavam “canha” só que cada político que passava pro caminhão tinha que passar na frente deles. E um bêbado não parava de gritar, e a água??? e a água??? lembrando a promessa não cumprida de Jucão.


"Cala a boca...bêbado  filho da p...II
Jucão Alvarez discursava e o bêbado importunando e repetia alto: “cadê a água, cadê a água”... Até que chegou a vez da mulher do prefeito, Marli, presidente da Ação da Mulher Progressista de São Borja falar. Aí Jucão não se conteve: pegou o microfone e diante do bêbado inoportuno  revidou: bêbado filho  da p... porque tu quer água se tu só bebe cachaça??? Respeita os visitantes, o aconselhou Jucão.Dito isto fez-se um silêncio sepulcral sobre o comício...ninguém mais importunou ninguém. Enquanto isto Serginho Araujo e Celso Bernardi estavam cuidando pra onde fugir por meio do taquaral se aqueles bêbados fossem pra cima do palanque...


Repaginado
O site do Sindicato dos Jornalistas-RS está sendo todo repaginado. E nos próximos dias estará mais " leve".


"Dor de cabeça" na Associação Riograndense de Imprensa
Uma ação trabalhista  movida e ganha contra um ex-parceiro provoca fortes dores de cabeça na diretoria da Asssociação Riograndense de Imprensa (ARI) porque pode ricochetear na entidade...







Agilidade

Às 23 horas  do dia 04 a notícia da morte do ex-prefeito de São Borja, Juca Alvarez já estava publicada neste espaço.


Federasul
Recebo da colega e assessora de imprensa da entidade: 
“Amigo, tem duas imprecisões no texto do blog hoje que fala sobre a Federasul. Aod Cunha é da Fazenda e não do planajemento que é do Ariosto Culau. Deixastes de fora, embora tenha informado que eram quatro secretários, o secretário Daniel Andrade, de Infra-Estrutura. Também está errado a informação de que o Aod veio pedir apoio, quando na verdade, estava apresentando o pacote aos empresários, explicando as medidas que foram adotadas, aproveitando a reunião de diretoria, tal qual havia feito na véspera, na Fiergs. E não houve qualquer comemoração sobre o prestígio da entidade que sempre recebe as autoridades com o mesmo tom. Um abraço." Neusa Galli Froes.


Morreu 'Jucão' Alvarez que na terra do trabalhismo dava de relho neles
Foi enterrado ontem às 17h30min na localidade de Nhuporã, 30 km de São Borja, o corpo do ex-prefeito municipal daquele município  José Pereira Alvarez que o povo chamava de  " Juca", ou "Jucão". Ele  foi prefeito nomeado   em São Borja no tempo da ditadura e com isto fez enorme popularidade. Depois foi interventor da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e conseguiu levar luz elétrica para o interior do município. Juca Alvarez elegeu-se duas vezes prefeito em São Borja sempre concorrendo pelo Partido Progressista. Em 2004, Juca Alvarez perdeu pela primeira vez uma eleição a prefeito em São Borja para o atual prefeito Mariovanes Weis (PDT) que se coligou com  o Partido dos Trabalhadores (PT) para poder vencer a eleição e assim mesmo só conseguiu "virar" a eleição no último dia de campanha. Weis, filho do ex-prefeito de São Borja, Mario Weis, ganhou por uma diferença exígua de 321 votos. Juca Alvarez também foi deputado estadual.


Morreu Juca Alvarez, ex-prefeito de São Borja
Conforme o advogado Flário Loureiro, Juca Alvarez, morreu ontem às 6h30 min no Hospital Ivan Goulart, em São Borja.Ele vinha com o estado de saúde debilitado e estava com 74 anos.


Recado do Heberle (turma da Fabico)
“Caro Olides, a foto da turma da Fabico foi feita no dia 2 de fevereiro, meu aniversário, em Oruro, Bolívia, mas o ano é 1972. Abraço, Clóvis Heberle.”

Gritos na Federasul
Ao meio dia do dia 03/10, enquanto os repórteres faziam a coletiva com o vice-presidente de Logística do Wall Mart, José Paulo Pereira, ouviam-se do lado de fora da sala gritos e protestos. Teve gente que pensou que fosse um grupo que tinha adentrado a entidade e tivesse aproveitado para algum protesto específico.

Gritos na Federasul I

O presidente da Federasul, José Paulo Dornelles Cairoli recebeu dia 03/10 o secretário da Fazenda Aod Cunha que foi lhe pedir apoio ao pacote da governadora Yeda. Foto: Presidente da Federasul, José Paulo Dornelles Cairoli (E), o chefe da Casa Civil, Luiz Fernando Zacchia (C) , e o secretário da Fazenda, Aod Cunha de Moraes Júnior (D).
Crédito: Valmoci Vasconcelos/Federasul

Estes mesmos repórteres ficaram sabendo em seguida que era a colega Denise Nunes, colunista do Correio do Povo, entrevistando o secretário da Fazenda Aod Cunha, que fora visitar o presidente da Federasul, José Paulo Dornelles Cairoli e pedir-lhe o apoio ao " pacote de gestão " que a governadora Yeda Crusius enviará a Assembléia Legislativa nos próximos dias.


Briguinha' por prestígio
Na Federasul, dia 03/10, alguns assessores comemoraram discretamente o prestígio em alta da entidade. É que no dia anterior, apenas o Chefe da Casa Civil, Luis Fernando Záchia e o secretário da Fazenda Aod Cunha tinha estado na Fiergs pedindo apoio ao pacote da governador. E na Federasul a " tropa de choque" da governadora era composta pelos dois secretários que foram a Fiergs mais o secretário do Planejamento,Ariosto Culao, e o de Logística, Daniel Andrade.

Wall Mart

O vice-presidente responsável pela região Sul do supermercado Wall Mart, Marcos Samaha, negou dia 03/10 que a empresa tenha diminuído o numero de funcionários nos caixas na loja da Pracinha da Encol. Ali segundo ela foram investidos 7 milhões de reaisem várias melhorias. Na última terça-feira, por volta de 9 horas da manhã, devido a escassez de funcionários nos caixas um consumidor deu um "discurso" em plena loja.


Sem barraca

A Associação Riograndense de Imprensa(ARI) poderá não ter sua tradicional barraca na próxima feira do Livro de Porto Alegre. Tudo porque falta grana na vetusta entidade.


Com  barraca

Já a Jaeditores nesta próxima feira do livro de Porto Alegre colocará à venda apenas os 30 títulos que ela editou até agora. Os demais livros de jornalistas que nos outros anos eram colocados à venda na sua barraca ficarão de fora. A Jaeditores já tem barraca na feira do Livro de Porto Alegre há cinco anos.


"Esperteza" getuliana I

Há várias versões, mas dizem que o ministro da Fazenda, Osvaldo Aranha, foi se queixar ao presidente Getúlio Vargas de que o ministro da Justiça o havia mandado à merda por escrito. Getúlio, surpreso perguntou a Osvaldo:- E tu fostes?

A "esperteza" Getuliana


Getúlio Vargas em 03.01.1951 já reeleito presidente da República caminha na Estância " Pica-Pau" de Julico Santiago, que em 1938 lhe defendeu a vida durante ataque dos integralistas ao palácio presidencial. Na foto estão ainda Daltro Flain, Ari Dias, Maria Teresa Schenini Cademartori, Capitão Lopes, Julico Santiago, Norberto Belmonte, um irmão de Daltro Flain, Patrício Cademartori, e Francisco Sanchotene. Arquivo Pessoal de Artur Paulo Zanella.

Quem conta é Sereno Chaise que em 31 de março do ano que vem completa 80 anos e quase 60 de vida pública. Sucedeu que o presidente do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) - fechado em 1964 - José Vechio foi à Fazenda Santos Reis, em São Borja, onde Getúlio Vargas estava no seu autoexílio. Vechio foi queixar-se de  Dinarte Dornelles, vice-presidente do PTB, um dos chefes da Caixa Federal e parente do ex-presidente. Como a casa em Santos Reis era pequena, Getúlio gostava de caminhar pelo campo. Caminhou horas sempre ouvindo as queixas de Vechio. Até que a uma certa altura, parou, ele que era um homem de baixa estatura colocou a mão no ombro do Vechio, um homenzarrão e lascou: - Vechio, faz como eu... não te mete em política.

Para mais detalhes sobre o ataque dos integralistas ao Palácio Presidencial em 1938, adquiria o Livro, "Getúlio Vargas, depoimentos de Um Filho", solicitando através do email:
contato@deolhoseouvidos.com.br


Flávio Alcaraz I
A pelo menos um interlocutor, o ex-diretor da Empresa Jornalistica Caldas Junior, o arquiteto Carlos Ribeiro confessou sua " decepção" com o fato do comunicador Flávio Alacraz Gomes ter entrado na Justiça Trabalhista requerendo vínculo empregatício de 1998 para cá.


Flávio Alcaraz II
O ex-diretor da Empresa Jornalística Caldas Junior, Carlos Ribeiro será testemunha na Justiça do Trabalho em favor da Rede Record no processo que o comunicador Flávio Alcaraz Gomes move solicitando vínculo empregatício.


Flávio Alcaraz III
O comunicador Flávio Alcaraz Gomes teria solicitado Um milhão de reais na causa trabalhista que move contra a Rede Universal.


Porto Alegre não tem Terminal Turistico 
Palavras de Wilson Muller, Presidente da Câmara de Turismo do RS: “ Com todo sistema de transporte de turistas, em Porto Alegre, em expressiva estatística, nossa capital de tantas glórias e destaques, não dispõe de terminal turístico para embarque e desembarque. Os  pontos principais nessa operação são o teatro São Pedro e o largo fronteiro ao shopping Praia de Belas. Tudo em horários diversos, especialmente, com saídas 8 horas da manhã e chegadas após a meia noite. Isso gera ampla possibilidade de assaltos. Inexiste policiamento. O gasômetro seria um dos pontos mais amplo e com facilidade de operação policial. A câmara de turismo solicitou, mais de uma vez, às autoridades competentes uma solução. Repetidamente estamos reivindicando. Vamos continuar esperando.”

O amor é lindo...
Dizem os antenados de plantão que o coração de uma deputada federal, muito falada ultimamente, bateria nos últimos tempos  por outro político, com menor evidência e com forte base eleitoral numa cidade da região metropolitana de Porto Alegre.


Jango
Pesquisa da Rádio Guaíba feita no dia 27 mostrou que será difícil pra família de Jango levar os restos mortais do ex-presidente pra Brasília. Segundo Ataídes Miranda, chefe do jornalismo da emissora, 89% dos pesquisados  são CONTRA e apenas 11% A FAVOR!


Jango I
Este site foi o primeiro a noticiar a intenção da família de Jango
de levar seus restos mortais pra Brasília.

Faz cerca de um mês a notícia foi postada com o título de " Restos mortais de Jango poderão deixar São Borja". Em dezembro de 2006 o autor desta nota esteve pra Feira do Livro de São Borja e o chefe de gabinete do prefeito, Edson, foi quem lhe passou os dados, regando-os ainda com detalhes. Disse ele que uma equipe da TV Senado estivera antes no município fazendo filmagens para serem colocadas no futuro memorial que será construído com projeto de Oscar Niemeyer em Brasíla. E que os cinegrafistas queriam porque queriam filmar São Borja do alto da torre da BrasilTelecom mas que ele não obteve autorização nem com a chefia da empresa em Uruguaiana. Os cinegrafistas fizeram os filmes do chão mesmo. Filmaram ainda o Bijuja,- Deoclécio de Barros Motta -  antigo companheiro de Jango, que morreu este ano.Depois foram para o Uruguai e para a Argentina filmar os locais onde Jango viveu no seu exílio. Acompanhando os cinegrafistas e repórteres estava João Vicente, filho de Jango.


Xixi na Federasul
O consultor Antônio Sartori presidia a mesa da Federasul na quarta-feira, dia 26, quando o palestrante, um pesquisador da Embrapa, havia terminado seu pronunciamento. A platéia que já havia comido, começou a falar alto. Era hora do pesquisador responder às perguntas e começou um zum-zum tremendo. Sartori deu um xixi na platéia que calou-se. E aí ele fez a pergunta final e fatal ao pesquisar que não soube responder. Sartori contou que o palestrante se queixou de falta de verbas mas que ele Sartori, havia sido convidado pela Embrapa de Belém do Pará pra ir lá fazer uma conferência. E que no aeroporto foi recebido pelo funcionário numa camionete alemã pra ser levado ao hotel. No outro foram buscá-lo no hotel numa camionte japonesa. Ele quis saber do funcionário como isto era possível. Ele disse:" eles nos mandam as camionetes e depois vem seus pesquisadores para cá".


Pedágios I
Rogério Mendelski deu um pau,dia 28, no Bom Dia, na rádio Guaíba" em funcionários de uma empresa de comunicação"(não a citou) que segundo ele estavam na ARI fazendo lobby pra que o deputado presidente da CPI dos Pedágios,Wilmar Sossella(PDT)fosse escolhido como o deputado destaque do prêmio Springer." Este deputado tem apenas 7 meses de atuação. Onde já se viu" bradava na madrugada o comunicador pela potente Guaíba.


Pedágios II
Esta história da CPI dos Pedágios é briga de "cachorro grande" como se diz na gíria. Se algum guaipeca se meter, vai sobrar pra ele.

Pedágios III
Nos bastidores, entende-se que "pegou mal" pra Agergs a gravação das fitas do conselheiro Guilherme Villela com a diretora de qualidade Denise Zaions.

Pedágio IV
A diretora Denise Zaions  é concursada da Agergs e tirou o primeiro lugar quando entrou para lá. 

Quem  é o pai?
Afinal, quem é o pai da criança? Beatriz Fagundes diz que foi ela quem primeiro noticiou no O Sul do dia 27 a saída do prefeito  Fogaça do PPS. E Adão Oliveira, garganteava na Band, no Jornal Gente, do dia 28, que fora ele que no dia anterior noticiaria primeiro o fato. E ainda se fazia de modesto: " os méritos são da Band etc e tal..."

Deu rebu na sessão do David Coimbra
Um grupo de vegetarianos foi na Livraria Cultura na noite do dia 26 pra protestar contra o escritor David Coimbra que havia falado mal deles. O gerente de eventos da livraria ameaçou expulsá-los, mas a presença da imprensa impediu este ato. Os ofendidos estavam brabos porque ele fizera em suas crônicas ironias sobre quem se alimenta só de vegetais e não come carne animal.


Restos do Jango I
Há um mês que os leitores deste espaço sabem que o filho do ex-presidente João Goulart, João Vicente, está mexendo os pauzinhos pra levar os restos mortais do pai para o futuro memorial que será construído em sua homenagem em Brasília.


Restos do Jango II
O advogado Flávio R. Dias Loureiro, de São Borja, manda dizer que  haverá um movimento para obstaculizar a saída dos restos de Jango do município. A população acha que eles devem ficar onde estão,ou seja, no Cemitério Jardim da Paz.


Restos do Jango III
O advogado Flávio R. Dias Loureiro, que é do PP, diz que houve uma outra tentativa de levar os restos de outro presidente de São Borja. Foi do ex-presidente Getúlio Dornelles Vargas. Queriam levá-los pro Rio de Janeiro. Mas o município se mexeu, usaram até o filho de Getúlio, Maneco, que era vivo -portanto foi antes de 15 de janeiro de 1997- e o corpo acabou ficando em S. Borja, embora indo prum mausoléu construído na Praça XV de Novembro.


Restos do Jango IV
Vai ser difícil a família de Jango levar os restos do ex-presidente. Há um sentimento em S. Borja de que eles devem ficar onde estão.


Guaíba com “programete” sobre Espaço Jurídico
Comandado pelo repórter Gerson Anzolin, a rádio Guaíba está com um programete sobre o Poder Judiciário. Vai ao ar dentro do Agora,todos os dias as 10h13  e nos sábados 'as 11h15 . O programa,segundo Anzolin, pretende ser uma prestação de serviço. Pega assuntos da atualidade, como o agora extradição, por causa de Salvatore Cacciola.


Feira do Livro IV
Antônio Suliani abriu uma editora porque a Est do Frei Rovílio Costa está desacelerando seu trabalho. Ficará apenas com algumas pesquisas específicas.


  Antônio Carlos Hohlfeldt
Patrono da 53a. Feira do Livro
Foto: Luis Ventura-CRL2007
Feira do Livro III
Alcy Cheuiche aproveitou muito bem seus derradeiros  minutos de espaço da mídia.Lembrou até do ex-deputado Rui Ramos , do "Alegrete". Já o presidente da Câmara Riograndense do Livro, Waldir da Silveira, disse que o frei Rovílio Costa estava louco para falar mas que ele não lhe daria o microfone.

Feira do Livro II

Numa grande mesa central do Margs ficaram os ex-patronos como Ruy C. Ostermann, Frei Rovílio Costa, Donaldo Schuller, Valter Galvani. Luiz Coronel, um dos patronáveis deste ano, comentava alto: "mas como é bom este Mia Couto" referindo-se ao escritor moçambino que ganhou a Jornada de Literatura de Passo Fundo. E Armindo Trevisan, também um ex-patrono, elogiava os croissantes do café da manhã dizendo que uma feita, no interior da França, comeu uns croissantes inesquecíveis.

Feira do Livro I
O escritor e professor Antônio Carlos Hohlfeldt foi anunciado na manhã do dia 25 de setembro por Alcy Cheuiche, como o patrono da 53a. Feira do Livro de Porto Alegre, durante café da manhã no Margs. Alguns dos candidatos como Charles Kiefer (estava dando aula), Juremir Machado da Silva, Luis Augusto Fischer não estiveram no ato. Hohlfeldt, que foi vice-governador, é professor da PUC e tem uma coluna semanal sobre teatro no Jornal do Comércio.

Niver do Sindi III
Foram 22 os homenageados do sindicato dos jornalistas que fez 65 anos dia 23 de setembro. Todos eles com mais de 65 anos. E também foram homenageados os ex-presidentes.João Borges de Souza, ex-presidente não foi porque tinha familiar adoentado.

O niver do " sindi" II
Claro que ocorreram gafes. Glei Soares e Cristina Mazzei - do programa Diversidade da TV Cristal - chegaram pra festa e o distraído do Glei entrou na festa errada. Foi quando a Cristina desconfiou porque não havia ninguém conhecido e todas as mulheres estavam de longo. Aí o Glei achou a festa " certa". A RBS tinha uma mesa onde estavam o advogado Ary dos Santos (um canal entre a empresa e o Sindicato dos Jornalistas e Radialistas), Lauro Quadros,Tânia Carvalho, entre outros. Do outro lado havia a "turma" digamos assim, do Grupo Universal, e do Correio do Povo e as mais agitadas eram a Jurema Josefa e a Denise Nunes que aplaudiram muito o "troféu" que a Ema Belmonte ganhou do sindicato.


O niver do "sindi" I


          Fotos de Luiz Abreu - Cortesia Sindicato dos Jornalistas do RS

O Sindicato dos Jornalistas-RS comemorou dia 23 de setembro, 65 anos. Os " jurássicos" estavam quase todos lá. E deixou a colega Márcia Camarano impressionada: "pensei que os veinhos depois de ganharem seus troféus fossem embora. Mas ficaram todos dançando" surpreendeu-se ela. Sem grandes pretensões anoteis alguns itens (positivos) e outros(negativos) da festa (no Caixeiros Viajantes). Como "in" cito a grande participação da "catiguria" (mesmo com ingresso ,caro, de 15,00 pilas) a "discrição" da Deputada federal do PSOL, Luciana Genro - que foi acompanhar o marido, Sérgio Bueno (estão juntos há 13 anos), a " presença" que o cantor Nelson Coelho de Castro fez no palco, e a lembrança que Pilla Vares, Lucídio Castelo Branco e Lauro Hagemann fizeram de João Baptista Aveline, e o " bom "Versão" distribuído no jantar-baile. Como "out" citaria: O som, horrível. Quem estava nos fundos e queria ouvir quem falava não foi possível, o CD que chegou as 13 horas de sábado, mas veio trocado,a ausência de nomes como João Souza e Celito de Grandi e a ausência de gente de "O Sul".


Assédio do PCdoB
Alguns correligionários de outros partidos estão recebendo convites de gente do PCdoB pra concorrer a vereador porque o partido terá 54 candidatos nas eleições municipais do ano que vem. E pelo que dizem estas fontes, a deputada federal Manuel D'Avila será mesmo cabeça de chapa do PCdoB a prefeitura de Porto Alegre com chances do deputado estadual Raul Carrion ser o vice na chapa.


Bang-bang na rodoviária de Porto Alegre
Sábado último, dia 22 de setembro, houve um assalto na loja 14 da rodoviária de Porto Alegre. Levaram hum mil reais. Mas chegou um policial e aí os funcionários que estavam sendo roubados gritaram " assalto". As balas correram por todos os lados. Uma funcionária do trailer Agápio, distante 50 metros, achou que eram foguetes dos gremistas que haviam ganho do Santos, naquela tarde. E funcionários e clientes da lancheria se atiraram todos ao chão.


Longe da Ex
Um empresário de Porto Alegre, ligado ao ramo financeiro, que dias atrás esteve em todas as colunas sociais deixou de comprar um apartamento na rua Santo Inácio, no disputado Moinhos de Vento,porque  sua atual esposa não queria que  a " Ex" que mora nas redondezas  pudesse enxergar o recinto do novo lar. O apartamento interessou bastante ao casal, tanto que ele esteve quatro vezes lá. Foi vendido depois por 850 mil reais. O pretendente mudou-se para bem longe, mais precisamente para um condomínio localizado atrás do Colégio Anchieta, onde seguramente a " Ex" nada vai ver...


Niver
Dia 24 de setembro estiveram de aniversário o deputado estadual do PPS, Berfran Rosado e o ex-governado Germano Rigotto(PMDB).


Aprendendo no 'Correinho'
Funcionários do jornal, A Razão,de Santa Maria, estão visitando muito a redação do Correio do Povo, em Porto Alegre, pra aprender como se faz jornal.


Interação dos leitores
Agradeço ao leitor Demétrio, suas palavras e seu incentivo. Leia.


A turma da Fabico

Em dezembro de 1970 um turma de estudantes da Fabico, da UFRGS, resolveram ir viajar pro Peru. Sairam daqui de trem, de ônibus, iam ganhando trocados nas praças públicas fazendo um som. Atravessaram a Argentina, foram pra Bolívia mas na Argentina, houve um reviravolta: encontraram uma turma de cariocas...   Veja o texto completo.


A dança dos microfones
Segunda-feira, dia 24 de setembro, Rodrigo Orengo começa a trabalhar na Rádio Gaúcha em Brasília. Vai pro lugar de Roberto Maltike que foi pro G1 da Globo.


Esqueceram de mim
O Sindicato dos Jornalistas-RS homenageia dia 22, em baile, os ex-presidentes da entidade e vários colegas. Um jornalista gaiato, veterano fazedor deste tipo de lista,  comemorou não ter tido seu nome na lista. "Desta escapei" disse ele não muito afeito a estas homenagens. 


De volta ao batente
A colega Santa Irene Lopes Araujo está de volta ao batente como editora de um jornal de Eldorado do Sul. 


A lendária Gruta Azul

A boate Gruta Azul, na av. Farrapos, em Porto Alegre, foi fundada por Jorge Amarante(falecido) em 1977. Ele  é irmão da Marion, que foi dona do " Dragão Verde". Amarante fora gerente do " Dragão Verde". Na foto a vemos freqüentada por Artur Paulo Zanella, o major depois  cel. aposentado João Leivas Job(que foi secretário de segurança pública no governo de Amaral de Souza) e suas esposas. Zanella, Job e as esposas foram para lá a convite do fotógrafo do Palácio Piratini Antônio Macluf que era também diretor de relações públicas dos empreendimentos da Marion.
Zanella, sua esposa Beatriz, Job e sua esposa Dolores chegaram
no Gruta Azul e foram recepcionados por Jorge Amarante.


20 de Setembro!
O feriado de 20 de Setembro foi instituído através de uma lei feita pelo deputado estadual Jarbas Lima(PP). Quem a sancionou e a colocou em vigor foi o governador Antônio Britto Filho(PPS). Antes havia muitas comemorações no interior, principalmente em Santana do Livramento e Alegrete, mas não era feriado. Jarbas Lima foi deputado muitos anos na Assembléia gaúcha e chegou a deputado federal. Foi Secretário Estadual da Justiça.Começou a vida como jornaleiro na rodoviária de Lagoa Vermelha. Hoje o autor da lei que tornou o 20 de Setembro feriado estadual é o diretor da faculdade de Direito da PUC-POA. E Santana do Livramento e Alegrete fazem desfiles de cavalarianos que chegam a 6 mil homens.


Nas Asas da Panair II
Recebi da colega Neusa Galli Fróes: " Amigo,agradeço a notinha da minha viagem para a Holanda mas corrijo uma informação: esta não é a primeira viagem da veterana jornalista ao velho continente".


Exposição sobre Collares é aberta no Memorial do RS


Alceu Collares, José Luis Prévidi, Alfonso Abraham e o prefeito de Porto Alegre José Fogaça,
em 11.09.2007 no Memorial do RS-Porto Alegre ( foto: Samuel Dutra )

A exposição fotográfica "Collares 80 anos e 80 fotos" foi aberta na noite do dia 11 de setembro no memorial do RS (prédio do antigo Correio). Organizada pelo jornalista José Luis Prévidi e pelo fotógrafo Alfonso Abraham ela retrata a vida política do líder trabalhista Alceu de Deus Collares. No ato, falaram o prefeito de Porto Alegre José Fogaça, o deputado estadual Adroaldo Loureiro(PDT) a vereadora Neusa Canabarro(PDT) o secretário municipal José Fortunatti e o próprio homenageado, além do radialista Lasier Martins. A mostra fica em Porto Alegre até dia 20 de setembro, depois vai a Bagé e finalmente a Brasília.


A Razão

O jornal A Razão, de Santa Maria, colocou os salários dos funcionários em dia depois de um ano com atraso.É o que informa o Sindicato dos Jornalistas-RS. E diariamente um exemplar do jornal está na portaria do Correio do Povo, em Porto Alegre, para o colunista Armando Burd ler com atenção. 

Os Sobreviventes dos Andes
Veja a reportagem completa da entrevista concedida por Alvaro Mangino e José Iniciarte, contando em detalhes o que ficou conhecido como uma das histórias mais incriveis sobre a sobrevivência humana num ambiente hostil. Vale a pena ler. Clique aqui.


Banco dos réus
O árbitro Fifa Carlos Eugênio Simon processo o jornalista Eduardo Bueno, " Peninha" por referência que ele fez a Simon no livro que " Peninha" escreveu sobre o Grêmio Foot-Ball Portoalegrense.


Fogueira das Vaidades
Diz-se à boca pequena que o jornalista José Luis Prévidi que organizou a mostra Alceu Collares 80 anos, 80 fotos ficou enciumado porque o PDT comemorou na segunda-feira,dia 10, a festa de 80 anos de Collares e a exposição ficou para depois.


Vôo mais alto
O (excelente) repórter Rodrigo Orengoda Rádio Gaúcha - que deixou há pouco tempo a Band AM - já está afivelando as malas. Vai pro lugar de Roberto Maltike que deixa a RBS e vai pro site G1, da Globo.


Nas asas da Panair
A jornalista Neusa Galli  Fróes viajará nos próximos dias para a Europa acompanhando uma comitiva de empresários. É a primeira vez que a veterana profissional vai ao chamado Velho Continente.


Na porta do Mercado Público
Dia 13/9, ao meio-dia, na entrada da porta principal do Mercado Público de Porto Alegre que fica do lado da avenida Borges de Medeiros, dois expoentes políticos do PMDB gaúcho simulavam que conversavam enquanto o fotógrafo Nabor Goulart os clicava. Tratava-se do ex-senador Paulo Brossard e do ex-governador Germano Rigotto. Brossard não se demorou. De chapéu Panamá, depois da sessão de fotos, retirou-se a bordo de uma camionete que o aguardava na Borges de Medeiros. Rigotto ficou conversando com populares.


Niver
Completou um mês no último dia 13 que o comunicador Rogério Mendelski está à frente do " Bom Dia" da Rádio Guaíba.Neste tempo, só teve uma advertência por parte dos superiores. Foi por causa de um comentário forte sobre um ministro de Estado, gaúcho, nascido na " terra dos presidentes". 


Barranco não se "micha" com presença de concorrente e eleva os  preços
A Churrascaria Barranco, localizada na Av. Protásio Alves, 1578, não se intimidou com a inauguração, dias atrás, da "Parrilla del Sur", bem nas suas barbas e elevou os preços. Mas o Barranco " sentiu" a presença da nova casa, principalmente nesta fase de novidades. No último domingo, dia 9 de setembro, um dia de quase verão em Porto Alegre, havia lugar no "mato" do Barranco - embaixo das árvores - quando nos outros anos formavam-se filas. " Nossos clientes até gostaram porque agora chegam aqui e acham lugar" conclui o diretor do Barranco Ilmar José Tasca, o "Chiquinho" que confirmou a elevação dos preços da casa, mas não informou de quanto foi. " Queremos selecionar mais ainda" disse o diretor. Além do Barranco, o grupo é formado pelo Barranquinho e pela Pizzaiolo, localizados na avenida Protásio Alves 1548. A Parrilla del Sur fica na Rua Amélia Teles esquina com av. Nilópolis.


O 11 de Setembro!
Existem para mim dois "Onzes de Setembro". O primeiro foi em 1973 quando recém havia ingressado no jornalismo. Eu, uma colega chamada Marilene - que perdi de vista há anos e não sei se vive ou se morreu - e o colega João Baptista Aveline (falecido em 2005). Ficávamos no telex esperando que entrassem os teletipos das agências internacionais na 'velha' redação da Zero Hora que ficava no primeiro andar, na av. Ipiranga, 1075 (mesmo local de hoje) na esperança de que chegasse a notícia de que o General Pratts do Sul do Chile aglutinaria forças da resistência e marcharia sobre Santiago do Chile para derrubar Augusto Pinochet que havia tomado o Palácio La Moneda. Estamos esperando até hoje... O outro 11 de Setembro me pegou chegando em casa após minha caminhada matinal. O zelador do prédio onde residi muitos anos, na Rua Perpétua Teles 55, o Rui, me viu chegar lá pelas 9 e pouco e não me deixou subir...
- Estão derrubando aquelas torres de Nova Iorque, venha ver, me disse o Rui, um 'gaudério' bigodudo não muito afeito a amabilidades e sem saber mesmo que torres eram. Entrei em sua modesta habitação e vi a repórter da TV Globo, Zuleide Costa, transmitindo ao vivo. Em seguida assisti  o segundo avião derrubando a Segunda Torre Gêmea. Era 11 de setembro de 2001! Zuleide, lembro, informava, tremendo como vara verde, ao vivo, que havia um pânico geral devido a um avião que bombardearia a Casa Branca. As Torres Gêmeas eu conhecia das duas vezes que estive em Nova Iorque. Uma conhecida me disse que esteve no local da tragédia pouco depois e que o cheiro que se sentia era o mesmo de quando a gente entra nestes botecos que fazem frango assado. Cheiro de carne torrada...Já há quem diga que a data é " cabalística" ou coisa que o valha. Benza-me Deus!


Rodoviária de Porto Alegre vende passagens em pé
Pelo menos no ônibus que partiu da rodoviária de Porto Alegre, na quinta-feira dia 6 de setembro, às 18h30minutos, com final em Serafina Correa(RS) havia quatro passageiros que estavam em pé. A rodoviária de Porto Alegre vendeu os bilhetes sabendo que o ônibus estava lotado. A legislação proíbe a venda de bilhetes para passageiros irem em pé. O ônibus que partiu era da empresa Bento Gonçalves, que fazia a linha Porto Alegre-Serafina Correa. Os quatro passageiros de pé iam até Guaporé. As placas do ônibus são ILT 4903. Segundo alguns passageiros, a rodoviária de Porto Alegre vem vendo passagens em pé até mesmo para o Litoral Norte do Estado.


DAER com poucas obras
O diretor no Estado da Camargo Correa S/A, engenheiro Jorge Rene Palombo Rodrigues informa que o ritmo de obras da empresa contratadas pelo DAER  pode ser definido como de "muitos custos e poucas receitas". Informa que a empresa está dispensando funcionários. 


 
     
 

“Botina Envenenada” era o apelido de Lauro Quadros dado por um colega. Não se tem certeza se foi Flávio A. Gomes ou quem o deu.

Duelo de prestígio: dia 13/08 Rogério Mendelsky estréia na R. Guaíba, entrevistou o ex-presidente FHC e O “Atualidade” o vice-presidente no exercício da presidência José Alencar. Pelo visto, a governadora Yeda Crusius foi pragmática porque logo depois na coletiva do Banrisul ela disse “eu ouvia o vice-presidente agora na R. Gaúcha” e depois ela retirou-se para ligar para José Alencar.

Dia 14/08: às 6h10min segundo dia de Mendelsky na Guaíba, ele não fugiu da regra e largou: temperatura de tantos graus aqui na av. Ipiranga”. Foi alertado pelo colega Wladimir Oliveira, que era na Caldas Júnior.

Morreram Dedé Ferlayto (24/08), Mário Emílio de Menezes (conselheiro da ARI) e Paulo Deniz (“apresentador do “Som do Rio Grande”, na Rádio Rural).

Da série Muy amigo: sábado dia 25/8 chove a cântaros: Gley Soares e Wilson Romero preparam-se pra entar no ar no “Conversa de Jornalista” da rádio da UFRGS. Romero escreve num papel “perdas da semana: Mário Menezes, Paulo Deniz, Dedé Ferlauto, Ercy Thorma e num lado em letra menor escreve aniversário”. Quase que Gley pisa na casca de banana. Era apenas o niver de Ercy que Romero queria citar. Ele fez 73 dia 24/8. Parabéns ao nosso eterno presidente.

Dia 28/8 na coletiva do Sinduscon um repórter esbraveja contra a invasão das construtoras paulistas e sugere ao presidente AITA, da entidade, a instalação de “barricadas”.

Rogério Mendelsky vai às 4:45min pra Guaíba.

Alguns veículos da Caldas Júnior já ostentam o “logo” da Rede Record.

Eugênio Bortolon, do CP, foi quem indicou Sérgio Lagranha pro Diário Popular de Pelotas.

Adriana Lampert, ex-JA, está no SESC.

Título JA saiu da JA Editores a quem pertenceu muitos anos. Foi para grupo de Orestes Quércia, em SP.

Élvio Schneider, de ZH passou férias no RJ e viu o Pan.

Dia 10/8 Flávio A. Gomes anuncia que ficará na emissora. Depois de muitas “idas e vindas” ameaçando que iria pra Pampa.

Dia 13/8: Estreou Rogério Mendelsky na Guaíba. Primeiro puxão de orelhas levou 3min depois de entrar no ar. Foi de Flávio Portela diretor, por causa do tempo que ele disse: faz tantos graus em POA. Não, tem que dizer na rua Caldas Júnior.

Dia 13/08: Estreou Farid Germano na Band na Grande POA. Osiris Marins chegou 5h30min pra ajudar o colega. Não se agüentou e entrou no ar as 6h15min.

RBSTV dia 26/7, 19hs. Aparecem imagens dos judocas campeões do Pan desfilando em carros dos bombeiros em POA enquanto a chamada diz: IML gaúcho manda técnicos a SP pra ajudar na identificação dos mortos do acidente da TAM...

Dia 29/7: No Santander Cultural no show do flautista Mauro Senise que havia 20 anos não tocava em POA. “Minha mulher mandou um e-mail pro Veríssimo comunicando que eu tocaria aqui e dizendo que gostaria de sua presença. E ele respondeu — “vou ver a concorrência”.

Dia 01/8 ouvintes da Panpa AM depois de cinco anos deixaram de ouvir Rogério Mendelsky pra ouvir Rui Gessinger.

Contrato de Mendelsky com a rádio Guaíba seria de 4 mil reais mensais mais 20% de anúncios.

Dia 01/8 no Jornal GENTE, da Band AM, Affonso Ritter e Fernando Albrechet reclamaram da demora da ARI em tirar uma nota em soledariedade dos mortos do vôo JJ-3054.

Ellen de Oliveira da FM Cultura, dia 01/8 esteve no almoço em que o Greenpeace falou de aquecimento global na Federasul.

Joabel Pereira tem 43 anos de rádio. Uniciou na rádio Cacique de L.Vermelha.

Dia 30/7 na esquina da Comunicação L.C.Reche apresenta o Cadeira Cativa no estúdio Cristal. Um frio de renguear cusco fez com que apenas meia dúzia de gatos pingados o assistissem ao vivo.

Dia 03/8: No Jornal Gente da Band AM: Fernando Albrecht diz que o União construirá “piscinas aéreas” na sede da Quintino. Meu Deus o que é isto? Alguém vai segurar a água no ar?

Dia 03/8 à noite repórter da R. Guaíba disse que no Beira-Rio não havia assessor de imprensa. Assunto: venda do Pato ao Milan.

De um observador da cena local: Mendelsky de volta à Guaíba tem o sabor de café requentado.

Mendelsky II: A Guaíba mexeu em time que estava ganhando, segundo o mesmo observador.

Lenta Agonia: Uma arquiteta com olhos de lince: ela foi dois dias ao Hotel Plaza San Rafael o “Plazão” e achou que ele está sofrendo de falta de “atualização” do ponto de vista estético e de manutenção.


João Brittes está de volta aos pagos. Na TVE. Estava em Goiânia.

Dia 8/08: 11 anos da morte do ex-presidente da ARI, Antoninho Gonzales.

Dia 7/08: Na coletiva do Sindicato da Celulose, alguém lembrou ao representante da Aracruz que ali estava Elmar Boner, o “Bicudo” autor da manchete “A cidade venceu” que a Folha da Manhã deu em 1973 quando Jair Soares fechou a Borregaard.

Dia 15/08. Outra de Ex-RBS. Osíris Marins abre o Jornal Gente. “Desde as 6 da manhã se tem acompanhado com a reportagem da GAÚCHA”. Estava falando na Band, no Jornal Gente.

Dia 15/08, F. Albrecht: elogiou matéria de ZH sobre aviação assinada por Elton Werb.

“Não leio Jornal”, desabafou Danilo Ucha, editor do Jornal da Noite, no dia 15/08 ao ser questionado sobre um assunto que saíra naquele dia. Ucha, ou “O Gordo” estava na coletiva de Francisco Turra, na Federasul.

Renato Martins sempre chega atrasado no Jornal Gente da Band. E entra “a mil”.

Faleceram Oni Nogueira e Adriano Gaieski.

Dia 19/08: Carmine Mota no Domenica Italiana, da R. Guaíba confessa que vai tocar um disco da Maria Callas que ele tomou emprestado de um amigo e que ainda não o devolveu.

Dia 18/08: Na ARI apresentou-se os 32 volumes do Correio Braziliense doados por uma instituição a entidade. É uma relíquia. Só a ARI tem no Estado. Nem no próprio Museu de Comunicação Museu Hipólito ela existe.

Dia 20/08, F. Albrecht no Jornal Gente da Band AM: “A Carta Capital é a Veja de Esquerda” .

Dia 28/08: Caco Barcelos não veio receber o Troféu o GURI da R. Gaúcha. Um familiar o representou.

“O Jornal Wellington Landerdahl está radiante de felicidade. Pela primeira vez vai ser avô . A sua filha Mariana que mora em Curitiba está grávida” (por Wellington Landerdahl)

Antônio C. Porto teve problemas de saúde e andou internado num hospital de Lajeado. É presidente do Conselho Deliberativo da ARI.

Dia 28/08: Flávio A. Gomes não apresentou o “Guerrilheiros da Notícia” na Guaíba. Estava na audiência em ação que move contra a empresa Guaíba-Caldas Júnior.

Renan Antunes de Oliveira está em Cabo Verde trabalhando no Jornal O LIBERAL, de um empresário.

O SUL pagou 15 mil de indenização a aniversariante que saiu na coluna dos aniversariante

 
 


 
 


 
 
Pauta, o avesso da Redações

Publicado em agosto de 2007, este livro tem 148 paginas contando gafes, fatos pitorescos, e porque não assuntos sérios envolvendo a historia de TVs, Radios e Jornais do RS. O autor pesquisou ou lhe contaram estes episódios que ele foi guardando, checando, até chegar a conclusão que possuiam boa parte de veracidade, ou chegavam perto dela. O livro num esforço quase involuntário preserva parte da memória do jornalismo gaúcho.Narrado em tom coloquial, diz o que se passa nas redações longe dos olhos do grande público consumidor de notícias. A edição é do autor, com impressão feita pela RMLGrafica. Provavelmente estará entre os lançamentos da próxima feira do livro de Porto Alegre. Agradeço ao Affonso Ritter e também aos amigos da Coletiva.net, que divulgaram este lançamento.
Veja nos links a seguir:
 
Comunique-se         Affonso Ritter           Coletiva.net
 
 


 

 

Sete de Setembro
Foi no Sete de Setembro de 1977 que o escritor Lourenço Diaféria escreveu na Folha de São Paulo um artigo sobre o patrono das Forças Armadas Duque de Caxias que os comandantes militares entenderam como insultante e o processaram na Lei de Segurança Nacional. O tal artigo provocou uma crise no jornal e fez com que o diretor de redação, Claudio Abramo, pedisse demissão. Mas o episódio serviu também para mostrar que se respirava novos ares. A chamada " abertura política" lenta e gradual do Presidente Ernesto Geisel estava em curso. 


Luciano Pavarotti
A morte do grande tenor Luciano Pavarotti na madrugada do dia 6 de setembro, trouxe-me a lembrança do verão de 1998 quando ele cantou no estádio Beira-Rio em parceria com Roberto Carlos. Havia o temor de que o cantor brasileiro se apequenasse diante da grande estrela internacional. Não foi nada disto que aconteceu. Pavarotti ficou hospedado num hotel de Lucas de Oliveira e não saiu para nada. Pediu panelas para fazer sua comida. Gostou tanto das panelas que o fabricante, a Tramontina,  de Carlos Barbosa, deixou que ele as levasse para sua casa na Itália. Pavarotti tinha paixão por corridas de cavalo, tanto que tinha um hipódromo próprio. E diz a lenda que uma vez sua voz rompeu um copo de cristal. Arriverdici Pavarotti...  


Mendelsky não agrada
Primeiro os ouvintes reclamavam do apresentador Rogério Mendelsky na rádio Gaúcha por ser muito contundente, ter posições muito radicais. Daí ele saiu daquela emissora e na rádio Pampa ficou cinco anos. Agora que está como apresentador do Bom Dia, na Guaíba, a rádio tem recebido muitos emails reclamando que o Mendelsky está muito ligth... O que ele tem dito a seus superiores é que está mais maduro e aprendeu com alguns processos que levou na fase anterior, quando era mais contundente.


Relações Azedas
Para veteranos jornalistas que cobrem a Expointer há anos ficou evidente num encontro que as relações entre o presidente da Assembléia Legislativa do Estado, deputado Frederico Antunes(PP) e o presidente da Farsul(Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul) já foram melhores.


Pracinha de sorte
A Praça Carlos Simão Arnt na Bela Vista - popularmente conhecida por Pracinha da Encol - não pode se queixar de falta de sorte neste Governo do Estado. Na sua vizinhança duas autoridades da Segurança Pública moram nas imediações, reforçando assim seu policiamento. Nos primeiros dois meses de governo, quem era autoridade ali era a Subscretária da Segurança, Silvia Schmidt Canto, que mora na av. Nilopolis. Agora quem mora é uma autoridade de peso maior, o próprio Secretário de Segurança do Estado, delegado da Polícia Federal José Francisco Mallmann que mora em frente. Sempre há brigadianos caminhando em volta de sua casa. Não longe da Pracinha da Encol, na rua Taufik Saadi morou nos tempos do governo Olívio Dutra, o então titular da pasta da Segurança, José Paulo Bisol.


A morte de um escritor portoalegrense
Faleceu dia 21 de agosto, em Porto Alegre, o Prof. Dr. José Rafael Rosito Coiro. Era biólogo. Tinha 74 anos. Pra quem não ouviu falar nele, foi o autor de dois livros sobre a "fauna" que habitou a Praça da Alfândega nos anos 50 e 60, chamados de " Os Anos Dourados da Praça da Alfânega". Coiro publicou ainda, em parceria com Cléber Grabauska, a " Divina Comédia do Rádio" sobre histórias do Sala de Redação da Rádio Gaúcha, mais um livro em parceria com Diego Casagrande sobre a fuga de perigosos assaltantes do Presídio Central  que se amotinaram no Hotel Plaza São Rafael  no meio da década de 90 e finalmente um livro sobre as origens de sua família. 
 
 

 

comente

 
 


Interação dos Leitores

"Olides, parabéns pelo teu site. Que voce faça a diferença e mostre teu talento e competência . um grande abraço" Valéria Reis -JB

”Parabéns, gostei da página. Conta os bastidores dos ambientes onde as coisas acontecem e agente fica sabendo só o principal, sem os detalhes. É o caso do xixi do Sartori na Federasul. Sem querer ser fofoqueiro mas isso é bom. Quem não tem curiosidade de saber o que ¨rola¨ nesses ambientes frequentados por aqueles que decidem tudo.” Ataides Miranda


"Cara, ótimo "O avesso das redações". Você merece um troféu pelo interesse em resgatar fatos vivenciados por jornalistas. Devo dizer ainda que considero um achado a frase relativa à dedicatória do livro à memória dos colegas que já tomaram a "saideira". Maravilha. Sugiro que escreva também a biografia do Antoninho Gonzales. Pelo jeito, você é a pessoa mais indicada para fazer isso. Parabéns. Demetrio"

 



 
 

 
 
 
 


Olides Canton - Jornalista e Escritor


Nascido em 16 de Janeiro de 1.952 na cidade de Serafina Corrêa-RS, Olides Canton passou nesta cidade toda a sua infância e adolescência. Mudando-se para Porto Alegre, cursou a Escola Julio de Castilhos, tornando-se Bacharel em Comunicação Social pelo FABICO em 1.982. Trabalha como Jornalista desde 1970. Trabalhou na Companhia Jornalística Caldas Júnior, Jornal Zero Hora. No Jornal do Brasil e Revista Carga e Transporte atuou como free-lancer. Editor do Jornal de Bordo e Revista Fitness. Conseguiu quatro premios de Jornalismo, um do Badesul, dois do Setcergs e um da ARI. Registro no Sindicato dos Jornalistas RS: 2776 - Registro Jornalista - Mtb 4959.

® Agosto 2007 - © De Olhos e Ouvidos - Olides Canton - Todos os direitos reservados
Os textos publicados são de inteira responsabilidade do autor.


Telefone: (51) 3330-6803
e-mail: contato@deolhoseouvidos.com.br

Autor de inúmeros livros, Olides Canton firmou-se como um
exímio contador de histórias contemporâneas.
Conheça agora as obras do autor
 

 


Alto da página

















 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                       Site desenvolvido por Brulars

o contato@replay.com.br amplie a imagem amplie a imagem amplie a imagem amplie a imagem amplie a imagem entre em contato conosco  www.terranativa.art.br entre em contato amplie a imagem